Política

Presidente da República presta declarações ao Ministério Público

No âmbito do escândalo dos 30 mil barris de petróleo, o Presidente da República Fradique de Menezes, foi ouvido sexta-feira pelo Procurador-geral da República.

O Chefe de Estado que pediu a abertura do inquérito judicial para o apuramento de responsabilidades em torno da polémica levantada pelo Ministro Secretário do Governo, Afonso Varela, prometeu abandonar o cargo caso, haja indícios durante a investigação do seu envolvimento no caso 30 mil barris.

Fradique de Menezes pediu o inquérito judicial, após os deputados do MLSTP/PSD, nomeadamente Joaquim Rafael Branco, Ângela Viegas e José Viegas, terem pronunciado o seu nome durante o debate parlamentar de interrogatório ao governo sobre o negócio dos 30 mil barris de petróleo que desde o ano 2004 a Nigéria cede a São Tomé e Príncipe para comercialização no mercado internacional.

Segundo o Procurador Geral, Roberto Raposo, o processo de inquérito está coberto pelo segredo de justiça.  Segundo o procurador geral, mais pessoas vão ser ouvidas no processo.

Abel Veiga

    41 comentários

41 comentários

  1. JOSE AFONSO

    11 de Dezembro de 2010 as 16:55

    Caros Compatriotas
    Mas uma vez estamos a gastar fundos publicos que deviam ser encaminhados para outros objetivos quando sabemos que esse inquerito nao tera resultado nenhum…
    Francamente, o nosso pais ate parece um palco onde todos os dias ha um espetaculo novo mas o resultado pouco importa porque e tudo ficcao. Volto a perguntar quem pagou os 5 milhoes dolares do escandalo de STP trading. Osvaldo Santana voltou a ocupar o seu lugar na HB(sera que nao foi enviado do Joao Gomes?) Delfim continua a desfilar num Hammer e o filho faz Alrarve-Lisboa de aviao porque tem preguica de conduzir, Armado Correia tambem voltou a sua base, mas dos 5 milhoes ninguem mais sabe o paredeiro e ate a data nem um Jeep sequer foi confiscado. como e possivel pessoas a ganharem uma media de 1000 euros terem viaturas que custam cem mil? Agora vem mas uma vez nos meter dedo nos olhos com outro inquerito. BASTA DE FALCIDADES.

    • oldayr salgueiro

      11 de Dezembro de 2010 as 21:07

      concordo contigo é mais um ensaio de uma nova letra de musica só vamos ouvir e acabando dançar ,kua li kkkk

    • DLima

      13 de Dezembro de 2010 as 9:43

      Ta tudo dito… Assino por baixo.

    • Custódio

      13 de Dezembro de 2010 as 10:58

      Gostaria de dizer ao senhor que se diz chamar José Afonso, que nenhum homem, sendo ele governante ou não gostaria de ver o seu nome na lama, de ver o seu nome manchado por algo que não fez, manchado inclusive por insinuações. Portanto o Presidente da República fez muito bem em entregar o caso ao Ministério Público para as devidas averiguações. Cabe no entanto ao Ministério Público desenvolver o seu trabalho, e publicamente, como fez o Presidente da República, dizer ao Povo quais os resultados do inquérito.
      Como santomense, que eo longo do tempo pude acompanhar esse processo dos 30 mil barris de petróleo, pelas notícias que foram sendo veiculadas, acho que a senhora Deputada Angela Viegas foi muito infeliz com as suas palavras, infelicidade essa que no entanto poderia encontrar outro rumo se o proprio antigo Primeiro-Ministro Rafael Branco a retorquiasse e esclarecesse as coisas na planária da Assembleia.
      Portanto o PR, Fradique fez muito bem e desta forma valorizou o que deve ser o trabalho do ministério publico.

      Abraços – Custódio.

      • Augerio dos Santos Amado Vaz

        13 de Dezembro de 2010 as 17:54

        É evidente que todos quanto queiram apresentar uma queixa crime em defesa da sua honra podem fazer, é um direito que assite a todo o cidadão, no entretanto julgo que o Presidente da Republica não foi ouvido neste caso em concreto por ter apresentado a queixa, aliais não se abre um inquerito judicial para ouvir o queixoso,mais sim para se apurar a veracidade dos factos. Os crimes contra a honra dignidade e bom nome das pessoas, em muitos casos não admitem prova da veracidade dos factos. Quem apresenta a queixa é que tem que provar que se lhe imputou um facto e que este é passível de antentar contra sua honra dignidade e bom nome.

    • António Veiga Costa

      13 de Dezembro de 2010 as 21:49

      Amigo José Afonso.

      aguarde que a “batata deles está assando” já a muito tempo e está quase no ponto.

      A do grupo brasileiro envolvido também!!!

      Daqui a pouco começa gente a fazer as malas correndo!!!

  2. Augerio dos Santos Amado Vaz

    12 de Dezembro de 2010 as 5:31

    Enquanto cidadão Santomense, sinto muito triste, por causa dos mais variados processos, inqueritos,sindicancias de intencões e condenacões prévias,violando intencional e maliciosamente o Sacro Santo princípio da presuncão da inocência do arguido.Porém,tudo isso acontece por uma quase total ausência de informacão e violacões sistematicas das Leis da Republica por parte do proprio Estado transformando o Estado naquilo em que o Dr. Marcelo Rebelo de Sousa apelidou de Estado falhado.
    Confesso que enquanto Jurista de formacão fiquei estupefactico ao ouvir na RTP Africa a informacão segundo a qual o Presidente da Republica estava a ser ouvido pelo Procurador Geral no âmbito do escândalo 30 mil barris de pretoleo.
    A verdade porém é que é possivel averiguar sem publicitar,sobretudo quando se põe em causa a imagem do país. As pesssoas não fazem no minimo a ideia de quanto custa a imagem de um país. Quando se anuncia escâdalos é porquejá ha arguidos prestes a ser julgados.Outrossim, salvo devido respeito pela opinião contraria, julgo que de acordo com o nosso figurino Constitucional, nomeadamente o artigo 86. n. 2 sic.” A iniciativa do processo de Crime cabe à Assembleia Nacional, mediante proposta de um quinto e deliberacão aprovada por maioria de dois tercos dos deputados eleitos.” Portanto, a Assembleia é no caso sub- judice o único orgão com competência para da inicitiva do processo de natureza criminal. O Presidente da Republica independentemente da pessoa que exerca o cargo é o mais alto Magistrado garante do normal funcionamento das Instituicões do Estado,aliais o numero 4 do supracitado artigo da Constituicão reza o seguinte: Pelo crime practicados fora do exercicio das suas funcões o Presidente responde depois de findo o seu mandato perante os tribunais comuns.”
    Não se me vislumbra que seja possìvel que o Presidente da Republica possa ser ouvido por quem quer que seja relativamente a qualquer sindicância ou inquerito ou processo de natureza criminal sem o assentimento e impulso da Assembleia Nacional.
    Por amor aos santomenses

    • Dònòchadu

      13 de Dezembro de 2010 as 6:17

      Amigo, nao te apoquentes, em STP, esse teu e meu querido paìs, a falta de informaçao è natural, e de consequencia, tudo è possivel! Mas, como està a ser encaminhado aquela dança que se chama “ROSEMA”? Afinal de quem è o patrimònio? Com Humildade

      • Augerio dos Santos Amado Vaz

        13 de Dezembro de 2010 as 18:15

        Apesar do processo Rosema não vir ao baile neste caso, queria esclarecer ao meu caro compatriota Donochadu que deu uma
        confência de impressa a esclarecer o caso depois de deixar de estar em segredo de justiça, mesmo assim fui alvo de um processo disciplinar por este esclarecimento, mais se não teve acesso a esse esclarecimento, tem o meu endereço electronico e terei todo gosto em esclarecer a V.Excelência com todos os pormenores detalhadamente, porque sou daqueles que julgo que todos os cidadãos têm direito a serem informados

        • xaroco

          20 de Dezembro de 2010 as 15:09

          O senhor juiz deveria nos explicar como fez o negocio da ROSEMA.

    • Franz K

      13 de Dezembro de 2010 as 7:56

      Concordo, consigo.

  3. João

    12 de Dezembro de 2010 as 6:33

    Caro José Afonso!
    Deixe-me acreditar que as coisas mudaram e que agora é de vez…
    Acho que os nossos fazedores da Justiça podiam bem aproveitar esses tristes epsódios para poderem fazer nada mais nada menos do que o seu papel.
    A ver vamos.
    Mas, seria bom que esse inquerito estivesse concluído antes das campanhas para as presidenciais…

  4. jhunior

    12 de Dezembro de 2010 as 13:00

    gostaria de dizer ao josé afonso que deichasse de dizer barbaridades pk se não abrissem o tal inquérito de certeza que o seu discurso seria no sentido contrário. sendo assim saiba que o teu descurso é tautológico.abraçoxxx

  5. coitadinha_de_agora_oportunista

    12 de Dezembro de 2010 as 14:58

    tenho pena dele…

  6. Zovirax

    12 de Dezembro de 2010 as 15:48

    Mais uma brincadeira da justiça santomense. Sempre a fazer de contas. Isso tudo não passa de um grande Simulacro.

    • FC

      13 de Dezembro de 2010 as 17:15

      Pois é Zovirax. E a própria notíca em si. É confrangedor…

  7. Alberto Nascimento

    13 de Dezembro de 2010 as 1:00

    O Fradique ‘e um capitao!

  8. mannulo pereira

    13 de Dezembro de 2010 as 1:30

    sinseramente, nao que se passa na cabeça dos nossos dirigente. Pregunto, quando vamos sair deste ciclo? quando vcs param de fazer bobo com cara aberta?
    oquë, que mensagens deixam para os jovens se vcs que sao mas velhos que poderiam nos dar conselho comportam assím?
    Nos dixa cheio de vergonha de barbaridades que andam a fazer.
    quando vcs teram cociencias meus pais?
    fazem algo para que tenhamos orgolho de vcs.
    para de esses bobo que nao nos leva a lado nenho.
    somente perde tenpo e poe país estagnado e mau visto internacionalmente
    muda conciencia, tenham vergonha e começam a trabalhar pra bem de toda a naçao.
    pensam no melhor do nosso país.

  9. maria chora muito

    13 de Dezembro de 2010 as 11:04

    Abel,você censurou a meu comentario? Porquê? Tens medo do Fradique?

    • Téla Nón

      13 de Dezembro de 2010 as 12:20

      Comentários insultuosos, etc não são aceites. Aliás deve-se ler o termo de ética disponível na página ACERCA, antes de comentar os artigos.

      • jaka doxi

        13 de Dezembro de 2010 as 21:22

        Mas os comentários que insultaram o Senhor OSCAR MEDEIROS foram todos aceites.
        Brincadeira tem hora.
        Fui.

  10. jp

    13 de Dezembro de 2010 as 14:27

    ao que chegou S.Tomé e Príncipe !

  11. "Nós por cá e a nossa maneira"

    13 de Dezembro de 2010 as 14:40

    ……na esperança de que, o dia de amanhã será sempre melhor do que hoje, espero (sentado, claro), que se esclareçam as trapalhices da politica que estamos obrigados a ver e a ouvir………

  12. pagagunu

    13 de Dezembro de 2010 as 15:21

    Isto não passa de teatro, paguem mais a massa que falta, quem não sabe que o procurador é filho de Fradique!!

    • Tiny

      13 de Dezembro de 2010 as 22:11

      Gunu: conflito de interesse: Pai/filho.
      Vergonha!

  13. Daniel

    13 de Dezembro de 2010 as 15:28

    Eu acho que nós todos estamos cansado de ouvir e ler, amanhã, amanhã, sempre a fugir do presente e a ratardar o futuro.
    Esses tipos de discurso, acho que não faz sentido algum… nós não podemos pensar no amanhã se não resolvemos o presente.

  14. Bill

    13 de Dezembro de 2010 as 15:42

    Como diz o cantor brasileiro, Gabriel Pensador: “Mais um caso para a lista dos casos que ficaram para trás”.
    Uma vez uma amigo meu me disse que os dirigentes são-tomense fazem bôbô de cara aberta, enquanto que no danço, pelo menos, usam a máscara.
    Moral da história: No danço não se sabe quem é o boboseiro o que não acontece na política.

  15. coitadinha_de_agora_oportunista

    13 de Dezembro de 2010 as 19:52

    Como não existe a separação de poderes em STP, este ensaio juridico para enganar a opnião publica, acabará arquivado no arquivo 13, ou seja dentro de dias este processo será deitado no caixote de lixo de papeis do ministerio publico. Desafio os mais cepticos a dizerem que esta minha afirmação não esta certa. E esta heim..

  16. Papa Benedicto XVI

    13 de Dezembro de 2010 as 21:40

    Il Dio benedice l’olio del São Tomé e Príncipe

  17. Sarahh Pallin

    13 de Dezembro de 2010 as 21:43

    Tudo falso! Povo acorda! Protesto nas ruas de S.T.P.!

  18. Cavaco Silva

    13 de Dezembro de 2010 as 21:45

    Onde entrou o dinheiro do povo Santomense?

  19. António Veiga Costa

    13 de Dezembro de 2010 as 21:47

    “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come” – essa é a situaçãodo Pres. Fradique.

    Se ficasse calado estariam dizendo que ele tinha culpa no cartório. Como adiantou-se e dispôs-se em esclarecer o caso na Procuradoria estão acusando-o de manchar o nome do País no exterior. Complicado !!!!

  20. Bruce Lee

    13 de Dezembro de 2010 as 21:47

    Jovens Santomenses!
    Acordem! Dispertem-se!
    Sejais mais courajosos, espertos, e vivos!
    Abandonem o ADI!
    Conhecemos todos aqueles que destroem S.T.P.!

    • António Veiga Costa

      15 de Dezembro de 2010 as 22:50

      Eh e migrem para o PCD / MLSTP, daí terão mais 30 anos no “Éden”.

  21. Mahatma Gandhi

    13 de Dezembro de 2010 as 21:50

    Resistência sem cesar!

  22. Mahatma Gandhi

    13 de Dezembro de 2010 as 21:52

    Resistência sem cessar!

  23. Quem avisa...

    13 de Dezembro de 2010 as 22:10

    Vamos brincando que com as coisas sérias…! A consequência será muito dolorosa. Exigimos disciplina com o dinheiro do povo! Não vamos desistir; resistência contra os gatunos corruptos permanecerá, de geração para geração!

  24. mersom

    14 de Dezembro de 2010 as 10:33

    eu estou fora do pais e acompanho sempre as noticias e estou cada vez mais triste por saber que há muito ainda por fazer pelo meu país.nos somos o futuro, mas é necessário que os políticos e o povo façam o presente.

  25. Gualter Soares

    14 de Dezembro de 2010 as 13:43

    Peço a Deus que faça entender a este povo que nao precisamos destes politicos para nada. Sao Tomé e Principe sem os politicos estaria bem melhor. CHEGA, GHEGA DE POLITIQUISSES E FAÇAM QUALQUER COISA

  26. Nelson Mandela e Kofi Anan

    14 de Dezembro de 2010 as 23:07

    Família Amado Vaz é uma família loyal que verdadeiramente ama São Tomé e Príncipe e o povo Santomense.
    Família Amado Vaz is going to rule S.T.P.!
    Ignore jealous haters!
    Continue to be loyal to STP and to Africa!

  27. madalena

    28 de Fevereiro de 2011 as 11:44

    triste é favor!
    três tristes tigres

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo