Comissão Eleitoral Nacional garante que a campanha eleitoral decorre de forma tranquila

No quinto dia da campanha eleitoral, não se regista qualquer irregularidade. A garantia é da CEN, através do seu porta voz, João Ramos. Segundo o representante da comunicação social na CEN, «a Comissão Eleitoral tem uma visão positiva em relação o início da campanha eleitoral. Não registamos até o momento qualquer irregularidade», precisou João Ramos.

Pelo que o Téla Nón apurou alguns casos isolados de expulsão de candidatos em algumas localidades, não põem em causa o processo eleitoral em curso. Aliás o código de conduta assinado pelas 9 candidaturas visa, sanear tais situações. «Não recebemos qualquer queixa, o que indica que a campanha está a decorrer da melhor forma. Esperemos que assim continue para que tenhamos umas eleições livres, transparentes e justas em São Tomé e Príncipe», reforçou João Ramos.

O Téla Nón sabe que os casos isolados de expulsão de candidatos em algumas localidades, têm sido perpetrados por pessoas frustradas com o desempenho das autoridades políticas nos últimos anos.

A descrença na política e nos actores políticos, obriga alguns elementos da população, a escorraça-los das suas comunidades, onde a pobreza é gritante. A profunda descrença faz com que alguns populares, considerem as mensagens políticas de alguns candidatos, como sendo promessas falsas, que não merecem qualquer crédito.

Abel Veiga

  1. img
    Pedro Barros Responder

    Meus senhores custa me a crer que em Portugal com 25000 eleitores só 3528 recensearam e ninguém faz nada nem se pronúncia. foi feita reclamações não vejo a CLN a se pronunciar mais de 85% de cidadão com capacidade eleitoral de fora e não se fala.

  2. img
    Fela di bê Responder

    Quem sabe assim começam a sentir alguma vergonha! Já se diz: tudo que é demais faz mal!

Deixe um comentario

*