MDFM-PL, condena actuação do Governo de Patrice Trovoada

Reunido em Comissão Política no último fim-de-semana, o partido de Fradique de Menezes, diz que o Governo de Patrice Trovoada está desnorteado e que já perdeu toda a credibilidade, que lhe foi conferida pelos são-tomenses nas eleições de 2010.

«A Comissão Política do Partido Liberal condenou de forma veemente o desnorte e a desorientação total do atual Governo, e concluiu que o executivo perdeu toda a credibilidade que a maioria dos santomenses lhe deu, como consequência das últimas eleições legislativas de 2010» diz o comunicado do MDFM-PL.

O partido liderado pelo antigo Presidente Fradique de Menezes, descreve algumas situações que alegadamente provam o desnorte do executivo e a consequente perda de credibilidade. «A Comissão Política do MDFM/PL condenou igualmente e de forma impetuosa, o constante e desmedido aumento dos preços dos produtos, quer de primeira necessidade, como todos os outros no mercado interno, agravando, cada vez mais, o poder de compra da população e acentuando consequentemente a pobreza à escala nacional», frisa o comunicado.

O partido liberal diz que o executivo tem sido leviano. «O MDFM/PL lamentou a forma leviana e publicista como o governo vem anunciando projetos megalómanos não realizáveis, pelo menos a curto prazo, enquanto o Povo precisa imediatamente de encontrar soluções para os problemas ao nível da própria alimentação diária, para a saúde, para a educação, para os transportes, para a habitação, para o abastecimento de água, energia elétrica, enfim…, para a sua sobrevivência quotidiana de forma geral», acrescenta o comunicado.

O partido que participou no Governo de Coligação que lançou a campanha de luta contra o paludismo no ano 2004, não podia ficar sem analisar a crise que se assiste no sector da saúde, com realce para o aumento do paludismo. «A forma incompetente e irresponsável como o sector da saúde vem sendo gerido, marcado com a rotura de estoque de medicamentos, inconformismo e descontentamento no Hospital Central Ayres de Menezes e demais centros de saúde do país, o brusco e rápido recrudescimento do paludismo no país dentre outros males, foram igualmente constatados e condenados pela comissão política do MDFM/PL», sublinha o MDFM-PL.

Justiça é outro sector em crise, que mereceu análise do partido que tem apenas 1 deputado no parlamento. «No tocante à situação do sector da Justiça nacional, o MDFM/PL lamentou o julgamento que tem sido feito na praça pública de um sector tão sensível em Democracia como é a Justiça, por parte do poder político, e apela ao auto-governo dos Tribunais no sentido de internamente encontrar soluções aos seus próprios problemas», diz o MDFM- PL.

Abel Veiga

  1. img
    Armenio Sousa Responder

    Muito bem MDFM!.
    Aos poucos parece que este partido de apenas um deputado está a despertar.
    Depois do despertar do PCD com uma interpelação na Assembleia a Ministra da saúde, em boa hora vem também o MDFM – outro partido da oposição – dar a cara e assumir a sua oposição.
    Falta mesmo reagir é o MLSTP, que depois do fiasco de retirar na Assembleia nacional, em Dezembro passado, a proposta de amnistia aos presos, parece agora estar hibernado.
    Pelas informações que tenho a partir de S.Tomé, o MDFM está num franco crescimento e reconhecimento da população. A ser assim o ADI que cuide bem de si, porque nos próximos embates eleitorais pode haver surpresas..

  2. img
    Cidadao Responder

    Isso é resultado de um pão com choriço e uma cerveja.

    • img
      Jacinto Nazaré Responder

      Acho oportuno esse comunicado.
      Não é grosseiro e refere-se a muitas questões que são realidade.
      A oposição deve ser mesmo assim.
      O Ponto de vista do MDFM sobre a Justiça é na minha opinião o melhor de todos que tem surgido. Se os Tribunais têm um auto-governo, esse órgão que busque soluções aos seus problemas se é que se quer respeitar o principio de separação de poderes.

    • img
      Quem é a verdade? Responder

      Não posso deixar de lamentar toda essa situação pelas quais o país está passando pois vivemos aguardando melhores dias para a nossa terra.
      No entanto, gostaria de convidar a todos a refletirmos nas nossas possíveis disposições em aceitarmos os “banhos” dos políticos nas campanhas eleitorais.
      Nunca pensastes que aquele que quiser comprar o poder ou cargo politica, a troco de banhos, estará a se revelar por si só a sua indignidade na condução da causa pública, revelando o seu carácter e tendência corruptas?
      Que nos vale “um pão com chouriço e uma cerveja”, ou algum chapas de zinco ou mesmo algo de maior valor e depois passarmos o resto da vida no constante sofrimento e/ou vermos os nossos filhos, familiares e amigos no maior sofrimento?
      Que nos vale um banhito ou um bom banho se depois passaremos mais 4 ou 5 anos de corpo e alma suja?
      Que importa vender a alma a pessoas que bem sabemos as suas mas condutas ou as que são altamente duvidosas por um punhado de pão?
      Porque não pensarmos na construção do país?
      Porque não negarmos o banho e exigirmos coisas maiores e melhores, o desenvolvimento do país e melhoria das condições de vida coletiva?
      Porque não constituirmos mesmo o 5º poder, conforme o escrito do Sr. Horácio Will, exigindo de forma ordeira, firme e determinante o respeito, a dignidade, a prestação de conta, o controlo… daquilo que é nosso, todo o recurso do país?
      Pensai nisso meu povo. Pensai nisso.
      Que quereis vos, o pão para um dia (banho) ou o pão para cada dia (atitudes serias para construção do pais)?

      • img
        lupuye Responder

        Bem dito. Mas o governo sabendo que geralmente sao os menos educados que caem nesse negocio do banho, ate parece que esta a fazer a proposito de nao educar o povo. Quanto mais “matumbo” for o ze povinho mais ele cai nisso do banho. Ja e hora que se crie leis contra isso do banho. O povo deve aprender a votar neste ou naquele partido, nesse ou naquele candidato conforme o programa que tem para o desenvolvimento do pais, nao porque deram banho. Isso deveria ser proibido pura e simplesmente.

        • img
          Nós Responder

          concordo consigo, só k problema é, quem tem a iniciativa legislativa são os promovedores do banho em STP.

          • img
            Quem é a verdade?

            Realmente são eles os promotores do banho. Mas o povo pode ter iniciativas sim. Basta querer e ser firme e determinado no que é realmente bom para o país. Se o povo quiser, a lei será mudada.

            Companheiros. Ainda que haja muita água, o banho não será efetuado se as pessoas não meterem pelo menos uma mão na água.

            O 5º poder (povo) não precisa ser instituido. Ele já existe. Só precisa ser ativado.

      • img
        Budo Muala Responder

        As pessoas aceitam o banho por causa da pobreza e falta de confiança nos politicos. Já se preve que eles nao vao fazer grandes coisas senao tratar da sua vida. Tire-nos da pobreza extrema e o banho acabará.S.Paulo numas das suas cartas dizia: ” FAÇO O MAL QUE NAO NAO QUERO E NAO FAÇO O BEM QUE QUERO”. Amén. Acabemos com o banho.

    • img
      Jaca Doxi Responder

      É verdade sim. ADI andou por ai realizando assembleias distritais por ocasião do seu vigésimo aniversário e o prato oferecido aos convidados era pão com chouriço.
      Esse Patrice e toda a corja da ADI tem má-fé. Com tanto dinheiro que ADI anda a angarir em nome do povo santomense com negócios escuros em nome do povo, não mais faz senão continuar a insultar os pobres. Olha só o que ADI está a fazer com a população de Lobata. Está a tirar terras cultivadas há mais de duzentas familias para entregar a satocao que é uma empresa estrangeira da qual Patrice é sócio.
      Pouca vergonha na governação deste país.

  3. img
    Baga Tela Responder

    Desde que os eleito desse partido não tenham mentalidade de antigo presidente, acho bem. Mes, espero que o nosso povo seja inteligente e esteja de olhos abertos para não se deixar enganar como sempre.

  4. img
    Engenheiro( LISBOA) Responder

    Eu não sou do Partido que sustenta o Governo,mas o MDFM,embora na oposição e com apenas um trunfo no parlamento devia estar calado porque quando esteve no poder,tinha tudo para fazer diferença e não fez.
    Portanto não tem moral para dar conselho ou chamar atenção.
    Eu não estou de acordo as opções governativas do país, mas para um partido que já esteve no poder e fez NADA OU QUASE NADA, devia aprender a lição e apresentar soluções alternativas, porque palavreado é MODA em S.T.P.

    Mas, execução, mesmo com todos o meios disponíveis nunca sabem como começar,BURRECOS.
    Uma cambarda de corruptos sem nexo.
    Só sambem falar, falar,falar e falar mal.
    Param mim o MDFM/PL é comparável a um relógio mecânico que só tem ponteiro de SEGUNDO. Este relógio, é o relógio DESNORTEADO!

    APRESENTEM SOLUÇÕES ALTERNATIVAS,FAZEM OPOSIÇÃO COM VALOR E DEIXEM DE COBIÇA PORQUE A VIDA É CURTA.
    Lembrem-se disso, INSACIÁVEIS!!!

    • img
      Fidelio Castro Responder

      Recordo que Fradique de Menezes nos disse, presidente e governo do mesmo partido é solução para os problemas de São Tomé e Príncipe. O MDFM/PL venceu eleições, tinha presidente e governo seus, o Sr. Fradique apareceu na televisão dando mal de Tomé Vera Cruz (homem parado, não sai em busca de soluções, pessoas gritavam para ele fradiqueê loçoô,loçoô) derrubou com o seu 1º Ministro e criou toda essa situação, e hoje veem com todo esse palavriado. Vão pastar. O que fizemos para termos tantos falsos profetas nessa terra. Ela deve mesmo ser terra santa.

  5. img
    Maiker Responder

    Muito bem. Concordo plenamente com O MDFM/PL, o governo está desnorteado.
    Esse governo é o governo de problema, tem que se fazer alguma coisa porque o turista do Patrice Trovoada não faz outra coisa a não ser viajar.
    O governo está formado por incompetentes, a incompetência é tanta que dentro de 8 ministros se tiver um ou dois competentes é muito.
    Oquê que a ministra de saúde está a fazer, desde de quando essa senhora tem competência para dirigir uma equipa de médicos? O quê que o senhor José Manuel Carneiro, vulgo Cubila está a fazer na Direcção do Hospital Ayres de Menezes? Que provas este individuo deu para o pais? Oquê que o Olinto Daio está a fazer no ministério de Educação?
    Patrice Trovoada não tem amor com este povo, esse senhor só sabe viajar e anunciar projectos que nunca irá concretizar, enquanto os estudantes com meses de bolsa em atraso, os estudantes de Portugal a um ano sem receber nada do governo muitos estão a abandonar a universidade porque não têm o que fazer

  6. img
    Filho da Terra Responder

    O povo santomense é muito burro e vive hoje sem pensar no amanhã. Deixaram se levar pelos tais pães com chouriços e cervejas ou com tesa béga, nas épocas das campanhas e agora que isso acabou, estão a chorar e chupar os dedos.

    «METANTALIDAEDE, ATITUDEE, COMPORTAMENTO TEM QUE MUDAR À MUDANÇA E CONFIANÇA.» Afro Man.

  7. img
    dPires Responder

    O povo santomense é muito burro e vive hoje sem pensar no amanhã. Deixaram se levar pelos tais pães com chouriços e cervejas ou com tesa béga, nas épocas das campanhas e agora que isso acabou, estão a chorar e chupar os dedos.

    «METANTALIDAEDE, ATITUDEE, COMPORTAMENTO TEM QUE MUDAR À MUDANÇA E CONFIANÇA.» Afro Man.

  8. img
    Joao Batepa Responder

    O FM é um brincalhão.

    • img
      Nós Responder

      Eu acho k senhor Fradique está arrumado k vai conseguir renascer o MDFM ja k foi Presidente da Rep., mas ele está enganado pk esse partido ja morreu e alhas penso k povo santomense não é tão estúpido para voltar acreditar nessa as neira do partido.

  9. img
    jojo Responder

    A culpa do fracasso do MDFM teve o seu dono FM que deixou ser comprado por Patrice Trovoada nas eleições legislativas de 2010.

  10. img
    pontapecavalo@hotmail.com Responder

    kua ca da ni ue liche ca cole awau.apesar de MDFM ter toda razao mas tambem esta reagindo pela saudade.

  11. img
    Os 10 1º Ministros em 10 anos Responder

    Xê, Fradique ainda quer voltar ao poder!? Credo!Essa coisa tem um mel muito doce.. Kê Kua! Agora mesmo que senhor saiu senhor quer voltar já… O..oohh.. Deus tem poder.

  12. img
    santa catarina Responder

    Veja quem fala o MDFM PL deve manter-se calado que faz muito bem.
    Se tiverssem feito bom trabalho não estariamos aqui hoje. É muito bom quando esta na bancada a ver o jogo é sempre o melhor do mundo.
    Parou cacau de vender!
    O Cimento Tambem !

  13. img
    preta de s.t.p Responder

    é gente vcs pegaram esse pais nas mãos e pés dos deixou que nem tanga e agora vêm ai opinando, tenham vergonha….

  14. img
    Vagi Ngola Responder

    Nunca existiu oposição em STP, mas sim um grupo de individuos(gatunos)sem espírito patriótico que só pensam em destruir este país e criando um grupinho fechado(partido), pra dizer que querem bem deste povo. Pergunto, MDFM já la não estava? O resultado=(-o).

  15. img
    Vagi Ngola Responder

    STP neste momento não precisa de oposição, mas sim Mártire. Chega e alguns pra aceitarem qualquer caso político deveria pensar 7 vezes.

  16. img
    mosssad Responder

    Pais pobre…simbulo feio, por favor crie um outro simbulo que de mais vida ao partido…tem mesmo cara de Fradique.

    Esses do MDFM hoje estao a criticar os Trovoadas, mas antes todos faziam parte da compincha dos mesmo. tenham vergonha na cara

  17. img
    Dondô Responder

    Então! o que o senhor Fradique de Menezes fazia quando era o Presidente da República, era de propósito. Ainda como o representante máximo de Partido, vem falar de credibilidade, é no mínimo infantil. Deste país o Srº não valorizou nada, pelo contrário, banalizou tudo e, também tornou-se uma figura banal, testemunhada pelas entidades estrangeiras. Quando este era a figura primeiro deste nosso piqueno e belo País, este converteu-lhe num grande País de abubeis, iletrados, e feio ; isto é, possibilitou aos doutores a comparação do País ao da GUNÉ-BISSAU e, este, ao Cunba HIalá, a personalidade de eleição. A
    reputação do homem Santomense caiu à pique com a pessoa deste “ Fradique “, pelo facto de os Santomenses não ponderarem certos fatores entre as quais:
    O representante de um País, terá que ter o dote de fala. Que é também necessário analisar a sua acústica, para que não seja tão porca quanto a do senhor do PCD.
    Posto isso, agradeço ao Santo Tomé, para que não durma; pois este, não poderá voltar a conduzir o destino deste País.

  18. img
    pagagunu Responder

    Fradique já si esqueceu dos 10 anos que passou no poder, já si esqueceu do “LOSSO” por favor os senhores não fariam melhor, contribuam com o vosso silencio.

  19. img
    AMAR Responder

    Quem esta desnoetiado é o MDFM e seus parasitas que já não têm chupeta agora tira não põe pk ão sabem trabalhar só resta critiar os outros em vez de procurar fazer algo para ganhar dinheiro para comprar pão e cerveja em vez de receber estes pães e cervejas de mão estendida. Peça ao ex. presidente pode ser que ele aceite não tem ninguém para gastar com tanto dinheiro que ganhou durante 10 anos a custa da imagem de STP.

  20. img
    Põe boca não tira Responder

    Este é resultado das conversa levianas do patrice trovoada que colocou povo nesta miseria e ele mesmo está ai viajando constantemente vivendo dos bons e melhor

  21. img
    Credo Responder

    A única forma ki o povo quer que o governo organiza é esta…. precisamos imediatamente de encontrar soluções para os problemas ao nível da própria alimentação diária, para a saúde, para a educação, para os transportes, para a habitação, para o abastecimento de água, energia elétrica, enfim…, para a nossa sobrevivência quotidiana de forma gera. ISTO É KI O POVO QUER

  22. img
    Argenezio Antonio Vaz Responder

    Que tristeza, o MDFM estava no poder com todas as condições, Presidencia, Governo e parlamento ( sem maioria absoluta ) camars distritais não fez nada e vem agora criticar os outros.
    Sela serio meus senhores

  23. img
    Z Responder

    Muito bem.
    Esperemos que o Sr Fradique baixe o preco de cimento e assim, todos os santemenses terao a oportunidade de construir uma habitacao mais ou menos de murro, contribuindo para salvacao da nossa FLORESTA.
    ISTO É K O POVO KER, REDUCAO TOTAL E NAO PARCIAL.

  24. img
    BMW Responder

    no meu ponto de vista o que falta em STP é reformar mesmo,nao é tirar los de ministro da los logo lugar do director,uns tantos políticos de todos os partidos e uns tantos deputados que nem sabem dar uma opinião no debate na assembleia da republica.e meter caras novas,sera que estes também nao estudaram,não têm competência?

    • img
      Jaca Doxi Responder

      Ao contrario do que se vinha dizendo nos últimos tempos, o MDFM apresenta-se como um partido muito responsável.
      Talvez por ter no seio da nova estrutura directiva um jornalista e uma pedagoga, nomeadamente Adelino Lucas e Armanda Cunha.
      As pessoas têm estado a lamentar o facto do MDFM não estar no terreno.
      Só por isso significa dizer que o MDFM não está a oferecer pão com chouriço como se tentou insinuar aqui. Não estando no terreno neste momento, mas tendo o seu bureau aberto a fazer o verdadeiro papel de partido político que levou uma boa chicotada em 2010. acredita-se que no futuro esse partido vai emergir das cinzas e trazer muita surpresa. Por isso felicito a nova direcção, felicito o senhor Fradique pela opção das figuras que fez, mas fica o alerta para se evitar novas brincadeiras no futuro.

  25. img
    Addy Veiga Responder

    Bem depois de ler as noticias e os comentários acho oportuno dizer que, apesar das lacunas, que alias foram vistas em todos os governos, o povo quando vota, sabe o tempo que a constituição dedica a cada governo, dai a credibilidade dele só findar, a tempo já previsto constitucionalmente, acredito que o problema não esta nas matéria que são abordadas mas na maneira que são, deveria se já que defensores do povo tentar ajudar quem governa a resolver as questões e deixar o eterno retorno da corrida pelo poder, como são tomense legitimo que sou, acho que a minha nação viverá para ver o que todos os governos farão, como eleitor acredito que o meu voto representa não só a minha escolha como a minha esperança num futuro que em vez de ver, e ler comentários contra quem esta no lugar onde todos tiveram e também falharam, espero ver noticias e escrituras que falam de uma tentativa de melhoria de um colectivo(nação) como politicas de ajudar o pais ( não de derrubar governos)porque quando a liberdade oprime o lei liberta( e em democracia a lei é a vontade do povo)

  26. img
    Ana de Ceita Responder

    MDFM/PL JÁ TIVERAM OPORTUNIDADE ESTIVERAM NO GOVERNO E NA PRESIDENCIA “JA DEU O K TINHA ADAR” AGORA É A VEZ DO OUTRO. FUI

Deixe um comentario

*