Política

Embaixador Alfredo Mingas anuncia visita de Pinto da Costa para breve à Angola

O embaixador de Angola (na foto)radicado em São Tomé foi recebido esta manhã em audiência pelo Presidente da República Manuel Pinto da Costa. Preparação da primeira visita oficial de Pinto da Costa ao estrangeiro, foi o principal tema da audiência.

Angola será o primeiro país a ser visitado oficialmente por Manuel Pinto da Costa enquanto Presidente da República de São Tomé e Príncipe. No encontro esta manhã com o Embaixador de Angola, Alfredo Mingas, a preparação da visita foi o ponto principal da conversa.

Na cerimónia de investidura como Chefe de Estado são-tomense, Pinto da Costa definiu o reforço da cooperação com países de língua portuguesa como uma das prioridades da política externa que São Tomé e Príncipe deve seguir. Angola é considerado como parceiro estratégico pelo Presidente de São Tomé e Príncipe, que sempre reafirmou a vontade de fortalecer ainda mais a cooperação existente entre os dois Estados.

O embaixador Alfredo Mingas, não revelou a data da primeira visita oficial de Pinto da Costa à Angola, mas admitiu que a nível diplomático tudo está a ser feito para que seja o mais breve possível, talvez mesmo neste mês de Janeiro. O embaixador Alfredo Mingas, disse que para Angola é um orgulho ser o Primeiro país a ser visitado pelo Presidente de São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    27 comentários

27 comentários

  1. Voz da razão

    10 de Janeiro de 2012 as 14:48

    Agora sim! Força P. COSTA

  2. sulila Miranda

    10 de Janeiro de 2012 as 17:02

    Boa estratégia Sr Presidente! Entretanto gostaria de deixar expresso uma preocupação que muitos santomenses reclamam; a questão dos vistos de trabalho e de residência. Dizem que somos mais de vinte e tres mil lá, famílias a viverem muito mal. Será que não é possível acabar com isso entre nós?
    Sei que angolanos já praticam isso com a Namíbia e tem dado bom fruto.
    Também a questão do pagamento da Segurança Social. Muitos lá estão há anos, trabalhando e no fim da vida, nada têm. Devemos fazer um trato ou acordo oficial para resolver esse constrangimento.
    Sucessos Sr Presidente, entre com os dois pés!

  3. zé pedro

    10 de Janeiro de 2012 as 17:32

    Importante inverter a tendência, deixar de pedir ajuda à Angola, mas sim, explorar relações economicas ex; incremento do fluxo turistico, facilitar a entrada de cidadãos angolanos em S.T.P……

  4. voz do emigrante

    10 de Janeiro de 2012 as 21:21

    pois é ja vais laber a bota do primo nao é?

    • rostov

      11 de Janeiro de 2012 as 6:49

      deixa de parvoices

      • dani

        11 de Janeiro de 2012 as 10:24

        o sr.º rostov tu deveias procupar com Patrice Trovoada que anda por ai vajando gastando o dinheiro do povo disnecessariamente. sabes que durante 2011 o Primeiro Ministro fez 59 viajens ao estrangeiro? qual o beneficio pr S.T.P. força Pinto da Costa

        • dani

          11 de Janeiro de 2012 as 10:26

          deculpe poder de reposta é para voz de emigrante

    • Mimi

      11 de Janeiro de 2012 as 8:06

      Acho que nao é questao de lamber botas. E uma estratégia realista! A que nos serve virar as costas a Angola? Se nem os Europeus do Norte da Europa o estao a fazer!…

    • Tentado a ler

      12 de Janeiro de 2012 as 17:15

      Se calhar é o tens feito ao longo da tua vida, dai que tas a procura de damão. Não confudas o Pinto com outros como tu. Enfim so coragem

  5. Antonio Santos

    10 de Janeiro de 2012 as 21:58

    O Presidente vai sim prestar contas. Acontece que em STP os politicos, MLSTP e outros ja deram tudo aos angolanos, isto é, porto, aeroporto, comercialização de combustivel, e ja se fala que tambem a agua e electricidade, tudo a SONAGOL. Então o que falta para dar?

    • Mimi

      11 de Janeiro de 2012 as 8:09

      Antes Angolanos que Libaneses, Nigerianos e outros com os quais nao temos (tínhamos) nada em comum e a quem já demos terrenos, mulheres, barracas, negócios…

  6. DA e DOI

    11 de Janeiro de 2012 as 10:18

    Angola foi é e será nosso amigo nosso parceiro, por isso não devemos esquecer daqueles que em momentos dificeis estende as suas mãos e nos ajuda.

  7. Madalena

    11 de Janeiro de 2012 as 11:11

    As nossas relações com Angola deviam no meu entender ser mais vantajosas. Ora vejamos; Não precisamos de vistos para Taiwan, mas se fosse a mesma coisa para Angola os resultados seriam mais directos para as familias. Esta é a minha visão.

  8. ADELINO DOS SANTOS

    11 de Janeiro de 2012 as 11:12

    Vocês têm que saber que Pinto é homem de cabeça e tem no seu arredor homens competente,Força Pinto

  9. Madalena

    11 de Janeiro de 2012 as 11:17

    Com a mema voz que o Dr Pinto da Costa disse que a apartir de hoje as roças Santarem catanhede, Bela vista é nossa, deve tambem dizer como unico resultado positivo da sua visita que: A partir de hoje inaugura-se a livre circulação de pessoas e bens entre São Tome e Angola.

  10. paparazzi

    11 de Janeiro de 2012 as 13:37

    era bom madalena mas as coisas nao funcionam assim.eu sugiro ao presidente que poe na sua agenda de visita a regularizaçao dos saotomenses ilegais em angola que ja sao muitos e com comportamentos estranhos dos verdadeiros saotomenses e que nos envergonham aqui em angola

  11. paparazzi

    11 de Janeiro de 2012 as 13:42

    e bem vinda a visita do dr manuel pinto da costa a angola e uma visita necessaria para abrir as portas para os novos negocios entre saotomenses e angolanos

  12. Manuel Penhor

    12 de Janeiro de 2012 as 1:54

    No meu ponto de vista,maioria dos Santomenses,apostarm no Dr.Manuel Pinto da Costa.E ele esta ciente disto.Porque talvez seria ultima esperanca do povo,para contornar o rumo deste Pais.Hoje com crise que se depara no mundo,toda cooperacao a nivel internacional a favor do Pais,seja bem vindo,desde que na realidede venha para servir o povo.Angola hoje podemos chamar PATRAO DA AFRICA,e,la onde se encontra (1/4)um quarto da nossa Populacao,r muitos na situação critica.Portanto, Camarada Dr.Manuel Pinto Da Costa ate já vai atrasado para Angola.

  13. Madalena

    12 de Janeiro de 2012 as 11:11

    Paparasi!
    As coisas não funcionam assim, então funcionam como?
    As nossas relações com Taiwan são de 15 anos, as ralaçoes com angola são secular!
    MAis uma vez devia-se fazer unico expediente, ao inves de fazer a legalização das pessoas, etc. Automatismo!!
    Resto é cantiga.
    Bolo bolo uaa uaa uaa!!

    • Mimi

      13 de Janeiro de 2012 as 7:50

      Taiwan “abriu-nos” as portas com isençao de vistos p o seu país pq sabe de antemao que nao vamos conseguir chegar lá. A tendência de imigraçao nao está voltada para aqueles lados, e vice versa!

  14. luisó

    12 de Janeiro de 2012 as 13:08

    agora já percebo porque é que ele não foi á áfrica do sul…
    queria estrear-se com angola!!!!

  15. Madalena

    12 de Janeiro de 2012 as 16:31

    Luiso, podia fazer a mesma via. Angola , Africa do Sul. Faltou sim, a planificação. A previsão dos acontecimentos. Pensam sempre a dimensão de 1001Km2.

  16. bisnerro

    13 de Janeiro de 2012 as 7:51

    Cota pinto vem abri a porta dos bisne entre angola e stp,

  17. Rogerio da silva

    13 de Janeiro de 2012 as 22:06

    Eu ja disse que com pinto da costa tudo vai modar Sr faca tudos pra regularsar nos

  18. Francisca de Maria

    16 de Janeiro de 2012 as 17:52

    É verdade senhor mentiroso

  19. Ngofo

    17 de Janeiro de 2012 as 10:01

    Caro irmão, lamber botas?
    O que ja fizeste para ajudar o seo povo?
    Certamente nada fizeste!
    Então deixa o homem trabalhar e é uma mais valia para S.Tomé e principalmente para todos os santomenses que fazem de angola a sua segunda casa. Por favor, pense ante de escreves besteiras o fica quietinho no seu canto. Seu macaco se juizo!!!!
    fui…

  20. Ngofo

    17 de Janeiro de 2012 as 10:05

    Desculpem-me pelos erros!!
    seo–seu
    o–ou
    se–sem
    Mas esse individuo não tem juizo mesmo!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo