Política

Xavier Mendes já é Presidente do PCD

Sem surpresas, Xavier Mendes, foi eleito por aclamação como Presidente do Partido da Convergência Democrática no congresso do último fim-de-semana. Prometeu revitalizar o partido para conquistar o poder.

Fragilizado após derrota nas eleições legislativas de 1 de Agosto de 2010, o PCD procurou no congresso do último fim-de-semana, reanimar as suas forças para enfrentar os desafios que se avizinham. Única lista a liderança, encabeçada por Xavier Mendes, foi a solução encontrada pelos militantes para conduzir os destinos do partido.

Delfim Neves, e Filomena dos Prazeres são vice-Presidentes, enquanto Arzemiro dos Prazeres, vulgo Bano é Secretário-geral tendo como adjunto António Dias.  O Novo Presidente do PCD, prometeu enfrentar dificuldades para colocar o partido na senda da vitória. «Tudo farei para estar a altura das vossas legítimas expectativas pois as esperanças de um PCD de novo vitorioso são o que a todos anima. Tenho consciência de quão penosa são as dificuldades a enfrentar e as soluções a encontrar, mas o fervor que me anima e a vontade militante de servis são com certeza atributos suficientemente fortes para ter confiança num futuro mais risonho para a toda família pcdista», afirmou Xavier Mendes.

O novo líder da segunda força política da oposição, defendeu a paternidade do PCD em relação ao chamado movimento da mudança. «Se somos nós os legítimos progenitores desse movimento (mudança), porque é que hoje querem nos usurpar tal paternidade?», interrogou.

A ADI no poder se apresenta como a principal força da mudança. O PCD não concorda e lançou críticas ao governo. «O país está mal. O custo de vida sobe galopantemente todos os dias. O poder de compra das populações está cada vez mais reduzido. Os nossos pequenos agricultores vivem momentos dramáticos de sobrevivência fruto de uma seca prolongada que não há memória. O Governo ao invés de continuar os esforços que vinham sendo feitos, para reverter a situação e dar mais alento a esta classe dos trabalhadores agrícolas, que hoje estão entregues a sua sorte, nada faz e nem apresentou um programa credível para reverter o quadro, anunciando com ligeireza que espera alguma melhoria neste sector apenas em 2012», declarou o Presidente do PCD, para depois acrescentar que «o Governo tem-se mostrado incapaz de inverter este quadro degradante e anacrónico. Continua com vagas promessas como se governar se tratasse de uma continuação das campanhas eleitorais».

Xavier Mendes prometeu uma oposição responsável, para os próximos 4 anos. «Hoje temos um governo minoritário, com graves problemas de governação. Mas o PCD como a segunda força da oposição, fará uma oposição responsável com sentido de estado e responsabilidade», sublinhou.

As eleições presidenciais previstas para o segundo semestre de 2011, estão na agenda do PCD. «O conselho nacional que se reunirá muito brevemente para apreciar e aprovar uma proposta da nova comissão política, sobre a conduta a adoptar para as eleições presidenciais», concluiu.

Abel Veiga

.

    13 comentários

13 comentários

  1. benavides pires sousa

    28 de Fevereiro de 2011 as 9:39

    «Se somos nós os legítimos progenitores desse movimento (mudança), porque é que hoje querem nos usurpar tal paternidade?», interrogou.

    RESPOSTA: A mudanca nao está estagnada no tempo.

    voces foram pioneiros duma mudanca ha quase 20 anos, e o termo mudanca nao pode ficar-vos reservado ao uso, pois a vossa mudanca de outrora ofuscou-se por completa como passar do tempo, pelo que é legitimo qualquer um utilizar o mesmo vocábulo sim senhor, porque o dicionário de portugués nao foi reservado e rotulado ao partido pcd.

    satisfeito Xavier?

  2. Celsio Junqueira

    28 de Fevereiro de 2011 as 10:07

    Caros,

    Interessante será comparar o discurso do PCD de 2011 com o de 1991.

    E já agora, as receitas da época e o novo programa para 2011.

    Pelo menos a critica continua a ser igual a de 1991, os actores são outros, mas o palavreado é igual.

    O que os partidos têm de ver sobretudo os dirigentes antigos, que o cenário actual, as massas estão muito exigentes e muito mais escolarizadas que há vinte anos.

    Quero ver a nova atitude desta direcção, perante este cenário.

    Abraços,

    • joão honesto

      4 de Março de 2011 as 12:19

      Este ai é mais um pau mandado do Delfim
      Esperam quando as eleições chegarem que vai tomar as decisões vitais do partido quem adivinhem !!!!!!!!! DElfimmm viva Delfim dono do PCD e os outros seu meros empregados pra não dizer lambe botas

      • Celsio Junqueira

        5 de Março de 2011 as 19:12

        Caro João honesto,

        Tenho sérias dúvidas, mas o tempo é como o vinho, apura os bons e azeda os maus.

        O povo é supremo na decisão e no voto, tal como em Agosto, qualquer liderança depende e vive dos resultados eleitorais.

        Aguardo expectante,

        Abraços,

  3. Alberto Nascimento

    28 de Fevereiro de 2011 as 10:31

    e o Delfim Neves…

  4. madalena

    28 de Fevereiro de 2011 as 11:15

    Agora é normal que o senhor Xavier assuma as rédias do Partido. Os jovens estão na sombra a assistir o desenrolar das coisas.
    Embora não fosse o meu candidato, dou os meus parabens ao PCD. Partido da esfera do poder. Toda a vida mais 6 meses.

  5. lino

    28 de Fevereiro de 2011 as 16:01

    Mas que raio!!!
    São teimosos!!!
    Delfim Neves ..outra vez!??…
    Só mesmo em S.tomé.
    Quem disse que esse senhor tem estofo para essas andanças!?`
    Vocês é que são parvos…..ele dá a volta a todos aí.
    è formado em malandrice.
    astuto que nem lebre.
    boa sorte.

  6. lingapô

    28 de Fevereiro de 2011 as 17:01

    Sinceramente…!Vocês foram de Mudança.Agora com a vossa colagem ao MLSTP,vocês fizeram marcha oposta.Perderam grande oportunidade de se desembarasem dos DELFINS;BANOS;BRAGANÇAS e outros.O coitado do Xavier,não passa de uma marioneta nas maõs dos ditos cujos.

  7. sereno

    28 de Fevereiro de 2011 as 17:54

    bolas pá. è saturante. Vocês nunca deixam de falar em Delfim Neves? Isto é de facto a prova da maior inveja. Trabalhem, esforcem, vendam cabras como fez ele para terem alguma coisa. Se calhar muitos de vóz que falam isto são os que estão sempre a porta dele. Nao é compreensivel isto. Delfim Neves é o unico que tem dinheiro no país.È burrice de vosso lado pq estao a valorizar mto o homem. Parvos…

  8. J. Maria Cardoso

    28 de Fevereiro de 2011 as 21:03

    Nova roupagem na Mudança? É para valer? Sinais dos novos tempos neste consenso ensurdecedor da família PCDista a volta de Xavier Mendes? Ou simplesmente agenda cronológica?
    A ver vamos!
    Ao António Dias, o eleito Secretário-Geral Adjunto do PCD, um fraterno abraço.

  9. jaka doxi

    2 de Março de 2011 as 21:22

    Credo.
    Quase niguem comenta coisa de PCD?
    Fui

  10. sara

    16 de Março de 2011 as 9:19

    Não se comenta pk não tem comentário para um partido como PCD e com gentes que só passa a fazer malandrice…….. riso

  11. jaka doxi

    17 de Março de 2011 as 18:16

    Só este número de comentários?
    Credo.
    PCD está mesmo na rua das amarguras.
    Fui

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo