Assembleia Nacional de Angola reúne-se para dar boas vindas e ouvir Pinto da Costa

Talvez para vincar a importância da visita do Presidente de São Tomé e Príncipe a partir de 30 de Janeiro, o parlamento angolano vai se reunir no dia 31, para receber Manuel Pinto da Costa que vai também proferir um discurso na plenária da Assembleia Nacional de Angola.

A recepção do Presidente de São Tomé e Príncipe pela Assembleia Nacional de Angola é um dos actos marcantes da primeira visita do Chefe de Estado são-tomense ao estrangeiro. No dia 31 de Janeiro depois de visitar a nova cidade de Kilamba no primeiro período do dia, o parlamento angolano vai receber o Presidente de São Tomé e Príncipe em sessão plenária.

Depois do discurso de boas vindas do Presidente da Assembleia Nacional de Angola, Paulo Kassoma, será a vez de Manuel Pinto da Costa, discursar para os deputados angolanos.

Logo a seguir, Pinto da Costa terá o encontro oficial com o seu homólogo angolano José Eduardo ds Santos no Palácio Presidencial. Encontro que será marcado por honras militares, entoação do hino nacional dos dois países, e revista as tropas em parada.

No mesmo dia o Chefe de Estado são-tomense, visitará a embaixada de São Tomé e Príncipe em Angola, onde será inaugurada a nova base de dados da representação diplomática. No final do dia Manuel Pinto da Costa reunir-se-á com a comunIdade são-tomense em Angola, no cine-atlântico em Luanda.

No dia 1 de Fevereiro por volta das 10 horas, Pinto da Costa e a sua comitiva regressam à São Tomé.

Abel Veiga

  1. img
    josé castelo branco Responder

    bons compadres! essa cada kúa!

  2. img
    Takora Mohamed Responder

    Boa viagem a nossa delegação e saibam negociar a cooperação e não se limitem a receber as migalhas.

    Boa sorte e bem haja STP.

  3. img
    Isidoro Porto Responder

    Meus caros compatriotas,
    Fiquem sabendo que não há novidade nenhuma nesta notícia. O roteiro da visita do nosso presidente a Angola é a fotocópia a cores dos das visitas de todos outros presidentes que visitaram oficialmente Angola nos últimos tempos. Todos eles discusaram na Assembleia Nacional. Todos eles foram recebidos pelo presidente de Angola com honras militares e entoação dos hinos nacionais dos respectivos países. Todos eles visitam a coque-luxe de Angola no momento das respectivas visitas. Neste momento, a coque-luxe de Angola é a cidade do Kilamba, portanto mais de três presidentes já visitaram aquela cidade. Pinto da Costa será apenas mais um. Portanto, acho que isso não é novidade.
    Seria inédito, se o nosso presidente visitasse o bairro BOA-VISTA para conhecer em que condições vivem os seus concidadãos naquele bairro.
    Meus caros compatriotas, a única novidade desta visita em relação ás anteriores já releazidas pelo nosso presidente a Angola é que ele vai provar ao povo Angolano que em STP qualquer presidente pode sair do poder sem qualquer receio de voltar a ser re-eleito. Esta é a GRANDE VIRTUDE DO POVO SANTOMENSE. Ele vai provar ao mundo que em STP, a Democracia é real. O resto será a “conversa para o boi dormir”, pois Angola e os angolanos, ao contrário de STP e dos santomenses, têm o seu plano de desenvolvimento bem delineado e nenhum país do mundo ousará (em condições normais) desviá-los deste caminho. Pelo contrário, STP e os santomenses andam a deriva e a mercês dos apetites devoradores dos outros países amigos e não só. Não nos esqueçamos que Angola tem sido a 2a. pátria do nosso presidente nos últimos 20 anos.

    Isidoro Porto
    28/JAN/2011

  4. img
    Antonio Vaz Responder

    Senhor Mohamed, desejou boa viajem e que não tragam migalhas. Pensas que o Pinto esta pensando em vocês? Ele vai sim prestar contas, pois a vinte anos que tem perdido eleições e com dinheiro de quem? Ele vai confirmar as entregas do nosso petroleo, as nossas aguas , o espaço aéreo, enfim vai prestar contas. Muito triste, aonde é que chegou STP, outra coisa não podiamos esperar.

    • img
      Pumbu Responder

      Seu INTERECEIRO e mediocre!!!

  5. img
    zé pedro Responder

    Acabem com os vistos para os angolanos que queiram ir a S. Tomé. Estimulem visita de angolanos à S.Tomé. É esta a aposta que tem de ser feita no turismo…….

    • img
      Ze ninguem Responder

      Porque, sr Ze Pedro?? achas q a Angola vai eliminar o visto p/ os santomenses??
      Deves saber como eles nao ca querem estrangeiros, especialmente Santomenses… por isso, deixe as coisas como estao.

  6. img
    Sun Dótxi Béngue Lólaê Responder

    Já era sem tempo, reforço das Cooperações entre os dois povos unidos não somente pela língua dos Camões mas também pela história.
    Quero que está visita traga bons frutos para o nosso país que carece de investimentos para proporcionar emprego a nossa juventude e o primeiro emprego.
    Força S.E. Pinto da Costa

  7. img
    Fijaltao Responder

    Para o bem das duas nações e pelo laço histórico que existe entre elas e pelo vínculo “Bantu” que existe entre os Africanos, seria bom que os dois presidente e o governo de Angola se negociassem no sentido de uma cooperação técnica a todos os níveis com a finalidade de escoar excedente de quadros sntomenses para trabalhar e ajudar este grande país africano sobre orientações de técnicos angolanos, uma vez que o nosso país não tem campo de actuação para os nossos técnicos!Se alguns países da Europa e principalmente Portugal o tem feito, é agora que o nosso presidente devia empenhar neste sentido! Poderá haver vozes e opiniões interrogando o seguinte: Se S.Tomé e Principe tem assim tão bons quadros, o porquê do seu subdesenvolvimento e coisas por fazer? A resposta é muito simples: Dado a nossa condição geográfica diminuta, como bem disse em linhas anteriores, os nossos técnicos por mais que queiram dar o seu melhor, o campo de actuação é na mesma forma diminuta! Por isso seria bom o nosso presidente da república e o nosso governo bem como o governo de Angola cooperar neste domínio para bem da duas nações! O nosso problema, não é o problema de desemprego como se passa nos países europeus, nomeadamente Portugal! O nosso problema é a situação geográfica diminuta para recepção de todos os quadros formados. Sairíamos todos a ganhar com isso!

  8. img
    cidadão Responder

    A nova base de dados da representação diplomática servirá para a gente fazer os passaportes aqui em Angola? è isso que nós queremos

  9. img
    Feijoada Responder

    Espero 9dades. O Pinto da Costa no seu discuso deverá ser mais directo e pouco bla,bla,bla como é do hábito.

    Os angolanos gostam de tudo pragmático. Quanto querem, praquem e como querem? É isto que espero do presidente, mas tenho muitas dúvidas.
    Haver vamos, cada povo tem o dirigente que merece…

  10. img
    Barão de Água Izé Responder

    São Tomé e Principe deve trabalhar para ser economicamente independente de qualquer terceiro País, incluindo Angola.
    Os laços entre STP e Angola serão tanto mais fortes, quanto mais forte for a economia do o nosso País.
    Há um passado comum (como com outras Nações) entre a Nação Angolana e STP e ela deve ser respeitada e valorizada, mas no estrito respeito pela independência de cada País.

Deixe um comentario

*