São Tomé e Príncipe condoído com o desaparecimento físico de Aristides Pereira

O primeiro Presidente de Cabo Verde, que deverá ser levado a enterrar esta terça – feira, é considerado pelo Presidente da República Manuel Pinto da Costa como figura ímpar na história de Cabo Verde e do Continente Africano. O Primeiro-ministro Patrice Trovoada, também enviou condolências ao seu homólogo cabo-verdiano.

Na mensagem de condolências extensiva ao povo cabo-verdiano, o Primeiro-ministro Patrice Trovoada, enviou condolências ao seu homólogo José Maria Neves, e destacou o papel de Aristides Pereira, na luta pela independência de Cabo Verde.

Por sua vez o Presidente da República, Manuel Pinto da Costa, diz que foi com profundo pesar que tomou conhecimento do falecimento de Aristides Pereira. «Meu amigo pessoal e companheiro de luta, uma figura ímpar na história de Cabo verde e do Continente Africano», realça a mensagem do Chefe de Estado São-tomense endereçada ao seu homólogo cabo-verdiano Jorge Fonseca.

Pinto da Costa, diz que recorda com saudades os caminhos comuns que percorreu com Aristides Pereira na luta pela libertação dos países de língua portuguesa. «Aristides Maria Pereira foi o Primeiro Presidente de Cabo Verde, e o seu papel na luta de libertação e na consolidação da jovem nação, bem como no progresso e bem-estar do seu povo ficará para sempre ligado a uma das mais belas páginas da história do seu país. Nesta hora de luto em nome do povo da República Democrática de São Tomé e Príncipe e no meu próprio venho expressar ao Povo de Cabo Verde e a vossa excelência as minhas profundas condolências», refere a mensagem de condolências do Presidente da República.

Note-se que no conjunto dos 5 países africanos de expressão portuguesa, Manuel Pinto da Costa, é o único Primeiro Presidente investido em 1975, a quando da independência das ex-colónias portuguesas que está em vida. Angola perdeu Agostinho Neto, Samora Machel de Moçambique não resistiu a um desastre aéreo, João Bernardo Vieira da Guiné-bissau foi assassinado, e Aristides Pereira de Cabo Verde, sucumbiu após doença prolongada.

Abel Veiga

  1. img
    José do riboque Responder

    Caro Abel , acho que hà um lapso historico no teu artigo. O primeiro presidente da Guiné-Bissau não foi Nino Vieira , mas sim Luis Cabral meio-irmão de Almicar Cabral que também jà faleceu em Portugal. Felicidades

    • img
      Téla Nón Responder

      Obrigado…..

    • img
      Adimiradora Secreta Responder

      caro José do Riboque.O Primeiro Presidente da Guiné Bissau, não foi o Luis Cabral mais sim Amilcar Cabral. O Luis Cabral foi quem comandou o golpe de estado que destituio o seu meio irmão.

      • img
        Adimiradora Secreta Responder

        Retiro o k havia dito. é mesmo Luis Cabral

        • img
          josé do riboque Responder

          Antes de responder a qualquer questão , devemos reflectir, a sua rapida atitude em fazer a historia ,demonstra-nos que desconhece a historia dos Movimentos de Libertação dos PALOP e a descolonização.Para o seu esclarecimento foi Nino Vieira que liderou o Golpe de EStado contra Luis Cabral , tendo como argumento a excessiva Caboverdeanação dos principais cargos e postos publicos da sociedade Guinense . Para sabermos onde queremos ir é nosso dever saber donde viemos.. ( A sucessão de sucessos que sucedem sucessivamente sem cessar ) a Historia . Felicidades!

  2. img
    De Longe Responder

    A tristeza que envolve a todos, deixa marca diferente a cada um que a sente, conforme a sensibilidade, o interesse, o momento, a vivência…
    Vivi o momento de massificação da luta pela independência dos PALOP numa idade entre a inocência pura e a auto-afirmação inocente. Os sentimentos de rotura eram exacerbados. Queríamos ser camaradas dos nossos irmãos, irmãos de outros povos, irmãos dos que sofriam; queríamos acabar com exploração do homem pelo homem; queríamos acabar com uma minoria privilegiada para formarmos uma nação justa.
    A gestão do poder feita pelo presidente Aristides Pereira deixa pensar que ele sentia esse amor pela justiça e construção.
    Hoje, temos a tristeza de ter deixado crescer entre nós as mesmas sementes que considerávamos ser as dos inimigos.
    Não é indiferente, depois de tantos anos perdidos, ver partir alguém que nos permitiu saber que os nossos sonhos de então levariam a algum lugar se não nos deixássemos perder.
    Glória eterna ao irmão ARISTIDES PEREIRA

  3. img
    paparazzi Responder

    jose de riboque tem razao meninos do telanon muita leitura muita leitura mas gostei como se peneticiaram e mesmo assim estou convosco

  4. img
    Nana da Trindade Responder

    Camarada e amigo dos povos Africanos de expressao portuguesa(PALOPs) e igualmente amigo tambem dos povos (CPLPs) que sou tenho o honroso prazer expressar e manifestar por esta via os meus profundos sentimentos pelo deseparecimento fisico do extinto- Presidente de Cabo Verde, por Excelencia Dr. AMILCAR CABRAR.

    • img
      Nana da Trindade Responder

      LAPSO: Quiz dizer no ultimo paragrafo: desaparecimento fisico do Extinto Presidente da Republica de Cabo Verde, por Excelencia DOUTOR ARISTIDES PEREIRA e nao Dr AMILCAR CABRAL. Perdao pelo lapso de memoria. Escrito por ex-Nanazinho da Trindade…

    • img
      Nana da Trindade Responder

      Na sequencia da demonstracao expressiva(escrita) do meu SENTIMENTO pelo desaparecimento fisico de estas figuras publicas – Compatriotas Politicos Africanos-(ex-Presidentes dos paises Africanos), aproveito esta via para relatar o seguinte: Entre tudo quanto ELES fizeram para o desenvolvimento dos paises amigos-Africanos ,foram actividades para a construcao, reconstrucao e modernizacao. Fico grato. Todavia, no’s que ainda estamos vivos devemos fazer o mesmo ou ainda melhor. Lutem com garras pessoais e ajudem a SEMEAR A PERFEICAO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. Depois vai cooperando e colaborando com o vosso prazer pela SOLIDARIEDADE… A minha alcunha e NANA DA TRINDADE. Abracos.

    • img
      Nana da Trindade Responder

      No que concerne a tomada de posse de Sua Excelencia Dr MANUEL PINTO DA COSTA,independentemente de felicita-LO pela posicao que Ocupa mais uma vez, Sinto-me Feliz PORQUE ELE ESTA VIVO E CERTAMENTE VAI CONTINUAR A FAZER COISAS BOAS PARA TERRAS MARAVILHOSAS DE SAO TOME E PRINCIPE.QUERO ALERTAR AOS MEUS CONTERRANIOS (NASCIDOS EM SAO TOME E PRINCIPE) que nao devemos esperar que o Presidente da Republica trabalhe por nos. Devemos todos trabalhar para o Pais crescer. Quando o Dr Manuel Pinto da Costa semear devemos regar, adubar, cuidar das sementes para elas germirarem para colhermos frutos quando chegar a hora,”epoca das colheitas”.ACELEREM OS PASSOS. NAO FIQUEM NO “LEVE LEVE” (que giro!) A ESPERA QUE O Presidente ou Conselho de Ministros Santomenses vos levem comiga a boca… Perdao….estou a brincar…. nao estou a dizer que………..a preguica…………… encomoda……Apenas quero MOTIVAR PESSOAS NASCIDAS NAS TERRAS MARAVILHOSAS DE SAO TOME E PRINCIPE. NASCI ALI,CRESCI E VIVI ALI E, UM DIA PARA ALI VOLTAREI DEFINITIVAMENTE. VOU TERMINAR PORQUE SAUDADES DA MINHA LINDA TERRA ESTA A VIBRAR EMOCIONALMENTE O MEU CORACAO.(A minha mente e o meu coracao levou-me ate ex-Vila da Trindade, hoje Cidade. Onde JACA,Calilu, ezaquente, Ijogoo, Safuu, fruta-pao, cajamanga, manga, ca’na (caana)salambaa,uuntues,tambarina, cola-fruta, tambarina,agriao, etc etc oferecia-se para nao deteriorar(estragar)…….Escrito por mim: ex-Nanazinho da Trindade (moco cu tava ca ta zunto Gleja ni ke di pemuu Sun Langele (afaiate) cu cloze ioo lopa da inem Govenadoo cu farda(lopa bixii de tudo trabadoo de kee goveno cu palacho povo ni pocon).

  5. img
    Ribeira Formiga(Principe) Responder

    Lembro-me da 5ª cimeira, as posições defendidas por este estadista, sem medo dos gigantes de Angola e Moçambique, em coloio com STP, para fazer parar os voos de Africa do Sul a Cabo Verde. Foi defacto um homem forte.
    Homens como Aristides Maria Pereira, existem muito pouco na face da terra. Rendo as minhas homenagens a familia enlutada.
    Viva Cabo verde.

  6. img
    realidade Responder

    Enquanto que ha gente que deseja poder a qualquer preço, Aristides Pereira disse que a sua missão foi cumprida com a entrada de multipartidarismo em 1990.
    Uma vergonha para Pinto da Costa que voltou ao poder a força. O povo tem dirigente que merece.

  7. img
    Horacio dos Santos Responder

    Creio que realidade não vive na Terra ou se vive é cego ou surdo ou as duas simultâneamente. O Dr. Manuel Pinto da Costa voltou ao poder a força que tristeza, ou você esqueceu que houve eleições livres e justas com mais de 10 candidatos e ele passou. Sinceramente, quando não sabe não se escreve, pergunta.

Deixe um comentario

*