PCD propõe Pacto de Regime para salvar o país

PCD sente que o país se transformou num barril de pólvora prestes a explodir. A crispação, o ódio, a raiva e o rancor, que foram atiçados sobretudo depois da queda do anterior governo, justifica um Pacto para evitar o Caos.

Na abertura da sétima sessão legislativa da Assembleia Nacional, o PCD, começou por descrever as conturbações políticas ocorridas desde 1994 até Novembro de 2012. Período em que vários governos caíram, e os sucessivos Presidentes da República, foram recorrendo à constituição política pondo em funções governos saídos da convergência entre o segundo partido mais votado e as outras forças interessadas na governação, e até mesmo executivos de iniciativa presidencial.

Dos governos criados nesta base desde 1994 até 2008 os primeiros ministros foram sempre membros da ADI explica o PCD. E tudo segundo o PCD, passava na mior tranquilidade. Só em 2012 com a queda do Governo de Patrice Trovoada, na base de uma moção de censura, e o consequente recurso pelo Chefe de Estado à prerrogativa constitucional, que permite avançar a segunda força mais votada, é que «um pedaço do céu caiu em São Tomé e Príncipe», diz o PCD.

O PCD considera que depois desta queda o pedaço de Céu sobre o País, o ódio, a raiva, o rancor, a sede de vingança, passaram a ser atiçados no país como nunca.

Para salvar o país de algo nunca antes visto que pode vir a acontecer, tendo em conta os sinais persistentes, o partido PCD, propõe à nação um PACTO DE REGIME. «A solução deste país não passa apenas pela realização das eleições, sem que para tal encontremos previamente em conjunto a possibilidade de celebração de um PACTO DE REGIME, envolvendo todos os órgãos de Soberania, do Poder regional e Local, partidos políticos, parceiros sociais e da sociedade civil organizada, em torno de um sustentável Projecto de Desenvolvimento de S.Tomé e Príncipe, com um período temporal não inferior a 10 anos, sem prejuízo de realização das eleições periódicas, tal com regem a Constituição e as leis, cuja implementação carecerá de rigorosa e sólida estabilidade política e governativa», declarou o PCD, pela voz do líder da sua ancada parlamentar, Delfim Santiago das Neves.

O PCD, apresentou as acções que ariam corpo ao Pacto de Regime. «A Revisão da Constituição da República; Profunda e necessária Reforma da Justiça; Selecção e aprovação de projectos estruturantes de Desenvolvimento; Reforma do Estado, com base na: Nova divisão administrativa, Política de formação e de enquadramento, Lei da Terra, Política de Defesa e Segurança Nacional, Política de Defesa intransigente da cultura e da soberania nacional, Política de justiça social e igualdade de oportunidades, Lisura de linguagem e respeito mútuo entre os órgãos do poder e cidadãos de modo geral, Incrementação da cultura do trabalho e do respeito pela propriedade, Reforço dos valores éticos, morais e familiares», frisa o PCD.

PCD apelou a todos os membros de órgãos de soberania, os dirigentes políticos, da sociedade civil organizada e, em especial, o Presidente da República, a abraçarem a sua proposta apresentada a nação são-tomense.

Pode ler na íntegra a intervenção do PCD –PCD – Pacto de Regime

Abel Veiga

  1. img
    Biz Responder

    A nossa constituição deve ser melhorada sim. Não como os senhores querem. È só retira aquela parte que diz no caso da queda do governo do partido que ganhou eleições, o segundo partido mais votado forma o governo e colocar. Após a queda do governo deve-se fazer a eleição antecipada. Acho que isso vai calmar os apitites políticos, cada um esperará a sua vez, não contanto com boleias. Porque se assim fosse, tenho certeza absoluta que o XI governo ainda estava no poder, e talvez a sua chance de ganhar próximas eleições estaria comprometida.

    Mas os senhores estão com pressa. Se sentiam ameaçados, estavam com fome, desempregado e colocaram o país numa grande …

    Concordo com o PCD quando fala do odio. Porque odio é um sentimento destruidor, por isso, começam a se curar vocês do PCD, curam-se deste odio contra a família Trovoada, a mesma coisa para o Sr. Pinto da Costa que está tudo fazer para deixar como herança para certos jovens do MLSTP odio contra os Trovoadas e quem está a pagar por vosso odio. Somos nos o povinho que mais sofremos. Purifica o vosso coração que vocês vão se sentir em paz convosco mesmo e todo o país se portará bem.

    Que DEUS vos ajude

    • img
      graca Responder

      caos,caos,caos…
      pirataria…
      No Golfo da Guene
      acharam um presente invenenado?!….

      • img
        graca Responder

        quantas vezes o pcd pertende salvar o pais?
        o pais ja esta salvo…
        ainda acham que estamos mal?
        com os nossos sabios estamos senpre a subir…
        com esse trio govermental
        estamos no bom caminho….

    • img
      bons dias virao Responder

      bem falado….biz

  2. img
    Biz Responder

    Quis dizer XIV governo

  3. img
    António Menezes Responder

    O melhor pacto de regime, seria julgar todos os corruptos, inclusive os de PCD, criando um comité de verdade para apurar as atrocidades dos derigentes.

    • img
      joão pedro Responder

      És um génio. Com poucas palavras disseste mil verdades. Amei do fundo do meu coração.

  4. img
    Abençoado Responder

    Bla, bla, bla.

    Acordam gente, ninguém acredita mais em vocês. Atenção com este ditado do sábio povo santomense Muclú -clú cá fé sintxe matá sundé êlê só cá potô ni chon plimelo!!!

  5. img
    Vai ou racha. Responder

    Pelo menos, já chegaram a conclusão que que a situação é grave e que o país não poderá continuar na situação em que está e muitas das coisas, contra a vontade deste povo humilde.

  6. img
    José Andrade Responder

    O PCD já parece a RENAMO em Moçambique. Daqui a bocado vai querer a presença de observadores internacionais, negociações etc.etc.
    O País não tem nem está em nenhum barril de pólvora. O único barril de pólvora que conhecemos até então, e que é mesmo muito perigoso para este povo, é o arroz podre vindo dos camarões, o leite, manteiga e conservas podres vindos de Brasil, a não entrega das toneladas de arroz cujo valor avultado foi entregue ao responsável do PCD, para importação de emergência etc. Estes fenómenos é que podem mesmo vir a constituir o baril de pólvora. O PCD está a sentir a terra a ficar escoregadía, pois mais cedo ou mais tarde este povo irá ajustar as contas nas urnas com o PCD.
    Que Deus Abençoe o povo santomense
    José Andrade

    • img
      Manuel Responder

      Caro cidadão!
      Cuidado com língua.
      Espero que não estejas em Moçambique.
      Aqueles que la vivem, sabem quanto custa a guerra e estão a fazer tudo para que não volte acontecer a sofreram como durante os 16 anos.
      Fosse bom investigares mais!
      Aconselho-te.

      • img
        Discreto Responder

        Meu caro que só fique dizendo que aqui não é Moçambique será que vc vive limitado? Melhor prever comparando com a realidade de outros países sim como dizia José Andrade porque quando se compara o bom tb se compara o mal veja hoje Republica vizinha Cabo Verde.

    • img
      Neima Cassandra Responder

      Caros leitores e co “legas” comentarores,
      Como devem ter notado não participo com alguma frequência nos comenta´rios dos artigos publicados pk entendo que se deve comentar algo que tenha consistência política, eoconómica e social para o nosso país e mundo.
      Antes de mais devo dizer que tomei a liberdade de comentar esta Declaração política do PCD, por se tratar de algo que nos interessa a todos e a forma como alguns comentadores têm tratado a questão a meu ver não é a melho sobretudo quando se tenta comparar o nosso país ao caso Moçambique. Fiquei profundamente preocupada! Não irei felicitar o PCD pk entendo que fez sim o seu papel, devo sim felicitar o Abel pk nesta sessão +arlamentar houve três declarações publiticas, do PCD, MLSTP e do ADI e efectivamente apenas do PCD tinha algo que podia comentar. Cada um pode pensar como bem entender, mas na minha opinião o PCD teve a coragem de colocar o dedo na ferida. E todos os outros partidos ou melhor os fazedores da política santomense devia aproveitar para dizer o que pensa sobre isso. O país está mal e todos nós sabemos porquê. Estou de acordo com o PCD quando diz que as eleições por si só não irá resolver os problemas que conhecemos até porque os resultados ainda é uma icognita. Ninguém poder arrogar-se que vai ganhar as proximas eleições e com quantos deputados para fazer as grandes reformas que o país carece. Por outro lado uma pergunta ainda fica no ar. Para Quando a realização das próximas eleições? Quando sabemos que até este momento não iniciaram o recenseamento eleitoral e pelo visto ainda não há verba para responder ao orçamento apresentado pela CEN!Por outro lado apelo a todos os comentadores para fazerem os comentarios com alguma ética porque não estamos sozinhos no mundo e não escrevemos apenas para nós e os nossos amigos. A coisas que sabemos k não vale apenas estamos a levantar mais véus ou meter mais lenha na foqgueira! Quem não sabe k PCD é fecetivamente do Delfim Neves? Mas do mesmo modo o ADI é do Patrice Trovoada, o MDFM é do Fradique Menezes e O MLSTP é do Pinto da Costa! Se não queremos quie estas figuras estejam na cena política santomense a única forma é votar para um outro partido que não sejam estes. Sabemos a partida que isto não irá aconter! Falar de corrupção em S.Tome e Príncipe da maneira como falam não vale apena pk a ver as coisas desta maneira todos são corruptos. Por exemplo quando me disseram que o Patrice Trovoada comprou uma casa em Portugal por 5.000.000,00 cinco milhões de euros, fiquei espantada! Mas isto corresponde a verdade? Mas como os ataques, intrigas e boatos em STP é o que vale mais alguém pode dizer que ele é um corrupto ao fazer uma operação destas, pk não se sabe como e a onde conseguiu tanto dinheiro? Isto interessa-nos agora? Tem alguma coisa a ver com a proposta salutar do PCD? na minha opinião não. Penso a todos para verem STP com olho de ver e que os santos que sempre defenderam este país e seu povo estajam sempre do nosso lado. Vamos pensar um pouco mais ao invés de estamos a fazer politiquices com tudo, mesmo quando se trata de propostas concretas, serias e que serve a todos. Que o Deus nos abençoi a todos e em especial as crianças e as mulheres desta rica terra STP.
      Unidos, com disciplina, com Trablhao e justiça social, lá iremos
      Saudações

      • img
        António Menezes Responder

        Uma coisa concordo consigo, podes defender o PCD, lá tens as tuas razões. Apenas isso.
        Mas se olharmos bem para STP, podemos ver tantos mal fez o PCD ao Pais. Foram muitos, mas muitos. Em 1991 todos nós pensávamos que tínhamos uma saída, o não ao MLSTP, e sim ao PCD, e hoje? Deu um exemplo de boato ou não, sobre Patrice. Dê outro exemplo, p.e. sobre os teus amados dirigentes. Não, sei que não vais fazer…
        Mas STP poderoso, irá um dia julgar tudo isso, o mundo não vai só, mudará um dia, e aí…Pode não ser com a actual geração de políticos, mas esse dia vai chegar. Todos os regimes corruptos que não trabalham para o desenvolvimento do Pais, tem os dias contados.

  7. img
    PARABENS Responder

    Esta é uma farsa do PCD. Quem começou com os ataques são precisamente os pcdistas e o Primeiro-ministro logo na tomada de posse: Lembrem-se que até a presente data vocês continuam a varrer os quadros técnicos do ADI, chamas de traficantes de drogas aos militantes do ADI e tratam estes militantes como se fossem terroristas. Este vosso PACTO leva as segundas intensões bem escondidas…

    • img
      Pago paga pago Responder

      Não sabias que pago paga pago? Quando criança brinca com gente grande é assim!

  8. img
    arroz podre Responder

    O pacto que o PCD quer é boleia.
    A caducidade dos seus membros conforme a imagem e a credibilidade que os mesmos já não possuem na nossa sociedade, querem refugiar-se.
    Os São Tomenses já não são parvos.
    São voçês que cultivaram ódio, vingança, agora vão sofrer.
    O povo só está a espera do Manuel Pinto da Costa marcar eleições.

  9. img
    hamar Responder

    abel tens que tomar cuidado,vamos ganhar as eleiçoes e vamos banalizar o seu jornal

  10. img
    António Silva Responder

    Este país terá salvação? Que pacto de regime? Estes falsos políticos pensam eles que fazem política! Não me parece que os males deste país povo será sanado de um momento para outro. Um país onde reina a inveja, o ódio e a corrupção. Onde praticamente a justiça não funciona, como poderá ter um pacto de regime? Só se for um pacto de corrupção!
    Eu já disse aqui que a mentalidade das pessoas deve ser moldada, senão não se consegue fazer nada neste país.

  11. img
    animal Responder

    Triste. Muito trite. O malabarismo do PCD de hoje que para tentar sobreviver no tempo, usa todos os meios a seu alcançe para perpetuar a anarquia e o despotismo disfarçado na mendicidade social em STP. Nesta altura até a esperança ja começa a faltar. Que democracia é essa?

  12. img
    José Manuel Carneiro Responder

    Neste momento tenho medo das palavras das pessoas politicas pela razão simples:Qdo se quer unidade significa existir duas partes;qdo pedem nacionalismo dividem os nacionais em proveito proprio, qdo querem desnvolvimento castigam os verdadeiros e competentes da gestão pública.SOMOS UNS COBARDES,OPORTUNISTAS,TÊM MEDO DE SAIR DO SISTEMA.APARECEM MAIS UMA VEZ COMO SALVADOR DA PATRIA.já nao existe espelho para suportar estas imagens de pessaos ridiculas e temas hipocritos.a solução está nas pessoas e elas sabem quem são.os mesmos de sempre.deixando o país entregue teimosamente os ricos politicos que riem de todos nós.Dêem mãos a palmatórias,sintama dor.O perigo ameaça a saida querem precaver mais uma vez.Um dia ainda de aurora este país irá mudar, e estaremos cá para na cara dizer o que vem na alma. Até natureza tem raiva de tudo o que têm feito ao país e as suas gentes. Tenham vergonha e tirem-nos da miséria de todo nível.

  13. img
    Sensa Responder

    Bonitooo! Somente que vem de dirigentes que não merecem estas palavras…
    Porque assim deveria dar exemplo e não corromper esta sociedade a olhos do povo como fazem.
    Ninguém mais respeita ninguém…
    Não se confia nos dirigentes deste País…
    E pior é a vontade de explodir que existe nos seios destes jovens.
    Os políticos andam a brincar com a coisa de todos, gozando na cara de muitos intelectuais jovens comprando ainda carros, casas com dinheiro do Estado…
    estando fim de semana gozando do bom e melhor do Estado, e ainda dizendo que o cofre do Estado não tem!!!
    O Sr. Gabriel Costa que tanto dizia contra a corrupção… e agora deixa passar de fininho…
    Só tenho a dizer o Bem haja a este País…
    Que ainda dá tempo… para melhor construirmos um São Tomé e Príncipe melhor

    Sensa Comissário

  14. img
    Pen Drive Responder

    Pessoalmente falando, penso que PCD não tem moral para propor o que quer seja a politica santomense. A não ser partilha de dinheiro de todos nós.

  15. img
    De Coração Responder

    Não há pacto que salve o PCD, pois é disso que andam a procura! Todo o mundo já vos conhece como o sendo o epicentro de toda a instabilidade e de corrupção que graça este nosso país! Vocês hão-de pagar carro por tudo quanto têm feito a este povo!

  16. img
    Zunta Mom Responder

    A proposta do pacto de regime é boa, aliás ela não é nova. Já em 2002 o ex-presidente Fradique de Menezes queria que isso fosso implementado, mas foram justamente esses pilantras do PCD juntamente com Filinto Costa Alegre que deitaram abaixo essa ideia. Hoje como o PCD viu que já não pode contar com boleia do MDFM ou do MLSTP, está a pensar em novas estratégias malabaristas. Se ao menos essa ideia fosse recolocada pelo MDFM talvez isso encontraria algum eco já que parece ser a unica força politica neste país que não se tem metido em actos ilicitos e/ou corruptiveis.
    A este propósito gostaria de concordar com alguém que muito recentemente postou o seu ponto de vista dizendo que nas proximas eleições em S.T.P, o MDFM pode vir a ser elemento surpresa para muita gente. Se calhar, apercebendo-se disso o PCD começa a usar novas estratagemas. Esses “pecedistas” são uns ……, ninguem mais acredita neles, aliás não é em vão que se foram juntar desde 2008 ao MLSTP vivendo de sobras do Riboque.

  17. img
    santa catarina Responder

    Olha este senhores mais uma vez a tentar enganar os outros que pensam só ter um olho.Meus caros do PCD equanto tiverem ai o Delfim a cabaça este partido esta morto.
    PCD não é nada mais que uma partido de Delfim,Bano e com os coitados do Albertino e Nito que não passam de pobres diabos.
    Vamos parar com isto!
    Vamos pensar com cabeça e não com o coração e muito menos com os bolsos.
    Viva a Republica.

  18. img
    Dias Responder

    Agora querem pacto pois não. Quem ficou mal na peça foi meu partido do coração o MLSTP que não soube pensar antes de cometer a barbaridade que fez. falo da maldita coligação com o PCD

  19. img
    zeme Almeida Responder

    Os pecedistas querem se multiplicar com sangue dos outros.Depois de juntarem no derrube ao XIV,só reparam que as coisas vao de mal para o pior?

  20. img
    Discreto Responder

    O que eu pergunto ao PCD é o seguite PCD o Carnaval já começou? Eu acho que o mês de carnaval é Fevereiro e por pontapé da na ferida isto é coisa está mal entre PCD e MLSTP está forja o ADI como causa do mal. Neste caso o MLSTP para pedir conta ao Gabriel Costa vai ao SEDE e não na casa parlamentar por truques de porta fechada. Porquê???? TRUQUES.

    • img
      Cão mudu. Responder

      É igual, quando vocês vão ao Gabão reunir comissão Política e buscar dinheiro do vencimento na mão do vosso Chefe.

  21. img
    Lévé-Léngue Responder

    Este discurso do PCD, leva-nos a ter uma nova visão do STP, e espero que todos os partidos políticos sigam esta iniciativa, para que todos possam unir em prol de um São Tomé melhor. PCD esta de parabens.

  22. img
    Lévé-Léngue Responder

    Nisto tudo o ADI deveria aprender a lição, cheio de Deputados indisciplinados, barulhentos, e sem nível nenhum, falam palavras se nexos….Olha só Patrice deveria vir a São Tomé, como aconselhou PCD, sentar a mesa com todos os políticos, para traçamos um rumo a nossa terra. Porque o país esta nestas situações devido Sr. Miguel Trovoada que fez cair sucessivos governos. bem aja a todos

    • img
      Chefe de Estado Responder

      Acho que o Senhor Lévé-Léngue está desorientado!Deixa de ódio e rancor à família Trovoada.
      Viva União, paz social e bem estar do Povo Sofredor!

  23. img
    madalenas Responder

    Creio que o PCD, vai aceitar qualquer condição para salvar o STP, mas que não passe pelo Dr. Patrice Trovoada como 1º Ministro.
    Assim vai a politica em São tome e Príncipe.
    É sa pena! è sa dolo, dolo montchi.

  24. img
    E. Santos Responder

    Gina nancê ça um pacto cá fè? Nancê cá fica ni país cá salva, salva tudo hola. Antê quê já? Punda vangele…xê fô wê non.

    Não perceberam que o erro está em vocês próprios?
    Larguem o osso a ver se o país não anda…larguem o osso.Xiça!!!

  25. img
    Xuxanti Responder

    Pois quando ja nao tem mas espaço de manobra o melhor é colocar arma no chão.
    Mas esse Pcd mesmo e sem caracter

  26. img
    SOLUÇÃO Responder

    Caros compatriotas
    O País já tem 22 anos de Democracia de regime presidencialista. Ainda não demos conta de que este regime não serve para o nosso País? Nem o MLSTP nem o ADI nem o PCD estão interessados a desenvolver este País, aliás todos eles já estiveram no poder e o resultado é nulo. Porquê não tentarmos o regime presidencialista. Temos no País 4 poderes distintos (Presidente, Assembleia, Governo, Tribunais) e todos eles independentes e ninguém faz nada. Será que o País precisa de tantos poderes assim.
    Reflitam sobre o assunto
    Bem haja.

  27. img
    observador Responder

    Apesar de bem vinda a ideia do PCD, certo é que o problema do nosso País é mais profundo, pois, o mesmo reside nas pessoas e não está somente vinculado as Leis ou propostas mas sim no seu cumprimento pelas pessoas /homem, ora mais do que fazer mudanças legislativas há que forçar as pessoas a cumprirem-nas….

  28. img
    carlos Responder

    Quero realmente acreditar que os superiores interesses da nação estão a falar alto. Más o problema de STP é que esses superiores interesses não são simultâneos em todos os partidos.Eu quero o pacto vc quer eu não? e vc talvez, bem… quanto eu ganho com isso $$$$$$?.

    Criem pactos de regimes, lei com listagem dos cargos de confiança politica e os de e cargos de competência técnica (a salvo do tradicional e vergonhoso( sais tu e entro eu para depois reentro eu).

    Dê sangue novo e limpido aos tribunais e justiça incentive a produtividade e deixe de exportar massivamente o arroz e deixe isso com empresários, honestos e acima de suspeitas. promova em toda a linha a produtividade e possibilite a industrialização do pais na pesca, na agricultura, deixem de exigir luvas para deixarem os empresários estrangeiros investir no pais ( querem ser accionistas sem querer gastar um tostão)isto é em vez de empresários temos um refém económico que sabe que se não paga luvas caçam a licença.FAÇAM ISSO A HISTÓRIA VÓS HONRARÁ.

  29. img
    madalenas Responder

    PCD, passa a confirmar o ditado# Pó culu, cu manga secu#

  30. img
    João Kibonda Responder

    Resumindo e concluindo, PCD quer tratar este povo humilde de “burrinhos”. Só agora é que querem se unir? A bem de quê? Pelos vistos, não querem oposição, nem alguém ou algum organismo que aponte o dedo a algum caso que futuramente possa acontecer, relacionado com uma possível corrupção. Conclusão:Querem sim, que os verbos continuarão a ser conjugados na 1ª pessoa do singular, somente numa base de minoria mais alargada e o povo que se dane.É isto o que querem? Meus senhores,deixemos de brincadeira, façamos como Cabo Verde, sentir orgulho e preocupado no desenvolvimento do nosso país e do bem estar do povo. Há um velho ditado santomense que se diz: Quá defunto na fica fá, mina tlaxi na cá comê fá.

Deixe um comentario

*