Política

“Chegou a Hora” é o lema da campanha presidencial de Maria das Neves

A antiga Primeira-ministra que fez a apresentação pública da sua candidatura ao cargo de Presidente da República no último fim-de-semana, no palácio dos congressos, disse que é candidata porque chegou a hora de mudar a situação degradante do país, política, económica e social do país.

Na sua intervenção no Palácio dos Congressos, Maria das Neves começou por levantar a seguinte questão. «Porquê que Maria das Neves decidiu candidatar-se? Porque o país não vai bem, ao nível, político social e económico», Maria das Neves perguntou e respondeu, acompanhado por aplausos de cerca de 2 mil apoiantes.

Economista de profissão a primeira mulher que ocupou o cargo de Primeira Ministra e Chefe do Governo em São Tomé e Príncipe, Maria das Neves é também a primeira mulher chefe do governo que foi vítima de um golpe militar orquestrado pelos ex-Búfalos.

Neste país de imprevisibilidades, hoje como candidata ao cargo de Presidente da República, a segurança de Maria das Neves nesta pré-campanha eleitoral, é garantida por alguns elementos do ex-batalhão búfalo que perpetrou o golpe de estado do ano 2003.

Para justificar a sua candidatura, Maria das Neves começou por descrever a situação política do país. «Ao nível político temos um país que muda constantemente de governo. Desde que começou a segunda República que nenhum governo conseguiu cumprir o seu mandato. Reza a nossa constituição, que cada governo tem mandato de 4 anos, mas ninguém conseguiu cumprir o seu mandato. Isto tem tido consequências graves para o nosso país», declarou, defendendo a estabilidade política, como factor de desenvolvimento.

Maria das Neves tomou Cabo Verde como exemplo para provar que a instabilidade é a principal causa do retrocesso de São Tomé e Príncipe. «Normalmente tenho comparado São Tomé e Príncipe, com Cabo Verde, que são ilhas como nós, que ascenderam a independência no mesmo anjo que nós ascendemos. Mas Cabo Verde já saiu do nível dos países menos desenvolvidos, e já se encontra no núcleo de países de desenvolvimento médio. E perguntamos porque é que há essa diferença? Será que eles têm mais riqueza do que nós? Será que eles têm maior capacidade do que nós? O problema está na instabilidade política. Enquanto em Cabo Verde nos últimos 10 anos houve um só Primeiro-ministro, nós em São Tomé e Príncipe nos últimos 10 anos, mudamos 10 Primeiros-ministros. Isso não traz confiança para ninguém. Os investidores têm medo de investir em São Tomé porque há riscos. E se não haver investimentos não há emprego nem riqueza. Temos que mudar», pontuou.

A nível económico, Maria das Neves encontra mais razões para se candidatar ao cargo de Presidente da República. «Se em 1975 quando ascendemos a independência, produzíamos um total de 10 mil toneladas de cacau por ano, agora estamos a produzir cerca de 2 mil toneladas ao ano. No momento em que a população está a crescer é que a produção está a baixar. Estamos a exportar qualquer coisa como 5 milhões de dólares ao ano e a importar qualquer coisa como 60 milhões de dólares ao ano. Isto não pode de maneira nenhuma contribuir para o desenvolvimento do nosso país», destacou.

Retrocesso económico e político, que tem impacto forte a nível social. Mulheres, Jovens Idosos e Crianças estão a padecer. Fome começa a ser realidade nas ilhas verdes. «Temos muita gente no desemprego e como consequência disso temos 54% da nossa população mergulhada na pobreza. O que significa dizer que mais de metade da nossa população se hoje almoça, não consegue jantar porque não tem rendimento para garantir duas refeições ao dia», frisou para depois acrescentar que «temos os nossos jovens completamente frustrados num país onde os jovens representam cerca de 60% da população. Temos os nossos idosos abandonados, e deficientes entregues a sua sorte. Chegou a hora de mudarmos essa situação».

Para Maria das Neves chegou a hora de São Tomé e Príncipe seguir os sinais de mudança que estão a acontecer no país. «Todos sabem que hoje no mundo muitos países estão a apostar nas mulheres para mudar a situação. Temos na Libéria uma mulher que tem dirigido a Nação. Temos na Alemanha uma mulher, temo o exemplo do Brasil que elegeu recentemente uma mulher. E nós aqui não estamos na altura de experimentar uma mulher para ver se a coisa muda?», interrogou tendo recebido como resposta aplausos dos seus apoiantes.

Razões que sustentam o lema da campanha “Chegou a Hora”. «Chegou a hora de garantir a estabilidade política neste país. Chegou a hora de arrancarmos a nossa economia, chegou a hora de provermos o nosso desenvolvimento. Chegou a hora de todos juntos unirmos para um São Tomé e Príncipe melhor», concluiu a candidata.

Aplausos dos apoiantes marcaram o fecho do discurso de Maria das Neves. Outra figura que brilhou no palco é o jornalista da TVS Artur Pinho, que apresenta o programa “Em Debate”, que substituiu o programa “ Em Directo”. O jornalista foi speaker do lançamento da candidatura de Maria das Neves. Vestido a rigor, ou seja, com boné e tshirt da campanha de Maria das Neves, o apresentador do programa “Em Debate” da TVS, animou a festa de lançamento da candidatura, tendo sido rosto e voz dos slogans de apoio a candidatura de Maria das Neves ao cargo de Presidente da República, nomeadamente “Chegou a Hora”.

Abel Veiga

    58 comentários

58 comentários

  1. Matias

    27 de Junho de 2011 as 10:28

    Boa comparação, mas essa compareação lhe prejudica imenso, Maria das Neves. É melhor não falar. Nunca apoiou a instalação de um consulado em Cabo Verde.
    Nunca soube, nem na comunicação social ouviu, dirigente com terras do Estado, sem produção, como é seu caso, com Vila Graciosa e Rio Ave, com mais de 500 ha.
    Dirigentes de Cabo verde não usam Fundo de contrapartida para coisas vãs.ETC

  2. Mendes Cabral

    27 de Junho de 2011 as 10:37

    Senhora Maria das Neves!
    Quando o 1º Ministro de Cabo verde foi a São Tome e viu a situação que vivem os seus patricios, lagrimejou, a senhora aonde é que esteve? Tabém a senhora contribui para a pobreza dessas mulheres e homens, desemparados , sem abrigo, sem segurança social. Agora procurar o exemplo de Cabo verde? Tenha pudor!
    A senhora devia estar a pagar os fundos do GGA num estabelecimento prisional de alta segurança, Tipo aquela do Anibalzinho em Maputo.

    • Heldmar

      27 de Junho de 2011 as 14:57

      Vamos Com calma man

  3. Do Rosário

    27 de Junho de 2011 as 10:48

    No dia 21/06/2011 Assunção Esteves foi eleita ao cargo de presidente da Assembleia da República de Portugal, é a
    primeira vez que uma mulher ascende a este lugar..

    Viva a Democracia
    Viva a liderança feminina.

    Viva as mulheres de STP..

    • Suásuá Pires

      27 de Junho de 2011 as 14:34

      Se pra ser eleita e continuarem na pratica de coisas elicita como caso fundo de GGA apoderamento de bens público melhor esquecer,os nosso politicos precisa fortes ataque do povo com pedrada na mão pra deixarem de robar uma vez por toda, bolas pá…

  4. Corrupção no Estado

    27 de Junho de 2011 as 10:49

    Economista de meia tijela.
    Olha como fala dos dados?
    Cacau era de quanto por ano e durante quanto tempo. Muita pena, da forma como fala. A sua roça produzia quantas toneladas em 1975? A vila graciosa? E agora? Transformou e lugara de pastagem do seu colega de partido, Quintas. As suas cabras pastam dia e noite na sua roça, comendo cacau. O cacaueiro é uma planta Caulifora, as cabras têm comido os cones gemários.
    Quando foi 1ª Ministra a produção continuou a subir? ou a descer?
    Ainda podemos lembrar que os franceses reabilitaram todo o cacauzal da sua roça, dai a sua preferencia em tomar, logo apos a saida do projecto, uma autentica corrupção, neptotismo.
    Ainda fala de Cabo verde?
    Em 1935 houve produção expectacular, mais os sinais de crise, nada têm a ver como que quer dizer. Engana os coitados, “ami nau”

    • Heldmar

      27 de Junho de 2011 as 14:59

      Calma Rapaz!!! Tenta ver as coisas boas que aconteceram quando Ela foi 1º ministra.

      • Paquito

        28 de Junho de 2011 as 13:17

        Procura saber quem são os verdadeiros organizadores do golpe e porquê, coitado bufalo só fica uê papelo. coisa muito esta escondido.

  5. Herlander Leite

    27 de Junho de 2011 as 11:03

    Ora minha senhora, posso facilmente responder qual a diferenca entra STP e Cabo Verde. Essa diferenca nao foi aqui mencionada por si. Essa diferenca e a corrupcao e a falta de justica. Ora minha senhora, se estivessemos em Cabo Verde a esnhora estaria presa ou pelos menos com os bens penhorados, o seu marrido tambem teria o mesmo destino, o Delfim Neves estaria preso, Pinto da Costa estaria reformado e o Aurelio Martins nunca seria lider da oposicao quanto menos candidato presidencial. A senhora como 1ª ministra nao deixou saudades a ninguem, a unica coisa de que se lembra e do golpe barbaro de que foi vitima e das muitas rocas de que a senhora se apropriou. Portanto nao vem ca meter ninguem dedos nos olhos.

  6. Mak

    27 de Junho de 2011 as 11:17

    Ja perdeu. Queremos o esclarecimento do caso GGA..

    • Heldmar

      27 de Junho de 2011 as 15:00

      Também eu!!

  7. Anca

    27 de Junho de 2011 as 11:49

    “Chegou a hora”

    De facto chegou a hora de não se refugiarem na imunidade parlamentar.

    De facto chegou a hora de se esclarecer devidamente todos os casos de corrupção no país,incluindo o GGA.

    De facto chegou a hora, e na é tempo, de penalizar e fazer julgamento, através do voto, os maus políticos, maus dirigentes, só assim estaremos a dar exemplo, tanto nestas eleições para a Presidência da República, como nas próximas eleições em São Tomé e Príncipe, uma vez que os tribunais não funcionam,devemos fazer o julgamento popular através do voto.

    Porque ainda vamos muito a tempo de endireitar o país e os maus políticos dirigentes.

    Como?

    Através do nosso voto nossa escolha sábia.

    «Normalmente tenho comparado São Tomé e Príncipe, com Cabo Verde, que são ilhas como nós, que ascenderam a independência no mesmo anjo que nós ascendemos. Mas Cabo Verde já saiu do nível dos países menos desenvolvidos, e já se encontra no núcleo de países de desenvolvimento médio.”

    “E perguntamos porque é que há essa diferença?”

    Diferença de ser estar

    “Será que eles têm mais riqueza do que nós?”

    Sim, riqueza mental e de pensamento,(consciência do bem comum,para todos)

    Será que eles têm maior capacidade do que nós?

    Sim capacidade de ser humildades, capacidade de gerar consensos, capacidade de raciocinar e pensar o futuro do país mesmo com pouco recursos,capacidade e humildade de se apresentarem a justiça, sem ter que refugiarem na imunidade parlamentar,para estabilidade e esclarecimentos e transparência, capacidade de pensar um país, que é um país para todos, independentemente da sua cor política, seus credos, e ideias, capacidade de serem ponderados na tomadas de decisão comum a bem todos, e não de alguns.

    De facto muita diferença…,

    Atingiram muito cedo o discernimento e consciência para praticar o bem, ganharam a maturidade política e como povo.

    Caso para dizer que têm hoje 35 anos e já são crescidos e maior vacinados tanto em relação a independência, como em relação a democracia.

    Já não são miúdos, como alguns dirigentes e povos de alguns Estados de África, onde se inclui de São Tomé e Príncipe.

    Deus abençoe e livra São Tomé e Príncipe

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos muito bem

    Bem haja a todos

  8. Anca

    27 de Junho de 2011 as 11:50

    quis dizer

    já é tempo de penalizar e fazer julgamento

  9. Suásuá Pires

    27 de Junho de 2011 as 11:57

    “A antiga Primeira-ministra que fez a apresentação pública da sua candidatura ao cargo de Presidente da República disse que é candidata porque chegou a hora de mudar a situação degradante do país, política, económica e social do país.”

    Agora pergunto eu na qualidade de filho desta terra. Será mesmo que iria acreditar que a senhora quer mudar estado atual do país ? então a senhora Maria das Neves concordaria comigo se dessesse que a senhora é uma das figuras que tambem em muito contribui prar por o país em estado de degradação que se encontra.Quando a senhora foi a chefe do governo o que fez? não poderia tentar mudar este estado atual a tempo? Agora quer a presidencia para voltar a ter mais e melhores parcelas de terras dentre outras coisa ? Senhora Maria este povo ja não esta de olios fechados. Quando a senhora foi chefe de governo queria ou não acabar com aquela instituição que nasceu para contral os ditos dirigentes que desvia o bem e o dinheiro do povo ? ouvi perfeitamente o Presidente do Tribunal de contas que o seu governo queria acabar com o Trinal de Contas. Porquê ? Não querem ser punidos quando fazem mal! querem continuar no topo para ficar na malandragem ? como filho desta terra encotro-me numa situação de revolta e se tivesse o poder eu laçaria fogo por todas as terras ou agua para acabar com todas essas maldade de uma vex por toda, para ver até que ponto iam chegar com a robalheira descarada, um país tão pequeno cheia mizeria por sorte com ajuda externa mesmo assim essas ajudas não chegam a população que vergonha é essa.Banco mundial deveria cortar todas as ajuda que dão.Na primeira república notava-se presença dos hospitais por todos os Distritos hoje o que temos é uma desgraça na maternidade e não só, serca de 3 à 4 mulheres por cama, havia funcionamentos regulares de algumas fabricas, a onde foram e quem são os novos dono da propriedade do povo? Fabrica de tejolos de Bôbô Fôrro de Almerim, fabrica de laranjada,centro avicula em Sãoto Amaro. Os ditos da mudança fazem do povo o seu brinquedo colocando um contra o outro usando o dinheiro que andava a tirar do povo.Se Deus não entrar ao meio deste povo e dos dirigentes ladrões no sentido de ver a este povo que sofre por vossa maldade, um dia toda essa pocaria vai acabar ou de mal ou de bem de faca ou machim de gancho ou de machodo de expingarda ou de zagaia. Niguê ca colê ca colê iche cu ca fica ca fica, Deça nance cu tudo cácá sé cu a sá nê pôvô escapia nacê cu ponta uê a pôge lanja sodé loja mato deça nancê quá scabi.
    A sá cu mendo de Pinto punda ola cu Pinto cabi ê ca ba tchila iném ladrom ne futa, qua cé de lôço de (JJA) tudo ném cumé cé pódre cu a ba buca ne cóbo daua pla pôvo pô cumé tudo má fé cé scabi caba…

    • Heldmar

      27 de Junho de 2011 as 15:02

      Vota e verás!!! rsrsrs
      Mas, muito cuidado nesta hora!!

      Pinto!!! Não sei se é ladrão..
      Mas. Boa coisa, também não é não

  10. Anca

    27 de Junho de 2011 as 11:57

    De facto chegou a hora de mudar de dirigentes que têm governado o país sem consciência, pensando só nos seus umbigos.

    Façam escolha, sábias e ponderadas, de modo humilde, em consciência para o bem do País e de todos.

  11. VIOGO

    27 de Junho de 2011 as 11:59

    Essa senhora é uma bluff exis^tencial. La porque se empolou no populismo do MLSTP (ela e ELSA PINTO), dormirame acoirdaram pensaram que podem ser presidente do país. Apoderou-se das roças de quje acima se fala e “chuchou” no GGA, é uma autentica populista que aproveita de das camadas mais vulneráveis, como palaiês, pequenos agricultores para se lançar na vida. Nunca ela teve preocupação com o país. Comparar-se com altas mulheres que foram eleitas, DILMA e outras que são grandissimas personalidades… é mesmo sem carasco. Maria das Neves não tem nada de perfil de moral e etica. Cabo Verde não bandidos com ela. O que há mais em Caboverde para estar onde está é o saber e a inteligência, a integridade moral e etica e a dedicação pela causa pública. Ela e muitos são o cêbê vida bô, mas nada. Oportunista.

    • Heldmar

      27 de Junho de 2011 as 15:03

      Menos insultos meu menino!!

      • Suásuá Pires

        28 de Junho de 2011 as 10:45

        Meu bem, quando alguém rouba o bem que é seu, não é insulto ! então quem plantou insulto são Eles da mundança, se és jovem faça uma pequena e bela investigação naquilo que erra a nossa RDSTP nos anos de 1974 até ao ano de 1991.

        1º Erramos uma nação organizada e de respeito a nivel de Africa.
        2º Os dirigentes prestavam contas pelo aquilo que fasiam com o dinheiro do povo.
        3º As pessoas erram responsabilizados por crime que cometeu ( ê na tê punda bô fá )
        4º Os meios de tranportes de estado tinham um horario propicio para circulação e não é o mesmo que se asiste hoje em dia e sobre tudo com um encargo negativo para bolsos dos mais vulneraveis,com gastos de combustiveis peneus de milhões de dobras peçs enfim,é insulto ou não ?
        5º Os autocarros públicos destribuidos para todos os detritos e com horario estipulados de fucionamento , com parques de manutenção e valor cobrados erram canalizados para cofre de estado; e hoje a onde foram os valores cobrados dos atuais autocaros de estado ? é insulto por parte dos ditos dirigentes para o povo ou não ?
        6º A nossa praça de taxe organizadas
        7º As ruas das cidades eram lavadas
        8º Os hospitais funcinva em pleno, com medicmentos gratuitos e medicos respeitoso e hoje, como são os medicos e os enfermeiros para cons os doentes, é uma desgaça.
        Será que é esse o tipo de país que queremos ? onde não ha respeisto!

    • Almeida Paquito

      27 de Junho de 2011 as 19:53

      Fradique foi o melhor.

  12. Miltom

    27 de Junho de 2011 as 12:10

    O caso GGA nem se resolveu..e a senhora já quer ser Presidenta..ei ..quer afundar o pais de vez né..deixe..disso é melhor estar em sua casa..e deixar os outros trabalharem …”UM TEMPO NOVO PARA TODOS”…

  13. MiguelAngelo

    27 de Junho de 2011 as 12:53

    Senhora Maria da Neves,
    De boas intenções o inferno esta cheio. Não sei se a tão sonhada mudança poderá acontecer com os atuais candidatos ao cargo de presidente da republica, mas tenho plena certeza de que a senhora não é a pessoal ideal para mudar e fazer ascender o momento que São Tomé esta atravessando atualmente.
    Há muitos problemas sociais, econômicos, políticos, etc.. A senhora já teve oportunidade de fazer parte de vários governos, sempre fez parte da elite pensante do país. Os resultados da sua dedicação a STP, infelizmente são os mais negativos possíveis.
    Não tenho problema nem restrição para que se eleja um dia STP uma mulher como presidente, inclusive seria uma honra ver meu país fazendo parte desse grupo de países que elegeram uma mulher no cargo chefe da nação. Mas, a senhora representa a parte negativa que levou o país a se afundar e chegar no fundo do poço que nesse momento nos encontramos.
    Fico muito triste como santomense, ter que agüentar candidatos como a senhora e muitos outros da mesma laia sendo candidatos a um cargo tão importante para uma nação. Deveriam respeitar a sociedade! Mas a culpa não é completamente vossa, infelizmente isso reflete a gestão anterior do atual presidente. A casa perdeu completo resposta.!

    • Heldmar

      27 de Junho de 2011 as 15:05

      Mudar!!! Só Jesus Cristo…
      Mas, como quem diz: Quem não arrisca não petisca . . .
      Vou arriscar no sexo feminino.
      Estarei vivo se Deus assim quiser, pra ver o resultado :xd

    • Almeida Paquito

      27 de Junho de 2011 as 19:56

      Favorita é o melhor exemplo de governação em STP. Barabens para os que votaram duas vezes.

      Vocês não sabem nada

  14. Sóló Cabáua

    27 de Junho de 2011 as 13:39

    Ela deve gastãr tudo que robou ao povo santomense com os banhos e as antenas e outras ofertas. O povo sabe e não vai recusar nem te perdoar no dia que cair na mão do povo para te julgar.

  15. lino

    27 de Junho de 2011 as 13:59

    a senhora faz uma comparação despropositada.
    em cabo verde trabalha-se e existe alguma honestidade.
    podem tb ter os seus problemas…mas em s.tomé e principe são todos desonestos….corruptos…delapidadores de coisa pública.
    como disse o outro compatrota… asenhora e os demais devia estar agora na prisão.
    se s.tomé fosse um país como deve ser …estariam as escumalhas todas como a senhora, delfin rafael branco, pinto da costa e todos os outros na cadeia.
    e o senhor aurélio martins de facto tb não é pessoa para ser presidente da república.
    não se pode ter sorte todos os dias.
    o fradique ja teve dia de sorte e foi presidente a custa do dinheiro que tinha.
    o aurélio tb anda a fazer a mesma coisa. a usar o dinheiro que tem de forma duvidosa para ludibriar as mentes fantasistas dos nossos famintos compatriotas,para benefícios próprios.
    É um homem corrupto.
    Esquemático.

    • Heldmar

      27 de Junho de 2011 as 15:07

      O Povo cabo verdiano é defedente
      rsrsrrs totalmente diferente dos santomenses.

  16. Madalena

    27 de Junho de 2011 as 14:17

    MAria das neves, não dá?
    Ela depois de desferir palavras azedas ao Fradique, pelo facto de lhe tirar o tapete, só lhe faltou correr na rua.
    Tenha calma, agora vai ter que sujeitar uma candidatura, jovem, rebelde e amiga dos mais desfavorecidos.
    Pode ajuntar com Pinto da costa, votar duas vezes, etc. MAs quem vai ganhar estas eleições, por vossa culpa é camarada Aurelio MArtins.
    Ja sei que vai ser duro, mas em democracia é assim.
    Lembra que ele ja derrotou o Pinto no congresso, uma vez que o candidato dele desistiu, Amaro Couto. E agora vai ser pior.
    Estão a brincar, veja Libia, Até para vossa salvação deviam deixar outras pessoas a frente. Aprendam o Nino Vieira teve uma morte tragica, ele tinha razão?
    Não queremos sangue no paìs.
    Interpol deve investigar os fugitivos, Carlos sai do Bunker, o governo deve autorizar as policias internacionais de entrarem no país.
    Doa a quem doer!!

  17. Trinta Mil Barris

    27 de Junho de 2011 as 14:18

    chegou hora sim, de ir a cadeia.justificar todo centavo de GGA

  18. Trinta Mil Barris

    27 de Junho de 2011 as 14:20

    O nosso país tem azar. Mulher e marido, os maiores piratas de São tome e Principe.

    • Idalecio Bandeira

      28 de Junho de 2011 as 13:29

      Madalena + Tinta Mil Barris.

      Vocês ja viram alguem ser procurado pela interpol ter emprego numa organização internacional? O homem trabalha no gabão e esta bem localizado como servidor publico.

      Azar para o nosso país é essa gente que vos enganou com chapa, fardo, compra vosso cacau etc

  19. Trinta Mil Barris

    27 de Junho de 2011 as 14:21

    Nós não temos sorte, com dirigente. Aquele mais sabido é mais ladrão. Curioso é que coloca tudo no exterior.

  20. Filó

    27 de Junho de 2011 as 14:23

    Esta Dupla é de se evitar. Carlos e MAria, Alcino etc….
    Adeouaa congó…

  21. STP Trading, Doca Pesca, Passeio da Cidade

    27 de Junho de 2011 as 14:26

    Maria Vai vencer as eleições..

  22. Filó

    27 de Junho de 2011 as 14:29

    Maria das Neves, racista da 1ª classe.
    Um jovem de origem Caboverdiana,mas Sãotomense foi impedido de trabalhar no Sistema de Interbancario de pagamento, por causa dela. Lançou concurso e nunca mais. Henio Dias.
    Agora fala de Cabo Verde, como exemplo, é sim mas a senhora nada disso faz. Conheço sãotomenses em cabo verde Diretor de serviço.
    Maria das neves, ja devia ter vergonha, Por favor não fala de Cabo verde, fala das atrocidades criadas no BC(Banco Central).
    Vamos encontrar na Campanha, espero que a interpol apanhe o MArido na campanha, tem estado escondido em casa.

  23. Buzio sem pena

    27 de Junho de 2011 as 14:36

    A diferença entra Cabo Verde e STP é que CV tem cerebros e STP tem tubarroes na politica, CV têm humildade, sao trabalhadores, STP tem oportunistas e sabutadores.
    fui

    • Heldmar José da Costa

      27 de Junho de 2011 as 15:10

      Também não somos assim tão maus!!!
      Calma ai rapaz!! Não somos os melhores, mas também temos as nossas qualidades. A diferencia é que não usamos o que temos ou por outras palavra, usamos para o nosso proveito pessoal e dos nossos familiares.

  24. catia

    27 de Junho de 2011 as 14:38

    Chegou a hora. Voto meu é para si, mulher com capacidade intelectual capaz de orientar o governo por ter sido primeira Ministra. Força, todo São Tomé e Príncipe conta consigo. É desta vez que teremos uma mulher Presidente como é o caso de Brasil.

  25. bom gosto

    27 de Junho de 2011 as 15:10

    Por acaso sr. Buzio é verdade o que diz: A diferença existente entre CV.e STP deve-se ao facto de em C.V ter cérebros , cabeça pensantes, ter juizos, ser conscientes, batalhador, empreendedores e em STP os políticos só sabem enganar o povo, n sabem gerir, são exageradamente corruptos. Pois a Mª das Neves já foi e continua sendo dirigente e os factos demonstram sobretudo no caso GGA que ela teve interferencia nalguma ma gestão destes fundos. Pois agindo em rigor não deverá ser presidente da república.

  26. Heldmar José da Costa

    27 de Junho de 2011 as 15:17

    Acabo que ouvir no Repórter Africa!! ´
    Algo muito interessante!!
    Chamaram o 1º Ministro de Cabo Verde de Mentiroso!!! Afinal não é assim tão diferente dos Políticos Santomenses!
    Viva a Democracia… E Que Deus Abençoe
    São Tomé e Príncipe

  27. Artista

    27 de Junho de 2011 as 15:31

    Durante + de 35 anos, não era HORA, Agora que ela é candidata a presidência é que é a hora! Mais o que é definição de politica governamental para esse povo?? Ou ainda estamos vivemos no regime presidencialista? Mau mau mau…. Alguém não andou a fazer trabalho de casa aqui!!!!!Ficou…

    • Heldmar José da Costa

      27 de Junho de 2011 as 16:36

      Meu Caro!! Desculpa a Maria!!! Ela não tem culpa, são os Profissionais que marketing que são doidos. Deveriam fazer como o Obama: YES WE CAN

  28. Filó

    27 de Junho de 2011 as 15:46

    Esta senhora, aida não justificou a verda do Estado que utilizou para reparar a sua moradia!!!
    A somar aos casos de GGA, Estte povo não é burro, pode fingir, mas não é?

    • SOCIALISTA

      30 de Junho de 2011 as 9:03

      meu caro! acabaste de perder uma boa oportunidade de ficar calado. pessoas sempre falam mas eskecem d pensar antes de falar.

  29. Renato Correia

    27 de Junho de 2011 as 16:10

    As mesmas e sábias palavras de sempre que mostram o seu forte compromisso com a estabilidade politica, e a proveitavel comparação com a politica com cabo verde e os seus conhecimentos e expereiência fazem desta candidata ao meu ver a mais qualificada para ser a primeira figura de estado da nação.curriculo invejavel, primeira ministra que mostrou sérviço.Caso GGA Já foi julgado e a senhora foi absolvida.muita força e coragem.

  30. Porto Real & Sundy

    27 de Junho de 2011 as 16:11

    Maria das Neves!
    Nem pós O Pai luto. A furia de ir na politica. Cuidado.
    A expressão que usou pode ser fatal.
    “Da Demonio cara dele”
    Aquele seu falar roçoeiro, outra vez, Por amor de Deus. Pronuncia de mato, nem parece gente com alguma formação.
    Aurelio MArtins é de longe um comunicador do que a senhora. E depois, tem mais gente no paìs do que a senhora, junta com Pinto mais Elsa mais Etc.
    “Gente di roça está so a falar di camarada Aurelio”

  31. Pina

    27 de Junho de 2011 as 16:28

    Maria das Neves ja chegou a Hora? de quê
    Estas a brincar,falta de inovação. Tempo Novo para Todos.

    • Paquito

      28 de Junho de 2011 as 9:39

      Chegou a hora de Maria das Neves se libertar dos malandros que ela ajuda a chegar o poder, dar a vida ao partido para outros ficarem a sombra.

  32. Heldmar José da Costa

    27 de Junho de 2011 as 16:38

    YES WE CAN!!!
    Ou Por outras palavras: EU Quero!!!
    Mas, é o povo quem decidi.

  33. Manuel costa

    27 de Junho de 2011 as 17:38

    Ê bôbô ê!
    MLSTP-PSD está nas ruas da amargura.
    O partido do riboque vai acabar se continuar assim.
    Fuba com Bicho.

  34. Africa

    27 de Junho de 2011 as 21:15

    Exma.Senhara Dra.Maria das Neves,
    Como candidata à Presidente da Republica, acho que V. Exª teve um discurso infeliz!
    A comparação feita com Cabo Verde foi descontextualizada e inoportuna. A responsabilidade de S.Tomé e Príncipe ter tido 10 primeiros ministros em 10 anos não é do povo sãotomense, mas sim da má gestão, ganância, cubiça pelo poder e conflitos de interesses entre a presidência e governo de que a V. Exª também fez parte.
    ”Diga-me com quem andas e dir-te-ei quem és”. Associar a sua imagem ao Sr. Rafael Branco, que de Branco só tem o nome, francamente!
    Neste momento de falta de fé e de total descrença que o povo sãotomense atravessa, o seu discurso deveria ser de mais altruísmo e autoestima colectiva. Os sãotomenses precisam de motivos para acreditar em S.Tomé e Príncipe como nação e de ter orgulho se der sãotomense.
    Tenho dito.
    Africa

  35. flangi

    27 de Junho de 2011 as 22:56

    Apostaria numa mulher experiente, competente, com capacidade, inteligente e sobretudo de mãos muito limpas. Porém, não é o caso desta senhora candidata presidencial de mãos sujas mas muito sujas

  36. Suásuá Pires

    28 de Junho de 2011 as 9:46

    “Lema de campanha de Maria das Neves,Chegou a hora”, por acaso chegou a hora de levantar-mos São Tomé e Princípe que erra de todos nós

    Por acoso chegou a hora de STP restabelecer os hóspitais : de Monte Café,Agustinho Neto,Boa Entarda, Água Izé, etc etc. Por acaso chegou a hora de deminuir a enchente de gentes que vêm de todos os Distritos para hópital central de STP,chegou a hora de esclarecer o caso de GGA, etc…chegou a hora de devolver os santomense (povo pequeno) a sua dignidade o respeito a honra,união e orgnização no sentido de serem respeitados la onde estiverem.
    Chegou a hora dos dirigentes deicharem de esconder por de tras da imunidade.
    Chegou a hora de responderem pelos desvios de fundo delapidação de bens públicos,chegou a hora.
    Chegou a hora dos grandes senhores pararem com veda de terra que pertence ao povo.Chegou a hora de pararem com privatização das prais.
    Chegou a hora de irem parar à cadeia

    Chegou a hora de mais um final de propagandas falças

    Chegou a hora de estado voltar assumir as suas responsbilides,um estado sem responsábilidade é um estado ôcu vazio que só pensa em vendas de ações enves de criarem açoes e fazerem avançar o país.
    Chegou a hora de pararem com progetos falços.

    Em suma chegou a hora de eleger o melhor homem da nação,o que povo nunca tinha feito… Pinto da Costa, homem da justiça social homem do povo e de um país melhor,o homem das empresas das antigas roças dos hóspitais das fabricas que hoje pertencem os ditos dirigentes da mudanças . Chegou a hora meu povo…

    Deus com STP para um dia melhor.

  37. Mafili

    28 de Junho de 2011 as 11:32

    Não vamos comparar o incomparavel.Não faltem o repeito as mulheres de respeito.
    Maria das Neves com todas as suas virtudes não chega aos calcanhares de Assunção Esteves. Esta última nunca esteve referenciada pela Justiça por motivo algum. E não podemos apelar ao voto pela Maria das Neves, ou Elsa Pinto só por ela serem mulheres.
    Queremos mulheres compententes, eloquentes, honestas.
    Maria das Neves reune essas condições?
    Se acharem que sim, apoiem-na.
    Eu acho que não.
    Esta muio aquém do desejado para o Cargo de Presidente da Republica e dos santomenses.Eu não me revejo nela, e não vejo como iremos ter um 1º Damo com a justiça as pernas.
    Nas futuras visistas de Estado ela vai sozinha, ou leva o marido correndo o risco….que se sabe?
    E assim vai o nosso STP

  38. Marcelino

    28 de Junho de 2011 as 15:30

    Deixo aqui o artigo da constituição que descreve as competências do presidente da República.

    E pergunto que revolução poderá fazer algum jovem com estas competências?

    Em minha opinião os jovens deveriam organizar-se nos Tribunais, nos Partidos e Governos. Deixando a presidência para os mais velhos e os mais consensuais.

    Um dia quando percebermos seremos melhores alunos!

    Artigo 80.º
    Competência própria
    Compete ao Presidente da República:
    a) Defender a Constituição da República;
    b) Exercer as funções de Comandante Supremo das Forças Armadas;
    c) Marcar, de harmonia com a lei eleitoral, o dia das eleições para
    Presidente da República, para a Assembleia Nacional e para as
    Assembleias do poder regional e local;
    d) Convocar referendo a nível nacional e marcar a data da sua realização;
    e) Promulgar as leis, os decretos-leis e decretos;
    f) Indultar e comutar penas, ouvido o Governo;
    g) Declarar o estado de sítio e de emergência, ouvido o Governo e depois
    de autorizado pela Assembleia Nacional;
    h) Autorizar a participação das Forças Armadas são-tomenses em operações
    de paz em território estrangeiro ou a presença de Forças Armadas
    estrangeiras em território nacional, sob proposta do Governo, ouvido o
    Conselho de Estado e mediante o assentimento da Assembleia Nacional;
    i) Requerer ao Tribunal de Constitucional a fiscalização preventiva da
    constitucionalidade ou legalidade dos diplomas legais e dos tratados
    internacionais;
    j) Conceder as condecorações do Estado.

    Bem haja

  39. Mendes Cabral

    29 de Junho de 2011 as 11:42

    Idalecio. P.N.(B).
    Actualize o Camarada está no Gabão? Pergunta bem?
    Desde quando?
    Está ni Bunker escondido, tipo Sadan ou Kadafi.

  40. O Defensor da Patria

    2 de Julho de 2011 as 11:59

    Senhora Maria das Nenves Presindente?

    Que moral esta senhora tem para ser candidata a Presidencia da RDSTP?
    Só porque foi eleita uma das mulheres mais influencia criou dentro da sociedade.

    Esta senhora só esta atrás de dinheiro porque tudo que ela e seu Marido tirou do País ja esta no fim.

    Olha só… Uma das coloboradora dela para campanha e que ela tem estado a viajar a Senhora Cristina Dias ex Ministra de Economia foi julgada no tribunal por ter desviado mais de 200 mil dolares do Projeto Micondó o dinheiro esse que tinha Com objectivo dar pekenos microcreditos a povo de stp… menos ela deve ganhar juizo

  41. cacau

    5 de Julho de 2011 as 12:03

    O pior cego é aquele que não quer ver, caros compatriotas, gostar de alguém, é uma coisa, e querer vê-lo governar um país e uma outra coisa. vamos parar e pensar. Vamos usar a inteligência que temos, e pensar em quem é mais inteligente, quem tem capacidade de fazer algo para stp, quem sabe dialogar, quem sabe negociar, quem sabe implementar, dirigir, em quem é capaz de ajudar os jovens, e muito e muito mais, em quem tem orgulho do seu pais, e tudo quero fazer para o seu desenvolvimento.
    Apostaram no actual presidente porque queriam mudanças, era um comerciante, olha no que deu, ter uma empresa e lojas e dar pequenas ajudas ao povo pequeno, não significa dirigir um pais. Esta mais do que certo de que se eu tenho dinheiro e tenho perspectiva de candidatar me a presidência da republica, quanto mais cedo eu fizer a campanha melhor, vou enganando o s que deixam ser enganados com esmolas, o mais cumulo ainda, comprar produtos fora de prazo, será que isso e ter amor a terra?
    Deixemos de ser colónias mentais, dizer o que os outros dizem, e fazer os que os outros fazem, vamos dizer o que pensamos, e fazer o que acharmos melhor, vamos ter auto crítica.
    Deixemos de leve leve. Não regressemos ao passado.
    De facto esta é a hora, hora de nós pensarmos com clareza, hora de reflectirmos, hora de deixarmos de pensar que temos que votar nos nossos conhecidos, mesmo sabendo que eles não têm capacidades para governar um país.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo