Comunicação do PR sobre a situação Política

“O país não pode parar, sob pena de comprometer irremediavelmente o seu futuro”. “Um governo que está em minoria no parlamento não pode comportar-se como se tivesse uma maioria”. A crise política foi artificialmente criada, segundo Pinto da Costa.Uma comunicação que o leitor deve ler na íntegra.

Comunicação ao país de Sua Excelência o Presidente da República Dr.Manuel Pinto da Costa

10/12/2012

Caros Compatriotas

O país está numa crise política que vamos ter que resolver e é por isso que estou aqui, de novo, para vos explicar qual é o meu entendimento sobre a situação e a melhor forma para ultrapassar as dificuldades criadas nestas duas últimas semanas.

Dentro daquilo que se chama o jogo democrático que deve reger a vida da nossa Assembleia, surgiu inoportunamente esta crise, conhecida por todos, e que, estou firmemente convicto, foi provocada, voluntariamente e com premeditação, tendo em vista fins meramente políticos e interesses partidários.

Ao longo destas duas últimas semanas tentei chamar à razão os líderes dos diferentes partidos de modo a que fosse encontrada uma solução de consenso para o impasse criado.

Mas apesar de todos os esforços para, através da via do diálogo, resolver a crise constatei a inexistência de um clima construtivo orientado para o rápido regresso à normalidade quando, a meu ver, os políticos deviam sempre, em primeiro lugar e exclusivamente, trabalhar para o povo e para o desenvolvimento do país, relegando para segundo plano os seus interesses particulares.

Foi neste quadro que pedi ao Presidente da ADI, Patrice Trovoada, para me propor um novo Primeiro-ministro do seu partido,  uma vez que tinha constatado que a principal divergência estava centrada, por parte dos partidos da oposição, na forma como o chefe de governo exercia as suas funções,  não respeitando, segundo esses partidos, as exigências democráticas perante a Assembleia, com falta de diálogo e de prestação de contas sobre a sua governação e o caminho que pretendia para o país.

Este foi um factor que expliquei longamente a Patrice Trovoada o qual, como certamente não desconhece, pode contar, desde que tomei posse, com toda a minha cooperação institucional para deixar trabalhar o seu governo.

Para resolver esta crise pacificamente e com tranquilidade, entendi que a solução de um novo governo da ADI, partido que ganhou as eleições em 2010, permitiria dar continuidade ao trabalho efectuado até que se realizassem as reclamadas eleições legislativas.

Quando esperava encontrar um comportamento baseado na responsabilidade e sentido de estado que a situação do país exige apenas fui confrontado com atitudes de intransigência, arrogância e até falta de respeito para com o chefe de estado eleito democraticamente, por sufrágio directo e universal, há pouco mais de um ano, atitudes essas que inviabilizaram uma solução rápida para a crise, em estabilidade e continuidade e com o mínimo de custos para o país.

Hoje, caros compatriotas, julgo que é imperioso encontrar uma solução que permita formar um governo capaz de gerir o país num clima de tranquilidade, que permita a reflexão serena e a tomada de decisões de modo a garantir o regresso ao trabalho em prol do povo e do desenvolvimento do país.

Fiel aos compromissos assumidos na campanha eleitoral, reafirmados na minha tomada de posse, sou presidente de todos os São-tomenses, a quem devo sempre uma linguagem de verdade.

Espero, sinceramente, que todos os partidos políticos, entendam que está em causa a sua credibilidade, quer internamente perante o nosso povo que tanto tem sofrido com as consequências da instabilidade, quer externamente, perante a comunidade internacional.

São Tomé e Príncipe é um país que depende da ajuda internacional e em que as principais prioridades terão de ser o combate à pobreza e o desenvolvimento económico e social.

Esta é uma realidade, quero afirmá-lo claramente perante vós, que nunca devia ter sido esquecida por quem tem responsabilidades e que deveria relegar para segundo plano interesses menores de tácticas partidárias e de benefícios particulares.

O país não pode parar, sob pena de comprometer irremediavelmente o seu futuro.

É isso que está em causa se persistir a paralisia artificial das instituições pelo que se torna absolutamente necessário um rápido regresso ao normal funcionamento da Assembleia Nacional.

O parlamento deve ser sempre o lugar por excelência para expressar, com respeito, as divergências de pontos de vista e para, através dos instrumentos legislativos e regimentais ao dispor dos deputados, ultrapassar as questões que estiveram na génese desta crise políticas.

Como eu disse, na anterior comunicação ao país que efectuei há lições que todos temos que tirar desta crise.

Um governo que está em minoria no parlamento não pode comportar-se como se tivesse uma maioria.

A regra da maioria será sempre uma das regras fundamentais em que assenta o regime democrático, sobretudo num órgão colegial como é a Assembleia Nacional, porque essa foi a vontade do povo num sistema eleitoral proporcional como é o nosso. Desrespeitar essa regra é desrespeitar a vontade do povo que elegeu os deputados.

Acresce ainda que qualquer governo, com maioria ou sem maioria, é responsável politicamente perante o parlamento e o Presidente da República, com o qual tem o dever e a obrigação de informação e de partilha de responsabilidades em determinadas áreas como na defesa nacional e na política externa. É nesse dever de informação que se baseia a chamada cooperação institucional que, desde que tomei posse, tentei promover activamente.

Desrespeitar este princípio, pacificamente aceites por constitucionalistas do mais diversos quadrantes, é desrespeitar o nosso sistema político.

A marcação de eleições é uma competência exclusiva do Presidente da república, mediante certos procedimentos constitucionalmente previstos.

Deixar ao critério dos partidos políticos e dos seus interesses particulares mediante conjecturas sobre hipotéticos resultados eleitorais é desvirtuar as regras do jogo e abrir um precedente pouco saudável para em qualquer regime democrático.

Deixar que sejam os partidos, sejam eles quais forem, a determinar o momento em que se realizam eleições, ao sabor das suas aritméticas eleitorais, e através de comportamentos que paralisam as instituições é colocar em causa a democracia e a soberania do povo em que esta assenta.

Dizer que o povo põe povo tira é um pressuposto que a ser utilizado demagogicamente é perigoso para uma democracia representativa, que se quer madura.

É também abrir caminho para uma instabilidade permanente ao permitir que o regime democrático se torne refém de interesses meramente partidários.

Até porque a vontade do povo, do povo soberano e que por isso é grande, só se expressa, efectivamente, em democracia, nas urnas.

Qualquer cidadão responsável, com bom senso e preocupado com o futuro do país, sabe que mesmo realizando eleições, não há garantia que, da vontade popular, resulte uma composição parlamentar diferente à que existe neste momento, o que significaria que passados alguns meses o país estaria na mesma situação em que se encontra, com a agravante dos custos inerentes à realização de uma consulta popular numa situação económica tão difícil.

A atitude do partido ADI de não regressar ao parlamento que é o coração da democracia e, que por isso, não pode parar, é uma atitude que não pode merecer, por acção ou omissão, cobertura do Presidente da República.

É no parlamento, e não fora dele, que se resolvem as questões por mais difíceis que estas sejam. A moralização da vida parlamentar não se obtém através da auto-exclusão dos deputados da vida parlamentar.

Como teve oportunidade de afirmar um ilustre membro do governo numa longa entrevista à TVS a actual crise pode ser uma oportunidade nomeadamente, para, de uma vez por todas, resolver situações que se arrastam à anos e anos, perante a inércia de todos.

Refiro-me, em concreto, ao regime da imunidade parlamentar em vigor no nosso país e à relação entre a Assembleia Nacional e os tribunais que tem permitido que o instituto da imunidade do deputado tenha passado de garantia a privilégio.

Este estado de coisas não pode, de facto continuar, pelo que quero deixar o compromisso, de me empenhar pessoalmente, no âmbito da magistratura de influência, para alterar o actual regime legal que tem permitido os mais variados abusos.

Compatriotas

Fruto da reflexão e das diligências efectuadas nos últimos dias e no cumprimento estrito dos poderes que me são constitucionalmente atribuídos solicitei ao MLSTP-PSD, segundo partido mais votado nas últimas eleições, que propusesse um primeiro-ministro que esteja em condições de formar um governo, com sustentabilidade parlamentar, que contribua para a estabilização da situação política, que não ponha em causa o trabalho dos últimos anos e que preserve a imagem externa do nosso país.

Como Presidente da República a quem cabe, uma posição suprapartidária, esta era a única solução constitucionalmente possível para, sem recurso a eleições, resolver esta crise artificialmente criada.

De acordo com essa proposta decidi indigitar o Dr. Gabriel Araújo Ferreira da Costa como Primeiro-Ministro de modo a que este encete imediatamente as necessárias diligências para formar, o mais rapidamente possível, um governo que preserve a unidade nacional e que esteja exclusivamente orientado para a resolução dos reais problemas do povo e do país, que são o combate à pobreza, o combate à corrupção e o crescimento económico que possibilite uma melhoria efectiva e concreta das condições de vida do povo.

Quero a terminar lançar mais uma vez um apelo à responsabilidade, ao sentido de estado e aos valores patrióticos de todos os que têm responsabilidades no país.

Estou certo que os cidadãos em geral saberão mais uma vez dar o exemplo e preservar o necessário clima de paz e tranquilidade para que o país vença os desafios que enfrenta.

Muito obrigado pela atenção e boa noite

  1. img
    Carlos Responder

    Gostei da escolha, finalmente!
    Patrice Trovoada para além de ser, arrogante, estupido e sínico é malcriado.
    Já reparam a forma como o Patrice trata o Presidente: ele ao invés de sua excelência-tem que voltar atras com a sua decisão, entre outras maneiras de dirigir a alguém que pode ser o seu pai. Sendo assim pergunto: que culpa tem o Pinto da Costa, se não foi o Pinto da Costa que introduziu “moção de censura ao governo? Se as pessoas não são educadas, não sabem dialogar, não sabem colaborar, sentem-se superiores, de quem é a culpa se as coisas lhes correm mal? O Presidente da Republica, buscou todas as formas de entendimento e viabilidade para que o ADI continuasse no governo. Mas o Patrice Trovoada, com a sua estupidez e ganancia, fez com que as coisas conhecem-se outro ritmo. País é de todos nós e não pode parar por causa de uma só pessoa “PATRICE EMERY TROVOADA”, assim sendo medidas tinham que serem tomadas. Já foi escolhida uma figura para o ocupar o cargo de Primeiro-ministro, uma figura, inteligente,ponderante. Apesar de algumas pessoas dizerem que fez isto e aquilo mas não é o que importa porque são referências do passado e deixemos de rancores. Porque as pessoas aprendem errando. Viva Dr. Gabriel Costa, viva S.Tomé e Príncipe, abaixo as pessoas de má-fé e os invejosos

    • img
      António Nilson Menezes do Rosário Amado Vaz Responder

      O Presidente da República Democrática de São Tomé e Príncipe, o Sr. Dr. Manuel Pinto da Costa, é um homem muito esperto, homem sensato, com boa visão de progresso economico e estabilidade nacional. Ele é um Chefe de Estado Africano muito inteligente! Se assim continuar, voltarei à S.T.P. para contribuir positivamente e dar ajuda rumo ao progresso e apoio no desenvolvimento do nosso lindo país. Com muito respeito! Até que enfim temos alguém que não nos envergonha falar aqui no estrangeiro… Presidente com todas as letras!

      António Nilson
      Estados Unidos de América

      “…com falta de diálogo e de prestação de contas sobre a sua governação e o caminho que pretendia para o país …” (Téla Nón).

      “São Tomé e Príncipe é um país que depende da ajuda internacional e em que as principais prioridades terão de ser o combate à pobreza e o desenvolvimento económico e social” (Téla Nón).

      “Mas apesar de todos os esforços para, através da via do diálogo, resolver a crise constatei a inexistência de um clima construtivo orientado para o rápido regresso à normalidade quando, a meu ver, os políticos deviam sempre, em primeiro lugar e exclusivamente, trabalhar para o povo e para o desenvolvimento do país, relegando para segundo plano os seus interesses particulares” (Téla Nón).

      “Foi neste quadro que pedi ao Presidente da ADI, Patrice Trovoada, para me propor um novo Primeiro-ministro do seu partido, uma vez que tinha constatado que a principal divergência estava centrada, por parte dos partidos da oposição, na forma como o chefe de governo exercia as suas funções, não respeitando, segundo esses partidos, as exigências democráticas perante a Assembleia, com falta de diálogo e de prestação de contas sobre a sua governação e o caminho que pretendia para o país” (Téla Nón).

    • img
      povomanda Responder

      Meus irmãos(POVO), sãotomenses, não se deixem serem enganados pelo Presidente da República,nós já fomos escravizados por esse senhor durante 15 ou mais anos.Abrem o olhos. O partido que tinha que estar no poder legitimamente é ADI, Cujo foi eleito pelo povo. Agora O País retrocedeu-se ao tempo de Partido Único. MLSTP,na Presidência e no Governo . Povos vamos sair a rua em massa protestar com a decisão errado do Pinto da Costa. Porquê Ele não convocou eleição antecipada? Porque o senhor queria tomar novamente o seu Brasão da ditadura. Oscarito é a pior pessoa para fazer parte de qualquer governo de um pais supostamente democrático. Quantos Cidadãos não foram esbofeteados por esse senhor,quando tentavam retirar areia de forma ilícita nas praias. Será esta a postura e ética moral de um Ministro???. VAMOS SAIR A RUA SIM.Nenhum partido vai governar o pais com perspectiva para desenvolvimento em menos de 2 anos . Eles Vão arrumar a casa e encher os bolsos, e mais nada vão fazer para o desenvolvimento dessas ilhas maravilhosas . Presidente da República devia aprender a trabalhar com o senhor Tozé Cassandra, esse sim,é um homem de saber e que luta para o desenvolvimento. Estamos fartos, desesperados com a politica praticada pelos políticos politiqueiros e Corruptos desse pais.BASTA;BASTA;BASTA!!!!!!! O Pais Precisa de Justiça.NOTA: Alguns dos atuais membros do governo não têm nada a ver com a minha critica, alias parece-me pessoas jovem com vontade de darem o seu melhor,mas não têm tempo para isso.

  2. img
    Neto Keta Responder

    Parabens!mas de uma vez por todas vamos trabalhar em prol do nosso povo,vamos fazer do nosso Pais o mesmo que os Equatorial-guinea estao a fazer…por favor deixen-se de politiqueses,nao podemos comprometer o desenvolvimento das nossas Ilhas temos condicoes para ter mos uma vida melhor…VIVA SAO TOME E PRINCIPE

    • img
      Jacaré Responder

      Bom discurso em termo de forma e conteúdo. Parece que existem condições para a verdadeira mudança. A única coisa que me preocupa neste mmento é que o Gabriel Costa possa aceitar trabalhar com algumas pessoas corruptas e incompetentes do MLSTP, PCD e MDFM e deitar tudo a perder. Esta é uma boa oportunidade para a verdadeira mudança no país. Estão reunidas condições para um trabalho de cooperação institucional entre os órgãos do estado em prol do desenvolvimento do país.
      O que me preocupa muito é a hipótese de algumas pessoas corruptas e incompetentes deste partidos poderem voltar ao governo do Gabriel Costa. Estou a falar do António Quintas, Gaudêncio Costa, Elsa Pinto, Arzemiro dos Prazeres, Defim Neves, Maria Tebús Trovoada, Santa, Rafael Branco, Maquengo e outros e outras incompetentes destes partidos que já nos habituaram aos vários casos de corrupção, incompetência e outras desgraças. Se for para colocar esta gente no governo então eu prefiria continuar com ADI e Patrice Trovoada. Por favor, senhor Gabriel Costa, não meta esta gente de novo no governo. Já demonstraram que não servem para esta função. O país não pode continuar, depois desta crise toda, a dar sinais de retrocesso político indo buscar gente falhada para o governo que já deu sinais mais que evidentes de incompetência em todos os domínios. Além disso estas pessoas já deram um msinal ao país que não sabem fazer mais nada se não for estarem nos diversos governos da república. Chega!!!! Estas pessoas têm que demosntrar que podem e devem fazer outras coisas na vida, exercer as suas actividades profissionais, se é que têm alguma. Ninguém nasceu para ser só ministro. Isto é sinal de incompetência e corrupção. Por favor senhor Gabriel Costa, não coloque estas pessoas no governo. Por favor… Eu estarei consigo em todas as lutas … O país precisa de avançar …
      Muita sorte para si nesta nova função.

      • img
        Calixto Bombaim Responder

        Subscrevo na totalidade aquilo que disse. Estas pessoas que mencionou não podem voltar a governo. Já demostraram falhanço total, incompetência e corrupção quando estiveram nestas funções noutros governos da república. Já chega desta gente falhada e parasita. Só querem estar nos diversos governos e ninguém sabe o que eles podem e devem fazer profissionalmente em prol do desenvolvimento do país. O país já experimentou estes incompetentes todos que o senhor nomeou e só deram mostras de corrupção e incompetência. Esta gente outra vez, não!!!!

  3. img
    ATENCIOSO NA DIASPORA Responder

    É MESMO ASSIM, UM PRESIDENTE TEM QUE TER POSTURA PRA POR FIM A ESSA ANARKIA QUE O ADI QUIZ IMPLANTAR NO PAIS….QUEM DISSE AO PATRICIE QUE SÓ ELE QUE É COPETENTE NO ADI…ELE SIM , DEVERIA SER HUMILDE INDICANDO UMA OUTRA PESSOA SE É QUE QUERIA MESMO ESTABILIDADE..AXO QUE ADI TEM JOVENS QUE SINCERAMENTE ME DESILUDIU…ESPEREI MUITO DELES MAS XEGUEI A CONCLUSAO QUE SAO MUITO MALCRIADOS….QUEM DISSE AO ADI QUE FAZER POLITICA É ASSIM?..CARO PRESIDENTE, CRIE CONDICOES DE NÓS TERMOS UMA POLITICA PRESIDENCIALISTA. SE DERMOS UM OLHAR PELO MUNDO FORA…TODOS OS PAISES COM REGIME PRESIDENCIALISTA DA SEMPRE UM PASSO GIGANTE EM TODOS OS NIVEIS…PORTANTE, SUA EXCELENCIA SE QUIZER TER O PAIS SEM MAIS CONFUSAO, QUE HAJA ESSE REGIME NO PAIS….AGORA QUANTO AO LEVY E AO BOA MORTE QUE XEGARAM A LUTAR NO PARLAMENTO, PARA MIN DEVIAM SER EXPULSOS DA SENA PILITICA SANTOMENSE….
    ESPERO QUE O GABRIEL COSTA MUDE O RUMO DISTO COM SUA AJUDA TAMBEM…..O SR PRESIDENTE TOMOU A DECISAO MAIS CERTA PARA ESSA SITUACAO E QUE ADI DEIXE DE TRETAS DIZENDO QUE SE HOUVER UMA ELEICAO ANTECIPADA, GANHARIAM COM MAIORIA…TINHA QUE SER POVO BURRO E IDIOTA PRA VOTAR EM ADI…VCS DO ADI DELILUDIRAM MUITO O POVO SANTOMENSE…..TODO O JEVEM STP VOTARAM EM ADI..E O QUE ACONTECEU? ….UM ABRACO AO MEU PRESIDENTE. BEM HAJA

  4. img
    inteligencia Responder

    Senhor Presidente da República as coisas mudaram, embora estando completamente contra a sua forma de dirigir este quadro politico, porque o senhor deixou de ser arbitro para ocupar o lugar de um dos seleccionadores, sabendo também que o senhor quer ser chefe de governo. Eu acredito que o Dr. Gabriel Costa hora indigitado também será chefe do governo, assim aconselharia ao senhor Presidente a acostumar-se com o termo”PRIMEIRO MINISTRO E CHEFE DO GOVERNO”, porque nas suas locuções sempre refere ao primeiro e esquecesse de chefe de governo. O tempo passou e já não estamos no momento que o senhor fazia tudo.

  5. img
    Barão de Água Ize Responder

    Pinto da Costa com a sua posição nesta crise, está a corrigir os erros que cometeu no passado no pós independência.
    Está de parabéns pois tem tomado as decisões certas em defesa da legalidade e da democracia.
    STP pode e deve ser um exemplo em África.
    Não aos aprendizes de ditadores e politicos mal educados como Patrice de Liverville.
    Parabéns Senhor Presidente! Viva a Democracia!

  6. img
    Paparazzi Responder

    Isso chama Educar
    Sua excia dr manuel pinto da costa mostrou ao levy nazare e ao patrice trovoada que estamos juntos mas nao estamos misturados fez um discurso para reflexao para quem quer o bem estar de todos
    Eu topo
    Pc tem educacao

  7. img
    Jose Rufino Responder

    Finalmente ja se esperava esta escolhas,o nosso pais parece nao haver mais escolhas por isto esta ai uma dela.agora vamos esperar para ver,este senhor tambem tem fama de ser arrogante,..agora a ver vamos.Espero que o senhor presidente nao esqueca das promessas da campanha…deus nos ajude…

  8. img
    Conobia cua lumado Responder

    E assim que se vive na nossa Ilha Maraviliosa, politicos como Patrice Trovoada sem educacao de berco, maroto.
    Sr Abilio Neto, ao calor de africa seja mais imparcial nos seus comentarios, esquecas as grojetas de Patrice.
    Fui…

  9. img
    lyetet mendes Responder

    FINALMENTE ALGUEM POE ONDEM EM CASA…..VIVA S.TOME E PRINCIPE….

  10. img
    JOSE CARLOS Responder

    Muito bem senhor Presidente, continue assim a defender os intresses da Nação… O País não pode parar seja por quem for… se não quiserem ir ao Parlamento, deixa estar, o Povo depois fará a sua justiça nas urnas, estão convencidos que com o banho ganham tudo, mas estão é enganadaos, aliás creio que devemos já começar a trabalhar para banir o banho nas eleições, para vermos onde é que vai parar a ADI e o seu dono- Patrice Trovoda… VIVA SÃO TOME E PRINCIPE

  11. img
    Pascoal Responder

    Os argumentos apresentados pela Sua ExªSenhor Presidente não me parece convencer muito a aqueles que o apoiaram e acreditaram na sua pessoa para o lugar que ocupa, simplesmente diz:este golpezinho tem um dedo meu, o tempo de ausencia, não deu pra corrigir os erros do passado, o que se lamenta muito, pois o tempo dirá …

    • img
      de ceita Responder

      os que acreditaram nele enganaram-se, as cores do seu cabelo mudaram mais o seu coração não.

  12. img
    Santosku Responder

    parabéns sr. Presidente da República. Vivo no exterior mas tenho acompanhado as suas intervenções e decisões é mesmo de dizer o Sr é na realiadade o Presidente de todos os santomenses e aceito chamar-lhe “PAI GRANDE”. O Patrice + o Levy Nazaré precisavam desta lição, porque estavam a experimentar as suas capacidades mas arrependeram-se.Concordo consigo sr. Presidente ao referir que a crise politica foi artificialmente criada. Viva a democracia

  13. img
    vava sovietico Responder

    sabias palavras,SAO TOME E PRINCIPE é mais importante que os politicos portanto todos tem que lutar em pról do desenvolvimento do nosso país,,,parabens sr presidente pela calma na altura em que alguns so demostravam nervosismo….

  14. img
    desemprego a vista Responder

    O rapaz patrice trovada ,tem que parar e meditar no belo e sabidiscurso do nosso presidente da republica.
    Isso é que se diz ser santomense ,e querer que de facto o pais avance,colocar os interesses da nação,e do povo santomense acima dos interesses pessoais.
    o patice so quero o petroleo de s.tomé e mais nada.
    descanse em paz ,a sua ida esta pra breve.

  15. img
    jorge desalmado Responder

    Só os INCAUTOS como voces é que Pinto engana.
    A vida é como a uma MOEDA, tem cara e tem a coroa. A cara já o vimos durante os 15 anos do partido unico. A coroa já vimos durante os 20 anos da INERCIA. Agora estaremos a espera das duas faces juntas. Haveremos de lá chegar.

    • img
      Direito Responder

      Diga-me meu Caro cauteloso,o que é que esta nas afirmaçõs desse Homem que te causa duvidas,aonde do discurso que te pareceu omisso,o ódio que gente como tu pretende semear,será o vosso proprio veneno,eu sinto miuto Camarada Pinto da Costa a idade que vós hoje tendes fará com que não contemos longos anos com os vossos prestimos,só o homem que tenta experimenta o sabor do erro,como falível que é,levanta a cabeça e emenda,porque a força de um homem não se mede no não cair mas no saber se recompôr,HABBEMOS PRESIDENTE,e louvado seja Deus,que o tempo e a verdade sejam os unicos seus julgadores,e que a história traga aos menos lucidos a nobreza do seu ser,deu-nos Democracia sem sangue,foi vilependiado por muitos,mas o bom filho retorna sempre a casa ninguém é imuutavél…Obrigado Camarada Costa.

      • img
        santola Responder

        Subscrevo

    • img
      Ami mé Responder

      O Gabriel Costa é o Primeiro-ministro mas o Chefe de Governo é o Pinto da Costa. Enganam-se aqueles que pensam que o Gabriel foi simplesmente indigitado pelo MLSTP.
      Desta forma o Pinto da Costa já tem o poder completo do país nas suas mãos como ele sempre desejou. A mentalidade do DITADOR ainda não desapareceu…é difícil mudar a mentalidade de um idoso e principalmente quando ele está para se vingar das pessoas que lhe derrotou politicamente no passado…Depois de 20 anos sem contribuir para o bem-estar político, económico e social do país, ele aparece agora como o intocável e com a arrogância dos anos 70.
      O mais importante é que nós somos democráticos e as leis do país não lhe permitirão fazer isto.

      • img
        Direito Responder

        Sustenta-me essa ideia em factos,agradecia,porque sou um cidadão comprometido com o meu país,porque se for mera cogitação de espirito desemparado a porta das trevas,aconselho-te a não intervir neste espaço,porque somos todos iguais mas todos diferentes,uns utilizam mais a emoção,outros mais a razão…

    • img
      Sensa Comissário Responder

      Meus Caros Leitores
      Meu Caro Jorge Desalmado… espero sinceramente, aquilo que escreveste… que eu também penso… Que uma moeda tem duas caras… e já “vimos” as duas caras da Sua Excelência Da Costa… Espero eu, que juntas podem dar algo que presta… mas que presta neste nosso ainda PAÍS.
      Esteve no PODER 15 anos, e posteriores 20 fora no SILENCIO!!!
      Eu não sei muito por não ter visto muitas coisas, por isso oiço muito… mas quero provas. De isso e aquilo!!!
      Falam tanto desse nosso Presidente… eu quero provas… mesmo tendo visto muitas coisas na TV, culpando ELE, quero provas como eu conheço, vi, e sei das coisas ocultas e mal explicadas como o problema do GGA, da Linha de Crédito, da Doca de Peixe, do STP- TRADING e muitos outros que mete na coisa PÚBLICA… coisa de todos os Cidadãos Santomenses.
      E o Direto diz, bem das coisas metendo o Senhor no meio…
      Meu Senhor, não meta o nome do Senhor nas politiquices desses Políticos… É PECADO AQUILO QUE ELES FAZEM.
      BEM HAJA STP

  16. img
    A luta continua Responder

    Esse Senhor é mesmo um patriota. Fomos sim é enganados todos esse tempo pelo Trovoadas é pena mas antes tarde do que nunca. PG por favor faça tudo que estiver a seu alcance pra o bem estar desse povo.
    Continui assim que O senhor está no caminho Certo! Com poucas palavras ta sabendo agir no momento proprio! De fundo do meu coração quero parabenizar mais uma vez pela decisão tomada!

  17. img
    Lede di alame ça ua Responder

    Patrice e suas colombeias sao meninos mimados e curruptos, o pais nao podia avancar assim; mas o problema tb esta nesses partidos da oposicao, que nao conseguem viver sem estar no poder, por isso que lamentavelmente era melhor adptar outro sistema de governacao, acho que seria melhor para o povo, porque ha muito jogo de interesses em STP.

  18. img
    Maria Responder

    Parabéns Sr Presidente.

  19. img
    inteligencia Responder

    Sr Abel, porque de não publicação do meu ccomentário?

  20. img
    O Analista e Censurador Responder

    É bom que leiam e entendem o que Sua Excelência Presidente da República, expressou no comunicado e depois fazer comentários. Repito dizer que, ESTE é o político mais posicionado do País. Excelente discurso…
    Viva Dr.Manuel Pinto da Costa
    Viva Presidente da República
    É bom que o SENHOR, transmita um pouco da sua Ideologia politica para os nossos políticos, para entender que não é com politiquices que um país desenvolve.

  21. img
    Féde ká Dóxi Responder

    Espeo que Gabriel, não estando ligado a nenhum Partido, embora qualquer de nós tenhamos um por simpatia, tome medidas contra os gatunos, a todos os níveis, os corruptos. A começar com o Procurador quejá fez mtas atrocidades. Se quizer acabar com a pobrteza, comece a acabar com os ladrões de cabras, galinhas,cacau, bananas, assalto as casas e as hortas. Só que começas ater problemas com escuamento.
    Três meses depois, verás os resultados. Não tenha medo. Caro Gabriel meu amigo não tem eleições para ganhar. Coloque isto na sua cabeça e verás o resultado.

  22. img
    Helves Santola Responder

    Eu fui educado com rigor, atitude, seriedade, punho…. ñ sou a favor de ninguém, nunca votei… mas sempre concordei com as palavras do senhor presidente e, mais uma vez, compartilho da mesma opinião, mesmo ñ conhecendo muito da vida ou da política….

  23. img
    JOSE CARLOS Responder

    Att. Senhor(a) que se apresenta como Ami mé,
    Não venho fazer a defesa do senhor Presidente, mas acho sem cabimento o que diz o senhor(a) Ami mé, as suas palavras parecem completamenta ultrapassadas no contexto, o senhor deve ser daquelas pessoas que vivem com a psicose e veêm problemas onde eles não existem…. seja mais optimista homem, já agora apresenta-te

  24. img
    cao sem sorte Responder

    Boa tarde,nao quer que voces façam a avaliação deste comentario porque ja sei qual vai ser a votação, poerque quem faz a votação o que agrada é que fica bom ou ruim: vim só para vos dizer que daqui ha mais alguns meses voces vaõ ver que os domonios vao virar contra feteceiros, nao dou mais que 6 meses voces vao mi dar a razão, esta coligação nao vai durar, entre esse meios a quem nao vai ficar de acordo, quando nao vao consigue tirar para os seus bolço vai fazer confução. Fuuiii……..

  25. img
    cao sem sorte Responder

    este discurso que o Pinto da Costa nao é credivel: isto porque ele esta aliado com os partido que formaram esta coligação de fantoche, como sabem que ir a eleição o ADI ganharía com maioria absoluta é por isso que ele disviou esta conversa, esta esta com medo,

    • img
      Direito Responder

      Sem comentário,são sinais de manifestação de que vivemos em Democracia,e graças ao Pinto da Costa,não sei como um Cão Sem Sorte,pode ser tão afortunado,até tem capacidade para vidente,ou bruxo,cuidado bô ku viscu d,untué…

  26. img
    Non molé Responder

    Muito bem sro Presidente , à que por ordem nisso , cumprir e fazer cumprir as leis da nossa constituição.Temos que criar Portos seguros para que tenhamos uma boa imagem aos olhos dos nosso financiadores. O pais não pode e nem deve parar por inegligencias de uns ou outros.Força Pai Grande

  27. img
    jovem de 90 anos Responder

    meus irmaos de sao tome e principe,
    e hora de nos unirmos ,o que passou passou
    nao vamos apegor ao passado para que nao fiquemos nele.irmaos e hora de construir
    um pais melhor, ja temos um primeiro ministro ,bom ,vamos ajudalo a resolver os nossos problemas ,cultivando paz e a comcordia, que o senhor doutor gabriel costa seja o 1º ministro de todos nos

  28. img
    agua fresca Responder

    Meus caros gostei da posição que irá repor a ordem e disciplina neste País que, enferma de uma impunidade absoluta de algum tempo a esta parte. Dever-se-á começar a fiscalizar os antigos membros do governo, pessoal dos tribunais, do parlamento e da procuradoria da República, para que estes possam ser o verdadeiro bom exemplo para sociedade santomense.
    Depois:
    2. Descer as direcções e começar pela direcção dos cadastros: Há muita irregularidade na ditribuição de terras do estado.( Pessoas com pedido há mais de dois, três e quatro anos não conseguem terreno para construir, enquanto são atribuídos terrenos para as comadres e compadres que tem pedidos muito recentes). Preciamos saber qual é o critério desta distribuição.
    3. GGA como vão as coisas por lá?
    4. Porquè que muitas agencias de viagem recusaram o agenciamento dos tais navios polémicos Taiwaneses que se encontram nas nossas águas?
    5.6.7.8.9…………

  29. img
    MLSTP, rodent rat Responder

    Pessoal, digam coisas com cabimento,não façam apologia ao corruptos de “3 décadas”.

  30. img
    Arzemiro dos Prazeres Responder

    Do discurso do Presidente realce-se o seguinte: “Refiro-me, em concreto, ao regime da imunidade parlamentar em vigor no nosso país e à relação entre a Assembleia Nacional e os tribunais que tem permitido que o instituto da imunidade do deputado tenha passado de garantia a privilégio.
    Este estado de coisas não pode, de facto continuar, pelo que quero deixar o compromisso, de me empenhar pessoalmente, no âmbito da magistratura de influência, para alterar o actual regime legal que tem permitido os mais variados abusos”
    Em função disso e antes desta nobre intenção do Sr Presidente da Republica, eis abaixo o teor da declaração que fiz a nação através da TVS , RADIO NACIONAL E JUBILAR:
    Depois de ter suportado os mais vis insultos de pessoas que não medem nem escolhem os meios para atingir os seus objetivos maléficos e, porque aqueles que comigo convivem, sabem da minha retidão e honestidade como homem e politico, que me impedem de dar azo a essa campanha de enegrecimento, do que ainda existe de bom na politica, anuncio-vos que uma vez ter terminado a minha actuação na ultima sessão parlamentar, acabei de solicitar à Assembleia Nacional a suspensão da minha participação como deputado suplente nesta legislatura e em consequência disso não usufruo mais neste momento de qualquer imunidade parlamentar. Com esse gesto, espero contribuir para impedir aqueles que, utilizando a infâmia e a mentira como armas de arremesso politico, de promoverem a agudização do clima de crispação e de ódio no seio da classe politica e que perigosamente vai contaminando toda a nossa sociedade. Aqueles que me conhecem certamente não estranharão essa minha atitude, pois que ao contrário do que propalam e vendem os meus detratores, fui eu o único politico que no passado recente despiu-se voluntariamente da sua imunidade parlamentar , algo na altura bastante contrariado pelos meus colegas e que se apresentou ao Procurador Geral da República aquando do processo do GGA, porque quem não deve não teme. Hoje, assim como daquela vez, estou envolvido num processo judicial em que eu sou a vítima, pois o verdadeiro culpado é um cidadão português, que me subtraiu engenhosamente grandes quantias em dinheiro para construir duas obras do Estado. A esse propósito , convém informar e esclarecer a todo povo de S.Tomé e Príncipe de que o que me acusam nada tem ver com roubo ou desvio de dinheiro. Trata-se sim de uma obra de construção de gabinetes em cima do edifício conhecido como “Artes e Oficios”, aonde funciona uma das direções do Ministério da Educação, cujos trabalhos ainda não foram concluídos por falta de material , razão de que não sou eu o responsável mas sim o cidadão português de nome José Machado , que por sinal estou processando nos tribunais portugueses e que numa carta dirigida ao então Ministro da Educação confessou que é ele o único culpado pelo atraso no acabamento das obras. Nesta mesma carta, promete ainda o cidadão português ao Senhor Ministro que ele vai acabar as obras. Então porquê me perseguem? O que vos fiz eu? Quem matei da vossa família? Tudo isso apenas por ser eu um dos líderes da oposição? O ódio só atrai o ódio. Alguém terá dito “Somos Todos Primos”. Por acaso acham que o que me fazem não encontra resposta na vossa família?
    Impediram-me de contar a verdade na Assembleia Nacional, fazendo-se passar por falsos moralistas, quando, suspensos que estão da Assembleia Nacional, continuam a receber descaradamente as benesses do cargo, como talões de combustível, subsídios, recargas de telemóveis e mesmo passaporte diplomáticos que sorrateiramente solicitam ao Presidente da Assembleia que dizem não reconhecer. Aonde está a vossa tão exaltada moralização da Assembleia Nacional ? Apesar de tudo, não me impedirão de continuar a ser um cidadão correto e comprometido com a verdade. Agora, que não sou mais deputado suplente espero que o Meritissimo Juiz de Instrução possa com a celeridade que o processo ora exige, esclarecer de uma vez por todas essa vergonhosa mentira. Finalmente quero alertar aos meus adversários políticos que renunciei ao meu direito de estar na Assembleia Nacional como deputado suplente, mas vão ter que me engolir, pois continuarei ativo como militante politico ,firme e forte nas fileiras do meu Partido.

    Arzemiro dos Prazeres
    B.I:15970
    Telefone 9903007

    • img
      Quá ê dá ê dá Responder

      Meu caro Bano, muito bem colocado, embora deva ser colocado que todo o cidadão é inocente até que se prove o contrário, e o princípio do contraditório é um dos alicerces do Direito. Estas a fazer a tua defesa, legítimo, mas e as falcatruas de que és acusado? Haver vamos, é esperar pra crer, parafraseando o Meretíssimo Augério Amado Vaz, só com cristo.

    • img
      sandra Responder

      queria dizer voces

    • img
      ana Responder

      agora a teu numero te telefone esta ao publico vao por rastaparte…….LOLLLLLLLLLL

    • img
      luisó Responder

      Quem não deve não teme…

    • img
      h silva Responder

      Nao sei se o homem era honesto ou nao,mas pela decisao tens todo meu beneficio de duvidas.oxala que no passado recente muitos outros fizessem o mesmo.Nao diria retirar o seu nome como deputado mas a menos suspender o mandato para acertar contas com a justica.Arzemiro hoje ganhou pontos,e que tomamos isso como um exemplo na Assembleia Nacional.Parabens Bano

    • img
      Gente Responder

      E não tens o que fazer….poderia pelo menos fazer algum cometário sobre o discurso do PR…vem cá falar mais uma vez de um pronunciamento vago e desqualificado e demagógico, uma pena ver o povo de são tomé e Príncipe ser insistentemente engano por estes políticos e empresários de meia tigela…

    • img
      Direito Responder

      Acredite meu Caro cidadão que não só sairia impoluta a sua dignidade,como prestaria um serviço ao povo,se levada avante essa decisão sem uso de nenhum artificio direto ou indireto que inviabilize qualquer investigação,vós servireis de exemplo para os restantes pares em iguais circunstâncias.Um bem haja,o que queremos é um São Tomé e Príncipe melhor…

  31. img
    Dondô Responder

    É verdade que todos nós somos culpados; estas poucas vergonhas têm acontecido, porque esquecemos muito rápido ou por outro, de um momento para o outro, deixamo-nos levar por simpatia. Numa só vós deveríamos dizer que esta ou aquela figura não vale para conduzir o destino do País. Haver vamos, como é possível um deputado delinquente ter-se trocado de lugar no Parlamento por outro, para não se apresentar a justiça? Não seria o Próprio partido à afastá-lo no sentido de se defender da acusação que é alvo, salvaguardando o seu bom nome?
    Falou-se tanto da arrogância – O governo foi demitido porque os seus elementos eram arrogantes? Quem faz o combate a corrupção ou seu bastão, não pode colaborar com os que são corruptos, pois os corruptos são detentores de meios que, num esfregar do olho, este compromete o adversário. Falou-se, e fala-se tanto do combate a corrupção, ninguém foi preso, ninguém está preso e ninguém irá preso, está-se à combater a corrupção. O Procurador Geral da República, é alguém com o rosto?

  32. img
    Haja Paciência Responder

    Todos, independentimente da classe politica ou posição social k ocupa vai em determinado momento expressar um ar de arrogância pk somos por natureza imperfeitos.O k me preocupa n é este “lado humano” + sim a capacidade,a intensão e sobretudo a demostração de factos k contribua p desenvolvimento de 1 povo como 1 todo,e isto verificou-se com o sr. Patrice Trovoada e pela 2ª vez.
    O passado governo foi eleito democraticamente pelo povo assim como foi o presidente,o k criou no povo provavelmente a maior expectativa de sempre.Creio k 1 dos melhores trabalhos de sempre em STP foi feito em apenas 2 anos o k prova k sempre houve condições p fazer crescer esse lindo país, + infelizmente a pessoa certa n esta no lugar certo, ou acaba saindo.
    Pto de vista + a reflexão. (Fui…)

  33. img
    Helves Santola Responder

    Se tem como provar e o fizer, estarei nessa luta consigo, pode contar comigo quando precisar!

  34. img
    H.Vaz Responder

    agora como fica os negócios escuros, como vai ser daqui para frente compadre P.T?

  35. img
    jorge desalmado Responder

    Oh meu caro Azemiro dos Prazeres, deixe de falsa modestia. No nosso RAKING de corrupção estas no Top 10. So nao estas no Podio (entre os 3 primeiros)porque o governo MDFD/PCD durou pouco mas mesmo assim tas a roçar lugar 6…, 7. Desafia-me.

  36. img
    Amélia Responder

    Parabéns senhor presidente pela coragem e em defesa do povo s, tomense,antes tarde duque nunca,conseguiu mandar os corruptos para casa.VIVA S.TOME VIVA assim o pais vai melhorar !!!

  37. img
    J.Rosário Responder

    A melhor saída baseada em prudência,alto sentido de estado e verdadeiro espírito democrático.Pinto da Costa já tinha demonstrado a nação são-tomense na fase de transição ao regime democrático que a mudança é saudável e recomendável quando o povo manifesta interesse por ela.Que os líderes políticos não se podem considerar vitalícios ,eternos,que o tempo se encarrega em demonstrar o contrario.Para um pais como o nosso é preciso existir o patriotismo,consciência politica,ausência do egoísmo( o EU sem os outros .o seu fim provável é o fracasso),portanto meus senhores encontro nas palavras sabias deste grande estadista,no seu discurso,a prudência,o apelo a harmonia,paz entre os são-tomenses.Espero que os trunfos fortes :a luta contra a pobreza.contra a corrupção que impulsionaram Pinto da Costa ao triunfo nas eleições sejam um ponto de convergência com as ações do futuro governo chefiado por Gabriel Costa.Gabriel Costa aparenta ser pessoa sensata,responsável e deixa transparecer rigor nas suas decisões,mas as aparências enganam.Que ponha a prova a sua escolha e não nos decepcione.Espero que ele priorize o combate a corrupção,inverta o estado social atual de STP .Que faça reformas urgentes no sistema da saúde e justiça .Que seja primeiro ministro digno,diferente de outros qu o antecederam.Que o cidadão são-tomense, Gabriel Costa seja verdadeiro patriota e ausculte o real batimento dos corações de todos os são-tomenses. Que o novo Primeiro Ministro não nos dê motivos para duvidar da sua capacidade de ação/execução enquadradas num principio:fazer algo digno para o povo e que o mesmo ganhe com agradecimentos como retribuição.Que seja um chefe de governo que se envolva e sinta os problemas do povo como os dele.Tenho esperança,o povo vive de esperança e ansiosos esperamos todos que o mal que inferniza STP possa conhecer gradualmente o fim.To .Que o próximo governo trabalhe para o povo e esqueça os interesses individuais.Bem haja,João do Rosário

  38. img
    Kua- li- tassondu Responder

    Meus caros irmãos ( santomenses ) felizmente Pinto da Costa é um cidadão dos tempos :
    Bom dia
    Boa noite
    Obrigado
    Por favor
    Colicença
    Adeus e etc
    Nisto quer eu dizer Educação e como todos sabemos ser educado não significa ter medo , entretanto ter educação é um privilegio , infelizmente o senhor patrice trovoada não teve este privilegio lamentável .

  39. img
    João Rodrigues Serôdio Responder

    Não me revejo em nenhum Partido Político com assento na Assembleia,nem no actual Presidente da República.A declaração que Pinto da Costa fez ao País,mais não é do que a confirmação de um Golpe de Estado Palaciano.Diz que esta crise foi provocada voluntariamente e com premeditação,tendo em vista fins meramente políticos e interesses partidários.A quem interessa e porquê? Porque não trata os bois pelo nome? SE como diz, que o Primeiro-Ministro não respeitava Assembleia,não apresentava contas sobre a sua governação e o que pretendia para o País,não respeitou a Constituição,porque não o demitiu por falta de Confiança Política?Porque deixou chegar o País a este ponto,quando nesta altura do ano,o Orçamento de Estado para 2013,devia ter sido apresentado e discutido.Ao solicitar ao MLSTP-PSD,segundo partido mais votado nas últimas eleições,para propor 1 Primeiro-Ministro,o Presidente da República,desrespeita a regra fundamental em que assenta o Regime Democrático,em que a vontade do Povo nas urnas,foi a não eleição deste partido para dirigir os destinos do País nas últimas Eleições.Por último e não menos importante,referir-se ao Regime de Imunidade Parlamentar em vigor,entre a Assembleia e os Tribunais,tenha passado de garantia a privilégio,não deixa de ser irónico,vindo de quem porventura seja o mesmo que há mais tempo tem estado no Poder desde a Independência.

  40. img
    Mé Pó Feladu Responder

    todos são uma cambardas de gatunos Fuiiiii

  41. img
    Mé Pó Feladu Responder

    muita dor de cotovelo, foram utlizados agora quem tem tacho caras novas sem cv sujo vejam o novo elenco parabens meu vizinho helio coragem e traga tudo a superficie viva democracia viva stp

  42. img
    Fernando Quaresma Responder

    Estou convencido que todos aqueles que acham que Sua Exa. o Presidente da República devia decidir de outra meneira têm a consciência que STP carece de condições financeiras para suportar as despesas das eleições legislativas antecipadas.
    Também têm a consciência que urge estabelecer a estabilidade política no país, e que o resultado das eleições antecipadas nem sempre garante essa estabilidade.
    Assim sendo, se na verdade os partidos políticos defendem o bem da nação, por que razão não actuam de acordo com a consciência?

  43. img
    malebobo Responder

    stp, somos todos parentes, nada de odio, quanto não estaremos tramado,os antigos governantes faça tudo que seja de bom por favor transmitam aos mais novo o vosso conhecimento, so assim o pais conhecerá o seu desenvolvimento,

  44. img
    malebobo Responder

    vê so quem fala por amor de deus, bano quem não ti conhece como um dos corruptos da nossa praça

  45. img
    Pascoal Responder

    Este governo é sol de pouca dura meus senores, se pra escolherem e nomearem um primeiro ministro a cooligação começou com devergencia pq todos os partidos pertencentes aprsentaram nas suas fileiras o seu candidato como o candidato ideal, agora vamos ver amanhã se não vai haver contraversia.

  46. img
    Eugénio Responder

    isso é que chama lei da negação da negação
    porquê, se o pinto não toma-se uma medida exemplar, ou seja, uma medida chamado com
    esculhões, estariam a chamar-lhe banana ou casca dela

  47. img
    belita Domingos Responder

    Sim senhor Presidente Pinto da Costa fizeste um bom papel quem nao da vai pra casa, esse falar povo põe povo tira é conversa de xaxa, e demorrou muito por isso que esses malcriados sem educação de berço começaram mandar boca, eles não sabem que quem manda pode, agora os ADI estão com dor de cotovelo, nem sei porquê sabendo que eles mesmo é que deram bandeira agora vão todos repousar pela sombra

  48. img
    Arzemiro dos Prazeres Responder

    Senhor Desalmado escreveu
    “Oh meu caro Azemiro dos Prazeres, deixe de falsa modestia. No nosso RAKING de corrupção estas no Top 10. So nao estas no Podio (entre os 3 primeiros)porque o governo MDFD/PCD durou pouco mas mesmo assim tas a roçar lugar 6…, 7. Desafia-me”.
    Pois estas desafiado. Em primeiro lugar sai dessa capa de ratazana em que estas escondido e publica o teu nº de telefone e B.I.
    Arzemiro “Banno” dos Prazeres

  49. img
    Eduardo Responder

    Agora q xtou a ver o Dr Manuel Pinto da Costa a trabalhar temos agora o antigo arbitro voltou pra o campo ta bom assim meu pai discunfia com aqueles q comfiam em sr nao esquece q o sr. e a cabessa do povo da RDSTP eles sao muitos q preocupa c/ seu interesse partidarios ou pessoal ainda nao acabou.

  50. img
    nha vida Responder

    sem vergolha tem que ajuntar 10 partido para atingir um parvo

  51. img
    Jovem de Bela Avenida Responder

    o Senhor presidente tomou a pior decisão que alguma vez podesse ser tomada, votei em si Senhor Presidente na experança de o ver trabalhar fazer algo para o País em democracia, pois o Senhor ainda não pode governar neste regime, mas logo no começo o Senhor faz me uma barbaridade desta, votei em si porque pensei que de facto havia rompido com o MLSTP, atenção sempre fui deste partido, sempre acreditei em si, mas reafirmo sempre fui de outro MLSTP, não deste com aqueles que…nem vale a pena falar…os garndes nome destes partidos ja deviam estar reformados, são sempre os mesmo desde 1975.
    Eu preferia mil vezes o Senhor convocar eleições atecepadas, que colocar senhor Gabriel Costa, como primeiro ministro, quantas vezes ele ja foi, o que ele fez, Senhor Presidente Dr. Manuel Pinto da Costa, o senhor parece ter feito a pior das burradas de todos os tempos, espero que o Senhor esteje ciente de que ha grande parte de Jovens como eu que não mais votará em si, espero eu. Boa sorte no burraco feito por si.

Deixe um comentario

*