Política

Pinto da Costa promete combate a corrupção, garantia de estabilidade política, e reconciliação nacional

Manuel Pinto da Costa, antigo Presidente da República, apresentou 3 razões de força para candidatar às eleições presidenciais de 17 de Julho próximo. Combate sem tréguas a corrupção que tem ceifado a nação são-tomense, a promoção da estabilidade política e governativa e a reconciliação nacional.

Com a sala do Palácio dos Congressos cheia de apoiantes de vários quadrantes, desde partidos políticos como o MLSP/PSD, ADI, o MDFM-PL e UDD, até membros da sociedade civil, Pinto da Cota candidato independente às eleições presidenciais, começou por fazer uma radiografia da situação actual do país.

A degradação generalizada a nível económico e social, a corrupção, a desunião, a ineficácia do sistema de justiça, são marcas dos últimos 20 anos, que motivam a candidatura que pretende renovar o ideal de progresso e unidade conquistado com a independência nacional.

Pinto da Costa diz que não aceita a ideia instalada segunda a qual a corrupção é uma simples fatalidade.  «Tem-se instalado nos últimos tempos, na sociedade são-tomense a ideia de que a corrupção é uma fatalidade, que está geralmente associada ao exercício de altos cargos públicos quer sejam políticos ou não. Esta é uma ideia que tem que ser energicamente combatida e que combaterei sem recuo quer seja. Põe em causa os alicerces do regime e coloca em perigo a consolidação da nossa ainda jovem democracia. Por isso é imperioso fazer do combate a corrupção um termo obrigatório do discurso político actual, trata-se de uma preocupação comum de todos os poderes do Estado, as organizações da sociedade civil e em última instância a todos os cidadãos», declarou.

Por isso o candidato presidencial, propõe tolerância zero contra a corrupção.

Por outro lado a instabilidade política que nos últimos 20 anos deu a São Tomé e PRÍNCIPE cerca de 20 governos, encoraja Pinto da Costa, a reassumir os destinos do país. «Empreenderei uma cooperação institucional com o Governo de modo a assegurar a estabilidade governativa necessária, para levar a cabo as reformas estruturais que se impõem para desenvolver e modernizar o país, conferindo-lhe a dignidade apenas de depender da unidade dos seus cidadãos da disciplina da sua organização e da força do seu trabalho», reforçou.

A recuperação da confiança e da auto estima dos são-tomenses, abaladas nos últimos 20 anos, é outro alicerce da candidatura de Pinto da Costa. «Para restaurar esse património da confiança alicerçando no orgulho de ser são-tomense é preciso mais do que conhecimento científico ou técnico. É imprescindível que a dimensão ética da política se sobreponha a todas as outras. Esse regresso aos valores mais nobres da condição humana, será condição sine qua non, para uma verdadeira, sincera e genuína reconciliação nacional. Não se trata de dar a outra face, mas sim de estender as mãos e valorizar o que nos une em detrimento do que nos separa.  A reconciliação nacional que proponho não é uma amnistia do passado, mas sim a superação das divergências dos episódios mal explicados, das desavenças pessoais e das ambiguidades por esclarecer», enfatizou no discurso cortado várias vezes por aplausos da plateia.

Pinto da Costa promete recuperar a confiança dos são-tomenses, ao nível do fervor de 12 de Julho de 1975, quando ele assumiu a presidência do arquipélago.

Abel Veiga

    46 comentários

46 comentários

  1. priscipiano

    8 de Junho de 2011 as 14:26

    Pinto um corrupto, quer acabar com corrupção, governo 15 anos, humilhou, maltratou povo, país passou em crise, torturou muitos santomense. Tomou casa dos outros a força, casa de pantufo é um exemplo, tomou carros dos outros, deu varios homens corno, esse nao é corrupção? O que pinto da costa fez durante esse 20 anos fora do poder é estar em casa a viver a custa de estado, ditador. Qual é contribuição k ele deu ao país com seu conhecimento, empresas k ele criou no país, cooperaçao k ele criou. Esse homem é um corrupto esta cercado de corruptos, Zé Manuel Noronha, Luzito, Antonio aguiar quintas, antonio quintas de espirito santos, carlos borboleta, amandio vaz, zé viegas, adelino izidro, amauro couto, sao esses homens k espalharam corrupçao no país. homens kdestruiram nosso país, como é possivel pinto da costa ker acabar com corrupçao cercado de corruptos, sabendo k pinto é corrupçao em pessoa. Pinto da Costa é preguisosso. abaixo pinto da costa

    • truquim deçu

      14 de Junho de 2011 as 9:25

      Qeu pena o senhor priscipiano nem sabe o que diz vala pena olhar para os politico que o senhor quer defender e fazer pergunta ao senhor mesmo :quem tomou roças do povo quem esta robamdo o dinheiro do povo quem esta a torturar o povo lentamente que decada o senhor viveu? o que eu sei é que ficaram com má imagem de pinto , e pergunto e do Miguel trovada? e do Fradique ? o pinto de tudo que ele era nós não estavamos nessas convenhamos meus senhores deixa de serem iracundo a unita perseguiu o EMPLA mais hoje estão no governo porque esqueceram do passado e estaão a dar passos grande até quando e a onde vamos com isso vos digo agora o país esta a precisar de um homém como pinto se o senhor n sabe fique a saber que muitas ajudas vem de angola por causa de Pinto fico por ai se queres um país seria com um bom distino vamos a pinto da costa deixa destas brincadeiras que fizemos ao longo do tempo escolhendo brincalhoes para ser nosso presidente , o resultado o país esta o que esta
      Eu tambem foi enganado e n votei pra pinto na outra volta mais agora eu sei que se desta vez ele n for presidente estaremos mais uma vez na brincadeira

  2. Pina

    8 de Junho de 2011 as 14:29

    A falata de recursos e falta ocupação e perspectiva na vida faz muita coisa, é triste.Se Pinto era ele mesmo o chefe de Governo, não podia demitir a sua propria cabeça!!
    risos… é ou não?
    Mas as mexidas, no governo era toda a hora. Quem não se lembra daqueles cominicados do comite central, muitas vezes lido por Irmão mais Velho o Costa, outras vezes por Manuel Vaz Fernandes, aquela voz embargada na garganta, até paraecia um artista, quando fazia leitura.
    Basta regressar de uma viagem, cai o ministro.
    Vera Cruz do comercio, sai
    Maria Amorim, sai
    Daio sai,
    Barbosa,
    Tomé entra e sai, oscar.O mesmo Trovoada, sai. toma borracha e coronhada. Voces esqueceram ou estão fingir.
    O Pinto da Costa é como Ouro, tem muito valor, mas pouca utilidade.
    No MLSTP/PSD tem um candidato como água, tem pouco valor em relação ao ouro, mas tem utilidade e muita.
    Basta ser. Força Aurelio Martins, eles estão com Ciumes!!!
    TÊm ciumes

  3. Petroleo bruto

    8 de Junho de 2011 as 14:36

    Pinto são favas contadas, tem pouco interesse.
    O censo vem ai.
    No tempo do Pinto falar de petroleo era crime, porque a terra ia tremer, etc, como vinha alimentos e viveres do gabão, o povo chupava no dedo.
    Hoje embora com muito truque a mistura ja se fala de petroleo ate fala-se na transferencia de 30 mil barris perdido na conta alheia.
    Telaooo. Interpol deve investigar esses 30 Mil.

    • h silva

      8 de Junho de 2011 as 21:43

      e agora nao se faz mais nada a nao ser falar de petroleo.onde esta agricoltura,e etc?antes de sair o tal petroleo se e k sai ja comem de forma parva td o dinheiro e nada o povo ve.lole economia esta cada vez pior pk ninguem pensa em mais nada a nao ser a proxima viagem a Nigeria,Taiwan,Gabao e Angola ,pk libia ja era.lol acordem para vida

  4. Petroleo bruto

    8 de Junho de 2011 as 14:44

    A quem interessa o regresso do Pinto?
    Filhos dos antigos policis secretos e comites de zona que perseguiam as pessoas. Estes condutores de praça secretos, professores secretos(bufos), tipo Rufino, etc.
    policia economica que perseguia comerciantes e outros.
    Abbabaêêeee… estes vededores de lojas de dirigentes, faziam esquema de farinha de trigo e açucar…
    abaixo Pinto, Podes vir. Kadafi, Nino, Samora, Sadan esperam por ti!!!
    Estamos na vida nova, outros apetites e costumes.

  5. SANTOLA DE PRINCIPE

    8 de Junho de 2011 as 14:57

    Isto é tudo discurso furado senhor, as tuas atitudes ao longo destes anos todos representarão preguiça, e mão de vaca quer dizer não fizeste nada pelo seu povo durante este tempo todo, agora vens com estes discursos.. alem disso estas velho o suficiente para se aposentar, as tuas ideias estão expiradas

  6. B

    8 de Junho de 2011 as 14:58

    Avante Pinto!
    Queremos que vigore” Unidade-Disciplina-Trabalho” como alicerce para o nosso desenvolvimento sustentado. E so o senhor, na conjuntura actual, e capaz de fazer vingar.

    • vava pinto

      12 de Junho de 2011 as 20:41

      será k o pais esta melhor nestes 20 anos sem o Pinto da Costa?
      não, até me parece k ficou pior.
      Então pensamos bem, e vamos votar com
      certeza e e não com rancor do passado.
      Abraço a todos os são-são-tomenses.

  7. budy

    8 de Junho de 2011 as 15:22

    viva camarada Pinto da Costa
    Viva STP.
    Haja vida

    • Me-Zochi cu Cantagalo sah ca guadah boh Pinto!

      9 de Junho de 2011 as 2:06

      Para Pinto conseguir combater a corrupcao, ele tera de ser o primeiro a dar exemplo. Teria de declarar os bens. Num Estado de direito,ele ja devia ser acusado pela procuradoria por ter confiscado de forma iligitima o castelo de pantufo que pertence a familia Beirao.

      Va la, e entreggue a casa aos Beirao. Declara os teus bens. Isto sim, eh combater a corrupcao. Os que andam ali a votar nos comentarios a favor de Pinto, sao todos aqueles conjuntos filhos de politicos, e gentes que naltura eram todos lolodedoh, espinhoes, bufos de Pinto que nao sofreram com as barbaridas desse malvado.

      Eu aconselharia toda frente da mundanca, ate com Aurelio Martins de se juntarem numa so forca contra este tipo, porque quanto nao muitas vidas serao ceivadas se o Pinto chegar ao poder.

      Delfim devia negociar com ADI e ambandonar a canditura, mostrar que realmente sao de mundanca. Temos que fazer um cerco forte contra este tipo. Este eh tal igual a Kadaffi. Eh muito mau. Os seu sorrisos sao de demagogia, tanto como as suas palavras.

      So o povo que nao sofreu que apoiara o Pinto.

      Me-Zochi cu Cantagalo sah ca guadah boh!

      • Lodoma

        10 de Junho de 2011 as 7:58

        Se são bufos e tu és?…

      • truquim deçu

        14 de Junho de 2011 as 9:50

        Qual dos candidatos que declararam os seus Bens? e senhor quer exegir que o pinto faça? tens medo dele porque tu és um currupto queres que o país fique nesta brincadeira colocando chariscas nas estradas enganando o povo que estão a reparar a estrada acabando com belos jardim do país ném chafaris escore mais água se pinto tomou a casa do Beirão durante 20 anos eles não foram ao tribunal porquê? então vais fazer essa queixa por eles querem que o povo continua livre preso livre para espressarem palavras feias e bebendo 24 sobre 24 para esquecerem dos poblemas e preso para ter casas carros e refecções adequadas que pena vamos perdoar o passado e tocar a vida para frente se perdoarmos o passado e olharmos um país serio e olharmos para os canditados actuais é logico que o Pinto é o unico ele terá 4 anos para mostrar e fazer, a lei n mudou é a mesma que o trovada deixou se ele n dignificar tiramos o homém isso n custa nada .Viva Pinto da costa

  8. zé cangolo

    8 de Junho de 2011 as 15:35

    Os artigos relacionados com cota Pinto têm mais audiência… Fui

    • jaka doxi

      8 de Junho de 2011 as 23:39

      Veja o artigo relacionado com o arquitecto Liberato Moniz. É o que tém mais audiência.
      Fui

  9. Mak

    8 de Junho de 2011 as 16:05

    preguiçoso vai dizia eu

  10. Galo do Interior

    8 de Junho de 2011 as 16:08

    Meus Caros,

    Gostaria de saber como, com a actual constituição do país, este Sr. que responde pelo nome de Pinto da Costa irá combater a corrupção sem intrometer na esfera do Executivo?
    ” A degradação generalizada a nível económico e social, a corrupção, a desunião, a ineficácia do sistema de justiça, são marcas dos últimos 20 anos, que motivam a candidatura…” Será que o Pinta da Costa entende que nós os Santomenses somos todos parvos? Acha, ele, que não temos presentes a história politica deste país?
    Meus caros,
    Quem foi o príncipal arquitecto e construtor da degradação generalizada a nível económico e social, da corrupção, da desunião, da ineficácia do sistema de justiça neste país FUI ELE MESMO.
    Por isso e estas coisas gostaria de apelar ao Sr. Pinto da Costa que vá CUIDAR DA SUA VIDA num ginásio de desporto e deixe este povo em PAZ. Nós não precisamos do Sr como salvador deste povo.
    Que Deus nos livre e proteja de pseudo-Salvadores como o Sr.
    Viva S. Tomé e Príncipe

  11. Manuel Preguiçoso Pinto da Costa

    8 de Junho de 2011 as 16:10

    Como? Se não governa, será que irá assistir do julgamento no tribunal, ou será que pinto vai meter na governação do país.

    Será que Pinto é juiz? Oh em Democracia não bem assim, já lá vai o tempo que o senhor sozinho decidia tudo de forma que, o apetecia…

    Cuidado Pinto não queremos mais Presidente derrubador de governos,
    Pinto não tem moral para falar de corrupção, só se devolver a casa de Mario Beirão, aí sim poderá falar de corrupção…

  12. Sun Dótxi Béngue Lólaê

    8 de Junho de 2011 as 16:29

    A firmeza no seu discurso, diz que és e serás um bom presidente. Confio no senhor, na sua serenidade e na sua postura, em combate à corrupção e rumo ao desenvolvimento.
    Acreditamos naquele que disse ‘’ depois de dois anos iria subir e já não iria regressar’’Será que também não irá ficar em Favorita III ( Castelo de Pantufo), mas depois de dois anos foi o impulsionador da corrupção, fez-se e hoje o povo está na miséria; nós merecíamos uma coisa muito melhor do esta que se vai. ‘’QUE SE VAI, ATÉ MESMO AO INF…’’
    ´Sun Dótxi Béngue Lólaê

  13. delete

    8 de Junho de 2011 as 16:36

    mais se tanto quer combater corrupção, como presidente
    é que não vai poder ser , porquê não como primeiro ministro? mais uma mostra que ele esta pensado que esta no partido unico, pinto não vê que país e mundo mudaram , e que os povo de stp também mudo , tem mais pessoas formados , pinto vai cantar para outra freguesia , que um stp já não agradas , será que alguém que forma não terá capacidade para assumir qualquer cargo no governo em são tome e também ser presidente , que tem ser sempre os mesmos actores de sempre, porquê mandam jovem para fora si formar apenas , e gastar o pouco dinheiro que o país tem , porque pinto vai volta vai volta só sabe ser presidente e nada mais , chega desde político com política de rocha …. vamos apostar na nova maneira de fazer política … se povo americano aposto num jovem pq não faremos o mesmo ainda mais num país de contradição racial ,e esta a fazer um óptimo trabalho , então vamos apostar num jovem também aliais sempre disseram que o jovem é o futuro de amanha , então o jovem chego da lhe o lugar…….

  14. zeca diabo

    8 de Junho de 2011 as 17:22

    E comum os candidatos pegarem sempre em corrupcoes…porque nao falam na discentralizacao,na afebetizacao, saude, melhoria social, etc… ha muito que pegar em primeira linha em STP… A corrupcao e um caminho dificil que so sera debatida com declaracao de bens de cada politico no acto das suas funcoes!pois quem entra num mundo corrupto, corrupto fica para nao ficar atraz dos outros!!!

    Forca povo STP…

  15. trinity

    8 de Junho de 2011 as 17:27

    são grandes verdades, essas colocadas mas será mesmo cumprida a promessa, nó filhos de s.tomé temos vindo nos últimos anos a ser alvos de promessas não cumpridas, ja n sabemos em quem confiar, o destino do nosso país esta cada vez se afundando por causa promessas com intuitos enganoso.precisamos de pessoa que lute pelo país e que dê o seu contributo para o desenvolvimento e bem do povo santomense, bem haja as pessoas de boa fé.

  16. Anca

    8 de Junho de 2011 as 17:43

    Onde existe a corrupção, existe também os corrompidos,corruptos( aqueles que se deixam corromper ),isto porque também existe aqueles que corrompem, corruptores.

    No tempo colonial equivale a dizer;

    Dividir para reinar.

    A impunidade e falta de justiça que graça na nossa sociedade, a falta de moral e valorização de exemplo de pratica do que é o bem e punição daquilo de é prejudicial(corrupção), tem levado a hecatombe, de São Tomé e Príncipe.

    Mas o grande problema, está na valorização e falta de exemplo daquilo que é boa pratica do bem comum, daqueles que têm responsabilidade de nos governar e nos nossos valores como Homens São Tomenses. A nossa visão do bem e do mundo é muito limitada e pequena.

    Mas a pior de tudo são os sentimentos que podemos sentir e ter; a consciência para o mal, ou se quisermos consciência maldosa, consciência para praticar o mal sem o questionar sobre nós próprios, a mesquinhez e pequenez que nos foi deixada desde de o passado até hoje e que assumimos plenamente como se fazendo parte de nós mesmo, sem no entanto a questionar e perceber ao longo do tempo.

    Por isso deixo- vos aqui este artigo que li num artigo no jornal em causa;

    Suprime alguma partes,e onde se devia ler Portugal, Lê-se (São Tomé e Príncipe).

    “Por que não nos preocupamos com a corrupção?”

    Por Armando Pires
    30-05-2011 Jornal Público

    “Além do mais, a tendência dos últimos anos aponta para um agravamento da situação….”

    “A razão da ausência da corrupção do debate da crise …”
    “dominar a opinião de que, visto o Estado ter uma burocracia pesada e lenta, a corrupção ajuda o “dinheiro a circular”, e como tal a gerar riqueza. No entanto, a ciência económica diz-nos que esta visão está errada.”

    “Primeiro, a corrupção é um imposto, pois diminui o nosso rendimento disponível. Se para um empreendedor obter um contrato com um retorno de 100 euros tem que pagar 10 por cento do valor deste em “luvas”, o suborno terá um efeito essencialmente semelhante a um imposto, pois o empreendedor apenas irá embolsar uma parte do rendimento que gerou. A diferença é que, enquanto os impostos colectam o nosso dinheiro para o benefício de todos (i.e.: através do investimento por parte do Estado em infra-estruturas, saúde, educação), a corrupção captura a riqueza de todos para o benefício de alguns. Na realidade, no caso anterior, o empreendedor terá tendência a transferir as despesas com a corrupção para o consumidor através de um aumento dos preços.”

    “Segundo, a corrupção vicia a concorrência, pois dá vantagens não baseadas na produtividade a quem a ela recorre. Pensemos em duas empresas, Alfa e Omega. Alfa é mais competitiva que Omega, mas enquanto Alfa está legalizada, paga impostos e contribuições sociais (i.e.: opera na economia formal), a Omega não (i.e.: opera na economia informal). Isto permite a Omega praticar preços mais vantajosos que Alfa e o resultado é que Alfa fecha portas, pois todos os consumidores compram na Omega. Ou seja, a corrupção na forma de fuga aos impostos pode conduzir à saída do mercado de empresas do sector formal, exactamente aquelas que mais riqueza criam numa economia por serem mais produtivas. De facto, a economia informal tem mais peso em países com maior incidência da corrupção. Não é pois de admirar que em… (São Tomé e Príncipe) a economia informal represente cerca de 20 por cento do PIB.”

    “Terceiro, a corrupção tende a ter mais expressão nos sectores que menos contribuem para o equilíbrio das contas externas, ou seja os sectores não-transaccionáveis (i.e.: que não estão expostos à concorrência internacional). Estes são mais propícios à corrupção, visto terem acesso a “rendas” que estão protegidas da concorrência externa. Isto promove o aparecimento de índivíduos que se especializam em negociar, através do tráfico de influências, a atribuição destas rendas. Imaginemos um contrato público que atribui o monopólio de um sector de actividade. Um empreendedor tem toda a vantagem em empregar alguém com bons contactos políticos para ganhar esse contrato. Em sectores transaccionáveis (i.e.: que estão expostos à concorrência externa), tal comportamento tem menos probabilidade de sucesso, visto que uma empresa mesmo recorrendo à corrupção pode ser eliminada por outras mais competitivas a nível internacional.”

    “Quarto, a corrupção afecta os incentivos ao investimento em educação. Por exemplo, um indivíduo que face à opção de tirar um curso superior e depois concorrer a um trabalho que só lhe será atribuído se tiver “cunhas”, pode muito bem desistir da sua formação, ou eventualmente emigrar. Como resultado disto nos países com maior presença da corrupção…”(como São Tomé e príncipe) “não só uma menor percentagem da população tem um curso superior, como também entre os licenciados há uma expressiva fuga de cérebros para o exterior.”

    “Existem no entanto poucos estudos que nos digam quais os verdadeiros custos da corrupção em…(São Tomé e Príncipe). Todavia, análises feitas noutros países apontam que o combate à corrupção pode reduzir substancialmente o desperdício de fundos públicos. A título de exemplo, na Argentina uma acção contra a corrupção na compra de medicamentos dos hospitais públicos diminuiu as despesas do Estado com estes em 15 por cento. Em Itália, devido à máfia, estima-se que os custos da construção de estradas sejam três vezes superiores ao normal….”

    “Neste sentido, uma redução da corrupção em…(São Tomé e Príncipe) permitiria ganhos substanciais para as contas públicas e menos sacrifícios para todos. E, para aqueles que pensam que é difícil mudar uma cultura de corrupção, importa lembrar que dois dos países menos corruptos (e mais ricos) hoje em dia, Suécia e Singapura, já foram dos mais corruptos (e mais pobres) no passado. No entanto, para esta transformação acontecer em…(São Tomé e Príncipe) é preciso uma clara vontade política para combater a corrupção, uma defesa da concorrência justa, um corte nos benefícios dos sectores não-transaccionáveis, a promoção do mérito no mercado de trabalho e o combate ao crime fiscal. Com estas políticas não só o crescimento económico será relançado como também será introduzida mais justiça social, factores essenciais ao bom funcionamento do Estado social.”

    “Economista, professor associado na Norwegian School of Economics and Business Administration”

    • Virtual

      9 de Junho de 2011 as 10:04

      Olha, numa nação democrática qualquer mudança, digamos estrutural, depende mais do que tudo da vontade política! Se houvesse vontade política tanto a corrupção como outros problemas cruciais existentes neste país estariam hoje combatidos! Mas, enquanto não há essa vontade, vamos chamando pelo nosso Senhor Jesus Cristo até esse dia…

      Um exemplo claro, embora seja mais por vontade externa, é o caso do Paludismo.

    • Bejunto Aguiar

      9 de Junho de 2011 as 11:33

      Obrigado pelo artigo Anca,

      o problema do nosso STP é serio se não mesmo endémico. As pessoas vêm a corrupção como um direito. E muitos acham normal e aceitável. O Virtual tem razão quando diz que existe falta de vontade politica. Mas isso por si só não resolve. É muito mais complexo e a discussão do mesmo seria extensa.

      O combate a corrupção tem necessariamente que merecer o envolvimento de todos, começando nas nossas crianças nas escolas até aos representantes máximos do Estado.

      O que não se entende é que sendo o nosso país uma país que vive de dádivas, empréstimos e ajudas não se percebe porque razão os dadores não nos exije uma prestação de contas em relação a aquilo que nos emprestam?

  17. jcruz

    8 de Junho de 2011 as 18:05

    Pinto é o melhor para STP
    Viva PC

  18. Madalena

    8 de Junho de 2011 as 18:28

    Para mim, qualquer candidato é melhor que Pinto da Costa.
    Qualquer!!
    Aonde é que estamos? Na Lua.
    Aguas passadas não movem o moinho.
    Isso é herança???
    Vai la vai ate a barraca abana.

  19. Trafico de influencia

    8 de Junho de 2011 as 18:48

    General Eanes, lançou livro de um civil?
    Com tantos intelectuais de letra no paìs. Desprezo a malta com:
    São Lima, Aito, I. Mata, etc.
    Quero ver a cronica de Inocencia Mata, deve ter mais piada…
    Pinto escreve aos 76 anos.
    Alguém disse : Homem está novo!
    Novo???
    Idade não perdoa, pode beber, ou chupar sangue de gente nova mais não arranca.
    mafoma!!!

  20. J. Maria Cardoso

    8 de Junho de 2011 as 19:00

    Anca,
    É pena sermos pobres na leitura.
    O seu relato apenas deixa cego quem não quer ver.
    A corrupção estrangula qq economia por mais que a Natureza ofereça minas de ouro a terra.
    A nossa África é um exemplo dessa cegueira com todos (os corruptores) a enfiar-nos os dez dedos das mãos pelos olhos dentro.
    Os beneficiados com a corrupção nem se dão pela mendiguice que evoluie a sua volta penalizando o razoável da ética e da moral humana.
    Parabens!

  21. N.C

    8 de Junho de 2011 as 19:11

    Nao tenho nada contra ti meu carro Pinto da Costa nem ao teu favor.As recordacoes que temho de ti e do teu regime e que enquantos fui crianca,tinha que parar enquanto tocava o Hino nacional quer no palacio,quer na radio nacional,que enquanto o sr passava pelos bairros e luchans,tinhamos que mantee em sentido e apelar a continencia.Agora os que os mais velhos retratam do teu regime,so os que sentiram na pele podem testemunhar.Mas uma coisa e certa.Havia o respeito pelas leis,pela sociedade,pelas autoridades e ate a aos mais velhos.Bem ou mal o Sr tem a obrigacao de corrigir e mostrar ao povo Santomense o poprque da sua candidatura.O sr tem a divida com o povo Santomense.Tudo no que tornamos tem a sua cota de responsabilidade.Se tivesse que votar te daria o meu voto de confianca.Haver vamos

  22. renato correia

    8 de Junho de 2011 as 19:39

    “anca” adorei a tua participação?

  23. GOMES GOMES

    8 de Junho de 2011 as 20:01

    MEU DEUS ….

  24. Tiago Pinto

    8 de Junho de 2011 as 20:09

    É preciso dizer o seguinte: No dia 17 de Julho de 2011, domingo, vamos às urnas eleger o Presidente da República. Mas quem ouve todos os pré-candidatos presidenciais a falar, mais parece que estão a concorrer para o cargo de primeiro-ministro, chefe de governo. Todos os pré-candidatos falam e apresentam ideias, projectos e acções que mais têm a ver com um programa de governo do que com um projecto de sociedade de um Presidente da República. Isto pode vir a dar, mais uma vez, conflito político com o governo. Outra questão é aquilo que Pinto da Costa diz, ter sido ele o mentor da abertura política para o multipartidarismo no nosso país. Mas Pinto esquece-se de dizer o que o levou a anunciar a abertura do seu regime ditatorial. Por cúmulo fez esse anúncio em Cabo Verde. Pinto despreza o país onde nasceu, São Tomé e Príncipe. E a provar isto, fez recentemente o lançamento do seu livro Terra Firme, um autêntico manifesto eleitoral, em Lisboa. Para os que têm memória curta ou para os mais jovens que não conhecem bem o que foram os 15 anos do regime ditatorial de Pinto da Costa, é preciso dizer que ele foi politicamente pressionado e encurralado no país e no estrangeiro para fazer essa abertura política. No país, mais ou menos, a partir de 1980/82, começaram a surgir várias vozes a contestar a política do Pinto, não só no seio do próprio MLSTP mas também na sociedade civil. Neste âmbito surgiu o Grupo de Reflexão constituido por homens e mulheres santomenses insatisfeitos e fartos dos abusos do poder de Pinto da Costa. O Grupo de Reflexão deu mais tarde origem ao PCD/GR-Partido de Convergência Democrática-Grupo de Reflexão. O texto seria muito longo se fosse agora relata tudo que se passou nessa altura. Por isso, para quem quer saber, falem com o Drº Guadalupe de Ceita, Albertino Bragança, João Bonfim, Norberto Costa Alegre, Alda Bandeira,, Filinto Costa Alegre, Fernanda Pontífice, Conceição Lima, Olegário Tiny, e muitos outros santomense que se juntaram, reuniam às escondidas em casa do Drº Guadalupe Ceita, por causa da segurança do Estado e bufos, para discutir e encontrar uma estratégia para derrubar o regime de Pinto. No plano internacional, Pinto foi pressionado fortemente para fazer a abertura. O país estava de rastos, não tinha dinheiro, não havia de comer, não havia nada no mercado, lojas vazias, as bichas para comprar qualquer coisa eram muito longas e ainda por cima a polícia maltratava as pessoas, batia fortemente. Perante isto, Pinto andava a pedir dinheiro a nível internacional e foi-lhe imposto pelos países doadores ocidentais que deveria retirar do país os militares cubanos e russos e iniciar o processo democrático como condição para receber ajuda financeira. Foi por essa razão que começamos a mudança política. Agora, Pinto vem dizer que foi ele que abriu o processo democrático por vontade própria, o que é falso. Pinto escreveu um livro que deu o nome de Terra Firme. Para já Pinto nunca escreveu nada. Os seus discursos eram escritos por Alda Espírito Santo, Carlos Graça, Henrique Costa, Tomé Costa, Evaristo Carvalho, Manuel Vaz, Posser da Costa, Carlos Tiny, Rafael Branco, Armindo Vaz e outros tantos membros do MLSTP. Quem lê com atenção o livro Terra Firme vê mesmo que não foi o Pinto que escreveu. Deve ter dado as ideias a alguém, falou de um modo geral sobre o país, naquilo que mais lhe interessa, mas não contou toda a verdade e, claro, perante uma boa verba, essa pessoa escreveu-lhe o livro. Tarde ou cedo, vamos saber quem é que escreveu esse livro. Ele pode crer que há-de aparecer nesta campanha eleitoral um outro livro com a verdade sobre aquilo que ele fez ao país e aos santomenses durante 15 anos. No seu livro, ele não escreveu nada sobre isto. Porque será?

    • Fôça Zagué Sa Acha

      9 de Junho de 2011 as 14:38

      Esse Tiago sabe bem das coisas…

      Foi pena não ter mencionado o papel dos oposicionistas que faziam, bem ou mal, o seu trabalho a partir de Portugal.

      É verdade que não tinham o arcaboiço intelectual do GR, mas não foram menos importantes. Há que fazer justiça também a estes compatriotas.

  25. realista

    8 de Junho de 2011 as 20:48

    PINTO E O MAXIMO

  26. jaka doxi

    8 de Junho de 2011 as 23:44

    Pinto não serve.

  27. H. A. Azimute

    8 de Junho de 2011 as 23:58

    Infelizmente, esta candidatura está sendo privilegiada descaradamente com a sua mediatização diária, em detrimento das outras candidaturas. Dêem mais oportunidades aos outros candidatos (em pés de igualdade), e deixem de, deliberadamente tentarem lavar a imagem deste cidadão.
    A confusão está sendo lançada, pois este discurso parece ter sido elaborado por um candidato a 1º ministro, do que realmente seria o discurso de um candidato a Presidência da República com os seus poderes limitados pela constituição. Estou em crer que, os conflitos entre os orgãos da soberania e os atropelos à nossa constituição, serão irremediávelmente às instabilidades que este cidadão trará com o seu possível “regresso”, tendo como fundamento o seu passado tenebroso (começo injustificável do calvário deste povo)

  28. Conde de Monte Cristo

    9 de Junho de 2011 as 9:50

    Quem vai votar em Pinto da Costa:
    1- Os preguicosos da nossa praca
    2- Os arrumados em meninos bonitos, espertalhaos, e pequenos bandidinhos da nossa praca
    3- Os corruptos aniquilados por Rafa
    4- Certos jornalistas que morrem de ciumes de Adelino
    5- Alguns juizes que querem lugar de Aito
    6- Alguns comerciantes que ainda tem saudade de vender com a bicha
    7- Policias que gostariam de ser como Brucely e Quebra Osso
    8- Os senhores que tinham direito a fazer compras na loja franca
    9- Ministros que nao tinham pastas
    10- Directores que nao tinham quarta classe
    11- Os antigos (des) feitores das rocas
    12- Os antigos guardas ( ladroes)
    13- Os antigos delegados de zona
    14- Os bufos e os fofoqueiros
    15- Alguns abubes que vestiam fardas de tropas castanhas e manipulavam armas de madeira e que chamavam de milicianos
    16- Alguns pioneiros negros e pioneiras mulatas que madaram visitar RDA e URSS para poderem ser homens e mulheres do amanha
    17- Alguns estudantes mediocres que mandaram lavar cerebro perto de Guantanamo
    18- Algumas senhoras de nao me toques)mas que no fundo sao conhecidas como velhas prostitutas de luxo (Por favor ler o livro “Camaradas Compadres e Comadres” de Geirald Seibert?
    19- Alguns cornudos que dos cornos se ascenderam a altos cargos
    20- Os senhores do Karate
    Ha mais mas fica para depois!
    Tambem vai votar nele um grande grupo de mulatos que eram os grandes protagonistas do negocio dos falados 15 anos e um grupo de negros que dizem ter o coracao de branco.

    • Lina

      10 de Junho de 2011 as 16:55

      Conde, a tua lista é poderosa!

      O PINTO MORIBUNDO QUE SÓ DÁ A COSTA NAS PRESIDENCIAIS não passará mais uma vez.

      Por agora partiu com a vantagem de quem nada faz e só se prepara para isto. Mas os banhos de Luxo que está a dar não serão intermináveis. Das torneiras de Angola já não sai tanto dinheiro.

      Combater o Pinto é combater a corrupção, é combater o retrocesso. Para a frente STP, mesmo que o caminho seja duro, nunca para trás.

  29. realista

    9 de Junho de 2011 as 11:24

    tenho saudades da minha infancia.os meus 4 e 5 anos recordo jardim mina anzo em madre deus brinquedo,lanxi de qualidade,ora de lazer, 6 a 10 anos primaria atanazio gomes,todos tinhamos que fazer fila pra cantar o nosso lindo hino nacional acompanhado com a nossa bandeira,primeiro de junho barcos proviniente de china chegava ao porto um mes antes com roupas alimentos pra criancas,na era secundaria k maravilha a educacao estendia pra toda faicha etaria que sao curso diurno e nocturno respeito a nossa cidade sempre limpa ,quem nao lembra do jardim primeiro de Maio, TODOS CULPAM PINTO DA COSTA COMO UM CORUPTO,DITADOR, ARROGANTE NO MEU PONTO DE VISTA ESSES SIM TENHEM MEDO DA JUSTICA, QUEREM FUJIR AO FISCO, ESSES SIM SAO MAIORES BANDOS DE CORUPTO. PRECISAMOS de um PRESIDENTE COMO UMA PAREDE PRUMADO, NAO BANANA E MAL EDUCADO COMO O MULATO DE FRADIQUE E OPOTUNISTA COMO TROVOADAS.
    VIVA PINTOOO DA COSTAAAAAA
    VIVA DEMOCRACIA
    PINTO PODES CONTAR COM O MEU VOTO EM JULHO

    • Fôça Zagué Sa Acha

      9 de Junho de 2011 as 14:41

      O Realista pertence à lista elaborada pelo “Conde Monte Cristo”

  30. MALDINHA

    9 de Junho de 2011 as 12:09

    apoio acabar sim com a corrupção, mas temos que ver pelos salários dos coitados funcionários públicos que recebem merecas que não chega pra comprar corda para se emfolcar, se os bancos já não dão credito da habitação aos pequenos, que raio de Terra! É uma vergonha um Pais tão pequeno com tantos candidatos na disputa pra 01 lugar, haver vamos…………

  31. Felicio Gomes

    9 de Junho de 2011 as 13:30

    Sera que o meu povo continua tao igenuo ou burro que volta a cometer o erro em a poiar um ditador o mundo nao quer mas ditadura , se colocarem este home como presidente o povo vai chora lagrimas de sangue da qui fala um filho da terra que muito tem amor pelo pais ……. Estao a aproveitar da ingenuidade do povo pinto nunca mas como presidente…

  32. sem stress

    9 de Junho de 2011 as 14:08

    este candidato só tem um slogan
    “nasci para governar e não para ser governado”

    digo isto, porque este candidato só se houve seu nome quando há eleições presidenciais.

  33. JOSE TORRES

    11 de Junho de 2011 as 11:21

    Vamos todos apoiar PINTO DA COSTA

  34. JOSE TORRES

    11 de Junho de 2011 as 11:22

    Rapazes o vosso futuro depende do Pinto.
    Ou estao com medo de perder o comboio da corrupcao?
    Pinto sera o proximo presidente da Republica porque ele ja ganhou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo