Política

ADI cria JADI

O maior partido de São Tomé e Príncipe, segundo o resultado das eleições legislativas de 2010, está a criar nova estrutura noseu aparelho político, a JADI, o seu braço jovem. Só falta a ilha do Príncipe, para o braço jovem da ADI, ter dimensão nacional.

Sob o lema “ADI é uma escola”, Levy Nazaré Secretário Geral do partido, tem liderado as reuniões de Assembleias Distritais, que nas últimas semanas percorreram todos os distritos da ilha de São Tomé.

Eleição do secretário distrital da juventude do partido tem sido o ponto alto das Assembleias jovens. Em declarações a TVS, Levy Nazaré, disse que o objectivo é fortalecer o partido. Mas não só, ADI, quer formar os jovens, para serem bons líderes do partido e do país. «Nós precisamos incutir nos jovens santomenses, o espirito participativo, ensina-los a conhecer os seus direitos mas também os seus deveres, ensina-los a serem cidadãos exemplares quanto ao trabalho, quanto a honestidade, quanto a disciplina, aos estudos, entre outros», declarou o Secretário Geral da ADI, na Assembleia Distrital realizada no distrito de Água Grande.

Após acesa disputa eleitoral na Assembleia Distrital de Água Grande, que envolve a capital são-tomense, Alfredo Trindade, foi eleito Secretário distrital da Juventude do partido no distrito.

Só falta a ilha do Príncipe, para a ADI, consolidar as estruturas da sua JADI. Um braço jovem para dar mais força ao partido na entrada para o ano 2014, o ano eleitoral.

Abel Veiga

    16 comentários

16 comentários

  1. Nuno

    17 de Setembro de 2013 as 13:09

    Viva ADI

  2. De Longe

    17 de Setembro de 2013 as 14:18

    Aqui de longe onde vivo não consigo ver a fidelidade da aplicação dos propósitos mencionados. Todavia envio já as felicitações pelos princípios anunciados. O país precisa muito que se dê início a formação dos jvens para termos um futuro descansado nas mãos dos mesmos. Como não ficámos preparados com um espírito construtivo, os nossos pais já estão a sentir na pele o que é um país nas nossas mãos. Acho que sim, devemos inverter o rumo das coisas.
    Não se esuqeçam: os pupilos aprendem mais o que fazemos do que aquilo que dizemos. Se esses jovens forem usados como braços amorais para garantir votos a qualquer preço na altura das campanhas, poderemos dizer adeus aos princípios sonhados e ao início da construção _ infinitamente adiada _ do país .

  3. Fala Ceto

    17 de Setembro de 2013 as 15:30

    Muito bem ADI. Aposta na juventude é a aposta certa. O futuro do país passa pelos jovens. A sua formação política moral e académica é condiçãoindispensável para que o país possa vir a ter um futuro melhor.

  4. Pen Drive

    17 de Setembro de 2013 as 17:06

    Ensinem-nos a serem verdadeiramente patrióticos e humanos! São valores que carecem na nossa sociedade!

  5. sum vim péma

    17 de Setembro de 2013 as 17:19

    ADI cria jadi falta jacudila

  6. HLN

    17 de Setembro de 2013 as 20:29

    Boa Iniciativa, o jovens precisam realmente conhecer os seus direitos e deveres.e o País sai sempre a ganhar.

  7. osvaldo pereira

    18 de Setembro de 2013 as 6:48

    tudo quanto envolva os jovens é positivo, seja o ADI ou outro partido qualquer nós Santomenses saudamos, temos que desde muito cedo incutir na juventude a mentalidade participativa pelas boas causas do país, parabéns ao ADI pela iniciativa, outros mais deviam seguir o exemplo…

  8. Ancrajoty

    18 de Setembro de 2013 as 8:39

    Pois e’ ADI cria JADI, como seu para-choque descartável para ganhar eleições e depois de ganho e estarem no poder ninguem os lembra do papel preponderante que desempenharam . O que e’ que nos deram até agora? A falsidade e o cinismo sao coisas mui feias meus camaradas .

    • Observador

      18 de Setembro de 2013 as 14:57

      Enquanto o Sr. PATRICE TROVOADA estiver a despejar dinheiro que ganhou não se sabe como, haverá meios para continuarem a enganar os pobres jovem que procura o primeiro Emprego. por isso é uqe vão aproveitando essa fragilidade para fazer confusão. Por isso, peço aos Jovem, não percam o vosso tempo com o ADI. Equanto precisarem de vocês,vocês terão bastante utilidade. quando estiverem no poder, Esse Patrice Trovoada estará no poleiro a ver-vos com disdem. Reparem só se o Sr Miguel Trovoada olha para aqueles que deram o seu corpo manifesto para ele se manter no poder? Até passa pelas pessoas, nem um aceno só faz. Talvés ele terá que mudar de estratégia, para isso tem muito jeito, com o objectiva de fazer o filho voltar para o poder. Isso não é REINADO ou aliás MONARQUIA.

    • Observador

      18 de Setembro de 2013 as 15:00

      O mau alito que está saindo na boca de Levi, até a sua companheira de lado, Isabel Domingos,virou o se nariz para o outro lado. Uma corja de tachistas.

      • joão pedro

        19 de Setembro de 2013 as 15:45

        Caro amigo.
        Respeito exigi-se, neste forum apresentam-se ideias, fazem-se criticas,exibem-se faltas de conhecimentos mas tudo dentro da moralidade. Se a V.EXª, tem aptência para bôbo, que se escreva então num grupo folclórico da Dança do Congo. ai confesso que terá melhor plateia.

  9. stp

    18 de Setembro de 2013 as 8:52

    Este é mais uma estratégia para criar barrulho no meio da sociedade…
    Jovem de são tomé e príncipe conhecem os seus direito… cidadão não é burro,

  10. Augerio dos Santos Amado Vaz

    18 de Setembro de 2013 as 8:53

    Muito bem, apostem na Juventude que é o futuro do nosso país. as minhas felicitações.

  11. moreno

    18 de Setembro de 2013 as 9:03

    com esse levy,um lider sem educação? como eles dizem ” sejamos sérios” historia para fazer boi dormir.

  12. Realista

    18 de Setembro de 2013 as 11:31

    Tomará que seja bons jovens mesmo e não vejam a politica como meio de se dar bem, como o próprio Levi incute nos jovens, que não lutem no parlamento, que não faltem trabalho e ganhem salário afabal, que não tenham o sentimento de vinganças( manias de forro)e arrogâncias e que de facto sejam verdadeiros patriotas. Tenho dito.

    • Realista

      18 de Setembro de 2013 as 11:33

      Correcção “meio de se darem”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo