Estabilidade e pobreza: Uma frase ambígua do Presidente Pinto da Costa

Tanto interna como externamente está-se agora com convicção reforçada de que Pinto da Costa é o Presidente que S. Tomé e Príncipe necessitava neste momento. As suas primeiras acções e declarações colheram plena aprovação dos santomenses independentemente das afinidades partidárias de cada um.
Tem provado que a promessa de ser Presidente de todos os santomenses não era pura retórica mas sim postura notável de Chefe de Estado democrata, patriota e respeitador da Constituição.

Hoje queria fazer uma curta análise crítica de uma curta frase que o Presidente Pinto da Costa proferiu recentemente e que foi difundida largamente na imprensa internacional e que me deixou um pouco perplexo.

A frase era: enquanto houver pobreza não haverá estabilidade em S. Tomé e Príncipe. Onde está a ambiguidade? É que quando falamos recorrentemente de estabilidade temos o entendimento que nos referimos à estabilidade política.  E acrescenta-se geralmente: sem estabilidade não haverá desenvolvimento, portanto não haverá diminuição da pobreza.

No quadro da nossa habitual semântica política e que corresponde efectivamente à realidade, é a ausência de estabilidade que favorece a pobreza e não esta que provoca a instabilidade política. No entanto é também certo que a tensão ou as convulsões sociais devidas à pobreza podem conduzir à instabilidade política, mas isso não tem sido o nosso caso.

A instabilidade política que temos vivido resultou da acção política de políticos irresponsáveis e interesseiros. A aceitação da declaração de Pinto da Costa, dita concerteza com outra intenção ou até talvez mal interpretada pela imprensa, ilibaria e desresponsabilizaria aqueles que, por exemplo, inviabilizaram um Governo de Posser da Costa que realizava uma governação positiva e pacífica, com apoio maioritário na Assembleia Nacional, inaugurando um tempo de desrespeito da Constituição, instabilidade política, ineficácia governativa e regressão económica para o País.

Carlos Graça

Janeiro 2012

  1. img
    O não preconceituoso-rosario Responder

    Interpretação válida,mas não entendo os veteranos da política são-tomense!.Boas lições quando se está ausente ou em “off”desligado do poder.Políticos interesseiros,corruptos,egoistas,arrogantes não deixarão de existir.Quem já vestiu a camisola das outroras classes políticas ,hoje hipocritamente ou reais brindam-mos com excelentes opiniões mas o que flhou quando eram da comitiva.Precisamos de lideres políticos exemplares e modelos a seguir.A classe politic/governativa são-tomense precisa de formação para serem humildes ,patriotas.Deverim ser submetidos a avliação das suas prestações.Minha gente deixemos de fraseados coloridos e ponham a funcionar um tribunal de contas eficiente ,criem um gabinete de fiscalização com elementos de diferentes partidos politicos ,independentes e cidadãos de bem e de fazer bem para a fiscalização de todos os setores/serviços do pais.Que não fiquem confinados no gabinetee travem uma luta contra a corrupção. A miséria ,a pobreza tem uma máquina que a produz,essa máquina chama-se corrupção .Bom sublinhado,boa interpretação e opinião.Continuaçõ de bom no 2012.

    • img
      António Veiga Costa Responder

      Se fosse possível eu lhe daria 10 pontos de uma vez!

      Vejo corruptos diante de um microfone, na Assembléia, a falar cinicamente em combate à corrupção, numa clara manipulação da população menos favorecida culturalmente.

      • img
        antonio carlos neto Responder

        Sr. António Veiga Costa. Estou plenamente de acordo com o seu comentario. Realmente quando vejo deputados da STP Trading na tribuna da assembleia apontando dedos aos outros e a falar da corrupcao ate me da enjoo. Quanto ao Sr O não preconceituoso-rosario Carlos Graca tem total liberdade para falar da corrupcao porque e dos poucos politicos santomenses que nao tem rabo prezo em qualquer escandalo de corrupcao como acontece com muito politicos da nossa praca, que tranformaram a assembleia em guangue para saquiar o povo e esconderem atraz da imunidade/impunidade

  2. img
    Hector Costa Responder

    Meu caro Dr. Carlos Graça,

    Estou plenamente de acordo com esta sua desconstrução discursiva.

    Abraço

  3. img
    Helder Pinto Responder

    Drº Carlos Graça, é um intelectual que temos, um arquivo vivo, que deveria ser muito aproveitado para transmitir muito ensinamento a nossa juventude, infelizmente não acontece.

  4. img
    Francisca Cara Linda Responder

    Seja silencioso, mas se tiver que falar/escrever faça algo mais do que o silêncio.

    • img
      Calibre-12 Responder

      É Carlos Graça.
      Diga de uma vez por todas e sem rodeios que também te core pelas veias “o sangue de Santa-Isabel”, e que não pertencer a geração arrasca!
      No passado voces de Santa Isabel estiveram de Costas viradas ou não? Mas agora o senhor quer é ajudar a afundar ainda mais a nova geração que já é bem arrasca.
      Vamos com calma que a estrada é longa. O senhor sabe disso!
      De qualquer forma é bom o senhor dar sinal de vida né, já que como médico o senhor não tem dado ajuda nenhuma ao nosso sistema de saude. E olhe, o país precisa de si com suas experiências, mas não politicas.

  5. img
    opiniao realistica em geral!!! Responder

    Sinceramente, óh meu Carlos Graca, (agora somente dás a triste graca) de insurgir á despropósito. Ora vejamos;

    -Se ao Pinto faltou-lhe riqueza vocabular ou uma melhor contundencia explanatória das duas ideias e utilizou um termo que a maior parte dos politicos (seja lá de que partido for) utiliza e faz de vanguarda ante a passividade de nada produzirem em benéficio populacional, nao será o senhor agora a querer faze-los mudar ou lamentar rrancores por sí sentido, por nao ser o senhor e os seus comparsas de momento a fazerem o mesmo,

    Pelo que, como jovem de 30 anos de idade que sou, apenas lhe diria que, ficasse quieto e aproveitasse em silencio o tacho que recentemente lhe foi dado como fantoche conselheiro de já nem me lembro o qué ( tampouco me interessa agora lembrar)…

    A sua opiniao dissonate e caricata nestas linhas só podem ademais, querer indirectamente agradecer ao seu camarada Pinto da Costa pelo recente “tacho” que lhe foi dado, ou dar uma de coerente e imparcial comentador, ( coisa essa que o senhor nao é, e quase nenhum politico é).

    Dedique-se mais, é um pouco junto ao éximio doctor Lima entre outros profissionais da sua área (que o pais ainda bem necessita de mais quadros desta mesma, medicina) , contribua é a salvar e cudar de vidas no hospital nacional.

    Talvez ainda por meio disso, o senhor receba um outro tacho em mémoria, ao otorgar-se-lhe (talvez no próximo século quando facam outro hospital no pais) e uma vez mais por meio de tacho póstumo, atribuam ao hospital o seu nome.

    • img
      OLHO Responder

      Meu caro irmão, tu tens que coordenar as tuas frases, frases completamente sem sentido algum, usas vocabularios q leste ou vistes em algum lugar e n sabes qd se deve usar. Gente vamos colocar seriedade nisso neh. As palavras devem ser organizadas para q a frase tenha sentido. Mas obrigado seja como for

      • img
        opiniao realistica em geral!!! Responder

        expresso-me como pudeste ler, sem esforco nenhum. é algo que me sai de modo natural. contudo, se a escassez de conhecimento vocabular que preenche a sua mente nao lhe permitiu ter entendimento do meu escrito, só lhe posso dar pesames pela tamanha falta de leitura e interpretacao.

        Pelo que, aqui fica o meu solidário sentido: ” sinto muito!”

        Se nao entendeste tampouco o que acima escrevi, pois resumo-te” burro, vá ler mais para ganhares compreensao da minha forma de escrever.”

        • img
          OLHO Responder

          Meu caro irmão, não seria buro aquele que ao ser questionado, simplesmente, não fizesse uma auto analise!? mas enfim , isso é uma das carateristicas do que é ser santomense, sendo assim não me admira, uma vez mais sugiro-lhe que rele-ia sempre o que escreves ainda mais qd se trata de um ” com tendencias inteligente” ai se a inteligencia pudesse reclamar!? porque se não vejamos essa ultima, aonde tentas justificar a sua sabedoria..”Se nao entendeste tampouco o que acima escrevi, pois resumo-te” burro, vá ler mais para ganhares compreensao da minha forma de escrever.” , Tu dizes que se não entendi tão pouco….procure ver a organização e concordância disso.

          • img
            opiniao realistica em geral!!!

            Caro amigo, no latin, que é a mae das linguas romanicas ou romances, do qual se derivam tanto o portugues como o espanhol, e nos tempos idos (ainda em espanhol se emprega este modo), o vocábulo tampouco servia sempre para matizar a negatividade das afirmacoes: exemplo:

            “vais hoje a escola Pedro?

            R: nao, nao vou.

            e tu joaquim tampouco vais?

            r: nao tampouco. ( o que significa o que malmente em portugués ainda se usa, dizendo, “também nao”).

            o também só servia e devia continuar a servir para asseverar as afirmacoes ou oracoes positivas. exemplo:

            ” vais ap raia Pedro?

            r: sim, vou.

            ” e tu joaquim?

            sim, também vou.

            -Agora espero que possas ter entendido, o facto de ter empregue a palavra tampouco.

            -Se quiseres discutir literatura ou gramática, forca. é só seguires.

  6. img
    Nelson Pontes Responder

    Muito bem visto Drº Carlos Graça, obrigado. São os políticos que andam a destruir o país, políticos gananciosos e irresponsáveis, sem qualificação moral, uns fracos. Em relação ao governo de posser isso é uma grande verdade, mas infelizmente muito pouca gente toca neste assunto, foi a partir da queda do governo posser que o país entrou em recessão política, económica, desportiva, social, cultural, etc. E o grande responsável por isso é o idiota de fradique de menezes que deu ouvido ao vingativo miguel trovoada e demitiu o governo sem necessidade, um governo que devido ao excelente trabalho que vinha a desenvolver chegou a ser homenageado na Grécia…Guilherme Possar na altura estava a por o País a desenvolver…Penso muito sinceramente que fradique de menezes devia prestar contas com a justiça por abuso de poder, corrupção e também por não ter permitido o desenvolvimento do país por incompetência e por inumeras figuras pateticas que fez em muitas situações dentro e fora do país….
    S.Tomé e Príncipe para Sempre….

  7. img
    zeme almeida Responder

    As suas reflexoes sao interessante,o que vos falta,politicos desta terra e serem mais coerente para com o povo que vos elegeu.Isto de pobreza,as camadas mais desfavorecidas e que sempre acaretaram com tudo isto .Combate a pobreza sempre foi a arma usada pelos politicos,com o objetivo de cacar votos.Os politicos nunca tiveram nada para dar ninguem so o Blabla-bla e nos o povo lhes acompanhamos como se fosse rebanho de ovelhas.Quem e pobre vai ficar ainda mais pobres e quem e rico vai ficar mais ricos.Forca e dedicacao ao trabalho e o que nos faz crescer e nao estar a espera que as coisas caiam do ceu.Falar do combate a pobreza, volto a repetir sempre foi e sera a arma mais usada por todos os politicos sem excessao,porque ninguem deste mundo quer estar neste patamar{POBREZA}.Se alguem me aparecer com promessas de me tirar da pobreza,farei tudo ao meu alcance para lhe procteger e que Deus lhe abencoe.Que o povo de S.Tome e Principe conheca um dia melhor.Viva RDSTP

  8. img
    quaresma Responder

    o senhor fala muito bonito mas não faz muito
    bonito, deixa de fazer de esquilo o senhor também ja esteve la e se calhar ja quer voltar.

  9. img
    mauricio Responder

    Vamos ser um pouco respeitador da opniao do mais velho ,experiente e conhecedor do que ea verdadeira arte de governacao a politica justa sem qualquer reservas tendo em conta a inclinaco partidaria .O senhor Carlos Graca no meu ver pessoal tambem faria bem ao pais nao obstante ao numero elevado de corruptos que nele existe ,por isto por favor se nao tem nada para escrever nao expoem diate do publico a vossa ingnorancia etica e moral em dizer que o senhor ‘senhor fala bonito mas faz pouco’ porque julgo que ele nao fez porque o povo na altura prefiriu a reeleicao do pior presidente da historia politica do pais .

  10. img
    Agostinho Responder

    O camatada esta triste pelo facto do presidente da republica esta a cumprir com a sua palavra em respeitar e dialogar com o primeiro ministro.O camarada gostaria que o presidente disolvesse o parlamento e o chamar para ser primeiro ministro.Deixa o Pinto trabalhar.Se o senhor quer ajudar Sao Tome vai ao hospital trabalhar.Sao tome tem falta de medico.

    • img
      opiniao realistica em geral!!! Responder

      melhor resumo que o teu nao há, bem dito!!!

  11. img
    Argml Responder

    Carlos Graça! Medico! Ajuda hospital central tambem é uma das forma para intabilidade em stp.

  12. img
    quaresma Responder

    Ó mauricio todo mundo sabe que Carlos “Garça” também foi um dos que contribuiu para que STP hoje esteja nessa situação, porque quando era 1º ministro e quis logo ser presidente e em nada ajudou o País na altura e agora sabemos que anda a procura de tachos.

  13. img
    Digno de Respeito Responder

    Hummmmm

    Cheira-me um simples gesto de agradecimento público pelo recente “tacho”, É preciso ser-se opto no momento oportuno para dar o ar de “graça” sem “graça”, O que mais entristece não é o “homem” mas sim a acção do “homem” neste mundo falacioso, de ganancia, tentencia, birras, perda de personalidade, ausencia de ética social e político.

    Até no espírito colaborativo, pecamos. Senão as “estórias” entre histórias contada/ouvidas em várias versões seriam atualmente bem esclarecidas para pessoas tão iletrada (como eu, por exemplo) que gosta e interessa-se pela história do País onde nasci – STP. Se o passado não foi doce e o presente pouco alimentado, o futuro pode não se vislumbra de “digestão” saudável. Segundo médicos nutricionistas, a barriga cheia não significa alimentar saudavelmente… (até pode ser, em excesso). Por isso, é tempo de cada um dar um pouco de si em sectores ou áreas profissionais onde são mais úteis e necessário/as.

    Muitos utilizam o termo “retórica” desconhecendo realmente a sua verdadeira aplicação. Outros até fazem o uso da mesma para (des)apontar os outros que com alguma inocência ou o uso da razão aplicam a retórica negando ao mesmo tempo o seu uso………Mas o que mais certo e me agrada é que andamos numa dialética de afirmação e de negação…………

  14. img
    Matabala Responder

    A selecção jogou no dia 6/1/2012?

  15. img
    Galera Responder

    Este é o proximo embaixador de São Tome e Principe.
    Haver vamos!!

  16. img
    BRUNO DAS NEVES Responder

    Temo que nao, na conjuntura actul da nossa politica acho pouco possivel o Sr.Carlos Graca ser nomeado enbaxador da nossa Republica isto porque ele nao se perfila como homem ideal para os nossos politicos actual, senao vejamos, a quando da nomeacao da equipa para o palacio cor de rosa tinha varia posiibilidades para o mesmo fazer parte dessa, mas nao foi o caso, por isso acho pouco provavel isso acontecer agora!

  17. img
    Fijaltao Responder

    Doutor Carlos Graça, foi pena o senhor não participar na equipa conselheira do actual presidente! Estou plenamente de acordo consigo, quando diz que realmente não é a pobreza que cria a instabilidade social e politica, mas sim a instabilidade politica é que é geradora da pobreza! Porque se na realidade tivéssemos politicos a altura, que procurássem resolver os problemas do povo em vez de estarem a fazer o parlamento, local de discussões fúteis e partidárias, aí sim a estabilidade politica prevalecia e o povo teria tudo ou quase tudo para viver em melhores condições! Já o havia dito, foi pena o senhor não estar na lista dos conselheiros. Mas, não é só no interior da ribalta que se faz politica ou se faz ouvir emitindo opiniões! Fora dela também se faz politica, participando com observações e opiniões contribuindo assim para correção de muitos erros. Faça-o sempre que gosto de ler e analisar a sua escrita.

  18. img
    Carlos Ceita Responder

    Alguns elementos ou figuras da geração de Santa Isabel ou os políticos da velha guarda ou os chamados mais velhos cometeram alguns erros. Duvido que houvesse unanimismos naquele grupo de compatriotas e nacionalista quando fundaram o CLSTP. Havia uma coisa muito importante que unia estes homens que é sem duvida independencia de São Tomé e Principe. Mas com o passar do tempo as divergências começaram a vir a tona.
    E este senhor Doutor Carlos Graça um intelectual invejável e um orador nato como descreveu o nosso amigo Helder Pinto tal como Alda Graça Teotonio Torres , Guadalupe de Ceita são incorruptiveis. Homens e mulheres sérios de carecter e hontados. O que para mim é um bom indicador para ser homem politico e estadista.
    Porque o verdadeiro problema do nosso país senão o maior é termos uma geração que veio depois destes homens e mulheres completamente falhada e corrupta. É que se a geração pos Santa Isabel assumisse a liderança do país com visão e responsabilidade o Pinto da Costa que fizera parte desta geração histórica teria muitas dificuldades de se eleger como presidente da Republica.

  19. img
    publow devis Responder

    Carlos Graça perdes-te mas uma oportunidade pra tas calado pork shr calado e um poeta da quinta catigorea

  20. img
    Voz da razão Responder

    A pobreza é um ciclo vicioso dos Países subdesenvolvidos ou em vias de desenvolvimento, por isso um é a causa do outro e vice versa.

  21. img
    Cobra Preta Responder

    Dr. Carlos Graça,
    Eles têm inveja do senhor.
    Não conseguem ser como o senhor. Simplesmente não têm o estofo.
    Digam o que quiserem o senhor é um dos melhores políticos, conselheiros e até cidadão de STP.

    Merece….. Muito Obrigado

Deixe um comentario

*