Política

Obama acredita novo embaixador de São Tomé e Príncipe nos Estados Unidos de América

Carlos Agostinho das Neves, formado em história, diplomata de carreira, entregou esta semana ao Presidente norte-americano Barack Obama, as cartas que o acredita como embaixador plenipotenciário de São Tomé e Príncipe junto ao Governo dos Estados Unidos de América.

Há alguns anos que São Tomé e Príncipe, não tinha um representante diplomático junto ao Governo dos Estados Unidos de América. A embaixada em Washington estava entregue as moscas. O último inquilino foi o embaixador Ovídeo Pequeno, actualmente representante da União Africana na Guiné Bissau.

Um cenário que alterou esta semana, com a presença de Carlos Neves na Casa Branca onde foi confirmado pelo Presidente Barack Obama como novo embaixador são-tomense. Nomeado pelo Presidente da República Manuel Pinto da Costa, como embaixador de São Tomé e Príncipe nos Estados Unidos de América, Carlos Neves entregou as suas cartas credenciais ao Presidente Obama.

A cerimónia decorreu no salão nobre da Casa Branca, residência oficial e gabinete de trabalho do Presidente dos Estados Unidos, em Washington. O Presidente do país mais poderoso do mundo, lado a lado, com o embaixador de um dos países mais pequeno e humilde do mundo, no entanto reconhecido, como um Estado Soberano, membro da comunidade das Nações, e localizado numa zona estratégica para o mundo e para os interesses norte americanos, o golfo da Guiné.

Antes de entregar as cartas credenciais ao Presidente Norte Americano, o embaixador Carlos Neves teve vários encontros no departamento de Estado Norte Americano, onde abordou vários aspectos da cooperação entre os dois países, realçando as questões ligadas a segurança marítima no golfo da Guiné.

Por outro lado, desde 2012 que Carlos Neves foi nomeado pelo Chefe de Estado são-tomense, como representante diplomático do arquipélago, junto às Nações Unidas, tendo sido investido como tal, na sede da ONU em Nova York desde Setembro de 2012.

Carlos Neves, que no passado foi embaixador de São Tomé e Príncipe em Portugal, é formado em história. Diplomata de carreira, também exerceu intensa actividade política. Foi membro fundador e primeiro Secretário-geral do partido ADI. Força política que acabou por abandonar, depois de entrar em rota de colisão com Patrice Trovoada.

Carlos Neves e outros militantes da direcção da ADI, acabaram por criar uma nova força política a UDD, que por sinal actualmente governa São Tomé e Príncipe, através de Gabriel Costa, outro antigo fundador da ADI, actualmente membro da direcção e fundador da UDD.

Nos últimos anos, a par da produção de pimenta e outras especiarias na sua média empresa agrícola na zona de Água Izé, Carlos Neves, trabalhou como director administrativo da Agência Nacional de Petróleo.

Abel Veiga

    24 comentários

24 comentários

  1. pedro

    5 de Dezembro de 2013 as 7:13

    Parabéns Dr. Carlos Neves

    • S.L.

      5 de Dezembro de 2013 as 15:47

      Senhor Embaixador:

      Nós conhecemos as suas capacidades intelectuais e o seu talento diplomático. Coloque todas essas valências ao serviço da diplomacia pro-activa a favor do desenvolvimento do NOSSO PAÍS.

      Bom trabalho, Embaixador e amigo.

      PS- Vem passar as férias do Natal a casa?

    • Manuel Santos

      8 de Dezembro de 2013 as 18:15

      Orgulha imenso ter conhecimento de acontecimento como este. Contudo, aconselho a todos os nossos nossos deplomata a terem atenção a postura, “elas falam muito”. Reconheço momentos destes são único na vida, no entanto, do é um ser humano apesar do poderio.

  2. Sensa

    5 de Dezembro de 2013 as 7:42

    Orgulha-nos, os Santomenses ver e ouvir que esteve um Representante “nosso” ao lado da Individualidade mais poderosa do Mundo, o presidente do EUA… Bem haja São Tomé e Príncipe… o nome deste País chega a longe… queremos isso e muito mais.
    O Reconhecimento é um passo…

    Sensa Comissário

  3. bem ní wê mali ni tlachi

    5 de Dezembro de 2013 as 8:35

    Assim vai a vida…

  4. washington

    5 de Dezembro de 2013 as 9:32

    Até que os Dois são um pouco parecidos!

    • António Menezes

      7 de Dezembro de 2013 as 15:03

      Credo, alguém não deve é enxergar bem…
      Mas viva o UDD…apoiou e vem aí o fruto. Assim está tudo bem…que terra…

  5. FILHO DA TERRA

    5 de Dezembro de 2013 as 9:33

    Porquê que não pode ser um jovem dos seus 35 anos com formação actualizada que sabe bem falar línguas principalmente o inglês? Não estou a ser pessimista mas sim um ponto de vista estratégico…..chega de gente velha a frente de tudo.

    • Cinco

      5 de Dezembro de 2013 as 12:37

      E porquê que tem de ser um novo que não sabe ler ou escrever como a ex-ministra Ângela Costa que só nos envergonha nas funções que exerce? A idade nem sempre é uma desvantagem. Pelo contrário! Dá experiência e sabedoria. Carlos Neves já demosntrou que é um bom quadro nacional. É uma pessoa culta. Percebe daquilo que está a fazer. Sabe estar, coisa que muitos novos não sabem fazer para além de soberba e espalharem ignorância por ai. Conheço muitos quadros novos que não são capazes de interpretar um simples texto escrito ou fazer uma carta ou ainda expressar uma ideia sobre qualquer assunto. E uma das nossas maldições é, neste momento, esta praga. Basta ler comentários que pululam um pouco por ai e no faceboock. Cheios de erros e outras gralhas que faz acordar qualquer morto.

  6. STP-indignados.

    5 de Dezembro de 2013 as 9:36

    Infelizmente,por causa do egoísmo,ódio,avareza,oportunismo,patetice de Patrice Trovoda,perdemos todos bons Quadros.
    Agora estamos na Mer…..

    • socolomesso

      5 de Dezembro de 2013 as 18:38

      Por favor deixa PT em paz. Tudo de mal colocam logo PT. Não acha que se da muita atenção ao Patrice, por favor fala de quem cá está.

  7. forro da terra

    5 de Dezembro de 2013 as 10:18

    É preciso esperar um ano e meio para ser recebido pelo presidente dos EUA?

    Que diplomacia fraquíssima!

    • Pické

      6 de Dezembro de 2013 as 19:10

      contribuinte vai pagar os gastos que ele irá fazer ali sem retorno nenhum para o País.. Se em portugal, a vezes paramos é perguntamos será que há representação diplomático!? porque casos simples de para resolver nem os fazem..

  8. conobia cumé izé

    5 de Dezembro de 2013 as 12:22

    Na política; dois mais dois não são quatros ! Parabens CARLOS NEVES,parabens STP !!!… Deus nos abençoa…Fui

  9. Bom Gosto

    5 de Dezembro de 2013 as 14:48

    Grande diferença de altura entre os dois e na altura entre os dois. Diferença mesmo !

  10. samangwana

    5 de Dezembro de 2013 as 17:14

    Obama deve estar a questionar assim.. “possas, estou a acreditar esse tipo como embaixador de um país que nem sei a onde fica”… vou em seguida consultar o meu assessor para saber de onde é esse gajo… lol. Mas enfim, estamos de parabens por ter um santola ao lado do Obama.

    • L P Costa

      6 de Dezembro de 2013 as 0:12

      Este tal de Samangwana so parece ser mais um destes ignorantes q dizem ser do ADI. Por favor! Pense um pouco de escrever certas baboseiras. Seja mais critico e criativo no seu comentario.

  11. Massude Afonso

    5 de Dezembro de 2013 as 18:52

    E para o Brasil, alguém sabe se já tem?

    • António Menezes

      7 de Dezembro de 2013 as 15:08

      Ainda não, mas de UDD ou de MLSTP ou PDC existem muitos que não trabalham e que nunca foram diplomatas, mas vai sair…

  12. Barão de Água Izé

    5 de Dezembro de 2013 as 23:04

    Face à situação económica da mossa Terra, quantos embaixadores nos deverão representar? Era interessante o Telanon, em trabalho jornalístico, fazer uma lista das embaixadas, dos respectivos custos e que vantagens trouxeram a STP.

  13. Mina Zequentxi

    6 de Dezembro de 2013 as 13:43

    Parabens amigo e que as suas funcoes sejam coroadas de exitos. Bem Haja!

  14. Bom Gosto

    6 de Dezembro de 2013 as 15:00

    Carlos Neves tá subindo né?
    Os Trovada aproveitou ele mas não deu ele nada.
    Fradique ajudou ele, mas doutra maneira.
    Agora veio Pinto e ajudou ele mesmo. Puxa pá! De contador de história, ou melhor, de historiador sem história contada para embaixador. Que salto né gente?
    Mas falando serio, UDD tá crescer. Gente tem que abri oyo!

  15. Odair Costa

    6 de Dezembro de 2013 as 17:12

    Meus parabéns S.TOMÉ E PRÍNCIPE foste conhecido pela grande potência mundial,quer dizer que o mundo inteiro reconhece esse GOVERNO DE GABRIEL COSTA,por isso eu apelo á senhor embaixador que exerça todo seu dinamismo para fortalecer á cooperação com o ESTADOS UNIDOS DE AMÉRICA.É Bonito nosso PAÍS ao lado de BARACK OBAMA.FORÇA S.T.P

  16. Nikilay Monteiro

    10 de Dezembro de 2013 as 15:30

    Seria bom também se aparecesse ai a imagem do Presidente de Cabo Verde a acreditar um Cônsul de STP. São Tomé tem de ter uma representação diplomática em cabo verde.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo