Conselho Nacional da Juventude debate manifesto para o futuro da juventude

O Conselho Nacional da Juventude está a debater com os órgãos de soberania o Manifesto, criado para dar solução aos  problemas da juventude são-tomense. Os membros do CNJ, que se reuniram com o Presidente da República no dia 5 de Novembro, pretendem promover consultas com outros órgãos de soberania.

MANIFESTO DA JUVENTUDE SANTOMENSE

Sendo o Conselho Nacional da Juventude “CNJ” é uma plataforma das associações e organizações juvenis e um parceiro direto juntos das autoridades governamentais e não só em defesa de políticas da juventude;

Tendo sido revitalizado no dia 26 de Março de 2011, de conformidade com o seu programa de governação para o mandato de 3 (três) anos, tem vindo a auscultar e a interagir com juventude nacional, algumas individualidades de idoneidade reconhecida, diversas instituições e com base a estratégia nacional da redução da pobreza ENRP, onde diagnosticou alguns problemas urgentes que precisam ser resolvidos com concurso de todos, para que o estado da juventude possa vir a conhecer uma mudança de facto que tanto se espera e que a circunstância recusa o seu adiamento.

Considerando que vivemos numa aldeia global, em que a solução dos nossos problemas envolve também os outros, o CNJ suportou nalguns documentos para propor aquilo que ser os caminhos para solução para a juventude e o país, como ENRP II 2012 à 2016 Plano Estratégico da Juventude da CPLP “FJCPLP”, Carta da Juventude Africana “UA”, Direitos Humanos, Objetivos de Desenvolvimento do Milénio “OMD” e Estratégia da União Pan-Africana cujo o lema para este ano é: A independência económica, agora;

Nestes termos, o Conselho entende que a solução passa essencialmente pela unidade, disciplina e trabalho a todos níveis, portanto através de uma consciência nacional dos problemas, para juntos identificarmos as necessidades do nosso país tanto ao nível particular como global e desta forma criamos o sentimento de urgência nacional, por isso, vem manifestar um conjunto de preocupações que entende ser da juventude nacional, a saber:

As preocupações:

  • Formação e emprego
  • Habitação
  • Inclusão activa e participativa da juventude deficiente na sociedade
  • Envolvimento da juventude no centro da tomada de decisão
  • Proposta de resolução para quota da juventude na Assembleia Nacional
  • Lei da politica nacional da juventude
  • Ratificação da Carta Africana da Juventude
  • Proposta de estatuto de autonomia financeira para o Conselho Nacional da Juventude
  • Adopção ao nível nacional do passaporte especial do voluntariado
  • Criação de condições para troca de experiencias em missões oficial de serviço em organizações juvenis e afins, no exterior.
  • Elevação do Palácio dos Pioneiros para o Palácio da JUVENTUDE
  • Identidade cultural

No culminar da semana nacional da juventude do presente ano, O Conselho Nacional da Juventude, roga as autoridades políticas nacionais, para que não adiem mais o desenvolvimento do país; que arranquem o motor!

Conselho Nacional da Juventude em S.Tomé, aos 05 de Novembro de 2012.

Lema do CNJ: Sonhar, Acordar e Realizar

O Presidente,

Pedro Sequeira de Carvalho

_____________________________________________________

E-mail: cnjstp@gmail.com – Cont: +239 9919864/9805266/9917308/9911561/9904284/9962626 –Sede: Palácio dos Pioneiros – Bairro da Quinta de Sto. António – S.Tomé – STP

  1. img
    Mbé Za Responder

    Muito bem CNJ,
    nunca é tarde pra Começar, Faço votos que consigam alcançar todas as metas almejadas, e que consigam fazer com que os dirigentes de STP deêm mais oportunidade aos Jovens desse pais.
    OBS; só pra Fazer uma simples correcção neste treixo:

    “Inclusão activa e participativa da juventude deficiente na sociedade”

    Este grupo de cidadãos são chamados atulamente de pessoas com NECESSIDADES ESPECIAIS e não deficiente, devido a pejoratividade da palavra

    Força a Juventude santomense conta convosco, mostrem aos dirigentes deste País, do que são capazes

  2. img
    Nascimento Dias Responder

    ola meus caro fico feliz em saber que voces nao tem parado no tempo kero que nao so fixa os vossos orizontes a juventude local mas sim tb os jovens que tb se encontram no exterior.
    quero vos dizer que tb estou pronto em colaborar com vosco naquilo que for necessario para o engrandecimento da nossa maravilhosa ilha

    Hildilberto Dias
    Est/STP em Cabo Verde.

  3. img
    Fachada sóóóó Responder

    Conversa e carta bonita para fazer boi dormir.
    O que esta associação tem feito para jovens rurais e dos pontos logínquo?
    Querem sim é aparecer. Voces não estã a fazer nada só, são sim mais um outros para acrescentar ao grupo.

  4. img
    Bernardino Monteiro Responder

    Forca juventude stp, eu creio e acredito nas nossas capcidade,temos potencialidade somos eficaz e possivel resolver situacao politica e economica stp, mais e preciso uniao de todos, semear uma democracia e uma politica de igualdade, temos tempo nao olhem para os 37 anos pensam daqui em diante, procurar mecanismo e solucoes, apagar o passado estudar bem as nossas constituicao, ser democratico,nao radicais expressar com etica respeito, pelo orgaos da suberania,se es melhor apresente solucoes nao problemas viva jvstp viva stp unidos venceremos

  5. img
    david santos Responder

    Eu só quero alertar aos todos os jovens deste pais que o concelho da juventude nao pode estar limitado as associações limitando outros jovens a participarem nos em algumas actividades do concelho.
    Todos nós mesmo de associaçoes ou nao devemos participar nas actividades da juventude.
    Outra coisa é a partidarização do concelho fazendo com que 95% da juventude do nosso pais nao saiba quem são os seus representantes.
    A nessicidade de gente mais dinamica para uma juventude que esta a deus dara como a nossa.

Deixe um comentario

*