Política

Presidente da República promoveu cerca de duas dezenas de novos oficiais superiores das Forças Armadas

8 oficiais superiores das forças armadas foram promovidos a patente de coronel. Vários majores ascenderam a patente de tenente coronel, numa cerimónia que decorreu no último fim de semana no salão nobre do Palácio do Povo.

Sob proposta do Governo o Presidente da República Manuel Pinto da Costa, promoveu os tenentes coronéis no activo, João Quaresma Viegas Bexiga, António Paquete de Sousa, António Menezes de Nascimento, Eugénio de Ceita Paiva, Justino dos Ramos Lima, Eugénio Dias Guadalupe, Idalécio Custódio Pachire, e Alfredo Marçal Lima, ao posto de Coronel.

Majores no activo, como  Acácio Albuquerque Santos Viegas, Manuel Ferreira de Ceita, Cândido Carvalho de Apresentação, João Pedro Soares Gomes Cravid, Alexandre Sousa Pontes Segundo, e Olinto Amado de Ceita Paquete, ascenderam a patente de  Tenente Coronel.

A nível da Guarda Costeira, o Capitão Tenente Idalécio João, subiu para Capitão de Fragata. Idalécio João, é o Comandante do novo ramo das forças armadas, a Guarda Costeira.

Na mesma cerimónia que decorreu no Palácio do Povo, alguns capitães do exército foram promovidos a patente de major, e elementos da guarda costeira passaram a ser Capitão Tenente.

Abel Veiga

    42 comentários

42 comentários

  1. malebobo

    4 de Fevereiro de 2013 as 11:52

    da me impressão que os oficias são mais que os soldados na nossa força armada

    • Gadhafi

      4 de Fevereiro de 2013 as 18:15

      O pinto da Costa, esta claramente comprando a consciencia dos soldados, visivelmente, esta ciente do mal que esta fazendo os santomenses, e mais cedo ou mais tarde a bomba vai rebentar…a epoca dos Homens da Frente ja la foi, desta vez a coisa sera diferente.

    • Mtz

      8 de Fevereiro de 2013 as 8:50

      Os militares hoje têm uma visão global. Não há dúvida, como afirmou Pajó (já sabíamos), os fulanos estão francamente intransigentes e firmes nesta coisa de construção da república das bananas. Repara, no dia 18.01.2013, vai o ministro para o atraso da juventude, Albertino Boa Morte, fazer uma coisa a que se chamou de palestra, repleto de vazio e de afirmações estapafúrdicas, na tentativa de ferir o governo que assaltaram. É outro ministro que anda perdido como todos os outros, não sabe o que diz. Falava como que o cacarejar de uma galinha que acabara de apanhar uma pedrada na cabeça.

      dê um vistaço ao oparvodigital.info

  2. TC

    4 de Fevereiro de 2013 as 12:04

    Isto é pura compra de consciência dos “militares”. Enquanto uns oferecem viaturas outros oferecem promoções mal concebidas. A ver vamos onde isto irá parar.

    • DKNY

      5 de Fevereiro de 2013 as 21:49

      Os políticos passaram a ser mais gestores de conflitos de interesses do que líderes capazes de oferecer ao povo desígnios nacionais.

      Os melhores não querem sujar a sua reputação e dão lugar aos piores, sem qualquer reputação a defender.

      A falta de qualidade da classe dirigente não é a causa, mas a consequência da fragilidade do Estado. Por isso correm todos para o exterior bater a porta de Luanda/Libreville/Bata…

  3. rapaz de riboque

    4 de Fevereiro de 2013 as 12:20

    mais oficiais uma ilha tão pequena em vez de investirem na saude e na educação investem só naquilo que pouca falta faz mas é a boa moda africana ós poderosos só pensam nas forças armadas

  4. Herminia

    4 de Fevereiro de 2013 as 12:26

    PARABENS, BEM MERECEM.

  5. nora

    4 de Fevereiro de 2013 as 13:21

    POIS É A PROMOÇÃO DOS OFICIAIS ESTAVÃO A SER DESENCADEADO DESDE 2009, AINDA COM GOVERNO DO RAFAEL BRANCO.

    DURANTE OS 2 ANOS DO PATRICE NADA FEZ PARA QUE OS OFICIAIS PROMOVESSES.

    BEM HAJA O XV GOVERNO E SUA EXCELENCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA.

    MAIS UMA VITORIA DO PINTO DA COSTA.

    • fela malungua

      4 de Fevereiro de 2013 as 14:15

      meu carro amigo tu n sabe nada de forca armada promucao tem tempo para ser promovido o que tem estado a contecer `e jogo pulitico so em sao tome estas pouca vergonha acontece se por a quartel a muito militares discontente com esta situacao principalmente classe de sargento vou parar por aque pq amuita coisa pra dizer que eu n digo…

    • TC

      4 de Fevereiro de 2013 as 18:38

      Com estas promoções, e com a anterior criação do Estado-Maior pressupõe-se que temos em STP uma estrutura militar que se pode descrever da seguinte forma:

      Uma Brigada, a maior unidade do país, que basicamente corresponde a todas as forças militares do país. Uma Brigada em princípio tem entre 10 mil a 15 mil homens e é comandada por um Brigadeiro que é o posto mais baixo de um oficial general.

      A Brigada tem vários Batalhões que são as subunidades de escalão imediatamente inferior. Com base nas últimas promoções pode-se inferir que podemos ter até 8 Batalhões no nosso exército que tem a estrutura de uma Brigada.

      Cada Batalhão é comandado por um coronel, tenente-coronel ou até um major e normalmente tem uma estrutura com 250 a 1000 homens. Abaixo do Batalhão temos as Companhias, os Pelotões, esquadras, etc…

      Tudo isto para dizer o seguinte, esta não é a nossa realidade. Porque não temos homens, nem meios, não temos sequer definido quem é o inimigo, não sabemos em quanto tempo podemos desdobrar um exército com toda esta chefia…

      No fundo, e para o mal de todos nós, temos umas forças armadas inoperantes, viradas para a satisfação pessoal tanto dos que fazem parte delas, como dos políticos com tendências totalitárias.

      Espera-se mais pragmatismo e objectividade por parte dos políticos e das nossas chefias militares e mais respeito de todos os militares pela farda que vestem. Não podem estar a serviço de personalidades e/ou partidos políticos e a espera de trocos ou de serem promovidos com base no “bom comportamento”. Se elas existem e têm uma missão, devem ser tanto exigentes consigo mesmas como com o poder político.

  6. joca de madre de deus

    4 de Fevereiro de 2013 as 14:12

    Qualquer dia nas nossas Forças Armadas teremos mais Oficiais do que Sargentos e Praças… e os custos, previlégios e regalias que acompaham essas promoçoes. Depois não se queixem.

  7. O Sincero

    4 de Fevereiro de 2013 as 15:44

    Justifica estas promoções num país como STP? reflitam sobre isso, Existem coisas mais importantes e urgentes para os dirigentes do STP se preocuparem, nomeadamente pensar em coisas concretas e rentaveis para produzir liquidez financeira ao país porque só assim um Coronel, Tenente Coronel… Marichal, General deixem de ser mendigos. Não basta ter patente, é preciso ter todo resto que complementa e dignifica estas patentes. Pensem sobre isso, não estou a criticar, apenas a alertar………..

    • E. Santos

      5 de Fevereiro de 2013 as 10:22

      Coisa mais importante para quem? Para nós povo ou para eles?
      Acha que há coisas mais importante para eles neste momento do que comprar a consciência dos militares e artilha-los com medo do “caos, caos, caos”. Hahahha
      Só mesmo em São Tomé. Depois vem o Gabriel Costa falar de recalcamento. Há recalcamento maior do que este?
      Passa pela vossa cabeça que o ADI ou Patrice Trovoada, que seja, teriam algum interesse em fazer algum golpe de estado nos dias de hoje? Eles não iriam ganhar nada com isso, porque a comunidade internacional iria lhes tratar como terroristas e não lhes iria apoiar depois. Eles perderiam mais a fazer qualquer golpe do que se esperarem calmamente pelas eleições de 2014 para tentarem uma maioria absoluta (como todos já querem). Patrice tem quadros no ADI, tem pessoas com cérebro, não UMM como muitos que proliferam na nossa praça política.Tinham de ser muito burros para irem por este caminho.
      Tenham juízo e não se ponham a gastar o pouco dinheiro que o cofre de Estado tem com anedotas e psicoses de perseguição. Estamos em 2013, não 1980.

  8. Jose Manuel

    4 de Fevereiro de 2013 as 16:19

    Ola Caros Compatritas.
    Sera que e possivel ir longe com promocao de o comboio que tem pouca visibilidade externa?
    Nao basta apenas escolhar o chico porque e o meu amigo ou porque transpirou durante a campanha!
    Facam um trabalho que de casa que seja bem visivel no panorama internacional para que Sao Tome e Principe seja mesmo um espaco que da gosto para fazer investimento em quantidade e qualidade.
    Obrigado meu caros compatriotas.

  9. Augusta Pinto

    4 de Fevereiro de 2013 as 16:24

    A Senhora Nora tem de apreender a falar com conhecimento de causa. Pergunte aos militares quem foi que desencadeou o processo de promoção das Forças e Serviços de Segurança.
    Leia o Despacho nº 41/2012 e não faça fofocas nojentas.

  10. Barão de Água Ize

    4 de Fevereiro de 2013 as 21:36

    Perguntas des(agradáveis)? Por que não extinguir as forças armadas criando uma entidade civil que englobasse os bombeiros, policias e actuais militares?
    Criando também um serviço SOS de saúde, devidamente equipado? Trocar ambulâncias por metralhadoras?
    Não iria STP ter melhor assistência com menos custos?

  11. Coronel Jesuino

    4 de Fevereiro de 2013 as 21:44

    Merecem mesmo esta distinção. Todos têm fazendas a criar cabras e aves, vivências, mas nunca tiveram numa frente de combate. A única coisa que estão farto de matar é a fomea matar é a fome.

  12. Beato Salu

    4 de Fevereiro de 2013 as 21:45

    Mais forte são os puderes de deus

  13. budo-budo

    4 de Fevereiro de 2013 as 21:46

    Caros compatriotas nao discordo nada da promoçao destes oficiais pelo empenho dedicaçao que deram a nossas forças armadas ! Também é verdade que la faz-se pouco neste exercicito de escuteiros . ficos mais tranquilo em saber e imaginar que foi tipo estao ca a muitos anos e nao sabem fazer nada ,sobe de posto

  14. Vagi bangangunu

    4 de Fevereiro de 2013 as 22:05

    ora vejamos que o conflito na guine tem muito a ver com promuvao dos ditos soldados de quarta classe tempo. cuidado para em STP nao vir a acontecer o mesmo

  15. João Rodrigues Serôdio

    4 de Fevereiro de 2013 as 22:47

    Mais do que estar neste momento a discutir promoções,gostaria de saber qual é o Orçamento de Estado para 2013,e quais são as rubricas inscritas em cada Ministério.Por enquanto este País vai sendo navegado à vista,com promoções e regalias consoante os interesses pessoais e políticos,e cujo caso mais surreal é a recente nomeação da Procuradora-Geral da República.

  16. Deus Afonso

    5 de Fevereiro de 2013 as 3:03

    O POvo so sabi reclamar, pelo menos faça uma reclamação construtiva com cabeça tronco e membro. Deixa de agir com emoção, meus queridos comentadores…

  17. PALOPUS

    5 de Fevereiro de 2013 as 8:00

    mas o cota nao viaja como o Fradique fazia a procurra de massa? SO fica a rodear Angop e EQUATO? e falar nuita poliburio.

  18. Elias Diekum

    5 de Fevereiro de 2013 as 8:45

    Devem ser todos da Força Aérea! 🙂

  19. Anjo do Céu

    5 de Fevereiro de 2013 as 9:26

    Maioria desses oficiais foram membros de Comité Central e de Bureau Politico do MLSTP e ainda são todos militantes activos mas em baixo da mesa do Mlstp. Pinto tem sempre as saudades deles porque andam a trabalhar secretamente pra eles e não para o País.Esses oficiais sabem e têm consciencia.Só estão lá por corpo presente e a defender os tachos e luvas em baixo da mesa.Coitado desses sargentos e praças que estão inocentes em sofrimento.Coragem Sargentos….

  20. Arnaldo Soussa

    5 de Fevereiro de 2013 as 10:03

    Ja temos exercito e marinha agora falta criação de Força aerea

  21. amor a terra

    5 de Fevereiro de 2013 as 10:23

    Mas acham que os militares que não fazem nada merecem serem promovidos a toda a hora e terem tantos carros de luxo enquanto os policias que trabalham sob o sol e chuva nada recebem. Vejam as condições da policia de investigação criminal e nacional, uma vergonha.
    Se fosse os policias estaria me marimbando…
    Isto é um insulto…..

  22. Setilio Vaz

    5 de Fevereiro de 2013 as 11:34

    Pian só ka txilá pian.Para estarem atentos as acções perigosas do Patrice Trovoada e o seu Bando de TALIbÂES da Africa Central em que os Ex Ministros e Deputados do ADI são seguidores perdidos.
    VIVA a FASTP.

  23. maguita tatuá

    5 de Fevereiro de 2013 as 11:35

    Para quê tanta modornia militar num Pais tão pequenito? É mesmo de pessoas k pensam? Aonde se vai buscar salário para todos estes patentes. Já n lhes basta as viaturas, casas, cobustiveis, energia etc e k nada fazem? Um sector extramamente improdutivo e com tanta roça para os mesmos trabalharem e produzirem pelo menos contribuirem com uma terça parte da despesa k nós os contribuintes gastamos com estes senhores. A que investir mais na Marinha e ou Ploicia. Há que ver que S.Tomé e Principe é uma ilha

  24. TAYSON

    5 de Fevereiro de 2013 as 11:47

    Essas promoções devem ser encaradas cmo uma forma de incentivo, já que monetariamente isso não é possivel.

  25. São Tomé Poderoso

    5 de Fevereiro de 2013 as 17:02

    Pinto da Costa é um grande cabrão velho do raio ele não é nenhum pai grande mais sim pai dos seus amigos que ajudaram ele a chegar a presidente fuii.

  26. Preto

    5 de Fevereiro de 2013 as 17:22

    Numa força armada à sério esses “bate chapas” não passavam de sargento. Tenente Coronel e Major equivale a Mestrado e Doutoramento. Pinto da Costa devia ter vergonha!

    • luisó

      5 de Fevereiro de 2013 as 21:01

      …Não passavam de sargento…
      Caro amigo só se for sargento em STP porque sargento nas forças armadas modernas (ocidentais) têm curso base de 3 anos e para chegar ao último posto da categoria de sargentos têm que fazer vários cursos de promoção que ao todo dão mais 2 anos de estudos. Por isso faça as contas.

  27. N.C

    5 de Fevereiro de 2013 as 18:31

    Ao inves de promoverem,deveriam ser reformados e dar lugar a novos quandros

  28. PONTA MINA

    5 de Fevereiro de 2013 as 21:48

    Parabens colega, olinto amado espero ver te um dia chefe estado maior das forças armadas,jovem e com muitas formaçoes no ramo militar, e homem serio. GUARDAREDES.

  29. original

    6 de Fevereiro de 2013 as 7:37

    Tratem dos oficiais e não esqueçam dos desgraçados sem onde cair morto cujo salário mínimo não atinge dbs 1.000.000,00

  30. poder do pensamento positivo

    6 de Fevereiro de 2013 as 10:54

    Estes senhores já têm patentes à mais, se calhar os senhores da Guarda Prisional também andam a sonhar com mais umas promoções e é sabido que não lhes faria mal nenhum. Também é necessário dar-se uma pequena atenção as carreiras dos profissionais da saúde, da educação, funcionários públicos, etc, para não parecer e dar a entender que as promoções dos militares esta sendo encomendada.

  31. lambe botas

    6 de Fevereiro de 2013 as 11:44

    Vem ai o PETROLIO. Cada Oficial terá um BLOCO. Isto bom.

  32. pirilampo

    6 de Fevereiro de 2013 as 15:30

    pois isto mesmo so acontece em stp pois criam mas postos so os q nao lembram mesmo sao os sargentos q sao sempre lesados e os soldados tanto do exercito como da guara costeira nao a uniformes pois alimentaçao esta melhorando sengundo enfomaçoes de fontes seguras ja nao se come mal nas forças armadas de sao tome e principe mas falando de fardamentos esta mam MAL MAL MAL MAL mesmo mas so querem mesmo postos grandes , pois isto, assim estao felizes mts os oficiais supertios das forças militares como forças paramilitares fardamento nao existes da aria da ordem intern a fardamento so andam com grande galas os oficiais os agentes nem um boi tem como podem agir de forma digna ,, grandas carros eles ja tem so sabesm mesmo espremer os outros mas isto temos q ter cautela pois quando comessarem a pedir suas regalias istoira dar mt bota ……….so estpeo q isto nao va pra pior .POIS JA GANHAMOS PREMIO NOBEL DA PAZ DE QUEDA DE GOVERNO GUINEBISSAAU PREMIO NOBEL DA PAZ DE GOLPE DE ESTADO ,CABU VERDE PREIO NOBEL DA PAZ DE DEZENVOLVIMENTO AMOR A TRABALHO . so espero q stp nao siga o caminho da guine pois os grandes problemas da guine por parte dos oficias generais bem aja STP

  33. manga pada

    6 de Fevereiro de 2013 as 21:20

    Compatriotas! Acho que se deve promover um forum em S.Tomé e príncipe, para se debater sériamente os problemas que temos. Quero também alertar aos nossoss concidadãos para o século em que estamos.Li vários cumentários, uns com nexos outros nem por isso, mas o grito da maioria deve ser tomado em consideração. Os políticos devem refletir sobre esses cumentários e serem mais prudentes. Também partilho a opinião de que a realidade do nosso país não justifica fazer promuçoes dessa natureza. Aliás muitos desses militares têm essa consciência. Próprio o presidente da república tem a consciência, se não tem há-de ajustar conta com a sua própria consciência.Estas promuçãos não são por acaso, senão para selenciar aos militares que ñ são parvos. Eles têm os olhos bem abertos e sabem perfeitamente o que se esta a passar. Têm armas e podem revoltar se ñ lhes derem nada.A currupção que existe no país com meia dúzia a mamar os militares com armas nas mãos, é claro que mais cedo ou mais tarde irião se revoltar. Aí o Pinto antcipou. Mas uma coisa é certa:
    Tanto os militares como os médicos, professores, polícias, todos os funcionários público e população em geral, somos tds filhos da terra. Senhor presidente e o senhor primeiro ministro que sejam mais cuerentes e ñ estejam a fazer as pessoas de parvas. O senhor durante a campanha disse que iria combater a corrupção. Esta sua acção significa ao olho nú que deu guarnição a currupção. Outro erro é a nomeação da esposa do presidente da Assemblei( pessoa próxima sua) ao cargo de procuradora. geral da república. Dão esses previlégios aos oficiais, enquanto os soldados e as infra-estroturas militares estão em péssimas condições. Polícia nacional que garante a ordem e tranquilidade pública não tem meios para trabalhar. Isto é cuerência senhor presidente? Viva S.Tomé e Príncipe.

  34. manga pada

    7 de Fevereiro de 2013 as 21:09

    Sua Exª senhor Presidente da Republica ou vio a R.D:P Africa hôje as 21 horas?
    Elsa Pinto pasou chek sem cobertura e foi constituida arguida pelo Ministério Público. Será k ela responderá pelo crime?
    É assim k o senhor ker combater a corrupção? Seja cuerente, o povo ñ é burro, tá?

  35. tem panciencia

    8 de Fevereiro de 2013 as 8:47

    Provem as pessoas, será que o pais tem dinheiro para suportar estes custos? sabendo que este sector e improdutivo….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo