Política

Amaro Couto desistiu da corrida para a liderança do MLSTP/PSD

O jurista que no último sábado, apresentou a sua candidatura a liderança do MLSTP/PSD, fez marcha atrás esta segunda – feira. Amaro Couto diz que a preparação do congresso está enferma de irregularidades que põem em causa a sua candidatura.

Amaro Couto já não é candidato a liderança do MLSTP/PSD. «Decidimos por bem não mais avançar com esta candidatura. Constatamos em primeiro lugar que a selecção dos delegados não está conforme uma série de procedimentos previstos nos estatutos», reclamou o ex-candidato.

Segundo Amaro Couto, os estatutos requerem a designação dos delegados por via da eleição. No entanto «não se tem respeitado este método de eleição. Isso para nós é uma irregularidade suficiente para questionar o bom desenrolar da preparação do congresso», acrescentou.

Por outro lado o antigo Presidente do MLSTP/PSD, Guilherme Posser da Costa, que apoia a candidatura de Amaro Couto a liderança do partido, considera que o processo de preparação do congresso, tem sido manipulado. «O que quero dizer é que neste momento o processo assembleário que normalmente o MLSTP leva a cabo, antes de um congresso e sobretudo um congresso como este que é extremamente importante para a vida do partido, não tem sido respeitado. Esse processo tem sido defraudado, tem sido manipulado de forma que leva-nos a crer que as condições não serão iguais para todos os candidatos que se apresentarem no dia 15 para as eleições», frisou.

A desistência de Amaro Couto, demonstra que a confrontação entre alas é forte no seio do MLSTP/PSD. O congresso que pretende ser de unidade e reconciliação entre os militantes, poderá abrir novas feridas, e fomentar a desunião. Tudo depende da gincana política do futuro líder.

Abel Veiga

    12 comentários

12 comentários

  1. CELSIO JUNQUEIRA

    11 de Janeiro de 2011 as 15:10

    Caros Membros e Simpatizantes do MLSTP/PSD,

    Lamento a desistência do cidadão Amaro Couto, tinha ligeira expectativa sobre a sua proposta e projecto politico.

    Assim sendo, espero pelo futuro e que apareça mais gente a concorrer.

    Abraços

  2. Helder Leitão D`alva

    11 de Janeiro de 2011 as 16:12

    Meu caro amigo Omaro Couto,nesta terra gente seria como o senhor não tem espaço,aqueles que vivem de poblicidade barata a compra da conciencia é que vêm dando cabo deste País,mas vai lutando.Um dia haverá espaço pra pessoas serias.

  3. poto

    11 de Janeiro de 2011 as 19:01

    Um bé um bi um sai mé, ê tê dja za cu vidjan naca têndê fala mu fá, punda passo moli zaó cada tê, limon muê niguê ta mem nosso tempo flá andji cu a cá tapa aúa nê cu ê na cá vlêtêfa? Punda demanda cu sá Ni MLSTP ê Sá de tê já za, Pio foi xéfe de Omaro, Posser, Rafael, Jorge Amdo, Quinta tudo iném de fás tempo, inem cu inem tê úê xá uwan cotlo, atê ca cô olá mina dêsso molê cu inem migo dê flá kêgue ca fica Ni luguê Pinto, demanda tudo olá, pá cuassé pogi caba sela tudo nón de MLSTP dumini pensa cuaxi cu nón mêsse da nón, Antón bamo fé xiguintchi bamo fé amolê pesso cu pano novo xi nón na messê pá na fónó Ni dja de fessa ngladji.

  4. E.Santos

    11 de Janeiro de 2011 as 20:12

    É realmente uma pena a sua desistência. Mas é um sinal para o povo de STP. Se as coisas se processam de forma desonesta no seio do partido que deveria ser de união e um exemplo, como será quando forem às eleições. Continuam a passar a ideia de existência de um ambição desmedida dentro do MLSTP que não abona nada ao seu favor.

  5. BLAGA PENA

    12 de Janeiro de 2011 as 5:55

    Do meu ponto de vista pessoal, o homem em condiçoes de trazer mais coesao ao MLSTP, seria o Sr Amaro Couto, mais infelizmente, nao é o que esta a acontecer, mais pronto, com esses desonestos e maus gestores, que fazem da politica o seu caminho para tornarem-se ricos,vamos esperar para ver o que vai acontecer

  6. c.silva

    12 de Janeiro de 2011 as 12:09

    É com muita tristeza que tomo conhecimento da desistência do Doutor Amaro Couto. Isto demonstra que no seio do MLSTP/PSD, ha sinais claros, que o interesse pessoal está acima dos ideais do partido. Também gostaria de frizar aqui, que aqueles que trabalham a sério para este partido, dando o melhor de si, sem espera de compensações, não terão êxitos. Aqueles que utilizam o partido para tirar proveito próprio, ou mesmo aqueles que querem entrar para resolver os seus problemas é que têm apoio. Só lamento de facto, que um partido histórico como o MLSTP/PSD, vinha a cair no descrédito, devido ambições pouco claras de alguns Camaradas.

  7. João

    12 de Janeiro de 2011 as 16:24

    …Não teria o Amaro Couto sentido o pessoa da derrota?
    Bom, como alguem escreveu num dos comentários, de facto, a ser verdade, é de lamentar e acautelar práticas essas num partido de Governo.

  8. maria chora muito

    12 de Janeiro de 2011 as 18:15

    Eu não conheço o Amaro Couto. Dizem que o rapaz tem um bom curriculo, mas cá em STP esta tudo invertido. Não é o saber intelectual, diplomas universitarios que conta.Até podes ser DOUTOR, como diz a Haitom Dias, JOVE, POXI, COCOLOLA,CHONÉ também são doutores. Como prova desta inversão de valores, essa foi a musica do ano cá em STP. O que conta é o dinheiro. Essa inversão de valores foi implantada pelos Trovoadas e pelo Fradique de Menezes. Um deles até dizia que dinheiro é capim. Na Europa, a dimensão do homem revela-se pelos conhecimentos que tem. No nosso país, o valor do homem reside na dimensão da piscina que tem no quintal, no carro que anda, nas muzumbias que come e sobretudo no diNheiro que consegui arrecadar, NINGUEM QUER SABER COMO E DONDE VEM. Resto é conversa. Contudo,força AMARO.

  9. zé da esquina

    13 de Janeiro de 2011 as 12:37

    Demonstra o medo
    eu penso que se o Drº Amaro tivesse uma ideia clara do que quer do partido e de se não faria as pessoas que confiaram em se passar pr essa vergonha isso revela medo e incapacidade de infrentar coisas difceis e uma pessoa assim não pode ser PRESIDENTE DO MLSTP ainda bem que saio a tempo

  10. Miriam

    13 de Janeiro de 2011 as 15:33

    Penso que a decisão do Dr. Amaro Couto em não apresentar a sua candidatura é uma decisão acertada e por este motivo felicito-lhe.
    Efectivamente denota-se algumas irregularidades na Preparação deste congresso e o mais grave é que não observa a vontade para correcção destas irregularidades.
    O MLSTP/PSD com as responsabilidades que tem no espectro Político São-tomense com história e tradição na realização de Congressos com alto nível de democraticidade interna, não pode embarcar se num processo de eleição dos seus altos dirigentes neste clima de pouca transparência e ausência do Espírito de militância que sempre foi apanágio do nosso Partido.
    Desde logo havia uma Comissão que vinha preparando o Congresso esta Comissão foi desmantelada e o actual Presidente assumiu de forma sui génere a Presidência desta Comissão e o mais Grave ainda é que tem levado as estruturas do Partido a desencadear acções que declaradamente retiram a lisura e imparcialidade do processo de eleição.
    O MLSTP/PSD vive no seu seio um ambiente de conflitualidade que por si só não possibilita a indigitação das melhores competências do Partido para as suas estruturas de Direcção. Há uma pressão feita para dividir o Partido contrariamente aos desafios de Unidade e Coesão interna necessários para o Fortalecimento do Partido.
    O Mlstp/PSd saiu fragilizado a luz de duas derrotas conceptivas tendo decidido reunir os seus militantes em Congresso era suposto definir e preparar um conjunto de documentos amplamente discutidos que deveriam servir de suporte para promoção das reformas que o Partido Necessita , isto não foi feito. As listas dos delegados estão a ser elaboradas sem o respeito dos princípios do estatuto.
    Portanto também partilho a opinião de que O Presidente Rafael Branco deveria distanciar-se do Processo de preparação do Congresso e preocupar-se com a Elaboração do Relatório e Contas de Gestão a ser presente ao Congresso.

  11. caboverdiano

    15 de Janeiro de 2011 as 22:07

    ele desiostiu porque é um homem com caracter porque ve o estado em que o partido deixou o pais e nao quero ver o seu nome envolvido na lista de curuptos mais vos digo camaradas jamais s.tomé conseguira levantar e tornar uma pais 1º nao temos politicos a altura 2º nós somos muito malandros queremos que caia tudo do ceu vejam quantos andam a volta do mercado na candonga, e quantos estam a trabalhar os terrenos ferteis que temos 3º somos invejosos e malvados uns para com os outros e só sabemos é falar mal das pessoas 4º gostamos de ser grandes sem possibilidades vejo nesses comentários que aprecem neste site alguns que mostra mesmo a fraqueza de espirito de alguns patricios nossos entao quando é contra os portugueses eles estao em crise mas estao mil vezes melhor que nós e ainda sustentam alguns conterraneos nossos que la estao em portugal mas a crise nao esta instalada só em portugal quem houve noticias ve que esta en todo o mundo nós nem temos uma cidade em condiçoes enquanto nao arrecassarmos as mangas deixarmos de ser garganteiros e trabalhar em pro de desenvolvimento do nosso pais nem daqui a mil anos chegamos la.

  12. BARAO DE AGUA'-IZE'

    23 de Janeiro de 2011 as 8:45

    MLSTP ja soa mal aos ouvidos. Se nao mudarem o partido de nome e tambem o comportamento perante a coisa publica, entao, se ja e’ um lamacal, vai passar a patano. Adeus.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo