Organizações da comunidade são-tomense em Portugal unem-se para apoiar entrada da Guiné Equatorial na CPLP

Associação da Comunidade de São Tomé e Príncipe em Portugal-ACOSP, juntou – se  ao Movimento de Apoio a Guiné Equatorial, criado por cidadãos da CPLP residentes em Portugal, numa acção cívica que visa o reconhecimento da Guiné Equatorial, como membro da CPLP.

MAGE, é a sigla do Movimento de Apoio a Guiné Equatorial. Um movimento constituído em Portugal, por cidadãos pertencentes a Comunidade de Países de Língua Portuguesa, que dizem ter como principal objectivo contribuir com vista ao reconhecimento da Guiné Equatorial como membro efectivo da CPLP.

O movimento da sociedade civil pró-Guiné Equatorial em Portugal, ganhou um parceiro forte em Lisboa. Trata-se da ACOSP, Associação da Comunidade de São Tomé e Príncipe em Portugal. Uma Associação de reconhecido mérito na promoção da identidade cultural são-tomense em Portugal e na defesa dos direitos dos cidadãos são-tomenses.

Numa nota enviada ao Téla Nón, e assinada por António Cádio Paraíso, Presidente da ACOSP, com sede nas Portas de Benfica-Lisboa – Portugal, é dito que as duas organizações da sociedade civil, estão a desenvolver um conjunto de actividades de divulgação sobre a importância da entrada da Guiné Equatorial no espaço lusófono, a sensibilização dos cidadãos da CPLP residentes em Portugal e nos outros países membros da comunidade, assim como a recolha de assinaturas para dar força ao movimento.

Engrácio Fonseca, membro da MAGE, disse ao Téla Nón, que as duas ONGs, já recolheram centenas de assinaturas, que deverão ser entregues ao secretariado da CPLP em Portugal, antes da cimeira dos Chefes de Estados da Comunidade Lusófona que terá lugar este ano em Moçambique, evento onde, segundo Engrácio Fonseca, «os cidadãos da CPLP, esperam ver a Guiné Equatorial reconhecida como membro de pleno direito da comunidade dos Países de e língua portuguesa», precisou.

A possibilidade da Guiné Equatorial, integrar a CPLP, acaba por realçar a democracia no seio dos cidadãos da comunidade lusófona. Assim como ACOSP e MAGE, dois movimentos da sociedade civil, pugnam pelo reconhecimento da Guiné Equatorial, há outros movimentos dominados por alguns intelectuais lusófonos, que contestam e pressionam as estruturas da CPLP no sentido de não aceitar a Guiné Equatorial como membro da comunidade.

Abel Veiga

  1. img
    manga dôbôoo Responder

    boa iniciativa…

  2. img
    Paracetamol 500mg Responder

    Eis o resultado da viagem privada do patrice a portugal.

  3. img
    Herbie Teixeira Responder

    Bem haja.

  4. img
    Nós Responder

    Tudo isto por causa de umas “migalhas”? É por isso que continuamos no buraco.
    Por acaso vocês sabem qual o significado da sigla “CPLP”?

    • img
      mosssad Responder

      Tens razao..alguem esta a colher as migalhas, e nao sabem o que significa CPLP.
      So que por acaso a Guine Equaltorial aparece no weekpidia com 3 linguas oficiais e mais outras quantas nativas … Frances..Espanhol e Portugues….

  5. img
    Conóbia cumé izê Responder

    O PORTUGÊS E O ESPANHOL SÃO LINGUAS LATINAS;O NOSSO ANTIGO FERNANDO PÓ, HOJE GUINÉ EQUATORIAL É PARTE DA NOSSA VIDA. FORÇA ! TAMBÈM DEFENDO A ENTRADA DA GUINÈ EQUATORIAL NA CPLP.NÃO HÁ DIFERANÇA ENTRE PORTUGÊS E ESPANHOL.ENTENDEMO-NOS BEM EM ESPANHOL ! FUI

    • img
      Kalu Mendes Responder

      se tu pensasses um pouco vias a diferenças
      nisso tudo falar é fácil ainda mais para quem esta fora da matéria como no teu caso

      • img
        Miguel Cabrita Responder

        Boa tarde a todos. Acho engraçado o facto de falarem aqui que não há diferença entre o Português e o Espanhol. No meu bem entender como Português essa pessoa não sabe realmente o que diz.
        Talvez isto o ajude.

        Foram navegantes portugueses os primeiros europeus que com certeza exploraram o golfo de Guiné em 1471. Fernão do Pó situou a ilha de Bioko nos mapas europeus nesse ano, procurando uma rota para a Índia, a qual baptizou Formosa (no entanto, foi no início conhecida pelo nome de seu descobridor). Para 1493, D. João II de Portugal proclamou-se juntamente ao resto dos seus títulos reais como Senhor de Guiné e o primeiro Senhor de Corisco. Os portugueses colonizaram as ilhas de Bioko, Annobón e Corisco em 1494, e converteram-nas em postos para o tráfico de escravos.

  6. img
    JOSE CARLOS Responder

    Deviam-se preocupar com os seus problemas internos, isso sim……

  7. img
    observador Responder

    STP nao tem pago as cotas do CPLP. da ONU E TODOS ORGANISMOS INTERNACIONAL. qual a legitimidade de STP pedir ou apoiar algo se nao tem regularizado nem a sua cota pondo seu lugar em risco da sua expulsao ? POVO SAOTOMENSE DEVIA ERA PEDIR A ALBERTO JOAO JARDIM PARA IR MANDAR EM STP ESTE SIM TEM CULHONS PARA POR AQUELE PEDAÇO DE TERRA EM ORDEM.

  8. img
    zeme Almeida Responder

    Fofocas sim!…Nao entendo se o PM viajava-se comecavam com fofocas,porque esta sempre a viajar.Agora nao viaja porque esta envolvido com a mafia.Que povo tao ignorante e mesquinha.

    • img
      mosssad Responder

      O Primeiro ministro deve ter-t dado alguma esmola foste mais um dos que viveu do chamado banho eleitoral…..

    • img
      dPires Responder

      QUE FAÇAM O QUE MELHOR ACHAREM!

      PROXIMO PASSO: ENTRAR NO PALOP??!!

  9. img
    peter man peti Responder

    tudo bem, guinea equatorial na CPLP , sem problema, alias O FERNANDO PO foi uma ilha que um rei portugues ofereceu um espanhol por uma e outras razoes e a historia ajuda esta intergracao no CPLP.
    mas agora se for ou nao qual e o beneficio que vai contribuir por ser da CPLP?A GUINEA EQUATORIAL tambem e dos paises da comunidade da lingua francesa qual foi o beneficio que trouxe para o povo de Malabo?.
    apoio a entregacao do FERNANDO PO( MALABO)na CPLP mas nao com este tipo de regime ditatorial. ninguem deve fingir que ha ou existe o verdadeiro democracia em guinea isto e puramente mentira, OS paises da CPLP sao exemplos da verdadeira democracia, um exemplo e SAO TOME E PRINCIPE uma das melhores democracia na cplp que ate da gosto seguir a politica daquele pais..
    o povo guineano merece melhor.
    eu sempre disse que SIM EG na CPLP, mas nao com ditador.
    VIVA GUINEA EQUATORIAL
    VIVA SAO TOME E PRINCIPE
    VIVA ACOSP
    abaixo Ditadura, opresao, presao sem cousa tortura, corrupcao.

  10. img
    luisó Responder

    O que interessa que meia dúzia queira a GE na CPLP?
    Os governos é que decidem e espero que Portugal diga não, porque a GE não faz nem nunca fez parte da lusofonia e meus amigos o português não é igual ao castelhano.

  11. img
    manucho bubu Responder

    parabens telanon

  12. img
    manucho bubu Responder

    conglatulamos com vosso trabalho com vossa iniciativa a guine deve fazer parte de CPLP

  13. img
    Kalu Mendes Responder

    tanto essa informação o fato em geral em desta que só pode ser uma palhaçada.
    CPLP não é OUA muito pelo contrario

    Comunidade
    Países
    Língua
    Portuguesa

    E porquê guiné equatorial nisso?

    • img
      Santos Responder

      É preciso evoluirmos!está bem? É necessário que uma mão lave a outra para que as dua fiquem limpas. Pois o mundo está cada vez mais pequeno e mais globalizado. e não sabemos o limite desta globalização.hoje em dia temos um cenário geográfico estraégico e plolítico que não era o de antes. Certamente num futuro muito próximo teremos outro que nem sequer de momento imaginamos. Por isso, força Giné Equatorial e força CPLP, e sigam em diante, pois resto o futuro dirá. O mundo está em constante mutação.

    • img
      Santos Responder

      É preciso evoluirmos!está bem? É necessário que uma mão lave a outra para que as dua fiquem limpas. Pois o mundo está cada vez mais pequeno e mais globalizado. e não sabemos o limite desta globalização.hoje em dia temos um cenário geográfico estratégico e político que não era o de antes. Certamente num futuro muito próximo teremos outro que nem sequer de momento imaginamos. Por isso, força Giné Equatorial e força CPLP, e sigam em diante, pois resto o futuro dirá. O mundo está em constante mutação.

  14. img
    observador Responder

    Kalu mendes veja Mocambique nao tem ingles como lingua oficial mas faz parte da commonwell

    • img
      Kalu Mendes Responder

      estas mal informado uma coisa é fazer parte dos países amigo e outras coisa é fazer parte dos países integrantes

    • img
      Kalu Mendes Responder

      querias tu dizer (Commonwealth)se for isso, Moçambique simplesmente faz parte do lote dos países amigos

Deixe um comentario

*