São Tomé e Príncipe vai aproveitar a cimeira França – África para pedir ajuda do governo de Paris para construção do porto em Águas Profundas

O Presidente da República Fradique de Menezes e o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Carlos Tiny(na foto), vão estar presentes na cimeira França – África no final de Maio. As autoridades nacionais pretendem aproveitar o encontro ao mais alto nível, para pedir apoio político do governo francês com vista a materialização do projecto de construção do porto em Águas profundas na zona de Fernão Dias.

O projecto de construção do porto em águas profundas na zona de Fernão Dias, foi entregue ao grupo privado francês, CMA-CGM. As obras deveriam iniciar em 2010, mas a empresa decidiu adiar para 2011. A crise financeira internacional com impacto negativo no mercado de transportes marítimos, afectou bastante as contas da CMA-CGM, a terceira maior transportadora de contentores do mundo.

Face as dificuldades financeiras da CMA-CGM, pela primeira vez o estado são-tomense através do Presidente da República, vai exercer diplomacia junto ao governo francês no sentido de promover a importância estratégica do projecto de porto em águas profundas, para o desenvolvimento do arquipélago são-tomense. A cimeira França – África que vi decorrer na cidade francesa de Niceno final o mês de Maio, é uma oportunidade de ouro. «Como sabe a empresa que está a negociar connosco o desenvolvimento do maior projecto que é o porto de Águas Profundas, é uma empresa francesa e por isso o estado vai estar presente ao mais alto nível», declarou o ministro dos negócios estrangeiros e cooperação, Carlos Tiny, em entrevista ao Téla Nón.

Segundo o ministro, os contactos com as autoridades francesas serão feitos de forma bilateral. «Vamos falar com as autoridades francesas. Quiçá o Presidente da República abordará o seu homólogo e eu falarei com o meu homólogo. Sendo esta questão um investimento tão importante para nós, é ocasião de dizer isto as autoridades francesas, e pedir o seu apoio político para que o projecto avance o mais rápido possível», reforçou o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação.

Será a primeira vez que autoridades governamentais são-tomenses, abordarão com o governo francês a questão da construção do porto em águas profundas em Fernão Dias. O Governo de Rafael Branco, considera tal projecto como sendo estratégico para dar sentido a política de transformação de São Tomé e Príncipe numa plataforma de prestação de serviços na região do golfo da Guiné.

Rafael Branco definiu 1 e único parceiro estratégico na Europa, trata-se de Portugal, mas a infra-estrutura estratégica a ser construída no país, no valor de 500 milhões de dólares, depende do capital francês. A intervenção do governo francês junto a CMA-CGM, pode ajudar bastante a estratégia são-tomense.

Abel Veiga

  1. img
    Leopardo Responder

    A frança neste momento atravessa uma crise economica (impossivel ajuda), conforme muitos paises da UE, Assim sendo, temos que procurar outras alternativas.
    Também temos que para de esta sempre a pedir AJUDA. É feio! E depois acontece o mesmo que STP Trading.

    • img
      santomense MA Responder

      Portugal????
      UM dos mais pobres paises da UE.
      A europa em crise, vai procurar ajudar a africa. Muito interessante…
      Até quando abriremos os olhos, AFRICANOS!!!!

  2. img
    Santomense Responder

    faço minhas as suas palavras,LEOPARDO.
    sao tomé é um pais q recebe muitas ajudas,mas essas ajudas nao sao utilazadas com boa fé,com vontade de fazer crescer o nosso arquipelago.U,a coisa é certa,si os plolicos e os governantes de STP tivessem a investir as ajudas externas, de certeza q STP teria mais ajudas de outros paises,mas como esse so tem corruptos,ladroes,invejosos feiticeiros,por isso mesmo q este arquipelago com cerca de 200.000 habitantes encontra-se no estado q está.
    Um pais sem politicas,um pais sem democracia(so no papel).Como é possivel um pais nao ter um aeroporto internacional,nao ter estradas asfaltadas,nao ter mais liceus,nao ter investimentos nas areas de pesca,agricultura,industia,turismo,
    energia (COM MUITA AGUA Q TEMOS)?

  3. img
    moreno Responder

    Acho patetica a intencao do pais pedir ajuda a franca para construir um porto.pelo que sei sao tome recebe muitas ajudas externas y inclusive com o aparecimento do dito petroleo entra dinheiro para o pais.em termos de desenvolvimento nao se ve nada, o povo sempre na merda , a minoria que governa gordinhos ,muitas viagens ao exterior do pais … sera que nao somos capazes de fazer nada sem que o vizinho nos de uma mao? que somos afinal? incopetentes ? inuteis ? por favor…o que o pais precisa nao e ajuda externa mas sim precisa de uma mudanca em termos de governacao.se formos a ver sao sempre os mesmos que governam , uns trocam de camisola mas sempre ai estao. o que o pais precisa e de sangue novo , pessoas com outras mentalidades y nao sempre os mesmos corruptos. uma das coisa que quanto a mim atrasa esse pais e o facto de haver muitos politicos , muitos derigentes. amigos o pais tem aproximadamente 1000 kms quadrados , o tamanho de uma fazenda por exemplo na america latina , por exemplo no brasil, que muitas vezes e gerida por um par de pessoas y as coisas funcionam.nao e aceitavel que um troco de terra com 1000kms y com uma populacao tao pequena tenha assim tantos problemas y sobretudo um pais com recursos, que nao sao muitos mas algo ha.

  4. img
    Pleto Responder

    Usam sempre o nome do País para pedir ajudas e depois o destino das ajudas…. todos sabemos onde vai. Deixem de coisas, pedir sempre é feio,tenham vergonha e façam algo de bom para o país. Esses ditos políticos burros so desgovernam e envergonham o país.Sucessivos governos sem ideias e sem rumo estraatégico para o país ao longo dos anos…. ate hoje nada feito que nos de satisfaçao.Somos governados por pessoas com muita “má fé,burrice,incompetencia,falta de vergonha e ladroes”. Falei

  5. img
    JorgeK Responder

    ajuda para construir porto ou para os bolsos?
    esclareçam-me por favor!

  6. img
    lufi Responder

    ja chega de esta sempre pedir ajuda, pk vc nao deixa de roubar e ivestir em vosso pais nosso pais com ajuda que outro paise dao? s,tome recebi muita ajudar de vairo paises e vc pegam esse denheiro roubam fazm vossa casa compra caro de lucho e nao forma emprego em pais, fazem fabricas controi infrastrutura e e baixa imposto pra investidores investir aqui no nosso país e dar els ajudar isso que vc devem fazer e deixar de esta sempre pedir ajudar pk tanta ajudar que este paises ja deram s.tome e vc nada fizeram com este denheiro e so pegaram e botaram em vosso bolso. Esta na hora de pensar nisso vc viajam tanto ver como outro paises estao desenvolver olha so pra CABO VERDE , mesmo ANGOLA COMO ELS INVESTEM EM PAISES DELS E TENHA UM POUCO DE VERGONHA DE ESTA SEMPRE PEDIR AJUDAR E DEIXAR DE ROUBAR.

  7. img
    Hug Boss Responder

    Só vivem para pedir ajudas, achas justo uns trabalharem construirem a sua nação e vocês sentado no bém bom vivendo em Africa como quem vive no país do 3º mundo e com cara de sexta feira. vou pedir ajuda em nome do povo» para construir outra fortaleza em Almerim.São demais

  8. img
    N.CAPELA(BIRMINGHAM) Responder

    DEIXEM DE SEREM MENDIGOS E A USAREM O BOM NOME DE SAO TOME E PRINCIPE.DEPOIS O RESULTADO FINAL JA SE CONHECE.UNS ATE JA SE USAM FILHOS,DEPOIS SERA A MULHER E MAIS TARDE A FAMILA TODO NOS NEGOCIOS DE ESTADO.TERRA DAS MARAVILHAS ESSE NOSSO SAO TOME.ACHO QUE TAMBEM VOU CURSAR POLITIQUICE , GATUNAGEM E ESPECIALIZAR EM DELAPIDACAO DOS BENS PUBLICOS,POIS ASSIM NAO ME FALTARA EMPREGO E TODA A MINHA FAMILIA ESTA GARANTIDA,ALIAS SERIA BOM ANTES DE TENTAREM FAZER ACORDO PARA CONSTRUCAO DE FACULDADE DE MEDICINA,DEVERIAM CONSTRUIR UNVERSIDADES DE ROUBOS E DESFALQUES COM ESPECIALIZACAO EM COLARINHOS BRANCOS,POIS NAO HAVERIA NECESSIDADE DE CONTARTAREM PROFESSORES ESTRANGEIROS

  9. img
    atento Responder

    um pais que hospital nao tem agua,energia super instavel,pista de aviao que parece uma picada, governante que olha mas nao vê nada, agua nao è potavel,politicos que andao aus tiros,empresa de aviaçao que na realidade nao tem aviao mas tem aviao embargado compra barco mas encalha,tem os carros 4×4 topo de gama na rua.mas a embaixada na tuga e numa cave mais parece uma caverna.e os politicoS quando vao a tuga ficao no hotel dos magnatas e quase lipao o traseiro com notas de dolar e euros a despachar mobilhias que vale fortunas.pois os politicos sao tomense nao compra electrodomestico nem mobilias en STP.E NAO VALE A PENA A JENTE ESTRIBUCHAR (RECLAMAR)QUE ELES COM UM BOM (BANHO) FICA TUDO ESQUECIDO E SO VER PESSOAL COM SACOS DE DINHEIRO,DEPOIS DE OS BOCAÇAS SEREN ELEITO O POVO PASSA FOME E ESQUECE QUE FOI A CULPA DOS QUE TOMARAO BANHO FICANDO PODRE DE BEBADOS QUE LA OS PUSERAO.PORTANTO NAO RECLAMEN,VOCES VENDEN TODOS TERRENOS PARA BRANCOS E DEPOIS OS VOSSOS PRIMOS E NETOS QUANDO FOREN A STP JA NAO AVERA TERENOS PARA ELES,O MAIS CERTO E SEREN ESTRANGEIRO NA SUA PROPRIA TERRA. VOVES ESTAO A PLANTAR VENTO CUIDADO COM A TEMPESTADE.

  10. img
    filho de STP Responder

    Gostaria antes de frisar que STP,constituído por duas Ílhas, a população aproximadamente de 200 000 mil habitantes e que com recursos que tem, poderia pelo menos estar no mesmo nível que Cabo – Verde.
    Sabemos que o país vem recebendo ajudas externas e com todo apoio necessário a coisa não anda. Aí se pergunta o porquê? É devido a formulação de novas politicas? Não. A raíz de todo mal é o egoísmo, dotado de uma política egocêntrica e os beneficios para os grupinhos se esquecendo da sociedade como um todo.
    STP em 1975 ja foi independente até hoje é dependente de outros países. Será que precisamos voltar de novo para a era colonial? Já é tempo necessário para acordar e mudar de mentalidades.
    A transparência nas politicas públicas faz-se necessária e uma fiscalização rígida. Fiscalizar os orgãos públicos, o quanto será aplicado para construir por exemplo, esse Porto em Águas Profundas, se é que irá construir e publicar oficialmente fazendo com que a população esteje a par de assunto, porque é vergonhoso tanta corrupção neste país.
    Meus senhores vamos mudar essa cultura triste e vergonhosa e pensar em toda sociedade.
    No outro ponto de culpa está a sociedade que aceita esse absurdo, o poquê tanto da conta de luz, água, telefone; Esses impostos todo que vai para governo que é um absurdo; Quanto desse mesmo imposto que o governo arrecada é aplicado para o beneficio da sociedade; Como estradas, iluminação pública, hospitas, escolas etc,? aí está. Vamos acordar população de STP.

  11. img
    Zovirax Responder

    Os politicos de STP gostam de mendigar, vivem de mãos estendidas para para comunidade internacional. Ajuda da França para construção do porto de águas profunda? Pode ser um sonho não realizado. Meus senhores usem a vossa capacidade inovar, criar e produzir riqueza para o país. Nós não estamos no tempo de pedir ajudas. Homens com títulos de senhores Ministros não tenhem vergonha na cara? Quem garante que a ajudar francesa será aplica para a construção do tal porto? A comunidade internacional já não acredita nestes ladores e gatunos de STP. Vejam a vergonha da construção da Doca Pesca, do Hospital de Santana, do Liceu da Trindade, da Reabilitação dos Passeios……

  12. img
    Ulisses Neto Responder

    Boaaaaa! mais uma oportunidade para encher os bolsos, vocês não têm vergonha? olha o que fizeram com € de STP-Trading? e o que aconteceu com ajuda de japão, etc etc, Vê-se que não têm vergonha na cara para continuar a pedir.

  13. img
    Edson Responder

    Outra vez a mesma història. Sempre com o pretexto de ajudarem o paìs para desviarem o dinheiro para as vossas contas, como no casa STP TRADING! Mais uma divida em nome do paìs!

  14. img
    Elias Cassandra Responder

    Será que o Gouverno esta informado que ja existe um projecto semelhante no golfo da Guiné e que a França é um dos parceiros?(Os trabalhos ja iniciaram há muito)Trata-se do Porto em Águas Profundas de KRIBI(Cameroun),que fica apróximadamente a 250 milhas de S.Tome e a Norte da cidade de Bata com vantagem de ter ligação por via terrestre com o Tchad,Republica da Africa Central assim como o Norte do Conga Brazzaville,e sendo objectivo principal Prestação de serviços.Que o Gabão também quer construir um Porto em Águas Profundas em MAYUMBA mas esta em conflito(?)com o Congo,porque iria influenciar negativamente as actividades do Porto de Pointe Noire?

  15. img
    atp-filho da terra Responder

    Considero que o apoio/ajuda que será solicitado ao governo frances é normal, na medida em que poderá influenciar a empresa francesa em investir no nosso Sao Tomé o mais rapido possivel. Acho tambem, que este tipo de ajuda agora em analise, é totalmente diferente de ajuda alimentar que o nosso país vem recebendo ao longo do tempo.

  16. img
    Humberto Santos Responder

    Pedir ajuda do Governo de Paris… quando o próprio ministro é acusado na praça pública por prácticas de corrupção, sem sequer contradizer com firmeza? Realmente andámos a brincar à política, neste belo País.

  17. img
    wite Responder

    sr teny deixa desa vergonha de toda hora pedir,,, isso é dimais, pensa um pouco, que vergonhaaaaaaaaaaa

  18. img
    chegara a vossa hora!!! Responder

    só gananancia…cerebro que é bom nada, maldito esse povo ingenuo que vos levam a poder!!!!!

  19. img
    TINTINO Responder

    35 ANOS SEMPRE PEDINDO AJUDA …………Afadiga-se , SENHORES SÃO GOVERNANTES APOIS INDEPENDENCIA VARIADISSIMA AJUDA QUE RECEBERAM SERVIU PARA FORMAR VOSSOS FILHOS (DENTRE OUTROS MAL FORMADO)OCUPANDO LUGARES IMPORTANTE E ENCHER BOLSOS. E SÃO INCOMPETENTE E SEM PODER DE DISTINÇÃO. DEVERIAM TER VERGONHA PORQUE O PIOR É INSISTIR NO ERRO.

  20. img
    TINTINO Responder

    AHHH. BONITO AJUDA …………SEMPRE………..PORQUÊ QUE SENHOR NÃO FICOU NO OMS UM LUGAR TÃO EXCEPCIONAL COMO AQUELE, PORQUE LA TEM SALARIO MENSAL E TUDO É ORGANIZADO…..NÃO TEM CORRUPÇÃO…….MAS UM DIA TUDO ISSO VAI ACABAR- porque somos todos santomense.

  21. img
    Zeca Jamba Responder

    Regra de 3 simples
    Se 22 Milhoes estao para 1
    Entao 500 Milhoes estao para X

    Resolvam por favor

  22. img
    Hélder Deus Lima Responder

    Fazendo fé nas considerações do Elias Cassandra sobre o porto de Kribi( Camarões) e considerando as intenções e avanços de Cabo – Verde no sentido de implementar um projecto semelhante e porventura mais congregado, proponho e deixo as seguintes observações:
    Que se crie urgentemente uma plataforma digital mais confidencial para trocas de opiniões construtivas para concretização do nosso projecto de porto de águas profundas;
    É preciso dotar o nosso projecto de mais valias adicionais, para que tenha capacidade de resposta aos variados interesses dos futuros clientes ou seja, ser capaz de fornecer um serviço global avaliado pelos clientes como sendo de muito boa qualidade e de baixo custo (sem se esquecer que cada dimensão pode exigir o estudo devido e pormenorizado da matriz base lhe é geradora);
    Porventura, nas variáveis de decisão das dimensões mais importantes para os clientes (ex: possibilidades de abastecer os navios com produtos x ou y), nos seja possível associa-las a coeficientes de ponderação bastante favorável aos clientes, e deste modo, estaríamos a pensar na recompensa do ganho global, pelo somatório das pequenas parcelas de contribuições;
    Tudo isto e muito mais, deixaria -nos em condições de competitividade bastante apelativa e opção bastante agradável para os clientes, e aumentaria o índice de confiança dos investidores, tendo em conta a probabilidade do sucesso.
    Com relação a investidores, tenho algumas ideias mas, poderá servir a concorrência expondo-as (ideias) neste espaço.
    Peço também a todos os São-tomenses para que contribuam positivamente a medida de cada tema que esteja em discussão.

Deixe um comentario

*