Política

ADI pede explicação a CEN sobre problema na base de dados

Os deputados do partido ADI, pediram  explicações na quarta -feira  à Comissão Eleitoral Nacional, sobre os problemas registados na base de dados da referida instituição. Foi durante um encontro que decorreu no Palácio dos Congressos.

Os deputados do maior partido da oposição, ADI dizem estar preocupados com o defeito informático registado na base de dados da comissão eleitoral nacional. Como forma de conhecer de perto a questão, os deputados da acção democrática independente solicitaram um  encontro   com os elementos da Comissão Nacional Eleitoral, para  melhor explicarem  sobre o problema que tem atrasado o arranque do recenseamento da população.

Segundo Idalécio Quaresma, líder da bancada parlamentar da ADI, o objectivo principal do encontro visou saber o quê que vai mal na base de dados da CEN. «O quê que nós podemos fazer de forma a ajudá-los também  a prepara as próximas eleições tendo em conta que estamos no ano eleitoral. Neste momento devia estar a decorrer o recenseamento eleitoral, o que não é possível tendo em conta algumas deficiências com as maquinas. Portanto são todas essas questões que fez-nos chamar a comissão eleitoral para conhecer de perto a situação» disse Idalécio Quaresma – Líder parlamentar da AD.

O encontro que decorreu no  palácio dos congressos serviu para elucidar um pouco os deputados da ADI, sobre os problemas registado na base de dados da Comissão Eleitoral Nacional, mas o líder parlamentar do referido partido disse que dentro de dias tornará público uma posição concreta do seu partido sobre esta matéria. « Ficamos a saber também que a comissão eleitoral tem muita dependência, tem dependência em relação ao PNUD,  nem todas as coisas depende da comissão eleitoral, sobretudo meios materiais, concretamente as maquinas», sublinhou.

Partido Acção Democrática Independente pede esclarecimentos sobre problemas registados na base de dados da Comissão Eleitoral Nacional.

Sónia Lopes

    23 comentários

23 comentários

  1. Mé Gueba

    25 de Janeiro de 2013 as 10:27

    Será que os Deputados da ADI ja regressaram?

    Muito bem meus senhores, regressem ao trabalho. Voces nao podem ficar em casa a receber dinheiro e usar bens do estado e ficar em casa sentadas.
    Ainda Por cima quando voces estao convictos de que ganharao as proximas eleições

  2. Floga

    25 de Janeiro de 2013 as 10:51

    Estes gajos do ADI não têm vergonha e não são sérios. Estão a seguir de forma cega o Patrice Trovoada que não sabe o que quer. Gostaria de saber se estes gajos foram como deputados ou militantes do ADI! Tenho pena de gajos como Helder Paquete, Levy que eu anteriormente pensava ser pessoas sérias que continuam a sequir de uma forma incompreessivel o Patrice Trovoada. Helder Paquete e Levy Nazaré não façam a nossa família Lima vergonha.

    • Lévé-Léngué

      25 de Janeiro de 2013 as 15:44

      Pois é meu caro, os Deputados do ADI estão amarrados ao Patrice pela chamada “disciplina partidária”. O dono do ADI tem consigo as cartas de renúncia de todos os que integraram a lista eleitoral, por isso nenhum deles se arrisca a ter o mesmo fim que o ex-deputado Amandio Pinheiro. Estando de acordo ou não com os seus princípios, ñ lhes resta alternativa…

  3. Barão de Água Ize

    25 de Janeiro de 2013 as 12:08

    O que a ADI, todos os outros partidos, governo e Presidente da República, deviam perguntar ou pedir explicações, é se todos os titulares de cargos politicos entregaram do Tribunal constituicional declaração de rendimentos e bens imobiliários em seu nome,quando tomam/tomaram posse.

  4. zeme Almeida

    25 de Janeiro de 2013 as 12:12

    Senhor{Floga}deve estar ainda a sonhar com o caso de ADI acho que deve estar doente.O ADI ja nao esta poder nao governo pare de fazer comparacoes.Alguma vez o senhor algum politico serio neste STP?Por favor mencione neste espaco os tais serios!Dos partidos do MLSTP/PSD,PCD e MDFM/PL e que sao serios?Bastem de apontar dedos as pessoas de forma desrespeitosa.O Pais e de todos nos e somos todos da farinha do mesmo tacho os deputados do ADI sao Saotomenses precuremos remar num so sentido meus compatriotas.

  5. zeme Almeida

    25 de Janeiro de 2013 as 12:15

    O ADI ja nao esta no poder, nao governa parem de fazer comparacoes.

  6. HLN

    25 de Janeiro de 2013 as 12:18

    Muito bem senhores deputados, fazem o vosso papel de forma educada que essa história ainda pode virar a vosso favor nada de complicações. vá em frente e procure comportar, erro é humano mas muitas vezes é burrice.

  7. Armindo

    25 de Janeiro de 2013 as 13:33

    nao disse a verdade

  8. fica atento

    25 de Janeiro de 2013 as 13:34

    Os deputados do ADI, ainda sao deputados ou sao militantes??? Como se pode aceitar um país em que os chamados deputados, fazem politica fora da casa parlamentar? Isso é uma vergonha e uma inundice!

    Se ainda nao regressaram, nao podem ser chamados deputados, mas alguns militantes e deveriam ja estar os seus nomes riscados da lista de deputados…

  9. Surpresa

    25 de Janeiro de 2013 as 14:45

    Muito sinceramente, estou espantado com atitude desses homens, que ainda são chamado s de deputado…kkk, mais para mi são chamados de Bulitico que significa (Burro+ Políticos).
    Lamento ainda a cara de pau que esse partido de ir ate Assembleia Nacional, só mesmo em STP, onde ninguém faz nada a ninguém.
    Mais o vosso gozo esta a caba e dentro em breve, porque já não falta muito para vocês tomarem a vossa linda lição de estar a gozar desde 1975-ate a data 2012 com o povo de STP.
    Saíram sem dar as pasta, abandonaram a assembleia nacional que vocês nem sabem o que significa, deixaram todo de pernas para o ar agora estão a vir só para saber quando e que se vai fazer o recenseamento e quando ser as eleições, para que? Para que? Pergunto eu, tamão juízo nesta cabeça de gente burra ya…
    Vocês abandonaram o povo deixaram os estudantes a passar fome, porque queriam ficar com a massa para ir as eleições né… sinceramente juízo ok.
    Eu peço ao novo elenco para não dar-vos nenhuma satisfação, e ignora-vos, com este vosso aparecimento porque vocês não metem medo a ninguém, também faço já saber aos redatores da tela nón, que os estudantes bolseiros de Cuba, Cabo Verde, estão a passar muitas necessidades ou seja palavra certa estão a passar fome, porque desde 2012 que os mesmos ainda não receberam os seus valores semestrais.

  10. Caos, Caos , Caos

    25 de Janeiro de 2013 as 14:51

    Maior partido da Oposição não, é antes o único Abel. És mesmo palhaço pah, Tonga de merda!

    • Martelo da Justiça

      26 de Janeiro de 2013 as 18:07

      Vê só até onde chegamos!!Alguem tem que parar com isso.

  11. madalena

    25 de Janeiro de 2013 as 15:04

    •MDFM-PL responsabiliza MLSTP/PSD e PCD pelo assalto a base de dados da Comissão Eleitoral Nacional
    In tela Non, Artigos relacionados

  12. mana

    25 de Janeiro de 2013 as 16:49

    Levy ficou doente com evidentes sinais de um eminente AVC e foi parar ao hospital e ele recusou determinantemente ser tratado pelos médicos nacionais. Levy faz como teu chefe Patrice, chama um avião para levar-te para o estrangeiro. Pode-se ser para Gabão ou Mali.

  13. graca

    25 de Janeiro de 2013 as 22:13

     O Tribunal exige maior intervenção nos assuntos do Estado

  14. graca

    25 de Janeiro de 2013 as 23:50

     O Tribunal exige maior intervenção nos assuntos do Estado

    24.01.2013 – A actual lei de licitação introduzida em 2009 pelo então governo de Joaquim Rafael Branco, impede ao Tribunal de Contas de São Tomé e Príncipe de fiscalizar previamente os principais contratos celebrados pelo Estado São-tomense, nomeadamente, empreitadas de Obras Publicas, prestação de serviços e fornecimento de bens.
     
    O presidente do Tribunal de Contas considera que a alteração introduzida há quatro anos tem lesado o funcionamento da instituição que desde da altura deixou de arrecadar receitas próprias com a fiscalização prévia de contratos.

    Perante a situação José António Monte Cristo quer o apoio do novo governo para rever a lei de licitação bem como todo o quadro legal do Tribunal de Contas que data de Agosto de 1999.

    Tendo em conta o seu papel de fiscalização, o Tribunal exige maior intervenção nos assuntos do Estado. Actualmente as funções do Tribunal de Contas de São Tomé e Príncipe limitam-se essencialmente a fiscalização pré

  15. Ploco mato

    26 de Janeiro de 2013 as 8:15

    O Patrice não é Santomense, ele é Gabonês, não sabe falar nossa língua, manda-o falar cola para ouvirem,
    Ele utiliza-vos e depois pega no avião e vai-se embora,não há mais homens no ADI com usculhões, só Patrice? Quer dizer nenhum militante do ADI tem capacidade nem inteligência suficiente para governar. As pessoas são marionetas? Parece, não existe democracia no seio do partido, eu quero ver ADI a fazer eleição interna de uma forma democrática para escolher outro líder, nunca. Não quero de maneira alguma considerar ADI como propriedade de ninguém mas sim dos seus militantes, as pessoas estão a ser enganadas com doce, porém, estão todos atrapalhados porque já não há dedos para chupar. Vendem a vossa cabeça mas não o país e o Povo de São Tomé e Príncipe.

  16. Ploco mato

    26 de Janeiro de 2013 as 10:47

    Grande Abel, não dê ouvidos a este frustrado, carrasco, ele em si já está caótico, não enxerga, deve ser tolerado como se de um loco se tratasse se não está já varrido.

  17. tpa

    26 de Janeiro de 2013 as 15:56

    Levi vais morrer por causa da politica kkk e tudo fica e achs que o Patrice vai reconhecer ? coisa nenhuma para frente e o caminho dele bandidos sem vergonha,Varela agora nao andas so ficas no escritorio
    enfornado acabou a boa vida da bandidagem advogado bandido tambem outro que nao tem vergonha,cachicos do Patrice,que horror tenho nojo de vcs sem caracter.

  18. cidadão santomense

    27 de Janeiro de 2013 as 10:35

    NECESSITO INFORMAÇÕES SOBRE PATRICE TROVOADA:
    Tive informações de que ele está sob CUSTÓDIA dos KOSOVAR’s para AJUSTE DE CONTAS?
    E está agora aparecendo na Imprensa de forma disfarçada com ÓCULOS!

  19. madalena

    27 de Janeiro de 2013 as 13:05

    Levy meu amigo nãoi devia temer os medicos juram para salvar vidas, quem não deve não teme. mas deve ter razão, foi assim,lembram um simples curativo, devido a uma queda na praia PM o Presidente teve que ir ao Gabão. Portanto não nos admira nada. Levy come muito xapo xapo, todos os dias. A Luta continua o combate é politico e nada mais.

  20. TÓLDO de MATO BRAVO

    27 de Janeiro de 2013 as 13:07

    Quando voltarem ao parlamento, primeiro terão que pedir descupas ao Presidente da Assembleia por terem dito que é um presidente ilegal e despois aos colegas, asseguir acentar e contribuir para melhorar o pais. Alias muitos de vós deputados de ADI são inocentes.

  21. João Carlos

    27 de Janeiro de 2013 as 15:21

    Se todos os tongas fossem tão inteligentes assim, preferia ser covernados por eles…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo