Política

Presidente da República Fradique de Menezes investiu 7 novos membros para o Conselho de Estado

O órgão de consulta do Chefe de Estado para situações de grande instabilidade política, é composto por 14 membros incluindo o próprio Presidente da República. Mas nesta tarde Fradique de Menezes investiu apenas 7 membros. Rafael Branco antigo primeiro-ministro é o novo representante do partido MLSTP/PSD no conselho de Estado, assim como José Fret Lau Chong da ADI e Leonel d’Alva do PCD.

Os novos líderes dos órgãos de soberania, como o Presidente da Assembleia Nacional, Evaristo de Carvalho, o Primeiro-ministro Patrice Trovoada, e o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Silvestre leite, também foram empossados como conselheiros do Chefe de Estado.

Para além do Presidente do Governo Regional do Príncipe, o Conselho de Estado conta com presenças dos antigos Presidentes da República, nomeadamente Pinto da Costa e Miguel Trovoada, e três cidadãos idóneos designados pelo Presidente da República.

    15 comentários

15 comentários

  1. Buter teatro esquecido

    4 de Março de 2011 as 23:23

    Faltando cerca de seis meses para terminar o mandato, a sua excelência está a investir novos membros para conselho de Estado. Não é melhor fazer obras de recordação, para ajudar o povo e terminar o mandato com a cabeça erguida.

  2. lino

    5 de Março de 2011 as 10:57

    O sr. Fradique como presidente …não vai deixar saudades algumas.
    NADA!
    Fez miuta coisa…mas para ele mesmo.

    Coitadinhos de nós que tivemos fé e acreditamos nele e gentes semelhantes que por lá andam.

  3. Carpe diem

    5 de Março de 2011 as 21:24

    Pois é!!! Concordo de todo com os comentários dos meus conterrâneos…
    Lembro-me muito bem quando o Fradique de Menezes candidatou-se pela primeira vez às presidenciais, era praticamente desconhecido do mundo da política, mas com fortes ligações com o ADI e depois se sucedeu o que todos sabemos, badeou-se para o MDFM, onde é o actual “lider espiritual”. Naquelas primeiras campanhas o sr. afirmou categoricamente “o povo põe, o povo tira”, mas infelizmente somos muito ingénuos para tal…Não vi um feito digno de realce da parte do PR e agora que está prestes a deixar o poder impolsa 7 membros conselheiros. Pergunto: porquê? para oquê? No meu ponto de vista são mais 7 que vêem ganhar dinheiro fácil e sem grande esforços..coitado do meu STP..isso tem de acabar..que o Sr. do alto nos ajude..um bem haja à todos!!

  4. Madalena

    7 de Março de 2011 as 10:44

    Se calhar o Presidente quer fazer meia culpa.
    Com Libia de rastos, os bens congelados se a moda pega!!
    Pode ser uma forma de responsabilizar so membros, dizendo:
    ” Voces estavam lá comigo!!”
    Adeus Presidente

  5. Madalena

    7 de Março de 2011 as 10:58

    Trata-se de uma equipa de futsal?
    Brincadeira!!
    Se os membros decidirem para o presidente continuar na Presidencia por mais 10 anos!!!
    Seria Bom!!!
    O que Del Rei

  6. Dizer Verdade

    7 de Março de 2011 as 11:19

    Tanta falação para não dizerem nada.
    Mesmo se por vezes quando se lê certos e dermonados comentários, apetece-nos reagir à alguns deles, ao mesmo hesitamos em fazê-lo pelo nível baixo, pretencioso e propagandista dos mesmos.

    Por aquilo que se sabe, porque conhecemos a nossa Constituição, o PR até já deveria ter dado posse à esses 7 membros do Conselho de Estado, isto é desde que a nova AN tomou posse e designou os 3 cidadãos edónios da sua competência, o mesmo que acontece em relação ao PR, e também desde que o novo Governo tomou posse bem como o novo Presidente do Supremo Tribunal de Justiça.

    Portanto, para aqueles que não percebem patavina disto, e que deveriam evitar comentários mentirosos, os 7 novos membros substituem os antigos.

    O Conselho deve estar sempre ao completo, porque nunca se sabe e vai daí que o PR tenha necessidade de o consultar ?! Portanto não é com qualquer outro objectivo que o PR tenha dado posse aos novos 7 membros do Conselho de Estado.

    Quanto aos eternos comentários que consistem a repetir sempre a mesma música – que o Fradique, como PR não fez nada, só aqueles que maldosamente forem cegos é que não veem aquilo que foi impulsionado pelo actual PR. Se não fosse pela sua eficácia talvez hoje as vossas famílias ainda estariam por aí a morrer às dezenas com a recrudescência do paludismo. E os transportes escolares ?! E o registo das crianças – talvez algumas de vocês – podem dizer que foram reconhecidos pelos pais. E o novo Liceu de Batepá ?! E a promoção de uma segunda ttransportadora aérea entre S.Tomé e Europa, que fez com que os preços dos bilhetes de avião fossem mais baratos?! E a construção de uma nova unidade hoteleira em S. Tomé. E os bancos todos que vieram instalar-se em STP?! E os estudantes todos que foram para Cuba e Brasil em 2003/2004?!

    É lá está um individuo aqui a querer pôr a VERDADE no seu devido lugar e isto por causa de alguns comentários infantis que alguns teimam em continuar a emitir sobre a pessoa do Sr. Fradique de Menezes.

    Por aquilo que eu conheço dele, ele não é um individuo que tenha medo de enfrentar qualquer situação. Os que falam da Líbia devem passar muito tempo em video-games!

    Só a verdade – DIGAM AS VERDADES !

    Abraços
    Dizer Verdade

  7. Madalena

    7 de Março de 2011 as 14:12

    O Rei vai nú

  8. Matazele

    7 de Março de 2011 as 14:14

    Há um ditado que diz:
    “Antes Rei uma vez que rainha Mil Vezes”
    Onde é que está o genero.

  9. Dizer Verdade

    7 de Março de 2011 as 15:27

    Madalena,

    mais madalenense que o PR Fradique não deve haver. Por aquilo que já ouvir o PR dizer, podes estar tranquilo – ele tem dito por aí que no dia 03 de Setembro, por volta de 15h00, ele já estará nos seus escritórios privados (da sua firma CGI LIMITADA) na ex-casa Auspício Menezes (que era seu tio).

    Quanto ao “REI VAI NÚ” – esses dizeres que já cheiram à naftalina não devem merecer qualquer comentário.

    Cmpts

  10. António Martins Gomes

    7 de Março de 2011 as 15:45

    Sinceramente, meu vizinho de Água-Telha-Presidente de todos os são-tomenses!!!!

  11. Dizer Verdade

    7 de Março de 2011 as 17:00

    Sr. António Martins Gomes,

    Caso PR Fradique não tomar conhecimento directamente desta sua “declaração de vizinhança”, encarregar-me-ei de lha transmitir, e estou a ver aqui qual irá ser seu comentário: que vizinho é este que só agora vem por aí com essa informação de vizinhança. Por vezes não podemos escolher os nossos vizinhos, mas por aquilo que tenho constatado ultimamente no nosso Presidente (e ainda bem que você o reconhece como Presidente de todos os são-tomenses) e ele até mudaria de casa ou de local quando se ele viesse a saber que pode ter um vizinho que só agora se manifesta como vizinho. Porque ele diria: viznhos como este eu dispenso….

    Abs.

  12. Matazele

    8 de Março de 2011 as 11:00

    “Dizer Verdade” a senhora escreve muito diferente em português.
    Estuda gramatica!
    Caso tomar, pode ser substituido por “caso tome”

  13. Matazele

    8 de Março de 2011 as 13:07

    Não pense que o Antonio Martins ao referir que o Fradique é seu vizinho, pretende estorquir moedas, antes pelo contrario. É sim vizinho pq Potó, monte macaco são aldeias vizinhas. Mas se quiser que eu lhe diga, Senhora Dizer Verdade, em nada se beneficiou ter um vizinho como Fradique. Pelo menos uma placa desportiva, uma biblioteca, um Cine club construiu. Fez sim sem projecto, um monstro na Vila da Madalena que ninguém sabe ao certo, se se trata de um colonato, ou coisa parecida.
    É uma afronta ter um vizinho destes.
    O nome Fradique, este é um jovem, operador de motosserra, cortou, pq mandaram cortar todas as jaqueiras da freguesia.
    Todas….

  14. António Martins Gomes

    9 de Março de 2011 as 0:01

    De antemão, muito agradecido Matazele-por antecipar na resposta ao peseudónimo (Dizer verdade).Você deve ser um dos amigos de infância…se quizermos das localidades de Potó; Monte- Macaco; Boaentrada; Desejada;Pedra-Maria; Água-Telha; Manhanço…ou da nossa Grande e querida Freguesia da Nossa Senhora da Madalena na qual eu fui baptizado. Repito- o Dr. Fradique de Meneses é meu vizinho sim, mas,mais conheço-o muito bem quanto os seus familiares. Na verdade, Dizer a verdade,nasci em Monte Macaco e,vivi uma fase estudantil com imensas dificuldades-imagina fazer um percurso Monte-Macaco-Cidade de São Tomé a noite e, ainda, por cima na qualidade de um trabalhador-estudante-trabalhava na roça e, sabe como? com o saco e ferro-Mesmo assim, tive um desempenho excelente (que pergunte ao Gaú ou Leopoldo filho do Sr. Vital). Actualmente, resido e trabalho em Cabo Verde e,tenho um grau de mestrado-é um mérito ou não? O meu singelo comentário aqui e neste caso em concreto, não foi e nunca terá objectivos outors, senão indagar essa atitude de o mais alto Magistrado da Nação São-tomense nos termos de num período de seis meses do fim do seu mandato investir sete novos Membros para o Conselho de Estado…Você, acha isso coerente em democracia? Olha,Dizer verdade, a subserviência, também é crime em democracia (…)!

  15. SANTOLA

    9 de Dezembro de 2011 as 14:38

    eu vos avisei antes mesmo do Fradique ganhar o primeiro mandato ………..agora ainda aqui a chorar ……

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo