Política

A RTP – África e o sofisma de Patrice

Sendo rigorosamente certo que o Presidente do Tribunal de Contas incluiu a doca/mercado de peixe na lista de patrimónios do Estado concedidos, segundo ele, sem o necessário visto do Tribunal de Contas, o crime da RTP – África foi não ter reproduzido o sofisma de Patrice Trovoada.

Escrever n´areia

São de Deus Lima

A RTP – África e o sofisma de Patrice

A delegação da RTP – África em São Tomé esteve sob pressão directa do governo do Primeiro-ministro Patrice Trovoada depois da cobertura do relatório anual do Tribunal de Contas pelo jornalista Abel Veiga.

Revisitemos, com paciência e em pormenor, os factos:

no documento, apresentado no passado dia 18 de Maio, Francisco Fortunato Pires Presidente do Tribunal de Contas, assinalou avanços na administração e disciplina na Função Pública e, simultaneamente, denunciou ‘fenómenos inversos e preocupantes, tais como concessões de grandes extensões de terra e de infra-estruturas importantes do sector empresarial do Estado sem que os respectivos contratos sejam submetidos ao visto do Tribunal de Contas tal como determina a lei’. Lido o relatório e para que não restassem dúvidas, Abel Veiga perguntou se estariam em causa a doca/mercado de peixe, os mais de dois mil hectares de cacauzal no norte de São Tomé e o acordo de investimento turístico na ilha Príncipe. Francisco Pires retorquiu:

– Oh, senhor Abel Veiga! O senhor, como é da imprensa, está a facilitar-me o trabalho. Eu não preciso sequer de referir-me aos casos, porque são do domínio público. Só que em termos legais, ninguém, seja em São Tomé e Príncipe, seja em qualquer país do mundo sério, está autorizado a entregar bens dessa natureza a qualquer parceiro, sem que se cumpram as formalidades legais.

No Repórter das 18 : 30 horas, a RTP – África difundiu uma peça assinada por Abel Veiga na qual foi dito a dado passo: ‘ Recentemente, o governo anunciou que negociou a doca de peixe na ordem dos 3 milhões de euros. O Tribunal de Contas diz que não conhece o negócio.’

O Presidente do Tribunal de Contas foi ainda citado como tendo dito que os bens públicos continuam a ser delapidados de forma anárquica, com ‘graves anomalias’ detectadas em auditorias à Rádio Nacional, à Direcção de Registos e Notariado, à Assembleia Nacional e à Câmara Distrital de Cantagalo.

Na mesma noite, ao que pudemos apurar, o delegado da RTP – África em São Tomé, recebeu um telefonema do Primeiro-ministro questionando o teor da notícia.

Na manhã do dia 19, o delegado foi chamado ao gabinete do Ministro Secretário-geral do governo, Afonso Varela, que lhe exigiu um desmentido. Argumento: o governo não tinha negociado a doca, mas sim mobilizado investimentos privados na ordem dos 3 milhões de euros.

No Repórter desse dia, Abel Veiga assinou uma segunda peça com a seguinte abertura:

‘Em São Tomé e Príncipe está aberta a polémica em torno da doca de peixe. O Primeiro-ministro anunciou que já mobilizou 3 milhões de euros para dar outra utilidade à infraestrutura que foi construída com financiamento de Taiwan na ordem dos 5 milhões de dólares. O Tribunal de Contas diz que estão a acontecer fenómenos preocupantes na concessão de terras e infra-estruturas do Estado.’

A notícia citou textualmente o Primeiro-Ministro. Retomou as denúncias de Francisco Pires a ‘concessões de grandes extensões de terra e de infra-estruturas importantes do sector empresarial do Estado’ sem autorização do Tribunal de Contas e voltou a inserir Francisco Pires, em imagem e voz, afirmando desconhecer o ‘processo doca.’ A peça concluiu: ‘ No entanto, em relação aos factos relatados, uma fonte do Governo de Patrice Trovoada veio dizer que a Doca de Peixe ainda não está a ser negociada.’

Logo após a divulgação da peça no Repórter África, o Coordenador da TVS, Óscar Medeiros, transmitiu um recado do Primeiro – Ministro à delegação da RTP – África: ou haveria um desmentido formal ou o governo avançaria com uma queixa – crime.

No dia 20, no Repórter das 18 horas, a RTP – África apresentou a seguinte nota:

‘ Agora uma correcção de uma notícia por nós divulgada na quarta-feira, quando falámos do relatório do Tribunal de Contas de São Tomé e Príncipe: referimos que a Doca de Peixe tinha sido negociada, certo é que o Governo mobilizou investimentos privados para conferir ao edifício uma finalidade útil.’

É certo que em princípios de Maio, numa reunião do Conselho Nacional do seu partido, o ADI, o chefe do governo são-tomense anunciara terem sido ‘mobilizados investimentos privados na ordem dos 3 milhões de euros com vista a conferir ao edifício da doca/mercado de peixe finalidade útil.’

Certo é também que, em Abril, a Associação dos Economistas havia denunciado a decisão do governo de vender a doca/mercado de peixe a um grupo privado internacional, sem abertura de concurso público, como obriga a lei.

Da parte do governo, não houve qualquer desmentido ou esclarecimento.

À Associação dos Economistas, não foi exigido qualquer desmentido.

É igualmente certo que o processo de conversão da doca/mercado de peixe, ao que tudo indica, em supermercado, parece estar em andamento acelerado. Fontes bem informadas indicaram que a inauguração terá lugar  em Dezembro próximo.

A empresa gabonesa Ceca-Gadis, vocacionada para distribuição de produtos alimentares, terá contratado a Mota Engil, que construiu o edifício da Doca, para proceder às obras de requalificação em curso, como testemunham fotografias tiradas esta semana no local.

Outro indicador do avanço do negócio, foi a publicação de um anúncio de recrutamento no Jornal Expresso online, de Lisboa. Sob o título ‘Director de Loja/ Contribuir para a Expansão do Negócio’, o anúncio, diz que ‘(o recrutado) ‘terá um papel estratégico na expansão do grupo Ceca – Gadis, do Gabão. ‘ São exigidos como requisitos, formação superior ao 12º ano, experiência superior a três anos no sector da Distribuição Alimentar, fluência em Francês e Português e disponibilidade para fixar residência em São Tomé e Príncipe.(Para ler o Anúncio Clique – IMG )

O anúncio não foi colocado na imprensa são-tomense.

Recorde-se que após a recente visita do Primeiro-ministro do Gabão a São Tomé, a imprensa de Libreville informou que a empresa privada gabonesa Ceca – Gadis, iria abrir um supermercado em São Tomé e Príncipe.

« La Compagnie d’exploitation commerciale africaine et société Gabonaise de Distribution (Ceca Gadis), spécialisée dans la distribution de produits de grande consommation, va y ouvrir un supermarché.».

Sendo rigorosamente certo que o Presidente do Tribunal de Contas incluiu a doca/mercado de peixe na lista de patrimónios do Estado concedidos, segundo ele, sem o necessário visto do Tribunal de Contas;

não tendo o governo exigido, de Francisco Fortunato Pires, um desmentido;

sendo certo tudo isso;

lícito será perguntar se as pressões do executivo são-tomense sobre a RTP-África e a exigência de que fosse desmentida qualquer negociação, não estarão relacionadas com um alegado mal-estar de Taiwan, o país que financiou a construção da Doca, o qual não terá sido previamente consultado nem informado sobre o processo de reconversão.

A ser assim, estaria explicada a forma ambígua como o Primeiro – ministro se referiu ao ‘processo doca’, contrastando com a transparente afirmação de que o acordo de investimento para reabilitação do caucauzal ‘está em fase de assinatura’.

A ser assim, o crime da RTP – África foi não ter reproduzido, de imediato, o sofisma de Patrice Trovoada.

    56 comentários

56 comentários

  1. j.cruz

    2 de Junho de 2011 as 9:45

    Infelizmente o país está assim.Patrice quer manter abafado toda a bandidagem.Por isso que ele pôs este imcopetente de Óscar na TVS como “Pau Mandado outro bandido e viciado com dinheiro”.E para já o Patrice está a pecar perante Deus e Povo de STP-é mentiroso.No passado conselho de ministro decidiu criar crityérios para gestores públicos!!! Se é coisa séria porquê que Oscar continua ainda na gestão da TVS-? Como gestor-PÉSSIMO; Como Candongueiro,trambiqueiro,malandreco-SIM. É este critério q o PT quer para gestores públicos? ESTRANHO. Porquê toda esta protecção à este imcopetente?

    • alvaro

      3 de Junho de 2011 as 18:03

      É verdade.
      Não sei porquê que Tribunal de Contas e Inspecção Geral de Finanças ainda não procederam com uma auditoria das contas naquela TVS que não é “TELEVISÃO DE TODOS NÓS” mas sim “TELEVISÃO DE PATRICE TROVOADA”
      Um bé muêêê.

      • lada

        5 de Junho de 2011 as 17:04

        Meus amigo,agora á televisão de todos nós é mesmo do ADI do PT e de todo povo de STP
        nós ja vimos cá em STP quando,os Srs PM de os governos governa tambem á televisão ok ñ falem de aqilo que ja fiseste no passado.

    • alvaro

      3 de Junho de 2011 as 18:42

      Tens razão J.Cruz
      É verdade.Assim é a realidade da nossa Comunicação Social.
      Veja só:
      Os jornalistas da TVS , que deram cobertura segunda – feira, ao acto de lançamento do projecto avaliado em 7,6 milhões de euros, e financiado pelo Governo português, foram surpreendidos quando preparavam as reportagens na TVS, com uma ordem superior ( Óscar ) a proibir a divulgação da notícia e recebeu o registo magnético e arquivou na sua gaveta.Imagine!!!
      Depois vem-nos com truques de que TVS é “TELEVISÃO DE TODOS NÓS”.
      Pois diria eu TVS não é televisão de todos nós mas sim “TELEVISÃO DE PATRÍCIO TROVOADA”.
      Comunicação social não pode continuar assim.
      Fui.

    • jcruz

      8 de Junho de 2011 as 10:44

      REPREZÁLIA NA TVS :
      EDSON CARVALHO do Programa TOP JOVEM apoia ADI nas Legislativas – É premiado com cargo de Chefe de Departamento de Programas da TVS.
      Contribui com o seu KNOW-HOW em 97/06/2011 sem qualquer intenções para Lançamento de Candidatura de Pinto da Costa – BENEFICIA DE UMA EXONERAÇÃO DO CARGO em 08/06/2011.
      TVS em queda livre com Óscar Medeiros.

  2. Virtual

    2 de Junho de 2011 as 9:46

    Patos bravos!

  3. Eu mesmo!!!

    2 de Junho de 2011 as 9:48

    E aos poucos eles começam a mostrar a cara. “Queremos avançar, deixem-nos trabalhar”. Avançaremos aos poucos pro fim do poço e trabalharemos em prol dos nossos vizinhos.
    E se o tio Evaristo ganhar a coisa vai piorar pois o PM será também PR.
    Que Deus nos livre e proteja deles. AMÉM

  4. zémé

    2 de Junho de 2011 as 10:04

    Antes de mais, gostaria mais uma vês parabenizar-te pela redação e pela informação, tu realmente és o orgulho de jornalismo em S. Tomé, quanto ao assunto em questão traduz-se só apenas em uma frase
    São todos bandidos com sorriso nos lábios
    S. Tomé poderoso toma conta deles assim como tomou do Gorgulho

  5. Wilker André

    2 de Junho de 2011 as 10:23

    Esta Nítido. São Tomé e Príncipe, não tem Liberdade de Impressa, As imprensas são do domínio do governo.
    Isto é um entrave para o Desenvolvimento do país.

  6. Camarada Morto

    2 de Junho de 2011 as 10:38

    Ja viram! O Dr Patrice prestava um bom serviço a nação, sobretudo as crianças se transformasse o edificio em escritorio/ laboratorio, para controle de qualidade de pescado e viveiro de peixe. Criando jaulas flutuantes!1 Não seja teimoso! Esse projecto teria apoio da FAO/ TAiwan/China.

  7. Gigolo

    2 de Junho de 2011 as 10:52

    Antes do Óscar ser encaixado na TVS, kando ele lutava para o seu partido subir ao poder, kantas e kantas vezes ouvimos-lhe na RDP África criticando e dizendo o k tinha k ser dito. Ficava feliz pois acho k deveria ser mesmo assim. Agora o gajo só ker fazer nóticias cor de rosa e atacar os outros k digam a verdade.
    Espero k o Abel Veiga não se venda k nem o Óscar. Pois kando o Óscar foi devidamente atacado por um Governo foi o Abel Veiga kem o defendeu com unhas garras e dentes defedendo a liberdade de imprensa. Clareza e lealdade esta impossivel cá na nossa terra infelizmente.-

    • j.cruz

      2 de Junho de 2011 as 11:33

      É verdade caro Gigolo. Não queiras imaginar,o que dizem que está passando na TVS.Quando é trabalho de PT ele tem sempre que acompanhar montagem,ainda que fôr para cortar outras notícias importantantes;depois diz que lá não ten sensura.É um bom mentiroso como o patarão dele.Ele está sempre em guerra com colegas dele lá na TVS.Porque ele vai querer tomar todo dinheiro de subídio.por isso que gente sempre ouve voz dele em tudo.

    • Lévé-Léngue

      2 de Junho de 2011 as 15:22

      Telá Nón, esta é uma autêntica bomba, mx a sua explosão a mim não surpreende, pois sempre soube QUEM É O CHEFE DO NOSSO GOVERNO.
      Agora, só não sei se felicito o Sr. Abel pela coragem ou se o alerto pelo impacto da informação. Na verdade convém adoptar ambas posições, pois valeu a coragem. Os meus parabéns! Só assim iremos em busca da verdadeira liberdade de imprensa. Entretanto, apraz-me chamar a sua atenção para as eventuais ameaças e perigos que daí poderão advir.
      Tudo indica que terás um destino parecido ao da São Lima (pra baixo) ou do Óscar Medeiros (pra cima). Como não mereces o mesmo tratamento que um subordinado estatal, é mais provável que venhas a ser subornado com uns dólares, viagens, cargo de chefia, viatura, casa se Estado com água e luz pagos… enfim! Só coragem!
      Diz-se que cada um tem o seu preço e sinceramente espero que não venhas a valer tão pouco assim, pois a dignidade humana é de um valor imensuravel. A minha geração quer seguir os teus passos. Que Deus lhe proteja!

      • Vizinho

        3 de Junho de 2011 as 15:33

        Senhor Levé-Lengue:

        São Lima para baixo, não. Para fora da TVS,sim. E óscar não subiu. Puseram ele no poleiro. Não confundir.Muito obrigado.

  8. Nando Vaz (Roça Agostinho Neto)

    2 de Junho de 2011 as 11:58

    O Mito da liderança inata, estamos perante um P.M, que não teve carreira política,que nunca ganhou algo pelo esforço próprio.O papa Trovoada dava tudo, meus camaradas filho do papai já mais dá conta de recado, o gaixo não sabe o que é a pobreza e nem se quer viveu-a.Estamos perante um líder inato, sem espírito republicano,sem noção de Estado-nação, sem sentimento consolidado de identidade nacional, sem noção do Estado do Direito Democrático.
    Para terminar gostaria de felicitar O Abel Veiga e São Deus Lima, como cidadãos activista de cidadania activa com esta inquestionável frase passo a citar “A cidadania activa, como luta pelos próprios direitos e pelos direitos do outro, é o exercício quotidiano da ética na política” Os lideres que sabem que não têm nenhum dos requisitos a cima citados, por favor renuncie mais rápido possível o seu cargo. Porém,nenhuma profissão é mais nobre do que a política porque quem a exerce assume responsabilidades só compatíveis com grandes qualidades morais e de competências!..

  9. E.Santos

    2 de Junho de 2011 as 12:42

    Obrigado Abel, estava mesmo a espera desta continuidade do assunto. Vou ler isto com calma e só depois abrir a boca para não pecar por precipitação. Até já.

  10. Moçu Cata

    2 de Junho de 2011 as 12:44

    Trocando por miúdos, o governo entregou a malfadada doca-pesca mas não teve o decoro de informar os cidadãos em que moldes essa cedência foi feita. Pior ainda, tentou abafar o caso pressionando indevidamente a imprensa não controlada pelo estado.

    Está mal, está muito mal mesmo!

    Nota negativa para o governo do PT.

    O custo de reconversão de €3M parece-me claramente excessivo (mesmo incluindo a aquisição de mercadorias). As benfeitorias serão imputadas ao imóvel ou são gastos não reembolsáveis e da exclusiva responsabilidade do investidor?

    Enfim, muitas perguntas e nenhuma resposta.

    “Tá-se cada vez mais pior!!”

  11. Filho das ilhas maravilhosas

    2 de Junho de 2011 as 13:20

    Isto é gravíssimo, O Primeiro ministro tem dado sinais de que o povo de STP se enganou mais uma vez. Este governo em tão pouco tempo já fez inúmeras trapalhadas. Assim não vamos lá senhor primeiro ministro, penso que ainda esta a tempo de corrigir e fazer as coisas de outra forma.
    As leis do País são para serem cumpridas, esta na hora de se acabar com os arranjos e negociatas. Quero deixar um incentivo a são e ao Abel que continuem a prestar o excelente trabalho de informação,só assim acabaremos com este estado de coisas no nosso país. Viva STP e viva a liberdade de informação.

  12. O ISOLADO

    2 de Junho de 2011 as 14:00

    Estou muito feliz com estas informações abertas e claras,buscando a todo custo as caudas desses malandros que quando querem votos ajoelham a pedir com favores e a fazer promessas de todo géneros até falam e prometem coisas que nem sabem nem percebem,só para confundirem os distraídos.ABEL,se continuares assim,acho que muitos irão seguir o teu caminho de formas a nós podermos interpretar bem o significado de DEMOCRACIA.Um forte abraço a
    partir de Luanda

  13. Oldayr Castro

    2 de Junho de 2011 as 14:42

    Nós Santomenses, somos culpado de tudo isso kem é Patrice Trovoada? O K ele fez em Santomé? Por ser filinho de Papai todos votaram no gajo… Ele nao sabe o k é pobreza… Ele nao passou infancia e juventude em santomé pra conhecer as realidades da populaçao. Aqueles k nao nasceram no berço de ouro, k sofreram como nós sofremos, k batalhou pra conquistar algo na vida, Santomenses andam a critica-lo, esse é o mal do nosso povo, temos k dar oportunidade a aqueles k sofreram como nós sofremos, demostrar o trabalho. Pork filinhhos do papai esta nem ai pra nação.

  14. Camarada Morto

    2 de Junho de 2011 as 14:43

    Os cães ladram a caravana passa, mas cuidado.
    HATCHERY seria uma boa opção, mas querem saber do povo!!!

  15. Jose Anatasio

    2 de Junho de 2011 as 14:57

    Coisas destas so fazem o jornal perder qualidade e interese. Tratem de coisas serias e deixem de miudices.

    • AMOR A PÁTRIA

      2 de Junho de 2011 as 17:56

      são poucos os momentos em que realmente sinto orgulho em ser São Tomense, um deles é quando leio as reflexões da São Lima. Por isso o meu alerta é para todos os que amam a sua pátria,não deixem morrer os bons em favor dos bandidos e bandoleiros, que vivem da impunidade e mascarados de boas intenções.
      Obrigado São Lima, não desistas porque os maus logo logo irão para casa….O Povo é esperto…Continua com o teu trabalho, sem medo,,,,,,sim medo é o que tem movido o PT…..A TV só passa o que deve passar por medo………….
      Eu acredito em São Tomé, e nakeles que amam a sua terra….

  16. cubas

    2 de Junho de 2011 as 15:01

    E perante tudo isso o Tribunal de contas mantem-se calado? E o PGR também? Estamos todos lixados, meus amigos.credo? Eu tinha um pé atrás em relação ao patrice, mas esperava que com tantos juristas no governo a coisa estivesse controlada, pelos vistos, enganei-me.Ou o governo vem desmentir tudo isso, ou o tribunal de contas nos presta contas disso, ou então estão feitos um com o outro.
    Disse!

  17. J. Maria Cardoso

    2 de Junho de 2011 as 15:36

    O país reclama investimento privado para o arranque da economia. Só a iniciativa privada cria emprego e toda a dinâmica necessária para um novo STP.
    Cada sinal que vem de fora com a mais pequena luz, volta-se a escuridão tendo em conta ao entendimento inadequado que os homens da política são-tomense fazem da democracia que é tudo menos anarquia, inimiga de desenvolvimento. Para que servem as leis da República?
    A continuar assim, até quando os nossos responsáveis políticos darão conta do abismo que submetem uma toda Nação que juraram solenemente defender e dar uma melhor vida ao seu povo?
    Permanecendo de férias a oposição, o Governo para ver-se livre dessa “negociata” deve mais uma explicação aos são-tomenses.
    Bem-haja!

    • Manuel Costa

      2 de Junho de 2011 as 23:02

      Meu caro Cardoso.
      Eu que tento ser um observador atento reparei que os nossos politicos quando tomam posse o juramento que fazem é duvidoso.
      Eles quase que nem conseguem ler o que está no papel.A maioria treme tanto nas palavras deixando entender que não sabem ler ou não querem ler o que lá está escrito.
      É só um reparo.
      Abraços.

    • Assuncao

      3 de Junho de 2011 as 17:05

      Permita-me dirigir-lhe estas palavras, se saotomense, caro ou cara compatriota; em Sao Tome nao ha oposicao, sao todos uns interesseiros em fazer politiquices e nao politicas construtivas e de investigacao, k kerem la chegar a todo o custo, para tambem provarem do mel, ‘e o k digo, se fossem gente s’eria, n’os todos seriamos mais felizes,nem o proprio tribunal escapa, pelos alguns dos seus protagonistas.Este governo a continuar assim, vai longe, vai vai,para bem longe das proximas legeslativas nas preferencias do eleitorado k la o madou.
      Beijinhos a Sao e forca Abel, espero k nao desvies do caminho certo.
      Com cumprimentos.

  18. santa catarina

    2 de Junho de 2011 as 16:02

    É trite que nos jornais on line só damos tiro nos pés. Até quando? Vamos ser mais otimista vamos constribuir para aliviar este povo desta longa miseria que vem vivendo a mais de 35 anos.
    Tudo que se faz em STP é polemico e reclamamos a probreza que atinge 54% da população. Não existe, nunca existiu e tambem de certeza não existirá nada perfeito. Tudo pode ser corrigido mais uma coisa é certa o tempo não volta para trás, não é reciclavel.
    Temos que avançar os homens passam e as outras ficam.
    Viva STP no positivo!
    Deixemos de pessimismo!
    Deixemos de bota abaixo!

    • Teresa Pina

      2 de Junho de 2011 as 16:32

      Muito bom trabalho do Téla Nóm e, sobretudo, da Conceição Deus Lima. Nunca tinha visto um trabalho, a roçar o jornalismo de investigação, como este. É pena que os outros jornais do nosso país, sobretudo aqueles que são feitos em papel, não sigam este caminho.
      Este jornalista da R.D.P-África tem sido miserável no tratamento da informação da referida estação, no que trata dos assuntos do nosso país. Parece-me uma pessoa fraca, do ponto de vista profissional, mesquinha, pouco transparente e com falta de ética nos assuntos que dizem respeito ao país. De vez em quando acontecem acontecimentos politicos, culturais, económicos e sociais no país que este senhor não retrata na sua participação e intervenção na R.D.P-África. Eu não percebo a razão deste tratamento. Quem vê a participação e notícias deste senhor na R.D.P.-África e do repórter da R.T.P-África, sobre S.T.P pensa que se trata de dois países diferentes porque retratam coisas completamente diferentes. Um fala de uma coisa ou acontecimento e o poutro fala de outra coisa ou acontecimento. Eu não percebo esta discordância.

      Teresa Pina

      • j.cruz

        3 de Junho de 2011 as 17:43

        Então,Teresa,
        Não imaginas porquê?
        Ele tem Patrão.E só pode fazer aquilo que o patrão quer.Veja só o que aconteceu com a notícia sobre a “Requalificação da marginal”.Que aconteceu?mandou jornalista esconder registo magnético….
        Jornalista “Banana”.

    • j.cruz

      2 de Junho de 2011 as 16:35

      Cara Santa Catarina,
      CORRIJO: Não …35 anos,mas sim 20 anos.Durante os 15 anos nunca se conheceu tanta corrupção e besteira em STP.
      Obrigado

    • Moçu Cata

      2 de Junho de 2011 as 16:57

      Se calhar já vai sendo hora de deixarmos de fazer as coisas de forma… polémica, certo?

      Que tal ser mais transparente para evitar… polémicas?

      Para resolver o problema da pobreza é preciso recorrer sistematicamente a trafulhices?

    • Tentado a ler

      3 de Junho de 2011 as 11:31

      Com pensamentos como estes, fizemos acordos em que uma tonelada de atum custava dez euros e nem espinhas vinham para nos. Alem disso, saiba que se o comeco do negocio enferma de ilegalidade, ja pensou no resto que vira? Os empregos precarios? E isso que chama de lutar contra pobreza? Queria ver se um familiar seu fosse posto no olho da rua por estes da super, a ver qual seria a sua opiniao sobre a importancia de respeito pela legalidade. Quem tem pressa come cru. Ja ouviu? Penso que sim.

  19. Michelangelo

    2 de Junho de 2011 as 16:39

    Meu caro Anastácio, possível mente a sua forma de reagir a esta informação poderá ter o seu fundamento, mas eu sinceramente acredito que como um santomense que é gostaria de ver uma diminuição considerável de corrupção que se instalou no nosso país, em especial na esfera política, e do enriquecimento rápido e fácil por parte destes.
    Acredito que os 5 milhões de dólar, não foram donativos, mas sim uma divida que STP contraiu junto a Taiwan, logo terá que ser paga. E suponho que o pagamento desta se fará com os impostos cobrados junto aos contribuintes, ou seja nós o povinho, ao passo que os responsáveis pela construção desse edifício sem utilidade, que supostamente não tenha custado tanto dinheiro assim ( 5 milhões de dólar???? Uma aberração .), estão cada dia mais ricos e fazem questão de ostentar essa riqueza diante dos nossos olhos.
    Estamos a pagar , pela ganância dos outros, estamos assistindo a degradação das nossas vidas e pelos vistos não faremos nada para impedir. Até quando vamos conviver com esse tipo de situação? Quando nós santomenses teremos coragem de pressionar e exigir publicamente dos dirigentes rectidão ?
    Pode crer meu caro Anastácio , corrupção é o principal problema da nossa sociedade nos tempos de hoje.

  20. Tribério

    2 de Junho de 2011 as 17:01

    Senhor Jose Anatasio, acorda…

  21. Esperança - STP

    2 de Junho de 2011 as 17:06

    Era preferivel a “doca de peixe”, ficar ai feichada todos esses anos, sem servir ao povo santomense?
    O que queresmo afinal? Já se sabe que isto não pode ser a doca de peixe, porque não requer estrutura propia para isso. Isso feichado, não gera emprego, não gera econonia para o país..
    Então meus senhores, sejamos claros, deixa quem quer trabalhar, fazer o melhor. De certeza que lá sairá muito sustento da familia santomense e para a economia santomense. Assino em baixo.
    Bem haja a todos.

    • Michelangelo

      2 de Junho de 2011 as 18:46

      Caro Esperança, acho que a questão que se coloca não é o facto da doca ficar fechada ou não, é o porquê das coisas serem sempre feitas as escondidas. Porquê todo esse interesse em esconder e distorcer as informações? Porquê não tentar fazer as coisas claramente como manda a lei ?
      A doca de pesca foi um investimento perdido, devido a sua má concepção pela empresa Mota-engil (é importante sublinhar), estamos a reaproveita-lo muito bem, mas vamos fazer tudo de forma transparente. Se estamos a fazer algo de bom porque se esconder tanto ?

      Será que podes me responder ?

      • Jota Castro

        3 de Junho de 2011 as 4:35

        E por estas e outras que o Pais nunca avanca.

  22. Esperança - STP

    2 de Junho de 2011 as 17:08

    Queremos, queria eu dizer…

  23. Esmeralda Trigueiros

    2 de Junho de 2011 as 17:30

    SÃO LIMA, a alma e o coração do povo sofrido das ilhas. Cara São, que deus continue te iluminando sempre para que você continue dando cada vez mais provas de que você é com certeza a melhor jornalista daquela ilhas, sem desmerecer alguns bons jornalistas que por lá labutam. É muito bom poder estar na diáspora e Ester informada sobre o que se passa nas nossas lindas ilhas.
    Quando se é bom, não há nada que possa silenciar-nos. Continue escrevendo n`areia minha compatriota. Quem sabe um dia as ondas do mar fará entranhar na consciência de muitos dos nossos dirigentes o que é amar a terra que nos viu nascer.
    Um abraço fraterno directamente de Amsterdan.

  24. Bagu duntué

    2 de Junho de 2011 as 17:35

    Zémé sá tamém di fla. Impressionante o que se passa nessa terra.que a luz que se encontra no fundo do tunel apareça pra todos n´s o mais rápidamente possível.Parabés são e abel. comcerteza os dois formam uma dupla imbatível.
    Força stp.

  25. j.cruz

    2 de Junho de 2011 as 19:41

    Viva São Lima
    Viva Abel Veiga
    Viva Liberdade de Imprensa.
    Abaixo Óscar-Capanga de Patrice Trovoada e traidor do Povo de S.Tomé e Príncipe.Óscar para fora da TVS;Senão nós jamais teremos acesso à informações verdadeiras.Até já dividiu Gabinete em três partes:
    I-Tratar notícias do Patrão PT
    II-Tratar nótícias para RDP África,gastando poucos meios financceiros da pobre TVS.Por isso ele ajuntou com PT para encostar São.
    III-Censurar notícias necessárias que o povo santomense deve saber como esta da São.
    Abaixo Ócar.

    • Manuel Costa

      2 de Junho de 2011 as 21:38

      Não é bem assim.
      É muito estranho que o Oscar seja o motivo de debate sobre esta noticia,quando deveria ser o governo.
      Só com cristo.

  26. HFM Productions Lda.

    3 de Junho de 2011 as 0:26

    Não faz sentido nenhum está aqui agora a reclamar e criticar o mal feito do actual PM (Primeiro Ministro) PT (Patrice Trovoada. Se repararem bem quem lhe confiou todos os poderes que actualmente tem foram vós a mais de 8 meses atrás, portanto dentro de dias estamos a berma de termos certeza de aquilo estamos realmente a fazer, estou a falar de presidencial 2011… Infelizmente não estou convosco fisicamente mas o que estiver ao meu alcance sempre farei, não se deixem enganar pelas compras de consciências humanas, aqui em Portugal há uns certos candidatos com poderes financeiros já estão a esbanjar valores para as classes não acadêmicas de modo a conseguirem o dito poder para fazer maldade mais tarde ao nosso povo humilde. Pessoal há quem diga que o mundo está a atravessar uma crise financeira diveras complexas e há quem que sem esforços habilitacionais conseguiu fazer crescer a sua riqueza e de modo a fazê-lo crescer muito mais ainda tem estado aplicar o seu investimento naquelas classes que anteriormente citei… No nosso país há tantos homens nesta situação (sem classe habilitacionais) e pior de tudo é que não aceitam os mais novos estudiosos ensinar-lhes o que é verdade, são muito arogantes e quando conseguem o dito poder financeiro, fazem calar aos outros com o mesmo poder… Meus senhores, erros só é ponderado quando é cometido uma vez… Meus Caros colegas amigos e compatriotas NÃO VACILEM NO DIA 17 NAS VOSSAS ESCOLHAS, porque senão o que está acontecer agora ao nosso país vai tornar a acontecer… SEJAM ACERTIVOS NA VOSSA ESCOLHA… esqueçam o dinehiro agora porque vão ter no futuro… Tlabá só ká da tê… Lebrem-se deste ditado. O dinheiro fácil não perdura por muito tempo…

  27. Costa

    3 de Junho de 2011 as 3:33

    Viva quem quer trabalhar. Abaixo a resistencia, aos desonestos e aos perturbadores.

  28. Fernanda Alegre

    3 de Junho de 2011 as 9:22

    Não sei porquê mais sempre soube que isso iria acontecer e acredito que há muitas coisas por descobrir ainda.

    Sinto pena do povo Santomense mais ao mesmo tempo revoltada com esse povo que por razão ou outra também é culpado.

    A minha felicidade não poderia ser melhor quando sei que o meu País existe profissionais competentes como é o caso particular da jornalista São de Deus Lima,quem admiro e respeito.

    Muito obrigado, os seus passos serão seguidos por outrem!!

  29. luisó

    3 de Junho de 2011 as 21:55

    STP está a ir por um bom caminho, está sim senhor…
    por este andar da carruagem com estes senhores a fazer destes desmandos, tudo querem e podem fazer sem obstáculos,não vejo um grande futuro para STP.
    calam-se as vozes e a imprensa, com ameaças, vende-se ou mobiliza-se o património do estado pago por outros sem retorno e depois ganha-se algum á conta disto, é grave meus senhores, muito grave.
    está na hora de pensar onde isto vai acabar. espero que não se volte ao antigamente do tudo posso e quero porque a democracia não é isto, isto pode ser o começo de uma ditadura. abram os olhos e os ouvidos e comecem a agir desde já…

  30. H. A. Azimute

    4 de Junho de 2011 as 1:35

    Esta infra-estrutura, deveria funcionar de acordo com o fim à que foi destinado. Uma doca de pesca, que o país nunca pensou em construir (graças a Taiwan), no sentido de incrementar a nossa produção piscatória e diversificar a nossa fonte de rendimento e porque os financiadores do nosso orçamento de Est. estão ficando escassos dado a crise E. Mundial. Usar abusivamente esta infra-estrutura para outros fins, constitui uma aberração inaceitável.
    Porquê que, a tal empresa Gabonesa “Ceca-Gadis” não constrói de raiz uma infra-estrutura similar para os seus negócios em S.T.P.? Vender produtos elaborados noutras paragens, não beneficia em nada os S. Tomenses (o povo tem fraco poder de compra). Por termos uma vasta zona marítima exclusiva, importante seria, criar frotas pesqueiras nacionais, (tendo como base a doca pesca)para dar emprego a nossa juventude, sendo uma parte da produção necessária para a exportação (peixe seco ou fresco) e outra parte para o consumo interno, tendo olhos postos no turismo, pois a gastronomia saudável a base de peixe é recomendada em todo o mundo. Há que fazer políticas inteligentes, que beneficiem o país no seu todo e ao longo prazo. Triste é ver de novo, mais um governo, com negociatas maquiavélicas, em prejuízo do supremo interesse da nação, que é o de atingir o almejado desenvolvimento sustentado.

    • Mimi

      6 de Junho de 2011 as 12:36

      A quatro ventos apreguou-se que a estrutura nao serviria para os fins inicialmente previstos. Mas será que nao se poderia converter num ponto de tratamento e venda de pescado? Com certeza que continuaria a ser um empreendimento de utilidade publica, acabaria com a imundicie na venda e tratamento do pescado que continua “na moda” neste momento em S. Tome, enfim daria mais dignidade a quem vende e consome pescado, fonte principal de proteina animal em S. Tome que pode muito facilmente transformar-se em fonte de doenças face às condicoes em que é comercializado. Ao invés disto vêm uns gaboneses nao sei de onde, vender nao sei o quê, para benefício nao sei de quem. Haja paceiência!

  31. Mina di Célivi

    4 de Junho de 2011 as 16:04

    Eu sempre discofiei desse gabonês(o Patrice T.).
    E por outro lado, se eu bem me recordo, uma vez o FM chamou de jornaleco ao Oscar Medeiros…não é que FM tem razão!!!

  32. óscar medeiros

    6 de Junho de 2011 as 9:43

    Caro Sr. JCruz
    Apenas para lhe informar de que também eu subordino à ordens de alguém.
    E se é que está mesmo interessado em saber já coloquei o meu cargo à disposição de Sua Excia Sr Primeiro Ministro.
    E ao sindicato dos Jornalistas, as minhas sinceras desculpas por não poder sempre manter a isenção comprometendo assim o que é deontologia jornalística, mas que nem sempre foi por vontade pópria.
    O.M.

    • C.Abreu

      7 de Junho de 2011 as 8:54

      Eu como jornalista,acho que já devias ter feito isto há mais tempo.És a nossa vergonha e do nosso jornalismo em STP.

    • Fia Malixa

      8 de Junho de 2011 as 23:19

      Ah!AHAHahahah!!!!!!!!!!

  33. Maria Teresa

    6 de Junho de 2011 as 10:17

    SÃO LIMA, a alma e o coração do povo sofrido das ilhas. Cara São, que deus continue te iluminando sempre para que você continue dando cada vez mais provas de que você é com certeza a melhor jornalista daquela ilhas, sem desmerecer alguns bons jornalistas que por lá labutam. É muito bom poder estar na diáspora e Ester informada sobre o que se passa nas nossas lindas ilhas.
    Quando se é bom, não há nada que possa silenciar-nos. Continue escrevendo n`areia minha compatriota. Quem sabe um dia as ondas do mar fará entranhar na consciência de muitos dos nossos dirigentes o que é amar a terra que nos viu nascer.
    Um abraço fraterno directamente de Amsterdan.

  34. Sofrimento Neto

    8 de Junho de 2011 as 10:27

    Meus senhores,estamos abrindo a porta do sofrimento, atensão atensão……….meu povo.

  35. jcruz

    8 de Junho de 2011 as 10:55

    REPREZÁLIA NA TVS:
    EDOSN CARVALHO do Programa TOP JOVEM da TVS apoia ADI nas Eleições – É beneficiado com uma nomeação ao cargo de Chefe de Departamento de Programas da TVS.
    Apoia pelo seu KNOW-HOW sem qualquer interesse o lançamento de Candidatura de Pinto da Costa em 07/06/2011 – Recebe em 08/06/2011 outro prémio – “EXONERAÇÃO” do cargo.
    Assume o cargo o Sr.Mário Rodrigues.
    TVS em “QUEDA LIVRE”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo