Política

Petição de apoio a candidatura do Arquitecto Liberato Moniz ao cargo do Presidente da República Democrática de São Tomé e Príncipe

“Uma magistratura Presidencial para reafirmar São Tomé e Príncipe”. Consideramos que é chegada a hora de reafirmarmos São Tomé e Príncipe, com uma firme e inabalável vontade de garantir estabilidade política, assegurar a governabilidade, reforçar a coesão e a unidade nacional; factores essenciais à mobilização dos São-tomenses em torno do objectivo comum que é o desenvolvimento do país.

A aposta que NÓS, filhas e filhos de São Tomé e Príncipe, fizemos nos últimos anos, ao invés de conferir às cidadãs e aos cidadãos melhorias das condições sociais, económicas e culturais, redundou, infelizmente, no incumprimento das promessas, no não cumprimentos do dever de transparência e de rigor na gestão da coisa pública, na divisão dos são-tomenses, no desrespeito pela Constituição e restantes Leis; num ciclo vicioso e vertiginoso de instabilidade, minando a nossa, já de si frágil, credibilidade nacional e internacional, pondo em risco o nosso futuro colectivo.

Nas análises e reflexões que fazemos sobre os grandes desafios para o Pais, neste momento particularmente difícil, temas que nos afligem como a instabilidade política e institucional, só poderão ser superados com um Presidente da Republica patriota, empenhado numa relação de cooperação institucional e de lealdade com os outros órgãos de soberania, mas sem deixar de exercer, quando a situação impõe os poderes que lhe são conferidos pela nossa Constituição.

O Arquitecto Liberato Moniz, pelo seu perfil e trajecto de vida afigura-se como personalidade capaz de cumpri r esse desiderato.

Entendemos, com efeito, a estabilidade política e o regular funcionamento das instituições como necessidades vitais, sem as quais não haverá condições de Governabilidade do País. As recorrentes quedas de Governos, dissoluções intempestivas da Assembleia Nacional e falta de sintonia entre órgãos de soberania não têm permitido o fortalecimento e o regular funcionamento das instituições democráticas, para além das suas dramáticas repercussões sociais, politicas e económicas.

Foram desperdiçados, nos últimos anos, recursos, não só materiais, com situações que em nada serviram o progresso do país. Divisões inúteis, guerrilhas institucionais, incompreensão mútua abriu caminho a manifestações de ódio cujo único resultado foi o de cristalizar o nosso atraso, apenas porque os decisores políticos não souberam gerir e ultrapassar as diferenças.

Ao Presidente da Republica, em particular, cabe o papel de contribuir para a tomada de consciência dos importantes problemas que afectam a sociedade e tomar a iniciativa de mobilizar vontades para resolução dos mesmos. Acreditamos firmemente que o Arquitecto Liberato Moniz será capaz de restabelecer a união e refortalecer as relações institucionais entre os órgãos de soberania nacional.

O desconhecimento dos cidadãos sobre os reais poderes e funções do Presidente da República, tem sido utilizado amiúde pelos fazedores de opinião e agentes políticos para prosseguir inconfessáveis objectivos sectários, contribuindo para o enfraquecimento do nosso sistema político, fomentando e alimentando querelas entre os órgãos de soberania.

Neste contexto, é nossa preocupação fundamental prevenir e gerir com sabedoria e perseverança os focos de conflito entre instituições, através de uma conduta baseada no respeito escrupuloso das regras de distribuição constitucional dos poderes, de modo a garantir a transparência e manter um relacionamento institucional e leal que permita, qualquer que seja o Executivo ou a composição da Assembleia Nacional, governar na estabilidade e de acordo com os preceitos constitucionais.

Tudo isto só será possível com um Presidente da República capaz de respeitar o princípio da independência e da imparcialidade a que está obrigado no exercício das suas funções, mantendo sempre uma inequívoca conduta imparcial e supra-partidária, contribuindo, dessa forma, para credibilizar a imagem interna e externa do Estado e defender, sem receios nem temores, os interesses dos são-tomenses, estejam no país ou no estrangeiro.

Acreditamos que Liberato Moniz saberá ser esse Presidente da República!
Para subscrever a petição ou conhecer o número de subscretores Clic. http://www.peticaopublica.com/?pi=PR2011

    157 comentários

157 comentários

  1. Banco Mà Lingua

    25 de Fevereiro de 2011 as 9:43

    Mais um oportunista, toda gente quer poder trabalhar para o STP melhor é mais difícil..

    Liberato algures em Lisboa, a comer bacalhau, e por vezes toma um calce de ginja no Rossio como se de Burguês trata-se, ajudou a instalar uma universidade sem nível em STP cuja caracterização despensa comentários, também quer ser Presidente.
    Pobre meu STP.

    • Ana G

      25 de Fevereiro de 2011 as 13:31

      A culpa não é dele, meu caro. Depois de Fradique qualquer pessoa pensa que pode ser presidente.O que fez esse senhor para querer ser presidente? Que projecto ou ideia implementou em STP além da tal universidade duvidosa que so serve para enriquecer uns e outros? Que qualidades e competencias tem esse senhor para pretender ser o mais alto magistrado da nação? Que lutas lutou pelo povo? Que boas acções fez? Porque só agora se põe a patrocinar projectos e a financiar alguns estudantes e actividades? Onde´é que esse dinheiro estava quando n queria ser presidente e dizia não a simples pedido para ser palestrante ou apoios para forobodos de estudantes? Mas o povo ja abriu o olho, Liberato.Vão comer o teu dinheiro todo e nem em Portugal, onde resides vais conseguir ganhar, ja que és tido como arrogante, nariz empinado e convencido. Viva STP! Abaixo os oportunistas!

      • ovumabissu

        25 de Fevereiro de 2011 as 15:31

        Se o LM ainda não é candidato como é pode ter apoio do Fradique?

        Não se diz por aí que Fradique apoia a Xinha ou o F. Rita? Afinal, quantos candidatos o FM apoia?

        Antes do FM, os outros 2 que o antecederam o que tinham ou fizeram de especial? Ah, já me esquecia, eram mais polidos.

        O que tinham eles feito antes pela terra, para além (isso sim!) da muito duvidosa “luta de libertação”?

        Que boas acções fizeram até à independência? Estiveram a trabalhar para terra?

        Quanto ao resto, enquadra-se na nossa habitual maledicência.

        • Eusebio moniz

          25 de Fevereiro de 2011 as 21:54

          fico triste em saber que ainda existem pessoas com este tipo de maturidade.
          É com profunda magua que vejo e oiço gente da minha terra falando daquilo que nem de longe tem a ver com o Arquitecto Liberato moniz.
          Senhores de nomes falsos… Vocês só podem mesmo ser falsos, mal intencionados e aproveitadores dos bens de S.T.P, dizer que o meu tio bebe ginja ou Whisky só pode mesmo ser maldade pois todos os familiares e amigos do mesmo sabem que o mesmo não bebe bebidas alcoólicas. Assim com inveja e até a inventar para prejudicar uma pessoa honesta o país não vai p’ra frente… credo gente maldosa.

      • Zumbakuê

        25 de Fevereiro de 2011 as 18:35

        Oh Ana, estou plenamente de acordo com as suas afirmações.
        É de bradar aos céus. Agora qualquer indivíduo,sem um historial,sem credibilidade, arrogante, convencido, vem a praça candidatar-se ao presidente. Estamos aonde? Srº pseudo-candidato, cresça e depois apareça.De momento,faça finca pé, para que a universidade continue a dar bons resultados ou dedique-se à arquitectura

      • benavides pires sousa

        26 de Fevereiro de 2011 as 12:43

        nao é por ai a coisa. pois muitos dirigentes chegam ao poder sem terem feito antes algo pelo país tambem, muitas vezes as condicoes nao se propiciam, mas nao é o facto de lá estar ou trabalhar que faz a diferenca, pois kadaffy chegou ao poder com 27 anos sem ter feito muito pelo pais antes, nem foi ele que tinha dirigido a anterior revolucao.

        pinto da costa chegou ao poder sem ter pegado ou pego em armas, e era jovenzito tambem, isso é normal.

        pegue em outro argumento, esse é básico e inconsistente.

        • flolicanidu

          26 de Fevereiro de 2011 as 21:04

          Vamos com calma, que a coisa não pode ser reduzida a esse nível. Deve-se exigir que quem queira ser PR tenha feito algo de útil, de visível, pela sociedade e que não seja um parasita. Não exageremos.

          Ficar de papo para o ar à espera do dia para ser PR é que não pode ser. Nem tanto a mar, nem tanto a praia. Algures entre uma coisa e outra estará a virtude.

          Trabalhar para o país não se resume a trabalhar para o Estado ou no interior do país. O trabalho no privado e intervenções cívicas devem ser tidas também em conta.

          Temos que combater a ideia que ser PR é uma espécie de topo de carreira de funcionalismo público. Não é, nem deve ser. É sim o mais alto cargo de natureza política no país.

        • Zumbakuê

          1 de Março de 2011 as 11:23

          Meu caro Benavides,
          o exemplo que invoca aqui, é que me faz de o interpretar como um básico e inconsistente. Não sei quais são as razões que o leva a sair em defesa do candidato, mas gostaria de lhe dizer que kadaffy não é exemplo para ninguém Veja o que está a acontecer no país que ele governou durante tantas décadas e veja qual é o seu fim.
          Quanto ao Pinto da Costa, o senhor não deveria tocar no seu nome da forma como refere, porque ele teve nas mãos a batata quente, num período que todos nós sabemos. Mesmo assim. apesar de tantas vicissitudes, foi o 1º em ÁFRICA A democratizar o país.Se muitos sãotomenses hoje têm uma formação, deve-se a ele (digo apesar das vicissitudes). Qual dos países em África que depois da descolonização, teve uma transferência directa, com base nas eleições democráticas? Desculpe a minha ignorância.
          Para mim ser presidente de um páis, não é o mesmo que ser presidente de uma associação ou de uma câmara. Implica outras coisas (fica na minha consciência),.
          Num país como deve ser, o senhor em causa, não reune condições para um presidente da república.Ele poderá candidatar-se concerteza. Será mais “Um”. Pois reune as condiçoes legais estabelecidas. Mas chegar á um presidente? Duvido.
          Deixem jornalistas sérios dirigirem os debates. Deixem os mesmos investigarem cada um dos candidatos e veremos os resultados. Se a coisa funcionar como deve ser!!!! áuá uê…Fazer com que os resultados dos debates cheguem á toda a população, para que eles decidam em consciência.
          Sugiro, que deixem a “SÃO LIMA” com as rédeas dos debates.
          Atentamente :
          ZUMBAKUÊ

          • kimi-kimi

            2 de Março de 2011 as 0:31

            Senhor Zimbabwé, Namíbia ou o país que melhor achar

            Acho que o senhor só pode mesmo ser daqueles que são pagos e que continuam pobres de vida e de espírito.
            Então o teu amigo Pinto da Costa nunca fez nada chega a presidente de s.t.p o senhor acha normal e classifica como bom e alguém que já fez muito em termos políticos e sociais como é o arquitecto liberato moniz o senhor nem dá benefício de dúvidas?
            Então o senhor é daqueles que andam a incentivar esse mesmo pinto da costa que esta em casa a quase 20 anos sem dar qualquer contribuição ao país a voltar a candidatar porque a profissão do mesmo é de ser presidente?
            Será que o pinto da costa e os seus amigos que continuam a viver a custa dos filhos do país (tomou a casa do senhor beirão a força como muitos outros bens da terra) só sabem ser presidentes para continuarem a defender interesses dos vossos grupos quando deviam defender o povo?
            Tenham santa paciência meus amigos vão mais é trabalhar para sustentar os vossos vícios porque o povo de hoje já não é o povo de ontem.
            Trabalhem um pouco para o país para verem se limpam o vosso currículo de inválidos tanto na vida política como profissional. Aliás não têm profissão a não ser política para não fazer nada.
            Já agora sabe me dizer como é que se faz para viver em grande sem trabalhar como é o vosso caso?
            Vamos trabalhar para ajudar o país

          • Zumbakuê

            4 de Março de 2011 as 0:22

            Oh Kimi-Kimi, por acaso uso um pseudónimo que o srºou srª deveria ler com mais atenção-“ZUMBAKUÊ”. Não o conheço, mas sinto que está um pouco perturbado.Com quê, não sei.
            Mas compreendo-o perfeitamente.Posso lhe dizer que sou um sãotomense atento as realidades do país. Respondendo as suas afirmações, tendo a lhe dizer que não tenho conotações políticas com o referido ex-presidente, nem tão pouco usufruo de quaisquer rendimentos provenientes de quaisquer partido político sãotomense. Sou sim um sãotomense indignado com tantas barbaridades cometidas a nossa terra e principalmente a maioria da população sãotomense. Graças a DEUS pobre de vida e de espírito não sou. O que me empobrece é continuar a observar figuras saindo não sei donde, que recruta meia dúzia de indivíduos com acesso a novas tecnologias e refugiando atrás deles como salvador da pátria. Um presidente da república pressupõe-se ser alguém na qual todos nós nos revessemos como um indivíduo próximo do povo,conhecedor dos seus problemas,sem arrogância,com uma vida que sirva de modelo, maduro,íntegro etc. Por acaso está enganado, porque a minha vivência tem sido de trabalho árduo, infelizmente num país que não é o meu.Sabe porquê?Não é por falta de patriotismo. É por várias razões que não vou reportar aqui.Julgo que continua cego.Provávelmente está preparado um tacho para si,caso ganhe o indivíduo referido na petição. Em S.tomé para ganhar protagonismo, não é necessário fazer muito. Basta ter alguém por trás com interesses no nosso rico país e investir meia dúzia de tostões e mostrar a esse povo que são bonzinhos, e são logo promovidos como benfeitores. Caso o seu predilecto ganhe, o que farão? Lutarão para retirar os ditos bens que diz serem usurpados? Acho bem que o façam. Compatriota,tal como você, gostaria de participar activamente na promoção do meu país, desde que respeitassem o principio de equidade e desaparecesse o factor “C” (cunha).Prometa-me que, se o seu candidato ganhar será ele o presidente de todos os SÃOTOMENSES, e promova o retorno dos sãtomenses na diáspora, criando ou propondo junto dos partidos políticos condições para que os mesmos possam viver e contribuir com a sua experiência,saber e suor para o bem de S.Tomé e Príncipe.
            Para concluir, faço das suas palavras as minhas, quando diz que ” Aliás não têm profissão a não ser política para não fazer nada”.
            Subscrevo essas afirmações. Garanto-o que não sou politico, mas trabalho árduamente na minha área, com projectos concretos.
            SERÁ QUE O SEU CANDIDATO PRETENDE SEGUIR A MESMA VIA DOS QUE CRITICA? Pelo que sei é arquitecto. Ou será que está a arquitectar algo?
            Assinado :
            ZUMBAKUÊ

      • cardoso angolano

        12 de Junho de 2011 as 5:39

        ana com este pesamento stp nao vai ao lado nenhun.es envejosa aaaaaaaaaaaaaaaaa

    • Veneno de Cobra Preta

      25 de Fevereiro de 2011 as 15:03

      Essa é boa aaaaaaaaaah, bebi ginja no Rossio…aaaaaaaaaah credo vocês não conhece esse homem, de jeito que ele tem nariz torto, nem ginja bebe, ele gosta é de bom whisky.. aaaaaaaaaaaaah , Liberato não vale a pena gastar teu dinheiro, O povo de STP nunca mais vai deixar aventureiros ser Presidente do nosso País..

    • Desiré

      25 de Fevereiro de 2011 as 20:20

      Eu conheço o L.M de passagem, nao estou em STP para saber se a universidade é boa ou nao, mais a verdade é que é nós os Santolas nao sabemos o que queremos, vimos alguém que nos ajudou a instalar uma universidade em STP, agora estão a dizer que a universidade nao tém nivel….Meu Deus, pobre é mesmo mal agradecido.

    • Eusebio moniz

      25 de Fevereiro de 2011 as 20:53

      fico triste em saber que ainda existem pessoas com este tipo de maturidade.
      É com profunda magua que vejo e oiço gente da minha terra falando daquilo que nem de longe tem a ver com o Arquitecto Liberato moniz, Senhores de nomes falsos… Vocês só podem mesmo ser falsos, mal intencionados e aproveitadores dos bens de S.T.P, dizer que o meu tio bebe ginja ou Whisky só pode mesmo ser maldade pois todos os familiares e amigos do mesmo sabem que o mesmo não bebe bebidas alcoólicas. Assim com inveja e até a inventar para prejudicar uma pessoa honesta o país não vai p’ra frente… credo gente maldosa.
      Pergunto a todos o que é que o Patrice fez para o país até ser Primeiro Ministro, (viajar? viver fora do país? trabalhou alguma vez no país ou para o bem do país, qual dos dirigentes em s.tomé já fez alguma coisa pessoal, a favor do país sem ser dirigente e ficar ricos depois de ser dirigente nesse país em que o povo esta cada vez mais pobre?). Mesmo assim se o Povo escolheu deixa o homem trabalhar para demonstrar do que é capaz e ajudar o país e só depois julgar.
      Só mesmo inimigos mansos é que podem dizer que o meu tio bebe e é arrogante… credo, credo, credo
      Vamos todos ajudar S.T.P a avançar…. Força meu tio

    • Eusebio moniz

      25 de Fevereiro de 2011 as 21:55

      Pergunto a todos o que é que o Patrice fez para o país até ser Primeiro Ministro, (viajar? viver fora do país? trabalhou alguma vez no país ou para o bem do país, qual dos dirigentes em s.tomé já fez alguma coisa pessoal, a favor do país sem ser dirigente e ficar ricos depois de ser dirigente nesse país em que o povo esta cada vez mais pobre?). Mesmo assim se o Povo escolheu deixa o homem trabalhar para demonstrar do que é capaz e ajudar o país e só depois julgar.
      Só mesmo inimigos mansos é que podem dizer que o meu tio bebe e é arrogante… credo, credo, credo
      Vamos todos ajudar S.T.P a avançar…. Força meu tio.

    • Eusebio moniz

      25 de Fevereiro de 2011 as 22:01

      Pergunto a todos o que é que o Patrice fez para o país até ser Primeiro Ministro, (viajar? viver fora do país? trabalhou alguma vez no país ou para o bem do país, qual dos dirigentes em s.tomé já fez alguma coisa pessoal, a favor do país sem ser dirigente e ficar ricos depois de ser dirigente nesse país em que o povo esta cada vez mais pobre?). Mesmo assim se o Povo escolheu deixa o homem trabalhar para demonstrar do que é capaz e ajudar o país e só depois julgar.
      Só mesmo inimigos mansos é que podem dizer que o meu tio bebe e é arrogante… credo, credo, credo
      Vamos todos ajudar S.T.P a avançar…. Força meu tio

    • jaka doxi

      25 de Fevereiro de 2011 as 22:06

      Força Liberato.
      Como filho da terra você tambem pode ser Presidente da República.
      Sou do MLSTP-PSD e sei o que estou a dizer.
      Se tantos outros sem educação,formação,ambição para ajudar o povo destas ilhas foram Presidente da república então meu caro você também pode ser.
      Ora vejamos:
      O povo de São Tomé e Príncipe sabe quem é quem.Qual dos pré candidatos,nomeadamente Pinto da Costa Maria das Neves,Felinto Costa Alegre e Elsa Pinto fizeram algo de importante para o nosso país?Pelo que sei nenhum deles construiu ou ajudou a fazer algo neste país.Apenas contribuiram para a desgraça deste país.
      O senhor Liberato ao que tudo indica teve a coragem de trazer para o nosso país uma universidade.
      Sei que nesta Universidade estudam muitos Santomenses que não conseguiriam bolsas de estudo para sair do país. Isto sim é uma mais valia para o arquitecto.
      Todos os que anuncie participaram e continuam a participar nos grupos que estão a destruir este país. E o povo sabe disso.Estão envolvidos em vários casos de corrupção como o GGA,STP-TRADING,CASAS PRÉ-FABRICADAS,NEGÓCIOS DA VOZ DA AMERICA,enfim…
      Portanto não desista da sua intenção.
      Aqueles que estão a criticar são os mesmos que vivem a custa da corrupção.Aquí no País nós os conhecemos embora utilizam nomes falsos para denegrir as pessoas que efectivamente querem fazer algo por este País.
      O povo é quem vai decidir e o senhor que não tenha medo nem receio dos ataques cobardes e de gentes sem escrupulo.
      Parece que estamos ainda em aquecimento. O jogo ainda não começou e já estão com o rabo na seringa.
      E quanto as insinuações de apoio do Fradique de Menezes não dê importância.Eles querem saber com que linhas o senhor vai cozer a sua candidatura.
      Estão todos atrapalhados porque tenhem comsciência que o sehor é o único pré candidato que tém a ficha limpa.
      Desejo-lhe força e muita coragem.
      Não dê ouvidos ao grupo UÊXAISTA.
      Conte com a ajuda de nós os filhos humildes deste país.
      Fui

    • jaka doxi

      25 de Fevereiro de 2011 as 23:33

      Força Liberato.
      Como filho da terra você tambem pode ser Presidente da República.
      Sou do MLSTP-PSD e sei o que estou a dizer.
      Se tantos outros sem educação,formação,ambição para ajudar o povo destas ilhas foram Presidente da república então meu caro você também pode ser.
      Ora vejamos:
      O povo de São Tomé e Príncipe sabe quem é quem.Qual dos pré candidatos,nomeadamente Pinto da Costa Maria das Neves,Felinto Costa Alegre e Elsa Pinto fizeram algo de importante para o nosso país?Pelo que sei nenhum deles construiu ou ajudou a fazer algo neste país.Apenas contribuiram para a desgraça deste país.
      O senhor Liberato ao que tudo indica teve a coragem de trazer para o nosso país uma universidade.
      Sei que nesta Universidade estudam muitos Santomenses que não conseguiriam bolsas de estudo para sair do país. Isto sim é uma mais valia para o arquitecto.
      Abraços.

    • jaka doxi

      11 de Maio de 2011 as 18:59

      Avança Liberato.

  2. Thony

    25 de Fevereiro de 2011 as 9:58

    obviamente que STP precisa de um bom arquitecto para de facto reconstruir a politica santomense, mas terás um grande caminho em frente, uma vez que temos um e nível baixo de compreenção, coadjuvado com elevado índice de anarquia. meu irmão tens que ter as costas largas…

  3. Sonia

    25 de Fevereiro de 2011 as 10:43

    Mais outro ambicioso…

    • ovumabissu

      25 de Fevereiro de 2011 as 11:14

      Nada se faz sem ambição… desde que em dose saudável.

      É a ambição comedida que produz mudança, sobretudo de mentalidades.

      • felisberto

        25 de Fevereiro de 2011 as 11:31

        Certamente, por isso o país está como esta, bando de ambiciosos e preguisos q ambicionam poder e vida facil, seguramente se ñ es um deles ñ falta muito, mas meu caro trata de estudar…para ver desenvolve mais o teu intelecto.

        • ovumabissu

          25 de Fevereiro de 2011 as 13:43

          Condordo, mas… o país está como está porque tem sobrado em ambições pessoais o que tem faltado em ambições colectivas.

          Se bem conheço LM, estaremos mais a falar de ambições colectivas.

          Esse tipo de abordagem, desmedidamente agressiva, da sua parte é apenas reveladora, penso eu, da fraqueza das suas convicções.

          Retribuo, polidamente, os seus “mimos”.

          Quem me conhece sabe que não vivo de, nem para STP.

      • Sonia

        26 de Fevereiro de 2011 as 10:33

        Neste caso a ambição é mesmo desmidida, porque SR.A. LM tem vindo a se esforça por ampliara sua fortuna e claro que benéficia S.T.P também no caso da Universidade, mesmo que essa ainda n seja uma universidade de gabarito. Mas este facto n faz dele um homem Moralmente limpo, Determinado e corajoso, pois sempre fez uma intervenção política de panos quentes com medo de magoar alguns dos seus possíveis apoiantes no poder, como é o caso de FM.
        Precisamos de alguém que n esteje a olhar pra o seu umbigo apenas, que tenha idoniedade moral, frontalidade e determinação para que possa deixar claro as suas acções publicamente e não deixar dúvida da sua política, poupando dessa maneira os corruptos dos país.
        Por isso é que acho que o Humbah Aguiar, seria um bom candidato à presidência, pesquisem só na net as suas intervenções e perceberam melhor do que falo.

        • FloliCanidu

          26 de Fevereiro de 2011 as 14:53

          Sónia,

          Não é crime as pessoas esforçarem-se para ter mais e melhor, desde que respeitando as regras e as leis. Daquilo que conhece de Liberato Moniz, sabe de alguma situação em que ele infringiu a lei para conseguir o que tem? Sabe de algum caso em que ele tomou indevidamente posse de bens do Estado?

          Quanto a coragem, cara conterrânea, diz-se cá na terra que “blu-blu na sa lutá fa”. Conheço bem Liberato Moniz e sei, porque participei com ele em muitas actividades, que nunca teve pejo de, na cara (e não através de artigos), dizer o que pensava sobre a actuação dos políticos. Mas, sempre foi prática dele (posso dizer nossa), não entrar no insulto ou na falta de educação. É essa a diferença. Para se intervir não é preciso insultar, ofender ou maltratar.

          Quem olha para o seu umbigo não perde o seu tempo e dinheiro a criar uma universidade (que, contrariamente ao que se pensa, não dá dinheiro, só chatices). Ganhava mais dinheiro importando contentor de vinho e cerveja para vender.

          Os corruptos, Sónia, ou são julgados e condenados ou então não são corruptos. Sei que os nossos tribunais não são sérios e isentos, mas não posso condenar os corruptos só porque acho que o são.

          Mesmo sendo corruptas as pessoas têm os seus direitos. O que temos que fazer, enquanto os tribunais não funcionam, é evitar que os corruptos (activos e passivos) possam continuar impunemente a corromper a sociedade. Mas do que isso é crime contra a humanidade.
          Se o Humbah Aguiar quer ser PR, ele que avance. Cabe ao povo decidir e não este fórum do Tela Non.

          Santomensemense.

          • Sonia

            27 de Fevereiro de 2011 as 0:14

            Nota-se bem quem me respondeu…
            Sr.Flolicanidu: Colê flontadu na ça têfá!!!
            Não é crime esforça para ter mais e melhor, crime é querer ter mais e melhor a custa dos outros. O problema maior do nosso país é de ser governado por pessoas corruptas e malfeitoras que se aproveitam dos cargos que lhes são confiados pelo povo para roubaram e sairem mais ricos do que já o eram.
            O Sr.Arqct LM, n é frontal não aponta o dedo porque sempre teve a intenção de chegar ao poder. E isso é cobardia.
            A universidade é um investimento que pode dá prejuizo hoje mais o SR.LM mais do que ninguém sabe que dará lucros e realmente um bom investimento pessoal e para os santomenses. Mas isso n quer dizer que faça dele uma pessoa séria, ao ponto de chegar ao cargo de presidente e denúnciar e pressionar os tribunais julgar os corruptos que o SR.LM se faz de desentendido porque de coligação para chegar ao poder precisa.
            Se o Sr.LM quer mesmo fazer alguma coisa por STP n seria o cargo de presidente que quereria, porque o presidente tem o papel arbitro democrático, denúncia as falta e exigi a punição dos infractores. E isso meu caro o SR.LM n nunca fez nem o fará.
            Já Humbah tem esse caracter denúnciador que a todo momento o faz notar. E se ele quiser ser presidente começara uma nova revolução….Viva Humbat

        • Desiré

          28 de Fevereiro de 2011 as 23:31

          Sonia, eu nao sei o que dizer depois de ler tantas barbaridades que escreveste, nao sei se é para rir ou para chorar, diz me uma coisa assim estas a fazer campanha para o Humba Aguiar, sera que ele te pediu isso? Talvez daqui a 5 anos ele decidira canidatar-se, mais nao achas que ainda é muito cedo para a campanha dele?

          • Sonia

            10 de Março de 2011 as 16:07

            Cedo ou n, isso será ele a decidir, mas que ele é um bom candidato lá isso é…O único que falou de a falta de água no hospital ao mundo…quem mais o fez, sem ser o jornal Tela Nom? Humbah dá cara e diz aquilo que acha que deve dizer.Liberato M, quero vê-lo a fazer algo parecido?!

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 20:39

      A victoria é certa.

  4. benavides pires sousa

    25 de Fevereiro de 2011 as 11:08

    Prezado arquitecto Liberato Moniz,

    Pessoalmente nao o conheco, mas conheco muitos dos seus irmaos, e em ocasioes e feitos nacionais e em Portugal, já me soou aos ouvidos o seu nome, e na actualidade mais até pela universidade lusofona que criou no nosso Pais; mas verdade seja dita, fundamentar as bases da sua eventual candidatura com o apoio do actual presidente da República é cavar simplesmente a tua própria sepultura á derrota e a conivencia de quereres chegar apenas ao poder.

    Garanto-lhe isso!

    Atentamente!

    Benavides Pires Sousa

    • Veneno de Cobra Preta

      25 de Fevereiro de 2011 as 15:05

      Universidade Lusiada

      • benavides pires sousa

        25 de Fevereiro de 2011 as 22:11

        obrigado pela correcao.

    • Presidente da Treta

      25 de Fevereiro de 2011 as 15:10

      Ele pensa que com apoio de um aventureiro, pode levar outro aventureiro ao poder, mais deixa-lo que agora povo de STP já não quer ouvir Kizomba, agora querem oprah

      • jaka doxi

        28 de Fevereiro de 2011 as 18:58

        Meu caro “presidente da treta”.
        Para sua informação saiba que o Liberato Moniz é o único Santomense que teve a coragem de publicamente criticar o Presidente Fradique de Menezes,quando ele ameaçou retirar da Universidade Lusiadas de São Tomé alguns jovens que lá estudam com uma bolsa que ele próprio fez questão de dar.
        O Liberato Moniz criticou o Fradique e chamou-lhe de ditador.
        E saiba ainda que na carta pública em que o o arquitecto Liberato Moniz criticou o presidente Fradique de Menezes ele até disse ao Fradique que mesmo cortando as tais bolsas estes alunos iriam continuam a estudar na Universidade Lusiada.
        Portanto como vês não sabes de nada a endas aí a tentar dizer o que não sabes.
        Pelo que ouvi dizer a Liberato se candidatar vai faze-lo como independente e aberto a apoios de todos os Sãotomenses que efectivamente querem ajudar no desdenvolvimento do país.
        Abraços.

  5. Sei o que digo

    25 de Fevereiro de 2011 as 11:44

    Todo o ser humano é ambicioso sem ambição não vamos a lado nenhum, se o homem quer mudar o pais deixa-o mudar minha gente vamos preocupar com o desenvolvimento do nosso pais e deixa de mosquinha somos uma ilha um povo pequeno, temos que unir e não deitar a baixo sempre quem tem vontade de fazer algo melhor, e outra coisa é melhor começamos a escrever o português como de ser isso de escrever, porquê, (pk) não (n) qualquer dia nem o vossos nomes sabem escrever …

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 20:50

      São invejosos.

  6. Santolas

    25 de Fevereiro de 2011 as 12:00

    Um homem que terminou a sua formação em Portugal, nem regressou ao seu pais para dar o seu contributo no desenvolvimento de Sao Tomé e Principe.

    Mas ele é mesmo ambicioso!!!

    • Fleckalho

      25 de Fevereiro de 2011 as 21:42

      tudo depende daquilo que tu entendes por contributo (investimento)…

      Lusiada, apoios socio-economico-culturais, etc

      • jaka doxi

        5 de Maio de 2011 as 20:41

        Ja ganhou.

    • armendes

      25 de Fevereiro de 2011 as 23:02

      meu caro se fores por esse caminho,nunca chegaras la .muitos que la passaram no poder e que la estão tambem fizeram o mesmo.
      Estamos a falar de alguem que realmente é capaz de dizer chega,alguem que dê um grito de basta e faça com que este país seja respeitado e que encontre um caminho para acabar com esta miséria que cada dia destrói o nosso s.t.p,e o liberato tem tudo para ser esta pessoa.

    • jaka doxi

      28 de Fevereiro de 2011 as 19:02

      Oh Santolas.
      O Liberato tém em São Tomé uma Universidade.
      E sabe desde quando? A 7 anos.
      Agora diga-me o que é que os outros pré candidatos nomeadamente Pinto da Costa,Maria das Neves,Elsa Pinto,Felinto Costa Alegre fizeram para este nosso lindo país?
      Pelo que sei estando cá na terra apenas ocuparam altos cargos e ajudaram a afundar ainda mais a nossa economia.
      Cuida-te.

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 20:52

      Santolas é ignorante.

    • Rosa Porcelana

      22 de Maio de 2011 as 14:58

      o que achas da UNIVERSIDADE não é contributo francamente querem cama e mesa.

  7. Buter teatro esquecido

    25 de Fevereiro de 2011 as 12:18

    Aproveito para desejar muito sucesso, sou da opinião que deve haver jovens com a coragem e conhecimento para dar a cara e lutar para mudar o nosso país.

    Sei que não será facil, enfrentar os grupos de interesses instalados no nosso país, mais o pior é ver as coisas como impossivel.

    Faltava o candidato exibir a sua biográfia ao público, porque estamos interessados em conhecer o perfil dos candidatos.

    Contudo, no meu intender, é melhor apostar, dar oportunidades, a pessoa que
    nunca foi Presidente da República.

    • Nelson Carvalho

      28 de Fevereiro de 2011 as 19:46

      Enquanto nós Santomenses continuarmos a menosprezar sem primeiro conhecer de facto quem nós somos e depois partir para os outros, vamos continuar a fundar o nosso País com a nossa ignorancia e maldade.
      Acho eu, que qualquer cidadão maior dos 35 anos pode concorrer as eleições Presidenciais ou qualquer outra que seja.
      A nossa constituição não ignora um camponês ou um pescador, o que importa é a maturidade, respeito, coragem,seriedade, conhecimento e saber gerir e partilhar com o povo aquilo que se chama coisa publica.
      Não acho justo maltratar este ou outro candidato, não é assim que se faz a politica, com insultos, ofendendo moral do outro, buscando coisas que não tem nada haver com a pessoa só para por em baixo.
      O meu apelo ao Deus, que venha um presidente para unir nós os Santomenses, trazendo a estabilidade, respeito, e que permita uma governação estável, e que consiga recuperar a confiança dos nossos parceiros economicos e investidores estrangeiros.
      Bem haja a S.Tomé e Principe e todos aqueles que acham icapazes que se encorajam e venham a luta para melhorar o nosso quediro e maravilhoso S.Tomé e Parincipe.

  8. Deus é Grande e Seja Louvado

    25 de Fevereiro de 2011 as 12:48

    Mas que Brincandeira é Esta????????
    Meu, Nosso S.tomé e Principe ja Chegou Até Este Ponto??????????
    Ajuda-nos Senhor Deus…………..
    Haja Paciência

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 20:54

      Liberato és benvindo.

  9. ovumabissu

    25 de Fevereiro de 2011 as 13:52

    Malta, se bem percebi não se trata ainda de uma candidatura, mas sim de uma petição de cidadãos de STP para que a pessoa em causa tenha mais alento para se candidatar.

    Quando a pessoa em causa vier a público dizer que é candidato, aí sim podemos falar em candidatura.

  10. Luis

    25 de Fevereiro de 2011 as 15:20

    Não vejo nada de mal em o arquitecto pretender candidatar-se à Presidência do país. Que se candidatem todos que se achem no direito de fazê-lo. Nas urnas o povo decidirá.

  11. Felício Esprito Santo

    25 de Fevereiro de 2011 as 16:30

    Liberato Moniz??? Deus Credo!!
    O senhor arquitecto, tem um profundo défice de interacção social…é frio,neo-burguês. Dizem que esteve em Coimbra mas não disse nada de jeito. Nós aqui em S.T.P, não precisamos de um presidente, que venha reproduzir toda mentalidade neo-colonial.
    Eu aconselho o senhor a não gastar o “seu” dinheiro. Pense bem!!

    • Desiré

      25 de Fevereiro de 2011 as 20:32

      Se todos tivessem a mesma mentalidade que tu Felicio, o mundo estaria perdido, deixa cada um canidatar, se gastar dinheiro ou nao o problema é da pessoa, a pessoa que disse que ele esteve em Coimbra e nao falou nada de especial também deve ter uma mentalidade atrasada.
      Eu nao tenho nada com os canidatos, por mim que todos canidatem!!!!
      O voto é secreto por isso cada decidira em quem votar…

  12. realista

    25 de Fevereiro de 2011 as 16:46

    O HOMEM SABE O QUE QUER SABE QUE NAO VAI GANHAR MAIS SIM E UM DAS ACCOES PARA PREENCHER O C.V. O MUNDO E FEITO PRA ESPERTO LEVE LEVE VAI A LONGE
    VAI EM FRENTE

  13. Danilo Santos

    25 de Fevereiro de 2011 as 17:56

    Meu caro
    Desojo-lhe sorte.
    Trata-se de um direito consagrado constitucionalmente, de acordo com os requisitos = 35 anos e ser Santomense. Cumprindo os 2 (dois) bastará formalizar, no período, a candidatura, também de acordo com as formalidades.

    Felicidades

    • Danilo Santos

      25 de Fevereiro de 2011 as 18:12

      onde digo desojo-lhe queria dizer desejo-lhe

      • jaka doxi

        5 de Maio de 2011 as 20:42

        Viva Liberato Moniz.

  14. Moreno

    25 de Fevereiro de 2011 as 17:56

    Creio que o povo de STP nao caira jamais em enganos, porque nao se pode ser enganado sistematicamente.Para ser presidente de STP ser somente natural do Pais nao e o principal.Ha requisitos que como filho da terra ha que ter los para ser o principal mandatario da nacao.Civismo, humildade, corencia,sinceridade, honestidade resumindo ser integro.Nao basta simplesmente ter uma formacao superior e pensar que se pode ser isso ou aquilo.Governar um pais e uma coisa muito seria muito delicada, saber escutar os problemas do cidadao menos favorecido e dar solucao ao seu problema nao e tarefa facil.Estabelecer dialogo serio com forcas politicas e algo de muito serio.Discutir os problemas do pais e buscar solucoes para os mesmos nao e facil.Nao vejo neste senhor nem um pelo de requisitos para governar STP.Nao basta falar bonito …..

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 20:55

      Moreno está maluco.

  15. João

    25 de Fevereiro de 2011 as 17:57

    A nossa lei é clara, nao é. Por isso LM pode candidatar-se. Mas esse senhor é tão arrogante que ate um triste bom dia nao sai. So por isso nao vou assinar coisa nenhuma. Se for PR um dia tb será o meu, mas nao com o meu voto.
    Mas eu deixo um conselho. Nao so para LM mas também para Xinha, Bene, quem mais? Maria das Neves, Filinto e outros. Nao caiam no erro de receber o apoio do Fradique. Pq se acontecer, o que aparentemente pode ser boa, so irá estragar/manchar a vossa candidatura.
    João.

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 20:57

      Coitado do João.

  16. Carpe diem

    25 de Fevereiro de 2011 as 18:59

    Uma pergunta retórica: qual é o destino de STP?; para onde vamos?; O que está errado com esse país? Há solução?
    Só sei que tem de haver solução..mas não acredito que seja esse Liberato que irá consertar STP, tendo em conta que em STP o PR não tem um poder de todo para fazer muito, mas também penso que não se melhorá em mudar o nosso regime do semi-presidencialista para o presidencialista (como queria o Fradique)…Viva STP, força meus irmãos, não acredito nos políticos, mas acredito que é possível o nosso STP ser entregue às boas mãos!!

    • benavides pires sousa

      26 de Fevereiro de 2011 as 12:49

      que tem a termologia retórica que ver com a tua pergunta. nao utilize sinónimos aprendidos antes de ontem em momentos inoportunos, por favor!

      nao sabes o que é retórica?

      em sintesis significa a arte de bem falar e saber persuadir, e advém dos remotos tempos ainda nos séculos 3 e 4, com os sofistas e socrátes, filósofos gregos.

  17. J. Maria Cardoso

    25 de Fevereiro de 2011 as 20:44

    Um grupo de “nós” não identificado – GNI -aproveitando das portas e janelas das novas tecnologias de globalização e da moda (parabéns), vem suscitar o interesse dos ciber numa eventual candidatura a PR de um cidadão santomense, de idade superior a 35 anos, idóneo, intelectual e “filho ausente da terra” ao mais alto cargo da Nação.
    Alguns de “nós” acusa o homenzinho de arrogante, antipático, anti-social, nariz impinado, sapato de bico fino e coisas de género.
    Se o homenzinho arquitecto andasse nas nossas tendas de palma a pedir satisfação as canecas, estaríamos aqui a conectá-lo de …
    Se andasse na terra a lamber as notas do povo …
    Se, se e se …
    Até a Universidade k o arquitecto nos trouxe escola para a cabeça das nossas desgraças, já não dá para conhecimentos.
    Este episódio viaja-me aos outros tempos do povo em k um de “nós” sabia e insistia de k – Maria non dá!
    – Mas Maria não dá porquê?

    • benavides pires sousa

      27 de Fevereiro de 2011 as 21:19

      amigo J. Maria Cardoso;

      querias dizer. conotá-lo e nao conestá-lo.

      conotacao ou denominacao ou chama-l ode tal coisa….

      o episódio nao te viaja, se nao que te faz viajar ou leva-te a viajar, mas admitir-se-ia que usasses viaja-me caso escrevesses um poema, em que de jeito criativo, prosaico e estilistico, usasses tal denominacao.

      abracos!

      • benavides pires sousa

        27 de Fevereiro de 2011 as 21:20

        correcao: conotá-lo

        conectá-lo

      • jaka doxi

        5 de Maio de 2011 as 20:44

        Vamos vencer.

  18. lino

    25 de Fevereiro de 2011 as 21:13

    amigo liberato…não sei se alguma brincadeira ou se coisa séria.
    esta publicação é do teu conhecimento!!?
    livra-te !!!1 não te meta nisso pá!.
    a não ser que queiras algum protagonismo.
    do resto…sobre este assunto não vais a lado algum.
    Continua a fazer a tua vidinha que é melhor.
    o povo pode parecer…mas seguramente não é parvo de todo.
    mas tb uma coisa é certa. podes aventurar-te. a sorte tb acompanha os parvos e oportunistas. temos exemplo: o fradique conseguiu.
    conheço-te bem.
    da minha parte não subscrevo esta asneirada.
    fui!

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 21:38

      Liberato Buá só.

  19. Desiré

    25 de Fevereiro de 2011 as 21:28

    Querer é Poder, por isso não desistas, mas uma coisa é certa tens que ter força para aguentar o nosso povo com mentalidade atrasada….
    Força…

  20. stp

    25 de Fevereiro de 2011 as 21:52

    QUAL E A DIFERENCA ENTRE O LIBERATO E O AURELIO MARTINS

    • jaka doxi

      25 de Fevereiro de 2011 as 22:10

      O Liberato é Arquitecto e o Aurélio Martins é dono do meu MLSTP-PSD.
      Que tristeza.
      fui

      • jaka doxi

        5 de Maio de 2011 as 20:46

        Aurelio é ignorante.

  21. João

    25 de Fevereiro de 2011 as 23:30

    Não concordo com certos argumentos defendidos pelo sobrinho do LM e não só. E concordo em muito com o Filicio
    É obvio que o meu voto”não conta”. Mas se LM quer que assinemos a petição ele deve apresentar o seu projecto, suas ideias, seu cv como alguém disse. Chê! Porque o que tem acontecido no país é isso mesmo. Os tipos aparecem de paraquedas e já está. Nao estou a insultar ninguem e menos o LM. Ate pq, dos conhecidos, teoricamente, ele ate podia ter chance. Mas eu pessoalmente nao gosto do LM, é arrogante demais.
    João.

    • Desiré

      26 de Fevereiro de 2011 as 18:37

      Joao, sabes o porquê que concordas com o Filicio? Porque tu e ele não têm muita diferença, os dois têm mentalidade atrasada………
      Lino tens razão o Liberato nao devia mesmo meter nisso, acho que que essa petiçao nao é do conhecimento dele, mais se for meu caro amigo como o Lino disse é melhor livrar-te…
      Fuiiii

    • flolicanidu

      26 de Fevereiro de 2011 as 21:46

      João,

      Eu percebo o seu sentimento. Mas, já deu para perceber, que há aqui um grande equívoco que importa esclarecer.

      Esta metodologia é quase uma novidade em STP. Os subscritores da petição, tendo por base o que conhecem do historial cívico de Liberato Moniz, elaboraram um documento (que está na petição, que fundamenta essa petição e que, pelos vistos, pouca gente leu) em que estabelecem balizas e exprimem as suas expectativas em relação ao que entendem ser o candidato adequado para o actual quadro político em STP.

      Do que tenho ouvido sobre as sessões de auscultação das pessoas que o Liberato tem feito, esse documento sintetiza as linhas de força de uma eventual candidatura.

      Ao subscrever a petição está, por um lado, a dar força ao candidato para avançar, mas, por outro lado, está a dizer que o apoia se ele levar a cabo o que está no documento. Não é apenas o candidato (ou melhor, possível candidato) que diz o que ele quer para STP, são também os apoiantes a exprimir o que esperam que ele faça. É qualquer coisa como: “apoiamos-te mas se te comprometeres a cumprir um programa mínimo”. A democracia é como o tango (ou a tarraxinha). É uma dança a dois. Entre governantes e governados.

      Creio que o documento permite aos subscritores enviarem aos organizadores sugestões e achegas para o documento. Leia (com calma e esquecendo um pouco a pessoa de LM) o documento de suporte à petição e depois, friamente, veja se não se revê nas ideias que lá estão. Se sim, subscreva. Se não, não subscreva.

      O documento, naturalmente, não é (nem podia ser) um programa de PR. Seria extemporâneo um candidato apresentar um programa antes de apresentar a candidatura. Certo?

      Quanto ao CV, creio que as pessoas envolvidas na petição deviam, de facto, anexar esse documento. Deixo aqui a sugestão.

      Flolicanidu, n’guê di sotchi só cabe êlê.

    • jaka doxi

      28 de Fevereiro de 2011 as 19:16

      Olá João.
      A petição não é do Liberato.
      A petição foi organizada por um grupo de Sãotomenses interessados em mudar o destino do país.
      Penso que são muitos jovens que estão revoltados com a forma como os corruptos de São Tomé e Príncipe estão a destruir o país que decidiram fazer esta petição.
      Também sei que alguns deste jovens vivem cá na terra.
      Se calhar convivem todos os dias com o senhor João e sabem bem quais os seus propositos.
      BILI UÊ,ABRE OLHO.
      fUI

  22. Matabala

    25 de Fevereiro de 2011 as 23:31

    Na realidade a solução para São Tomé deve estar mesmo num filho desta terra mas que esta longe, que ainda não se embebedou com o veneno da Corrupção, seja este ou qualquer outro…mas é preciso que haja ao mesmo tempo uma boa equipa isenta de vício e com um plano bem definido, capaz de resistir a força dos actuais governante e políticos são-tomenses e com um forte apoio da comunidade internacional…
    Sei que os que estão na terra vão logo dar um sinal negativo…mas é isto que tem acontecido…não é agora que vai mudar…

    • E.Santos

      26 de Fevereiro de 2011 as 13:24

      Meu caro, não há soluções ideias.

      Cada caso é um caso e tem muito a ver com a pessoa em si, com aquilo que são os seus princípios moráis, os valores por que pauta a sua existência, a sua generosidade, honestidade e amor ao próximo.

      Se assim não fosse, Gaudêncio e o Justino teriam sido ministros brilhantes. E não foram.

      O que não quer dizer que o Liberato não o possa ser. Não o vejo como uma pessoa arrogante e nem burguês, antes pelo contrário, até o acho uma pessoa bastante generosa e que quer de facto ver um STP melhor.

      A forma de ser de cada um não nos pode incomodar: as pessoas só são arrogantes se virmos nela a arrogância e deixarmos que esta dita arrogência nos afecte.Costuma-se dizer: “Arrogante… arrogante e meio.”

      Quanto ao ser bruguês, alguém disse certa vez “Porquê abdicar de ver o pôr do sol quando o podemos ver de um âmgulo ainda melhor”. Problema dele.

      Vamos nos limitar a analisar apenas aquilo que podemos ganhar se o viermos a ter como PR.

      Isto é que importa. Todos o resto parace conversa de dor de cotovelo. Não se permitam a isso.

      • Teobalfo da Costa

        26 de Fevereiro de 2011 as 18:48

        E. Santos

        Ver aquilo que podemos ganhar ou perder pressupõe que se conheça, pelo menos em termo gerais, aquilo que este senhor pensa sobre o país, ou não?
        O que é que este senhor pensa sobre o país? Sobre os poderes constitucionais do referido órgão do poder?
        O que é que este senhor pensa, em termo estratégicos, do caminho que o país deve seguir, nos próximos anos, para o seu desenvolvimento?
        Qual é o contributo que um presidente pode dar, de acordo com as premissas constitucionais existentes, para que o país, nos próximos tempos possa dar sinais de arranque rumo ao desenvolvimento?
        Isto é que é importante saber ou ouvir do referido senhor. E eu ainda não li ou ouvi nada da boca deste senhor relacionado com estes assuntos.
        Sendo assim como é que posso assinar uma petição neste sentido?
        Não posso assinar e depois ouvir da boca do referido senhor coisas contrárias de aquilo em que acredito ou defendo. Ou não!? Lembram-se daquilo que aconteceu com o Fradique?
        Aliás, o país está como está por défice democratico nosso neste aspecto.
        Fui
        Teobaldo Oliveira da Costa

        • ovumabissu

          27 de Fevereiro de 2011 as 13:40

          Teobaldo, não vá fique mais um pouco.

          Sugiro que leia o comentário de “Flolicanidu” em resposta ao “João”.

          O documento que suporta a petição contém as linhas gerais de uma possível candidatura. Subscrever não é um tiro no escuro.

          Outra coisa, o facto de subscrever a petição não o obriga a votar na pessoa em causa, sobretudo se entender que, no decurso da campanha, afinal não é este o seu candidato.

          O que conta mesmo é o voto válido na urna! A petição não é um sufrágio, não elege Liberato Moniz. É somente um movimento de apoio, se ele se comprometer com aquilo que está no texto. Se você achar que o LM é pessoa para isso… não perde nada em subscrever.

          Cada coisa a seu tempo.

  23. kimi-kimi

    26 de Fevereiro de 2011 as 0:04

    Esses que estão a falar mal do Arquitecto Liberato Moniz São iguais a aqueles politicos que tiveram a oportunidade de fazer algo de bom para s.t.p e nada fizeram.
    Vocês sim, sempre apoiram a corrupção e a má governação no país porque se calhar também vos dá jeito… e são vocês mesmo que andam aqui a dizer que o país está mal, tudo fingimento!
    Pois eu vos digo e tenho a certeza, o Liberato será o proximo presiednte de S.T.P, e vocês corruptos vão ter que engolir.
    Este sim sera um presidente como deve ser, o homem que mudará S.T.P.
    Viva a Democracia
    Força Liberato!

  24. Ambrosio Silva

    26 de Fevereiro de 2011 as 5:19

    Caro Professor,
    Primeiro para o felicitar pela coragem que sempre teve em querer mudar São Tomé e Príncipe.
    Segundo para dizer a todos os são-tomenses que a diferença entre o Professor, o Aurelio e muitos políticos do país é que o senhor foi professor do próprio Aurelio, deu aulas de 5ª,6ª,7ª,8ª,9ª,10ª e 11ª classe em São Tomé,já foi o melhor professor do país com prémio dado pelo governo, fez um filme longa-metragem, criou associação de estudantes em Lisboa, organizou encontros com estudantes em Portugal, Espanha e França e hoje levou uma universidade com reconhecimento em Portugal e no mundo inteiro para o país.
    Assim, não quero dizer o que os outros não fizeram mais realçar o que o Professor sem ter sido político já fez para o país.
    Tem o meu apoio e creio que de todos os jovens que estão fartos, vivem fora do país ou mesmo dentro em estado de miséria.
    Vamos apostar e mudar o país

    • Valdemas

      27 de Fevereiro de 2011 as 3:04

      Para se obter o grau de Professor, é preciso além de fazer o doutoramento, a universidade dar o grau de professor catedrático… O único nestas condições em São Tomé creio ser o Professor Carlos Bené… ele realmente é o único professor.

      • ambrosio silva

        27 de Fevereiro de 2011 as 20:51

        Amigo Valdemas, sera que estas a falar do Professor Bené que ficou com todo o dinheiro do partido que criou? Do Professor que foi corrido da faculdade onde dava aulas por ser radical, esse radicalismo aprendido com os amigos da cívica? Do Professor que banalizou festas nos luchans? Do Professor de bulauê? Do Professor de bustos?
        Olha amigo quando falei de Liberato Moniz como Professor era somente porque o mesmo foi meu Professor no Liceu Nacional de S.T.P. Mesmo assim, julgo que nós estamos num país democrático e todos temos direito a ser candidatos ou aspirar a um cargo político, mesmo tu meu amigo Valdemas ou Carlos Bené. Alerto a todos é para a necessidade de esclarecer a população acerca dos prós e contras dos candidatos, mais sempre com a verdade e não com mentiras.
        Mais, o mais importante ainda é não nos deixarmos enganar por políticos corruptos, profissionais da política e que só sabem usar a política para prejudicar o povo mesmo quando estão conscientes de já terem roubado quase tudo.
        Vamos acabar com a bandidagem no país.
        Obrigado Liberato Moniz por seres uma cara nova para Presidente e que apareçam outros que não os bandidos de sempre

        • Demas

          9 de Junho de 2011 as 0:31

          ficou com o dinheiro? do que falas?
          Mas alguem patrocionou o partido a não ser ele mesmo? roubou a quem?

        • Demas

          9 de Junho de 2011 as 0:36

          Escurraçado enquanto dava aulas? onde ouviste isso? Conheces o Carlos Bené? é que eu conheço tanto o Ambrósio Como o Bené… Sei do que falo…

  25. stp

    26 de Fevereiro de 2011 as 5:47

    SEI QUE LIBERATO E ARQUITECTO E O AURELIO E BANHISTA POE ISSO ELE MERECE SER PRESIDENTE DA REPUBLICA TENS RAZAO JACA DOXI E A METALIDADE DO NOSSO POVO QUE PRECISA DE MUDANCA

  26. Dizer Verdade

    26 de Fevereiro de 2011 as 10:08

    Nao ha duvidas que lendo todos estes comentarios ficamos sem saber quem é mais ignorante, mais bossal, quem é mais burguês, que é mais corrupto, quem é mais reaccionario, mais fascista – se é ou sao os aqueles que serao candidatos às proximas eleiçoes presidenciais ou o actual PR ou ou ou aqueles que utilizam este forum de dialogo para lançarem (ou se exorcizarem?!) tantas mentiras, tantas sujidades, tanta trampa.

    Bom apetite!

    Dizer Verdade, s[o a Verdade !

  27. silva

    26 de Fevereiro de 2011 as 10:11

    Se fradique menezes apoiar a candidatura de Xinha a presidencia seria uma alegria..
    Ja que nenhum homem esta da resultado, vamos exprimentar uma mulher.

  28. Jeka

    26 de Fevereiro de 2011 as 10:43

    Vamos deixar de ser maldosos. estudem a constituição e vejam os requisitos nela exigidos. Todo o cidadão nacional é um potencial candidato ao cargo de PR.
    O resto são cantigas. Quem o povo eleger será o presidente de todos os STP’s e ponto final. Não vale a pena virem para cá escrever asneiras e ofender seja lá quem for.
    Quem manda é o povo e que viva a democracia.
    Quer gostem, quer não, nada poderão fazer. E não pensem que o Tela Non, terá alguma influência na formação da opinião pública, ou na formação da vontade popular. Apenas cerca de 0,8% da população tem acesso à Internet. Portanto não percam o vosso tempo por estas bandas. Leiam um bom livro, cultivem-se aprendam mais e preparem-se também vós para se candidatarem à PR.

  29. Yuelio

    26 de Fevereiro de 2011 as 11:35

    Concordo com a Sonia, liberato que aumentar a sua fortuna, porque nunca o vi críticar abertamente o poder como faz o mais velho Teotónio Torres e Humbah Aguiar.
    Humbah Aguiar para Presidência, para dar-mos o início a Revolução…Os corruptos que nos aguardem…O Povo fará justiça ao lado do nosso lider Humbah Aguiar.
    FOCIS:Forças Civís de STP

  30. Que vergonha,chega s.t.p.

    26 de Fevereiro de 2011 as 12:13

    Fico triste por ver este país sofrer tanto pela ignorancia e mentalidade neo-colonial de alguns que têm o prazer de ver este país totalmente destruido.
    pergunto,porque que alguem quando quer ou faz algo para S.T.P é crucificado?
    nós temos um país que ate o século presente estamos pior e que todos que la estiveram nada fazem a não ser encher os seus propríos bolsos, e quando aparece alguem que quer dar os seus contributo e que tem um perfil digno e transparente,vêm para ai dizer aquilo que nada tem a ver com a pessoa em se .espero que os são-tomenses pensem bem nisto.
    Por outro lado quero fazer ver e lembrar que os são-tomenses têm o habito de pensar somente no dia da campanha por serem pagos por alguns durante a campanha e depois durante os mandatos são mais 5 anos de pobreza extrema em que dedicamos.pensem nisso.
    Espero tambem que não usem estas petições para desabafos nem insultos pessoais mas sim pensar em prol de s.t.p.

  31. ambrosio silva

    26 de Fevereiro de 2011 as 13:25

    Credo esse país é mesmo de doidos. Até Pinto da Costa que esta em casa a descansar pode sempre ser candidato e um sãotomense que bem ou mal preocupa sempre com o país vocês vêm inventar coisas que só pode ser por inveja.
    Credo vamos ter sempre os mesmos políticos que não fazem nada? quando é que sera a vez dos filhos humildes de S.Tomé e Príncipe para governar e contribuir?
    Pensem nas mentiras que os mesmos têm feito no país e na riqueza a custa da nossa pobreza. Por mim que seja Liberato, António, mario, madalena, jaka doxi, ovumabichu, joao ou banco ma lingua do que esses bandidos de sempre. Também temos direito de contribuir para o nosso país.
    Viva a liberdade e a democracia.
    Vamos mudar mesmo este país

  32. silva

    26 de Fevereiro de 2011 as 16:17

    o que eu acho deveria ser a vez de uma mulher santomense mandar nesse pais…
    quem sabe com uma mulher no comando, as coisas corriam de outra forma…
    vê no caso de brazil, a muito tempo que lula estava no comando mas hoje é vez de uma dama dimar comandar o brasil..
    o problema é que nosso pais tem essa ignorancia que mulher nao pode mandar, mas isso tem que a acabar.
    sou cem por cento favor a uma mulher a candidatura a presendencial…
    viva mulheres santomenses…….

    • kimi-kimi

      26 de Fevereiro de 2011 as 18:25

      Oh silva, até podia concordar contigo se a tal mulher tivesse ficha limpa…outra então tem a ficha mais suja q o pau de galinheiro!
      Estas a esquecer do caso GGA?
      A tua memoria é muito curta, por isso é que pessoas como você é enganado de manhã, de tarde e noite por estes corruptos viciados no poder.
      haja paciência!

    • Ovumabissu

      26 de Fevereiro de 2011 as 22:22

      Anda muito distraído Yuelio, nestes anos todos.

      Respeito imenso o dr. Teotónio Torres, mas não o vejo como um crítico particularmente assertivo, menos ainda como líder de uma revolução. Mas, nunca se sabe. Posso estar enganado. Humbah Aguiar, não o conheço suficiente para tecer considerações.

      A história tem demonstrado que os processos revolucionários destroem mais do que constroem. Não se deixem levar por esta onde de revolucionarite que grassa pelo mundo árabe. Contrariamente ao que pensam, STP é um Estado, falhado é certo, mas democrático (democracia nunca chega, no limite a verdadeira democracia é quando cada pessoa tiver um Estado só para ela) .

      Nunca fui, nem mesmo enquanto jovem, particularmente adepto de manifestações políticas exageradas e inconsequentes.

      Jovens, apostem antes num processo de reformas, de pressão cívica sobre os governantes. As verdadeiras revoluções são, muitas vezes, silenciosas.

      Em 1975 os pais da independência acharam que correr com os brancos (exploradores, opressores e coisa e tal) era o suficiente para acabar com a fome e a miséria. Passados 36 anos, o que temos para mostrar? Uma revolução falhada.

      Jovens, sejam sensatos e aprendam com a História. Contrariamente ao que se pensa, a História tem a mania de ser muito repetitiva.

      Também em 1975 os mais velhos da terra alertaram os jovens de então para os perigos das decisões precipitadas. Os jovens de então (muitos deles corruptos de hoje) não quiseram ouvir, porque tinham lido Karl Marx, Mao Tsé Tung e os ideólogos da negritude e já sabiam tudo. Iam criar um homem novo.

      Querem mesmo repetir a história? É essa a salvação para STP?

      • Sonia

        10 de Março de 2011 as 20:17

        Certamente que as revoluções têm sempre um grau de perigo ao exagero e destruição, mas se n fossem as revoluções os mundo estaria estagnado e hipotéca.
        Quando o regime e o sistema ficam blequeados e estagnados no tempo consequentemente prejudiciais às maiorias, a revolução torna-se imperiosa. Sim vejo que Humbah e o Sr Teotónio, podem n ser mas têm intervenções de afronta ao sistema, e porque não uma revolução que vem em benéficio da população?!Desde que seja pacifica é sempre desejavel.

    • Ovumabissu

      26 de Fevereiro de 2011 as 22:48

      Silva,

      Francamente! A questão do género é uma falsa questão. Não é tema. Só é tema se o programa (ou $$$) for fraco.

      Tanto quanto sei já houve candidatas à PR de STP. Não vou votar em alguém porque acho que agora é a vez de uma mulher.

      Quantas mulheres já não ocuparam o cargo de 1º ministro, ministras (houve até um governo em que havia 6 ou 8 senhoras!). Foram particularmente mais eficazes. Alda Graça foi presidente da Assembleia durante não sei quantos anos.
      Tragam ideias e não idiotices.

      Se há alguma senhora interessada ela que se deixe de tangas (ooopppsss!!!) e de tretas de género (masculino, feminino, indefinido, branco, preto, mulato, azul às riscas, cor-de-rosa às bolinhas, de dentro, de fora, novo, velho…) e avance.

      Pois eu acho que agora é a vez dos “ôcôssôs” (albinos)! Ou então alguém que tenha “giba” (mama-mama) ou “mucluku” (se tiver as 2 coisas, ainda melhor!).

      E que tal alguém genuína e comprovadamente angolar e descendente directo de Amador Vieira (vulgo Rei Amador)?!

      Viva santomenses independentemente do género, ou qualquer outra condição.

    • E.Santos

      26 de Fevereiro de 2011 as 23:49

      Igualdade de Genero sim, mas com sentido. Há mulher e há mulheres…não confundam.

      Apesar de vários estudos advogarem que as mulheres têm XYZ capacidades que lhes permite JKL coisas que os homens não conseguem, há também muitas mulheres que não chegam a usar sequer 1% destas mesmas capacidades.

      Por outro lado, não podemos correr o risco de ter na presidência mulheres que já se envolveram em actos de corrupção ou que mais facilmente se preocupariam com a sua imagem exterior (robe et valise de Cacharel, DG, Luis Vuitton, Furla e por aí fora) em vez de sentar para ler dossier sobre o país.

      Falta atitude e convicção, às mulheres deste paìs.
      E o resgate dos valores morais e familiares também.

  33. jojo

    26 de Fevereiro de 2011 as 18:38

    NAO, NAO, ESSE LIBERATO NAO TEM COMPETENCIA PARA ISSO, ALIAS O POVO STP, É POBRE MAS NAO É BURRO, NAO VAI DAR EM NADA LIBERADO, O VERDADEIRO HOMEM PARA PRESIDENTE É CARLOS GRAÇA, CALOS GRAÇA FROMALIZA JÁ A SUA CANDIDATURA PORQUE VAIS GANHAR ISSO.

    • Desiré

      27 de Fevereiro de 2011 as 13:03

      Jojo, fico triste em saber que saotomenses ainda têm essa mentalidade, o que o Carlos Graça ja fez para dizeres que ele seria um bom presidente? Como é que sabes que nao vai dar em nada L.M. O melhor seria tu leres o que escreves antes de publicar para as pessoas estarem a ler esses tristes comentarios…
      fui

    • Jaka Doxi

      28 de Fevereiro de 2011 as 9:43

      Ê sá Sunguê cu téma…
      Sum sca mêcê bila Bi.
      Credo.

  34. HugoL

    26 de Fevereiro de 2011 as 23:38

    Enfim, não gostaria de ficar indiferente a tantos coméntários expostos por meus coteraneos, mas fico sem saber que falar.
    Mas como sou um homem octimista e nunca desisto daquilo que pretendo, deixo uma força para LMonis, não o conheço,mas o apelido Moniz é me familiar por isso digo -o apenas vai em frente, não desmotiva por nada. Espero ver em breve o seu perfil biografico.

  35. FloliCanidu

    27 de Fevereiro de 2011 as 14:04

    Continuando a dialogar com a Sónia…e apoiantes de Humbah.

    Já deu para ver que tem como agenda aproveitar este espaço para dar “tempo de antena ao Humbah”. Então, diga-nos lá, para além de uma suposta frontalidade, o que Humbah tem para oferecer a STP?

    Não me venha com a lenga-lenga da revolução para acabar com os corruptos, porque isso é “matar a fera com gritos”! Pode até assustar, mas não mata.

    O assunto (corrupção) é muito sério e é com seriedade que deve ser tratado.O País precisa do contributo de gente jovem. Mas de jovens responsáveis, consequentes e construtivos. Para aventuras despropositadas e destruição já nos chega os das gerações anteriores.

    Sensibilidade e bom senso é o que a terra (STP) precisa.

    • Jaka Doxi

      28 de Fevereiro de 2011 as 9:48

      Coitadinho do Humbah.
      O rapaz está em Londres a lutar pela vida e vocês andam a falar dele.
      Ele se calhar nem sabe que vai haver eleições em São Tomé e Príncipe.
      Ele foi aluno do Liberato e pelo que sei o respeita muito.
      Por favor não utilizem o nome de Humbah para atrapalar os leitores do Tela Non.
      Fui.

      • Sonia

        10 de Março de 2011 as 20:28

        Sensibilidade e bom senso não é certamente ficar calado perante o roubo e abusiva corrupção dos nossos dirigentes?!O Arqto LM n é frontal, e ser frontal n quer dizer n ter sensibilidade e bom senso.
        E ainda bem que admite que uma é frontal n supostamente frontal como é o seu caso.
        Por outro como diz o Jaka Doxi, Humbah”pelo que sei o respeita muito” o que ao meu ver revela que ele tem Sensibilidade e bom senso!?lol
        Vejam bem os comentários em video no youtube e os seus artigos na net, veram que o bom senso até o sobra, sem nunca deixar de ser frontal.
        Viva Humbah Aguiar, no dia que se candidatar votarei no mesmo, pois terei a certeza que no minimo uma nova era se reiniciar de verdade.
        Humbah o povo são-tomense conta contigo, volta pra nós.

        • Desiré

          16 de Março de 2011 as 14:34

          ainda continuo achando que es a panca do Humbah…essa mina cu tema…..ohhh meu Deus dai-me forças para ler os comentarios da Sonia

  36. ferreira

    27 de Fevereiro de 2011 as 16:57

    É com toda minha humildade que digo-vos que fiquei bastante estupefacto com alguns dos comentários aqui tecidos por determinadas pessoas. A verdade é que podem falar o que quiserem pois em STP ainda existe liberdade de expressão e apesar de tudo é de salutar todas as opiniões apresentadas, uma vez que viver em Democracia é saber viver com vários pontos de vista por que apenas assim se caminha para o crescimento politico, social e económico de um país, trata-se de saber viver com a oposição.
    Mas permitam-me que relembre à alguns de vós de que estamos a falar de STP, um dos países em África com maior taxa de pobreza, com um alto nível de analfabetização, onde os serviços públicos são deficientes e onde a grande maioria dos políticos e funcionários públicos encontram-se na Administração Pública não para servir o Estado mas sim para servir-se do Estado, todos nós sabemos que são inúmeros os casos de políticos e administradores públicos deste belo país que usaram e ainda usam os bens públicos em benefício próprio e isso é lamentável.
    Apesar deste complicado paradigma, é importante não perder a esperança e manter um pensamento mais racional e menos emotivo, pois o voto é a maior força da povo e a verdadeira fonte de mudança. Não devemos analisar os pormenores acerca da vida pessoal dos candidatos já que todos nós temos os nossos erros e nenhum de nós pode apontar um dedo a outra pessoa sem que os outros também nos apontem. Devemos analisar sim, as competências dos vários candidatos e o historial destes no exercício de funções públicas.
    O senhor Liberato Moniz, ao longo dos anos mesmo vivendo no estrangeiro tem envidado esforços em prol de uma nação mais forte, mais justa e mais evoluída, temos visto isso através dos seu comentários nas rádios, cadeias televisivas e jornais, penso que é chegado o momento de passar das palavras às acções e deixar este filho de São Tomé e príncipe colocar em prática as soluções que tem vindo a defender ao longo destes anos.
    Lembrem-se que foi este senhor quem contra tudo e contra todos assumiu os riscos e custos de colocar uma faculdade de qualidade em STP, e não o fez para enriquecimento pessoal mas sim por acreditar que para que o país desenvolva o seu povo tem de estar devidamente habilitado, pois é essa a maior força motriz do desenvolvimento.
    É verdade que se trata de alguém que até este momento não ocupou qualquer cargo político, mas não devemos assustar-nos com esse facto mas sim apoiar este cidadão ao invés de outros que ocuparam o poder em diversas áreas e pouco ou nada fizeram, a população não deve ter receio da mudança pois não podemos deixar o país sofrer como tem vindo a sofrer.
    Apoiarei este candidato na esperança que os ventos da mudança tragam uma nova história para STP, pois no final todos vós irão concordar comigo, uma vez que quanto à um ponto estamos todos de acordo e esse ponto é o de que todos queremos um país melhor, com mais escolas,hospitais,desenvolvimento económico, com mais equidade social e mais feliz. Ao desejar o melhor não podemos insistir em mais do mesmo e apoiar os erros do passado, por isso apoiemos este filho de STP não tenham medo da mudança.

    • Zumbakuê

      4 de Março de 2011 as 7:45

      De facto são palavras bonitas.
      Mas meu caro, pelo discurso, não SÃOTOMENSE.
      O senhor FERREIRA, foi encomendado.
      É mais um emplastro.
      ehehehehe

  37. Fabiano Seitas

    27 de Fevereiro de 2011 as 18:10

    GIKA SIMAO PARA PRESIDENTE. STP IA MUDAR DO DIA PRA NOITE!

  38. Mina di Célivi

    27 de Fevereiro de 2011 as 18:27

    Este Liberato Moniz é outro Nilo Guimarães, mas não ha maka!
    Tens cumbú pra gastar? Nós stá aqui pá cumé!
    É por isso que este Liberato começou a patrocinar um programa na TVS intitulado ” Nós por Lá”…
    Queres ser presidente???? Ok, eu também quero!

    • Jaka Doxi

      28 de Fevereiro de 2011 as 9:55

      Porque que Mina di Célivi não patrocina um programa também?
      Invejoso.

    • kimi-kimi

      1 de Março de 2011 as 0:03

      Mina di Célivi:

      Se estas a espera do dinheiro do liberato para comer na campanha, podes esperar sentado porque só os candidatos corruptos com rabo preso é que compram conciência.
      o rapaz está mais limpo que agua xelélé!!!
      Olha porquê que tu não patrocinas o programa “vungu doxi” da TVS? Ou então bulauê pastelim?
      Cada um é livre de fazer aquilo que quer, deixa de olho gordo e consciência suja!

  39. Ze Maria

    27 de Fevereiro de 2011 as 19:35

    Meus queridos,
    O país precisa de um Líder e não de um oportunista.
    Qualquer cidadão acima dos trinta e cinco anos pode ser presidente.Entretanto, é essencial que tenha uma vida política pregressa. O povo conhece esse senhor? Desde quando? O que fez ele para ajudar o povo quando mais precisou dele (nas tentativas de golpe de estado). Ele mediou o quê? Qual é o seu histórico?
    Pôvôê, biliwêô!!

    • Augusto Ferreira

      28 de Fevereiro de 2011 as 8:21

      Caro Zé Maria
      Acabei de ver o teu comentário e porque segui de perto o problema do golpe de estado devo vos dizer que o Liberato Moniz foi a pessoa que mesmo estando no estrangeiro falou com quase todos os membros do golpe, arlécio, cobó e o próprio fradique para encontrar uma forma digna para acabar com tudo.
      Julgo que podes mesmo confirmar com os então ministros e ministras e mesmo com os golpistas porque uma vez vi-o no aeroporto de são tomé a falar com cóbo.
      Mesmo assim, tu também mesmo que ainda não tenhas feito nada podes também ser candidato. Força vamos alterar as coisas e deixar de inveja e má língua.
      A mudança é dificil mais temos que conseguir

      Viva STP de todos

      • Fernandes Boca

        16 de Março de 2011 as 12:09

        Mentira pura!!!!

  40. Augusto Ferreira

    28 de Fevereiro de 2011 as 7:17

    Amigos, filhos de São Tomé e Príncipe
    Estou a acompanhar este belo debate sobre a candidatura do Arquitecto Liberato Moniz a presidência, julgo que tem sido muito interessante e por isso quero deixar aqui a minha opinião.
    Aqui em S.Tomé todos os partidos sabem o que se passa no terreno. Eu proprio fui encarregado para seguir umas reuniões do candidato e a verdade é que as reuniões têm corrido muito bem e o mesmo com os seus cartões de agenda tem sido muito bem recebido. As pessoas dizem que querem gente nova e jovem para mudar o país e por isso estão aceitando o rapaz que até reuniu com instituições religiosas aqui na terra.
    O rapaz tem tido um discurso bonito dizendo que defende um governo de estabilidade de quatro anos e presidente que trabalhe em conjunto com o governo independentemente do partido que for (o que realmente nos falta), defende que nós em são tomé e príncipe deviamos ter um passaporte que nos permitisse viajar quando quissermos (pelo menos nos países de lingua oficial portuguesa) porque somos muito poucos e não temos influência no mundo, defende apoio aos emigrantes que querem ficar ou regressar ao país, defende que temos que ser um país credível, que temos que dar todas as condições aos orgãos de justiça para trabalhar, que a imunidade parlamentar não é para bandidos como tem acontecido no país.
    Outro ponto importante, porque sou jovem que o mesmo defende é a protecção dos jovens que hoje praticamente não fazem nada no país, fala de trabalhar com o governo para criar empregos e dar ocupação aos jovens e ouve conselho das pessoas nas várias zonas onde passa.
    Esses pontos eu os ouvi nas reuniões de água grande, mé-zóchi e lobata.
    A ser verdade que o rapaz defende esses pontos o que em são tomé ninguém faz a não ser dar banho, o meu conselho a toda a gente do país é de pensarmos se na verdade não é altura de apoiarmos quem tem boas ideias e quer trabalhar de verdade ainda quando o mesmo diz, foi o que ouvi que o país precisa de um presidente independente e que trata dos os filhos da terra da mesma forma.
    Por mim mesmo sendo de um dos partidos influentes cá da terra caso não aparecer outro candidato jovem, com perfil e com esses pensamentos para o país ele terá o meu voto.
    Vamos esquecer os corruptos, as guerras entre os mesmos, a divisão só por ambição nos partidos e vamos apoiar quem merece.
    Vamos todos pensar bem e refletir porque o mundo esta a mudar e nós também temos que mudar.
    muito obrigado a todos e parabens a tela-nom por nos permitir esses debates, desabafos e opiniões.

    Pela mudança de mentalidade

  41. ambrosio silva

    28 de Fevereiro de 2011 as 9:37

    Compatriota Zé Maria vi o que Augusto Ferreira respondeu e, mesmo não sendo amigo previlegiado do Liberato Moniz tenho que dizer que o mesmo diz a verdade. Eu próprio já estive com ele e mais pessoas e ele confirmou várias coisas como:
    Falou com Fradique na Nigéria para dar a entervista na RDP – Africa e acalmar a situação e disse que foi o Ito Gomes na Nigéria que atendeu o telefone do Presidente e depois passou para ele tendo o presidente dado a entrevista a David Borges e que todos os sãotomenses ouviram
    Falou várias vezes com os golpistas para resolver o problema das senhoras que estavam presas sem tomar banho e tinha como apoiante directa em São Tomé a dona Lulu salvaterra que também ajudou a resolver o problema das ministras de então
    Falou com o Ministro Justino Veiga (amigo da altura) que na altura vivia numa das casas da presidência evitando que os militares atacassem a guarda da presidência para retirar de lá o ministro
    Conseguiu evitar que os golpistas fizessem barricada com os ministros no aeroporto com a chegada do presidente Fradique com Obassajo.
    Escrevo isso porque temos que dar mérito a quem tem e julgo que todos os protagonistas podem confirmar isso. Falo isso porque já estive várias vezes com o Liberato e alguns dos protagonistas a falar do mesmo caso e ninguém desmentiu. Como ve meu campatriota Zé Maria temos que falar o que sabemos e deixar do bota abaixo só porque não gostamos das pessoas e agora que me lembraste da história do golpe acredito mesmo que são pessoas como Liberato Moniz que precisamos a dirigir o país. Quem gosta da terra e das pessoas
    Digo mais o Liberato Moniz pode ser tudo mais quem o conhece sabe que ele é uma pessoa amiga, humana, ajuda quem precisa e não anda aí a dizer se ajudou ou não.
    uma abraço de mudança para ti e para todos

  42. madalena

    28 de Fevereiro de 2011 as 12:44

    Caros colegas!!
    Tive a sorte de ser aluno de muitos politicos neste país. A começar por Arlécio Costa, meu professor de educação fisica. Quando o mesmo vinha de Santo Antonio em alta velocidade, ao encontrar o portão da escola fechado, fazia um salto, que para mim estranho, pouco tempo depois fico a saber que estava em Africa do SUl como Mercenario.
    Liberato Moniz, professor de educação Visual… comentarios pra quê, bom professor competente mas gosta de alunas. No tempo dele piqui nique no Liceu???
    Sempre… Agora que moral tem para ser Candidato a presidente.
    Pode ser que agora tenha crescido moralmente, mas no nosso tempo era dos professores inquietantes para a Direcção e os pais. Certo!!!!

    • armendes

      28 de Fevereiro de 2011 as 19:20

      hahahaha,minha jovem madalena desculpe mas tenho que te dizer que a tua vida amorosa passada nada tem a ver com a politica.
      Quero te fazer saber que todos os homens bonitos e elegantes têm as suas pretendentes e presumo que foste uma delas perante a sua avaliação sobre o L.M.

      faço-lhe saber tambem que a sua vida pessoal não é para aqui chamada mas espero sim que faças uma avaliação digna do homem que é o L.M.

      Tenho a certeza que o L.M tem as costas largas para suportar todos os comentarios que nada dizem com a pessoa que ele sempre foi.

      abraços.

    • jaka doxi

      28 de Fevereiro de 2011 as 19:32

      Se calhar Madalena tambem Queria?
      Não conseguiu e agora esta nervosa.
      Deves ser muita feia.
      Abraços.

    • Desiré

      1 de Março de 2011 as 16:06

      Madalena, coitadinha de ti, de certeza que o professor Liberato Moniz não te dava confiança, agora a menina está revoltada….hihihi
      Revoltaste muito tarde nao achas? Um conselho: cresce e desaparece, se nao tens o que comentar nao comentes, deixa de ser mesquinha….
      beijinhos

  43. ambrosio silva

    28 de Fevereiro de 2011 as 23:28

    Essa Madalena deve ser daquelas que nunca conseguiu o que queria. Dor de cotovelo!!!!ahahahahahah
    Vamos lá é falar de coisa séria menina e não de palhaçadas de paixões perdidas.
    Vamos a política, as directrizes que o país precisa, apresentar soluções, alterar o que esta mal para vivermos com dignidade no país.
    Para besteiras e falar de vida privada é melhor ficar em casa a dormir sono dormido

  44. Matazele

    1 de Março de 2011 as 11:11

    A moral e etica!
    Professores que namoram alunas menores devem ser punidos.

    • kimi-kimi

      2 de Março de 2011 as 0:06

      Amigo ou amiga Matazele concordo contigo quando dizes que os professores que namoram alunas menores têm que ser punidas. Pelo que sei e estudei no tempo em que o Liberato era professor no Liceu o mesmo nunca namorou menores e todo o mundo em são tomé sabe que o mesmo teve duas namoradas no tempo em que estudava, uma da trindade e outra de santana que eram adultas e bem adultas. Se não estou no erro as mesmas têm hoje 45,46 anos de idade.
      Aconselho aos meus amigos e amigas deste debate não falar por falar porque no fim e como sempre os factos são factos.
      Com isso tudo só posso dizer que cada vez mais acho que Liberato Moniz é um bom candidato e será de certeza um bom e exemplar presidente da república.

      Cuidado com a inveja e de ser comprado para dizer besteiras

  45. Digno de Respeito

    1 de Março de 2011 as 11:19

    Até provar o contrário, o que todos dizem é verdade para quem diz. A verdade abissoluta é aquela que cada um de nós tem dentro da sua própria consciência.

    Quanto ao Arquiteto Liberato tenho a dizer-vos que tem um percurso aceitável digno de um cidadão que quer o bem social. Enquanto aluno na antiga Escola Preparatória e Liceu Nacional foi sempre bom aluno; enquanto professor de Educação Visual, foi excelente e bom delegado de turma, foi um dos activistas na JMLSTP, foi dinamizador cultural no País.

    A primeira curta metragem, aconteu em São Tomé entre anos 80/90 com o filme “ASSIM É A VIDA” de Liberato Moniz e Leopoldo (PôPô). Foi primeira e única experiência vivida que partiu de um grupo de jovens santomenses naquela época. Fora país, estudou Cinema, partipou e criou várias iniciativas á favor da Comunidade estudantil santomense Santomense na Europa. Por sua conta e risco, entrou com boas notas para o curso de Licenciatura em Arquitectura terminando com boas referências de um aluno notável.

    A favor de São Tomé e Principe participou no estudo sobre o Urbanismo em são Tomé e Principe ( o que me parece que ser de desconhecimento de muitos nesta plataforma ). Esse estudo, teria muita perna para andar, se soubessem aproveitar a capacidade do intelecto santomense. E nesse mesmo barco, andam muitos projectos relevantes feito por santomenses (que muita das vezes ignorados pelos decisores nacionais).

    Posso dizer-vos, que para fazer qualquer curso superior é muito difícil, sobre tudo, quando não se tem bolsa de estudo. E, Liberato Moniz conseguiu provar a sua dignidade nunca “chorando” nem lamentando para a Autoridade Nacional da sua mágoa (provávelmente). Por sentir na pele essa dificuldade, talvez seja a razão de apoiar aos que mais precisam e ajuda a criar uma Universidade em São Tomé.

    Agora pergunto, quantos tiveram esse feito em prol da nossa sociedade?!!

    E mais Liberato Moniz, enquanto profissional é exigente consigo e com os seus funcionarios e colaboradores e nunca os deveu qualquer mensalidade (seja trabalhador estrangeiro como santomense.

    Aliás, agora lembro-me que Liberato Moniz foi professor anos sucessivos de Aurélio Martins e algumas das figuras públicas da nossa praça… (Isso diz-vos alguma coisa?!!?

    O homem sacrifica-se para que todos se dêem bem. É obivio que o mundo de perfeição não existe e de “falhados” todos somos um pouco.

    “Quem nunca pecou, que lance a primeira pedra”

  46. Digno de Respeito

    1 de Março de 2011 as 11:20

    digo: verdade “absoluta” (…)

  47. kimi-kimi

    2 de Março de 2011 as 8:05

    Meus amigos de S.T.P nosso país não vai mesmo para frente devido ambição.
    Agora dizem que o Patrice Trovoada também quer ser candidato a Presidência??????
    Então o homem já não tem poder que chega? O homem não é primeiro ministro para governar e tirar o povo da miséria? Ou o homem quer é comprar o país?
    Na minha opinião é que se p homem for candidato é porque o homem não gosta nem nunca gostou do pa´si e do povo de são tomé e quer só o poder para andar a brincar com os seus amigos africanos que agora estão a cair aos poucos.
    Vou ficar a espera e a creditar que o homem tem bom senso e quer mesmo ajudar o país e apoiar um Presidente que traga paz para a nossa terra.
    Fora com os bandidos e corruptos do nosso país. Chega, chega, chega, chega meus amigos não podemos continuar a fazer de cegos só porque somos pobres
    Como diz jaca doxi……..Fui

  48. Clinton

    2 de Março de 2011 as 11:19

    A parte negativa vem sempre a baile. Candidato ao alto magistrado da nação, devia ter dó e piedade de adolescente no liceu.
    Investiguem!!
    Que moral tem para ser presidente !!

  49. Matazele

    2 de Março de 2011 as 11:26

    Quando é que viu alunas de 8ºano maiores de idade!!
    Se não tem conhecimeto, pergunta?
    Agora, acho da minha modestia forma de pensar que estamos a provocar debates, e cabe o mandatario preparar o candidato, caso estas coisas venham ao publico. MAs sobre o outro comentario, que vi aí, os professores deviam tratar todos de igual por igual. Os traumas ficam para sempre. Foi de facto, charme, amor ou assedio sexual?
    Comentam

    • jaka doxi

      2 de Março de 2011 as 20:30

      Caros Matazele e <clinton.
      Meus amigos não sabem o que dizem.Se estão a pensar que com estas falsas acusações vão distrair o povo de São tomé e Principe estão muito enganados.
      O Liberato pelo que ouvi dizer é um homem com postura que sabe o que é bom e mau.
      Se quiserem perguntem a pessoas serias do meu mlstp-psd e dos nossos amigos do pcd quem é o Liberato Moniz.
      Ele nunca praticou tais aberações que os senhores andam por aí a apregoar.
      Digo mais.
      Se tiverem coragem mostrem a cara e faz estas acusações de forma pública que concerteza o arquitecto vai vos responder sem mágoas nem odios,porque ele como filho humilde deste nosso país sabe que nesta altura do campeonato os opositores como os senhores vão inventar coisas para manchar a sua imagem.
      Vocês mais do que ningem sabem que o Liberato Moniz nunca foi um corrupto neste país e sempre colaborou na medida do possível para o desenvolvimento deste país.
      Pergunte ao Pinto da Costa,Maria das Neves,Miguel Trovoada,Rafael Branco,Elsa Pinto,Fradique de Menezes e tantos outros ex dirigentes deste país o bem que o arquitecto fez a quando dos sucessivos golpes de estado em São tomé e príncipe e noutras situações em que o país precisa.Graças ao liberato Moniz não houve banho de sangue no nosso país.
      Lembra-se quando os golpistas obrigaram Miguel Trovoada a tomar banho na gamela?
      Vocês sabem bem do que estou a dizer.
      Portanto não inventem coisas,pensando que assim vão denigrir a imagem do Liberato Moniz.
      O rapaz é jovem e tem tudo para ser o verdadeiro presidente que o país precisa nesta altura de campeonato.
      Por curiosidade Estive numa reunião que ele promoveu aquí na terra e saí deste encontro muito bem esclarecido sobre as suas verdadeiras intenções para o bem de São tomé e príncipe.
      E digo-vos mais:percebi neste encontro que o que o povo quer mesmo é gente limpa e sem rabo na estrada.
      O Liberato é sem dúvida escolha ideal para os desejos deste povo sofredor.
      Abraços.

    • Desiré

      2 de Março de 2011 as 22:13

      se não tens o que escrver Matazela, o melhor é nao escreveres e contentar-se a ler os comentarios que ja fazes muito….
      Abraços

  50. Ambrosio Silva

    2 de Março de 2011 as 21:07

    Caros amigos e amigas deste forum
    Pelos vistos ninguém consegue indicar acções corruptas do suposto candidato presidencial Liberato Moniz e estão a tentar encontrar coisas que efectivamente não existem. Para mim isso já é ótimo para um candidato em que sempre acreditei e esperei que um dia assumisse o poder.
    Quando falam em casos de namoro com alunas menores porque é que não perguntam a a aquela namorada do mesmo de batepá e outra de Santana?
    Agora, falando para todos.
    Qual é a moral que os políticos e dirigentes de são tomé têm para acusar alguém de ter ou não namorado menores quando todos os dias temos menores grávidas de dirigentes que depois pagam os país para nºao dizerem nada a justiça.
    Liberato Moniz tenha força e coragem para acabarmos com esses bandidos e pedófilos fazendo com que a justiça funcione.
    Temos é que mudar o país e euacredito que tu és um polótico de eleição.
    Sempre me falaram de ti com respeito dentro e fora do país, vais ser com trabalho e ajuda de todos nós são-tomenses a razão de todos sentirmos orgulho dos nossos dirigentes.
    Vamos respeitar os dirigentes do passado mais vamos promover dirigente cultos, com competência e vontade de ajudar a mudar o que está mal.
    Aos amigos da feira de má língua acho melhor irem procurar os seus amigos, Pinto da Costa, Maria das Neves, Elsa Pinto…para os dizer que o país vai mudar e vamos ter um país bom para todos e não somente para uns como acontece hoje.
    Força Liberato, continua assim firme, sério, elegante e pronto a ajuadar-nos a mudar o país.
    Como conselho ainda aos amigos de má lingua convido-os a trazer para debate projectos para S.T.P

    Força para todos

  51. kimi-kimi

    3 de Março de 2011 as 6:23

    Força Liberato Moniz,
    Esta provado que és mesmo um forte candidato. Candidato para mudar o país e ajudar esse governo que eles já querem deixar cair. Podes contar com os filhos humildes da terra para mudarmos o país e acabar com aqueles que só sabem ser dirigente comprando o povo com banhos falsos enquanto o povo fica mais pobre, sem escola, sem hospital, sem energia, sem estradas, sem agua e sem pão.
    Força juventude de san tomé e príncipe vamos ajudar o Liberato Moniz e o governo de patrice a correr com esses corruptos para fora da política do país.
    Vamos vencer e ajudar a mudar e melhorar o país.
    Da minha parte convido todos os jovens do país a não ficarem parados a ver esses bandidos a destruirem a nossa terra

  52. Digno de Respeito

    3 de Março de 2011 as 21:23

    Acho que há assuntos muito mais importantes que alguns aqui injuriosamente (talvez) vêm à superfície. Exemplo: Desde quando viram Liberato Moniz numa “tasca de ginginhas”?! Nem em São Tomé muito menos em Lisboa….

    Apenas para exclarecer que o trabalho de arquitetura, é tão exigente quanto muitos outros. Requer, juizo, concentração, rigor, perfeição e estética (acima de tudo). Logo, não me parece que essa imagem cole a pessoa em questão. De contrário, acredito que não ganharia concursos….

    O estudo sobre o Urbanismo realizado entre 1996-1997 ( não recordo bem ) contou com colaboração e parecer de alguns quadros nacionais( Arq. Liberato Moniz, Arq. Olímpio e Celso) e estrangeiros. Tal estudo, nessa altura deve estar numa das gavetas entre o mundo dos desconhecidos. Mas, partiu no âmbito do acordo do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) PT/STP.

  53. jaka Doxi

    3 de Março de 2011 as 23:50

    Iném má uê má boca na ca bila flá fou?
    Kua cu dá?
    Décinem!
    Resumindo e concluido percebe-se que as pessoas que andaram a criticar sem fundamento o Arquitecto Liberato Moniz estão disorientados porque temem a victória do Liberato nas eleições Presidênciais.
    Mas meus amigos quando o povo quer não há volta a dar. è melhor começarem já a habituar a nova realidade Santomense.
    O resultado das proximas eleições vai ser determinado pela força da mudança e da Juventude Santomense sejam eles do ADI,MLSTP-PSD,PCD e MDFM.
    Pelos comentários acima,verifico que o povo Santomense está farto das velhas raposas que só pensam em destruir o nosso lindo país.
    Abraços.

  54. Zumbakuê

    4 de Março de 2011 as 7:46

    corrijo, não é Sãotomense. Foi encomendado

  55. Trafico de influencia

    4 de Março de 2011 as 10:51

    Matazele e Jaka Doxi!!
    ambos têm razão.
    Pergunta ao Liberato se conhece alguma Linete???
    E deixem de afirmações que não podem provar.
    Ninguem é santo, por ele tbém não é

    • ambrosio silva

      4 de Março de 2011 as 22:57

      Amigos de São Tomé e Príncipe, amigos da mudança,
      felizmente para S.T.P o candidato Liberato Moniz pelos comentários tidos, como diz jaca dóxi possui apresenta-se com um perfil correcto e digno de vir a ser um presidente que possa dar e servir de exemplo.
      Em relação ao amigo com ou sem trafico de influência (pelo nome deve ser corrupto) estou certo que o Liberato Moniz deve concertteza conhecer Linetes, Anetes, Marinetes, Finetes, Marias, Joanas e muitas outras mais assim como muitos outros santomenses devem igualmente conhecer.
      Quero vos dizer com sinceridade que o mais importante é falarmos da mudança que o país precisa e como o devemos fazer.
      Parem de tentar prejudicar os outros por inveja, olho gordo e deixem de ser paus mandados dos candidatos com curriculo sujo ou que nada fizeram pelo país.
      Viva a juventude competente e viva a mudança.
      Que venha nova luz para o país

    • kimi-kimi

      5 de Março de 2011 as 8:58

      Aaaaahhhhaaaahhhhaaahhhhaahhhh… ainda bem que o homem conhece mulheres e não homens.
      Candidato macho como deve ser.
      Isso é só dor de cotovelo, devem ser uns bons cornudos. cresçam e apareçam e digam coisa úteis para discusão
      Força Liberato Moniz a já muito tempo que não aparecia na política de S.Tomé político forte que não fosse dos partidos MLSTP ou PCD.
      Agora temos um, és independente e vamos apostar em ti para ajudar a mudar as coisas cá na terra
      Vamos vencer os parasitas da política

  56. joão honesto

    4 de Março de 2011 as 12:13

    O meu amigo Liberato devia ser um pouco mais inteligente e desistir a tempo vão comer todo teu dinheiro e ainda vais morrer de nervo estas a ver o PCD? Andou a sustentar 30.000 durante 4 anos uns eles pagavam 700.000,00 mil dobras e outros 1.500.000,00 por semana e sabes quantos votos eles tiveram nas urnas nestas eleições 17.000 votos.
    Quanto maxi bu !!!!!!

    • ambrosio silva

      4 de Março de 2011 as 23:09

      Amigo honesto,
      pelo seu comentário deves ser desonesto, incompetente e medroso!!!!!
      Desistir daquilo que acreditamos é desistir da vida e nesse caso de querer ajudar o povo de S.T.P.
      Assim, em vez de aconselhares o candidato a desistir devias também, com nome verdadeiro vir também a luta. Ou és um deles com nome falso?
      O dinheiro não é tudo na vida, veja como os políticos têm comprado a consciência do povo e veja como o povo esta cada vez mais pobre e mais miserável.
      Por isso amigo Liberato Moniz, seja exemplo para esse país de sofredores e nunca desistas de querer ajudar o teu povo.
      Da minha parte rezo e peço a DEUS que te proteja e ajude S.Tomé e Príncipe

      Força Liberato Moniz, a tua victória sera a victória de todos os filhos da terra

  57. Sun mamonó de úbua floli

    4 de Março de 2011 as 21:17

    Tens todos os requisitos de acordo com a lei santomense para candidatar-se a presidente da república, mas o que é de certo tens que deixar de ser arogante e de muito importante.
    Cumprimentar as pessoas, ter sorrisos rosto embora falso.
    Não te esqueças que eleição presidencial vota-se nos candidatos.
    Conte com meu apoio caso se mudares a sua forma de saber estar na sociedade.

  58. jaka doxi

    4 de Março de 2011 as 22:45

    Oh João honesto,deixa de ser desonesto.
    Se aconteceu com o PCD é porque o Pcd nunca pensou no desenvolvimento de São Tomé e prícipe.
    Agora não queiras comparar o arquiteco Liberato Moniz com o PCD.Até porque o que está em causa são eleições presidenciais e não legislativas.
    Sabe bem que quem deseja o bem para o nosso país não prática tais barbaridades que o PCD e o Mlstp-psd continuam a praticar em são tomé e Príncipe.
    E sabe porque que o PCD só teve 17000 votos?Porque o povo está a compreender aos poucos que quem dá banho não resolve o problema do país.
    Entendeu?

  59. Digno de Respeito

    5 de Março de 2011 as 18:20

    Acho que virtualmente queram discutir conhecer o desconhecido e acima de tudo, negar jungando o desconhecido em “cenas”.

    Como éque virtualmente querem fazer conhecer, marionetes, denetes, cotonetes, alfinetes, linetes e leonetes?!! Tal como Marias, existem muitas leonetes como alfinetes e pelo que me parece nenhuma dessas figuras abistratas têm “mentes” porque nete momentos e neste espaço acredito que seja o espaço previlegiado de se falar de assuntos específicos e concretos. Já basta o mar para devagar e lá, só se afoga quem quer ou quem arrisca-se a travessia. Mesmo assim, já é bom sinal por ser o acto de corragem para quem ao menos tentou ou experimentou.

    Bem haja a todos…

  60. Conde de Monte Cristo

    10 de Março de 2011 as 16:41

    Analisando os 124 comentários verifiquei que os comentaristas estão divididos em dois grandes grupos: Um dos que cegaram pela influência do antigo regime e que obsecados pelo brilho da escuridão já não querem ver e outros miupes que se esforçam para abrir os olhos para compreenderem e entenderem o que é realmente a democracia e que que modelo ou estilo precisariamos para STP para formação de um estado novo.
    Apercebi que existe duas grandes correntes que dominam o universo intelectual do homem santomense: A corrente filosófico e poético-literário e a corrente fanático-político- politiquice.
    E finalmente compreendi que realmente os santomenses pouco ou nada gostam da Matemática.
    Por isso, muito humildemente, uma vez que também não sou bom neste domínio, gostaria de fazer uma análise matemática (se é que é matemática) acerca das candidaturas às presidenciais de 2011.
    Vejamos os possíveis candidatos: Maria das Neves, Elsa Pinto, Pinto da Costa e Aurélio Martins, do MLSTP/PSD, Francisco Rita e Filintro Costa Alegre!? do PCD, Carlos Bené do MDFM/PL! e Liberato Moniz o independente.
    Vamos aos cálculos: 4 Candidato do MLSTP/PSD
    2 candidatos do PCD
    1 candidato do MDFM/PL
    1 candidato independente
    São oito candidatos mais que representam apenas quatro candidaturas: 1 do MLSTP/PSD, UMA do PCD/GR uma do MDFM/PL
    e uma Independente.
    MLSTP/PSD – 4=á 1 isto é dos 4 só resta 1.
    Pinto da Costa com todo o respeito já não se deve falar neste indivíduo (próprio Rafa disse que é carta fora de barralho).
    Maria das Neves- Voçês se lembram ainda dos títulos do tesouro do seu marido? lembram do GGA? Lembram ainda de um fundo que deram a agricultura que foram escandalosamente distribuídos por ela numa sexta feira antes do início de uma campanha já passada tomando apenas nomes das pessaos com lápis numa ponta de papel e que ela resolveu chamar de Crédito aos Palaiês e Pequenos Agricultores? Voçês se lembram que ela também tomou as roças nas mãos trabalhadores? É por isso que ela está sempre na igreja a rezar a favor dos pobres!
    Elsa Pinto- parece seria, mas olhando para com quém ela anda, para com quém ela trilhou caminhos durante todos esses anos fica pouco a desejar. Temos que acreditar nos velhos ditados – “Diga com quém tu andas direi quém tu és”.
    Aurélio, jovem dinâmico, empreendedor e sonhador. É o único jójó do MLSTP/PSD que ainda está limpo. Mas eles mesmos vão já colocar-lhe o lixo até o pescoço até que ele caía por terra.
    Francisco Rita- Ajuntou com o seu imão Agostinho e a sua irmã pique e faliu o seu próprio banco. Em breve falirá a ENAPORT.
    Filinto Costa Alegre- quando ouvia falar nesse senhor até fazia pensar em indivíduos como Amilcar Cabral, Agostinho, Samora e outros. No fundo verifiquei que o mesmo não passa de um fanfarão elitista e covarde. É ele uma das causas maiores do fracasso do PCD/GR partido criado pelos seus irmão e familiares e que o mesmo não tem dado grandes contributos. Depois aparece aqui com tretas de um homem muito intelectual candidato independente! Que candidato independente o senhor é? É melhor continuar quieto acentado lá no seu banco.
    Liberato Moniz- Arquitecto,jovem dinámico, estudioso, educado, sincero, honesto e generoso. Elegante,(o que muitos confudem com a arrogância)mas humilde. Nunca fez parte da classe política santomense. Homem limpo para o tempo novo. Tem sentido de estado e está preocupado com situação política nacional e internacional, com a imagem de STP dentro e fora do país ( que tem sido até aqui uma vergonha).
    Desta análise podemos concluir que só existe duas pessoa com perfil para se candidatrem: O professor Liberato Moniz ( não me entendam mal)e seu aluno Aurélio Martins (também não me entendam mal.
    Mas por questão de respeito, de ética, de oportunidade em que cada um deve esperar a sua vez, penso que Aurélio Martins devia apoiar o seu professor quer ao nível humano quer ao nível material e financeiro, porque o que está em causa é a vida do povo e o desenvolvimento de São Tomé e Príncipe. Feito esses cálculos penso que só haveria um candidato às presidenciais de 2011 :”O Arquitécto Liberato Moniz” Todos deveriamos reunir a volta desse candidato que não é candidato de ninguém, nem de nenhum partido, para concluirmos de mudança que vem sido operado no nosso país e no mundo. Homem novo, sangue novo, estado novo, povo novo!
    Viram como sou bom a Matemática!

    • Desiré

      16 de Março de 2011 as 14:45

      sim sim sim….fico feliz em saber que ainda ha saotomenses com uma boa memoria….sim senhora gostei do comentario…

  61. jaka doxi

    15 de Março de 2011 as 23:20

    Obrigado por este grande comentário.
    Está tudo dito.
    O povo quer mudança e é isto que vai acontecer.
    Abraços.

  62. africana linda

    16 de Março de 2011 as 12:49

    isto sim é um comentatista verdadeirament6e santomense. devo dizer te que concordo com tudo que dissaste principalmente no ponto em que deviamos todos apoiar o Liberato Moniz, visto que temos que colocar como representatante e dirigente pessoas com uma mente jovem.
    mas não digo ele será o melhor dos outros que estiveram neste cargo mas poderá fazer algo para limpar esta imagem tão suja que SÃO TOMÉ hoje tem internacionalmente. gostaria muito de ver um pouco do são tomé em que os meus avós tinham orgulho e falam com tanta satisfação.
    Mas por agora quero pedir que por favor vejam o caso das bolsas dos alunos que estão tanto no brasil como em Portugal ou em outros países. desde fevereiro que ouço que vão pagar as bolsas, e hoje dizem me que está em previsão de “esta semana” “esta semana”, mas será que este dia nunca mas vai chegar?? temos que acabar com a imagem de que os santomenses só falam de boca pra fora. temos que começar a cumprir as promessas.
    espero no futuro que se oLiberato Moniz ganhar a eleição seje diferente e cumpra com as suas promessas e deixar nos orgulhosos do nosso SÃO TOMÉ E PRINCIPE.

  63. Lúcia Pires

    13 de Abril de 2011 as 9:48

    Antes de mais gostaria de parabeniza-lo pelo excelente trabalho que tem vindo a desenvolver com os jovens estudantes e não só…
    Um dos pontos fundamentais para a victória eleitoral é a ênfase no tema mais decisivo:A visão sobre o Estado.
    É por uma dada visão de Estadoo , que uma candidatura à Precidência de República vence. Esse é o ponto chave.
    Aí está uma candidatura com sentido de Estado!!
    Tem passado ,é um homem honesto,competente,abrangente,ponderado,sensato,culto.Conhecedor da realidade S.T.P. e não acumula”TACHOS”…
    O nosso País precisa de gente assim!
    O Povo ainda não sabe mas precisa muito de homens como o senhor,capaz de representar S.T.P. com serenidade e com seriedade.Continue a lutar com os mediocres,os egoistas,os oportunistas,sempre sem insultar e com a pedagogia propria de um grande Humanista.Somos todos Filhas e Filhos D`Africa vamos apoiar quem está disposto a mudar a nossa África para alcansarmos futuros rizonhos,ao invés de falar mal e abordar coisas que não precenciamos,porque ouvimos uns e outros a dizerem,acabemos com essa nossa mania.No mundo ,de mãos dadas LUTAREMOS. Que Deus lhe abençoe.

  64. jaka doxi

    26 de Abril de 2011 as 20:54

    Por este andar a victória é certa.

  65. luis monteiro

    26 de Abril de 2011 as 23:57

    Amigo candidato Liberato Moniz,
    Quero igualmente felicota-lo pela coragem, bravura, serenidade e amor que tem pelo povo do nosso país.
    Eu acredito nos jovens e logo acredito em vossa excelência pelos trabalhos que tem desenvolvido em prol do nosso s.tomé e príncipe
    Força, Coragem, seriedade, responsabilidade e muito trabalho
    Vais vencer e ajudar este governo a melhor o nosso país.
    Se no governo tiver que não quer trabalhar mandamos os mesmos para casa mais vamos estabilizar o nosso jovem país

    • jaka doxi

      5 de Maio de 2011 as 21:42

      Coragem e bravura.

  66. kimi-kimi

    28 de Abril de 2011 as 3:52

    Vim hoje novamente a esta pagina e quero dar os parabens a Liberato Moniz por ter consiguido despertar tanto interesse na população. Conseguir tanto comentário, cento e tal comentários num jornal digital e onde a internet não funciona como deve ser e ter tantas pontuações é porque é uma pessoa que se gosta e quem não gosta não fica indeiferente.
    Se o homem tivesse dinheiro dos trovoadas e dos Fradiques ou dos rafas, Pintos…. o hoemm já era um vencedor das próximas eleiçoes.
    Parabens Liberato Moniz

  67. maria castelo david

    1 de Maio de 2011 as 14:50

    olá
    apesar da arrogancia toda e o nariz impinado se for bom para s.tomé estou de acordo apesar de ser muito jovem mas não interessa agente quer é alguem que ponha o país de pé. maria castelo david

  68. Mario Pinto

    3 de Maio de 2011 as 15:58

    siga em frente

  69. jaka doxi

    5 de Maio de 2011 as 20:35

    Força Liberato.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo