“Queremos tranquilizar aos nossos apoiantes de que nós vamos à luta”

Declarações de Delfim Neves, após o anúncio pelo Supremo Tribunal de Justiça enquanto Tribunal Constitucional, de que a sua candidatura foi excluída. Delfim Neves garantiu que vai recorrer da decisão do Tribunal Constitucional.

O vice-Presidente do partido PCD e candidato às eleições presidenciais, Delfim Neves, decidiu recorrer da decisão do Supremo Tribunal de Justiça nas vestes de Tribunal Constitucional.

O candidato acredita que o Tribunal vai rever a sua decisão fazendo justiça, uma vez que renunciou a nacionalidade portuguesa, através de uma declaração entregue nos serviços consulares da embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe, desde 10 de Junho último. Segundo Delfim Neves a declaração de renúncia da nacionalidade portuguesa é irreversível. «Pedi a renúncia da nacionalidade portuguesa através de uma declaração que fiz e que foi enviada aos serviços consulares da embaixada de Portugal. O requerente pede para perder essa nacionalidade e automaticamente, está aceite. O que o Ministério Público e o Tribunal Constitucional estão a exigir já não dependem o requerente. Porque o comprovativo da perda de nacionalidade é o serviço competente que o deve fazer», afirmou Delfim Neves.

O candidato continua com esperança de que até a próxima terça-feira, o Tribunal Constitucional, venha a fazer justiça com base em mais provas de renúncia da nacionalidade portuguesa. «Queremos tranquilizar aos nossos apoiantes de que nós vamos a luta. Esperemos que no prazo de dois dias concedidos para reclamação, o Tribunal reveja a sua posição», acrescentou.

Delfim Neves acredita que a morte da sua candidatura ao cargo de Presidente da República, ainda não foi decretada. «Nós estamos na agonia, mas no dia 17 iremos ressuscitar», conclui.

Abel Veiga

  1. img
    zeme almeida Responder

    Uma desgraca,que lhe bateu a porta Defim Neves.Depois desta renuncia,sera que vas consiguir a mesma de volta?Nao conheco muito bem a legislacao portuguesa no que diz respeito a obtensao de nacionalidades.Sera que a lei portuguesa nao penaliza as pessoas que se desfazem de uma nacionalidade que adquiriu?Se e que ela e como eu penso,nao voltariam as ter de volta.Pelo visto so obteve a nacionlidade portuguesa,para ter acesso a entra em portugal.Para estes casos a pessoa em causa so deveria em portugal a partir de entao mediante o visto de entrada.Forca justica saotomense nao nos faca vergonha depois de uma deecisao ja tomada.Viva a justica da RDSTP.

    • img
      Verdade Responder

      Como é que ele entregou a declaração no dia 10 de Junho, se é feriado em Portugal e as embaixadas de Portugal e consulados estão fechados? Esse homem é um mentiroso encartado. Abrem os olhos, people.

  2. img
    zeme almeida Responder

    Queria dizer{So deveria entrar em portugal}{obtencao}

  3. img
    E.Santos Responder

    Como é que este Sr. quer ser nosso presidente. Olhem-me só a barbaridade que este Sr. diz.
    “O requerente pede para perder essa nacionalidade e automaticamente, está aceite. O que o Ministério Público e o Tribunal Constitucional estão a exigir já não dependem o requerente. Porque o comprovativo da perda de nacionalidade é o serviço competente que o deve fazer.”

    O que é que o Ministério Público tem a ver com isso?

    Quando nós nos vamos casar vamos ao Registo, fazemos a marcação do casamento, assinamos as declarações de vontade e todo o mais. Todo o resto do processo administrativo é tratado pelo Registo. No entanto, este acto só por si não nos dá o direito de entender que já nos casamos. Para isso é necessário ser lavrado nos livros do registo pois está sujeito a registo obrigatório.

    Se me pedirem para provar que eu sou casado não posso dizer que já dei entrada do processo de casamento ou que já fiz a declaração de vontade. Dá para perceber? Cabe a mim apresentar o meu BI com a indicação de casado, ou na falta deste a certidão de registo civil onde conste o averbamento do casamento. Ou não é assim?

    O mesmo se passa em relação a perda de nacionalidade. A declaração de renúncia do requerente basta para perder a nacionalidade, no entanto este é um acto que está obrigado a registo. Logo este só se efectiva com o registo do facto que lhe deu origem (a sua declaração).

    Cabe ao Sr. apresentar tal certidão com o averbamento da perda de nacionalidade, para que o Ministério Público se possa certificar deste facto.

    É tão difícil assim? Este é um acto normal da vida dos cidadãos, nem é preciso ser jurista para perceber isso. Depois diz que estudou. É uma tristeza.

    A seguir apresento o extracto da Lei da Nacionalidade Portuguesa:

    “CAPÍTULO V

    Efeitos da atribuição, aquisição e perda da nacionalidade
    .
    .
    .
    Artigo 12°

    ( Efeitos das alterações de nacionalidade )

    Os efeitos das alterações de nacionalidade só se produzem a partir da data do registo dos actos ou factos de que dependem.”

    “TÍTULO II

    Registo, prova e contencioso da nacionalidade

    CAPÍTULO I

    Registo central da nacionalidade

    Artigo 16°

    ( Registo central da nacionalidade )

    As declarações de que dependem a atribuição, a aquisição ou a perda da nacionalidade portuguesa devem constar do registo central da nacionalidade, a cargo da Conservatória dos Registos Centrais.

    Artigo 17°

    ( Declarações perante os agentes diplomáticos ou consulares )

    As declarações de nacionalidade podem ser prestadas perante os agentes diplomáticos ou consulares portugueses e, neste caso, são registadas oficiosamente em face dos necessários documentos comprovativos, a enviar para o efeito à Conservatória dos Registos Centrais.

    Artigo 18°

    ( Actos sujeitos a registo obrigatório )

    1 – É obrigatório o registo:
    a) Das declarações para atribuição da nacionalidade;
    b) Das declarações para aquisição ou perda da nacionalidade;
    c) Da naturalização de estrangeiros.
    2 – (Revogado.)
    Artigo 19°

    ( Registo de Nacionalidade)

    O registo do acto que importe atribuição, aquisição ou perda da nacionalidade é lavrado por assento ou por averbamento.”

    • img
      ninguém... Responder

      fantástica abordagem e comprovativo legal que dispensa qualquer acréscimo a abordagem.

      é cómico, porque com esta fugaz declaracao e tao vacia que é por parte desse senhor delfim, parece que ele quer criar os principios de futuridade e de vontadismo pessoal da lei, coisa essa que nao existe e nunca existirá; pois o principio mais utilizado na aplicacao da norma é a irretroactividade da lei. mas nao existe futuridade ou vontadismos pessoal da lei.

      a sério Delfim, a maioria da populacao , lamentavelmente é inculta, e sao eles os maiores votantes, mas nao estejas a ofender a inteligencia de quem estuda ou pelo menos, sabe meditar e ver a lógica das coisas,e que sao assiduos leitores deste espaco noticioso.

      a sério que te formaste naquela universidade brasileira?

      estás péssimo em cultura pah, só tens os bolsos cheios de dinheiro, nada mais.

    • img
      14 Candidatos Responder

      Obrigado rapaz, perante a tua explicação, já vi que ministerio publico tem razão.

    • img
      14 Candidatos Responder

      Volta para proxima que não estais habilitado neste momento.

    • img
      bom gosto Responder

      É uma boa maneira de cultivar os nossos políticos.Colocando enxertos de normas que regulam essas acções. Eles não lêem. Só pensam em dinheiro e pensam que assim conseguem tudo. é provável que os orgãos de justiça desta vez estão mesmo a fazer os seus trabalhos.

  4. img
    Patricia Responder

    e ainda queria ser presidente… hihihiiiii

  5. img
    Teresa Triste Responder

    Se as pessoas formadas pensassem em ajudar as outras a terem espírito construtivo em vez de irem de férias exibirem as suas importâncias, distanciado-se da população,nunca chegaríamos ao nível de obscurantismo que permitisse ao Delfim Neves pensar que pode ser PR e, ainda por cima, ter apoiantes.
    Com que cara se apoia a candidatura do Delfim Neves?
    Será que é estratégico secar os recursos de um país e depois levar a que votem em função da precariedade dos seus recursos?

  6. img
    Pedro Cassandra Responder

    Tomará Deus não permita.

    Não tenho nada contra si, até porque vendo pelo seu lado empresarial ate votaria em si, mas primeiro terás que justificar para o povo santomense o caso dos 5 milhoes, nao so vc como os outros envolvidos.

    não nos queira tratar de burros, guardado os exageros, mas convenhamos meu carro.

    Fizeste uma figura triste com o advogado, ate tiro veio a ribalta, ate a bunda mostraram um pro outro agora quer ser a figura mais alta e respeitada desse pais, xê, hehehehehe, cela un li, quequa, brincadeira hein….

    volta o ano que vem com as costas livre dessas porcarias todas ai a gente vê, e aproveita pra estudar um pouquinho mais a Etica e Cidadania

  7. img
    Pedro Cassandra Responder

    quis dizer caro

  8. img
    luisó Responder

    gostaria de saber como é que este senhor e os outros, porque parece que só o evaristo não é, são portugueses…
    por laços de sangue?
    o pai ou a mãe são portugueses?
    não me parece…
    depois ele não precisa mesmo da nacionalidade para entrar em portigal porque ele tem passaporte diplomático ou não ?

  9. img
    CARLA CEITA Responder

    Num pais onde a justiça funciona o senhor Delfim já não tem mas nada a fazer dez de que entregou os documentos ao tribunal já devia saber as condições legais para exercer o cargo de presidente da republica o ser devia consultar os normas jurídicas, gostei do trabalho do tribunal por isso que Dr. Manuel Pintos da costa apostou sempre na formação para acabar com analfabetismo no pais

    Viva um pais de quadrosss, viva Dr. Manuel Pinto da Costa

    • img
      luisó Responder

      caro ceita,
      queres ver-te livre de um corrupto e queres para PR um ditador?
      deves ser muito novo porque senão lembravas-te do tempo da ditadura do pinto e da borracha á maneira do gorgulho…

  10. img
    Francisca Cara Linda Responder

    Livramo-nos do mal. Descance em paz

  11. img
    leu Responder

    Senhor Delfim Neves primeiro povo quer que senhora esplica onde foram parar 5 milhoes de dolar que Brasil deu pra ajudar S.tome

  12. img
    ninguém... Responder

    delfim…

    todo processo juridico ou negocio juridico leva o seu tempo e tramite formal e institucional.

    o facto de teres agora apressadamente manifestado a tua vontade de perder a nacionalidade portuguesa, nao implica de por sí que já a tenhas perdido. nao depende apenas da tua vontade, se nao que dos processos e tramites legais. pelo que a tua situacao é ex temporis, fora do tempo, e nao podes dizer essa babuseiras. pelo menos antes de dizeres barbaridades, busque algum jovem advogado e ponha ao lado para orientar-te naquilo que sais pra fora a dizer. sao bacoradas, envergonhaste mais ainda…

    a lei nao vai ficar parada a tua espera meu caro, nao tens chances, a lei é feita para regir sobre um todo, que é o universo todo de cidadaos que conformam uma nacao e nao apenas pra pessoas ricas economicamente mas vazias em conhecimento. por favor!!! tenha pena de ti mesmo!

  13. img
    S. Tomé no coração Responder

    os 5mil dolares esta naquilo q sr adquirio lolll vc ñ sabia

  14. img
    zeme almeida Responder

    Uma questao de reflexao o documento deu entrada no consulado no dia 10/06/2011,sera que teve o tempo suficiente para correr? os seus trametes legais.Este senhor pensa que manda nos tribunais?Quer mandar em casa dos outros?O tribunal e um orgao de soberania com poderes e nao uma casa onde muitos levantam o dedo para aprovar tudo quanto a revelia dos outros por facto de serem maioria representativa.A sua cabeca pensa assim porque tudo quanto este senhor tem levado a justica, tem tido aval e esta confiante.Ele ja ganhou varios casos na justica como:STP Trading e sacou do estado cerca de 10 bilhoes de dobras.Por isso quer traquilizar os seus votantes.Viva a justica da RDSTP

  15. img
    zeme almeida Responder

    Quero dizer{tempo suficiente para correr os seus trametes legais?}

  16. img
    alegria Responder

    É pena. quase todos os políticos e homens de negócio santomenses, têm duas a três nacionalidades. mas porquê ? isso me deixa triste como santomense. mas enfim … que remédio. acho que é falta de orgulho em ser santomense. é falta de amor pela terra. acredito que o delfim ainda consiga dar volta a isso e aprenda duma vez por todas, a lição. que também sirva de exemplo para os outros. força

  17. img
    Vanda Responder

    Quanto ao 5 milhões o ser Delfim como muitos outros que tiveram problemas com justiça não deviam ser candidatos , Maria das Neves ficou pouco tempo como 1º ministra demonstrou que é muito péssima na governação em alguns pontos, o escândalo G.G.A é o que me dói mais porque os coitados que não tiveram oportunidades para pagar um bom advogado e limpar a farsa estão na prisão até o dia de hoje, povo acorda para vida, beijinhos grandes

  18. img
    emigrante Responder

    Muitos falam dos 15 anos em que também la estiveram, ja levam 37 anos da independência mais ninguém fala dos outros 22 anos, povo acorda

  19. img
    Piá cu uê Txilá Responder

    Não sei porquê que não prendem esse senhor? ainda quer ser presidente, só pode estar a querer esconder na sombra da bananeira.

  20. img
    Dosantos Responder

    Perdeu azeite e ficou sem matete,pareceu galinha que Falcao colheu pinto.

  21. img
    Hadja Vida Responder

    O processo de renúncia da nacionalidade portuguesa é bem mais complexo e moroso do que o candidato Delfim Neves quer fazer entender. Para renunciar a nacionalidade portuguesa não basta entregar o pedido nos serviços consulares da embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe. O organismo com poderes para dar resposta ao pedido de renúncia é o Ministério da Administração Interna (Serviço de Estrangeiros), onde são submetidos os pedidos de nacionalidade Portuguesa. Tenho a certeza absoluta que o pedido não será deferido antes do dia 17 de Julho. Por conseguinte, o candidato Delfim Neves não está em condições de se candidatar, legalmente, para estas eleições presidenciais. O Delfin Neves ainda é muito novo. Tem tempo para regularizar a situação e candidatar-se daqui a 5 anos. Não se pode querer tudo ao mesmo tempo. Certamente que o Delfim Neves tem gozado dos benefícios da nacionalidade Portuguesa, por isso tem que ser penalizado.

    • img
      Grupo Zero Responder

      Inveja, coisa feia.
      Aposto que o Hadja Vida tb tem dupla nacionalidade.

  22. img
    Mako Responder

    Senhor Delfim. Nao sabes que Pinto da Costa e Patricio Trovoada estao unidos para cabar contigo? Abre olho . Essa dupla vai dar cabo de ti. Deixaste cair o Patricio quando era primeiro ministro pela primeira vez. Hahahahaaaaaaaa. Agora e a sua vez de chorar. Arenje a sua dupla tambem se nao nao safas. Fui..

  23. img
    Mako Responder

    Acabar, arange

  24. img
    lino Responder

    para que não passemos por tamanha vergonha, os juizes que se mantenham firme nesta decisão.
    que não se deixem corromper ou intimidar

  25. img
    cabo Responder

    Dr. Obama anda para frente não liga este gente, você e inocente de 5mil dólar !, Também você não e culpado caso doca de peixe !. VIVA OBAMA

  26. img
    JOSE TORRES Responder

    Assim gostaria que unisse os seus votos para Manuel Pinto da Costa
    E assim podes talvez safar das dividas contgraidas com o Povo de cinco milhoes
    E ainda consegues rever a naciionalidade?

  27. img
    Bernardino Pires Monteiro Responder

    Plutocracia nao combina com democracia ou seja
    O meu sao tome nao pode ser governado por ricos
    E corupto e preciso conhencer a nossa constituicao da republica antes de entrar na politica,e quando e eleito tem que jurar e comprir o meu sao tome tambem nao pode ser governado so por pessoas sabias tem que ser governado por todos desde que vem com boas intencoes e que ama o povo e pais em si, eu amo
    Sao tome adoro esse povo, e como sou natural e filho da terra e desse povo, suas exelencias senhores e senhoras nao vou deixar barato e nem vou adimitir que a ma politica continua alastrar
    No meu lindo pais, sao tome e democratico nao anarquico senhores

  28. img
    dino santola Responder

    Pluralismo democracia liberdade uniao compreensao justica politica socias direitos deveres e respeito, e o que falta em sao tome e principe,por isso temos acabar com o sistema e sistemistas temos que acabar com os anti-democraticos temos que acabar com os poderosos
    K pensam que esta acima da lei, temos todos juntos referendar pensar estudar debater o futuro de sao tome e principe,

  29. img
    kua li tasondu Responder

    Forca Tribunal! mantenham firmes e fortes nao se intimidarem. ( COLE CU DELFIM ANTE OMALI VLEME)

  30. img
    Bernardo Responder

    Juventude abre bem os olhos,nao dexem ser enganados, maria das neves delfim neves evaristo de carvalho elsa pinto
    Todos juntos desviaram milhoes que nos pertecia valores altos,sao todos primos da familia coruptos nao merecem ser chamado filho desta terra nem deste povo,viva manuel pinto da costa nos juvem democraticos vamos colocar vossa exelencia no poder para garantir os nossos futuros e dos nossos filhos

  31. img
    Pedro emfim Responder

    ja perdeu ja perdeu ja perdeu este homem deveria estar preso ja perdeu Dr. de fotografia.

  32. img
    Fe em Jesus Responder

    Delfim Neves esqueca isso e apoia o Filinto. Obrigado

  33. img
    João Responder

    Delfim, estás f…do.
    Não candidatas e perdes a nacionalidade. Haverá queda do governo no próximo ano e deixas de ser deputado, logo os meus amigos do STJ vao te caçar, para ires dentro, cadeia…estás fo..do.
    João

  34. img
    Anca Responder

    Este ex candidato diz;

    “Queremos tranquilizar aos nossos apoiantes de que nós vamos à luta”

    Pois, gostaria que o povo de São Tomé e Príncipe, sentisse tranquilizado,

    Pois vamos a luta contra a corrupção,contra os dirigentes e cidadão em que as suas palavras, não estão em consonância, com aquilo que fazem na sociedade, logo com os seus comportamento social.

    Luta contra os dirigentes, que se escondem na imunidade parlamentar, para fugir a justiça,

    tranquilizar o povo para a luta, para fazer-mos a justiça, com a melhor “arma”, que temos na mão, o nosso voto, de modo a limpar e arrumar a casa que nos viu nascer, na inversão, do actual estado de pobreza e miséria em que o país se encontra mergulhado.

    a luta contra a ladroagem, o desleixo, a preguiça, o desvio de fundos públicos, a ganância, luta contra a jactância e vaidade de alguns políticos, como se vivesse-mos num país sem fome e miséria,sem pobreza.

    Serre-mos fileiras, povo,no dia 17 de Julho,

    na luta contra a corrupção,

    na luta contra a mentira,

    na luta contra a aqueles, que fogem a justiça, e refugiam na imunidade parlamentar,

    luta contra os que de má fé, importam,e distribuem alimentos estragados a população,

    Pois o povo e o país, são os únicos que continuam na miséria, pobreza e fome, sem trabalho e sem saúde.

    No dia 17 de Julho, martelemos, com força,com o nosso voto, para mudar-mos os dirigentes corruptos,pois assim estaremos a dar exemplo bom futuro, a aqueles que virão a assumir o destinos, do país, de modo a serem humildes, responsáveis, ponderados, trabalhadores, em prol do bem estar, social.

    Pratique-mos o bem

    Pois o bem fica-nos bem

    Bem haja a todos

  35. img
    nacional Responder

    não devemos insultar as pessoas. podemos fazer críticas, emitir a nossa opinião, defender este ou aquele candidato,porque estamos em campanha, mas respeitamos os outros,de forma que também nos respeitem. o povo irá decidir no dia 17 de julho. não há vencedor antecipado. tudo pode acontecer. náo será o banho a decidir. fiquem calmos. que vença o melhor e que o país siga em frente. sejamos elegantes e responsáveis.

  36. img
    JAILSON CRAVID Responder

    eu voto no pinto da costa ele mereçe,é um homem com posição,tem póstura para governar esse pais,o nosso país esta de pernas para o ar,jovens,adultos vamos todos apostar nesse homem bom.

  37. img
    Tio Castro Responder

    É pena! Porque teriamos um bom homem no país se seu coração não fosse tão pequeno. Se o Sr. Delfim está acostumado à resolver seus problemas com ofertas de dinheiro sujo, aqui, sujando também a dignidade do nosso país, ele acha que Portugal vai aceitar o mesmo, lhe dando de forma relãmpago a certidão de perda de nacionalidade? Isso é corrupção e dramente castigada em Portugal!!!!. Esqueça sua mania meu amigo e, volte noutra hora, porque essa, já passou….

  38. img
    lino Responder

    delfin neves de facto só é mesmo dr. na fotografia.
    nunca estudou para tanto.
    nem pouco mais ou menos!
    conseguiu ir ao cúmulo do rediculo.
    deve ter pago uma boa massa para isso.
    Amigo delfim…..para ser-se dr. não é passar a vida nas candongas e esquemas.
    É preciso estudar. E estudar muito….ok?
    O que fizeste foi uma vergonha sem tamanho.!

    • img
      Eugenio Trindade Responder

      Por isso k nós pekenos somos mal-tratados,
      pois tu ñ és capaz de admitir a k o homem se formou, vindo de baixo ñ somos nd!! Tem-se k ter berço neh, oh palermoide!
      Cai na real e aceita k o homem eh 1 se formou.

  39. img
    Sóló Cabáua Responder

    A Maioria dos políticos de S. Tomé e Príncipe têm nacionalidade estrangeira porque é lá onde eles colocam os bens desviados ao nosso povo. Mas os europeus não perderão tempo quando verificarem que o cofre está cheio. Eles irão cancelar esses bens em seus proveitos, irão possear das casas compradas com o nosso dinheiro como fizeram e estão fazendo com os latinos-américanos e asiáticos. Por isso todos pedimos aos tribunais se ainda existem possibilidades, para não daeixar esses corruptos enganarem o nosso povo.

    Viva a justiça santomense.

  40. img
    Adolfo Responder

    Salvo o erro Dez de Junho é um dia feriado em Portugal( dai de Camoes) e consequetemente as embaixadas Portuguesas estao encerradas…..! Nao entendo como é que sr. Delfim conseguiu fazer o seu pedido num dia feriado…?

  41. img
    cidadão Responder

    é normal é o Delfim o homem consegue tudo mesmo abrir o consulado num dia feriado

  42. img
    S Tomé & Preto Responder

    Vida Longa para o Dr. Delfim Neves
    Espero que vivas até aos 5 000 000 de Barris E tenhas 17 – 7 / 2011 Filhos e Filhas. Agora falando serio, Senhor Delfim, queres mesmo governar o meu País? Caso a resposta seja sim, façamos o seguinte: Peça uma bolsa de estudo ao governo santomense, acho que as inscrições começam em breve, Venha cá estudar um pouco, para ser Dr de verdade, e não parar em STP e comprar um diploma no Brasil.. Dentro de 5 anos o Senhor candidata-se novamente e talvez ali falaremos…

  43. img
    davila dote maduque Responder

    O STJ somente exerceu a sua função, quero alertar que o trabalho está incompleto, pois deve-se abrir um processo contra todos aqueles que se postularam a presidência da república afirmando terem renunciado da sua segunda nacionalidade, e agora fica provado que foi mais um artifício, devem ser chamados a justiça!

  44. img
    nacional Responder

    tenho muito orgulho de ser santomense.só tenho uma nacionalidade. até agora não tenho candidato.nenhum ainda me convenceu. mas uma coisa é certa. no dia 17 de julho do corrente, por volta das 16h30, irei votar no distrito de água grande. espero bem que vença o melhor, a partir das 23h3o já teremos os primeiros resultados provisórios. tenham calma.

  45. img
    carlos Responder

    cada coisa k deeeessse da sentura é……………………………………………………..

  46. img
    nacional Responder

    acho que todos os sãotomenses com mais de uma nacionalidade, não deveriam exercer cargos políticos,como por ex: presidente da república, primeiro ministro
    ,deputados,ministros,embaixadores

  47. img
    Mangulú Responder

    Em que faculdade estudou o Delfim Neves.O que me recordo,quando eu terminei o meu curso em Cuba, o Delfim era Cacheiro Viajante.Com a formação da Nova Republica, ele meteu-se na Politica,agora já lhe chamam de Dr. É Dr. sem diploma,é Dr. porque tem dinheiro.

  48. img
    Revoltado Responder

    Se tribunal voltar atrás na decisão que tomou então é melhor fechar a porta de todos tribunais em STP e cada um começa a fazer a justiça com suas próprias mãos.

    Delfim não pode desviar tanto dinheiro e nunca ser julgado e agora querer ser Presidente do nosso país..

  49. img
    MANUEL PENHOR Responder

    Caros leitores e compatriotas,se candidatura para eleicao presidencial deve ser aprovado primeiramente no tribunal constituicional,como e que campanha ja tem sido feita por senhor DELFIN NEVES e agora tribunal determina a anulacao desta candidatura.Se Justica nao e sega qual seria o preco que deve ser devolvido para aqueles que confiaram no candidato banido?

  50. img
    Anjo do Céu Responder

    Porquê k tão preocupados só com Delfim?Certamente é único que tá mas bem posicionadonas sondagem.Será k Aurélio Martins a viver tantos anos em Angola e não tem nacionalidade Angolana.Elsa Pinto não tem Nacionalidade Portuguesa,através do seu marido Alcino Pinto.Convenhamos k faça Justiça na totalidade.Pinto da Costa está fora disto?Falam,pronunciam sobre esses individuos e muitos outros.Se querem tramar Delfim procuram outros moldes caso contrário vai ser adiado as eleições pra analisar os candidatos a pente fino.Delfim é santomense e trbalhador e tem convicções própias e nao é daqueles k sempre andou mundo todo na estravagância e não quis saber do País pra nada e vem como cordeiro salvador.Povo náo é burro como muitos pensam.Força Delfim Neves.Vitória Certa

  51. img
    Quá ê dá ê dá Responder

    É Delfin, perdeste uma ótimo oportunidade de te candidatares ao governo Português, terias sido um ótimo primeiro ministro, ou sei lá talvez sejas um ótimo presidente, mas lá na tuga, porque em STP não, ja estamos cansados de políticos sujos, embuídos de uma mau caratismo, preocupados com politicagens e politiquisses, mais propriamente do que com as reais necessidades que nos afligem e são urgentes par anos por no rumo do progresso, afinal de contas merecemos isso, precisamos de mais, é chegada a hora, não podemos mais perder tempo.

Deixe um comentario

*