Política

As versões de Pinto e de Trovoada sobre os acontecimentos de 1978

O Presidente da República Manuel Pinto da Costa, respondeu no distrito de Lobata a preocupação de um cidadão, que não acredita no sucesso do diálogo nacional, enquanto «não houver um diálogo primário e de fundo, entre Miguel Trovoada e Pinto da Costa». Pinto da Costa deu a sua versão da história do passado. Miguel Trovoada tomou conhecimento e reagiu apresentando também a sua versão.

A história em causa tem a ver com a detenção de Miguel Trovoada em 1978. Na altura Miguel Trovoada era primeiro ministro do Governo de partido único do MLSTP, membro fundador do MLSTP, um dos “camaradas” activos do regime de pendor marxista – leninista.

Pinto da Costa era o Presidente do MLSTP e do país, o Chefe de Miguel Trovoada.

A VERSÃO DE PINTO DA COSTA– «Nós tivemos um primeiro recenseamento da população(1978), aqui em STP. Quando houve recenseamento eu não estava no país. O primeiro-ministro daquela altura era o meu amigo Miguel Trovoada. Eu digo meu amigo, porque a gente se conheceu na escola primária, fomos ao seminário de Luanda juntos, saímos do seminário de Luanda e estivemos juntos no Liceu em Lisboa durante todo este tempo, e saímos mais ou menos no mesmo ano de Lisboa para fora….Uma amizade que vem de há muito tempo e vinha da família, mãe de Pinto da Costa e mãe de Miguel Trovoada eram amigas….. »

Pinto da Costa prosseguiu falando para a população do distrito de Lobata, durante a reunião de auscultação para o diálogo nacional. O Presidente da República esclarecia um dos cidadãos sobre a sua preocupação em relação a rivalidade entre Pinto da Costa e Miguel Trovoada, que para ele enferma o próprio país. «Quando regresso ao país, houve essa confusão toda, e uma dessas confusões foi precisamente aqui em Agostinho Neto. Começou a circular no partido a informação de que o culpado disso era o camarada Miguel Trovoada. Ele é que andou por detrás disso(distúrbios no decorrer do recenseamento), era a acusação que se fazia contra ele».

Prossegue – «O Miguel tinha um gabinete no Palácio e quando entrei no Palácio, ele veio ter comigo dizendo que havia essa campanha toda contra ele, e que ele não tinha nada com isso. Eu lhe disse : Miguel a única forma de resolvermos esta questão é de forma democrática…vamos fazer uma reunião das estruturas do partido, com os membros do comité central, com as direcções da Jota(os responsáveis da jota ainda estão vivos, um é primeiro ministro actual outro é presidente da assembleia Nacional actualmente), a direcção das mulheres(naquela altura era Dona Alda do Espírito Santo), vamos por todos os responsáveis a nível dos distritos, e reunimos numa assembleia com toda gente para esclarecermos isso de uma vez para sempre para isso não prejudicar as nossas relações. Fizemos uma assembleia na então sede do partido único, que é onde funciona actualmente o Gabinete do Primeiro Ministro», relatou Pinto da Costa.

Prosseguiu – «Essa assembleia demorou 3 dias, no primeiro dia todas as intervenções eram acusações contra Miguel trovoada, depois disso ele teve a oportunidade de se defender. E a defesa daquela altura foi ataque. Ele perguntou a minha secretária se ela não tinha ido a Libreville mais do que uma vez para fazer compras para o Presidente da República. Ela ficou hesitante não queria responder. Houve um ministro que pediu ponto de ordem e disse que era uma manobra. Eu disse não não. Não é manobra nenhuma. Durante 2 dias seguidos o camarada Miguel Trovoada foi submetido a uma série de intervenções vossas, ele tem todo o direito de se defender»,

A VERSÃO DE MIGUEL TROVOADA… «Naquele conselho coordenador o que desencadeou tudo não foi o senso. Não ouvi nenhuma acusação directa, a dizer que tal membro do comité de tal localidade ou luchã, declara que o camarada Miguel Trovoada esteve em tal sítio tal dia, onde teve reuniões e disse isto ou aquilo….. Mas o que provocou o choque, senhor Presidente da República não disse isso, e eu lamento, ……foi a invenção de uma mala que ele disse que eu dei a um colaborador da presidência, uma mala que seria uma bomba para este colocar no seu gabinete e fazer explodir para matar o presidente da república. Pode-se imaginar uma maquinação mais monstruosa do que essa? Não foi nada do senso. E durante 3 dias fui bombardeado. Toda gente tinha que falar, quem não falasse é porque estava do lado do camarada Miguel trovoada cuidado….».

Trovoada diz que passou 3 dias e noites sem dormir, numa Assembleia dura. «Naquela excitação toda cometi o erro tactico de ter começado por onde eu devia terminar. Chego subo a tribuna e pergunto a senhora secretária do presidente da República, se é ou não verdade que houve transferência dos fundos do MLSTP, para uma conta em Paris? De facto o senhor Presidente retrata isso bem. Ele disse que a secretária olhava para ele sem saber o que dizer. E ele disse camarada responda. E ela disse é verdade.  ……Quando ela disse que era verdade a sala ficou tomada por murmúrios. E há um camarada ministro da defesa naquela altura que levanta e aponta o dedo e diz, mais uma manobra do inimigo. …… e isto com um alvoroço de toda a sala que me impedia de continuar. Contrariado tive uma reacção, que não sei explicar. Comecei a transpirar, uma baixa de tensão, e desfaleci naquele conselho coordenador. E fui levado a casa onde vivia que de facto era no recinto do palácio. Aplicaram-se uma injecção e dormi horas e horas».

Versão de Pinto da costa – «Eu disse Camarada Maria do Rosário Responda a Pergunta… ela disse sim, eu fiz mais de uma vez compras para o Presidente da República em Libreville. Ora essa pergunta foi posta para demonstrar que o homem rigoroso que eu era na fiscalização das contas do Estado, era o primeiro a infringir tendo mandado fazer compras em Libreviile….».

Pinto da Costa explicou ao público de Lobata, que trabalhou durante algum tempo no Gabão como conselheiro do ministro do Plano e Finanças do Gabão, e ganhava bem. Foi uma forma de ajuda que o poder no Gabão dava aos nacionalistas para sustentarem a si mesmos durante o período de luta política para a independência.   Pinto diz que tinha uma conta bancária pessoal no Gabão, ….E quando regressamos a São Tomé tinha dinheiro no banco gabonês. Não foi possível a transferência do dinheiro para São Tomé, …era esse dinheiro que passava cheques e dava a secretária para levantar e comprar coisas de utilidade para funcionamento da presidência», explicou Pinto da Costa.

TROVOADA É DETIDO

Procura apoio na embaixada de Portugal  e é recusado, porque segundo Pinto da Costa naquela altura estava a ser preparada a sua visita a Portugal, uma oportunidade para os dois países lançarem a cooperação bilateral, que tinha sido condicionada pelo conflito de independência nacional. «Portugal estava interessado e nós também. É nesta altura que há um pedido de exilio político. O embaixador não sabia como agir, ele poderia estragar o clima que custou tanto a criar, e ele não deu o exílio político».

Miguel Trovoada tem leitura diferente…. «Na embaixada de Portugal, assim que vi um telefone peguei e liguei para o ministro da defesa. Eu estava tão desorientado que nem me apercebi do erro grave que estava a cometer, e disse ao ministro da defesa que eu estava na embaixada de Portugal. O ministro me dizia camada Miguel não faça isso, ……e eu respondi sim senhor porque, vocês querem me matar, confesso que estava desorientado. …..Foi um secretário da embaixada que assumiu as funções de encarregado de negócios que interrogou Lisboa e depois veio me dizer – Eu tenho a informar que Lisboa recusa o exilo político. Então eu disse muito bem sai entrei no carro e segui para o edifício das Nações Unidas»…..

Trovoada explica antes as razões que o levaram a deixar a residência no Palácio e optar pelo exílio. «E neste período o chefe da escolta do Presidente ia sistematicamente perguntar como é que eu estava. Uma das vezes ele entrou até dentro da casa até a sala. A minha esposa estava na cozinha, e perguntou-lhe o que é que o senhor está a fazer aqui?, …..e ele respondeu que apenas estava a perguntar se o camarada Miguel Trovoada está bem.  Ouvia passos constantes ao lado da minha janela, com o manuseamento de armas. Isto é que me levou a dizer que não estava em condições de voltar ao conselho coordenador. E foi aí que tomamos a decisão, eu a minha esposa, os meus filhos e um convidado que tínhamos em casa, e fomos para a embaixada de Portugal».

VERSÃO DE PINTO DA COSTA – «E quando foi detido pelas forças de segurança, eu tive o cuidado de saber com o ministro da defesa de então. E eu disse …….o camarada Miguel Trovoada não pode ser detido numa prisão qualquer. Ele foi detido lá onde é hoje o Ministério da Defesa. Ele tinha um quarto, sala, e casa de banho, era o gabinete do então director da PIDE».

VERSÃO DE MIGUEL TROVOADA –  «A cela de hotel de 5 estrelas que o senhor Presidente da República diz ter mandado preparar para mim, uma vasta sala com quarto e sala. Era uma sala vasta é verdade. Mas eu tinha uma cama, era o meu mobiliário, as janelas não tinham rede eram apenas grades e  quando chovesse com vento a água inundava o quarto, e eu a noite tinha que levantar, o chinelo boiava e eu tinha que por os pés na água para ir a casa de banho.  ……..E numa visita que tive da dona Helena, eu disse que o Presidente da República sabia que enquanto estivemos no seminário, eu tinha tido uma doença pulmonar grave, e que vivi num quarto isolado no seminário, ele sabe que eu não podia estar a viver, naquele quarto em que a chuva entrava. Ela foi e falou com ele… e ele fez alguma coisa depois….. Mandou transferir-me para uma outra cela, que era metade da primeira. Tinha uma cama com um colchão esponja …manchado de sangue, digo-vos que não era sangue de mosquitos».

Miguel Trovoada fala de tortura de sono, diz que passou 7 meses em isolamento total,… na cadeia.

Pinto da Costa quando falava no distrito de Lobata, considerou que «gostaria que esse tipo de conversa fosse feita com ele(Miguel Trovoada) presente, com todos presentes…., eu adoraria para lavarmos isso, para sempre. Porque não pode ser eternamente matéria de especulação de uns e outros, que com outras intenções trazem esta questão ao de cima para escamotear outros problemas» precisou.

Miguel Trovoada na declaração pública que fez na última segunda – feira, também lançou desafio…« Desafio o senhor Presidente da República para um debate não só comigo Miguel Trovoada mas com outras pessoas».

Pinto fez outras revelações para talvez provar ao cidadão de Lobata que apesar de todas as rivalidades do passado, continuou a ter boas relações com Miguel Trovoada  – «Olha quando eu não era Presidente, depois de ter saído da presidência, passava muitas vezes da porta de Miguel Trovoada sozinho a guiar o carro, parava e entrava, e mais coisas….»

Abel Veiga

    44 comentários

44 comentários

  1. Fernado Castanheira

    18 de Março de 2014 as 11:55

    Miguel ja nao devia enganar a ninguem. Enfim o Povo sabe tudo e esta cansado disto. Vamos e trabalhar.

    • Santana Grande

      18 de Março de 2014 as 12:18

      Meu caro, só posso concordar contigo. Miguel fez, quando foi Presidente da República, o que de pior qualquer presidente poderia fazer.
      Destituiu um governo legítimo do PCD por birra, má-fé, porque achava-se poderoso e único dono do país, porque não admitiu compartilhar o poder com outros. É bom lembrar que o PCD tinha maioria absoluta nesta altura. Ele não teve piedade do PCD nesta altura nem do próprio país. O país pagou caro este ato do senhor Miguel Trovoada. Além disso ele queria vingar-se do Daniel Daio e da família Costa Alegre. O país pagou caro este gesto do senhor Miguel Trovoa e nunca mais conheceu estabilidade. Naquela altura as pessoas do PCD compararam o Miguel ao Fugimori. Ninguém se lembra disto agora. Porquê que o senhor Miguel Trovoada não falou disto nesta entrevista? Ele não se preocupou em prejudicar o país para aumentar o seu imenso poder político naquela altura.
      Naquele momento ele não se lembrou que o país deveria precisar de instituições fortes e não de homens fortes. Onde é que este slogan estava escondido naquela altura? Temos que ser sérios e honestos. Eu sei, no entanto, que estas qualidades não existem na política. Mas, neste caso, ele é igual ou pior do que o Pinto da Costa. Portanto não deveria se transformar em vítima como se ele fosse o modelo de político que o país mais precisa. Muito pelo contrário. O que ele fez foi um exercício de vitimização para esconder as suas frustrações perante os problemas políticos que o filho enfrenta neste momento. Neste exercício de vitimização ele tentou instrumentalizar os partidos políticos que se têm queixado do comportamento político do Pinto da Costa. Só que estes partido políticos não conhecem Miguel Trovoada. Ou conhecem-no mal. Uma vez resolvidos os problemas políticos do seu filho ele deixará cair estes mesmo partidos políticos e mandará o seu filho prender todos os dirigentes políticos destes partidos que têm problemas com a Justiça. Esperem para ver o que vai acontecer. Alguém ainda se lembra porquê que o Carlos Neves, o Edgar Neves, O Jaime Menezes, o Rodrigo Cassandra, o Diogo e outros abandonaram o ADI? Perguntem ao Miguel Trovoada, aos próprios e ao Patrice Trovoada. Eles saberão explicar. Eles, família Trovoada, nuca permitiram que os outros tivessem algum protagonismo dentro do ADI porque sempre pensaram que o ADI era uma propriedade privada da família Trovoada. Porquê que o Miguel Trovoada não falou disto na sua entrevista? Só quem não conhece este senhor é que o compra. Delfim Neves que se ponha a pau. Isto já parece mais uma monarquia do que uma democracia.

      • Me Zemé

        18 de Março de 2014 as 13:27

        …esse comentário só pode ser de pessoas de PCD…já estão com medo. Mas a batata de PCD está no fogo, é só vir as eleições!

      • Cafuka

        18 de Março de 2014 as 13:48

        Subscrevo senhor Santana Grande. Este indivíduo que aparece agora a criticar o seu amigo Pinto da Costa fou o grande responsável para a situação de instabilidade e confudão que o país vive atualmente. Toda a gente atenta ao fenómeno político aqui em S.Tomé sabe o que ele fez ao PCD quando era presidente da república. O Daniel Daio e os irma~so Costa Alegre mais o Oldegário Tiny e o João Bonfim se quiserem falar darão toda a informação sobre aquilo que aconteceu. Ele comportava-se como se fosse o dono do país, mandava no governo, só queria que o governo fizesse o que ele mandasse porque queria aumentar o seu poder condicionando todos os outros órgãos de soberania. Onde é que está hoje em dia o Daniel Daio? Onde é que está hoje em dia o João Bonfim? Onde é que está hoje em dia o Costa Alegre? Onde é que está hoje em dia o Oldegário Tiny? Onde é que está hoje em dia a Alda Bandeira? Ele eliminou toda esta gente da política para aumentar desmesuradamenmte o seu poder em S.Tomé. Todavia ele não falou disto na entrevista que deu.
        Depois disso, as pessoas já não se lembram que foi ele que escolheu e decidiu que o presidente seguinte depois dele teria que ser o Fradique de Menezes. Ele sozinho e os seus familiares decidiram isto e determinaram esta ato ao país. Alguém se lembra disto ainda. E o quê que o Fradique de Menezes fez pelo país? Voltou a crias só instabilidades política, demitindo uma grade quantidade de governos porque aprendeu com o Miguel Trovoada.
        Agora Miguel quer que o seu vasto poder no país continue. Para isso quer que o seu filho seja Presidente da República para continuar aquilo que ele sempre fez no país. Ou seja este senhor para além de ter sido presidente durante 10 nos, indicou e colocou lá o Fradique de Menezes por 10 anos também e quer que o filho também fique ai mais 10 anos. Ou seja estamos num regime monárquico autêntico. Isto parece uma brincadeira. Quem deu a estas pessoas este privilégio para determinarem o nosso presente e futuro transformando a democracia num regime monárquico em que só eles é qque podem mandar no país e todos nós obedecemos cegamente?

        • Cafuka

          18 de Março de 2014 as 14:06

          Muito bem dito meu senhor. Isto mais se assemelha a uma monarquia autêntica. O senhor Miguel Trovoada esteve 10 naos como presidente. Colocou lá o Fradique de Menezes mais 10 anos. Agora quer que o filho fique lá mais 10 anos depois de já ter estado no governo. O nosso S.Tomé e Príncipe tem sido praticamente governado por Miguel Trovoada e Pinto da Costa. Isto é serviço, minha gente? Ainda por cima estes senhores acham que a culpa pela situação do país é dos outros. Falta de vergonha na cara. Quem deveria ser julgado são estes senhores, sobretudo o senhor Miguel Trovoada que nunca se cansou de condicionar o poder cá em S.Tomé quer estando como governante quer indicando o Fradique de Menezes para a presidência quer mandando o seu filho para lá estar. Ou seja foi ele o grande responsável pelo nosso falhanço como estado e comon país. Depois ainda tem a cara de lata de criticar os outros.
          Seria bom que ele explicasse porque razao demitiu o governo do PCD e desde aquela altura só criou instabilidade no país.

        • António Menezes

          15 de Julho de 2014 as 11:00

          Meu caro, que se lixe esses políticos que nada fizeram ao Pais ,. mas não é apenas o Miguel, ficou claro porquÊ da prisão do Miguel ou existe outras coisas? Se são assim amigos, o Pinto e o Miguel, porquê é que deve ser o STP a pagar pela discórdia? Então para quê tudo isso, essa confusão. O Pais sim não é da família Costa meus senhores, nem do Miguel. Hoje temos o quê, diga -me? Não será uma família é que está mandando ao seu belo prazer STP? Diga -me sem rodeios.
          Olha vamos ver quem fez melhor para o Pais? Dê exemplos de cada um e depois faremos o resumo, fica aí uma ideia, se tiver coragem diga, dê exemplos…para os três presidentes que ja tivemos, diga o que cada um fez, o que cada um troxe para o Pais e quem tem beneficiado? Será o povo?

    • Tito

      19 de Março de 2014 as 18:08

      Só quem passou por uma historia idêntica, ou teve familiares que passaram por história idêntica que vê o quanto o Pinto da COsta é mentiroso, maquiavélico e cinico. Falar de reunião democrática em 1978, numa reunião do partido politico o MLSTP. Naquela altura quem não estivesse a favor, ou não defendia as ideias do camarada Pinto da Costa era o seu inimigo jurado. Quem não fazia parte de nenhuma estrutura politica de então era inimigo da pátria.
      para aqueles que viveram naquela época, ou aqueles que nasceram pelo menos até 1970, podem saber o quanto este Senhor que quero passar de sato, do democrático é perigoso. Alias para quem sabe fazer a leitura da historia certas manias dele está a se ver até então. O que é certo, podes enganar os homens, e sei que é a minoria dos Santomenses, mais não enganas a Deus. A justiça divina tarda, mais chegará um dia.

  2. Jaca dochi

    18 de Março de 2014 as 12:29

    Miguel Trovoada foi sempre um grande CIGANO.Por isso tentou sempre passar Pinto perna com Dinheiro do Partido.ainda vem com truques público.DESAVERGONHADO.Por isso filho de peixe tem que sair mesmo PEIXE.

  3. Lede di alami

    18 de Março de 2014 as 12:33

    Miguel, sempre foi traidor, Lembra PCD, que pagou bilhete pra ele entrar no pais, esse gajo nao vale n

  4. Ano Velho

    18 de Março de 2014 as 13:11

    Na sua conferencia de imprensa, o Miguel Trovoada aproveitou bem as contradições existentes atualmente entre aos Partidos Políticos e o Pinto da Costa. Por outro lado, passou o tempo a defender o FILHOTE. Com a cara de SANTO, esqueceu-se da sua governação desastrosa durante os dois mandatos que esteve na Presidência. É uma vergonha!! Mas ele já não engana ninguém.

  5. nadaver

    18 de Março de 2014 as 13:21

    …”tivemos um primeiro recenseamento da população (1978)”-eu ainda me lembro desse processo fracassado, concebido pelos políticos de então-vivia na freguesia da Madalena e, conheci algumas vítimas resultantes desse processo mal-preparado-conduzido, entre as quais Dra Alda de Espírito Santo, um cidadão comum da localidade de Ótotó (que não me lembro o nome), etc. Mas, mais hoje já não faz sentido voltar ao passado, na tentativa de branquear tudo o que aconteceu nessa data, que apenas serve para prejudicar São Tomé e Príncipe e seu povo sofredor! Um abraço de Cabo Verde!

  6. bobwaboo

    18 de Março de 2014 as 14:26

    o povo lembra qd o Fradique entro ao presidente da RDSTP o o Miguel e Patrício sempre le incomodava como se fosse despertador com objetivo de ter o pais na mão deles (pai e Filho ) povo abre os olhos. opé canda uê ca be cuwa

  7. mé-zochi

    18 de Março de 2014 as 14:35

    Mais uma vez aproxima-se as eleições e esses dois desmiolados querem distrair o povo. Que num momento tão importante como este deve estar calmo sereno e não ajuizar pela emoção mas sim pela razão.
    Depois de tantos anos agora cada um desses esclerosados contam suas histórias. Se têm tanta sede da verdade porque não fazem uma acareação no tribunal para se apurar as verdades.
    Querem acabar com o país verde. Fascistas de uma figa. Aprendizes da PIDE.

  8. Malagueta

    18 de Março de 2014 as 15:20

    Por tudo isso e com agravante desse monstro de Pinto estar ainda a fazer a esse povo que ele sempre martirizou, deve o país fazer uma queixa crime no tribunal penal internacional contra esse dinossauro, para ele ser julgado e preso longe daqui!

  9. Pido Mmon

    18 de Março de 2014 as 15:26

    Os PCDistas que andam ca neste artigo a criticar o Miguel Trovoada, não sabem o que querem. Quando querem negócio de arroz podre aliam a este, quando querem poder para roubar estão com aquele. Autênticas pu… Não têm vergonha!!! A vossa água está no fogo a ferver… Não falta muito!!…

  10. djatta

    18 de Março de 2014 as 15:41

    O sr. Miguel Trovoada, quer jogar o papel de vitima, mais uma vez. O bom e veradeiro militante, que ele pretende ser, nunca deveria ter exilado para um outro continente, que nao fosse a Afica. Porque é que nao foi para o Gabao, onde jà tinha vivido? Creio que ele nao foi expulso, ele saiu de STP por ele mesmo e portanto, a situaçao nao era nada grave, como ele pretende. Um valente e convencido militatnte, nao abandona a luta tao fàcilamente, como ele fez, sobretudo que foram companheiros de luta , da resistência colonial com O M. Pinto da Costa, amigos desde a infância, filhos de duas amigas…sinceramente, nao tem sentido a taitude do Camarada Miguel Trovoada. Para obter exilio politico em França, ele teve que inventar algo de bem mais solido , de gravissimo, para obter tal direito (donc, nao falou bem de STP nem do seu povo). Sei que para obter estatuto de REFUGIADO POLITICO em França, nao é qualquer um, digo,as condiçoes exigidas sao extrêmas “perigo da morte pessoal e da familia, tortura ETC…” (foi là que prestei juramento e trabalhei durante 10anos, conheço o modo de funcionamento etc). Como muitos amigos e homens politiocs , chega um momento, que um pode cobiçar o lugar ou pôstp do outro…e sinceramente, penso que foi o Miguel Trovoada quem cobiçou o lugar do Manuel Pinto da Costa. A familia TROVOADA é mégalomana, sonha com o poder e deseja estar sempre num pedestal (tal pai , tal filho), sao muito invejosos e ambiciosos…é caracteristica deles…embora eu penso que esta familia teve momentos dificeis (como muitas, sem particularidade ). Esta familia, TROVOADA, têm rancor no coraçao, elle veut faire sa revanche, parce qu’elle s’estime lésée, que qui n’est pas le cas.
    O pai Miguel, ainda passa, apesar de ter as suas falhas, mas o filho Patrice é um MAFIOSO , convém o pai aconselhà-lo de deixar de fazer politica do jeito que ele faz , porque vai sujar o nome do pai…e quando se lembrar deles, serà apenas para falar tristemente de STP .Quanto ao ESCLARECIMENTO sobre este célébre assunto do golpe de estado falhado, com as historias das malas que veio de nao sei onde, posta por nao sei quem (proximo, considerado como filho do Pinto da Costa , com os ministros da justiça de origem do Benim etc), de fato, deve ser levado à praça pùblica e acabar de uma vez por todas pois que tem envenenado o procêsso de desenvolvimento de STP… que se faça logo, enquanto os testemunhos estao vivos: homens politicos, em funçao na época, os elementos da Jota ( alguns hoje sao amigos do TROVOADA FILHO, como braços direita do mesmo…), que espero dizerem a verdade, apesar dos sentimentos hoje em dia, serem diferentes, assim como as relaçoes. Também deve-se lembrar de morte de homem que teve lugar, na mesma altura , SR. MATA ( paz à alma dele e coragem à familia que terà sempre presente este triste aconteciemnto fatal) .

    • Pantufo Livre e Independente

      18 de Março de 2014 as 16:25

      Só quem não conhece o Miguel Trovoada é que o compra. Ele pensa que S.Tomé é uma monarquia política. Ele esteve lá. Saiu e colocou Fradique de Mebezes no lugar dele. Agora quer voltar de novo para mais tarde colocar lá o filho dele. O país é uma propriedade desta família? Rasto ou parta… Porquêr que este senhor não vai para reforma e deixa o país em paz? Depois de ter feito tanto mal ao país ele deveria reformar-se. Sai do caminho e deixe os outros com outras ideias trabalharem para o desenvolvimento do pais. Que raio de coisa?!

      • Tavinho

        19 de Março de 2014 as 18:25

        Eu diria o contrario. Só quem não conhece o Pinto da Costa é que compra, e pelo jeito, muito caro, as suas mentiras. Mas, felizmente, não será por muito tempo. Com as suas maquiavélicas manipulações, é mesmo o MLSTP, PCD e o MDFM, os partidos que ele se serviu para reinar, assentar o seu poder, que vai destruir este monstro da politica santomense, que alias já tinha sido adormecido, e foi ressuscitado pelos jovens inocentes. Mas, cada quá tê olã dê. Aqui se faz, aqui se paga.

    • CLUXU GLANGI

      19 de Março de 2014 as 21:59

      Pois, é a pura verdade. porque quem nunca deixou de odiar P.Costa é o Miguel Trovoada que sempre fez de tudo para se vingar,vingar e vingar dele e de todos que trabalharam na primeira República ou quase todos.Tanto é que M.T quando chegou ao poder,primeira coisa que fez,é (transferir todos que trabalharam NA PRESIDENCIA,PARA POLÍCIA QUE ELE ATÉ APELIDOU DE CÃES DO PINTO,para além disso,ele mobilizou pessoas para irem hostilizar o Pinto no Palácio e se ele nesta altura se quisesse massacrar o povo…DARIA UM BANHO DE SANGUE,mas ele aceitou todas as provocações,insultos e humilhações que até a sua “PRÓPRIA MÃE” não se livrou da fúria e de represália dos que ele enviou para concretizar a sua vingança. Isto não é vingança e ódio?…AGORA A MAIOR MENTIRA É DIZER QUE A CELA SÓ TINHA UM BANCO E UMA CAMA E SEM CONDIÇÕES NENHUMA QUE QUANDO CHOVIA A CELA FICAVA CHEIA DE AGUA QUE ATÉ OS CHINELOS BOIAVAM DE TANTA AGUA DE CHUVA QUE ENTRAVA DE PORTA E JANELA DENTRO???…É MENTIRAAAAAAAAAA,MEUS SENHORES. A CELA ERA MAOIR DE TODAS,COM CAMA,MESINHA,BANCO,CASA DE BANHO E UMA MESA,ONDE TODOS OS DIAS ELE ESCREVIA MUITAS CARTAS PARA SEREM ENTREGUE AO MINISTRO DA DEFESA DAIO,DIRECTOR ANTÓNIO AMADO VAZ E OUTROS RESPONSÁVEIS. AGORA SE ELES NÃO ENTREGAVAM AS CARTAS AO P.COSTA ISTO JÁ NÃO SEI,MAS ELAS FORAM DIRIGIDAS AO PINTO. M.TROUVOADA ERA ÚNICO QUE NUNCA COMEU COMIDA DA CADEIA,TINHA DIREITO DE RECEBER COMER DE CASA,E DIGO MAIS…ATÉ RECEBIA VISITA ÍNTIMA DA MULATA QUE TAMBÉM SE ENCONTRAVA PRESA NESTA MESMA ALTURA. SE MIGUEL QUISER PODE CHAMAR TODOS QUE TRABALHAVAM NA S.O.INTERNA QUE AINDA SE ENCONTRAM VIVOS E FAZER UM FRENTE A FRENTE,INCLUINDO O ARLINDO RAMOS K FOI MINISTRO DO ADI E TODOS QUE AGORA VIRARAM SANTOS CONDENANDO O PINTO DA COSTA.AGORA UMA PERGUNTA QUE NÃO SE CALA: QUEM NESTA ALTURA NÃO ERA DO MLSTP???…HOJE TODOS QUE FALAM MAL,SÃO ELES OU FILHOS QUE FORAM BENEFICIADOS COM CURSOS NO ESTRANGEIRO,RECEBENDO BOLSAS DE S.TOMÉ, É QUE HOJE VIRARAM CONTRA O HOMEM. HÁ ALGUÉM JUSTO NESTE MUNDO????…SÓ DEUS!!!ELE NA CADEIA NÃO DAVA CONFIANÇA A NENHUM PRESO,ELES ATÉ TINHAM MEDO DO MIGUEL,MESMO ESTANDO ELES NAS MESMAS CONDIÇÕES.ADMIRA-ME BASTANTE QUE HOJE ATÉ CONVIVE COM ALGUNS CARRASCOS DELE E OUTROS NEM POR ISSO OU SIMPLESMENTE NÃO PERDOA.QUE IRONIA!!! PARA TERMINAR,SÓ POSSO DIZER QUE NINGUÉM NESTE MEIO É TÃO INOCENTE QUANTO FAZEM CRER… S.TOMÉ É DE TODOS,VAMOS LUTAR TODOS JUNTOS PARA BEM DO PAÍS.

  11. STP diz

    18 de Março de 2014 as 15:53

    seja como for fica claro, que a confusão embutida na cabeça do povo traduzindo o censo em escravização era uma luta de poder no seio de MLSTP daquela altura.
    naquela altura todos sabiam e até hoje que o povo deste país tem uma aversão a escravatura e contrato, então a busca de poder a todo custo por pessoas que sabiam bem como o povo iria reagir.
    Pinto da Costa era presidente até poderia ter desviado o mala de dinheiro como insinua o Miguel mas não iria criar distúrbio justamente com a população.
    Nessa entrevista fica claro que nenhum dos dois esta a falar a verdade ao povo, Miguel fala em desvio de dinheiro pelo Pinto, sobre a o distúrbio provocado pelo do censo pouco disse, comportou-se como inocente dizendo que ninguém o viu em lado nenhum a fazer isso ou aquilo.
    Para fazer alguma coisa muitas vezes se esconde fazendo tudo de forma maquiavélica

    Miguel fala de bomba na mala é que levou a prisão,aqui também ele é inocente.

    Seja como for todas essas tranfulias para conseguir lugar deixou marcas que só acabarão quando cada um morrer e deixar essa terra em paz.
    Miguel fala como se fosse que o Pinto sofria de problemas mental que criava situação para colocar culpa nos outros e fazer as suas vontades.

    A disputa pelo lugar mesmo em democracia ele é perigosa quando não sabemos chegar lá.

  12. Jóia rara

    18 de Março de 2014 as 16:00

    olha meus caros, prefiro esperar pelo debate. também conheço a história. A versão que conheço é a do Pinto da Costa.
    Sempre acreditei nesta. A senhora Deus Lima, acredito saberá dar um bom tratamento a isso, será o debate do Milénio. Sou amigo do povo, não destes senhores.

  13. Saudoso Francisca

    18 de Março de 2014 as 16:14

    Os que receberam algum dinheirinho, andam a dar não gosto em tudo, porque têm a memória curta ou de nada entendem. Deveriam estar calados para aprenderem mais.

  14. Yeah

    18 de Março de 2014 as 17:16

    Agora que o pano caiu vcs vêm aqui criticar, contra factos não há argumento, o Sr. que hoje é presidente fezz o que fez naquela altura e ainda fará agora se tiver oportunidade, tanto é que há divergências entre ele e o seu partido…só pessoas burras vêm cá criticar, queiram vcs não passar na pele o que o Sr. M. Trovoada passou, por pura inveja de certos…

  15. Yeah

    18 de Março de 2014 as 17:23

    E mais, foi lançado um desafio, vamos ver se há coragem por parte de certos, em aceita-lo…quer apurar a verdade…se o P.R que mesmo ele ira convocar uma conversa como disse o M.T, uma conversa entre eles e todos os outro envolvidos na Historia…Quanto não, desculpa lá mas vcs que andam aqui a fazer comentários desprezíveis, não passaram de meros charlatães e lambe-botas…

  16. manuel soares

    18 de Março de 2014 as 17:23

    Mas meus senhores sinceramente é isto que é diálogo nacional’? isto nos interessa onde, em quê? por amor de Deus vão os dois viver noutra paragem deixa-nos em paz para encontrarmos solução para os nossos problemas de falta de trabalho, de segurança a todos níveis, de saúde, de educação, de falta de produção agrícola, industrial, de falta de água e energia eléctrica, de pesca, de turismo de tudo de economia em geral de subdesenvolvimento crónico, de falta de justiça, de um país hipotecado sem eira nem beira, deixa-nos organizarmo-nos, ter uma linha e um projecto exequível para garantirmos o desenvolvimento político, económico e social e dar um futuro aos nossos filhos. Pintu cu Miguê kidalêoooooooooooooooooooooooooooooooooooo

  17. Camarada

    18 de Março de 2014 as 19:49

    Tal pai tal filho sao grande jogadores na area de aldrabice. Isto e passado lembrar passado deste e abrir porta para mais odio os 2 que se resolvem esse problema porque que na altura nao se explicaram isso , eu tinha 17 anos mas nunca tinha ouvido tudo isso so ouvi da prisao. O Miguel que devolva ao povo as casas colonial que esta na sua posse

  18. Eu também sou filho da terra

    19 de Março de 2014 as 3:47

    Das versões ora tornadas público, pode dizer-se que a prisão do Sr. Miguel Trovoada nada tem a ver com os acontecimentos do primeiro recenseamento de 1978, mas sim com o desvio de fundos do partido MLSTP. Se então o Presidente Pinto da Costa tivesse esclarecido o povo sobre o verdadeiro motivo dessa prisão, talvez o povo não cometeria os posteriores erros que cometeu. Portanto, o Presidente Pinto da Costa não está isento de culpa, porque apesar de tudo, também escondeu a verdade ao povo, fazendo com que esse mesmo povo desse benefício de dúvidas a quem não devia dar. São os dois culpados pela desgraça de STP.

  19. Pobre Inteligente diz

    19 de Março de 2014 as 6:48

    Os dois são malandros e ponto final.

    • Flor

      19 de Março de 2014 as 9:52

      Subscrevo. Este Miguel Trovoada com cara de lata aparece agora a verter lágrimas de crocodilo como coisa que ele fosse um Santo. Ele pensa que pode enganar o povo toda a vida? Ele pensa que o povo não aprende? É verdade que existe muita ignorância ainda em S.Tomé mas nem todo a gente é burra ou estúpida. O senhor em causa deu uma grande entrevista a criticar o outro. Esqueceu-se todavia de dizer todos os males que ele próprio fez ao país. Falta de vergonha. Ou ele pensa que o povo todo é burro? Vai mas é trabalhar, bandido!!!!

  20. Bruno nascimento

    19 de Março de 2014 as 8:21

    Meus senhores vem aí o dia do perdão, por isso aproveitem esta ocasião e façam as pazes. Chamem como intermediários o representante do PNUD mais o Bispo Manuel António e reconciliem. São filhos das ilhas maravilhosas. Façam o favor de serem felizes contribuindo para unidade nacional. Este sim seria um favor dos mais nobres que fariam a Pátria para que não morram tristes como morreu a saudosa Alda do Espírito santo.

  21. Mria Madre Deus

    19 de Março de 2014 as 9:05

    Demanda de Gita cu latu aledunha só ca bi blagué. Como Cantou Amaro na sua Música. Quando a morte levar os dois os santomenses viverão em paz.

  22. Dias

    19 de Março de 2014 as 9:12

    Voces se não sabem ficam a saber. O dois eram amigos (Pinto e Trovoada), havia meia dúzias que invejavam e semearam intrigas como é característica de muitos Santomenses quando querem atingir ponto alto, com história de disse e não disse. è dai que tudo começou. E quem deu inicio a tudo isso sabe. Essa pessoa não fez apenas com esses dois. Fez com muitos e foi vivendo sua vida assim criando inimizades, e clima de desconfianças no seio do coletivo.

    • Ano Velho

      19 de Março de 2014 as 17:50

      Estando o Miguel Trovoada a frente do MLSTP, porque naquela altura o Pinto ainda andava a estudar, porque razão os membros do MLSTP da altura preferiram chamar o Pinto da Costa para tomar conta dos destinos do Movimento e posteriormente do novo Estado??? Alguém pode-me explicar isso??

  23. santola01

    19 de Março de 2014 as 11:21

    Está provado que os vossos interesses pessoais estão acima dos de país, não queremos saber das vossas desavenças pessoais a serem descutida na praça pública e afastar o mais importante para todos santomenses: melhores condições de vida para todos, saúde…
    Tanto um como outro são culpados pela situação como o país se encontra. Tudo isto são estratégias políticas para a nova campanha que está a vista. Caros leitores o melhor a fazer é darmos IMPORTÂNCIA=0 nesta viagem ao passado dos dois senhores.
    Quero STP melhor em todos sentidos e não ser constantemente bombardeado com assuntos pessoais dos nossos políticos.
    Trabalhem para o País sff!!

  24. vencha

    19 de Março de 2014 as 13:59

    Miguel Trovoda é um dos mais ilustre CORRUPTO de sao tome e principe de todos os tempos. Ele que va trabalhar lote em Ribeira Peixe.

  25. jp

    19 de Março de 2014 as 15:48

    Vem ai mais uma confusão, o orgulhoso do Miguel.Traidor , ele disse que o Pinto é que plantou o odeio, mas que eu saiba: ele recebeu pais com alegria de todo o povo na altura, e depois dividiu nos quando fez cai o pcd que lhe apoiou

  26. Marilene Menezes D`Alva

    19 de Março de 2014 as 16:57

    GOSTARIA QUE NÃO IGNORASSEM ESTE MEU COMENTARIO

    Ao ouvir pela radio, ler os artigos e os comentários, não podia deixar de abrir o meu coração.

    Todo Ser humano comete erros, mas é preciso refletir-se sobre os erros e corrigi-los. Conflitos e ideias contrarias, sempre existiram e existirão, mesmo no seio da família (pais e filhos, marido e esposa, entre irmãos) e assim também como na sociedade. Mas é preciso saber gerir estes problemas. Não aproveitar a oportunidade para colocar a sua ambição.

    Portanto, Vossas excelência são figuras publicas e testemunhas da construção da nova sociedade que muitas crianças têm e deverão ter orgulho de conhecer.

    Digo isso porque muitas das vezes chorramos os nossos lideres que já desaparecerem como: Samora Machel, Amílcar Cabral, Agostinho Neto, Patrice Lumumba e muitos outros que não conseguiram viver,para ver o desenvolvimento do seu País e nós – a população – choramos sempre dizendo assim:
    – se tivessem de vida, o País seria outro.

    Tenho a certeza que,se Pinto da Costa ou Miguel Trovoada tivesse deixado de estar entre nós, antes diríamos o mesmo. Mas felizmente estão presente até a data, então merecem todo carinho porque são patrimónios da humanidade não só para povo Santomense como para Palop e os demais Países.

    Mas se eles não estão a ver isso – a voz do Povo deve faze-los ver isso, porque o tempo passa e cada dia, que passa é uma história que surge. Talvez não se terá possibilidade de fazer algo melhor.

    Então, vejamos o seguinte:
    – Pinto esteve no poder saiu, O Miguel entrou deveria fazer melhor para não cometer os erros criticados do Pinto.

    E o Pinto o povo ainda depositou a confiança, ele ainda tem a oportunidade de fazer ainda melhor porque teve como apreciador do mandato do Miguel e o antecessor.

    Não entendo os políticos porque que agem assim. Parecem que não são humanos e não pensam. Isso Porque alguém que lutou para conquistar o bem estar do Povo e quando tem oportunidade para fazer ou dar o melhor para o povo, acha-se todo poderoso e implanta o odio e vingança no seu coração, esquecendo dum País pequeno, com uma população pequena, que deveria dar ou fazer o máximo para essa população que diria libertar.

    Faço uma pergunta: Porque recebemos independência, se não conseguimos nunca nos entender e povo continua na miséria?

    Por isso Suas Excelências “Pinto e Trovoada” não se deixem que a intriga, o orgulho e ambição, vos façam comportarem-se como um qualquer.

    “Nelson Mandela esteve na prisão 20 anos ou vinte e tal anos” teve liberdade, e esteve no poder poderia vingar-se dos que o maltrataram estes anos todos, mas o fez e fez o quê – pediu reconciliação e perdão.

    Assim o fez porque ele pôs a Nação acima de tudo.

    Pós, nesse momento que se conhece a maturidade tanto politico, como social e aonde fica ambição da Nação.

    Meus manos, da nação, eu fui uma das testemunhas do erguer da Bandeira Nacional no dia 12 de Julho e todos vibramos de alegria, uns com as lagrimas e sorriso, outros somente sorrindo, uns pulando, outros caiam no chão xingavam, enfim só recordando com tantas emoções.

    Então porque que não nos abraçamos como irmãos, para sonhar mas alto, fazer grandes projectos desde a educação, saúde, melhoria nos quarteis, decorações dos veteranos, estradas, agua, saneamento turismo, meio ambiente, desenvolvimento das rochas, enfim projetar tudo do bom para a sociedade…

    Mas pegamos as mesquinhas fazemos um problema para destruir um País, um homem que Deus deu a vida para viver, através de intriga e invenções.

    Meus irmãos não instiguem, mas sejamos moderados e temos um papel de mediador porque precisamos de tudo.

    Ora gostaria que Pinto da Costa e Trovoada reconciliasse. Eles deveriam copiar o modelo de “Nelson Mandela” e perdoarem-se. E pensarem máximo para o País, como quando entraram, quando nós pensávamos que são super-homens e todos pensávamos que nunca haveria tamanho de situações…

    Não sei se consegui exprimir, mas é a minha ideia.

    Senti muito triste quando duas grandes figuras ficam assim expostas trocando palavras.

    NÃO É PRECISO UM DEBATE PARA RECONCELHAÇÃO, MAS SIM UM OU OS DOIS DEVERÃO TER CORAGEM E SE ABRAÇAREM, PERDOANDO-SE COMO DOTRORA O FAZIAM COM GRANDE ALEGRIA E CARINHO. ISSO SERVERIA UM EXEMPLO PARA OS MAIS NOVOS.

    LEMBRE-SE QUE S. TOMÉ UM PEQUENO PAÍS E UMA PEQUENA POPULAÇÃO, TODOS TÊM LUGAR, O QUE É PRECISO HARMONIA, PAZ, TRANQUILIDADE E GESTÃO.

    Adeus, meus manos

    Mari

    • Anzol sem isca

      22 de Março de 2014 as 0:24

      Compatriota

      Marilene Menezes D`Alva, gostaria de manifestar o meu apreço por essa sua ALERTA e felicitá-la pelas emotivas frases de índole construtiva e de paz.
      Mas é de sublinhar que essa ALERTA nunca esteve presente no espírito dos dois líderes pioneiros do destino de STP – Pinto da Costa e Miguel Trovada -.
      É PRECISO ENTENDER QUE O OBJECTIVO DA LUTA DE SEMPRE AGORA JÁ É DIFERENTE.
      SE ME PERGUNTA O PORQUÊ?

      A RESPOSTA É MUITO SIMPLES, VEJAMOS:

      PINTO DA COSTA

      JÁ TEM 76 ANOS DE IDADE, É CÚMPLICE DA PRECARIEDADE EM QUE VIVE POVO DE STP E ESTÁ EM DÍVIDA PARA COM SEU POVO PELOS 2 MANDATOS – CERCA DE 19 ANOS PRESIDENTE DA REPÚBLICA, NA CAÇA DE MAIS 5 ANOS, SENTE-SE COM REMORSO, OBRIGA-SE DEIXAR PISTA PARA DESENVOLVIMENTO DE STP ANTES DE SUA REFORMA.

      MIGUEL TROVOADA

      JÁ TEM 77 ANOS DE IDADE, CÚMPLICE TAMBÉM DA PRECARIEDADE DESSE POVO SOFREDOR – 4 ANOS PRIMEIRO-MINISTRO E 10 ANOS PRESIDENTE DA REPÚBLICA, AMBICIONA CONFORTO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, DEVIDO O AVANÇO DA IDADE, POR OPÇÃO, PREFERE APOIAR O FILHO PALRICE TROVOADA PARA SUCEDER PINTO DA COSTA.

      A discórdia entre eles confirma, obviamente, o velho ditado ” DEUS NÃO DÁ TUDO”. Sem dúvida que entre os cerca de 200 mil Santomenses sempre existiu outros filhos de STP que teria feito melhor para seu povo, mas infelizmente não tiveram essa oportunidade.

      Vamos ter fé, porque na política, a palavra de ordem é “ A LUTA CONTINUA” o que nos faz acreditar no pensamento do Lavoisier – “Nada é imutável tudo se transforma”.

      A história da humanidade nos ensina e temos como exemplo: os bárbaros conseguiram desfazer império Romano, assim como Os alemães conseguiram derrubar o murro de Berlim e Nelson Mandela acabou com apartheid na África de Sul.

      O Ideal é enfrentar a realidade com perseverança…

  27. Eduardo

    19 de Março de 2014 as 20:32

    Penso que Deus ja esta a abrir a porta para a Republica Democratica de Sao Tomé e Principe e o povo de Sao tomé e Principe viver em paz. se esses dois homens, preciso: Pinto da costa e Miguel Trovoada nao sentar num banco e declarar o povo de Sao Tomé e Principe a contradiçao que existe entre eles na altura da independencia até hoje que eles ainda estao vivo antes de morrer, olha essa pagina é dificil de voltar para futuro saotomense. O senhor Miguel Trovoada e Pinto da Costa é cabeceiro e fundaddores do regime que estamos submetido hoje, de melhor maneira de resolver o problema de saotomense sao eles a mudar o regime que eles plantaram: odio,rancor,orgulho,corrupçao, viver fingido, fazer convencer o povo que eles entendem, que no fim é mentira na vista da populaçao. Si os Saotomense nao entendem entre uns aos outros isso porque os dirigentes nao estao a entender entre eles. Povo de Saotomé nao esta a sentir essa amizade e entendimento entre os seus dirigentes, por essa causa o povo ficou sem paradeiro, sem saida depois da idependencia.

  28. Luís Gonçalves

    20 de Março de 2014 as 10:40

    Não sei o que seria do país e de nós se Miguel Trovoada fosse presidente na 1ª República, com a lei de pena de morte que ele implantou, os da Frente e muitos mais já não estiram entre nós.

    • mandja

      15 de Julho de 2014 as 23:06

      É verdade. Creio (e é pena) que o povo é muito negligente com os sucedidos graves dos seus dirigentes políticos. Perdoar sim, mas nao esquecer…é muito importante de lembrar, porque é o que permite de não voltar à votar pelos mesmos , aqueles quz nada fizeram para o país, STP e para o seu povo. É uma excelente sanção para q os homens políticos se corrijam, e façam melhor…é só assim que podem ajudar STP à progredir, a ser melhor. Acho, que todos da época da independência, já mostraram q nao sabem e q São incapazes de fazer melhor…por Outro lado, já estão caducados. Com o P. Da Costa, não há maca, uma vez que terminou não haverá RAÍZES. São os Trovoada é que São perigosos, assim como alguns tantos outros ….mas os T.querem fazer de STP uma autêntica monarquia, mal gerida por eles…afinal, é para terem bens pessoais, com a maior arrogância e com desprezo para com o POVO….M.T. ensinou o filho P.T. como “ECRASER” o povinho para mostrar que o poder é os Trovoada. Conhecendo bem quem São os Trovoada (tempo do exílio em França), como é que se comportam, o q lhes interessa, a ambição sem medida deles, reconheço que tenho pouco simpatia e pouco respeito por eles. Sao calculadores e corruptos.

  29. Gerhard Seibert

    20 de Março de 2014 as 15:14

    Caro Abel Veiga,

    Estes acontecimentos não ocorreram em 1978, mas em 1979.

  30. mandja

    15 de Julho de 2014 as 22:39

    Li com atenção todos os comentários, diferentes uns dos outros mas todos interessantes…mas o da Mari comoveu-me, porque compreendi o grande desejo dela de ver STP em paz, na boa via , gente Feliz,reconciliada e vivendo na harmonia . É um lindo e bom projeto, Mari! Mas infelizmente os homens não entendem assim , sobretudo quando há interesses de poder, de dinheiro em questão. Estes 2 homens políticos Manuel P.da Costa e Miguel Trovoada,ambos São responsáveis do passado, do présenté e até do futuro, porquê o futuro é à consequência do processo do passado. Mas dos 2 o mais rancoroso, que tem ódio e que mais prejuízos deu ao país, é incontestávelmente o Miguel Trovoada, é ele o menos patriota, que pensa nele, no bem estar dele pessoal e não em STP e no seu povo. Miguel Trovoada pensa na fama , no dinheiro e no PODER.

  31. o mal dando bem da verdade

    16 de Agosto de 2014 as 20:10

    DEIXEMO-NOS DISTO, É FEIO PRA UM PAIS TAO PEQUENO COMO O NOSSO, ESTARMOS A QUASE Q NOS MATAR POR ESTE OU AQUELE PAARTIDO!!! EU ACREDITO SERIAMENTE Q O NOSSO MAIOR MAL É A EXISTENCIA D TANTOS PARTIDOS POLITICOS,. PRA QUÊ NOS GUERILHAR, SE TUDO ISTO É NOSSO, CUIDADO VCS Q PENSAM EM POLÍCA EM PRIMEIRO LUGAR! ISSO NAO N DESENVOLVE DESTE JEITO, LENBRE-SE Q O ERRO Q VC COMTE HOJA, VAI SE REPERCURTIR PARA OS SEUS FILHOS, AME SEU VISINHO, E SEJAM FELIZES ESTAMOS N MUNDO DE PASSAGEM!!!!!1111

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo