Presidente da República desafia a Assembleia Nacional a promover discussões públicas sobre questões candentes

A redução do número dos deputados, a revisão constitucional, a definição do sistema de governação, e o combate a compra de consciência, são dentre outras questões que o Presidente da República desafiou a Assembleia Nacional a abrir discussão pública nesta nova legislatura.

Fradique de Menezes, reforçou o desafio aos deputados apelando que os resultados das iniciativas legislativas em relação a tais questões candentes fossem empreendidos antes das eleições presidenciais que segundo o Chefe de Estado serão realizadas em Julho de 2011. «Que a nova Assembleia promove-se e acarinha-se discussões públicas sobre a redução do números de deputados, e a sua profissionalização ou vinculação exclusiva aos trabalhos parlamentares. O sistema de governação que melhor poderá servir o país e a pertinente revisão constitucional que não seja contra ou em favor de pessoa ou grupos determinados. O voto obrigatório em alternativa ao actual voto facultativo e s sanções diferenciadas adequadas e eficazes para cada tipologia de eleitor abstencionista, o combate a todo o tipo de compra de consciência do eleitorado», afirmou Fradique de Menezes na cerimónia de investidura dos novos deputados a Assembleia Nacional.

O Chefe de Estado que de acordo a constituição tem direito a palavra na abertura da nova legislatura, indicou o tempo máximo para os resultados de tais discussões públicas, ganhem força de lei. «Para tais discussões públicas ou como resultado delas iniciativas legislativas fossem empreendidas antes das próximas eleições presidenciais que terão lugar em Julho de 2011», sublinhou.

Fradique de Menezes, espera que no último ano do seu segundo e último mandato, haja mais diálogo, mais concertação permanente e bom senso no relacionamento institucional da Assembleia Nacional, com o Presidente da República, e o Governo. «Eu próprio espero da nova Assembleia uma melhoria dos serviços de legisferação. Que as sessões plenárias sejam de debates de ideais, projectos e programas em antítese do que nem sempre tem sido. Uma postura urbana e de civilidade por parte dos deputados», frisou.

A tradição marcada por insultos e ataques pessoais, não deve continuar a orientar o parlamento são-tomense. «Os vencedores das eleições ainda que minoritários devem governar buscando os consensos necessários sobre as questões prioritárias da governação, na paz concórdia e sem crises políticas. Este é o meu lugar-comum e que não canso de repetir ao longo desses nove anos como Presidente da República», concluiu.

A nova Assembleia Nacional, deu assento há cerca de duas dezenas de jovens, autenticas caras novas sobretudo na bancada do partido maioritário a ADI.

Abel Veiga

  1. img
    jp Responder

    Desafios que não parecem interessar os deputados do MLSTP/PSD a avaliar pelas caras na fotografia……

  2. img
    Manuel Jorge Responder

    Ao partido PSD (MLSTP) não les interessa a Pátria São Tomé e Principe, não les interessa o povo de São Tomé e Principe, tudo o que os interessa é o poder, a intabilidade e a ma governação. Como é possível que o PSD possa lançar uma figura de apenas 9ª classe para o primeiro secretario da assemblea Nacional?
    Poderá esse senhor representar o nosso país internacionalmente?, Poderá esse senhor redatar a Acta de uma reunião? quando teve tanto problemas ao fazer o juramento? Para que tanto ódio e rancor MLSTP.
    Mas também quero felicitar aquele do PSD que votou a favor do ADI para a eleição do Sr. Evaristo Carvalho para presidente da assembleia Nacional.

  3. img
    Jorgek Responder

    ate que enfim este homem fala de coisas importantes para o país. será porque estara fora da politica? hummmm

    • img
      filha de Deus Responder

      concordo contigo jorgek, só agora ele se intereça,e ainda por sima é sínico.

      • img
        teste Responder

        cuidado com escrita…erros ortográficos basicos tb nao contribui em nada…

  4. img
    Lúcio Pinto Responder

    A sociedade civil é que promove. e não os deputados. isto porque os deputdos só estão la a nos representar. ele esta la para servir o povo e não ao partido dele… Que parvoice. .. STP no coração…

    • img
      ananias Responder

      Sr. Lucio Pinto,
      Realmente desconhece o aspecto jurídico da polítíca.

      Precisa ler mais os livros ou manuais de direito constitucional e ciência política antes de dar palpites.

      Os deputados nunca tomam inciativa para discutir fatos relevantes da sociedade?

      Assuntos relevantes tanto podem ser debatidos a partir da iniciativa de parlamentares quanto da sociedade(iniciativa popular), através da recolha de assinaturas.

      Foi já prevendo essas incompreensões que o legislador constituinte previu a iniciativa popular.

      Então para que servem os deputados? Só para fingir que discutem projetos de leis e embolçar boa grana, se blindar de imunidade?

      Está na hora de discutir sim questões como:
      1- a redução de parlamentares,
      2-eleição apenas de parlamentares com ficha limpa (sem histórico de corrupção, condenação…),
      3- excluir aqueles que sequer em cinco mandatos conseguiram apresentar um projeto de lei,
      4-pagar ao parlamentar mediante aquilo que produz (quanto mais projetos de lei aprovado maior o salário),
      5-flexibilizar as regras que conferem a imunidade de forma a punir os picareta que se econdem por detrás da imunidade para cometer ilicitudes e moralizar esta instituição que se chama Assembleia Nacional.
      6-Impedir que analfabetos representem o povo,
      7-acabar com o nepotismo
      8-Afastar aqueles que praticam a prostituição descaradamente,
      9-banir parlamentares que ficam dormindo nos debates bem como aqueles nunca falam nada,
      10-Acabar com cargos comissionados que são uma vergonha para a democracia
      11-Etc…

      • img
        Lanis Responder

        Ananias,

        Acho que vc é que não sabe que de país está a falar. Porque se soubesse iria perceber que os deputados raramente apresentam iniciativas. E aquelas que sao apresentadas pelo gov demoram anos para passar. Basta ver quantas leis sao aprovadas por anos.

        Eles estão se marimbando por nós…não interessa o partido.

        Por isso, temos de ser nós. A sociedade Civil

        B.

        • img
          Lúcio Pinto Responder

          Caro ananias
          Gostei muito da tua intervenção, mas acho que vc é que tem que ler mais os livros ou manuais do direito constitucional…. ou melhor tentas ler bem a nuticia acima,,,Estamos em STP, e aqui são poucos deputados que apresentam iniciativa..Por outro lado eu pergunto-te já alguma vez viste o nosso actual Presidente a falar de coisas importante para o país? STP no coração…

  5. img
    Matabala Responder

    Quando há pelo menos dois ou três falando em nome de Deus podem crer que ele esta no meio deles…Sr. Fradique já sentiu que o novo Governo quer trabalhar por isso já começou a pensar pelo país…

  6. img
    José Maria Cardoso Responder

    Ao propósito dos imediatos desafios que o PR deixou aos deputados da Nação, há menos de um ano do vagar da cadeira presidencial, não se pode esperar do Chefe de Estado um outro entendimento que não, no minímo, a busca de um consenso a estabilidade para que algum testemunho válido possa marcar a nossa memória colectiva.
    Ao propósito dessas presidenciais e num manto desértico em que não se vislumbra o sucessor de Fradique Menezes, uma figura nacionalista recentemente ressurgiu nesta página pública e porque não submetê-la ao veridicto das urnas em 2011?
    Os são-tomenses sabem que em 1996, essa figura saiu desiludida e amargurada com os seus “camaradas” do MLSTP/PSD que lhe apunhalaram pelas costas e até abriram champanhe na hora de comemorar a sua derrota nessas presidenciais.
    Acredito que o Dr. Carlos Graça com a sua verticalidade, experiência, visão democrática e amor a Pátria sempre demonstradas podem devolver ao nosso País a imagem de seriedade, rigor e honestidade que muito carece ao Palácio cor-de-rosa.
    A questão de idade ou colagem a má governação de outros não podem justificar ou tirar o mérito ao médico e político em causa.
    A eleição de Evaristo Carvalho a PA, tão merecedor do cargo, pode dar resposta a qualquer dúvida e tb não nos duvidemos que há muitos velhos/novos e o contrário.
    Aos novos deputados tão jovens a abrir uma nova página num olhar democrático e rejuvenescido da nossa existência, só podemos desejar-lhes o melhor êxito nas missões incumbidas pelo eleitorado. Muito especialmente a Celmira Sacramento, Excelentíssima Deputada, as maiores felicitações e comungo do orgulho de um exemplo feminino.
    Bem-haja!

  7. img
    Fernando Augusto(Cocas) Responder

    Apelo a todos os deputados e a equipa parlamental em geral que tenham uma boa caminhada,sentindo-se irmaos,fazer bons debates sem reservas,sem odios,sem recentimentos nenhum,apenas ver que dialogo do vosso trabalho do dia a dia sera para termos um nosso pais melhor.Serem sempre mais objectivos com criticas e pareceres construitivos.Aproveito em enviar as minhas felicitaçoes ao Sr.Evaristo Carvalho, e confio pela sua experiencia da longa data,fazer e sempre fazer melhor junto a sua actual equipa parlamental.

  8. img
    NIVALDA CORREIA Responder

    A redaçao e a direcçao do Tela non POR FAVOR NADA DE CENSURAS ninguem pode silenciar a voz do povo a voz da verdade a voz da revolta.
    Estamos num País que acredito ser Livre como nós garante a Constituição POR FAVOR NAO ME SILENCIEM,NÃO DEFENDÃO INTERESSES OBSCUROS SEMPRE DISSE QUE NAO ME ESCONDOA ATRAS ANONIMATO SABEM ONDE ME ENCONTRAR SEMPRE DISSE QUE TENHO COMO DOCUMENTAR O QUE DIGO SE FOR NECESSARIO ATE AQUI NESTE JORNAL.
    De quem eu FALO(Sr.Eugenio Tiny)tem como provar a sua inocencia em sede de tribunal ou tambem por este meio pode dar-nos as respostas que pretendemos.

    POR FAVOR NÃO A CENSURA

  9. img
    NIVALDA CORREIA Responder

    TELA NON

    Se eu estiver a contar falsidade ou leviandades por favor processem-me mas NAO ME SILENCIEM.
    não vejo razao nenhuma para alem de compromisso obscuros para impedirem a publicaçao do meu comentári,aceito que a direcçao do jornal se reserve o direito de publicar ou não os comentários,mas espero que haja da vossa parte um claro sentido de justiça e nao serem mais UM INSTRUMENTO A SERVIÇO DOS PREDADORES QUE SE PAVONEAM NO NOSSO PAIS.

    VIVA A LIBERDADE JUSTIÇA VERDADE E TRANSPARENCIA

    ABAIXO OS COMPROMISSOS OBSCUROS E OS SERVENTIAS AOS SENHORES QUE DESGRAÇAM NOSSAS FAMILIAS E JOVENS

    NADA PODE PARA AVERDADE NEM A CENSURA

  10. img
    atencao!!!!! Responder

    a unica coisa que gostaria de comentar e que simultaneamente me aprece estranho, é o facto do presidente da republica apelar ao voto obrigatorio dos cidadaos. creio que embora queira-se que toda a gente manifeste a sua vontade partidaria, pois creio que o voto obrigatório em qualquer nacao do mundo que o implemente, em vez de transparecer o suposto engajamento de dever social, pareceria mais, redundar-nos a regimes autocráticos.
    pois ninguem que nao tiver vontade de ir as urnas,´deve ser obrigado a votar. é simplesmente algo humano ou natural, assim como ninguem deve impor a ninguem a obrigacao de gostar deste ou daquele partido politico ou religiao.

    o ser humano é livre de exercer os seus direitos tantos intrinseco naturais, como os sociais.

    • img
      ananias Responder

      SR.Presidente Fradique lamento o seu ponto de vista equivocado(voto obrigatório).

      O Presidente tem a incumbencia de velar pela observancia da Constituição, mas, equivoca-se ao defender a obrigatoridade do voto.

      Graças a Deus a facultatividade do voto e constitui “cláusula pétrea” , encontra-se no(art.154º ao determinar que:”Os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos”) não podem ser objetos de revisão constitucional.

      Sr. Presidente, a obrigatoriedade do voto é incompatível com o exercício da Democracia. O voto obrigatório, é característica de Governos ditatoriais.

      Ao envés de querer ferir a Constituição para forçar o povo santomense a votar nos corruptos seria melhor o Sr. Presidente propor medidas para moralizar a Administração Pública Santomense (Assembleia Nacional,Executivo e Judiciario).

      Se a Administração Pública fosse moralizada o povo sentiria orgulhoso para eleger seu representante, como ocorre na Inglaterra.

      Como existe muita sujeira, muita mentira, muita promessa não cumprida, muita impunidade e o povo cançado de tudo isso reagiu assim (não votando ou se mantendo na abstinencia).

      Talvés o Sr.Fradique não conheça discussões jurídicas(doutrinárias), mas, nos Estados Democráticos de Direito à semelhança de São Tomé e Príncipe, nenhum sujeito pode ser obrigado a exercer um direito seu.

      Como escrevi em linhas atrás, o voto é um direito. Ninguém deve ser forçado a exercer o seu direito.

      O direito exerce-se se quiser!

      Que bom o Sr.Fradique não será mais o Presidente Santomense no proximo ano.Porque um Líder que tem por obrigação velar pela preservação de direito, quer suprimi-lo,não pode ser considerado lider !!!

      Que pena, o povo santomense não merece isso. Foi uma luta para conquistarmos o direito ao voto,não vamos deixar que o mesmo seja modificado ao belo prazer do Sr. Presidente Fradique.

      E os ditadores começam assim, hoje suprimir um direito, amanhã outro direito, e aos poucos um conjunto de direito, quando o povo se apercebe bay-bay os direitos fundamentais.

      Países como o Brasil, em que o voto é obrigatório, deve-se a muita corrupção e desigualdade.Resultado falta de políticas públicas sérias que permitam a desenvolvimento da população.

      Todavia, o Brasil tem muita difereça com São Tomé, as instituições públicas brasileiras são fortes, as nossas são frágeis.

      Mexer no direito ao voto, é abrir precedente perigoso para a Constituição.

      Edson Neves
      Constitucionalista.

      • img
        Zé Mulato Responder

        Fradique Melo de Menezes e’ um comerciante–Ele nao sabe nada sobre Politica. Sera ele um Candongueiro? Presidente que faz esquema?—Mediocridade—pouca vergonha desse gajo

  11. img
    atencao!!!!! Responder

    correcao: me parece

  12. img
    Francisco Lima Responder

    Que vergonha! O MLSTP é uma vergonha, mas que bancada só oportunistas. O que de novo vão dizer esses deputados a nação?…enfim, e o secretário da mesa…coitado!
    por essas e por outras é que a directora das alfandegas, paasou para o ADI… apreendeu com os camaradas…a safar-se, custa o que custar. Só não entendo como o governo quer caras novas, gente sem vicios, e promove alguém que já esteve nas alfandegas tantos anos…tem tantas casas…com o seu sálario, como é claro!!! .Francamente vamos ter esperança assim messmo povo!

    • img
      Serà Mudança? Responder

      Estou perfeitamente de acordo com o irmao Francisco Lima! Podemos considerar esta jovem senhora, Ilza Amado Vaz, como aqueles patos bravos sublinhados no jornal “O Parvo”. Esta nao é cara nova e por cima com vicios! Questiono qual seria o conceito de Mudança que tem o sr. Patrice Trovada? Nao seria nao os de MLSTP e PCD na liderança? Façais a vossa reflexao!
      Serà Mudança?

    • img
      Zé Mulato Responder

      Concordo! Fala alto! Critica!
      Patrice Emery Trovoada faz jogada.
      Abracou tudo que e’ Frances incluindo aqueles que tambem estudaram em Franca.
      Franca nao da. Gabao? Credo! Bongo apanhou uma bariga e foi derotado pela Franca, perdeu dinheiro que deveria ser investido nos Gaboneses e no Gabao. Bongo era um parvo que Franca usou e abusou, e mandou para lixo na Espanha. Europeus (brancos, na maioria, nao sao amigos de Africanos). Patrice nao sabe isso?
      Tudo isso cheira corrupcao de novo!
      Continue a fazer observacao.
      O povo deve estar informado.
      Povo ja nao e’ estupido.
      Povo ja nao e’ parvo.
      Diz verdade—doa a quem doer!
      Apresente solucoes e apresente criticas construtivas!

  13. img
    Ze Mulato Responder
  14. img
    perreia Responder

    Pela cara dos deputados na foto estao a lixar para o parlamento e para o pvo.

  15. img
    joana Responder

    Eu tenho de concordar com a senhora Nivalda Correia. Começa a existir censura até neste jornal. É muito triste que assim seja. Há indícios de censura nos comentários e nas notícias incómodas que desaparecem de um dia para o outro.
    Eu também como a senmhora Nivalda Correia tenho um nome e nº de B.I e de passaporte. Por favor não me silenciem. Por bem deste povo.
    Joana

    • img
      NIVALDA CORREIA Responder

      Estimada Joana

      realmente digam o que disserem mas aqui está a haver alguma censura e não pouca.
      A nossa constituição diz “que temos liberdade de expressao e de opinião”

      Então deixenos expressao a nossa opiniao e expresarmo-nos livremente sem leviandades e com responsabilidade.

      Nada do que foi por mim aqui escrito é facil “quem tem olhos veja quem tem ouvidos oiça”porque a verdade é única.
      Sr.Eugenio Tiny tem feito das nossas jovens seu objecto de prazer seus brinquedos sexuais e suas escravas sexuais”

      POR FAVOR PAREMOS DE FINGIR QUE NÃO VEMOS NÃO SABEMOS E NÃO NOS IMPORTAMOS

  16. img
    Digno de Respeito Responder

    Está claro a pronuncia do nosso PR. Analisando a dimensão do nosso jovem país e pela sua densidade populacional seriamos um povo feliz ou mesmo um dos mais felizes na face da terra caso adoptação ao modelo de Democracia Participativa. Sugiro esse modelo tal como deu a intender (se estou enganado) ao longo do discurso do PR quando evoca maior atenção dos interesses da população na plenária. Acredito que todos sairiamos a ganha, inclusivé o Governo estaria mais sólido uma vez que a responsabilidade seria de todos nós. O que provavelmente poderia estar em causa seria o modo de agir, isto é, estratégia de realização dos assuntos saídos da plenária.

    Espero que os deputados consigam apresentar assuntos pertinentes que sirvam o desenvolvimento da Nação santomense. Acho que o nosso PR revelou sentido de diálogo nacional. Acredito que havemos de levantar bem alta a nossa bandeira para o mundo se possa um dia orgulhar-se de STP pelos bons motivos.

    A todos desejo muita dedicação, determinação e paz para todos.

  17. img
    Digno de Respeito Responder

    Digo: (…)”para que possa” (…) orgulhar-se de STP …

  18. img
    dalé dalé Responder

    Fradique de Menezes não sei ainda o que faz no poder!

  19. img
    Zeca Jamba Responder

    Teste falou de erros ortograficos e tem erros gramaticais

    • img
      Zé Mulato Responder

      Zeca Jamba,
      a palavra “ortográficos”–escreve-se assim–:-)

      Sebedo mole cu vlegonha…

      Defendo todos aqueles que cometem erros porque tambem reconheco os meus erros. Ninguem e’ perfeito/a. O que vale e’ votade de fazer algo produtivo para Sao Tome e Principe. Enfim–todos sabemos escrever um bom Portugues no momento proprio….Sera?

      Zeca e’ um outro mediocra

  20. img
    zecabra Responder

    MLSTP realmente massacrou-nos mas a cerca de 2 meses eram milhares atraz deles tudo por causa do banho com dinheiro sujo

  21. img
    Zé Mulato Responder

    Devemos reconsiderar si é ou não é uma forma de ABUSO de Poder por parte dos chamados “os Grandes” senhores e senhoras de São Tomé e Princípe quando intimidam os cidadãos nacionais com QUEIXA-CRIME????

    Queixa-Crime é um relato descritivo e circunstanciado de um alegado acto!ato criminoso, apresentado formalmente à autoridade.

    Temos que abolir (anular, fazer cessar) com essa táctica não democrática em São Tomé e Princípe. Caso o contrario, os problemas complicar-se-ão na nossa sociedade.

    Como é que vamos encourajar os Santomenses para voltarem as ilhas sem medo de perseguições e mediocridades de queixas-crime???????

    Haverá “makas” sociais e tribulação interna sem necessidade. Por isso, temos que constitucionalmente abolir intimidação, perseguição de queixa crime dos corruptos, gatunos, traidores da pátria, adulterados, viciados, desmoralizados, devassos, prevaricadores, venais, e os completamente errado nessa página da história Santomense.

    Essa vossa táctica de silenciar os dissentes ( aqueles que sentem de opinião diferente; discordar, divergir) é ilegal!

    Corruptos!!! Vossas tácticas são ilegais (Não legal; contrário à lei de um Estado de Direito Democrático).

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Partido_dos_Panteras_Negras

    http://pt.wikilingue.com/gl/Panteras_Pretas

  22. img
    Zé Mulato Responder

    Temos que fazer algo para eliminarmos todos aqueles que estao a sabotar, bloquear, e destruir o crescimento e desenvolvimento economico e social de Sao Tome e Principe!

    Rafael Branco deputado!!!??? CREDO!!!!
    A presenca deste homom deve ser na cadeia. Deputado?
    Isso e’ um absurdo!
    Sera que em Sao Tome e Principe ja nao temos ninguem com autoridade para fazer justiça?

    Si nao eliminarmos com todos aqueles gatunos e preguicosos que estao a destruir Sao Tome e Principe nao havera progresso! Ficou dito

  23. img
    ana Responder

    realmente nao estao com cara de bons amigos quem nao deve nao teme mas vejo que estao a temer e bem

  24. img
    Mané Petema Responder

    Lendo os comentários acima, ignorando por completo a fala do Senhor Presidente, deveríamos sim fazer um plebiscito, enquete de Aprovação do 10 anos e o que melhorou em STP com esse Mediócre que calado seria um Poeta. Concerteza Os que detestam amarga-mente a má governação do mesmo demonstram por cá em escrito enquanto que os que usufruem do mesmo, puxando saco do “Tio DIKE”, ficam apenas em colocar visto, qualificar de positivo e/ou negativo comentários de certas cidadãos expressivas e/ou não de caracter e idoneidade. Vida Democracia, vida liberdade de expressão!

  25. img
    Zé Mulato Responder

    Apostar no Sector Privado

    Cuba despedirá cinco cem mil empregados.
    O que está São Tome e Príncipe a espera?
    Eu não pretendo escrever um discurso, mas apenas apresentar alguns tópicos para a discussão enquanto nós esperamos que os Tribunais: Criminal e de Contas punam aqueles que roubaram o nosso país e enviar-lhes para o penitenciario (cadeia ou prisão). Nós devemos começar a discutir soluções possíveis de muitos problemas que a nossa nação enfrenta. Nós devemos apresentar, acima de tudo, soluções! Soluções e soluções, e, põr de lado o que não incentiva o novo governo fazer seu melhor para o povo Santomense. Os assuntos intrínsecos que dizem respeito a nossa sociedade não devem ser ocultados. Já notei algumas possibilidades de plêiades neste forum com pessoas célebres pelo talento demonstrado e messagens deixadas nesta peleja de ideais enfáticas com tom vigoroso.
    Tema sobre o sector privado e tópicos como: latrinas, saneamento básico, praias limpas, trabalho voluntário, energia: nuclear, hidráulica, energias eólicas e solar; hospital e a saúde da nossa população; estradas; limpeza e manutenção de rios; Feira de ponto (mercado), táxi dos motociclos (motas), transporte público, água potável, distribuição de água nas áreas rurais, malaria ou paludismo; escolas; modernização de cadeias e prisões; preparação, treinamento, e instrução de nossa crianças; produtos de géneros alimentício e problemas sobre a nutrição; produção para exportação; o turismo, agricultura para o consumo interno, proteção maritima, segurança interna. Ordem e disciplina para que todos obedeçam e respeitem; trabalho árduo, entre outos topicos relevantes. Temos que debater solucoes para tudo isso e chegar a um consenso!

    Figuras de autoridade de Estado têm que dar bons exemplos para a populacao os seguir.

    Com relação as pessoas que vendem na rua, uma solução seria, enviar algumas para escola ou centro de instrução a custa de Estado para se tornarem pequenos empresarios, outras, poderão vender os seus produtos a uma estação financiada com capital estatal e privado onde os produtos seriam vendidos em retalho, e por sua vez, essa instituição se responsabilizaria em vender os produtos ao publico em grosso depois de uma inspecção rigorosa feita. Evitar-se-ia conglomeração de pessoas a vender nas ruas. Posso dar mais detalhos e explicar melhor numa outra altura.

    Animais abandonados, cães à solta, entre outros, podem ser apanhados e depositados num centro veterinário sob direcção do Estado ou Organização Não Governamental. Esses animais poderão ser eventualmente adoptados e devolvidos aos donos.

    Não existem soluções que não nos ira custar dinheiro e sacrifícios. Por isso, temos que tomar medidas firmes e executá-las. Nada na vida deve ser fácill.

    Apertar o cinto, comer safu, jaka, fruta, peixe salgado, azeite de palma, zequentxi zete cu zequentxi doxi, banan npon sa bua. Temos hortaliças e frutas saudáveis e são produtos orgânicos caríssimos em vários países do mundo.

    Cuba e muitos outros países despedem funcionários públicos e transferem-nos para o sector privado, então, o que STP está a espera?

    http://www.dailyfinance.com/story/taxes/cuba-government-workers/19632696/

    http://www.voanews.com/english/news/americas/Cuba-to-Lay-Off-500000-Public-Sector-Workers–102802109.html

    http://www.independent.co.uk/news/world/americas/cuba-to-lay-off–500000-state-workers-2078462.html

  26. img
    Zé Mulato Responder

    Quando é que Fradique vai embora dormir na Favorita e deixe o palácio do povo e Presidência da RDSTP para uma pessoa mais competente? Tchau

Deixe um comentario

*