Política

Brevemente Gabriel Costa visitará Angola

Garantia do Embaixador de Angola em São Tomé e Príncipe. Alfredo Manuel Eduardo Mingas(na foto), que se reuniu segunda – feira com o Primeiro Ministro são-tomense. Questionado sobre o financiamento angolano para Orçamento Geral do Estado, precisou que a resposta será dada pelo Primeiro Ministro quando visitar brevemente Angola.

Sobre o financiamento de Angola para a execução de projectos estruturantes em São Tomé e Príncipe, o embaixador disse que «estamos a preparar uma visita do Primeiro ministro à Angola e esta visita dará resposta a sua pergunta», respondeu.

A data da visita será anunciada brevemente, assegurou o embaixador de Angola.

Abel Veiga

    11 comentários

11 comentários

  1. JOAO ALMEIDA

    28 de Maio de 2013 as 7:33

    O senhor ZEME Almeida queria escrever o portugues mal falado alteramos os sentidos dos textos ou altera-nos os sentidos dos textos? O senhor tem q entender q nem todas as pessoas q escrevem nestas janelas nao sao tao sábias como o senhor. Os seus comentarios sao autenticas palhaçadas. Seja humilde e descreto

  2. portugal

    28 de Maio de 2013 as 7:49

    dizem que na vida tudo mundo tem algo que sabe fazer e bem
    o nossos primeiro ministro aprendeu e bem. (viajar), não sei quem lhe deu a lição mas poderia aprender também governar o pais porque este povo ta sofrer muito com a sua governação.

  3. Carlos triste

    28 de Maio de 2013 as 8:25

    Grande peixe que é baleia

  4. Cova Agua 2

    28 de Maio de 2013 as 9:55

    Um. Gabriel Costa vai negocia os cerca de 20 milhões de dólares previstos no Orçamento de Estado, com fonte de financiamento Angolano.

    Bem e os 340 milhões de dólares que faltam, quando é que vem? Pelo que o povo sabe, Angola ficou de dar S.Tomé e Príncipe 360 milhões de dólares. Gabriel que nos traga os 360 milhões ou rua.

    Derrubaram o Patrice Porque ele não queria os 360 milhões. Agora o povo quer ver os 360 milhões.

  5. Cova Agua 2

    28 de Maio de 2013 as 9:59

    Viagem de Gabriel Costa, Junho ou Julho (negociação).

    Reunião da Comissão Minista (Agosto ou setembro).

    Negociação definitiva e assinatura (Outubro ou novembro).

    Desbloqueamento da verba (provavelmente- Dezembro).

    Chegada em STP, NAtal.

    Burocracia do Tesouro Público, para pagar as empresas 31 de Dezembro.

    Dinheiro na conta das empresa lá pro Janeiro de 2014.

    Gabriel, demita-se.

  6. zeme Almeida

    28 de Maio de 2013 as 12:43

    Muito bem jornal Tela-non pela emenda ,o erro é humano.Brevemente o Gabriel Costa visitará Angola. {Correto}gostei.O senhor José Almeida deve ser demitido deste jornal,porque nao aceita as criticas.

  7. zeme Almeida

    28 de Maio de 2013 as 12:45

    Obrigado, jornal Tela-Non{Brevemente}correto.

  8. zeme Almeida

    28 de Maio de 2013 as 12:49

    Joao de Almeida.Quiz eu dizer

    • pedro

      29 de Maio de 2013 as 9:44

      Eu fico muito perplexo como é que Angola um país em que as pessoas são tão pobres e vivem abaixo de 2 dólares por dia e ainda vai financiar São Tomé. isso é muito mal

  9. Almeida Paquito

    29 de Maio de 2013 as 14:22

    O que eu acho é que devem ir para Angola ou outro lado qualquer. Mas em primeiro lugar sentem elaborem projectos em concreto para serem financiados, nada de todos os anos irem buscar malas com massa.
    criem empresa mistas.

    Pensem minha gente. O mundo hoje esta virado para o negocios.

  10. Gualter Almeida

    29 de Maio de 2013 as 17:24

    alguma coisa vem ai em troca quem sabe um dia somos anexados por Angola

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo