Presidente do Supremo Tribunal de Justiça manifesta-se envergonhado com a postura social dos Juízes

“Não nos serve o juiz que somente sabe aplicar a lei”. Declaração de Silvestre Leite, Presidente do Supremo Tribunal de Justiça. Juízes imorais, que não respeitam a ética, que não têm postura social, não podem ser considerados como tal, advertiu Silvestre Leite.

O Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, apresentou argumentos fortes para sustentar a sua posição. Foi diante dos juízes e no Palácio da Justiça, que Silvestre Leite deu a lição de moral e ética aos seus companheiros da justiça. «Não nos serve o juiz que somente sabe aplicar a lei. Porque antes da existência da lei, existiam outras normas. Juiz que não cumpre as normas de moralidade não deve se considerar como juiz. Juiz que não sabe cumprir normas de cortesia, também não deve se considerar Juiz. O juiz que não sabe cumprir as normas éticas não deve considerar-se Juiz», afirmou em voz alta e em bom som, fitando de frente os seus pares da justiça.

Para Silvestre Leite, os valores que caracterizam um magistrado, devem ser defendidos a todo o tempo. «Não temos só que ser juízes, mas temos que aparentarmos ser magistrados em todos os momentos da nossa vida. Os juízes devem ser exemplares em todos os momentos da vida deles», reforçou.

O Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, recorreu as novas medidas adoptadas pelo governo para conter o défice, nomeadamente a restrição do uso de viaturas do estado, para demonstrar que os Juízes não têm tido postura social e ética dignificante. «Que eu saiba não existem dois estados em São Tomé e Príncipe. E as vezes em termos de exemplo em relação as medidas que são tomadas em todo o país não podemos dizer que não cumprimos, porque somos membros de um outro órgão de soberania. É preciso ter respeito, ter ética. Porque chegam-nos informações de que existem Juízes e funcionários da justiça, que continuam com viaturas do estado nos piqueniques, nas praias, nas portas dos terraços, etc, etc,», enfatizou.

Assim, segundo o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, os magistrados não estão a dar bom exemplo a sociedade. «Efectivamente somos um órgão de soberania e não estamos abarcados por essas medidas tomadas pelo governo. Mas a ética, a moralidade e interpretação da vontade desta sociedade, nos obriga a isso. Caso contrário que exemplo queremos ser?» Interrogou.

As declarações do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, terão deixado os Juízes e os magistrados do ministério público, em estado de tensão, uma vez que são um dos principais utilizadores das viaturas do estado fora das horas normais de expediente.

Se bem que em nome da verdade e da justiça, deve-se dizer que as tais medidas do governo no sentido de proibir o uso de viaturas do estado, fora das horas normais de expediente não estão a ter qualquer impacto. É comum aos fins-de-semana e não só encontrar algumas figuras com viaturas do estado, a passear, no fundo a tratar da sua vida, dos seus amigos, namoradas e da sua família.

Abel Veiga

  1. img
    Afonso Fernandes Responder

    Em S.Tomé os Juízes só sabem aplicar a lei , e não sabem respeita-las , não têm um bom comportamento moral para cpm a sociedade, não ha colaboração com o governo pelo uso de viaturas de estado. Acho eu k esses homens´só fazem formações para ter o nome de doutor , sr juiz ,e não para pôr em pratica aquilo que foi aprendido , Um juiz sem a ética , k não respeita a norma não é um JUIZ de formação.Bem falado Sr PSTJ.

  2. img
    mario Pinto Responder

    Senhor Silvestre Leite
    Com todo respeito digo

    que Deus muito lhe abencoe pela coragem que teve. Chamando o mal pelo seu proprio nome.

    Fui

  3. img
    Zé Cangolo Responder

    É verdade que a justiça anda mal, mas temos uma justiça à imagem da nossa sociedade. A coragem não está só em denunciar, está acima de tudo em actuar contra o mal. É público e notório que os juízes Hilário Garrido e Alberto Monteiro vivem de forma mundana. Se querem ver o Garrido estejam na cafetaria de Residencial Avenida e Monteiro estejam onde o Sangazuza estiver.

    • img
      António Veiga Costa Responder

      o pior são aqueles juízes que não frequentam lugares públicos mas aceitam “numerários” ou fazem vistas grossas para proteger a ou b.

      Já vi muitos atos de verdadeira justiça praticados pelo Exmo. Sr. Juiz Alberto Monteiro, o último deles a absolvição do Ambrósio/PARVO.

  4. img
    Marcos Responder

    pois e! so sabem falar bonito, dentro da norma , mas acabar com a corupcao e resolver os problemas de fraude e roubo contra o estado e consequentemente contra o povo nada.Por mim o problema maior nao esta so na etica dos juizes (andar com o carro do estado) esta no estado em que se encontra a nossa justica, todos voces sao pessoas imorais que nao conseguem desempenhar a vossas funcoes sem injecao.

  5. img
    J. Maria Cardoso Responder

    Das palavras do Presidente STJ demonstram o constrangimento das nossas mentalidades. Os juízes e funcionários da Justiça usam os carros do Estado pk são de outros Orgãos de Soberania. Caricato, não é?
    Os funcionários da Presidência da República k continuem nos regabofes com os carros do Estado, não é isso?
    Não é a 1ª vez que o Estado através de um dos seus Orgãos, o Governo, traz a praça pública essa norma de controlo de uso dos bens públicos, especialmente, as viaturas e, óbvio, não passa disso mesmo, mais uma norma k é obstruída por quem devia ser o exemplo da sua execução.
    Se bem k certos cargos exigem a dignidade e a representabilidade, num país sem a existência do próprio Estado, os promotores da Lei não devem se distrair da tal ética, moralidade e o bom senso já k sou profecta de k a mudança veio para sacrificar e só depois melhorar para o bem de todos.
    Senhor Presidente do STJ, k os juízes o tenham escutado e sobretudo postos em prática essa deliberação do executivo das nossas ilhas.

  6. img
    Helves Santola Responder

    Pois é….o pior é que os “mal-feitores” não estão nem aí para as leis…só quando lhes convier…..tristeza!!

  7. img
    Josefa Responder

    Há mais adjectivo que não foram usados, como candogueiro, delinquente,canequeiro, mas é pena, que Sr sózinho, não consegue, é preciso apoio de toda a sociedade para ajudar a denunciar esses males, mas com verdade. Força…

  8. img
    Teodoro Menezes Responder

    Humildade é que faz o homem crescer.Reconhecer e criticar o mal em nossa própria casa públicamente antes de apontar o dedo ao outro,é algo pouco comum na nossa sociedade.Espero que outros Órgãos sigam este exemplo. Faça a sua parte e não espere pelo outro.
    Teodoro

  9. img
    Jonnes Responder

    Sr. Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, quero realçar o seguinte:
    Quer o sr. como os demais condutores da nossa república, sabem que estamos fartos de lábias. Por isso agradeço que tomem medidas. Evitem de argumentos sem eficácias.Finalizo assegurando que a falta de homens com esculhões nesse país justifica tal libertinagem visível no nosso seio, o que põe em causa o tão desejado Estado de Direito. A liberdade não justifica que cada um deve fazer o que lhe apetece.
    Sejam responsáveis.

  10. img
    Vugu Vugu Responder

    muito bem ilustre senhor Dr Silvestre Leite. mas, o povo de stp agradeceria se o senhor de forma imediata, urgentemente possível entregasse ao ESTADO a segunda viatura de ESTADO (toyota prado land cruiser) que o senhor tem em casa a fazer recados.

    • img
      E. Santos Responder

      Vocês têm ideia de quanto custa um VX V8???

  11. img
    Celsio Junqueira Responder

    Caro Pres. STJ,

    Sabias e bonitas palavras, mas já deve ter dado conta que com palavras não leva a agua ao seu moinho.

    Ou seja, mude de estratégia, que tal passar a acção?!

    Um dos erros da nação Santomense foi ter julgado que um individuo com formação técnica (superior ou não) logicamente teria a formação civica (educação, humanismo, altruismo, etc). 35 anos depois já vimos que não é assim, e a Justiça é só uma casa onde exemplos desses abundam.

    Como o exemplo tem de vir de cima e o poder também, aconselho a vossa excelência a dar o 1º passo. E se puder convença os seus pares, pode ser que a moda pegue e em menos tempo daquilo que imaginamos temos um país melhor!

    Abraços,

  12. img
    NIVALDA CORREIA Responder

    DR.Silvestre Leite é com muito orgulho felicidade e esperança que ouvi a sua declaraçao em relação a postura de alguns magistrados da nossa terra.Orgulho porque reconhecer que ainda há pessoas em posição de destaque que tẽm coragem de reconhecer o que está mal na atitude comportamento e conducta de alguns elementos do orgao de soberania.Felicidade por saber que quem fala é porque não consente e se fi dito terá que tomar medidas para corrigir a situação.Esperança porque sei que ainda que haja devassos como o Sr.Eugenio Tiny que faz Curriculum a desgraçar as jovens de SaoTomé,as catorzinhas fazendo delas seu objecto sexual,escravas sexuais para satisfazer seus caprichos doentios.
    SR.DR JUIZ por favor comece por aqui a fazer com que o bom senso o respeito pelas jovens mulheres e crianças o respeito pela familia Saotomense Imperem,DR.JUIZ este senhor é um predador sexual de jovens e adolecesnte digo e assumo,alias todos nós sabemos porque acha-se tão intocável que nem discreto é faz as claras porque sabe que nada lhe acontece.
    Eu aqui relato situaçoes do conhecimento de todos nós so para ilustrar ou elocidar aos mais esquecidos,lembra-se ou lembram-se de uma moça de Aguagrande que circulou aqui num SUZUKY que também com artimanhas e jogos muito pouco limpos,que a seduziu desastibilizou e acabou com uma relaçao que ela tinha de longa data,fez dela sua amante concumbina,fez um filho e abandono-a.
    Sonhos destruidos,dignidade destruida nome na lama,causador Sr.Eugenio Tiny.esta moça tem familia tem amigos tem um nome tem sonhos tinha futuro.
    Isto ja não é importante na nossa cultura na nossa tradição?onde esta o nosso principio africano que filho do outro é as costas do nosso filho.
    Sr.Eugenio Tiny o SR.tem filhas ja imaginou um velho tarado predador sexual como o Sr.é fazer o mesmo as suas filhas,nao se esqueça que o que semeamos colhemos.
    Alguem tem deo PARAR sr.Eugenio Tiny eu ja comecei e vou ate ao fim vou leva-lo a barra do tribunal voce vai PAGAR.
    Agora ja nao nem seguer escolhe as moças sao cada vez mais novas isso teu um nome SR.Eugenio Tiny PEDOFILIA,tenha um pingo de vergonha.
    eu nao me escondo dou a cara e o SR.sabe

  13. img
    De Longe Responder

    Tenho tido alguma sorte de ir conversando cá em Portugal com pessoas de interesses muito diversos.
    Fiz comentário sobre a “indignação do embaixador Jorge Amado “, no qual apresentei a minha preocupação em relação ao rumo das coisas, apelando pela união dos são-tomenses. Como a votação foi muito favorável e até houve comentários ao comentário, mostrei-o a um português que me visitou no passado fim-de-semana. Sabem qual foi a resposta? Foi a seguinte:
    - “De Longe” esses comentários não fazem mossa no teu país. O jogo de interesses instalados pelas famílias… torna todo o mal muito difícil de ser combatido. Admira-me que STP tenha chegado a isso porque eram pessoas das ex-colónias que nós víamos em Angola com melhor nível cultural e cívico. Agora parece que da vossa terra aquelas pessoas desapareceram. Por mais que estudem, não se vê civismo nem preocupação nacionalista, salvo raras excepções que nada podem fazer.

    Que fazer meus compatriotas?
    As ferrugens nas nossas engrenagens estão sistemicamente amontoadas.
    Todos os votos concedidos a aquele apelo que fiz pela união dos são-tomenses, fazem-me supor que queremos todos mudar as coisas. Infelizmente falamos hoje sobre o tribunal, sobre a jornalista que divulga textos bonitos, difíceis ou tendenciosos, da estrada cortada, da vergonha diplomática, da lixificação… lixificação aquilo a que os nossos compatriotas fazem de nós levando a que saiamos da nossa terra com aparência de lixo, à procura de limpeza nas mãos dos outros. Falamos de tudo isso e os nossos malfeitores mantêm-se em nossa casa comendo da nossa miséria e rindo das nossas perdas de tempo.
    Se nos unirmos num só sentido, eles (os chamados malfeitores) estarão também connosco na via única: DESENVOLVIMENTO DE STP.
    Como e quando começamos?

  14. img
    Povo Responder

    Justiça? Aonde? STP? Faz até rir de raiva…

    http://www.cstome.net/oparvo/DEscarilado.htm

    Corruptos as soltas! Tribunal funciona? Credo! Credo!

    “A governação em São Tomé e Príncipe perdeu rosto de credibilidade”

    “Alda Espírito Santo morreu zangada a dizer para estes senhores: “…escarraram na cara do povo de SãoTomé e Príncipe”. E, foi “…falta de respeito aos são-tomenses”.”

  15. img
    DÁ e DÓI Responder

    Disso todos já sabemos. Deixemos de conversas e comecemos a agir, o senhor é Presidente do Supremo e tem autonomia sufuciente para tomar certas decisões. Não deixa de ser novidade para ninguem que os juizes em STP, não têm postura alguma.
    Esta terra, precisa mesmo de “VERDADEIROS JUIZES”

  16. img
    Fernando Cardoso Responder

    Silvestre Leite, só quem não sabe o que se passa no sistema judiciário são-tomense pode acreditar nas suas declarações. Você mesmo tem tido comportamente profissional, social e público que deixa muito a desejar quer em STP, quer quando está no estrangeiro, nomeadamente em Portugal. Conheço-o, há muitos anos, e sei como tem sido o seu percurso profissional e os seus esquemas aliados com Alice Vera Cruz. Desafio os juizes que voçê quer chamar atenção para terem a coragem de escrever sobre si também, sobre o seu percurso. Quem tem telhado de vidro, não atira pedra para o vizinho. Para já, fico por aqui. Fernando Cardoso.

  17. img
    morena alves Responder

    Enfim!!! Zémé ça tamé fla!
    O Presidente falou e bem da postura dos juizes, mas a situação já é alarmante. ´Hoje no nosso país um individuo que tenha formação em direito, já se acha com direito a fazer tudo a todos. Se for assessor de um ministro nem imaginam, chega ao ponto de induzir esse ministro em erros,por maldade, incompetência e gana de substituir o ministro. E como uma boa parte dos nossos ministros ainda temem perder o lugar, vão “subindo” essas pareceres,essas posições em ditremento dos funcionários. Mas tenho fé que um dia isso mude, mas por hora,nada…

  18. img
    RECORD Responder

    O Sr. Leite deve estar é feliz com o empossamento do seu protegido “Bandeira”, pois sabia que o lugar era do Frederico da Glória, por mérito obtido no concurso realizado legalmente. O Sr. fala de ética, mx induziu o parlamento no erro de eleger dentre os três candidatos, quando as regras ditavam apenas a designação do vencedor do concurso. Foi convidado em tempos para corrigir “eleição” por “designação”, mx preferiu demonstrar que só prevalece a sua vontade, dizendo: “Ninguém muda o que o Presidente do Supremo subscreveu”… Na certa fez deu banho aos deputados para conseguir salvar o teu protegido… e hoje diz que não basta conhecer as leis, pois é, na verdade é preciso ter algo mais e ética é o que o sr. tem perdido. Para de reclamar e comece a agir contra esses desmandos que quer trazer à praça pública, se é que ainda tem moral p fazê-lo. A propósito, como conseguiu convencer tanta gente a retirar os seus recursos simultaneamente? SÓ KEM Ñ LHE CONHECE MESMO!!!

  19. img
    Macarofe Responder

    Não acredito neste orgão de Soberania. Infelismente é o orgão que deveria tranquilizar a população e renascer a experança. Não fazem nada e têm boa vida. Carros de luxo e catorzinhas. ” putas e vinho verde”. Devia-se selecionar os juizes. Aqueles q não servem deveriam ser demitidos. Não recordo ver uma boa justiça em STP, Sobretudo aqueles q jogam com a nação. Dentro de meses vão nos dizer que os documentos ai arquivados para posterior julgamento desapareceram. Fui

  20. img
    maria chora muito Responder

    Olá Leite, o maior incompetente de todos os tempos. Nós, as Marias o conhecêmos bem à todos os niveis. Desde o Bandolim que toca nos fundões, passando pelas funcionarias do ministerio publico e dos tribunais que receberam promoções sem terem as qualificações exigidas, outras que são convidads à viajarem consigo para o estrangeiro para as orgias sexuais, até os pseudo-acordãos que escreves e mandas escrever. Enfim, és bem conhecido por todos nós. Olha bem para o teu umbigo, se não vamos abrir completamento o funda. OK. Beijos.

    • img
      Jose Alberto Responder

      maria chora muito

      Qualquer ser humano pode errar, o que não o impede de poder vir a tornar-se numa pessoa valida, alterando a sua conduta ou melhorando a sua maneira de actuar; costuma-se dizer que não há regra sem excepcção mas, nesta caso, o Sr Presidente do Supremo Tribunal, como ser humano que é, não pode ser excluido da regra.

      É mau e extremamente negativo estarmos constantemente a olhar para tras tentando descobrir facetadas menos felizes e passadas das pessoas.

      Amigos, vamos todos dar a nossa contribuição para o progresso do Pais olhando para o lado positivo das coisas e tentando incentivar as pessoas de modo a que elas se sintam uteis e acarinhadas para que possam cumprir com zelo, esmero e dedicação as suas funções.

      Não podemos estar constantemente a tentar derrubar as pessoas diminuindo a sua moral e distruindo a possibilidade que ainda existe em elas poderem trabalhar, seria e afincadamente, em prol do progresso do Pais.

      É fundamental fazer-se um esforço a ver se se consegue alterar a mentalidade mesquinha, e por vezes maldosa, reinante entre nos.

  21. img
    BLAGA PENA Responder

    E o que fazer para melhorarmos?
    Maos a obras

  22. img
    Ke kwa Responder

    Volto a repetir, só marcianos de cor verde e sem coraçao podem dirigir STP, este povo é esquisito.

  23. img
    P.F. Responder

    Coisas & Lugares 05:Nov.(2010)-O titulo de reflexão que hoje trago é: O Balancear, a razão e o coração. Meus Compatriotas e amigos, ainda resta-nos uma coisa que é: A esperânça.Falo-vos do renascer de esperânça. Na verdade todos temos contribuido dias ou semanas a fio com aquilo que cada um de nós sabe e pode dar ao País a luz das experiencias e o saber que acumulou ao longo da vida para ajudar o nosso STP a erguer-se.É evidente que temos um percurso a fazer, um caminho a trilhar e o caminho faz-se caminhando. Já várias vezes o dissemos e continuamos a dizê-lo.É um processo a que recomenda-se calma e certeza no futuro. Li muito atentamente as opiniões e os comentários que cada um dos intervenientes teceu aqui e sinceramente achei-os muito pertinentes e ricos em contéudos.Deixe-me dizer-vos que a leitura que eu faço a volta disto tudo é que o fantasma do passado ainda nos persegue e que o tempo nos ajudará a apagar estas mágoas e sarar as feridas.Nestes 35 o País já de sí desestruturado por cojunturas históricas o nosso Povo conheceu vários tipos de violências, desde política,sócio-económica e financeiras e outras.Felizmente,o País não viveu uma guerra civil, mas os atropelos deixaram marcas e sequelas profundas. De maneira que as secatrizes ainda vão existindo lá no fundo dos nossos intimos.Há que saber perdoar,mas há que dizê-lo e tirem-nos tudo, mas ao menos não nos tirem o direito de desabafar.Perdoem-nos aquelas pessoas que sentem-se incomodadas.Como devem compreender tudo isso abalou imenso o filho desta terra e, é entre nós.É como tudo,na vida de uma sociedade e numa familia estas coisas acontecem. Agora,o que é preciso fazer para combater estes males?É tão simples,quanto isso:Definis as metas e saber o que quremos.É por o dedo na ferida e encarar a vida para frente.É expulsar este mal dentro de cada um nós, sem ódios e nen rancores e alacar no homem Sao Tomense um pensamento amplo e uma mudança de comportamento renovador no espaço democrático, resuscitando em cada um de nós o espírito de um verdadeiro sentido da Sao Tomensidade, exigindo-se de todos os cidadãos e sobretudo os que têm responsabilidades acrescidas em questões do estado para se curarem desta doença, tendo em conta que os sucessivos Governos, os actores Públicos e privados, os orgãos de soberania não tiveram isto em conta.Seja como fôr, temos que dar um voto de confiança a actual força que está no Poder, o ADI, que espera-se dela uma outra postura e atitude,pedindo-se-lhe para não acomodar-se e desta vez exercer uma gorvarnação que marque a diferênça, deixando uma imagem de marca nesta legislatura, libertando o País da sonolência crónica de modo a permitir que o interesse da nação se sobreponha e prevaleça de formas a ultrapassarmos todos estes constrangimentos e esquizofrenia social e política que sistematicamente nos habituamos a assistir durante estes 35 anos.Reumindo e concluindo:Um povo nunca demite-se do seu papel e das suas responsabilidades.Temos que acredidar que é possível.Mãos a obra STP.P.F.

  24. img
    deixa a vida me levar Responder

    vejam o que o leitinho procurou…ouvir, ler o que nem imagina que muitos sabiam…
    Enfim, do bandolim à STJ.
    Forma inuciados alguns aspectos a reter..si tens o telhado de vidro, não atires a pedra no do vizinho….
    entregue a segunda viatura, não enganes as coitadinhas estagiarinhas que são muitas lá no seu gabinete…peça auditoria ao conta do cofre….e serás a mulher do CESAR

  25. img
    Edson Responder

    Nenhuma surpresa! Esta é a mentalidade habitual dos juìzes santomenses! Violam leis, associam-se aos politicos na pràtica activa de corrupação, andam em pancadaria na praça publica, exibem armas de fogo publicamente, gozam e abusam do poder e da coisa pùblica, etc. Qual novidade? Este paìs està como està por causa destes pseudo-juizes que fazem vista grossa à actos de corrupção e lapidação dons bens do povo! Credibilidade? Zero!

  26. img
    zuchidlêtu Responder

    A Moral e a Ètica, como acentua o Juiz Presidente são o sangue e os ossos de um Juiz que estão cobertos pela Beca de Magistrado.
    Se um Juiz se passeia com a família ou em outras actividades nocturnas numa viatura do Estado que por causa da função lhe está atribuída, comete um crime de peculato de uso de deve ser denunciado ao MP.

  27. img
    Pescador Responder

    “Corrupção significa deterioração, quebra de um estado funcional e organizado.

    Corrupção política – manifesta-se por meio do suborno, intimidação, extorsão, ou abuso de poder.”

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Corrup%C3%A7%C3%A3o

  28. img
    santomense Responder

    Meretissimo Juiz, Leite.
    A sua coragem de se posicionar como um Santomense, Honesto, de Alta Estima e Etica Profissional, e o que STP precisa. Por fvr nao se deixe vndr, porq. “todo homem tem UM preco”.(palavras da mafia)
    Tenho um grnd respeito por pessoas com alto padrao MORAL. Aplique a Constituicao, ponha alguns maus elementos sociais na cadeia, se proteja, e boa sorte “meu Amigo”. (nos velhos tempos do Liceu,vc foi sempre muito cordial)
    Sei q. seus Pais estao muito orgulhosos de si. Q. Deus lhe proteja.

Deixe um comentario

*