Inquérito realizado pela ENASA desmente sistema digital de propaganda da ADI

O sistema digital de propaganda do partido ADI, anunciou em Maio de 2013, que o Presidente da República Manuel Pinto da Costa mandou “revistar as malas do Ex-Presidente Miguel Trovoada no Aeroporto Internacional de São Tomé”. O inquérito aberto, prova que foi mesmo só propaganda.

Num dos relatos do sistema digital de propaganda, do dia 7 de Maio de 2013, sem qualquer subscrição, lia-se o seguinte título : “Manuel Pinto da Costa manda revistar as malas do Ex-Presidente Miguel Trovoada no Aeroporto Internacional de São Tomé”.

O relato sem subscrição, acusou o actual Chefe de Estado de falta de cortesia para com o ex-Presidente Miguel Trovoada, e como sempre de forma caluniosa, disse que um dos funcionários da ENASA, que no dia 16 de Abril de 2013, revistou as malas do ex-Presidente, no aeroporto internacional de São Tomé, agiu por ordens superiores, fazendo alusão ao “ Grande Líder”.

O Téla Nón sabe que o relatório de inquérito feito pela ENASA, sobre o procedimento da equipa de serviço no dia 16 de Abril de 2013, que rastreiou a bagagem do ex-Presidente da República, sanciona os funcionários que actuaram incorrectamente com o ex-Presidente Miguel Trovoada, e esvazia o teor calunioso do relato propagandístico que o sistema digital da ADI, promoveu a partir de 7 de Maio de 2013. Pode ler na íntegra o relatório – Scan1 (2) : Scan10001 (1) : Scan10002 (1) : Scan10003 (1) : Scan10004 (1)

A Direcção da ENASA enviou uma carta de pedido de desculpas ao ex-Presidente Miguel Trovoada, cujo teor o Téla Nón publica –ENASA-MT

O Leitor tem acesso também ao relato propagandístico do sistema digital partidário de 7 de Maio – Propaganda ADI

Abel  Veiga

  1. img
    Me Zemé Responder

    Resultado de um inquérito divulgado, coisa rara, mas espero que seja um princípio para que os outros inquéritos os resultados possam vir ao público, pois são tantos inquéritos que se abrem nesta terra que não se conhece o desfecho. O a pouco aberto a situação dos árbitros agredido e do diplomata humilhado, vamos a ver se vamos ter conclusão.

    • img
      Micoló Responder

      E agora, Sr. Levy Nazaré, mais conhecido aí na nossa praça, por LUPUIÉ.
      Não dizes nada sobre essa notícia?
      Não achas que tu e o teu partideco (ADI) deviam vir, publicamente, pedir desculpas ao PAI GRANDE?
      Falta de respeito!
      Como é que a ENASA pede desculpas ao Trovoada, enviando inclusive, uma nota até Angola?
      E ao Pinto da Costa, Presidente (com “P” maiúsculo) da República em exercício, não tiveram a hombridade, elegância intelectual e política de, também, mais do que à ninguém, pedir desculpas de forma pública?
      Aonde é que estão o Abílio Neto, o Óscar Medeiros, o Carlos de Menezes, o Jerónimo Moniz, o Jorge Gonçalves e, outros tantos intelectuais do fórum Tela Non que, semanas e semanas, andaram a publicitar e comentar pejorativamente essa notícia no fórum, ofendendo de forma inaceitável, um Chefe de Estado, eleito democraticamente?

      Responde-me Levy, LUPUIÉ!
      Estamos a pegar os teus passos, e tás a demosntrar que és mesmo um verdadeiro marginal.

  2. img
    Vai ou racha. Responder

    Se era uma mera propaganda, porquê que a ENASA, pediu desculpa ao ex Presidente da Republica?

    • img
      Viegas1 Responder

      Muitas vezes falamos o que mas nos convém quando devíamos refletirmos no que queremos dizer. Esse pedido de desculpas tinha que ser um ato de estrema urgência por se tratar duma figura pública e com muita responsabilidade interna e externa enquanto o inquérito decorria afim de salvaguardar a sua pessoa como atrás foi mencionado. O que gostaria de salientar é depois desse resultado de inquérito qual será o seu desfeche? Aqui estou a falar de autoridades e responsabilidades que o país confia aos seus cidadãos. Por outro lado poderá um presidente da República autorizar o rastreio de mala ou seja qual for no aeroporto ou porto? O que andam a fazer os staff dessas Instituições? Vamos ter cuidado com as nossas línguas porque porque devemos ser julgados por ela.

      • img
        Observador Responder

        saliente-se de que rastreio, é uma operação que pode e deve ser feita a quem quer que seja. De resto, um País afuncionar como deve ser ou aliás um Aeroporto com A grande, rastreio é feito sem que se dê conta, porque existem meios estroturados de tal ordem que essa operação é feita de maneira muito cientifica. E depois, há casos, para salvagurdar a integridade fisica de individualidades, que todos os mecanismo preparados para rastreiar uma bagagem. Porque o mundo está de tal ordem, que a mala de uma individualidade, pode ser trocada por uma igual com coisas ilicitas.
        Só ignorantes é que dão palpites ou tiram de boca para fora, tudo só para criar agitação na sociedade.

  3. img
    zeme Almeida Responder

    Viva Miguel Trovoada

  4. img
    malebobo Responder

    enfim stp, já não se percebe nada deste pais,

  5. img
    Toma conta Responder

    Vai ou raca.
    Aconselho a ler bem a noticia e não faça perguntas infantis.
    Bem haja

  6. img
    José Rufino Responder

    Antes tarde do que nunca Senhor Abel Veiga,ainda bem que este relatório vem com um pedido de desculpas,mas fica ainda muita coisas para explicar,em que levou este funcionário a fazer uma revista desta,será que não conhece o Ex chefe estado ou foi mesmo a mando de alguém??…ou o homem tinha contrabando na mala ou fruta pão…

  7. img
    Vai ou racha. Responder

    Nesta terra, não precisamos de ler tudo para entendermos as coisas.

    E tem mais, nem tudo que se escreve nesta terra, é pra se lêr, é pra se levar em consideração.

    Vai ou racha.

  8. img
    fiá luxinga Responder

    Vi a noticia li, mas na verdade fica muito a quem.
    Primeiramente não cita nome do funcionário, o que implica que poderá ser tanga, por outro lado se funcionário fez é porque teve ordem de alguém, mas como sabemos corda corta na parte mais fraca por isso se fala do funcionário como culpado, tudo isso já conhecemos, ai esta motivo de ter enviado os burros para S. Tomé

  9. img
    dlima Responder

    Resta saber quem realizou o referido inquérito e de que partido pertense… Pois, sabemos que nesta terra tudo é partidarizado

Deixe um comentario

*