Programa eleitoral do PCD tem 3 eixos

Na luta pela conquista do poder o Partido da Convergência Democrática, apresenta ao eleitorado um programa de governação baseado em 3 eixos. Os sectores institucional, económico e social são os pilares da política dinâmica e ambiciosa que o partido quer implementar nos próximos 4 anos.

O PCD propõe ao eleitorado uma governação dinâmica, reformista, e que promove o crescimento económico. O programa eleitoral apresentado quarta – feira no Hotel Miramar, dá prioridade aos sectores institucional, económico e social. A nível institucional o partido liderado por Albertino Bragança, diz que a reposição da autoridade do estado é essencial.

No poder desde 2006, o PCD que nos últimos dois anos, governa São Tomé e Príncipe em parceria com o MLSTP/PSD, diz ao eleitorado que quer continuar no poder de preferência sozinho para demonstrar a sua dinâmica. «PCD Vai ser um Partido muito dinâmico de iniciativas e criatividades de acções de decisões e vai ser um partido que vai implementar reforma. Porque da forma como está o nosso País, só com reformas, reformas profundas objectivas poderemos melhorar STP», declarou Carlos Gomes, actual ministro da Solidariedade e da Comunicação Social e Vice-Presidente do partido.

PCD quer implementar uma nova política de distribuição do bem público. É este o cerne da política social e económica do partido. «O PCD pretende criar condições para adoptar STP de um ambiente propício ao desenvolvimento, por isso a sua governação será transparente dinâmica conforme já foi dito aqui, preocupada com a atracção de investimentos, crescimento económico, justa redistribuição de recursos perspectivando deste modo o Bem-estar da População e da redução da Pobreza. Por isso, por isso definimos como eixo fundamental da nossa estratégia governamental na área económica o Crescimento Económico Redistributivo», referiu a antiga Ministra do Plano e Finanças, Maria dos Santos Tebus Torres, membro da direcção do PCD.

No programa que nasceu da análise profunda da situação do país, o PCD considera que o país está praticamente devastado pela pobreza. Mesmo assim manifesta-se seguro de que é possível mudar o rumo dos acontecimentos. «Poderá ser para alguns mera utopia, mas o PCD que já uma vez recebeu em mãos um STP destruído, começou pacientemente a pólo de pé, encara com optimismo este novo desafio. E está absolutamente convicto de que a transformação é de todo possível», precisou o Presidente Albertino Bragança.

Este domingo o PCD vai apresentar aos seus militantes o programa eleitoral e a lista dos candidatos as eleições autárquicas e legislativas, numa convenção nacional.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    jaka doxi Responder

    MEUS SENHORES A CAMPANHA COMEÇA AMANHÃ E JÁ TEMOS NOVIDADES.
    1-NEVES E SILVA LIDER DO CÓDÓ APARECE NA LISTA DO MDFM-PL PARA SER DEPUTADO.
    2-AFINAL O LIDER DO PARTIDO DE AURELIO SILVA MAIS CONHECIDO POR KAÍKE É RAFAEL BRANCO.CONSTA QUE MAN RAFA REUNIU COM AURELIO SILVA E A TROCO DE MUITA GRANA PEDIU A ELE PARA FORMAR UM PARTIDO FANTOCHE.
    3-SOUBEMOS HOJE QUE O MLSTP-PSD GASTOU MAIS DE 5 MILHÕES DE EUROS,PAGAOS A UMA EMPRESA PORTUGUESA, PARA FAZER OS CARTAZES QUE VÃO SER COLOCADOS EM TODO O PAÍS.

  2. img
    jaka doxi Responder

    QUIZ DIZER:PAGOS A UMA EMPRESA PORTUGUESA.

  3. img
    Jose António Responder

    Como pode um partido que já fez parte e faz de governos sucessivos de STP a anos demonstrar a sua fragilidade e falta de consistência politica nas ideias que apresenta, querer governar sozinho, pois é k nem os próprios membros do partido acredita no que dizem, o vice-presidente do partido que se assume mais cabo-verdiano do que os cabo-verdianos que foi como professor contratado de cabo verde para ilha do príncipe e que voltou para cabo verde já como dirigente de competência mínima para cabo verde a pedir que se lhe mantivesse o estatuto de cooperante na ilha, e que lhe foi negado é que quer reformar profundamente o nosso STP . ? ok até já sei como vai fazer vai pedir uns milagres extras ao antigo patrão.

  4. img
    Para o bem do povo.... Responder

    Em 2006 aquando das eleições o PCD prometeu a mesma coisa mas o que é que assistimos hoje : Passeios da praça pública todos arrebentados ou seja não temos passeio , os responsaveis do negocio STP TRADING estão a utilizar o dinheiro roubado para fazer campanha e ainda foram chamado para assumir a sua responsabillidade, a Ex. Ministra de Comunicação Social com o caso de desaparecimento de fundos dos coitados dos trabalhadores honestos desta terra julgado recentemente pelo tribunal de contas e muitos outros casos ………
    A minha pergunta é : Foi esse o programa do governação que o partido definiu ???
    Tenham cuidado PCD/MLSTP chegou o momento de dar oportunidade aos outros que realmente querem ver um STP melhor .

  5. img
    QUINTINO Responder

    FALAR MUITO BONITO…COMO EU JA HAVIA REFERIDO…

    OS PCDista A FALAR DE AUTORIDADE DE ESTADO, QUEM PROTEGEU DELFIM NEVES PARA QUE NÃO FOSSE A RESPONDER NOS TRIBUNAIS(STP TRADING

    OS PCDista A FALAR MUITO DINAMICO TALVES PRA CRIAR EMPRESA COMO STP TRADING E CONSTRUÇÃO DE DOCA DE PEIXE.

    PCDista A FALAR DISTRIBUIÇÃO DE BENS PUBLICO, JA NÃO EXISTE BENS PUBLICO, FORAM TODOS DELAPIDADOS PELOS PREDADORES.

    PDCista A FALAR DE …DEVASTADO PELA POBREZA; QUEM FOI QUE NOS COLOCOU NA POBREZA? DESDE 1975?

    TOMAR RUMO PARA UM STP MELHOR, NÃO É PRECISO PENSAR MUITO, BASTA DEIXAR DE CORRUPÇÃO, RECEBER AJUDA EXTERNA IMPLEMTAR CORRECTAMENTE SO ISSO MEUS SENHORES NÓS SOMOS 170 TAL MIL É MUITO POUCO,
    ESTOU ESCREVENDO ACADO DE OUVIR UMA NOTICIA DE CABO VERDE MEUS SENHORES,CABO VERDE RECEBEU TANTOS DINHEIRO DO GOVERNO AUSTRALIANO PARA COMBATER A POBREZA ALEGANDO BOA GOVERNAÇÃO,É ISSO QUE TEMOS QUE FAZER. OS INVESTIDORES SO ESTA ESPERA DE LUZ VERDE DE BOA GOVERNAÇÃO ESTABILIDADE GOVERNATIVA. NÃO É NADA DISSO QUE ANDAM A DIZER ESSE POVINHO QUE VOCES MESMO DEIXOU NESSAS CONDIÇÕES,
    porque somos todos santomenses.

  6. img
    DJêLO Tê FôçA Responder

    Por acaso são mestres em governar sozinhos. O Sr. antigo ministro de infrastrutura aquando do governo de coligação ate conseguia agir como se fosse ele o comandante do barco. O homem que conseguiu criar o seu orçamento paralelo ao do antigo primeiro ministro Tome Vera Cruz. Lutou tenazmente pela construção da Doca, destruição dos passeios, implementação do Betão Betuminoso, etc…

  7. img
    APOLLO/2010 Responder

    STP NUMA ENCRUZILHADA!!!

    As próximas eleições em que os Sao-
    Tomenses irão escolher o caminho a seguir, serão em muitos aspectos, ainda mais importantes desde que se tornou uma nação independente do que anteriores. Digo, para os próximos 10 anos serão dicisivos para o país rumo ao desenvolvimento, por isso a importância destas eleições sobretudo as legislativas.

    O São-Tomenses não precisam de se baralharem nas contas, quem governa é aquele que tem o minímo de estrutura para tal. Desejaria que houvesse uma maioria absoluta para que houvesse ESTABILIDADE na governação. Volto a referir apenas existem dois partidos políticos que revejo
    no quadro politico, restantes são tangas.

    S.Tomé e Princípe precisa não só de uma visão para seu futuro como país, mas também de propostas de MUDANÇAS claras, coordenadas e exequivéis que estabeçam metas específicas, ambiciosas mas realistas e, sobretudo, de plano de execução sem COMPROMISSOS excessivos.
    São destas minhas reflexões que esta campanha eleitoral devia servir, para os partidos políticos a apresentarem os seu programas, propor debates, discussões e convencer o eleitorado.

    OS GRANDES EIXOS DE GOVERNAÇÃO:

    1- Incentivar o crescimento economico e prosperidade para todos.

    2- Garantir serviços públicos de excelência.

    3- Garantir maior coesão e justição social.

    4- Desafiar a modernização nos sectores estratégicos do país.

    5- Combater a corrupção e afirmar o país a nivél internacional.

    Estes deverão ser os grandes de eixos de gorvenaçao para qualquer partido que sairá vencedor destas eleições.

    • img
      Marques Responder

      6- investir no turismo e ecoturismo,fazendo mais publicidado do país ao mundo.

  8. img
    oliveira e castro Responder

    se o braganca escrevesse algo mais de jeito ademais da sua rosa do riboque e ” mais nenhum conto”, pois até podia eu acreditar que ademais de talvez politico fosse tambem escritor. é que nem uma coisa nem outra ele é….por isso que tem 4 “tachos” e recebe mais de 20 mil doláres mensais em stp. portanto, já era tambem. mas em sintese, sao todos iguais.

  9. img
    Zovirax Responder

    Programa eleitoral do PCD tem 3 eixos para delapidar o Estado e por STP na miséria.

  10. img
    Agua Telha Responder

    O PCD é um partido de mudanças. Algo que só visto em 1991. Em São Tomé e Principe, nunca se viu um Vice Presidente do Partido descendente de Caboverdeanos assumido, com agora. Este acto por se só demonstra como o PCD entende a politica. Um país com quase 50% descendentes de Cabo Verde, não excluir a possibilidade de integrar nas suas fileiras um criolo. Bem Haja PCD. Só em Paises como a HOlanda pude verificar isso. Os caboverdeanos em SAo Tome e Principe deviam sentir orgulosos por este nobre gesto, só assim se pode estabelecer o equilibrio. A pobreza que os nossos visitantes reclamam da nossa terra tem solução. Muitos descendentes ja passaram pelo puder mas infelizmente nada fizeram, eis a Lista:
    Celestino Rocha da Costa, Guilherme posser da Costa, Carlos Graça, Justino vEIGA,Victor MONTEIRO, directores e feitores gerais das roças, Victor Correia, Arlindo, EXDirector da Segurança do Estado, muitos e muitos, mas nunca se assumem como criolos em prol do desenvolvimento das minorias. Espero que o PCD saia destas eleições em grande para pôr o país nos Carris. Em nenhum país lusofono, excepto o nosso, o filho do criolo ascende ao poder, nem em lugares de chefia, quanto mais vice presidente do PArtido. passsooo.

Deixe um comentario

*