CEN já tem boletim de voto para às eleições Presidenciais

A Comissão Eleitoral Nacional, respirou de alívio. A preocupação em relação a chegada a São Tomé, dos boletins de voto a tempo da realização das eleições sobretudo na diáspora, já está ultrapassada. Esta manhã, a cooperação portuguesa entregou a CEN, um lote de materiais diversos, incluindo 96 mil boletins de voto. Segundo Victor Correia, Presidente da CEN, a chegada na última semana dos boletins de voto, evitou o pior, uma vez que São Tomé e Príncipe não tem ligação aérea frequente com Portugal durante a semana, o que poderia pôr em causa o envio dos boletins de voto para a realização do escrutínio na diáspora. A ajuda de Portugal está avaliada em 25 mil euros. Para além de boletins de voto, a CEN recebeu esferográficas, tinteiros para impressoras, e tshirt de propaganda da Comissão Eleitoral Nacional.

  1. img
    Hiost Vaz Responder

    para a realização do escrutínio na diáspora entre essa confusao, encontrou-se a pessoa cerata monida de fortes experiencia, viva Sr, Presidente Correia

  2. img
    MÉ SOLO Responder

    Srº Presidente do CEN,

    Quantos candidatos constam no boletim de votos, 14 ou 9.

    È legal candidatos que forma eliminados pelo STJ constarem no boletim de votos?

  3. img
    nacional Responder

    meu Deus …

  4. img
    Isidoro Porto Responder

    Os leitores devem ser informados com verdade pelos jornalistas. Lamento o fato de os jornalistas não saberem lidar com os números de forma unânime .

    O apoio de Portugal ao presente processo eleitoral (boletins de votos, esferográficas, t-shirts, transportação, etc) tem um único valor monetário. Entretanto. um jornal on-line publicou o referido valor como sendo de EUR: 40.000.00 (Quarenta Mil Euros) enquanto o de Tela-Non é de EUR: 25,000.00 (Vinte e Cinco Mil Euros).

    Neste caso, apelo aos jornalistas e ás instiruiçõoes que informem-nos com verdade, respeitando os números.

    A CEN continua a reclamar pela segunda tranche (50%) do seu orçamento eleitoral em falta até ao momento.

    Espero muito honestamente que da mesma forma que a CEN reclamou pelo atraso deste orçamento, que venha do mesmo modo publicar o relatório detalhado dos gastos/aplicações destes valores (EUR: 350.000.00 – Trezentos e Cinquenta Mil Euros) num prazo aceitável.

    Este pedido serve para que a CEN coloque a sua pedra neste edifício chamado TRANSPARÊNCIA NO USO DA COISA PÚBLICA. Espero que eu não esteja a exigir muito.

    08/JUL/2011

    • img
      Téla Nón Responder

      O valor dos materiais, ou seja, 25 mil euros, foi divulgado pela encarregada de negócios da embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe no acto de entrega dos materiais em que o Téla Nón esteve presente. Por isso o valor publicado é aquele que foi anunciado por uma entidade credível.

Deixe um comentario

*