Política

PCD abre processo de revitalização das suas bases

Trindade capital do distrito de Mé-Zochi foi no último fim-de-semana o palco da abertura das reuniões de conselho distrital, que o partido PCD está a promover para revitalizar e motivar os seus militantes de base para os desafios eleitorais de 2014.

O PCd que começou em Mé-Zochi o processo de reestruturação das suas bases, prented segundo Sebastião Santos, fortalecer as bases do partido para enfrentar os desafios previstos para 2014. «É preciso reunir os militantes, dar aos militantes informações necessárias reestruturar as nossas bases para que elas fiquem mais fortalecidas para os próximos embates», declarou o membro da direcção do PCD.

PCD que nas eleições legislativas de 2010, só conseguiu eleger 1 deputado por cada círculo eleitoral, totalizando 7 deputados no parlamento, pretende crescer nas legislativas de 2014. «Todo o nosso enfoque é irmos as bases com vista a melhorar a performance do partido para os próximos embates», reforçou Sebastião Santos, mais conhecido por Bidão.

Partido que ganhou as eleições legislativas de 2006 numa coligação com o MDFM, totalizando juntos 23 assentos na Assembleia Nacional, é actualmente a terceira força política do país com 7 lugares na casa da democracia.

PCD considere que precisa trabalhar as suas estruturas, para crescer e fazer surpresa em 2014. «Digamos que poderá haver surpresas. Desde que consigamos retomar os nossos trabalhos como o fizemos no passado, consolidar os nossos militantes, unir os nossos militantes, tornar mais esclarecedor os objectivos do partido, isso tudo faz-nos prever uma boa perspectiva para o futuro», concluiu Sebastião Santos.

Abel Veiga

    7 comentários

7 comentários

  1. OTOR

    2 de Dezembro de 2013 as 14:07

    Se realmente Deus existe, vcs do PCD não terão um unico deputado nas proximas eleições, e se for so uma questão evolucionista como defende o Darwin então , os santolas então fritos

  2. anonimo

    2 de Dezembro de 2013 as 16:18

    Tristeza…

  3. tudo o vento levou!...

    3 de Dezembro de 2013 as 10:46

    o eixo do mal…
    PCD
    tenho duvida da
    vossa nacionalidade.
    sera que esses senhores do pcd
    sao mesmos de nacionalidade
    saotomenses?…
    nao sei se vao passar
    a minha opiniao…
    como saotomense que sou
    doi-me na alma conformar
    com tanta epocresia, tanta
    maldade…
    e preciso ter muita lata…
    voces jornalistas tambem
    tenhem consencia disto .
    porque tambem fazen parte
    dest povo…

  4. António Menezes

    3 de Dezembro de 2013 as 21:08

    Vou rezar e ver o PCD a desaparecer na cena politica santomense. Que gente, depois de 1991, onde o MLSTP era o diabo, agora está o PCD a casar e fazer pior do que MLSTP. Esperem, nas próximas eleições terão 0 votos e 0 deputados, não merecem estar na cena politica.
    Daí a alguns anos vamos ter na nossa historia que passou um tal partido, PCD, que fez tanto mal ao Pais e desapareceu, como aconteceu a CODO, p.e.
    Aguardem…e serão um dia julgados por isso.

  5. malebobo

    4 de Dezembro de 2013 as 8:27

    se deus escreve certo na linhas tortas, o partido pcd, terá a sua prenda em 2014, haver vamos, já tiveram provas em 2010

  6. Forobodó

    4 de Dezembro de 2013 as 15:43

    Vamos ter de assistir todos. a extinção do PCD, para o bem de STP.

  7. de Ceita

    5 de Dezembro de 2013 as 8:25

    São os últimos suspiros de um partido que aguarda a extrema- unção.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo