Presidente da República senta partidos à mesma mesa para discutir o futuro do país

O Presidente da República decidiu reunir-se esta quinta-feira com as direcções de todos os partidos políticos com assento parlamentar num encontro conjunto que vai decorrer no Palácio do Povo.

Uma reunião que, segundo fonte da Presidência, foi convocada por Pinto da Costa com o objectivo de colocar os quatro partidos com representação na Assembleia Nacional a dialogar sobre o futuro do país.

Segundo a mesma fonte, Pinto da Costa pretende que o diálogo, seja o mais abrangente possível e alargado a outros sectores da sociedade mas que dá o pontapé de saída neste encontro com as direcções partidárias, uma vez que os partidos são os pilares essenciais do regime democrático cabendo a estes, por isso, um papel decisivo no processo.

Segundo o Téla Nón apurou e de acordo com a convocatória enviada aos partidos, Pinto da Costa, justifica esta iniciativa como uma resposta aos sucessivos apelos no sentido de uma intervenção presidencial que promova o diálogo na busca de consensos mínimos que permitam ao país realizar as reformas estruturais necessárias para ultrapassar definitivamente os constrangimentos que têm impedido São Tomé e Príncipe de entrar num caminho de progresso acelerado.

Segundo a fonte do palácio cor-de-rosa esta iniciativa insere-se no âmbito da magistratura de influência do Presidente da República no sentido de, como repetidamente tem afirmado Pinto da Costa em várias intervenções públicas, sejam encontrados consensos sobre um núcleo fundamental de reformas para o país, com um horizonte que ultrapasse os ciclos eleitorais e que possam ser implementados independentemente de quem ocupe a cadeira do poder de acordo com a vontade do povo expressa nas eleições.

Diálogo que em democracia nunca é uma perda de tempo constituindo, antes pelo contrário, um instrumento fundamental para viabilizar, através do consenso, um conjunto de reformas indispensáveis ao país e, cuja concretização tem sido posta em causa pela crónica instabilidade política.

É neste quadro, concluiu a mesma fonte contactada pelo Téla Nón, que o Presidente da República decidiu convocar este primeiro encontro com os partidos políticos com assento parlamentar com o objectivo de implementar mecanismos de diálogo que contribuam para a credibilização da classe política, valorizando as diferenças entre cada força partidária, promovendo o debate de ideias e, através deste, mobilizar os cidadãos para as eleições de 2014.

Abel Veiga

  1. img
    lede di alami Responder

    Boa iniciativa, mas e preciso diminuir partidos politicos no pais, existem muitos..

    • img
      S.D. Responder

      Em frente, Senhor Presidente e que as forças políticas de STP entendam que é preciso que actores políticos, sociedade civil, os SÃO-TOMENSES, se entendam. Que algo de bom para o país, para todos nós, resulte dessa iniciativa.

    • img
      tudo o vento levou!... Responder

      o bloco de petrolio n°1 ja foi
      vendido no negocio da china
      negocio escuro ….
      agora ja podemos todos sentar-mos
      a mesa para negociar numa farca
      democracia.
      apezar que tambem reconheco
      que depois da tempestade provocada
      e necessario que facam algo ainda que seja
      para fazer boi dormir…
      sinceramente penso era uma boa
      oportunidade para Pinto da costa
      limpar a sua imagem…
      destanciar dos seus camaradas da velha guarda
      infelizmente deixou-se levar ….
      nao so desuludio a muitos que
      votaram nele como a se proprio..
      mesmo assim tenho duvida.
      se realmente tem acordado
      de mau pesadelo para stp
      viva sao tome e principe
      alerto os saotomences para que
      nao deixem de sonhar …
      apesar de tentarem matar o
      sonho desse povo…
      porque o sonho comanda a vida!..
      Pinto ;PARA!OLHE!ESCUTE!

      Nao mate O SONHO DESSE POVO…
      como desse ALDA DO ESPIRITO SANTOS
      …MATARAM O RIO DA MINHA CIDADE.
      QUE DEUS ABEMCOE AOS SANTOMENSES

  2. img
    armando Responder

    O atual Presidente da Republica tem experiencia de sobra, se nao fizer melhor, faltar-me-ha adjetivos para o classificar.

  3. img
    homem honesto Responder

    A ideia do Sr.Presidente é boa, mas vem muito tarde.
    Ele deveria pensar bem, antes de deixar cair o XIV Governo do ADI chefiado pelo Patrice, se caso estaria a pensar no bem de São Tomé e Príncipe.
    Agora só resta ele marcar as eleições, para que fique claro para os partidos políticos.
    Esta ideia do Presidente só é precisa após as eleições.
    Quem ganhar governa o País durante quatro anos.

    • img
      Martelo da Justiça Responder

      Caro amigo, não basta ganhar as eleição. É preciso ter maioria absoluta. Se não a tiver, terá que dialogar e juntar-se a outro partido para constituir a tal maioria absoluta. Se não o fizer e ficar a espera de paninhos quentes dos outros Partidos, poderá acontecer o mesmo que sucedeu com o ADI. Na política não pode haver arrogância, mesmo quando um Partido tem a maioria absoluta porque os desafios de São Tomé e Principe é muito grande que um só Partido não está em condições de o levar a bom porto. Se é um dirigente Politico regista bem o que acabei de opinar.

      • img
        eu mesmo Responder

        Estou de acordo consigo quando diz que sem a maioria absoluta o partido ganhador deve governar com outros mas não estou de acordo quando diz mesmo com a maioria absoluta, um só partido não consegue governar STP. porquê? qual seria então a lógica de ter um Partido Político e concorrer sozinhos as eleições? Lembro-lhe que os Partidos são criados e fortificados para governarem sozinhos. Só não governam sozinhos por causa das coisas maravilhosas da DEMOCRACIA “maioria absoluta para aprovar os diplomas na casa da Lei que é o PARLAMENTO. No entanto, todos os Partidos Políticos têm, como é normal, a pretensão ganhar com a maioria absoluta e governar sozinho.

    • img
      Carlos Santos Responder

      O caro compatriotas voce esta a defender Patrice Trovoada mas esqueceste quando Tomé Vera Cruz Era Primeiro Ministro que então Presidente Fradique de Menezes deixou cair para pôr Patrice Trovoada em 2008 nessa altura não era governo constitucional eleito pelo povo ou vocês já esqueceram querem enganar quem com isso essa verdade vocês escondem dentro de gaveta a sete chave quando o Patrice fez o jogo sujo para derrubar o governo de Tomé Vera Cruz, ADI deixa disso……..! vocês não são soluções para o País

      • img
        Paulo de brito Responder

        Caro compatriota a sua afirmação é mordaz,e susceptível de procedimento judicial. Devias aprisionar a tua vontade de opinar neste forum.
        A vossa ignorância ao invés de se acanhar, revelou-se audaz e temerária. E vejo nisso a pior ignoância entre as ignorâncias. O silêncio triunfa sobre a esperteza que se revela saloia como a tua. O PATRICIO TROVOADA, é o preferido do povo. Não vale a pena taparem o sol com a peneira.
        Haver vamos.

      • img
        António Menezes Responder

        Estou nas tintas para o ADI, mas vamos la ver. Foi o próprio partido do Fradique que levou a queda do seu governo, não foi nem o MLSTP nem o ADI. Não vamos ai enganar as pessoas, pois temos a memoria muito curta.
        Os deputados do MDFM é que derrubaram o seu Governo , pois muitos estavam a procura de tachos e não saia.
        Depois veio o Patrice e depois o Rafael Branco, por essa razão a cumplicidade é enorme. Diga a verdade, pois essa doi…

    • img
      emiliano Responder

      Caro Senhor Homem Honesto.
      O Presidente da república é que meteu a monção de censura para derrubar o XIV Governo Constitucional, sem maioria paralamentar? Não esqueça, assim que a Assembleia Nacional derrubou o XIV governo o PR automaticamente de acordo com a Lei, deveria chamar o partido mais votado, desde que demonstre que tem maioria absoluta, para formar o governo. O Sr Presidente não fez isso ,passou quase 15 dias para decidir, chamou de novo o seu partido para formar o Governo , mais a vossa arrogância bloqueou tudo e agora você se denomina de homem honesto, onde está a tua honestidade? sinceramente pessoas como o senhor é que estão a contribuir parta a forte crispação desta sociedade. Senhor Presidente da República, parabéns pela iniciativa, siga em frente que o povo atento está consigo. Viva e Democrácia. Viva São Tomé e Príncipe, abaixo os panfletistas. Com este vosso comportamento quem vai vos dar maioria absoluta, nunca mais!……

    • img
      toresdias Responder

      Caro homem Honesto, será que com o Governo capitaniado por P.Trovoada seria possivel.Ele não dava Pinto satisfação nem o povo que lhe escolheu, e a verdade ta a vista: Saiu do Governo evaporou esqueceu do povo que lhe escolheu, deixou aí os seus escomalhas, para ver o comboio a passar. Por isso está na altura para unirmos em torno de um bem de S.Tomé e Príncipe. Mas por favor esqueça do XIV governo pq ja se econtram no inferno a arder.

      • img
        Zeca Afonso Responder

        Caro senhor, qual o governo deste país que deu ou dá satisfações ao povo? Veja este, que considero, o mais incompetente de todos eles depois do de Tomé Vera Cruz. Escondem o arroz de Japão e depois de vários meses apresentam apenas uma propaganda ao povo no bôbo TVS. O povo quando sai a praça, não vê arroz nenhum de Dbs15.000,00. Pergunto? Onde estão os defensores do interesse do povo? E por ser um governo presidencialista, porquê que o senhor presidente não intervem para defender os interesses legítimos dos santomenses preferindo mais um fórum que ao que tudo indica não vai dar em nada!

    • img
      L P Costa Responder

      Este senhor que diz ser Homem Honesto, so pode ser um ignorante ao fazer um comentario como tal. Tenha um pouco de nocao ao escrever certas coisas.

  4. img
    Barão de Água Izé Responder

    É sempre bom quando o Pr. da República promove o diálogo e entendimento.
    Mas face ao problema central de STP que não é ou não deveria ser a politica mas sim o combate à pobreza e luta pelo desenvolvimento, ou seja a Economia, e por que a nossa Terra é um caso de emergência,atrevo-me a sugerir ao Sr. Presidente que crie um Conselho Económico, por ele presidido constituído, pelos principais agentes: 1º Ministro, Ministro da Economia,Directores dos Bancos; Directores das principais empresas privadas e cooperativas.
    Este Conselho pode ter uma missão muito mais importante do que derimir conflitos entre partidos, e lançar pistas para o descolamento da Economia.

  5. img
    Jaimito Salvador Responder

    Será que o Pinto quer fazer o mesmo que o Fradique de Menezes fez ?
    É que em S.Tomé e Principe, já se realizou uma conferência nacional e que teria até produzido bons resultados. Só que de boa intensão ao acto, a distância é grande porque uns e outros não se apoiam mutuamente quando estão de lados opostos. Ou seja, eu sou obrigado a perguntar se quando se realizou a conferência nacional, um processo muito bem moderado pelo Pastor Marques dias, se naquela altura Pinto da Costa deu alguma contribuição ?

    • img
      Zeca Afonso Responder

      Boa! Adorei a sua explanação!As questões de S. Tomé e Príncipe parece que só interessa ao senhor Pinto da Costa enquanto Presidente da República. Quando não está na presidência faz como avestruz.Enfia a cabeça na areia e deixa as pernas para fora! E já agora se a questão é instabilidade, porquê que S. Tomé e Príncipe não se desenvolveu nos primeiros 15 anos da sua independencia?

  6. img
    Féla Balía Responder

    Muito bem Pinto da Costa, demonstração certa de quanto vale os cabelos brancos.
    O Povo quer sim ver o País a crescer e a sua ajuda num dialogo aberto abrirá caminhos aos novos horizontes.

    Bem haja Manuel Pinto da Costa.

    • img
      Zeca Afonso Responder

      Se o país está a crescer assim tanto talvés seja apenas para si. Porque no meu prato a comida continua a diminuir.

  7. img
    Cabaló Molé Responder

    Oriente os políticos converse com eles, não faça como Patrice Trovoada lhe tinha aconselhado, inicio da citação “Segure os seus cães” Senhor é homem de maturidade demonstre-a a nação.

  8. img
    Pixí N'dalá Responder

    Essa sim é a outra forma de fazer politica, com a abertura democrática, o Pinto da Costa está a fazer calar todos quantos diziam que este Pinto aí é monstro. Mas assim este sim é o verdadeiro Pinto da Costa, verdadeiro homem de ESTADO e com o sentido de ESTADO.

  9. img
    carlos Responder

    Muito bom. eu acho que é nesses fóruns que se deve apresentar para todos os partidos um master plan. E que todos os partidos devem quando ganharem eleições trabalhar em torno deste plano.assim o povo ficará mais feliz e eliminaremos o sempre e já cansativo, eterno recomeçar.
    Grande iniciativa. e falta também definir na assembleia os cargos de confiança técnica e os de confiança política

  10. img
    Auditor Vigilante Responder

    A ideia é boa, é de louvar, mas é preciso ter em atenção que esse tipo de iniciativa, o mais importante não reunir e dar uma conferencia de imprenssa para os diversos participantes darem show…. é muito importante o seguinte:
    - Ser marcada com antecidencia, de modo que os lidres partidarios tenham tempo para pensar e consultar os seus assessores se necessraio, porque é importante ter ideias para debater….
    - Apesar de estarmos na democracia, acho importante proibir os participantes deste encontros a darem conferencia de imprensa antes de chegarem a um consenço, porque o show mediatico so ajuda a estragar o objectivo do enevto.

    • img
      Auditor Vigilante Responder

      ” eventos”…..”Imprensa” ….” lideres”

  11. img
    Da Terra Responder

    Pinto da Costa pensa que as pessoas estão distraídas em relação as suas táticas.Ele sabe o que vem aí e como é parte cúmplice da situação por que atravessa o país com a queda do XIV governo constitucional está a tentar arranjar um forma para mitigar o mal depois de ter dito de forma humilhante ao povo que o elegeu, que o povo só manda nas urnas! Acho ser extemporâneo qualquer tipo de acordo. É bom que se espere pelo resultado das eleições. O pacto (acordo),já existe entre o MLSTP/PSD, PCD e MDFM. O povo sabe deste acordo e o seu propósito. Fiquem lá os três como estão! Não traga mais problemas a este martirizado povo.

  12. img
    Da Terra Responder

    Queria eu dizer …”uma forma para mitigar…”-

  13. img
    anonimo Responder

    Boa iniciativa do Presidente da Republica, mas não chega há que ser pragmático e ambicioso, apresentar propostas/iniciativas concretas e ser consequente com aquilo que diz….

  14. img
    Noite Escura Responder

    Senhor Presidente, a ideia é de louvar. Mas duvido que na prática isso funcione. Sabem porquê? Ao longo destes anos todos passados, já se tentou por várias vezes se reunir em nome do desenvolvimento do país. Na prática só se vê o desenvolvimento individual de meia dúzia de gente. O que me choca e entristece, é que,provavelmente aquando do Acordo de Argel discutia-se falando no povo santomense e no seu legítimo desejo que é a coisa mais dignificante para um povo. Hoje, fala-se do povo tentando tapar o sol com a peneira. Porque muita gente que antes do 12 julho de 1975 não tinha nada, hoje é poderosa e detentora de muitos bens. Por isso, é dificílimo acreditar que as “pessoas” pensem no desenvolvimento deste infeliz país que não merece esta sorte. O futuro dirá e o Jesus proverá!

  15. img
    malebobo Responder

    o presente da republica deveria pensar nisto a muito tempo, não é so agora que vem com essa conversar de consenso nacional, quando ele sabe que os partidos que sustentam o atual governo, as popularidades dos mesmo estão em queda livre

  16. img
    Cidadão Responder

    Não nos venham dizer que com essa estratégia pensam em adiar as eleições!!!Por amor de Deus!!!! Estamos num estado de direito e democrático, o que significa que ninguém ou seja, nenhum cidadão está acima da lei!As eleições é que legitimam os dignos representantes do povo! Por isso não fazendo eleições em tempo devido, atenta contra a lei fundamental da república, que qualquer dirigente jurou cumprir.

  17. img
    Independência diz Responder

    Só agora? já não vai a tempo porque da maneira que S.Tomé caiu no buraco não sei não;penso que com esta geração…….
    Primeiro temos que mudar de mentalidade
    Deixar de ser rancoroso uns com os outros.
    deixar de ser ignorante
    deixar de intrigas
    dizer as verdades na cara sem receios
    por o País a cima de todas as coisa
    etc……

  18. img
    JOAO ALMEIDA Responder

    Boa iniciativa senhor presidente. Ha muitas dores de cotovelo, mas va em frente. Ja chega de malandrices como as de negocios de barco no alto mar. Queremos politicos q pensem no povo ou melhor, q roubem mais pouco. Porq no fundo nao ha politicos honestos. porem gostei como santomense q sou saber dessa iniciativa.
    Um bem haja.

  19. img
    Maria Madre de Deus Esp. Santo Responder

    Tenho uma dúvida para ser saneada. Esse encontro ou essa concordata preconizada não afetará os princípios da democracia? Que desentendimento existe se oposição deve fazer o seu papel de criticar desenvolver ações que lhe conduz ao poder tendo em conta que a politica visa o poder em qualquer circunstância?
    O Partido que ganha as eleições e que esteja a governar não sabe que o seu papel é governar desenvolvendo atividades em prol da população que o elegeu?
    O que esses irresponsáveis tem feito com relação a ocupação do solo urbanístico, solo agrícola com a politica erada de privatização? É ver, deixa andar, anarquia, desgovernação, incompetência de sucessivos governos desta terra infeliz? O que os Senhores do poder querem é que concordam lá em cima para humilhar o povo aqui em baixo? Ou acordo para cada um requisitar o seu bloco e o povo permanecer na escuridão? Todos permanecem impávidos perante a má distribuição do espaço. O que quererão fazer com o dinheiro do petróleo? Não pensaram ainda que devemos ter espaços para construir obras de caris social e edifícios políticos e outros. Onde é que irão edificar essas obras se já ocuparam ou abandalharam todos os espaços nobres para o efeito? O País vai mal e tem que haver oposição.

  20. img
    Justiceiro Responder

    Caro compatriota Zeca Afonso, agradeço-lhe muito sinceramente pelo seu comentário! Nada mais:

Deixe um comentario

*