Política

Primeiro-ministro promete tudo fazer para melhorar a qualidade de justiça

A luta contra a corrupção é um dos eixos do programa do governo de Mudança. Para tal o Chefe do Governo, considera fundamental que a justiça seja competente e eficaz. Patrice Trovoada que visitou as obras de ampliação do ministério público, disse que o executivo pretende dotar os órgãos da justiça de meios para cumprir com a sua missão.

Após visita as instalações do Ministério Público e da reunião com o Procurador-geral Roberto Raposo, o Primeiro-ministro, disse que a obra que vai estar concluída nos próximos meses, vai melhorar as condições de trabalho no ministério público.

Uma das provas do empenho do seu governo, em melhorar a qualidade da justiça no país. «O governo tendo a responsabilidade da política da justiça assumirá todas as suas responsabilidades para ver se a justiça no nosso país seja de melhor qualidade. Há infra-estruturas como este edifício que vai permitir aos procuradores trabalharem mais a vontade, há problemas de formação, há problemas financeiros, há problemas em relação a meios de investigação nomeadamente a possibilidade de escutas telefónicas, que é preciso podermos disponibilizar para que aquilo que a luta contra a corrupção e o fim da impunidade se torne realidade», declarou.

No entanto nos últimos tempos alguma tensão tem marcado o relacionamento entre o Governo, os Tribunais e o Ministério Público. Tudo por causa de processos judiciais em que o estado são-tomense, tem sido condenado a pagar vários biliões de dobras a entidades privadas.

O Governo que tem tido dificuldades para arrecadar receitas para alimentar o Orçamento Geral do Estado, é forçado por lei a abrir os cofres para pagar biliões de dobras a terceiros.

Por causa desta situação o governo, teve declarações pouco dignas para com um dos juízes do Tribunal. A reacção do sindicato dos magistrados judiciais, também foi dura. O Procurador-geral da República, entrou na discussão. Os Juízes voltaram a reunir e reagiram de forma áspera contra o governo e o Procurador-geral. «É bom que se evite a tensão. Os actores do sistema sabem perfeitamente que isto está mal. É verdade que quando se quer corrigir há resistências, mas acho que a inteligência e o mandato que temos todos é quando algo está mal, corrigir sem tensão, com coragem diálogo e competência», referiu Patrice Trovoada.

O Chefe do Governo pediu unidade de todos para tirar a justiça são-tomense do lamaçal em que alegadamente está entalado. «Penso que todos os actores, os tribunais, o governo, o ministério público, a ordem dos advogados e os são-tomenses querem é que se resolva os problemas da justiça. Não há espaço para tensões, mas sim espaço para sentarmos, analisarmos as situações, realizar as inspecções tirar as consequências dessas inspecções, sejam quais forem desde que vão no sentido de melhorar o sistema», frisou, o Chefe do Governo.

O Ministro da Justiça Elísio Teixeira, acompanhou a visita as obras do Ministério Público.

Abel Veiga

    5 comentários

5 comentários

  1. Buter teatro esquecido

    18 de Março de 2011 as 9:02

    Na verdade, eu preciso de uma justiça mais com menos impunidade.
    Mais o certo, é, o Primeiro Ministro não faz nada para extração do Petróleo.É de reaçar, que o petróleo dá muito dinheiro,mais espero que não continua sendo fonte de riqueza somente dos senhores políticos.

  2. Obama

    18 de Março de 2011 as 10:20

    Esse senhor Patrice devia ter vergonha na cara quando fala da Justiça. O senhor deveria ter demitido o seu Ministro Varela aquando do caso dos 30 mil barris de petróleo que ficou em “banho maria”. Até hoje n se sabe quem tem razão, o que levou o Varela a fazer esse comentário, o porquê do PM n se ter pronunciado sobre o este tema, a reacção do senhor Procurador Geral da República, enfim…estamos metidos num País de impunidade.
    Os senhores só sabem falar e n dão exemplo. Esse tipo de discurso, politicamente é o mais correcto mas todos sabemos que na prática em nada resulta.
    Queremos mais acções e menos falar!!
    O Povo está cansado e farto de discursos de “paleio”.
    Resolvam os diversos casos da nossa sociedade, STP Trading, GGA, caso D&D, etc, etc…
    Um bem haja ao Povo de STP!!

    • António Veiga Costa

      19 de Março de 2011 as 1:56

      Obama, você é um alienado. Você sim deveria ter vergonha na cara ao criticar o governo por falar da justiça.
      Quando aparece um governo que vem fazer frente à corrupção que impera nos orgãos judiciários, vem um cidadão fazer frente ao governo.
      Só sendo mesmo um alienado.

      • Obama

        19 de Março de 2011 as 11:40

        Meu caro,

        N vale a pena servir de advogado do diabo. Acho que neste espaço é para expormos as nossas ideias, situações de corrupção, da impunidade e de injustiça social que se verifica na nossa sociedade e n estarmos ai com demagogias…
        O que quer voce dizer com alienado?! Se calhar a carrapuça serviu-te!! Desculpa se feriu a tua sensibilidade.

  3. luisó

    18 de Março de 2011 as 13:20

    já agora aproveitam para melhorar os serviços de registo e notariado.
    pedi o averbamento de casamento numa certidão de nascimento, uma coisa na prática de 10 linhas e uma assinatura e demorou mês e meio a fazê-lo.
    eu sei que podia ter demorado 2 dias mas não entro em esquemas…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo