Política

Assembleia Nacional reactiva Conselho Superior de Imprensa

O Presidente da Assembleia Nacional Alcino Pinto, deu posse a novos membros do Conselho Superior de Imprensa. O órgão fiscalizador das actividades da imprensa, e promotor da liberdade e do pluralismo, esteve cerca de 1 ano paralisado.

Jossiley Patrick Lopes, um dos membros do Conselho Superior de Imprensa, que falou em nome dos outros 6 colegas, prometeu muito trabalho para responder a todos os processos ligados a liberdade de impressa que mereça intervenção do referido órgão.

Os 7 membros do Conselho Superior de Impensa, foram eleitos na ultima sessão parlamentar ,  o conselho é composto por sete membros. «O conselho superior de imprensa é um órgão independente que garante num estado de direito democrático não só a liberdade de expressão como também o direito de informar  e de ser informado, nesta conjuntura orientaremos as nossas árduas ações douradas pelos princípios constitucionais e legais que regem o conselho superior de imprensa», declarou Jossiley Patrick Lopes.

O Presidente do Parlamento realçou a importância do Conselho Superior de Imprensa no aprofundamento do Estado de Direito Democrático. « Julgo que o que acabamos de fazer  é um contributo significativo para que a nossa democracia mantenha-se viva e a sua vitalidade seja cada vez mais pujante, o conselho superior de imprensa que acabamos de empossar é um órgão importantíssimo no esqueleto da nossa arquitetura de informação, um órgão que vai supervisionar e garantir a liberdade de imprensa no nosso país», afirmou Alcino Pinto  Presidente da Assembleia Nacional.

Membros do Governo, dos Tribunais, deputados e outros convidados marcaram presença na investidura de 5 membros do Conselho Superior de Imprensa. Pelo menos dois membros não não foram empossados na cerimónia da última quinta – feira, nomeadamente o jornalista Juvenal Rodrigues que representa o Sindicato dos Jornalistas, e  Manuel Barros.

Abel Veiga

    8 comentários

8 comentários

  1. Martelo da Justiça

    22 de Dezembro de 2012 as 11:29

    Alguem pode-me dizer porquê que o Governo de Patrice Trovoada não pôs esse Orgão importante a foncionar?? É um assunto que proponho para ser discutido neste Forum.
    Desejo que o Conselho Superior de Imprensa garanta duma vez por todas uma liberdade de expressão a todos os níveis para o bem da democracia em São Tomé e Principe

    • Os Leonenses

      22 de Dezembro de 2012 as 12:46

      Porque o governo de Patrice Trovoada queria instalar ditadura em S.Tome e Principe. Sendo assim nao lhe interessava por em funcionamento este importante orgao que e o Conselho superior de imprensa.

  2. Féde ká Dóxi

    24 de Dezembro de 2012 as 11:36

    Agora é que tgemos a democracia.
    Viva a democracia. Abaixo a ditadura dos Trovoadas.
    Viva o Povo de S.Tomé e Príncipe.

  3. Fala pouco

    25 de Dezembro de 2012 as 21:19

    O filho de peixe sai peixeTrovoada Pai nunca pensou neste povo o filhinho também mesma coisa eta família sempre pensou viver fora nao tem amor com S Tomé .Trvadinho vai para sempre já nao volta deixa-nos em paz

  4. Fala pouco

    25 de Dezembro de 2012 as 22:07

    O filho de peixe sai peixeTrovoada Pai nunca pensou neste povo o filhinho também mesma coisa esta família sempre pensou viver fora nao tem amor com S Tomé .Trovadinho vai para sempre já nao volta deixa-nos em paz

  5. francisco

    26 de Dezembro de 2012 as 9:38

    Parabéns professor Armindo Aguiar!Mas o melhor que este Governo poderia ter feito é colocar um ministério de Cultura em que o Ministro seria o professor lamento isto em vista de competência que há no professor.

  6. pomba branca

    6 de Janeiro de 2013 as 21:35

    pomba branca desde queesta-mos nesta bricadeira esta-mos arumados em porta,nào fica aberta nem fica feixada,vai e vem vem rvai até quando???????????????

  7. pomba branca

    6 de Janeiro de 2013 as 21:49

    so com cristo quem é bom nào deixam trbalhar é so mudança,atè quando minha que vamos sair dessas até o mundo acbar?????????????

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo