“Só podem estar de má fé todos aqueles que acusam o governo de arrogância e falta de diálogo”

Assim o Governo, reage a acusação dos partidos da oposição e da comissão dos trabalhadores da Rádio Nacional, sobre a arrogância e falta de diálogo que tem marcado a postura do executivo.

Ao contrário do que diz a Comissão dos Trabalhadores da Rádio Nacional, e os partidos da oposição, o Governo garante que a sua atitude tem sido de abertura e diálogo em relação a greve na Rádio Nacional. «Só podem estar de má fé todos aqueles que acusam o governo de arrogância e falta de diálogo relativamente a greve da Rádio Nacional e não reconhecem na atitude do governo, um espírito de abertura e de vontade de dialogar, com os trabalhadores da Rádio Nacional», diz o comunicado do Governo. O Secretário do Estado Abnildo de Oliveira(NA FOTO), repetiu esta frase, enquanto lia o comunicado na TVS.

No entanto desde 1 de Setembro passado que os trabalhadores da Rádio Nacional apresentaram ao governo a proposta de um novo Estatuto para a classe. Segundo Alfredo Medeiros sem qualquer resposta da parte do governo, ou convite a comissão dos trabalhadores para analisarem juntos a proposta apresentada, em Outubro último os trabalhadores remeteram mais uma carta ao Governo, e desta vez anunciando a greve para 2 de Novembro. A segunda carta também não suscitou qualquer interesse de negociação, confirma o líder sindical da Rádio Nacional.

Nas vésperas de 2 de Novembro, a comissão dos trabalhadores, recebeu um SMS do ministro Secretário do Governo, dizendo o seguinte: «Meus caros. Só agora acabei o meu encontro com o PM. Fiz-lhe um relatório ao telefone, e tive depois de ir discutir com ele e o ministro das finanças. Ele disse-me que o orçamento para 2012, não poderia comportar esse nível de exigência. No entanto está disponível para mandar o ministro das finanças estudar mais detalhadamente estas exigências e mais convosco sentar e discutir a vossa proposta. Quanto a proposta de modo de financiamento que ele está na disposição de estudar todas as alternativas e discutir cada uma delas com os trabalhadores da RNSTP. Ele pede para dizer-vos que tem uma viagem marcada para amanhã e só quando regressar no dia 7 poderá discutir com a comissão. É tudo quanto vos posso dizer neste momento. Avarela», diz o SMS do Ministro Secretário do Governo.

A mensagem do ministro, acabou por reforçar a determinação dos trabalhadores em avançar para a greve. Sentiram-se desrespeitados. Consideraram que um assunto tão importante para a classe profissional e para o país, não poderia ser tratado via SMS. O meio de comunicação que o governo utilizou para dialogar, com a comissão dos trabalhadores, não foi bem aceite.

Alguns dizem que o verdadeiro espírito aberto para diálogo, significa utilizar esta ferramenta, “o diálogo”, como medida preventiva para conflitos e outros problemas. Recorrer a essa ferramenta, quando o conflito já está aberto, ou seja, para conter as consequências do conflito, não parece ser boa estratégia.

Abel Veiga

  1. img
    Bernardino Almeida Neto Responder

    A comissão se esqueceu que este meio de comunicação, nos tempos que decorrem, são de admitir, e que estamos no mundo à distância de um click. Vendo as coisas desse jeito, a comissão de trabalhadores da RSTP não tem razão. Estão agir de má fé, e desconsideração pela palavra dada pelo Ministro. Essa greve ao que parece tem mãos de determinado grupo político.

    • img
      Paracetamol 500mg Responder

      Seria correcto os membros do governo recorrer a esse método antes de deslocar a certos países para obter apoios, que nunca obtêm.
      Porquê que o Patrice Trovoada, em vez de estar a viajar de um lado para outro, não recorre aos clicks e sms?
      Até existe fax ao seu dispor. Mas não, o Patrice não dispensa uma bela viagem…Anda a estoirar o dinheiro público com viagens turísticas…

      • img
        Fijaltao Responder

        Paracetamol, digo mais: O senhor primeiro ministro em vez destas viagens, deveria usar as ferramentas tecnológicamente avançada que a informática nos oferece, tais como:

        O SKIPE, SMS, VIDEOCONFERÊNCIA,( OUTLOOK,O TELEMÒVEL EN SI, WEB, etc…), enfim embora não o critique totalmente porque está a realizar um bom trabalho para o país! Mas, puxas deixe de gastar este bocado que existe em viagens!

    • img
      MOBALI Responder

      1- O Secretário do Estado Abnildo de Oliveira é um arogante e estupido porque a SMS foi mal dirigida e nao se entende nada do SMS, nivel de portugues é ZERO (0). Parece até uma criança de ensino primario.
      2- STP é um pais pequeno, e nao houve necessidade de enviar SMS, quando podemos discutirmos face a face, sabendo que o assunto era de extrema importancia.

      3- O secretario de estado obteu seu diploma em que pais? porque o problema é grave, temos muitos abubés no nosso governo e a prova disso heis ai..

      • img
        Tomba Aly (Cantagalense) Responder

        Meu caro MOBALI, você é invejoso e maior estupido que apareceu neste forum.

        O Secretário de estado É Licenciado em JOrnalismo na Universidade Eduardo Mondlane em Moçambique. A mior universidade Publica e uma das mais cotadas ao nível do Continente africano. A Universidade que formou dezena de Médicos e especialista do país. Informações que tenho fou aluno brilhante.

        Sou cantagalence e por certo deve relacionar a minha origem. Sou de Santana e Conheço a familia do Secretário de Estado.

        Fou candidato à Padre e estudou fulisofia lá para terras francófonas.

        Cuidado quando você questiona diploma. Pelo menos esse não ganhou diplloma com a venda de cabras no Gabão.

        Por último, o diploma é o que é não pelo país, mas pela tradição da Escola e a propria determinação do indivídou. MAs esse assuntop podemos debater num outro forum.

        Acho que devemos criticar, mas não devemos fugir do essencial.

        O Secretário de Estado é o mais humilde do Governo. è o mais simpatico, lida com todos, com jovens.

        Acho que você quer denigrir a imagem do jovem. Eu como cantagalence digo que isso é wê chaísmo.

        Só porque os filhos de MLSTP/PCD não estão no governo todo o resto é podre? Convenhamos.

        Chumbem o orçamento que o povo responderá em massa na rua. eu já estou a organizar a minha clak. Já dei ponta aos meus vizinhos e amigos de Mázochi.

        Apele ao teu PCD para chumbar o orçamento. Quando sairmos à rua primeiros caros que vamos partir são os que foram comprados com o dinheiro da STP trading, Passeios, Doca, 1.6 milhão de dolares do Japão. Ah isso sim.

        Meu caro Secretário se você lê o tela nom e sei que deve ler enquanto bom jornalista que é, não ligue pelos comentários baixos. Segue em frente, porque serás um grande político no futuro deste país. resto é inveja.

        Cantagalence amigo de mezochianos

        • img
          MOBALI Responder

          tomba Aly cantagalense
          Nao tenho nada contra te nem com o Secretário do Estado Abnildo de Oliveira porque tambem sou de Cantagalo, mas ha realidades tem que ser dita sem preconceitos, tu tambem tens um portugues ZERRRRO (0), si lermos aquilo q escreveste ha muitos erros ortograficos,invejoso longe de mi porque tb sou licenciado e temos que ser realista a SMS tem varios erros ortograficos(e tive depois de ir discutir com ele ) essa frase nao existe gramaticalmente.

          Quando uma pessoa deixa-se ser manipulado por 1° Ministro ele torna-se arogante.
          Nao havia necessidade de enviar essa SMS e depois dizer que: “Só podem estar de má fé todos aqueles que acusam o governo de arrogância e falta de diálogo”.
          para teu conhecimento STP nao tem 100 000 EUROS para por energia na vila de Plano.

          O nosso distrito esta sendo marginalisado e se dao bolsa de estudos ao jovens de Cantagalos so para fazer profissional en portugal.

    • img
      Ze Mulato Responder

      Quem desrespeitar e abusar do povo Santomense sofrera consequencias graves!

    • img
      truquim deçu Responder

      Parece que o senhor Bernadino tambem é um membro de governo ou parente, se ném uma dessas coisas senhor não o é, então o senhor é deste que toma soma avoltado na mão do Patrice Trouvada, eu não sou trabalhoador da radio e se memoria não me falha não tenho nenhum parante lá, mas numa situação dessa, o meio em que o governo utilizou ,não estava em conforme, não siguinifica que não se pode utilizar este meio, mas ,para o clima que isso criou , o meio utilizado não era o propio.

  2. img
    MÉ SOLO Responder

    Estamos sim no mundo à distância de um CLICK e ainda bem que assim é, só que, há questões importantes que o CLICK não resolve como é o caso desta greve dos profissionais da rádio nacional.

    No meu entender estes assuntos e outros pertinentes deviam e devem ser resolvidos presencialmente, a nossa cidade é pequena e as instituições estão perto uma das outras. O diálogo não é carro, não tem custos e é uma boa arma do negócio.

    Esta atitude displicente do governo, denota a pouco importância que é dado a esta Estação de Rádio.

  3. img
    NINA Responder

    BOM SINAL

  4. img
    Cidadão Responder

    Sr.(a) Mézolo, deixemos da diplomacia e não caia na diplomacia do sr. Bernardino Almeida Neto, que é um palerma e sabe o papel que vem desempenhando. Ele sabe perfeitamente que esses assuntos não se trata da forma como pretende, ou gostaria que se tratasse. Podemos e muito bem defender à quem nos interressa, mas não desta forma.
    Estamos num país democrático, devemos ter a visão clara, objectiva e defender a nossa posição desde que estejamos dentro dos nossos direitos.
    Um bem para todos.

    • img
      Bernardino Almeida Neto Responder

      Não vou entrar em troca de palavras com alguém que teme ser identificado. Faça como fiz, avocando de peito aberto a minha posição sem medo de hipotéticas represálias, dando cara por aquilo que digo.
      Apenas dizer a este indivíduo (cidadão) que nunca estive nem tão pouco estou ao serviço de ninguém, e emito a minha opinião com base nas ilações que retiro dos factos.
      Não sou carneiro para enfileirar com outros, ou seja, não tenho que concordar com o que esse indivíduo pensa nem com a greve.
      Sou livre de proferir opiniões, sem ofender a dignidade dos outros e ou injuriar ao contrário do que fez.
      Em circunstância nenhuma disse que não devessem defender as respectivas posições quando estão dentro dos seus direitos. Sei perfeitamente que a greve é um direito de consagração constitucional. Esse instrumento deve ser usado com espírito de plena responsabilidade, e não de forma leviana.

  5. img
    Máfia Siciliana Responder

    1º Ministro de viagem a Cuba com Ministra da Saúde, isto ainda vai dar maca… Quem viverá, verá!

  6. img
    Deus grande Responder

    Eu diria que por causa um todos pagam, não envoca na palavra de DEUS em vão, porque próprio o SENHOR já não está mas aí para defender os politiqueiros em vez de Políticos.

  7. img
    Anca Responder

    Casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão.

    É a pobreza e miséria espiritual e material a assolar.

    Vamos trabalhar pelo desenvolvimento sustentável do país(território/população).

    Mais unidade, mais disciplina, mais trabalho.

  8. img
    Original Responder

    Entendo que uma greve é algo que é utilizado como último recurso quando as negociações estão esgotadas.A rádio Nacional deve equacionar a sua luta sobre 2 parâmetros:
    1- Necessidade de criar condições para melhorar o ambiente de trabalho
    2-melhorias salariais tendo em conta o contexto actual onde muitos trabalhadores de função pública ganham ninharias.
    Melhorias é o que se consegue ao longo de tempo e não se pode conquistar tudo de uma só vez porque é impossível:agindo assim,O Sindicato não consegue dar um passo a no final vai regressar a estaca zero porque o Governo já apalpou e já disse consigo: deixen-nos que vão desistir.Se fose TVS este assunto seria resolvido em menos de 48 horas porque Governo não está a ver impacto .Aconselho-vos a sentar de novo e rever a vossa percentagem e partir para nova negociação com espírito negocial e não de forma irredutível talvez poderão ter sucesso.
    Não esqueçam que o problema está em nós e temos que saber pedir.Um outro alerta é o facto de antigamente a Rádio ter sido usado para cada um fazer o seu programa utilizando equipamentos e espectro para ganhar o seu dinheiro.Pergunto:Como é gerido esta receita? A rádio tem recebido uma percentagem defenida ou recebe trocos de quem faz o programa? Se recebe trocos,seria bom começar a disciplinar as pessoas que utilizam o espaço da rádio no sentido de arrecadar algumas receitas que contribuiriam para fazer face a algumas necessidades da própria rádio por exemplo horas extraordinárias,materiais de uso corrente etc.

  9. img
    adilson Responder

    ñ kero defender ninguém, nem o governo nem os grevista ate pk amagino como esses indevidos sofrem para levar ate nos as informação k nos faz tanta , mas só keria deichar bem claro a eles é para ñ deicharen se levar pela opisiçao . a grevi é direito k lhes aciste perante a lei . mas ñ podemos peder niguém akilo k nos sabemos k pessoa ñ tem .

Deixe um comentario

*