Política

Secretário Executivo da CPLP acredita na adesão da Guiné Equatorial à comunidade lusófona

Murade Issac Miguigy Murargy garantiu que a CPLP, está a fazer todos os esforços para que a Guiné Equatorial seja o próximo membro da organização de países de língua portuguesa. O Secretário Executivo da CPLP, visitou São Tomé e se reuniu com o Presidente da República, Manuel Pinto da Costa.

A entrada da Guiné Equatorial na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, deverá acontecer na próxima reunião dos Chefes de Estados. O Secretário Executivo da Comunidade Lusófona que visitou São Tomé, se reuniu com o Presidente da República Manuel Pinto da Costa, e o Primeiro Ministro.

Murade Issac Miguigy Murargy garantiu que a organização está a agir com vista a entrada da Guiné Equatorial na família CPLP. « É um processo que está em curso. Muito em breve vamos ter uma missão que se vai deslocar a Guiné Equatorial para avaliar a implementação do plano de acção do processo de adesão», assegurou.

O secretário Executivo a CPLP, disse acreditar que o processo está no bom caminho. «Acredito que faremos todos os esforços para que a Guiné Equatorial seja o próximo membro da CPLP», precisou.

No encontro com o Presidente da República, o secretário executivo da CPLP, analisou as propostas de reforma da organização de língua portuguesa. «Que a CPLP seja de todos, que responda aos anseios e os interesses de todos os países, que fazem parte e dos respectivos cidadãos. Este é o objectivo principal», concluiu.

Murade Issac Miguigy Murargy é moçambicano e lidera a CPLP desde 2012.

Abel Veiga

    6 comentários

6 comentários

  1. ajavidacu Decu

    29 de Outubro de 2013 as 13:08

    Quanto mais membro mais peso e respeito terá a CPLP ,

    • a chave

      29 de Outubro de 2013 as 20:16

      Mas tem que ser paises lusoparlantes, se estamos a aceitar hispanoparlantes, alemaoparlantes, arabeparlantes, francoparlantes… estao ja nao é CPLP

      • António Menezes

        30 de Outubro de 2013 as 17:46

        Temos tanta arrogância de não aceitar G E no nosso seio? Porque não fala português? Nós cá em STP falamos português? Mesmo se for por petróleo? Qual o problema? Somos tão pequenos que até pensamos pequeno… que horror de gente.

      • pires dos santos

        30 de Outubro de 2013 as 21:57

        quem q não africano os guinequato falam até nossa língua portanto são nossos irmãos

  2. tela mu

    30 de Outubro de 2013 as 14:47

    O mundo esta a mudar,qual é a lingua oficial da Guiné Equatorial?Portugues? isso é gozo demais tudo isso sera por petroleo?

  3. 3 macucu

    31 de Outubro de 2013 as 8:10

    Estas eneciativas sao coisas para louvar,nao para criticar fincam todos a saber que ,sao os portugueses que dicubriram toda costa de africa até Muçambique e também alguns paises de americalatina si hoje eles nao apoderam dessas africas é porque avia alguém mais forte sinao sao todos portugueses sejà benvindo Guine Equatorial a CPLP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo