Política

PCD acusa o governo de revanchismo e perseguição política

A terceira força política são-tomense, fez a radiografia dos 14 meses do Governo e denunciou revanchismo e perseguição política. O caso da EMAE é outro assunto desenvolvido em pormenores, assim como as promessas não cumpridas pelo governo. Denuncias plasmadas no discurso do Presidente do PCD Xavier Mendes, na abertura da terceira sessão legislativa. 

EXMO SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL

SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS

EXCELÊNCIAS

É PARA MIM UMA HONRA SAUDAR VOSSAS EXCELÊNCIAS, NESTA SESSÃO DE ABERTURA DA III SESSÃO LEGISLATIVA DA PRESENTE LEGISLATURA, ESPERANDO QUE A ASSEMBLEIA NACIONAL VOLTE A DESEMPENHAR O SEU EFETIVO PAPEL COMO PRINCIPAL ÓRGÃO LEGISLATIVO E DE SUPERVISÃO DA ACTIVIDADE GOVERNATIVA, E RETOMAR O LUGAR PRIVILIGIADO QUE É O SEU NO DEBATE PLITICO NACIONAL.

POR MOTIVOS QUE SE PRENDERAM COM AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS A SESSÃO LEGISLATIVA ANTERIOR FOI COMPLETAMENTE INACTIVA E O ENVOLVIMENTO DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NESTE PLEITO, POR SI SÓ, NÃO JUSTIFICA A QUASE TOTAL INOPERANCIA E PARALISIA DESTE ÓRGÃO.

ESTAMOS CONVICTOS QUE ESTA SESSÃO SEJA COMPLETAMENTE DIFERENTE, QUE AS COMISSÕES ESPECIALIZADAS E OS DEMAIS DEPARTAMENTOS DA ASSEMBLEIA NACIONAL FUNCIONEM NA SUA PLENITUDE.

INCIAMOS ESTA SESSÃO NUM MOMENTO MUITO PARTICULAR DO CONTEXTO POLITICO, SOCIAL E FINANCEIRO INTERNACIONAL QUE SE CONSUBSTANCIA NUMA CRISE NA QUAL MUITOS PARCEIROS DE DESENVOLVIMENTO DE SÃO TOMÉ E PRINCIPE ESTÃO MERGULHADOS.

A PROBLEMATICA DA DIVIDA PUBLICA E SOBERANA ALIADA AS POLITICAS ORÇAMENTAIS RESTRITIVAS PARA O CONTROLO DO DEFICE ORÇAMENTAL ESTÃO NA ORDEM DO DIA E COM ELEVADO CUSTO PARA AS POPULAÇÕES DESTES PAÍSES.

OUTRO ASPECTO DEVERAS IMPORTANTE DA CENA INTERNACIONAL E QUE DEVE MERECER A NOSSA ATENÇÃO É AO AUMENTO E VOLATIBILIDADE DOS PREÇOS DOS ALIMENTOS E DAS MATÉRIAS- PRIMAS NO INTERNACIONAL QUE JÁ SE FAZ SENTIR NO PAÍS.

INICIAMOS TAMBÉM ESTA SESSÃO LEGISLATIVA QUANDO O XIV GOVERNO CONSTITUCIONAL ACABA DE CONCLUIR UM ANO DA SUA ACTIVIDADE GOVERNATIVA.

PERIODO BASTANTE RAZOAVEL PARA O GOVERNO APRESENTAR NESTA AUGUSTA ASSEMBLEIA O BALANÇO EFECTIVO DA GOVERNAÇÃO E DO ESTADO DA NAÇÃO.

O PCD EXORTA, POIS A ASSEMBLEIA NACIONAL DA NECESSIDADE DA PRESENÇA DO GOVERNO NESTA AUGUSTA ASSEMBLEIA NÃO SÓ PARA APRESENTAR O BALANÇO DA GOVERNAÇÃO COMO TAMBÉM DO GRAU DE EXECUÇÃO ORÇAMENTAL DO CORRENTE ANO.

POR OUTRO LADO ESTA SESSÃO TERÁ O SEU AUGE COM A DISCUSSÃO E APROVAÇÃO DO ORÇAMENTO GERAL DO ESTADO PARA 2012.

ANTES DA APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DO OGE PARA 2012.

É AQUI NESTE PALCO ONDE O DEBATE POLITICO SE EFECTIVA E NÃO NOS PODEMOS CONTENTAR COM ENTREVISTAS FORMATADAS E ENCOMENDADAS DO PRIMEIRO-MINISTRO OU INTERVENÇÕES PONTUAIS DE ALGUNS MEMBROS DO GOVERNO PARA SE TER A NOÇÃO EFECTIVA DO ESTADO DA NAÇÃO.

O GOVERNO APRESENTOU AO POVO UM PROGRAMA DE GOVERNAÇÃO SOB O LEMA “ MUDAR SÃO TOMÉ E PRINCIPE”, PASSADOS 14 MESES DE GOVERNAÇÃO, O PCD GOSTARIA DE SABER O QUE EFECTIVAMENTE MUDOU OU ESTÁ EM CURSO PARA SER MUDADO.

OS PARTIDOS POLITICOS SÃO OS PILARES DA DEMOCRACIA E É EM TORNO DO DEBATE POLITICO QUE SE APROFUNDA AS POLITICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS E NÃO É CONTORNANDO ESTE DESIGNIO DA DEMOCRACIA, REMETENDO O DEBATE POLITICO ACTIVO A UM MERO QUESTIONAMENTO DE QUERELAS PESSOAIS TRAVADAS POR UM GRUPO DE MAFIOSOS, COMO FRISOU O PRIMEIRO MINISTRO.

POR OUTRO LADO, TANTO O ADI COMO O GOVERNO, A QUANDO DO DEBATE POLITICO SE REFUGIAM E FAZEM LOGO PAIRAR A IDEIA DA INSTABILIDADE.

A OPOSIÇÃO EXISTE E TEM OS SEUS DIREITOS CONSAGRADOS LEGALMENTE E O PCD ENQUANTO TAL NÃO ABDICA DESTA SUA PRERROGATIVA .

COMO VÁRIAS VEZES FRISAMOS, O PCD FAZ UMA OPOSIÇÃO  CONSTRUTIVA E ESTARÁ SEMPRE FAVORAVEL E DISPONIVEL PARA DISCUTIR AS PROPOSTAS DE POLITICAS QUE VENHAM MELHORAR O BEM-ESTAR DO POVO E DA NAÇÃO SANTOMENSE, COM A CERTEZA DE QUE SEREMOS IRREDUTIVEIS E ESTAREMOS EM SENTIDO CONTRARIO QUANDO ESTIVER EM CAUSA ESTE PRIMADO.

É NESTE ÂMBITO QUE NÃO NOS COIBIMOS DE DENUNCIAR O CARIZ REVANCHISTA E DE PERSEGUIÇÃO POLÍTICA DESTE GOVERNO.

SE ESTAMOS TODOS DE ACORDO QUE A POLITICA ADOPTADA PARA O INCREMENTO DAS ACTIVIDADES FRANCAS E OFFSHORE ESTEVE AQUÉM DAS EXPECTATIVAS, ENTÃO SÃO ELAS QUE DEVEM SER ALVO DA NOSSA ATENÇÃO.

MAS NO AFÃ DE SE RETALIAR POLITICAMENTE AQUELES QUE ESTIVERAM DO OUTO LADO NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS E QUE CONTRIBUÍRAM SIGNIFICATIVAMENTE PARA A DERROTA DO CANDIDATO DO GOVERNO, A EMENDA SAIU PIOR DO QUE O SONETO.

COMO O SENHOR PRIMEIRO MINISTRO NÃO TEVE A CORAGEM POLÍTICA DE ASSUMIR PUBLICAMENTE O SEU DESCONTENTAMENTO COM A LIDERANÇA DO PCD, PREFERIU PREJUDICAR UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA QUE NÃO FAZ SENÃO CUMPRIR COM A POLÍTICA TRAÇADA PELO GOVERNO NA MATÉRIA.

NUMA DECISÃO LACÓNICA E SEM NEXO, SUSPENDE UMA INSTITUIÇÃO QUE TEM INÚMEROS E INGENTES COMPROMISSOS COM TERCEIROS, REMETENDO A QUASE TOTALIDADE DOS SEUS FUNCIONÁRIOS PARA O IMPASSE ADMINISTRATIVO, POIS ELES NÃO ESTÃO EM COMISSÃO DE SERVIÇO COMO FRISA A DECISÃO.

MAS, COMO TUDO O INDICA, O IMPORTANTE ERA DEMITIR-SE POR DECRETO O DIRETOR EXECUTIVO E O DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO DA AUTORIDADE DAS ZONAS FRANCAS, RESPECTIVAMENTE O SECRETARIO GERAL E PRESIDENTE DO PCD E ASSUMIR-SE  ASSIM POR INTEIRO, A VERDADEIRA INTENÇÃO PERSECUTÓRIA DO PRIMEIRO MINISTRO.

SENHOR PRESIDENTE

CARAS E CAROS DEPUTADOS

O GOVERNO PROMETEU NO SEU PROGRAMA “MUDAR SÃO TOMÉ E PRINCIPE”, MAS NÃO DEFINIU O SENTIDO DA TERMINOLOGIA:  MUDAR PARA MELHOR OU PARA PIOR?  O PCD ESTÁ ANSIOSO EM VER MUDAR EFECTIVAMENTE SÃO TOMÉ E PRINCIPE” O QUE, NA NOSSA PERSPECTIVA, SIGNIFICA MUDAR PARA MELHOR.

QUESTIONAMOS EFECTIVAMENTE O QUE MELHOROU,  O QUE MUDOU PARA O BEM-ESTAR DA NOSSA POPULAÇÃO E DO DESENVOLVIMENTO DO PAÍS, PASSADOS ESTES 14 MESES DE GOVERNAÇÃO DO DR. PATRICE TROVOADA E DO ADI.

ORA, VEJAMOS O QUE MUDOU:

1 – NO SECTOR ENERGÉTICO

TEMOS MENOS ENERGIA E PIOR FORNECIMENTO. OS CORTES E OS APAGÕES SÃO O NOSSO DIA A DIA. O GOVERNO ANTERIOR DEIXOU INSTALADO UM PARQUE DE PRODUÇÃO ENERGÉTICA COM CERCA DE 19,8 MEGAWATS, NÃO NOS ESQUECENDO DA CENTRAL DE SANTO AMARO QUE O SENHOR PRIMEIRO MINISTRO INAUGUROU TRÊS MESES APÓS A TOMADA DE POSSE. HOJE A CENTRAL DE BOBO FORRO II QUE DEVERIA PRODUZIR CERCA DE 5.5 MEGA WATS SÓ INTRODUZ NA REDE CERCA DE 1 MEGA E O GOVERNO POSSUI UMA DIVIDA PARA COM O FORNECEDOR DE CERCA DE 2MILHÕES DE EUROS. TUDO ISTO DEVIDO A MÁ GESTÃO FINANCEIRA DO GOVERNO QUE NÃO ULTIMOU ATEMPADAMENTE O CONTRATO DE COMPRA E VENDA DA CENTRAL, POIS JÁ NÃO DETINHA NO ORÇAMENTO VERBAS SUFICIENTES PARA LIQUIDAR OS FORNECIMENTOS.

POR OUTRO LADO, O GOVERNO ANTERIOR DEIXOU UM CONJUNTO DE INSTRUMENTOS PARA REFORMAR O SECTOR ENERGÉTICO. O QUE FOI FEITO DESTES INSTRUMENTOS? NADA. ONTEM EM ACTO DE PURA COSMETICA, O GOVERNO, NUM COMUNICADO DO CONSELHO DE MINISTROS RETIROU DA GAVETA BESTES ESTUDOS E CRIOU UMA COMISSÃO PARA LIDAR COM ESTE ASSUNTO E INSTALAR NOVOS GESTORES NA EMAE.

É FÁCIL INDICAR CULPADOS PELA SITUAÇÃO, COMO FOI FEITO NA ENTREVISTA DO SENHOR PRIMEIRO MINISTRO, MAS ESQUECEU-SE DE SE REFERIR QUE A DIRECÇÃO DEMITIDA DA EMAE ENVIOU AO GOVERNO EM JANEIRO DESTE ANO UM PROGRAMA NO QUAL ALERTAVA PARA A NECESSIDADE DA MANUTENÇÃO DE ALGUNS GRUPOS GERADORES DA CENTRAL TERMICA, BEM COMO DE UM PLANO DE SANEAMENTO DA EMPRESA.

AINDA NO CAPITULO ENERGÉTICO, GOSTARIAMOS DE SABER ONDE PÁRA O PROJECTO DE ELECTRIFICAÇÃO DE ALGUMAS COMUNIDADES RURAIS, CASO DE PLANCAS I E II E PRAIA DAS CONCHAS DE ENTRE OUTRAS.

2- O ABASTECIMENTO DE ÁGUA POTAVEL ÀS POPULAÇÕES DEGRADOU-SE, HAVENDO COMUNIDADES EM QUE ESTE PRECIOSO LIQUIDO NÃO CORRE HÁ MESES.

ESTAVAMOS EM ABRIL E O PRIMEIRO MINISTRO VISITOU ALGUMAS COMUNIDADES QUE RECLAMAVAM PELA INEXISTÊNCIA DE ÁGUA POTAVEL, CASO DE ALMAS E MONTALVÃO, TENDO  PROMETIDO RESOLVER NUM CURTO ESPAÇO DE TEMPO A QUESTÃO.

ONTEM ATRAPALAHADAMENTE, VEM O GOVERNO ANUNCIAR EM COMUNICADO DE CONSELHO DE MINISTROS QUE VAI ARRANCAR COM ALGUMAS OBRAS PARA MINIMIZAR O PROBLEMA DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA.

MAIS UMA FALSA PROMESSA DO GOVERNO POIS GOSTARIAMOS DE SABER COMO IRÁ O EXECUTIVO FINANCIAR ESTAS OBRAS SE NÃO EXISTE VERBA NO ORÇAMENTO DO ESTADO PARA AS REALIZAR.

O MAIS CARICATO É QUE O SENHOR PRIMEIRO MINISTRO ANUNCIOU QUE JÁ CORRIA ÁGUA NO HOSPITAL CENTRAL, MAS A ESCASSEZ DE ÁGUA CONTINUA A FAZER-SE SENTIR NESTE CENTRO HOSPITALAR QUE SERVE TODA A POPULAÇÃO.

3- O PCD NÃO ENTRA NA POLEMICA DA EXISTENCIA OU NÃO DE UM MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL. ISTO DEPENDE DAS OPÇÕES POLITICAS DOS DIFERENTES GOVERNOS. MAS TODOS SABEMOS QUE QUANDO NÃO EXISTE O MINISTÉRIO DA AGRICULTURA AS PRODUÇÕES AGRICOLAS BAIXAM DRASTICAMENTE, BEM COMO O RENDIMENTO DOS AGRICULTORES QUE FICAM SEM UM INTERLOCUTOR VÁLIDO.

ESPERAMOS  QUE O GOVERNO TENHA RECEBIDO OS RELATÓRIOS DOS DOIS ÚLTIMOS SEMINÁRIOS PROMOVIDOS PELO SECTOR DA AGRICULTURA E APRECIADO AS LAMENTAÇÕES DOS AGRICULTORES EM RELAÇÃO A ESTA MATÉRIA.

POR OUTRO LADO O GOVERNO NÃO CONSEGUE COLOCAR A TEMPO OS PRODUTOS E OS INSUMOS NECESSÁRIOS AOS AGRICULTORES.

NÃO SE COMPREENDE, POR EXEMPLO, QUE RELATIVAMENTE AO SULFATO DE COBRE E A CAL QUE CHEGARAM HÁ CERCA DE 30 DIAS AO PAÍS, (DIGA-SE DE PASSAGEM QUE ESTES PRODUTOS DEVERIAM SER APLICADOS NOS CACAUEIROS EM JUNHO / JULHOE AGOSTO, SEGUNDO O CALENDÁRIO AGRICOLA), SÓ AGORA O GOVERNO VEM ANUNCIAR OS PREÇOS DESTES PRODUTOS, QUANDO JÁ SE PERDEU A MAIORIA DA PRODUÇÃO DE CACAU E O PEQUENO AGRICULTOR A FICAR MAIS POBRE. É LAMENTAVEL E ABSOLUTAMENTE INCONCEBIVEL ESTA SITUAÇÃO.

EM ABRIL DESTE ANO O PCD ALERTOU PARA O AUMENTO DOS PREÇOS DOS ALIMENTOS E MATÉRIAS- PRIMAS NO MERCADO INTERNACIONAL E QUE MEDIDAS URGENTES DE POLITICAS DEVERIAM SER TOMADAS PARA MINIMIZAR ESTA SITUAÇÃO.

NEHUMA MEDIDA FOI TOMADA E OS DOIS PROJECTOS QUE APOIAVAM A PRODUÇÃO ALIMENTAR NACIONAL VÃO TERMINAR AS SUAS ACTIVIDADES ESTE MÊS, SEM QUE  SE VISLIMBRE ENTRADA EM FUNCIONAMENTO DE OUTROS PROJECTOS A CURTO PRAZO.

O RESULTADO DESTA INOPERANCIA DO GOVERNO VAI LEVAR AO AUMENTO DA INSEGURANÇA ALIMENTAR PRINCIPALMENTE DOS MAIS DESFAVORECIDOS E ELEVAR OS RISCOS DO AUMENTO DA SUBNUTRIÇÃO, OU SEJA, MUITAS FAMILIAS SÓ IRÃO CONSEGUIR FAZER UMA REFEIÇÃO POR DIA.

NÃO PODEMOS ESQUECER QUE 38% DA POPULAÇÃO JÁ SOFRE DA INSEGURANÇA ALIMENTAR, OU SEJA NÃO COME O SUFICIENTE DIARIAMENTE.

A COOPERATIVA DOS PRODUTORES DA GOIABA RECLAMOU A FALTA DE ESPONJA PARA A PROTECÇÃO DOS FRUTOS E ASSIM AUMENTAR A PRODUÇÃO E OS SEUS RENDIMENTOS. O GOVERNO EM VEZ DE IMPORTAR AS DITAS ESPONJAS, IMPORTOU QUASE UM CONTENTOR DE TELAS, QUE NÃO TÊM QUALQUER SERVENTIA PARA O EFEITO.

ESTES PRODUTORES QUE INVESTIRAM TODO O SEU ESFORÇO PARA SEREM COMPENSADOS COM A VENDA DESTES PRODUTO VEEM-SE PRIVADOS DE AUMENTAR OS SEUS RENDIMENTOS E, POR CONSEGUINTE, FICAREM MAIS POBRES.

TUDO ISTO PARA DIZER QUE O GOVERNO NÃO TEM UMA POLITICA AGRICOLA E DE SEGURANÇA ALIMENTAR PARA O PAÍS.

ESTA AUSENCIA DE POLITICA É BEM NOTÓRIA NA ENTREVISTA DO SENHOR PRIMEIRO MINISTRO QUANDO ASSENTA O SECTOR DA AGRICULTURA NO:

– DESENVOLVIMENTO DO CIAT – CENTRO DE INVESTIGAÇÃO AGRONOMICO E TECNOLOGICO.

– APROXIMAÇÃO DOS TÉCNICOS AOS AGRICULTORES COM A DESCENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS

– VIAS DE ACESSO

– SEGURANÇA ALIMENTAR

MUITO VEM FALANDO O PRIMEIRO-MINISTRO SOBRE A PROBLEMÁTICA DA IRRIGAÇÃO.

QUE NOVAS ACÇÕES E NOVOS PROGRAMAS DE IRRIGAÇÃO O GOVERNO JÁ DEU INICIO? NÃO CONHECEMOS E O GOVERNO É INCAPAZ DE ACABAR E PÔR EM FUNCIONAMENTO AS OBRAS DE IRRIGAÇÃO DEIXADAS PELO ANTERIOR GOVERNO E O CASO MAIS FLAGRANTE É O SISTEMA DE REGA DA PINHEIRA.

O SECTOR PESQUEIRO SOFRE DOS MESMOS PROBLEMAS DOS DA AGRICULTURA E OS APETRECHOS DE PESCA ESCASSEIAM NO MERCADO E A PREÇOS INACESSIVEIS PARA OS PESCADORES.

DE UM MODO GERAL, A ACTIVIDADE EMPRESARIAL ESTÁ PARALISADA E A ECONOMIA ESTÁ ESTAGNADA E OUVIMOS TODOS OS DIAS RECLAMAÇÕES DOS EMPRESÁRIOS, DOS COMERCIANTES, E ATÉ MESMO DOS BANQUEIROS QUE A SITUAÇÃO ECONOMICA ESTÁ INSUSTENTAVEL.

OS NOSSOS COMERCIANTES ESTÃO COMPLETAMENTE DESCAPITALIZADOS E DESPROTEGIDOS E O NOSSO COMÉRCIO ESTÁ ENTREGUE NA SUA MAIORIA AOS ESTRANGEIROS.

É ESTE O INVESTIMENTO PRIVADO ESTRANGEIRO DE QUE TANTO FALA O PRIMEIRO MINISTRO?

PARA O PCD O INVESTIMENTO TERÁ QUE CRIAR CAPITAL FIXO E EMPREGO E NÃO MERA ACTIVIDADE COMERCIAL.

FALANDO DE EMPREGO, O PCD GOSTARIA DE PERGUNTAR AO GOVERNO: ONDE PÁRAM AS CENTENAS DE POSTOS DE EMPREGO QUE IRIAM SER CRIADOS COM A INSTALAÇÃO DA FABRICA DOS COMPUTADORES MAGALHÃES?

O PRIMERIO MINISTRO ANUNCIOU QUE OS PROJECTOS DE REABILITAÇÃO DO PORTO DE ANA CHAVES E DO AEROPORTO IRIAM COMEÇAR EM MAIO, NUMA PARCERIA PUBLICO PRIVADA.

PASSSADOS CINCO MESES DESTE ANUNCIO AS OBRAS AINDA  NÃO COMEÇARAM E MAIS UMA VEZ VEM O GOVERNO APRESSADAMENTE EM COMUNICADO CONSELHO DE MINISTROS DE ONTEM ANUNCIAR QUE ESTÃO EM APRECIAÇÃOVÁRIAS PEÇAS QUE COMPÕEM ESTES PROJECTOS.

COMO PODEMOS VERIFICAR, A SITUAÇÃO DO PAIS É DEVERAS PREOCUPANTE, O PAIS ESTÁ PARADO, O NIVEL DE POBREZA DAS POPULAÇÕES AUMENTA VERTIGINOSAMENTE  E JÁ É ALTURA DE O GOVERNO ACABAR COM FALSAS PROMESSAS À POPULAÇÃO E ENTREGAR-SE AO TRABALHO.

SENHOR PRESIDENTE

CARAS E CAROS DEPUTADOS

SINAIS PREOCUPANTES COMEÇAM A CHEGAR DE TODOS OS LADOS DECORRENTES DE DETERMINADAS ACÇÕES DESTE GOVERNO, A SUGERIR QUE DEVEMOS ADOPTAR MEDIDAS MAIS PERTINENTES VISANDO PÔR-LHES DEFINITIVAMENTE COBRO.

UM EXEMPLO INFELIZMENTE BEM ILUSTRATIVO DISSO OCORREU AINDA ONTEM À NOITE, NO TELEJORNAL DA TVS, QUANDO O GOVERNO SE ATREVEU A CENSURAR A NOTÍCIA RELATIVA À AUDIÇÃO DO DIRECTOR DO PATRIMÓNIO DO ESTADO LEVADA A CABO ONTEM MESMO PELA COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO ÀS OBRAS DE READAPTAÇÃO DA LOTA/MERCADO DE PEIXE, ORDENANDO O CANCELAMENTO DA SUA TRANSMISSÃO.

AFINAL, ONDE É QUE NÓS ESTAMOS? SERÁ QUE A ASSEMBLEIA NACIONAL E OS SEUS DEPUTADOS PODERÃO PERMITIR, PASSIVOS, SEMELHANTE DISCRIMINAÇÃO? CONVENHAMOS QUE ESTA ATITUDE É ATREVIDA E COMPLETAMENTE INACEITÁVEL E SÓ PODE PORVIR DE UM GOVERNO QUE, OU NÃO TEM O MÍNIMO SENTIDO DAS NORMAS QUE SUPERINTENDEM O ESTADO DE DIREITO DEMOCRÁTICO OU DÁ OUSADOS PASSOS EM FRENTE, CONTRA A DEMOCRACIA E CONTRA TODOS, DECIDIDAMENTE APOSTADO EM IMPLANTAR EM S. TOMÉ E PRÍNCIPE UM REGIME DITATORIAL A EXEMPLO DOS QUE FAZEM PARTE DA VIVÊNCIA DOS SEUS MENTORES.

ESTAMOS ABSOLUTAMENTE CONTRA TAL ATITUDE, TANTO MAIS ABERRANTE QUANTO SE SABE TRATAR-SE A ASSEMBLEIA NACIONAL DO ÓRGÃO FISCALIZADOR DA ACÇÃO GOVERNATIVA, PELO QUE INSTAMOS A TVS A PASSAR DE IMEDIATO A NOTÍCIA, EM CONDIÇÕES DE DESTAQUE QUE DEVEM MERECER TODOS OS ACTOS DA ASSEMBLEIA NACIONAL.

CONVEM TAMBÉM MENCIONAR AINDA NESTE ÂMBITO A NÃO DIVULGAÇÃO DA ENTREVISTA DADA PELOS AGRICULTORES DA COOPERATIVA DA GOIABA QUANDO RECLAMAVAM DA NÃO IMPORTAÇÃO DAS ESPONJAS.

SENHOR PRESIDENTE

CARAS E CAROS DEPUTADOS

AGORA TORNA-SE NECESSÁRIO REFERIRMOS UM POUCO SOBRE OS TRABALHOS A SEREM DESENVOLVIDOS NESTA SESSÃO LEGISLATIVA.

O PCD ESTÁ DISPONIVEL E EXORTA A MESA DA ASSEMBLEIA PARA A NECESSIDADE DA REVISÃO E ALTERAÇÃO DE ALGUMAS LEIS PRINCIPALMENTE DAS QUE DIZEM RESPEITO AS ELEIÇÕES E DO REGIMENTO DA ASSEMBLEIA.

MUITO OBRIGADO PELA VOSSA ATENÇÃO

    35 comentários

35 comentários

  1. Elizabete Almeida

    20 de Outubro de 2011 as 14:09

    Desta não sabia!

    • carlos nascimento

      20 de Outubro de 2011 as 16:41

      ainda estamos a espera da explicacao do PCD sobre STPTRADING que lesou o povo em 5 milhoes de dollares e sobre isso nem uma palavra. seus bandos de nao faz nada…

      • PCDista!!!

        21 de Outubro de 2011 as 9:06

        Meus Caros,
        Entendo que, como oposição, o PCD deve denunciar as manobras e o desnorte deste governo que em nada está contribuindo para o desenvolvimento do nosso STP. Será que a oposição deve ficar calado assistindo a acção do governo sem nada fazer? Então para que serve a oposição? Não se esqueçam que a democracia faz também alicerçado no contraditório…Por isso faz-me confusão ler algumas exteriorizações de cegueira politica expressas nestes palco. Acho que o que mais do que criticar a acção da opsição deveriam também cobrar do governo acções sérias que contibuam para tirar o país da miséria que está a viver. Já pensaram o que seria o país e o PCD, o MLSTP e o MDFM deixarem de existir? Quem iria chamar o governo a razão e evitar desmandos politicos, abusos/censura na imprensa, etc?
        Vejamos coerrentes, a questão em causa não é o partido, não é o PCD…a questão a se ter presente é cada um de nós contribuir para que esse “partido” do qual todos fomos militantes – STP – possa sair da situação lamentavel e vergonhosa de pobreza em que estamos.
        Viva a Democracia
        Viva a oposição
        Viva S. Tomé e Príncipe

        • E.Santos

          21 de Outubro de 2011 as 12:11

          A oposição tem de ser responsável. Mas estes senhores nunca o serão.
          A malfeitoria já está enraizada neles. Foram 20 anos assim. A se defenderem uns aos outros e deixarem o país na miséria.

  2. Mimi

    20 de Outubro de 2011 as 14:49

    Espero que depois dos 14 meses de graca, a oposicao no parrlamento comece realmente a fazer o seu trabalho. Espero que a Assambleia insista na questao da TVS que é um órgaos de comunicaçao social DO ESTADO estado e nao do partido ADI, seu governo e Camaras, serviço público apartidário. Transmitir só o que convém, o que fica bem ao partido e aos seus nao é fazer nem fazer “televisao de todos nós”

  3. Francisco Castanheira

    20 de Outubro de 2011 as 14:58

    Afinal tanta coisa assim./?????????……
    O Povo poe e o Povo tira
    Maos a obra

  4. DICA

    20 de Outubro de 2011 as 15:12

    nao tenhgem vergonha. destruiram a coligacao porque?

  5. E.Santos

    20 de Outubro de 2011 as 15:16

    PCD, vocês outra vez a quererem desestabilizar o país????
    Oh não…pensei que vocês tivessem aprendido com os vossos erros dos últimos 20 anos, com o estado em que vocês transformaram o país e instalaram a ganância a ususrpação, o laxismo, o oportunismo, a impunidade e todo o mais coisas negativas que se possa ter verificado em São Tomé.
    Mudar o país para melhor não significa manter o PCD a fazer nenhum e a encher o bolso a custa dos São-tomenses.
    Vão trabalhar a sério onde vocês são precisos. O vosso contributo enquanto partido político, sempre defendi que era ZERO. Em 20 anos não acrescentaram nada ao país, quando tiveram uma brilhante oportunidade para isso, munidos de confiança da maioria dos São-tomenses. Nada, o país só conseguiu regredir. Não estão a espera que acreditemos que o vão fazer agora, pois não? Só a vossa família e amigos ainda podem acreditar em vocês, é legítimo.
    Mas não o povo São-tomense a quem vocês relegaram a miséria e ao sofrimento. Tiveram a vossa oportunidade, agora deixem os outros trabalhar.
    Todos, menos vocês. O vosso tacho político acabou, esta é que é a verdade.

    • Bartolomeu Lêdesaua

      22 de Outubro de 2011 as 16:06

      E.SANTO, qual é o seu problema, não queres que partidos façam oposição em STP?
      O Relatório do PCD, deixa bem patente as preocupações do deputado eleito pelo povo, de um Partido na oposição. Será que as verdades são amargas, por isso não devem ser ditas?
      É ou não é verdade que a liberdade de expressão é o” privilégio maior” que o povo goza na democracia?
      Ao pensar que o privilégio democrático só lhe assiste e a outros não , está muito enganado.
      Seu comentário só insinua acusações, mas não identifica o motivo de sua indignação, nem indica o que impede o Governo de trabalhar, somente pede para deixara-lo trabalhar. Ao que se pressupõe existir sua estreita afinidade com o Governo e ADI no poder, o que é legítimo.
      Sabia que dar apoio cegamente, é tido de fanatismo desacerbado? Não quero acreditar que é o que move o seu contraditório.
      Resignação nunca! Viva São Tomé e Príncipe…
      Viva a oposição construtiva…
      Força PCD

      • E.Santos

        23 de Outubro de 2011 as 18:20

        Meu caro,

        Vocês diz, e muito bem “Partidos façam oposição”. O PCD não é um Partido e sim um oportunismo. E pelos vistos, mudam-se os tempos e o PCD não mudou.
        E este direito tanto não me assiste só a mim, como eles já tiveram a sua oportunidade quando em 1991 entraram com força na cena política e com o povo todo do seu lado. E o que fizeram? Responde? Destruíram o país. Isto não é invenção minha, é um facto. E sofremos todos com isso. Por isso já não deve haver mais oportunidade para quem arruinou o país, senão serem julgados pela má gestão e degradação em que nos remeteram. É isto que o mundo tem vindo a pedir nos últimos tempos. Justiça, para os 99,9 % dos governados.
        Não preciso ser nem simpatizante do Goveno ou do ADI para isso. Sou naturalmente contra o PCD, isto também é um facto. Fazer e ter o meu julgamento é também um direito que me assiste. E acredite, não é cego. Eu sei o estado em que o monopartidarismo deixou o país e o estado em que o PCD e seus comparças o transformaram ao longo dos últimos 20 anos. E se isto não lhe causa revolta, a mim causa. E nem vou dizer que é porque você é do PCD. Talvés seja mera desinformação. Mas uma coisa é certa, o país é de nós todos, o país não é só do PCD.
        Quando eu digo “vão trabalhar”, sei bem o que estou a dizer. O PCD instalou a cultura da preguiça em STP, do salve-se quem puder e cada um sabe de si. Projectos atrás de projectos onde ninguém faz nada de útil, muitos que não deram em nada de sustentável para o país, mas que serviram para fazer os novos ricos da sociedade. Porque se fosse só com o salário da função pública, nunca chegariam lá. Desmente-me se conseguir.
        Eu trabalho, graças a Deus sempre o fiz. Comecei a trabalhar para STP com 17 anos e já lá vão outros tantos. Conheço bem este país.
        Estes senhores podem ainda ser úteis sim, mas já não será na política. É obvio que excepção faz a regra, mas quem quer se livrar desta imagem que conservo do PCD, que mude de partido e prove ser diferente. Por isso digo, vão trabalhar a sério.

        • Bartolomeu Lêdesaua

          24 de Outubro de 2011 as 19:04

          Está muito nervoso!…
          Nervosismo leva-nos a acções irreflectidas; e nunca foi melhor amigo nem conselheiro para tomada de posição nem para exprimir os nossos sentimentos. É preciso se acalmar, o sangue frio é que nos leva a superar quase todos os obstáculos. Relê de novo nas calmas o meu comentário.
          Sou um cidadão comum, na diáspora, santomense de gema, não sou membro do PCD nem de partido nenhum.
          O meu comentário está relacionado com a sua afirmação de PCD este no poder 20 anos destruiu S. Tomé e Príncipe e fez todos outros males, motivos de sua indignação.
          Contei pelos dedos, o tempo e os anos que cada Partido político esteve no poder, o que durante esses 20 anos, salvo melhor opinião, essa afirmação não corresponde a verdadeira.
          Evidentemente que não estamos a utilizar o mesmo dicionário. Mas universalmente em qualquer língua “estar no poder é diferente de liderar o Governo. E pelo que sei a responsabilidade de boa ou má é da liderança de governação, isto é, Primeiro Ministro na qualidade de chefe do Governo e o Partido que lhe apoia.
          Que fique claro, estando mais que um Partido no Governo, o líder será o Partido que apoia Primeiro Ministro ou que ele pertence.
          Estamos de acordo ou não?
          Tem dobro de 17 anos de idade, aconselho-lhe rever o historial cronológico da governação de S. Tomé e Príncipe, durante esse período de 20 anos.
          Para fazer-lhe relembrar os Partidos que lideraram o Governo durante esses 20 anos, passo a mencionar os nomes de alguns Primeiro-ministro:
          Pósser da Costa, Maria das Neves, Evaristo de Carvalho, Patrice Trovoada, Tomé Vera Cruz e Rafael Branco. Onde está os 20 anos de Governo do PCD?
          De entre eles há quem já chefia o Governo por duas vezes e há outros que mudaram de Partidos., como é óbvio.
          Será que todos eles pertenceram a PCD? Eis a minha indignação; achei que PCD estava a ser injustiçado, certamente por falta de informação ou memória muito curta, de sua parte.
          Se acusasse MLSTP, PCD, MDFM e ADI de má governação, até então, para quê palavras. Seria uma forma de alertar e exigir aos que já tiveram oportunidade governativa e os próximos para mudarem de mentalidade e de atitude para melhor governação. Porque como estão de fora, amanhã estarão lá dentro. Não tenha ilusões, são sempre os mesmos.
          Deixou bem patente que tem aversão ao PCD, será? Não acredito, não será alguém do PCD? Seja frontal, procura enfrentar esse alguém olho nos olhos, mas de forma como tem manifestado é falta de escrúpulo para não dizer cobardia. No PCD como todos outros Partidos há boa e má gente.
          Nosso País não avança com ódio, rancor, vingança e/ou traição.
          Aqui lhe deixo meu apelo à“ isenção”, “tolerância pela diferença” “, muita compreensão “e “solidariedade”.
          Tem de haver mais do que um Partido Político, assim se impõe a democracia.
          Como São-tomense, manifesto estar solidário com os os discursos dos Partidos de oposição
          Força oposição
          Viva crítica construtiva
          Viva São Tomé e Príncipe

    • Bartolomeu Lêdesaua

      23 de Outubro de 2011 as 13:56

      23/10/2011
      A intenção merece todo apoio daqueles que de todo coração, aspiram o desenvolvimento de S. Tomé e Príncipe. Contudo, sem pretensão de querer dar lições, permita-me a ousadia. O termo” vão trabalhar”, a palavra vão, tem sabor de exigência e desprezo aos próximos, porque deixa de fora o próprio autor do texto, o que não compadece com a luta pelo desenvolvimento do nosso degradado País, onde imperioso se torna a participação de todos nós, sem excepção. Daí que “vamos trabalhar em vez de vão trabalhar “ – a palavra vamos não seria só ideal mas contribuiria para sublimar a mobilização nacional, até mesmo internacional, para execução da árdua tarefa que se impõe o desenvolvimento do nosso S. Tomé e Príncipe.
      Pa Santomé ku Plinxipi nom ba huê-ê”
      “ Cela nom zunta módu de fêçu de bassóla tlaba ku umpenho, ku cunxença, bila pigi stlangêlu zuda “

  6. EDU

    20 de Outubro de 2011 as 15:20

    Deveriam ter vergonha na cara, voces sao partido da direita ou da esquerda? da mudanca ou da desgraca? Calados ficam melhor. Esperam novamente a voca vez.

    • E.Santos

      21 de Outubro de 2011 as 11:41

      A vez do PCD agora é cada um dos seus membros voltar a fazer o que faziam antes de entrarem para PCD. Quem era professor, que volte para o Liceu e vai dar aulas (são muitos), quem era engenheiro agrónomo ou agricultor, que ponha a mão na terra e nada de fazer da terra quinta de passeio, quem era comerciante que pense melhor em como abastecer o país para evitar especulação e consequente aumento sistemático de preço (maior desgraça do povo). Trabalho a sério não vos falta. Em vez de se encolherem em comissões de serviço em Administração e de empresas públicas, em projectos estapafúrdios para terem carro de projecto e ganhar em duplicado sem fazer nenhum, com projectos que nunca resultaram em nada de útil para o país.
      Chega de bricarem a política. Ides trabalhar.
      Se quiserem de facto contribuir, é este o contributo que queremos de vocês: Trabalho.

  7. Francisco Ambrósio Agnelo

    20 de Outubro de 2011 as 16:28

    Como é do conhecimento de todos, essa exposição revela a posição de um partido que está na oposição, em momento algum este congratularia com à acção do seu opositor que está à assumir às rédeas de uma governação equilibrada, num momento reconhecido pela oposição” difícil à nível mundial”

  8. Comentador

    20 de Outubro de 2011 as 16:35

    P: Porquê que só agora é que vieram contar toda essa historia?

    R:Porque antes, a situação lhes convinham. Como foi destruída essa boa vida de sorna, vêm com toda essa história para se tentar defender.

    Temos que começar a acabar com bandos de preguiçosos que vivem a custa do povo.

    Apesar de não acreditar nesse governo, foi uma atitude sensata, pensada para bem de STP.

    Porque esses senhores só andavam lá na EMAE a ganhar/ usufruir grandes dinheiro do povo santomense, sem fazer nada.

    O conselho administrativo é inexistente, têm carro do estado, combustível, cartão de recarga e ainda senha de presença que dava para pagar salários à 10 ou mais pessoas.

    Esse conselho administrativo só estava a arruinar o tesouro público e, como sempre, quem paga a factura é o povo.

  9. Afonso Pereira

    20 de Outubro de 2011 as 17:23

    Enfim, claramente se percebe que o governo esta sem norte,não se vê nada de concreto e percebe-se tb que o governo não tem uma politica definida. Salvo a de escamotear a comunicação social. Ja agora que tanto se fala em novas propostas de leis sumamente necessaria, poder-se-ia tb criar uma proposta de lei, em que os deputados ou seja que autoridade for qd apanhado em atos ilicitados, ou seja robalheira, a imunidade PARLAMENTAR CAIRIA automaticamente, sem que fosse necessario a apreciação da casa parlamentar.

    Saudações santolas

  10. Antonio Santos

    20 de Outubro de 2011 as 17:56

    Mas, logo que passamos a oposição, tudo esta mal. Então o PCD ou o antigo Governo vem dizer que tinham solução para o sector. Muito bem , o overno que nos diga quais os contratos assinados e as consequências desses contratos e depois podeùmos falar.

  11. Do Contra

    20 de Outubro de 2011 as 18:06

    Devia o Xavier Mendes saber a Agricultura está nas mãos de PCDistas conhecedores do sector. Se o resultado é negativo, então, Sr Ministro do Plano, é hora de ruar esses colaboradores PCDistas, que se calhar estão a trabalhar de má fé.

  12. Tomba Aly

    20 de Outubro de 2011 as 18:22

    Caras e caros Compatriotas.

    Entendo que o país deve ter oposição porque é saudável para a democracia. MAs não compreendo como é que uma pessoa que estava a frente de um sector a largos anos (PCD de 2006 a 2010)e não deixou algo de palpavel vem acusar o outro que tem pouco tempo para tudo fazer em espaço de 1 ano. Brincadeiras tem horas PCD!

    Quanto a água do hospital Hostpital.
    Em 2010 quando MLSTP/PCD deixaram o poder não jorava uma gota de água nas torneiras do hospital. Agora pelo menos no primeiro periodo já temos água. Confesso que não é tudo. MAs se os senhores do PCD e MLSTP do campo do MIlho não desviassem a água que alimenta o hospital teriamos água 24/24 no hospital.

    O povo lucido não é buro. Sabemos quem é Deus e Quem é diambo neste país.

    O problema de agricultura não acaba com a constituição do MInistério de Agricultura, penso eu. Acaba com trabalho e cumprimento das directrizes emanadas nos programas aprovados como é o caso do Programa do Governo. Pergunto, quais são os tecnicos que lideram aagricultura? Quem é o Director Geral da Agricultura? Os projectos ligados a Agricultura (todos), quem os lidera?

    Amigos da diáspora. Quer a direcção Geral, quer os projectos (Cacau Biologico, PAPAFPA, os que surgiram recentemente onde o ex presidente da camara de agua grande lidera, o que a enga carminda lidera) todos são dirigidos e coordenados pelos quadros do PCD. Uns com sucessos outros com menos.

    O sector de Agricultura é maioritáriamente dominado por “gente/quadros/políticos” do PCD. Xavier, o que o senhor deixou no sector que este governo está a matar? Responda…

    As esponjas para goiaba. É despesa corrente do Estado ou despesa do investido/Privado? Cabe ao privado planificar. O Estado está para facilitar. Xavier vai enganar outros. Esse povo está a espera de manobras do PCD.

    O país vai ter que sacrificar 5 milhões de dólares para devolver ao Brasil. Dinheiro da STP Trading. MAs os médicos estão a pedir mais aumento. E há gente que viveu e veive a custa do Povo.

    Caros amigos. Seria injusto da nossa parte cobrar toda a desgraça deste país neste governo. O governo claro que deve apresentar soluções. MAs a justiça deve fazer a sua parte para que todos aqueles que roubaram, devolvam o que é do Estado.

    Há terrenos para agricultura que gente do PCD e não só toumou e transformaram em quintas para divertir aos fins de semana. Que agricultura estamos a falar?

    ADI não deve repitir os erros do MLSTP/PCD que passavam o tempo a fazer campanha de 1 a 30 de janeiro a dezembro enganando os pequenso agricultores com “pequenos gestos” e acções baratas.

    Se voces PCD/MLSTP fossem tão experientes, tão inteligentes, tão honestos, tão trabalhadores, tão dinâmicos, tão comprometidos com a causa do povo como agora advogam, este país seria outro.

    Por mais que doa muita gente e que não posso agradar a todos é que temos que assumir ulguma atitude. Vamos deixar o outro trabalhar. PCD/MLSTP teve largas oportunidades. Não fizeram porquê.

    Não será de noite para o dia a mudança no país. Quem deve ao estado deve pagar. Quem deve imposto deve pagar.

    Vamos dizer basta a todos aqueles que só querem polémicas. Porque enquanto lutam quem sofre é o povo.

    Sabiam que a onda da greve tem a mão política partidária? Fui visitar a minha avo em praia Gamboa. Curiosidade: Um certo partido da oposição está a recolher assinatura para a população sair à rua e reivindicar o aumento de custo de vida. Ahahah. Essa acção deve ser acto expontânio, de sociedade civil, de ONG, do Sindicato e não promoção e iniciativa de partidos políticos.

    Agora são os médicos. Os enfermeiros também pretendem. Os professores ameaçaram. A EMAE também estava na agenda contra a direcção. A ENASA não estão satisfeitos com novos investimentos. Querem que a pista continua escura. Enfim. É o meu/nosso país.

    Mas se somos realmente saotomenses e gostamos desse país é hora de trabalho, de reconciliação, de justiça e de abandono a politiquices.

    Desculpe o texto longo. è que as coisas são tantas. MAs prometo estar ali.

    Tomba Aly (CAntagalense)

  13. jaka doxi

    20 de Outubro de 2011 as 18:52

    Bando de aldrabões e destruidores da Patria.

  14. Tomba Aly (Cantagalense)

    20 de Outubro de 2011 as 19:17

    Ahh. Há mais: Retirada de parcelas enormes nas mãos dos preguiçosos. Retoma de talhões que muitos sobretudo elite do PCD receberam a preço baga téla e venderam e estão a vender para estrangeiro a 200 mil, 500 mil e 1 milhão de dólares.

    Isso é que se chama de falha na agricultura. Senhores do PCD assambarcaram as terras para agricultura, uns para criar mais ratos, outros para contrução das suas quintas com o dinheiro da DOCA, STP Trading e do Passeio, e outros ainda a venda para estrangeiros, donde veio algum ginbulo que Delfim fez chou e conquistou o 3º lugar pagando mais de 500 mil dobras aos eleitores de Capela. Ahahahah

    Xavier, o povo está informado.

    Chavier, mesmo em Cantagalo a gente sabe o que passou em Capela/Trindade (Mé Zochi). O 3º Lugar de Delfim foi comprado e muito caro e se calhar com o dinheiro do Cacau Biológico.

    Êpa, estou a falar muito. Se mi discobrem, nom môlê.

    PCD. É Bom ter oposição. Para perspectivar o regresso um dia. Mas todos menos vocês. Antes melhor MLSTP. Porque Voces do PCD são da extrema direita e anteriores a CLSTP. Vejam que o MLSTP está com sangue e pensamento novo e vocês, esterminadores, bandidos.

    Agricultura, Pesca, Xavier conta outra. Um dia voce e Delfim Neves ainda vão pagar pela carne podre que trouxeram do Brasil e distribuiram à população e somos nós que vamos pagar por isso os 5 milhões ao Brasil. Mas um dia. Saira de 11 para 7, 7 ladrões. Perderam logo 4. As proximas vão perder mais 4. Para ficar 3 os que contarão istórias, estorias e historias.

    Ahahah

    Tomba Aly (Cantagalense)

    • E.Santos

      21 de Outubro de 2011 as 11:58

      PCD foi, é e será sempre a desgraça do povo São-tomense.
      Ainda hoje tenho de dizer “maldita a hora em que Pinto da Costa deixou o País para vocês”.
      Foram 20 anos de nada, ou melhor de retrocesso do país e de enrequecimento dos seus afiliados.
      Está tudo a vista. Compare-os todos no antes e depois de serem PCD. Um bando de gente que enrequeceu com a Política enquanto o povo foi ficando na miséria.
      Eu sou claramente contra o PCD, e ainda que fossem o último partido em São-Tomé preferia o país governado por um movimento da sociedade civil.

      • Bartolomeu Lêdesaua

        24 de Outubro de 2011 as 0:41

        S. Tomé e Príncipe precisa de todos aqueles que querem contribuir para seu desenvolvimento socioeconómico, de uma forma ou de outra com seu trabalho honestamente.
        Mas quando estamos de fora e ambicionamos o poder, prometemos fazer o melhor do que mas ninguém, tentamos fazer acreditar as pessoas que temos vara mágica, para solucionar problema do nosso País. Só que quando chegamos ao poder, ao evidenciamos que as realidades são outras, fazemos o mesmo que os outros já fizeram e você pode não estar fora dessa questão, uma vez que a sua afirmação generaliza (todos que estiveram no poder os 20 anos que passou). Sem se lembrar de que:
        “ muitas vezes o justo paga pelo pecador”
        Se quer provar que é o único santo de S. Tomé e Príncipe , que atire a primeira pedra, esperamos pra ver com todo orgulho.
        Na ça plôvia de uã vunvu ku môdê sampedu manda tudaxi ka paga-fa-ê
        Bô têndê! …

        • E.Santos

          25 de Outubro de 2011 as 9:07

          Há um ditado que diz “diga-me com quem andas e eu digo-te quem és”.
          Quem pactua calado com decisões de um partido então consente-o e se revê nele.
          Quem não concorda, que tenha a dignidade de se demarcar deste partido e ser um independente se achar que nenhum outro comporta as suas ideias.
          Nunca se desculpar porque por culpa de um todos pagam.

  15. MEU DEUS

    20 de Outubro de 2011 as 19:40

    PCD É ESPECIALISTA NA CAÇA AS BRUXAS.
    DEVE HAVER ROTATIVIDADE NOS CARGOS PÚBLICOS.
    DEIXEM DE CHORAR. TENHAM CALMA E PACIÊNCIA. A VIDA É MESMO ASSIM. QUEM COM FERRO MATA, COM FERRO MORRE.

  16. Anca

    20 de Outubro de 2011 as 21:01

    O roto está a dar mal do descosido.

    Mudar um as condições de vida de um povo, de um país em, apenas 14 meses, quando governos precedentes, não o conseguiram em 35 de independência, é uma de milagre, nem no ocidente se conseguiu jamais tal feito.

    Unidade-Disciplina-Trabalho

    Por favor

    Para de facto todos os santomenses, contribuirmos com, saber e saber fazer, para a modernização do país, e inverter o quadro de miséria e pobreza, que assola o país(população/território), para o colocar , no caminho do crescimento econômico e desenvolvimento efetivo sustentado, transparente, e sem corrupção.

    O tempo é outro, é tempo de inversão da situação, da miséria e pobreza em que encontra mergulhado o povo, o país.

    De cumprir as leis democráticas de estado de direito.

    Pois a casa onde não a pão todos ralham e ninguém tem razão.

    Mãos a obra.

    Unidade-Disciplina e Trabalho, para a organização, estruturação, modernização e progresso do país.

    Chega de quezílias políticas, para tirar dividendos.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  17. Filipe Samba

    21 de Outubro de 2011 as 6:26

    São-tomé e Principe, está muito distante para cumprir com as definições das Nações Unidas como ‘Metas do Milénio até 2015’, ou seja, erradicar a pobreza extrema e a fome, universalizar o ensino, valorizar o género, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde materna, combater as grandes endemias, garantir a defesa sustentável do ambiente e criar parcerias para o desenvolvimento.

  18. Voz da razão

    21 de Outubro de 2011 as 8:09

    Se não houver oposição não há democracia, por isso deixem os da oposição também fazerem o seu papel, sejam de k partido forem.

    • E.Santos

      21 de Outubro de 2011 as 12:04

      Não, todos, menos os do PCD. Devíamos era sair a rua e reevindicar Lei para punir os decisores que arruinaram o país, como o mundo todo está a fazer. Isto sim, fazia-se justiça ao povo São-tomense.
      Se ainda conseguem enganar os menos lúcidos, que os mais lúcidos tomem posição na sociedade. Não podemos deixar estes senhores destruirnos novamente. A primeira vez é porque fomos inocentes, a segunda vez seria burrice.

  19. santa catarina

    21 de Outubro de 2011 as 8:57

    É triste ouvir um discurso com este ton vindo da bancada do PCD. O PCD quer contar a historia que todso já sabemos. Sempre e quando estam fora de poder tem soluções milagrosas para todo os problemas do pais.
    Este senhor sempre este no ministerio de agricultura o que fez? A agricultura é ohoje o que é fruto de má governação deste individuos mafiosos.
    Falar de energia é triste ouvir de quem lá este até bem pouco tempo. Então o Bobo Forro 1 não funciona porque quando osenhor saiu do governo deixou a funcionar?
    Que tipo de contrato este que assinaram com o bobo forro II? O estado tem que comprar unidades avariadas?
    Meus senhores do PCD é preciso terem calma sobre vos pensam muitas coisas mal feitas neste país. São os primeiros delapidadores dos bens do estado.
    Recorda ainda no governo do negocio com o armazem de Agostinho Neto para fabricação de bebidas em que o senhor tambem é socio.
    Sobre PCD caiem muitas situações desde:
    Passeios, DOCA, Barco Principe,STPTrainding,Chapas de zinco, fundo do japão, venda de terrenos na passadeira etc..
    Estamos a espera do Tribunal para sabermos quem é quem.

  20. Gé Borges

    21 de Outubro de 2011 as 10:19

    Toda a Critica é bem vinda para uma Nação que quer em verdade progredir… desde que faça com plena consciencia que será em bem do Povo… e é Construtiva

    Gé Borges

    Bem haja São Tomé e Príncipe

  21. Leguela

    21 de Outubro de 2011 as 10:32

    Nos meus anos de emigração fui sempre simpatizante do PCD. E confesso que tenho uma pequena inclinação por este partido. Eu, não consigo conviver com tamanha barbaridade agora manifestada por PCD. Só pode ser por má fé. Meus senhores mundo enfrenta um grande perigo. E a crise ainda não chegou S. Tomé e Príncipe! Paises poderosos terão que cortar subsídios de natal e de férias para não desempregar trabalhadores. Como defender funcionários da Zona Franca? Instituição que nunca deu um único passo para coisíssima nenhuma? Com pessoas do tipo PCD, já percebo o porquê que o nosso país continua tão pobre!

  22. Almeida Paquito

    21 de Outubro de 2011 as 10:46

    Zona franca acabou o Xavier perdeu taxo ja abriu a boca. Já é tarde,

  23. Do Contra

    21 de Outubro de 2011 as 16:25

    Isto era uma engorda, com o sr. Bano sozinho a ganhar mais do que todos os funcionários da Zona Franca juntos. E que postos de emprego esta tal de zona franca criou para os santomenses. Tanto esta intituição não tinha importância que quando o senhor Xavier Mendes foi chamado para Ministro da Agricultura o seu lugar na zona franca ficou inocupado a sua espera. E depois vem hoje choramingar falando dos funcionários da Zona Franca. Doa a quem doer, mas toda esta chupeta tem de acabar, para o bem dos santomenses e de STP.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo