Política

Escândalo no Ministério da Saúde e Assuntos Sociais

O Téla Nón teve acesso através de um sistema digital de propaganda política, a um documento que confirma o escândalo financeiro no Ministério da Saúde e Assuntos Sociais. O relato político e propagandístico é como habitualmente ignorado pelo Téla Nón, mas o jornal partilha com os seus leitores o conteúdo do documento oficial do Ministério da Saúde.

É um escândalo, que pode deitar por terra a gestão financeira dos fundos que são atribuídos ao Ministério da Saúde e dos Assuntos Sociais. Um documento devidamente assinado pelo Director Administrativo e Financeiro do Ministério da Saúde e dos Assuntos Sociais, Manuel Diogo Nascimento, mostra a distribuição de subsídios de chefia à 5 pessoas ligadas ao Ministério.

O Ministro Leonel Pontes, beneficiou de subsídio de chefia neste mês de Dezembro no valor de 700 dólares, que foi depositado numa conta no BISTP.

Emílio Pontes, ao que tudo indica irmão do Ministro da Saúde e Assuntos Sociais, residente em Angola, também beneficiou de subsídio de chefia no valor de 500 dólares norte americanos. O valor em causa foi depositado numa conta do BISTP.

As outras 3 pessoas, são Manuel Pontífice, Manuel Amadeu Diogo e Natalia Tavares F. Catarina.  O Téla Nón procurou ter explicações junto ao Ministério da Saúde e Assuntos Sociais, sobre a legalidade de tais pagamentos, e recebeu a informação segundo a qual, o subsídio em causa é pago através de um fundo disponibilizado pelo Governo de Taiwan a favor do Ministério da Saúde.

A Fonte do Téla Nón, acrescentou que o tal fundo é utilizado pelos sucessivos Ministros da Saúde, há mais de 10 anos, para financiar o chamado subsídio de Chefia, e outras despesas, nomeadamente o pagamento das empregadas e rendas de casa dos médicos especialistas estrangeiros que trabalham no hospital Ayres de Menezes.

As tentativas do Téla Nón, para ouvir explicações do próprio Ministro da Saúde ainda não foram satisfeitas.

Abel Veiga

    63 comentários

63 comentários

  1. mana

    31 de Dezembro de 2013 as 16:09

    Que pobreza!! Ministro recebe 700 dólares é escândalo? Patrice Trovoada comprou mansão em lisboa, isso sim, não é escândalo?

    • S.Tomé Poderoso

      31 de Dezembro de 2013 as 18:27

      pra mim não importa o valor em causa, trata-se de um crime. e o Sr Ministro tem que responder em Tribunal, mesmo sabendo que ñ vai dar em nada.

    • Paulo de brito

      31 de Dezembro de 2013 as 21:31

      Amiga a questão não esta no valor mas sim na conduta em si, do modo como as coisas se processaram,o alarme social. Por outro lado a quantificação não importa nesses casos.

    • Gente

      1 de Janeiro de 2014 as 22:40

      Que pobreza, quais quê manaaaa, não importa o valor, o certo é

    • Estanislau Afonso

      2 de Janeiro de 2014 as 7:51

      No meu entender, trata-se de uma campanha suja para destruir o ministro da Saúde e dos Assuntos Sociais. A oposição quero atingir o seu Partido Político. Desejo muita força e coragem ao ministro alvo de perseguição.

    • sanguebu

      3 de Janeiro de 2014 as 8:42

      É olho cheio…

  2. carlos alberto

    31 de Dezembro de 2013 as 16:37

    Parvoice.
    ANGELA PINHEIRO,Dr UÉLIO,DrAMADEU MAIA,Dr MARTINHO,Leonel informatico,Argentino (Todos de ADI)no Ministerio etc, também sempre receberam este subsídio durante todo tempo como Ministros,Diretores de Gabinete (Angela que nem sabia falar,quanto mais”PROFISSIONAL”.
    Jornal PARVO , ADI Digital nunca informou nada sobre isto´.
    ADI razou-se bastante ATÉ ZERO para trazer esta MESQUINHICE.
    NAO PUBLICARAM Lavagem de Dinheiro assinado por PATRICE TROVOADA com BGIF Bank porquê?

    • Maracujá

      1 de Janeiro de 2014 as 16:02

      O que ADI, tem a ver com essa noticia?

    • A.l.

      2 de Janeiro de 2014 as 9:48

      Sr Parvoíce entende k o sr Ministro cometeu um crime de colocar o irmão e a esposa para receberem 500 dólares cada um deles tendo em conta k eles nem se quer fazem parte do funcionário do MSAS, isso é injustiça enquanto uns trabalham e recebem dois milhões ou menos a esposa dele e o irmão estão sentados a receberem esse valor e a gozar com a nossa carra, já basta da injustiça no nosso Pais os pobres sofrem e os k já têm querem sempre mas a nossa custa.

  3. zeme Almeida

    31 de Dezembro de 2013 as 18:28

    Grande e que tamanho escandalo,nao se fala só do minstro,o que em está em causa é que anda muita beneficiada sem fazer nenhum e tanto pouco pertencer ao ministerio, como o seu irmao Emilio Pontes residente em Angola e também a mulher do ministro uma das beneficiadas com este montante.Tanto dinheiro que a China Taiwan tem dado a STP,com destinos duvidosos.Senhora{mana}já todos a conhecemos deve ser umas das que está bem e tem medo que este governo caia.Haver vamos

  4. zeme Almeida

    31 de Dezembro de 2013 as 18:31

    Erro:o que está em causa é que anda muita gente beneficiada sem fazer nenhum.

  5. Fia luxinga

    31 de Dezembro de 2013 as 18:36

    Isso não é pobreza, mas sim bandidagem, gatuno, e todos gatunos merece ser castigado seja por Centavos ou por milhões é roubo desde que haja prova, não falo em nomes mas em 100% dos dirigentes em S.Tomé e Príncipe 97% de certeza já roubaram (desviaram) bens público. Porque de toda esta confusão partidária é só para chegar ao poder, posteriormente vão praticar mesmas ações do governo anterior, por esse motivo ninguém é chamado Justiça a fim de repor os bens conseguida indevidamente. Há anos como Presidente que estava no poder começou a perder popularidade mandou tribunal de conta julgar umas pessoas sabendo que esta instituição não possui competência para desempenhar as referidas ações, de forma a fazer cegos verem que ele é bom e os outros é que são maus da fita, são estratégias

  6. OTOR

    31 de Dezembro de 2013 as 20:13

    Meu DEUS do céu , até quem mora em angola recebe subsidios, como é possivel isso !? kkkkkkkk

  7. joana

    31 de Dezembro de 2013 as 20:14

    Patrice entregou o director geral do bgfi banco 750.000.000 de euros para depositar em libreville. Isso nao e escandalo? Dinheiro nas maos dos trovoadas chama se capim!!!

    • Independência diz

      1 de Janeiro de 2014 as 20:50

      Joana, Sinceramente será que vc tem noção do que é 750.000.000 de euros?

    • Zeme pelo poder

      2 de Janeiro de 2014 as 12:00

      Claro que isso é escândalo sim e acho que o Sr. Patrício deve responder pelos seus actos. Mas os erros do Patrício não deve servir de desculpas para que o actual ministro façam o mesmo.

      Alegar que o dinheiro já vem sendo distribuído há 10 anos é demonstraçao de uma aspiração muito fraca. Não importa o tempo que tenha começado. Estão no poder não para perpetuar o mal mas para os resolver e buscar solução. Um ministro que pensa que deve continuar a praticar actos ilícitos ou imoral porque já era praticado pelos antecessores, não tem condições para governar ao menos que reconheça a sua falha e mude o rumo das coisas.

    • Pobre Inteligente diz

      2 de Janeiro de 2014 as 17:14

      Joana se o Patrício tivesse esse dinheiro mijava em cima de todos aqueles políticos da nossa praça. com esse dinheiro ele punha todos Juízes, chefes da polícia, chefes militares e criava emprego para todos os jovens alias punha S.Tomé e Príncipe lá em cima e ninguém lhe tirava do poder. Minha querida não tens mesmo noção de nada.750.000.000 de euros é muita fruta.

  8. Vencha

    31 de Dezembro de 2013 as 21:54

    Credo pequena!!. Ministro recebe susidio de chefia de 700 dolares? Xchei!!! esse dinheiro!!! Os meus boquitos posser, rafael, tiny, nino monteiro, patrice, alcino pinto, silva, agostinho, elisio da -me esse dinheiro por semana. Bala sabe!!!! Ele vinha sempre com o envelope e ate pagava a renda de casa durante ano pra chefe campar.

  9. menino mimado

    31 de Dezembro de 2013 as 22:06

    Faça-me o favor Tela Nón, eu quero notícias e não picardias!
    Se um subsídio já vem sendo usado há mais de dez anos pelos sucessivos ministros, isto é escândalo?

    • catia

      2 de Janeiro de 2014 as 19:00

      E escandalo sim, amigo.
      o poblema nao e so o valor que ele recebe mas sim os seus demais q n tem nada a ver com o ministerio d saude a receberem tbm a tal quantia . Como e possivel o irmao q nem sabe secalhar nada sobre o assunto d saude d STP receber este dinheiro em Angola??? e injusto acho q e disso q se trata. Conheco muitos doentes em Portugal q nao recebem nada d parte d menisterio d saude q a embaixada tinha q dar mas……emfim irmaos quem poder reclamar reclama sim mas nenhum deles fica p pedra a morte e d tds nos. ricos ,pobres, felizes e infelizes

  10. Barão de Água Izé

    31 de Dezembro de 2013 as 22:36

    Infelizmente o Estado continua a ser usado e abusado por gente que se diz politica e que gere dinheiros públicos como fossem seus, dinheiros privados.
    Seja uma dobra, um euro ou apenas um dólar, são dinheiros públicos e abusos devem ser criminalizados com mais dureza que fraudes privadas.

  11. zeme Almeida

    31 de Dezembro de 2013 as 23:09

    Um escandalo porque este dinheiro está a beneficiar as outras pessoas,principalmente o seu irmao que vive em Angola.O senhor menino mimado acha isto normal?o senhor deve ser a farinha do mesmo tacho.

  12. Eu também sou filho da terra

    1 de Janeiro de 2014 as 9:01

    O financiamento de Taiwan é para encher os bolsos dos dirigentes. Assim sendo, lhes convém manter esta relação diplomática em detrimento de uma outra eventualmente mais vantajosa para STP. O hospital Dr. Ayres de Menezes carece dos mais elementares materiais para atendeder as necessidades básicas da população. Esse dinheiro deveria ser destinado a satisfazer essas necessidades básicas. Por isso, não posso deixar aqui de considerar escandaloso que o mesmo sirva para subsidiar os dirigentes presentes e ausentes.
    Que 2014 seja o ano de maior consciência dos nossos dirigentes.

  13. a força do povo

    1 de Janeiro de 2014 as 12:03

    Eu trabalho na função pública como técnico superior, possuidor de uma licenciatura e ganho 3.100.000dobras por mês cujo valor liquido chega 2.800.000 dobras.
    A mulher desse ministro está em casa boa vida e ganha 500 dólares? Cerca de 9.800.000 dobras!
    Três vezes mais do que eu que trabalho todos dias para este Estado?

    Outra aberração é o irmão do ministro que está em Angola na sua vida e recebe também 500 dólares!

    No mínimo esse dito ministro sem escrúpulo e sem racionalidade deve pedir a sua demissão.

    Nós todos os funcionários públicos devemos nos juntar e exigir a esse individuo que ele vá para casa porque ele não tem escrúpulo para ser ministro de um Estado sério.

    Que ele receba 700 usd, acho normal. Mas utilizar dinheiro do Estado para pagar pessoas que não trabalham para Estado, é uma grande vergonha.

    DEMITA-SE SR MINISTRO!
    Assim poderá ainda sair com alguma dignidade.

    • Almeida

      2 de Janeiro de 2014 as 18:02

      Sera que o irmão do ministro esta sentado a receber dinheiro em angola sem fazer nada? Quando a verdade vier a tona vocês todos vão ficar dee boca.
      Vai se informar bem. Irmão desse mini8stro é empresário em Angola rapaz. E do que sei ele tem facilitado medicamentos ao pais e a medicamentos que foram para la com despesas pagas por ele e que não foram pagos pelo governo santomense.

  14. Londrino c

    1 de Janeiro de 2014 as 13:20

    Mais um fraude que vai passar impune tenho a certeza absoluta. Todos tem fusa de outro por isso nada a fazer.Espero e faco voto que a populacao sao tomense desperte um dia e faca uma grande manifestacao porque esses dinheiro pertence a todos e nao a um grupo de pessoas.Isto nao e apenas neste ministerio que tem isso… se formos fazer uma boa investigacao financeira em cada ministerio iremos encontrar situacoes semelhantes ou pior que esse.

  15. truque velho

    1 de Janeiro de 2014 as 14:16

    Subsidio sem critério claro, pode ser um erro grave, mas devemos por cobro a estas situações, afinal.
    O Ministro ate por sinal um parente meu, não vou fazer comentários sobre o caso grave, mas sabe o ministro que estas coisas não se fazem. Todos quadros deste STP, gente com conhecimento, CV brilhante, entra numa encruzilhada como se fosse uma praga, Deus nos salve, sempre mas antes do erro!! Agora é tarde!
    Demita-se primo! Seja inteligente como sempre. Ainda esta a lembrar-se da carta rogatória do concurso que lhe passaram a perna, nas noções unidas, por causa da corrupção!!! Da exemplo e demarca-se!!

  16. truque velho

    1 de Janeiro de 2014 as 14:38

    Apenas uma parte da carta enviada ao SALEMA, pai dos corruptos!
    #Ora bem, a minha apreciação dos factos faz pensar que todos esse processo teve um
    caracter lacónico, sobretudo quando se sabe, de bastÍdores, que até foi ventilada a hipotese
    de anulação do referido concurso!
    Senhor Representante do PNUD, é por esse conjunto de elementos que, por um lado não
    consigo apreciar a transparência e justeza deste processo, mas sobretudo, não consigo
    perceber o que o comité de selecção terá avaliado negativamente na minha condidatura.
    Ora, por tudo isso, achei necessário notificar-lhe de modo a acautelar-se e adotar aqões
    corretivas oossíveis de forma a melhorar em concursos futuros.
    Com os melhores cumprimentos,#

  17. erdade

    1 de Janeiro de 2014 as 14:53

    Menino mimado isso é escândalo sim. Porque os outros tiraram não significa que temos que conviver com isso. O irmão do ministro não trabalha no ministério como é que ele pode receber dinheiro?

  18. Mé Pombo

    1 de Janeiro de 2014 as 19:28

    Caros compatriotas, tendo em conta o nivel de salario praticado no nosso pais, como explicar o nivel de vida de certos directores e ministros?
    So pode ser fruto de desvios ou de subsidios desconhecidos da populaçao.
    O que dizem os senhores deputados que devem fiscalisar as contas do estado?!!!!!!!!!!!!!

  19. Ditadura

    1 de Janeiro de 2014 as 20:13

    Ditadura é um dos regimes não democráticos ou antidemocráticos, ou seja, governos onde não há participação popular, ou em que essa participação ocorre de maneira muito restrita. Na ditadura, o poder está em apenas uma instância, ao contrário do que acontece na democracia, onde o poder está em várias instâncias, como o legislativo, o executivo e o judiciário.1

    Diz-se que um governo é democrático quando é exercido com o consentimento dos governados, e ditatorial, caso contrário. Diz-se que um governo é totalitário quando exerce influência sobre amplos aspectos da vida dos governados, e liberal caso contrário.

    Ocorre, porém, que, frequentemente, regimes totalitários exibem características ditatoriais, e regimes ditatoriais, características totalitárias.

    O estabelecimento de uma ditadura moderna normalmente se dá via um golpe de estado.

    Nesse sentido pode-se também entender ditadura como um regime onde o governante aglutina os poderes executivo, legislativo e judiciário. Assim sendo o ditador busca controlar os setores mais importantes de seu país, para legitimar sua posição. Importante lembrar que ao longo da História o termo ditadura foi utilizado para caracterizar diferentes formas de organização política (Roma Antiga, França Revolucionária). Segundo Karina Vanderlei Silva e Maciel Henrique Silva, podem-se apontar como elementos comuns nas ditaduras contemporâneas: o cerceamento de direitos políticos individuais, ampla utilização da força pelo Estado e o fortalecimento do poder executivo em detrimento dos outros poderes.

  20. Uma vergonha

    2 de Janeiro de 2014 as 6:04

    CREDO CREDO ate quando?

  21. S. Credo STP

    2 de Janeiro de 2014 as 9:08

    credo pais que nos estamos … ate quando vai essa poca vergonha

  22. Olhos bem abertos!

    2 de Janeiro de 2014 as 9:57

    SUBSÍDIOS!… Isso vem de longo tempo. É melhor perguntarem ao AMÉRICO RAMOS, EX-MINISTRO DA FINANÇAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS, tem uma das suas sobrinha, casada com o neto do Senhor Morais, comerciante em Santo Amaro, ESSA MESMA SOBRINHA DO Sr. Américo Ramos, foi sempre beneficiada com um subsídio, como que fosse estudante. Essa sobrinha, faz a sua vida em Portugal, vivendo a grande e a francesa, em detrimento, de muitos ESTUDANTES DE VERDADE QUE ESTÃO EM PORTUGAL, passando bem mal, sem subsídio nenhum. INVESTIGUEM ISSO POR FAVOR. ESSA TAMBÉM é uma atitude DANOSA para o País.

  23. jose soares

    2 de Janeiro de 2014 as 10:54

    gostaria saber qual a responsabilidade do director das financas em aceitar o pagamento das pessoas nao afetas aos servicos?

    • Pobre Inteligente diz

      2 de Janeiro de 2014 as 17:25

      Caro compatriota é muito importante sabermos o que é um estado e como funciona

  24. jose soares

    2 de Janeiro de 2014 as 11:03

    Penso que esta denuncia nao carece de nenhuma queixa, cabendo o Ministerio Publico tomar a redea do caso, isso num verdadeiro Estado de Direito Democratico

  25. zeme Almeida

    2 de Janeiro de 2014 as 11:34

    Agora todos querem defender os escandalos enventando coisas que nao existem,tudo isto,é para tentar querer desviar a atencao dos leitores como é o caso do comentário do{Olhos bem abertos}acho que os seus olhos ainda encontram-se fechados,nasceste,mas ainda viste a luz da O tal ministro deve pertencer o seu GRUPO e quer lhe defender desta pouca vergonha.Abaixo os traidores deste povo sofredor.

    • Olhos bem abertos!

      2 de Janeiro de 2014 as 12:24

      Sr. ZEME ALMEIDA, Os seus aberrantes comentários, até causa ENJOOS e muito ENJOOS. Não venho defendendo ninguém. Se reparar o meu anterior comentário, indica factos merecendo investigação. De resto informei textualmente, de quem se trata. A mesma é SOBRINHA, do Senhor AMERICO RAMOS, mestiça, filha de uma sua irmã, repetindo de novo; casada com Américo Morais, o seu Pai chama-se Edgar Morais e o seu avô já falecido, comerciante em Santo Amaro, tem o seu nome; AMÉRICO MORAIS. O Pai é um Senhor mestiço, olhos de Gato, que foi taxista da zona. Portanto, melhor dados que esse, não é possível. O que quis dizer, é que havia e há muitos Estudantes de verdade, a procura de apenas um subsídio que nunca teve, e a SOBRINHA do Sr. AMERICO RAMOS, era beneficiada com um Bolsa/subsídio, pagos pelas finanças do Estado e nem se quer encontrava-se matriculada em alguma escola. Todos os comentários do Sr. ZEME ALMEIDA, demonstra que o mesmo vive do resto da sopa de alguém que não interessa referir.

      • Olhos bem abertos!

        2 de Janeiro de 2014 as 12:30

        Quis dizer uma bolsa/subsídio.

  26. zeme Almeida

    2 de Janeiro de 2014 as 11:37

    Erro:Nasceste, mas ainda nao viste a luz da terra.Olhos abertos

  27. Fia pagawe

    2 de Janeiro de 2014 as 11:52

    Antes da nossa demacracia, existia a policia Judiciaria que nao brincava em servico. Caso desse, era prontamente investigado e o seu autor seja ele qual for, seria mandado para o lugar merecido.Como exemplo, o Senhor Armando Correia, podera pedir uma pesada indenmisacao ao estado Santomense por lhe ter condenado a prisao cumprido o tempo que fora condenado pelo uso indevido do valor publico. Este senhor fez de capricho, deve ser prepositadamente detido, pondo de lado um conjunto de leis e regras que o proteja como dirigente.I PIC nao tem acao porque, quem a tutela nao tem o conhecimento do sector que dirige;isto e, e fraca no seu desempenho.

  28. 3 Macucu

    2 de Janeiro de 2014 as 11:58

    Existi um ditado que, dis , confiar é bom mais controlar é melior

    • Zeme pelo poder

      2 de Janeiro de 2014 as 12:24

      Existe outro ditado que diz: “a oportunidade faz o ladrão”. Não nego esse facto mas diria ainda que o “ladrão aproveita a oportunidade”.

      Estamos perante um homem honesto que se fez ladrão pela oportunidade ou será um ladrão que aproveitou a oportunidade?
      Seja como for, há sim uma grande necessidade de controlarmos melhor os nossos bens e exigir as responsabilidade á aqueles que chamamos para gerir a coisa pública.

  29. Santomenses

    2 de Janeiro de 2014 as 11:58

    Mas esse Ministro é sossegadinho!!!!!!!!?????????

  30. Truque Velho

    2 de Janeiro de 2014 as 12:21

    Senhor Fia pagawe, Armando Correia, foi detito, por outras coisas, não creio ser por causa de desvio não! Se calhar andava a mexer num fruto proibido de alguém. Pode ser uma hipótese!! Estando preso, afastava-o da presa, mas mesmo assim continua comendo e bebendo da mesma agua. Vida longa Correia!! “Anós cu é badiuzinho, nu ta cumi nu ta racuti”.

  31. Libô Mucambú

    2 de Janeiro de 2014 as 14:53

    De facto li esta notícia no adi digital e vi em anexo a folha do famoso subsídio. Achei triste que este dirigente político, que fez a carreira profissional que fez, possa ter cometido tamanho erro! Pessoas completamente alheias ao Sector da saúde, como é o caso da sua esposa e do irmão com nomes na folha e supostamente tenham recebido o dinheiro!!!! Isto a ser verdade, tal como testemunha a referida folha, é mais um caso grave de corrupção !! Mas enfim… Esperemos que este ano de 2014 nos traga a luz, que muito precisamos para iluminar duma vez por todas a estrada de uma vida melhor. Viva STP.

  32. Paracetamol 500mg

    2 de Janeiro de 2014 as 14:58

    Tanta água turbulenta para o mesmo de mal: corrupção. Ninguém toma medida, não se apura as responsabilidades.
    Deve-se sugerir a reposição do montante e consequentemente a sua demissão.
    Vamos dar esses bandidos porrada isso sim, para aprenderem a não gozar com o povo.

  33. SINFO

    2 de Janeiro de 2014 as 15:35

    Já ano precisam tecer mais comentários. o PR e PGR já leram a noticia de certeza absoluta e abanaram com a cabeça.

  34. SINFO

    2 de Janeiro de 2014 as 15:36

    Já nao precisam tecer mais comentários. o PR e PGR já leram a noticia de certeza absoluta e abanaram com a cabeça.

  35. marlene

    2 de Janeiro de 2014 as 15:37

    eu considero que nehum, absolutamente nenhum representante público deveria receber sálario ou subsídios, pela simples razão que eles supostamente têm uma profissão e têm rendimentos próprios. logo ao candidatarem-se à postos públicos deveriam abdicar de vantagens financeiras, teriam transporte e pouco mais. os que pertencem ao sector do estado, deveriam continuar a receber o que recebiam antes de serem ministro/ deputados etc. os que são do sector privado receberiam uma subvenção temporária do estado no valor do seu salário enquanto estivessem a exercer o cargo. os ministros não deveriam poder ter acesso a fundos financeiros para manusearem a seu bel prazer. agora percebo porque o 1º ministro disse na entrevista no programa “cartas na mesa” que ele é simplesmente um árbitro. ele não governa, nem manda nos seus ministros apenas evita que eles se degladiem.

    se pudesse acabava com os políticos deste país. TODOS, SEM EXCEPÇÃO

  36. mana

    2 de Janeiro de 2014 as 16:01

    O Zeme Almeida e o seu líder Patrice Trovoada vão ser condecorados como o melhores defensores do povo de São Tomé e Príncipe, pela ministra da justiça. A cerimónia terá lugar na fundação solidariedade de Dona Helena Trovoada na terça feira. Serão convidados todos os lúmpen e analfabetos da nosso praça politica.

  37. Trianta Mil Barris de petroleo

    2 de Janeiro de 2014 as 16:12

    O Ministro deve arranjar um contrato de prestação de serviço, rápido, quer do irmão quer da esposa para justificar isso.
    irmão estudante de aviação, na Rússia nos anos 90, não sei não???
    Todos roubam no Governo de forma arrepiante e escandalosa, convenhamos.

  38. Truque Velho

    2 de Janeiro de 2014 as 16:21

    O que tem a ver Ponkas Lda e Consultorias com a saúde????
    Trata-se da maior fraude se bem investigadas, pode ser apenas a ponta do iceberg.

    • Almeida

      2 de Janeiro de 2014 as 18:16

      Meu irmão as vezes tem a ver com o facto9 de que o pais tem recebido medicamentos que tenhem ido para os hospitas em stome e Principe e que nem se preocupam em pagar para receberem mais. Eu no Lugar do Emilio Pontes abria o jogo ao pais. Desafio o Emilio a escrever eu sei que ele não leva desaforo, fala velho arrastão.
      Eu aguardo a tua defesa. sei que 500 doloares não é nada para meu irmão.

  39. luisó

    2 de Janeiro de 2014 as 18:46

    E depois não há fio de sutura e gesso no hospital, mas para isto já há dinheiro.
    Pouca vergonha.

  40. Isidoro Porto

    2 de Janeiro de 2014 as 21:57

    Vivê qui está lá?

    Lá aondiééh?

    Lá no podêr.

    Verdadiééh! Vivê muituéééh!

    Isidoro Porto.~
    02.JAN.2014

  41. osvaldo

    3 de Janeiro de 2014 as 10:39

    Meus amigos temos que ter coragem e espírito forte para aguentarmos tantas injustiças no no STP.

    Nós somos ruins!!!

    • anilza da graça

      3 de Janeiro de 2014 as 15:54

      acho que tudo isto é brincadeira,o que devemos fazer é na realidade unir-nos no real sentido da palavra para defender este belo país.
      Cozer fora de panela,nunca.Muitos destes miúdos sem experiência demonstrada querem poder para fazer o quê?

  42. ssfilipe

    3 de Janeiro de 2014 as 20:17

    aqueles q roubam milhoes,compram carros de alta cilindrada,constroem casas para si e p/ amantes nao sao penalizados; um ministro q/ recebe simples 700 dolares e criticado e dimitido? SO EM S.TOME q/ acontece essas tristes noticias.Sr Presidente no seu primeiro mandato houve desvios dos barcos de pesca em s.tome uns foi parar em Franca e outros em Pais afrcano ninguem viu esse roubo para criticar,agora quer tapar o sol com a pineira? seja honesto o homen nao roubou recebeu um subsidio n/ sejam orgulhoso so porque n/ tem apolido Costa.

  43. Adlander Aragão

    5 de Janeiro de 2014 as 19:21

    Tudo que envolve dinheiro da comunidade deve ser respeitado, se assim não for é necessário chamar-se responsabilidade aos intervenientes do mau uso da coisa comunitária.

  44. Meu Vizinho

    6 de Janeiro de 2014 as 11:48

    Esta foto do ex Ministro, mostra o zombar dos membros do governo, no parlamento quando eram confrontados com a Oposição. E agora? ADI tinha razão nas suas perguntas.
    Valeu a sua posição de se demitir quanto antes. O Assunto ainda não terminou? As consequências?

  45. os angolanos

    9 de Janeiro de 2014 as 17:30

    meus caro amigo de são tome não lutem por mesquinhas um ministro e livre de se demitir cosa não se sinta disponível ou mesmo contente. não falam de dinheiro isso não e nada qualquer um de nos faria o pior vamos trabalhar e cuidar de nos.se falar de dinheiro, e nosso bem olha para meu presidente camarada José Eduardo dos santo e a sua família

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo