PR inaugurou estação de cabo submarino de fibra óptica

Ao inaugurar a infraestrutura que vai distribuir internet de alta velocidade pelo país inteiro, o Presidente da República Manuel Pinto da Costa, sentiu que o futuro já chegou ao país. A estação localizada em São Gabriel, já está a realizar testes, para em Janeiro próximo pôr velocidade cruzeiro nas telecomunicações nacionais.

A velha estação de São Gabriel, foi reabilitada e apetrechada pela CST, para funcionar como base central do cabo submarino de fibra óptica em São Tomé. É a partir da infra-estrutura inaugurada pelo Presidente da República, que país vai receber os sinais de alta velocidade da internet e de outros serviços de telecomunicações.

Nesta fase a estação está a realizar testes com outras amarrações, incluídas no amplo projecto de extensão do cabo de fibra óptica pelo continente africano, ligando à Europa. São no total 20 países amarrados pelo mesmo cabo, que só em finais de Dezembro próximo estrará na fase comercial, ou seja, começará a disponibilizar serviço de telecomunicações de alta velocidade.

Janeiro de 2013 é período indicado para os são-tomenses beneficiarem da rede veloz. Segundo a CST o serviço internet será 100 vezes mais veloz do que actualmente. O Presidente da República, sentiu que o futuro chegou. «Esta cerimónia simboliza que o futuro está aí, já, ao nosso alcance, e é esse futuro que temos de conquistar hoje com ambição, muito trabalho, disciplina e união», declarou o Chefe de Estado, depois de ter cortado a fita e descerrado a lápida que anuncia a inauguração da estação.

Manuel Pinto da Costa, agradeceu o apoio do Banco Mundial que garantiu o financiamento do projecto em nome do Estado são-tomense. Para o cabo submarino chegar a São Tomé foram aplicados 25 milhões de dólares. Para além do Banco Mundial que garantiu cerca de 16 milhões de dólares, a CST, empresa participada pelo Estado são-tomense e a Portugal Telecom, suportou a outra fatia do investimento. «A sociedade da informação que fica ao nosso alcance, vai tornar o país mais competitivo e economicamente mais atractivo. Queria, no entanto, sublinhar que se trata de um enorme desafio, que temos de saber vencer, de modo a que, esta nova oportunidade se traduza significativamente no crescimento económico, na criação de empregos, e na modernização dos vários domínios da administração pública», reforçou Manuel Pinto da Costa.

O Presidente de São Tomé e Príncipe, recordou que a amarração do cabo submarino entre a Europa, África e América Latina, coloca São Tomé e Príncipe, mais uma vez no centro da rota do comércio internacional, agora para o serviço das telecomunicações. «Um projecto que, estou certo, todos esperam não termine aqui e possa prosseguir nomeadamente com a ligação do cabo à África do Sul, à Região Autónoma do Príncipe e, mesmo, ao Brasil, transformando o país numa estratégica plataforma tecnológica no golfo da Guiné», pontuou.

O governo por sua vez, realçou a importância do projecto. O Ministro das Obras Públicas e Infra-estruturas Carlos Vila Nova, fez exortações à CST, para trabalhar com celeridade de forma a evitar que o país venha a conhecer transtornos na rede de telecomunicações. «Exortamos a CST a implementar com a máxima celeridade possível o seu plano de investimentos ao nível da rede interna em fibra óptica o que permitirá compatibilizar a velocidade das redes e assim evitar situações de afunilamento. Não seria agradável e dificilmente compreensível que depois da entrada em funcionamento do cabo continuasse a existir condicionalismos e reclamações em larga escala por parte dos utentes ao serviço além das consequências para o desenvolvimento da economia nacional», disse Carlos Vila Nova.

A inauguração da estação contou com a presença de membros da organização internacional que está a implementar o projecto de cabo submarino desde França, passando por África até a América Latina.

Abel Veiga

  1. img
    Manuel Responder

    “Pelo País inteiro”? Isso não abrange a Ilha do Príncipe, como pode ser o País interiro…
    Mas é bem feito pra Ilha do Príncipe, uma pora de autonomia que não tem estado a funcionar….

    • img
      S. João dos Angoelres Responder

      Dá graças que vocês têm lá um bom presidente caso contrário isto estaria pior. O que ele tem feito por vocês devia ser motivo para vocês sentirem orgulho. Mas o problema é vosso. Tirem-no e metem lá gente que vocês acham que é melhor. Quando isto acontecer cá em S.Tomé vão vos comer o rabo a todos… Quem fez mais por vocês do que este presidente actual??? Quem é que a ex-ministra de defesa ameaçou prender por causa de estatuto de autonomia? Quem é que Patrice proibiu de falar na rádio por causa de autonomia? Vocês deviam dar graças a Deus por terem este presidente. Quem viu o Príncipe há 10 anos e vê o Príncipe agora só pode estar a gozar se disser que a autonomia não vale nada.
      Voltem para o tempo do Damião Vaz de Almeida ou para o tempo do senhor Osório Umbelina e Silvestre Umbelina que só estavam interessados nos seus proveitos pessoais. Nesta altura até eu que não sou do Príncipe tinha pena das pessoas que lá viviam. Experimentam isto outra vez e cá em S.Tomé estes políticos vão vos enrabar outra vez.

      • img
        Duro de matar Responder

        Amigo João,
        Acho, que estamos no espaço que/ e devemos respeitar as opiniões dos outros, você mais do que ninguém sabe ou se não sabe, tente ao menos se informar, que o sistema de que querem implementar no Príncipe não é propríssimo para ilha, dado ao devido clima chuvoso que existe na ilha do Príncipe.
        Quando o senhor se refere, que o atual Presidente do Governo Regional tem feito muito ao Príncipe, ora vejamos, sentimos orgulhosos por ser um filho da terra a faze-lo, o pior seria se fosse algum estrangeirado a fazer por nós, como muito provavelmente irá acontecer aí na vossa capital.
        Quando o senhor também fala sobre os políticos que vão nos enganar a todos na ilha do Prínciepe, hahahaha, vê-se tenta, ler e procurar entender melhor da politica.
        Seja mais culto, e vê se cresça e apareça.

      • img
        Frederico Umbelina Responder

        Concordo consigo. Estes meus familiares também foram muitos culpados pela situação da ilha do Príncipe naquela altura. Tanto o senhor Silvestre como o senhor Osório Umbelina não fizeram nada por esta nossa ilha. Tinham medo daquela gente de S.Tomé, não faziam nada. O Tozé que é mais novo fez mais do que esta gente toda junta desde a independência. Ele imprimiu um ritmo ao desenvolvimento do Príncipe que eu tenho de reconhecer que me surpreendeu. É óbvio que ainda falta muita coisa a fazer. Mas quem é que faria melhor??? Eu duvido muito. Deus lhe ajude e dê muitos anos de vida. Antigamente não respeitavam o Príncipe. Vinham para cá, aqueles dirigentes de S.Tomé e humilhavam o Damião, o Silvestre e Osório Umbelina. Eram um brinquedo nas mâos desta gente de S.Tomé.

    • img
      SOS Responder

      Sr Manuel.
      Para o seu conhecimento, nenhum País tem amarrações do mesmo cabo submarino internacional em vários pontos. A estação internacional de Cabo submarino de S. Gabriel é uma estação de STP, não se vai criar outra estação internacional de Cabo submarino na Ilha do Príncipe. É necessário sim encontrar uma solução que seja viável para interligar a Ilha do Príncipe a Ilha de S. Tomé com capacidades suficientes para que o Príncipe possa ter acesso a essa grande capacidade do Cabo submarino, e quem diz o Príncipe, diz Caué, Lembá e todos os outros ponto do País que têm ficado a margem das novas tecnologias.
      Preocupa-me ainda o facto do Administrador da CST ter anunciado no programa linha directa que a internet seguira sendo disponibilizado aos utilizadores através de pares de cobre, quando sabemos que a rede de cobre da CST é antiga, grande parte dela em cabos 0.4mm, quando o indicado para internet é o cabo 0.6mm. Os utilizadores servidos por cobre seguirão tendo problemas de queda constante de serviço e ma qualidade de internet a não ser que a CST faça investimentos para renovação da rede de cobre, o que não irá acontecer.
      A grande justificação do péssimo serviço (e caro) de internet prestado pela CST, sempre foi a questão da ligação internacional que é via Satélite (cara e de pouca capacidade), esperemos que não apareçam novas justificações e que a AGER desempenhe o seu papel de regulador.
      Apesar de tudo isso a ligação ao cabo submarino é um grande passo para o desenvolvimento de STP, temos é que potencial todas as vantagens e oportunidades que o cabo nos oferece e criar politicas de inclusão para levar o acesso a internet e a informação para todos os Santomenses, sobretudo aqueles de menor renda.
      Por um STP melhor para todos

      • img
        Paracetamol 500mg Responder

        Não há algo que dá mais gozo ao pinto que…cortar fitas…!
        Esse CEO da CST, trás consigo de Portugal a mesma politica que a PT implementa em PT. Empatar as outras empresas, neste caso em concreto empatar o povo santomense.
        Que saiba, as comunicações têm estado a desenvolver muito rapidamente, como eficaz e eficiente.
        Perguntaram-lhe, porque que alguém que esta num pais nórdico tem dificuldade de ligar a stp, o CEO da CST fundamenta com questão de rooming, sabendo que a cst não presta serviços de rooming a particulares, senão só as empresas. Ou seja fugiu a questão.
        A cst nunca divulga o seu invesimento anual implementado nas terras santomense, algo que demonstre falta de interesse do mesmo em desenvolver as comunicações de stp. Roubo total

    • img
      Ernestino dos Santos Responder

      O Sr. deve usar uma linguagem clássica evolutiva, porque milhões de pessoas lê o seu comentário,seja honesto respeita aos outros para ser respeitado.

      Certamente com o tempo este projecto irá abrangir a região do Príncipe. Para isso o Sr. Presidente e o PM deve exigir a CST a modernização na instalação de novas linhas a casa dos clientes para que seja aproveitada toda qualidade de instalação deste nova rede é necessário grande investimento da CST e a P.TELECOM que é a sua parceria.
      E que deve haver uma fiscalização contínua pela parte das entidades na qualidade de Serviços que irão ser prestado posteriormente.
      Existe um pensamento negativo de que os Africanos não podem ter coisas boas, porque não têm bons quadros para a sua manutenção,isto não é verdade, somos capazes de fazer coisas boas e manter-la
      em bom estado.
      É necessário a formação de novos Técnicos que podem ser formado em STP e alguns quadros já formados poderiam ser chamado
      para formação de Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento nesta área de Telecomunicações para acompanharem esta nova tecnologia.
      Tem que haver rigor, transparência responsabilidade e fiabilidade nos serviços prestado pela CST.
      A Eficiência , Eficácia e Fiabilidade a base evolutiva de uma empresa.
      O Mérito do Sr. Presidente Pinto da Costa este povo merece alegria paz e prosperidade a união faz a força.

      • img
        ÔSSÔBÔ Responder

        Já vi que 80% dos que desejam opinar aqui, é analfabeto!
        Gente esta efeméride, marca uma nova era das novas tecnologias em S. Tomé e tanto no Príncipe!
        Colaboremos e deixemos de coisas que não se entendem!!
        Viva STP!!!
        Fui!!!!

  2. img
    NAINO Responder

    Muito bem ja era sem tempo,espero que tudo possa correr da melhor forma possivel e que a C.S.T possa praticar um preço justo e um serviço de qualidade pois o povo merece o sec XXI agradece.

  3. img
    The Politics Responder

    Já é tempo para que deixem este sistema de ar condicionado colocado na parede de cada cuarto/habitação este edificio deveria ter Ar Acondicionado centralizado e não estas caixas que en vez tiram a beleza da construção. Se Inaugurou a estação e cuando é que o povo vera a ligação de Internet mais rapido para 2015?

  4. img
    Principe em 1º Lugar Responder

    “Ao inaugurar a infraestrutura que vai distribuir internet de alta velocidade pelo país inteiro”. Pelo país inteiro não, que vai distribuir internet na ilha de São Tomé porque a ilha do Príncipe ficou de fora devido a má fé de alguns senhores em ST em relação a Príncipe e ao seu povo! Como Deus não dorme e nunca vai dormir, peço a Deus para fazer algo contra, para que internet de alta velocidade se converta numa internet de alta lentidão!
    Amor com amor se paga.

    • img
      principe em 2º lugar Responder

      Meu caro amigo isso é bom para o pais (stp), o Príncipe irá ser bem servido pra breve.
      Pois acho que está a ser evidenciado esforço para que ainda em 2013 também a população do Príncipe possa usufruir de um serviço de voz e dados de alto nível.

    • img
      ÔSSÔBÔ Responder

      Meu amigo!!!
      o que significa STP?
      FUI!!

  5. img
    ANCA Responder

    Muito bem

    Imperioso se torna, a mais breve trecho possível, concretizar á ligação através do Cabo Submarino á Região Autonóma do Príncipe.
    A nível interno, Local, Distrital e Nacional, que se possa efectuar o mais brevemente, através da CST, com a colaboração do Governo, bem como da sociedade civil, sociedade privada, em parceiria estratégica, com os nossos parceiros de cooperação, todos unidos e juntos, implementar com a máxima celeridade possível o plano de organização e investimentos ao nível da expansão rede interna em fibra óptica, Televisão Digital Terrestre, Internet mais rápida, instituida em todos os sectores da economia do País(Território, Mar, População) de modo a permitir ganhos sociais, económicos e finaceiros, mediante aquisição de equipamentos e tecnológias de informação e comunicação, á nível da educação/formação de qualidade, prestação de cuidados de Saúde de Qualidade, a previsão do estado de tempo de qualidade, com benefício na Agricultura, Pecuária, Actividades do sector estrátegico do Mar, como por exemplo á Pesca, a exploração petrolífera, produção energética, captação e distribuição de água potável, no Ordenamento do Território, informatização de todos os Ministérios serviços e sectores da Administração Pública, com enfase para as Escolas e Hospitais, Instituto Nacional de Estatística, á TVS, á Rádio Nacional, bem como nos Jornais Nacionais, tornar possível o acesso a população, á massificação das tecnólogias de informação e comunicação, bem como de conteúdos de inovação e formação, etc, etc…

    Está deve ser uma tarefa de todos os quadrantes da Socidade SãoTomense.

    Pois é preciso repensar todo o Planeamento, Organização e Investimento estratégicos, a nível Local, Distrital, Regional e Nacional.

    Pensar Planear, Organizar, investir no País(Território, Mar, População), de forma à obter á curto, médio e longo prazo, crescimento e desenvolvimento sustentável á nível Social, Cultural, Desportivo, Político, Ambiental, Económico e Financeiro, mediante a Unidade, Disciplina, Rigor, Ordem, Transparência, sentido de Responsabilidade, sentido de Organização, sentido de Estado, e gosto acrescido pelo trabalho árduo.

    Somos capazes

    Acreditem

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

    Bem Haja

  6. img
    nada sei Responder

    No meu ponto de vista, não existe nenhuma tecnologia perfeita, por isso precisamos de apresentar também as desvantagens dos cabos de fibra óptica. A principal delas esta relacionada aos custos, tanto de produção quanto de implementação dos novos sistemas de transmissão. Produzir cabos de fibra óptica envolve processos muito complexos e caros, o que exige que muitos usuários possam pagar um pouco mais pelos recursos oferecidos pela tecnologia. Pois para alimentar a cidade de S.T.P. seriam necessários muitos retransmissores, e sabes se que pode existir perdas grandes de sinal em retransmissores divisores.
    *Outros problemas estão ligados directamente à fragilidade das fibras de vidro. Como ainda não existe uma padronização no sistema, há muitos cabos que são vendidos sem o encapsulamento protector adequado. Isso gera instabilidade para os cabos e pode resultar em quebras dos filetes de transmissão.
    Chamo atenção a nível do risco, para reduzir o risco de acidentes, os cabos são identificados em cartas náuticas e ficam localizados em áreas de protecção. Nessas regiões, a que ter algum cuidado com algumas actividades que podem danificar o sistema, por exemplo como a pesca, âncoras de navios ou até tubarões.
    Sabemos que o sistema de transmissão por cabos submarinos é mais eficiente que por satélite. Isso porque o cabeamento tem maior capacidade para suportar o fluxo de dados e os transmite em menos tempo, além de proporcionar melhor qualidade de transmissão.
    Essa eficiência é, entre outros motivos, gerada pela implantação dos cabos de fibra óptica, iniciada em meados nos anos 80. Apenas um par de fibras ópticas –em um cabo submarino pode haver vários– pode transmitir, de uma só vez, o equivalente a 150 milhões de telefonemas juntos. Actualmente os cabos submarinos carregam 95% das informações de voz e dados transmitidas internacionalmente, enquanto os satélites carregam 5%.
    Os padrões de testes da fibra óptica apontam para velocidades de 10 Gbps, o que resulta em downloads de 1.280 MB/s. É um aumento considerável, que pode ser extremamente importante para quem gosta de jogar games online ou baixar muitos arquivos pela internet. Tudo isto para dizer que S.T.P. vai estar bem servido a partir de Janeiro de 2013.

  7. img
    maior Responder

    No meu ponto de vista, não existe nenhuma tecnologia perfeita, por isso precisamos de apresentar também as desvantagens dos cabos de fibra óptica. A principal delas esta relacionada aos custos, tanto de produção quanto de implementação dos novos sistemas de transmissão. Produzir cabos de fibra óptica envolve processos muito complexos e caros, o que exige que muitos usuários possam pagar um pouco mais pelos recursos oferecidos pela tecnologia. Pois para alimentar a cidade de S.T.P. seriam necessários muitos retransmissores, e sabes se que pode existir perdas grandes de sinal em retransmissores divisores.
    *Outros problemas estão ligados directamente à fragilidade das fibras de vidro. Como ainda não existe uma padronização no sistema, há muitos cabos que são vendidos sem o encapsulamento protector adequado. Isso gera instabilidade para os cabos e pode resultar em quebras dos filetes de transmissão.
    Chamo atenção a nível do risco, para reduzir o risco de acidentes, os cabos são identificados em cartas náuticas e ficam localizados em áreas de protecção. Nessas regiões, a que ter algum cuidado com algumas actividades que podem danificar o sistema, por exemplo como a pesca, âncoras de navios ou até tubarões.
    Sabemos que o sistema de transmissão por cabos submarinos é mais eficiente que por satélite. Isso porque o cabeamento tem maior capacidade para suportar o fluxo de dados e os transmite em menos tempo, além de proporcionar melhor qualidade de transmissão.
    Essa eficiência é, entre outros motivos, gerada pela implantação dos cabos de fibra óptica, iniciada em meados nos anos 80. Apenas um par de fibras ópticas –em um cabo submarino pode haver vários– pode transmitir, de uma só vez, o equivalente a 150 milhões de telefonemas juntos. Actualmente os cabos submarinos carregam 95% das informações de voz e dados transmitidas internacionalmente, enquanto os satélites carregam 5%.
    Os padrões de testes da fibra óptica apontam para velocidades de 10 Gbps, o que resulta em downloads de 1.280 MB/s. É um aumento considerável, que pode ser extremamente importante para quem gosta de jogar games online ou baixar muitos arquivos pela internet. Tudo isto para dizer que S.T.P. vai estar bem servido a partir de Janeiro de 2013.

  8. img
    GingaPo Responder

    bem bonito, tudo isso…

    Mas reparem que: o desenvolvimento das novas tecnologias da informação e telecomunicações (TIC), como os serviços a população, depende da estabilidade da energia.
    Que tal, da energia em STP? Sempre boa para aqueles que têm giradores e chaotica para o resto, seja 90% do povo?

    Eu, como profissional das TIC, vejo neste projecto de cabo submarino, imensas oportunidades de desenvolvimento em vários aspectos para o nosso pais (educaçao, cultura, negocios, prestação de serviços, empregos nas infrastructuras ou callcenter…). Pela nossa particularidade insular, temos uma vantagem geografica e pelo facto que temos uma população que fala varias línguas importantes(inglês, francês..). Imaginem um call center em STP…que bom ver tantos empregos para nossos jovens!!!

    Mas há sempre o GRANDE TRAVão: problemas de energia da maioria da população, que deveria representar o consumidor principal e a mão de obra prioritaria, de esse novo sector.
    é a grande diferença entre STP e os outros países africanos beneficiários de este projecto. Eles não têm pb de energias e as actividades neste sector vão se multiplicarem e diversificarem nestes paises.

    Em STP, para avançar realmente, temos que resolver esse o pb de energia para todos, se não: é como pôr a charrua à frente dos bois!

    Bem haja e Força STP!

    • img
      Minuye Responder

      Muito bem observado. Para que STP acelere economicamente precisa-se solucionar o problema energético urgentemente. É muito bom saber que teremos uma internet mais rápida e eficaz. Mas de que adianta ter internet rápida se não tens energia para ligar o computador? Deve-se colocar a solução do problema energético como prioridade. Estamos no sec. xxi. Não se pode considerar normal ter 12 horas de energia elétrica por dia.

  9. img
    Zé da Quinas Responder

    E para quando a reolução do problema da impossibilidade dos santomenses residentes em muitos paises estrangeiros poderem ligar sem perturbaçoes para São Tomé, por motivos “in”explicáveis”?

  10. img
    booster Responder

    ja que ja tem a fibra optica tem que haver mais do que uma compania de telecomunicaçao nao pode so ser a cst monopolio nao assim nao existe fibra

  11. img
    santoespirito Responder

    meus irmaos da ilha do principe entendo as vossas preocupacoes.mas ficam a saber que temos que subir uma escada de cada vez.vcs ja foram buscar informacao a cst em relacao a esta internet para a ilha do principe antes de reclamar? ou vcs estao a reclamar primeiro depois para irem buscar informacao? a internet da fibra optica ainda nao comecou a funcionar em s tome, como e que vcs querem para funcionar ja na ilha do principe? VCS DEVEM ESPERAR UM POUCO. QUANDO ISTO COMECAR A FUNCIONAR EM ST. E QUE VC PODEM ABORDAR A CST QUAL E A POSSIBILIDADE QUE A CST TEM DE VCS SEREM BENEFICIADO DESTA NOVA INTERNET. SERA QUE A CST NAO TEM FILIAL NA ILHA DO PRINCIPE? e sera que a filial de cst na ilha do principe nao sera beneficiada?? e se ele serao pk k vcs nao serao? sabendo que eles terao um sinal igual a da central em st para ser detribuido la no principe!quando a rede de telemovel comecou a funcionar em s tome sera que principe foi beneficiado neste mesmo momento? ou mas tarde depois de terem feito os testes em s tome? leve leve chegamos a longe.

    • img
      Santa Vela Responder

      senhor santoespirito

      o problema não é a velocidade de execução do projecto em toda a extensão do nosso país. o problema é que a CST nem o governo actual do Patrice Trovoadac e o anterior do Rafael Branco apresentaram qualquer projecto credível ao povo, transparente e exequível, onde se pudesse ver e discutir todas as etapas deste projecto e o momento de intervenção do mesmo em todo o território. isto deveria ser explicado, detalhadamente, incluindo etapas de intervenção, lugares, tipo de intervenção em função dos meios e recursos disponíveis, tempo de execução, etc. nunca foram capazes de fazer isto e sempre quiseram, sim, excluir o Príncipe deste projecto. vocês são malvados, broncos, têm má fé contra a ilha do Príncipe. isto começou desde o tempo do governo do senhor rafel branco. o patrice só está a fazer a mesma coisa. um dia isto vai acabar se Deus quiser.

  12. img
    bolsopobrezépovinho@hotmail.com Responder

    Optima Tecnologia que exige já, mas já, a entrada no mercado de mais uma, ou mais empresas no mercado de forma a acabarmos com a hegemonia, ou se quisermos, monopolio da nossa careira CSTZINHA.

  13. img
    TVSA-Televisão Santomense Aberta Responder

    O que nós vimos no programa de Linha directa de TVS ontem foi um fiasco autentico.Nem uma tal de Élia nem sr Ramusel que ganhou premio de TVS são bando de burros.Seria melhor que voces nao organizassem esse programa ontem.mas tudo sabe porquê? porque voces tomarem tvs fizeram televisão de Patrice e ADI,tornaram politicos egoistas em vez de jornalista.nós san
    bemos que la na tvs tem um engenheiro que é especialista em telecomunicações,televisao tecnolog informaçao etc,porque q voces nao foram humilde e pedir ele pa preparar esse trabaho pa voces?burros.Ah,nos achamos talvez porque ele nao aceitou nem poe vossa camisola ou entao nao mete nessa bandidagem toda que ta la encima na tvs.mas isso e mau.televisao tem que se trabalho de equipa.voces oviram?Nós fomos.tchauê

  14. img
    Sao Tome Principe Responder

    Muito bom senhor Presidente, espero que isso contribua de forma a melhorar a nossa lenta internet, que a CST vem cobrando a preço exorbitante, mas Senhor Presidente, faça alguma coisa sobre os Barcos que estão nas nossas águas e ninguém sabe o que esta la dentro, isso é muito perigoso senhor Presidente, e se tiverem lixos tóxicos, drogas e armas para tráfico, senhor Presidente chame a responsabilidade,

  15. img
    Deus é que sabe Responder

    Meu Deus tanta ignorância e inveja que horror pois como querem que a ilha desenvolva se com a vossa mentalidade, desconfio que ainda andavam ai de carroça e a pé e comunicavam uns com os outro como na altura da pedra com fogueiras e mesmo assim ainda reclamavam porque com as fogueiras ainda podiam deitar fogo a ilha e virarem churrasco .

    Como é possível não perceberes as coisas então se o vosso governo andou a negociar poços de petróleo que foram referenciados em toda a costa os trabalhos de implantação das plataformas não tem que começar, não me digam que pensavam que as plataformas iriam aparecer por magia, não tem que ter estes navios de apoio a sua construção por amor de deus o vosso governo pode realmente não ser o melhor como em todo o mundo mas com gente tão ignorante também é de ter pena deles bem fazem eles de nem perderem tempos convosco.

    Em vez de acusarem se os senhores se instruíssem um pouco mais não vos fazia mal nenhum.

    Deus dá pérolas a porcos e é bem verdade .

    Tenho pena é realmente dos humildes dessa ilha que com gente como os senhores pouco podem esperar para o futuro.

    Todos em maior parte que se manifestam aqui são iguais ou priores que o actual governo estão é cheios de dor de cotovelo e inveja se tivessem lá só fariam porcaria com tanta ignorância que tem.

    Sejam a mudança que querem ver!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Deus vos conduza a sabedoria para ajudar realmente quem precisa principalmente as vossas crianças que elas serão o FUTURO

Deixe um comentario

*