Intransigência dos partidos impediu uma solução negociada para a crise política

Uma solução negociada para a crise que preservasse a estabilidade política no país e fosse encontrada através do diálogo esbarrou na intransigência dos partidos políticos, especialmente da ADI.

Depois de na passada segunda-feira ter apelado ao rápido regresso à normalidade democrática através do diálogo numa mensagem ao país em que considerou “inadmissíveis” os acontecimentos de sexta-feira no parlamento, o presidente da República fez tudo ao seu alcance para criar pontes de diálogo entre as partes de modo a permitir uma reflexão serena que a evitasse uma crise política cujas consequências económicas e sociais podem ser extremamente negativas para São Tomé e Príncipe na actual conjuntura económica internacional.

Segundo disse ao Téla Nón uma fonte próxima da presidência, Pinto da Costa, para além das audiências formais com os partidos políticos representados na Assembleia Nacional, desdobrou-se em contactos com várias personalidades de todos os quadrantes para tentar através do diálogo encontrar uma solução de consenso entre todos os partidos.

Na sequência desses contactos, representantes da ADI e do MLSTP ainda tiveram um encontro esta manhã antes da reunião parlamentar em que foi aprovada a moção de censura ao governo de Patrice Trovoada, mas dessa reunião nada resultou.

Ao longo destes dias Pinto da Costa, através da chamada magistratura de influência que decorre do quadro constitucional e com a reserva que o assunto merecia, tentou que fossem os partidos políticos que estiveram na origem da actual crise a resolver a situação que eles próprios criaram.

Segundo a mesma fonte, apesar dos insistentes e permanentes apelos à sua intervenção, a maior parte das vezes sem qualquer suporte constitucional, Pinto da Costa decidiu, “mais uma vez fiel aos princípios” com que se apresentou às eleições, nomeadamente quanto ao respeito pela separação de poderes, dar uma oportunidade aos partidos para resolver no quadro parlamentar a actual crise.

No entanto, quer da parte da oposição quer da parte do partido que suporta o governo, os apelos lançados pelo Presidente acabaram por não surtir efeito e as posições mantiveram-se sempre extremadas, com a ADI a não abrir mão da opção de alcançar a realização de eleições antecipadas a todo o custo.

Por outro lado, MLSTP, PCD e MDFM, como se sabe, acabaram por avançar para um debate e aprovação de uma moção de censura sem a presença do partido que ganhou as eleições e do governo, situação que dificilmente encontrará paralelo noutras democracias.

Depois da oportunidade dada aos partidos, o Presidente prepara-se para anunciar ao país qual a solução para a crise política o que, segundo a fonte do Téla Nón, poderá acontecer a qualquer momento, depois de cumpridas todas as formalidades legais e constitucionais.

Téla Nón

  1. img
    EMILIOS FREITAS Responder

    Um pouco contraditorio isso, qd a noticia msm afirma que o ADI teve encontro na manha de hoje com o MLSTP. Não se entende na verdade toda essa tentativa desesperada que criar intrigas, para os menos esclarecidos e os desatentos, a barca simplesmente leva. No fundo que fica tramado nisso , são os que nda têm nem nunk tiveram

    • img
      Bingo Responder

      É preciso ser-se muito ingénuo para se acreditar que o ADI realmente queria negociar.

      Teve dois anos para tentar negociar o alargamento da sua base de sustentação parlamentar e aparentemente nunca o fez.

      Teve tempo para tentar negociar logo que a moção de censura foi introduzida.

      Quem ouviu Levy Nazaré no Telejornal de ontem à noite, compreendeu:

      a ‘tentativa de negociação’ permite agora ao ADI dizer que tentou dialogar e os outros não quiseram.

      Música de outros bailes, que toda a gente conhece.

  2. img
    desideriodatrindade Responder

    Tretas…

  3. img
    delcio Responder

    uma penalizaçao seria o mais coerente….a nossa imagem esta a ser afetada internacionalmente e nacionalmente …nao é so a nossa imagem q é afetada mais tbm ficamos mais longe de ter negociaçoes fiaveis para o desenvolvimento do pAIS

  4. img
    conterrâneo Responder

    GOLPE DE ESTADO PARLAMENTAR!

    ASSALTO DE PODER POR MLSTP, PCD E MDFM.

    Ou seja, Golpe PARLAMENTAR dado pelo BIDÃO, DELFIM NEVES, ALBERTINO BRAGANÇA (o preguiçoso), BANO (o grande corrupto), GAUDENCIO COSTA(o preguiçoso e bandido), ALCINO E ELSA PINTO (vivedores a custa do Estado durante toda a vida)JORGE AMADO, FRADIQUE, Guilherme Otaviano, O VENDEDOR DE GASOLINA (esse pelo menos trabalha,… etc, etc.

    OU SEJA UM BANDO DE DEPUTADOS GATUNOS CORRUPTOS e conhecido pelo país (de Caué a Pagué) ASSALTARAM O PARLAMENTO DE SÃO TOMÉ E PRINCIPE e deram O GOLPE PARALAMENTAR.

  5. img
    Paracetamol 500mg Responder

    Isto parece até desejado pelo PT, visto que nunca criou ambiente para uma conversação com a oposição no sentido de estabilidade política. A oposição, numa luta desenfreada, não se sabe com qual objectivo por detrás, quis assaltar o poder num momento que a opinião pública não está lá muito ao seu favor. Qual o objectivo da oposição?
    Ao meu ver a oposição caiu na ratoeira do PT. Tudo o que PT quer neste momento é ganhar com maioria absoluta. Tudo o que pinto anseia e espera concretizar, é instaurar o regime de partido único, como anunciou em Portugal quando ganhou as eleições de 2011.
    Bano roubou dinheiro foi esconder no parlamento.

  6. img
    preta de s.t.p Responder

    Em nome do Pai do Filho e do Espirito Santos, Credo gente que têm filhos, familia, geração e mesmo assim só pensam nos seus intere, credo, Meu Deus eu sei que o Sr. tem visto a forma como têm conduzido os destino desse Pais.

  7. img
    inem tlaxa ê Responder

    Se o Patricio quiser ha uma quinta em monte forte para ser pastor de ovelhas, já que ele gosta de mandar cegamente.

  8. img
    inem tlaxa ê Responder

    Quero perguntar será que os deputados do ADI, até que deviam ser consideraddos deportados do PT conhecem este artigo?
    Artigo 18.º
    Deveres dos Deputados
    Constituem deveres dos Deputados:
    a) Comparecer às reuniões do Plenário e das comissões a que pertençam;
    b) Desempenhar os cargos na Assembleia e as funções para que sejam
    designados, sob proposta dos respectivos grupos parlamentares;
    c) Participar nas votações;
    d) Respeitar a dignidade da Assembleia e dos Deputados;
    e) Observar a ordem e a disciplina fixadas no Regimento e acatar a autoridade do
    Presidente da Assembleia;
    f) Contribuir, pela sua diligência, para a eficácia e o prestígio dos trabalhos da
    Assembleia e, em geral, para a observância da Constituição.

  9. img
    Mak Responder

    ADI está a trabalhar bem. Porque que esses ambiciosos do MLST, PCD, MDFM estão a querer a qualquer custo o poder? Para roubar sempre o dinheiro do povo e deixar o pais mais pobre do q ja está.O pais tem rumo agora com ADI. Querem ficar numa boa não é. Fica na bauca que o poder já não vai nas mãos do velhos com má fé.O poder é para nova geração. Vão para reforma e viver a custa de fundo de pensão….

    • img
      A luta continua Responder

      Se o governo do ADI está trabalhar bem, então porquê que não vai dizer isto na assmbleia perante os deputados. Olha a cada dia que passa estou desagreditando neste governo e neste partido ADI. Porquanto que, um verdeiro democrata deve aceitar tudo em demogracia. Associando as palavras do PT e do Levi da-se entender que tudo está preparado para uma guera civil caso venha consumar a queda do governo pelo PR.
      Mas Stº Tomé poderoso não vai permitir que isto aconteça.

  10. img
    inem tlaxa ê Responder

    a decisão tomada pela oposição visou-se salvar a nação dos obscurantismos e ostracismo por parti do Pateta Travado e seus seguidores, o PT sempre foi uma pessoa non grata in STP pois dizendo bem tal árvore tal semente e tal fruto coitado do Balela que esta ficando balili suzo.
    ViVA STP! VIVA Democracia, Viva a Independencia! Avante STP

  11. img
    ASantos Responder

    É necessário responsabilidade no que é dito, e no que é escrito pela comunicação social, nos últimos dias houve algumas coisas que não deveriam ser ditas pela classe politica, e nem distorcidas pela comunicação social. Coisas essas que só foram superadas por actos bárbaros e inconsequentes ocorridos na Assembleia Nacional. Temos de ter em mente que a única forma de se resolver essa crise politica é chegar-se a um consenso entre as partes envolvidas, principalmente entre os dois partidos mais votados. Este clima de animosidade em nada beneficia o povo, ao contrário só vem denegrir a imagem do País perante a comunidade internacional. É necessário que de uma vez por todas, os interesses da maioria dos Santomenses (Povo) sobrevaleça aos interesses da minoria. Temos que caminhar todos para o mesmo lado, cada um com a sua forma de agir, de pensar de interpretar, de falar, mas todos com o mesmo objetivo comum, DESENVOLVER SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE.
    Entre aqui e aculá o que não falta são pessoas palpitando e comentando, de como deveriam ser as coisas, desde licenciados, Mestres, Doutores, pessoas de toda classe académica, profissional e económico-social dando o seu ponto de vista, ou seja, várias partes separadas que nunca chegaram a formar um TODO. Não basta ser um cibernauta ativo nas redes sociais e nos jornais digitais, é preciso mais, é preciso fazer as coisas de uma forma ordeira e com um objectivo concreto e plausível. Tentam contribuir, mas de uma maneira que chega a ser insignificante em termos práticos. Lanço um desafio aos cibernautas santomenses, A CONSTRUÇÃO DE PROJECTOS VIÁVEIS, dentro da realidade Santomense. Se gabam-se de ser formados acredito que este desafio não extrapola o vosso grau de conhecimento! Não precisam trabalhar nisso 24h por dia, basta umas horinhas por semana. Aguardo contactos dos que se sentem capaz para agarrar essa ideia.

  12. img
    "Haver Vamos" Responder

    decisão tomada pela oposição visou-se salvar a nação dos obscurantismos e ostracismo por parti do Pateta Travado e seus seguidores, o PT sempre foi uma pessoa non grata in STP pois dizendo bem tal árvore tal semente e tal fruto coitado do Balela que esta ficando balili suzo.
    ViVA STP! VIVA Democracia, Viva a Independencia! Avante STP

  13. img
    VENTO Responder

    O atual governo tem como os seus antecessores muitos pontos possitivo bem como negativo, n quero com isso dizer que concordo co A ou B mas porque n deixar o actual governo terminar a sua leguislatura e deixar que o povo decida, em vez de ser um grupo de depotados a fazer isso.

    • img
      Cidadao Responder

      Concordo plenamente consigo. Acho quem escolhu o partido para governar foi o povo e portanto cabe o mesmo ditar a saida ou nao. Nao pode ser feito por uma minoria. Se a oposicao esta pra salvar a democracia, por que nao aconselhar ou se nao pronunciar sobra a saude da justica. Se dizem ter provas contra a governacao do actual governo, por que naoapresenta-las publicamente para que todos ficam a conhecer. A unica coisa que oico por ai, sao viagens do primeiro ministro, barcos, etc…,isto e , coisas futeis. Coisas que nao tem estado afectar a nossa economia, j que o relatorio da comunidade internacional da nota positiva. Afinal, se a oposicao esta defendendo a democracia e os interesses do povo, pois que seja feito de uma forma positiva e esclarecedora. Isto e uma vergonha.

  14. img
    inem tlaxa ê Responder

    ami sa moço tlaxá Neves, quero perguntar:
    - Como pode um sem vergonha cara de C* propor dois portos de agua profunda se nenhum destes mal começaram?
    Como é que ficaria a população que habita na orla costeira, por exemplo para quem conhece a praia de Ponta Figo que tem pelos menos 30 familias e seus bens e os de praia esprainha que ainda constitui uma fonte histórica do pais da época do cacau e caminhos de ferros e um ponto de atração turistico, este Pateta Travado só quer acabar mesmo com STP. A oposição demorou deais para agir mais mesmo assim quero vos ajudar a dizer em grande estilo: Ra re ri ro RUA Cabrão do PT e seus bambos mandados…

  15. img
    da costa Responder

    Me desculpam se estou erado mas acho que o proprio pinto tem mao nisso

Deixe um comentario

*