Política

“Mé-Zochi” lançou a partir da ponte da maior cascata do país apelo a União Nacional

Com os pés afincados na nova ponte sobre a Cascata de São Nicolau, construída com o apoio de Taiwan, o Presidente da Autarquia de Mé-Zochi, Nelson Carvalho, expressou o maior desejo de Mé-Zochi, a União Nacional.

De mãos estendidas, de braços dados, os filhos de São Tomé e Príncipe, conseguirão construir o futuro. Nada é impossível para um povo unido. A reabilitação da ponte sobre a Cascata de São Nicolau é prova disso.

A antiga ponte colonial ruiu ao longo os anos. A travessia tornou-se arriscada, sobretudo para automóveis. A queda de água de 40 metros de altura, contornada por floresta exuberante poderia deixar de ser acessível para os turistas e não só.

O espírito de trabalho e união promovido pelo poder local de Mé-Zochi, permitiu refazer a ponte, agora com mais conforto e espaço de lazer para quem visita São Nicolau. Taiwan colaborou no projecto, que reforçou o valor turístico e de lazer da cascata.

Nelson Carvalho, membro do partido ADI administra a autarquia de Mé-Zochi, em estreita harmonia com os autarcas de outros partidos, como o MLSTP. Gentes do PCD, do MDFM-PL, até o partido CODO, tem gente a trabalhar em parceria para o engrandecimento de Mé-Zochi.

Um legado de união, que deve invadir o país, para matar o atraso. «É um projecto colectivo que beneficia a todo o povo de STP. Todos juntos unidos de mãos dadas tenho a certeza que conseguiremos levar o país a bom porto», declarou o Presidente da Autarquia de Mé-Zochi, na inauguração na última semana da nova ponte sobre a Cascata de São Nicolau.

O Autarca líder de Mé-Zochi, eleito em 2010 na lista do partido ADI, se rebela contra os aspectos que põem em causa a unidade nacional. «Com divergências, raiva, separação das pessoas, nenhum santomense terá uma velhice feliz. A nossa política em Mé-Zochi é fazer para o benefício de toda a população. Se continuarmos com essa luta entre nós, o futuro dos nossos filhos estará comprometido», reforçou Nelson Carvalho.

Nelson Carlvalho procura se afirmar como figura política de consenso para o distrito de Mé-Zochi, o segundo mais populoso do país. Mostra capacidade de liderança congregando a volta dos objectivos de Mé-Zochi, gentes de todas as sensibilidaddes políticas, ou seja, todos sem exclusão. Há quem admita que se a eleição do Presidente de Câmara, fosse por sistema directo, não por lista partidária, Nelson Carvalho, poderia conseguir resultado retumbante em Mé-Zochi.

O Primeiro Ministro e Chefe do Governo, que participou na inauguração da ponte, elogiou o autarca líder de Mé-Zochi. «Reconheço em nome do governo o dinamismo, o sentido de Estado, de Autarca do Presidente da Câmara Distrital de Mé-Zochi. Ele tem interpretado muito bem o que deve ser a gestão dos interesses da colectividade, que ele foi chamado a gerir. Ele tem passado uma mensagem com a qual concordo. Basta de querelas, basta de confrontos, demos as mãos todos para tornar esse povo feliz», afirmou Gabriel Costa.

Taiwan que apoiou na obra de reabilitação da ponte sobre a cascataa de São Nicolau, prometeu continuar a dar a sua colaboração, para o desenvolvimento de São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    19 comentários

19 comentários

  1. Cassumá

    6 de Agosto de 2013 as 8:21

    Nelson, quantas dividas fizeste. E quanto entrou no teu bolso. Afinal de contas a empresa de construção civil que construiu a ponte é tua. Prevaricação, abuso de influência.

    • joão pedro

      6 de Agosto de 2013 as 13:42

      Bem dito,e digo outra,a ponte so foi feita graça ao encarregado santomense de monta,residente em Lisboa,que tu e os teus socios brancos que fugiram com o dinheiro da obra abandonaram aqui.E foi este homem que vos emprestou o dinheiro para a obra não parar,o governo não liberava mais dinheiro,claro ja tinham recebido mais do que tinham feito;

      • não doy

        6 de Agosto de 2013 as 21:54

        parabens!!!….suponho que houve muito jogo sujo nessa construção por parte de alguns representantesanivel financeiro…

        Apenas é de louvar o esforço e empenho do encarregado..

    • Cobra Preta

      9 de Agosto de 2013 as 12:05

      Pessoas que não têm informações correta, não podem estar a difamar a outra.
      Cassuma e o João Pedro, vocês deveriam ajudar a Câmara a resolver os problemas do Distrito duque andar a falar o que não sabem. Quem pagou a obra da Cascata foi o Governo através do Tesouro Publico, e se tiverem a duvidada dirigem as Finanças, ou o Ministério das Obras Publicas. falsos mentirosos.

  2. Kanimambo

    6 de Agosto de 2013 as 8:26

    “Há quem admita que se a eleição do Presidente de Câmara, fosse por sistema directo, não por lista partidária, Nelson Carvalho, poderia conseguir resultado retumbante em Mé-Zochi.” Só o Nelson Carvalho? E se fosse por sistema directo o Sr. Hermenegildo seria eleito?

  3. trindadense

    6 de Agosto de 2013 as 14:35

    Cassuma deixa de ser invejo..

  4. Verónica

    6 de Agosto de 2013 as 16:26

    Nelson não é trocha.
    Se houvesse uma auditoria externa, dariam conta das falcatruas do Nelson. Muita subfacturação. Adjudicações incríveis. Enfim!!!
    Aonde está a Inspecção de Finanças?
    Verifiquem bem as contas da Câmara e verão.

  5. Pen Drive

    6 de Agosto de 2013 as 18:25

    Ao nível mundial, politica nunca prestou para grande coisa. Pior ainda quando se trata da de S. Tomé e Prícipe.Isaltino Morais autarca de Oeiras foi um grande lider autárquico, não é verdade? Onde está ele hoje?

  6. zangado e indignado

    6 de Agosto de 2013 as 18:30

    Presidente Nelson Carvalho, os meus parabéns, faça e continue fazendo cada vez mais e melhor, não te preocupes com os invejosos, fofoqueiros e intriguistas, afinal nem todos terão o seu privilegio. O povo lhe será sempre grato.

  7. adelino santos

    6 de Agosto de 2013 as 18:58

    A maior cascata de S. Tomé esta no rio Manuel Jorge.
    Esta a ser muito mal aproveitada para o desenvolvimento do turismo nacional.
    Lanço um desafio ao presidente da camara de mezochi para dar atenção a mesma.

  8. el mata

    6 de Agosto de 2013 as 23:10

    carros compatriota filho dfa terra
    por favor facam comentario ou criticas construtivas por favor…..

  9. Eu também sou filho da terra

    7 de Agosto de 2013 as 2:09

    É importante que se faça esforço para a reabilitação de infra-estruturas do país em benefício da população. Mas uma coisa ficou por dizer. O sr. Primeiro Ministro e o sr. Presidente da Autarquia de Mé-Zochi não nos disseram o custo total dessa obra de reabilitação. Também não nos disseram quanto receberam de Taiwan para a sua realização. Neste aspecto eles não foram transparentes. Não basta só ser dinâmico, também é necessário ser transparente no uso do erário público.

  10. santosku

    7 de Agosto de 2013 as 10:17

    Nós os santomenses já nascemos invejosos, mesquinhos e falta de caracter. A ponte construida ou reconstruida pelo Autarca de Mé-Zóchi em colaboração com outras pessoas de outros partidos é um bem público e a obra está patente. Alguns só sabem criticar. Está feito vamos elogiar, lógicamente devemos sugerir por exemplo auditoria as contas do Distrito mas fê-lo-emos de forma construtiva e não destrutiva.Mé-Zochi é São Tomé isto é o mais importante se o Autarca é dinâmico vamos elogiar e pedir a Deus que lhe dê mais força, coragem, saúde para trabalhar em prol do desenvolvimento da nossa terra em especial Mé-Zóchi, para de inveja.

    • laureano

      24 de Agosto de 2013 as 21:09

      Eu concordo consigo,seja o que for sobre a reconstruçao da cascata ja esta feita encerra-se este assunto. P mim eu penso que seje p todos os santomenses do distrito de Mé-zochi, Deveriámos em conjunto com o Sr.Nélson Carvalho,meter postes de luz eléctrica e água potável em Monte-alegre. Em base saneamento para aquela populaçao,é mto mais importante. nao se admite que metade da zona da Monta tem postes de luz eléctrica e outra parte nao tem,porque o antecessor do sr. Nelson saiu e nao terminou o seu projecto, Entao cabe ao senhor Nelson dar a continuaçao. Embora a populaçao de monta-alegre tem que se manifestar para ele poder saber desta situaçao. mas fica a Mensagem e nao cruzem os braços.

  11. kwatela

    7 de Agosto de 2013 as 10:56

    não o conheço pessoalmente sr Presidente,mas daqui da diáspora endereço-lhe os meus parabéns cidadão de mé-zochi que sou,digo-lhe muito obrigado
    Bem haja para si e sua familia

  12. Julian Assaz

    7 de Agosto de 2013 as 14:40

    Há muitas obras mas muito desvio de fundo também.

    Se Nelson Carvalho pode ser reeleito em Mezochi, Kinei em Agua Grande também pode ser.

    Emernegilgo em Lobata também pode ser como Dr Aleixo em Cantagalo e Dr Americo em Caué.

    Deve-se instaurar uma auditoria externa para verificar a sub-faturação das obras de cascata de San Nocolau, Reparação dos Autocarros, e obras de passeios da Cidade da Trindade que já estão todos arrebentados.

    Para mim, a Câmara de Mé Zochi deve passar para a gestão do Célio Santiago do MLSTP.

  13. Uê dono

    7 de Agosto de 2013 as 14:47

    Força Sr. Presidente.

  14. Democrata

    7 de Agosto de 2013 as 15:50

    Santosko, faço das suas as minhas palavras. Hora vejamos, tenho variadissimas vezes notado alguns comentarios de certos compatriotas nossos, sem nexo ou seja sem nada construtivo simplesmente criticam e crticam. Podemos criticar sim, mas também devemos dar nossas valiosas sugestoes construtivas. Porque so assim podemos efectivamente caminhar pra frente.

  15. santos

    8 de Agosto de 2013 as 8:18

    O Nélson Carvalho é dinâmico,n há dúvidas, mas é necessário ter em conta o bom uso do dinheiro público, uma vez que este indivíduo anda a sustentar um grupo cada mais numeroso de pessoas que estão sempre à porta da Câmara.Agora, pergunta-se com que dinheiro? Ele criou uma estrutura administrativa muito pesada, até dispõe de dois motoristas! Paira no ar muita suspeita de corrupção por parte deste senhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo