Política

MLSTP/PSD reuniu-se em conselho nacional após o congresso que elegeu nova liderança

Reforço dos laços de amizade e solidariedade com os partido amigos, com destaque para o MPLA no poder em Angola foi um dos temas da reunião em que foi apresentada a moção de estratégia “Um Tempo Novo”.  Sob a liderança de Aurélio Martins, o partido começou também a preparar a sua participação nas eleições presidenciais.

5 pontos dominaram a primeira reunião do Conselho Nacional do MLSTP/PSD, após o Congresso que elegeu Aurélio Martins como Presidente da maior força política da oposição. “Reforço dos trabalhos de reorganização e reestruturação dos núcleos de base do Partido, foi um dos temas agendados assim como, a criação de uma comissão de trabalho para a realização, o mais urgente possível, do Congresso da JSD para a eleição de uma nova Direcção; Os contactos com o Grupo Parlamentar e o Autarcas eleitos, para a definição de procedimentos e algumas acções prioritárias: A definição de mecanismos de sustentabilidade financeira do Partido, e por fim o  reforço das relações de amizade e de solidariedade com os Partidos amigos, nomeadamente o MPLA”, são os pontos expostos pelo Presidente do Partido e que foram debatidos na primeira reunião do Conselho Nacional após o congresso.

Na reunião foi eleita a nova comissão política do partido. Reforço da coesão e do diálogo interno, é outra prioridade definida na reunião, onde os conselheiros recomendaram a nova direcção do partido a dar atenção especial a Liga dos Veteranos, ao braço feminino a OMSTP/MSD e a Juventude do partido – JSD.

Segundo ainda o comunicado de imprensa do MLSTP/PSD, o partido vai apresentar um candidato as eleições presidenciais de 2011. «Relativamente às eleições presidenciais a terem lugar este ano, não obstante elas não serem partidárias, o MLSTP/PSD entende que deve apoiar um candidato que tenha o perfil e requisitos aceitáveis e consensuais, pelo que mandatou uma Comissão para trabalhar neste assunto sob coordenação da Comissão política. Os conselheiros exortaram, a este propósito, todos os dirigentes e militantes a respeitarem democraticamente a decisão que vier a ser adoptada pelos órgãos do Partido, visando garantir a UNIDADE INTERNA e a observância dos Estatutos e da disciplina partidária», diz o comunicado.

Téla Nón

    15 comentários

15 comentários

  1. Pereira Van-Dunen

    31 de Janeiro de 2011 as 17:27

    Abel gostariamos de conhecer os nomes dos membros da da Comissão Politica e do Conselho nacional do MLSTP/PSD. Manifesto esta preocupacao porque o MLSTP/PSD nao tem site no ar pra gente checar estes dados.

  2. abelha

    31 de Janeiro de 2011 as 18:06

    quem são novos direjentes

    • Américo Rosa

      1 de Fevereiro de 2011 as 15:02

      Este partido está desgraçado. Num momento de particular sensibilidade em que os militantes do referido partido deveriam fazer uma ruptura que melhorasse a organização e funcionamento do partido estes preferem o ridículo de escolherem alguém que não tem bagagem, política, profissioinal ou pessoal, para a tarefa de cumprir esta missão.
      Estão desgraçados. Eu não estou a ver o nosso querido partido a ganhar nada nos próximos 50 anos. Assim não vamos a lado nenhum.
      E a minha angústia é que o partido tem gente e quadros que poderiam fazer muito mais. Vão entregar o partido a este senhor por causa do dinheiro. Isto tudo é uma fantochada.
      Américo Rosa

      • kwatela

        1 de Fevereiro de 2011 as 18:09

        meu caro americo rosa nao meta ceita em ceara alheia. nao substime o sr. AURELIO MARTINS alias numa organizacao a equipa è que trabalha.vamos dar tempo ao tempo e logo se verà. na democracias as eleicoes sao ciclicas.daqui alguns anos os militantes do MLSTP/PSD julgarao o trabalho a ser realizado por Aurelio Martins, aqui em stp nao è necessario ter-se experiencia governativa pra chegar ao poder,basta ver quem è o presidente da republica e quem è o primeiro ministro e vermos como ambos chegaram ao poder. basta ter um bom sabonete e boa agua para dar banho aos incautos cidadaos. o resto è so conversa e mesquinhice santomense. bem haja

  3. Bili wé

    31 de Janeiro de 2011 as 20:20

    Muito bem tem k haver coesao, comunicação, planejamento e organização dentro do partido, ” tempo novo ” tempo de uniao, reustaração, pra novas conquistas, uniao dos veteranos e jovens pra um M.L.S.T.P/ PSD, mas forte e dando seu contributo pra São Tomé e Prinçipe…. Viva M.L.S.T.P/PSD, viva Santomé e Prinçipe

  4. Adriano Málé Bobo

    1 de Fevereiro de 2011 as 8:36

    Eu concordo plenamente com o comentáro Pereira Van-Dunen, o precisa informar quem são este novos dirigentes do MLSTP/PSD, renovado conforme o Senhor obrigado,
    fui,aguardo resposta

  5. Distrito de Lobata

    1 de Fevereiro de 2011 as 10:28

    nossas roças estão totalmente destruidas.

  6. FILHO DA TERRA

    1 de Fevereiro de 2011 as 21:14

    Porquê que o povo não abri os lhos de uma vez por todas…!!!
    Não estamos cientes no que esta a acontecer no país…!!!
    Temos que contar os Santomenses o que passa na realidade com o país…
    Ninguém quer arrumar a casa porque não foi ninguém que desarmou, mais quem foi afinal??!!!
    Todos anos são as mesmas coisas, promessas
    e mais promessas, e sempre falhadas…!!!
    Nos não estamos a ver que estamos a ser corrompidos, e deixamos… porque somos um povo corruptos como eles…

    Ps:FILHO DA TERRA

  7. lino

    1 de Fevereiro de 2011 as 22:40

    Ganda treta meus senhores!!
    Depois não venham com lamentações.
    Não existe pessoa mais capaz para liderar MLSTP?
    Elegem o sr Aurélio Martins por força do dinheiro.
    Também ja se advinhava tudo. Depois de o mesmo ter andado de mansinho a oferecer coisas…a organizar actividades de caridade e coisas semelhantes e apresentando-se como um bom profeta….ja se lhe advinva a intenção.
    Ele não tem bagagem para o que se propõe.
    Se houver dinheiro….de certeza que usará em beneficio próprio.
    Ele adora ostentar e gosta de dinheiro como diabo!!
    Por isso …POVO..ATENÇÃO!!!

    • fruta com coco

      2 de Fevereiro de 2011 as 3:53

      pelo menos ele faz as ditas obras de caridade e os mais desfavorecidos saem a ganhar algo, melhor ele que outros que não fazem nada e são a igual interesseiros. Conhecem algum politico que não é interesseiro? Conhecem alguem que trabalha durante 30 dias de graça?
      E gostaria de saber quem não gosta de dinheiro. Pára e pensa antes de escrever!!!
      é da natureza dos santomenses serem ingratos…
      chau.

  8. justiça

    2 de Fevereiro de 2011 as 13:52

    Concordo com as novas orientações do partido, mas tenho que ressalvar que as relações amistosas com os partidos como MPLA são importantes mas não me parece que seja correcto que se encontre no quadro de novas regras do partido. Pois, esta manifestação explicita pode-nos remeter a questões que se prendam com a separação de poderes e politicas e o risco de haver influencia do MPLA nas politicas futuras do país visto que MLSTP é o maior partido da oposição da Assembleia e exerce poder legislativo.

  9. boca calada

    2 de Fevereiro de 2011 as 18:37

    são mxm teimosos… o povo ja disse, mlstp não não não … chega.

  10. chambers

    5 de Fevereiro de 2011 as 7:12

    depois de tudo que fez ainda quer manbdar no pais

  11. madalena

    8 de Fevereiro de 2011 as 12:45

    O nosso regime democratico dá a possibilidade de todos os São tomenses, querendo e de forma voluntaria tomar parte na vida politica activa. Este principio deve ser aproveitado por todos sem a distinção de raça, etc.
    Cada um no seu partido deve fazer o seu trabalho, em STP, temos varios partidos.
    Cada um vive a sua maneira, há gente que gosta de partilhar o que tem com os outros, se tiver um pão dá metade ao outro, também é verdade que ha gente que mesmo tendo, prefere deitar ao lixo.
    Das duas uma, ou se vai pela via de apoiar os mais desfavorecidos ou se vai pela via da arrogancia e maldade. Apenas isso.

  12. NANDO VAZ (ROÇA AGOSTINHO NETO)

    9 de Fevereiro de 2011 as 11:27

    PEÇO INQUESTIONAVELMENTE, O NOSSO NOVO LÍDER, PARA:
    – JUVENTUDE = QUOTIDIANO POLÍTICO.”A FORÇA DA MUDANÇA”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo