Destaques

António Dias e o PCD identificam apenas 1 adversário nessas eleições

pcd geralPOBREZA, é o nome do único adversário que o PCD encontra na luta pela vitória nas eleições de 12 de Outubro. Uma vitória que segundo o candidato ao cargo de Primeiro-ministro, António Dias, permitirá ao PCD vencer o único adversário seu e de São Tomé e Príncipe, a pobreza. «O PCD pretende ser uma maioria qualificada, mas com a inclusão de todas as forças políticas que têm como adversário a pobreza. O adversário do PCD é a pobreza. Nós não estamos contra ninguém. Podemos trabalhar com qualquer partido político», declarou.

Jovem que marcou positivamente o Ministério da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural, pela dinâmica incutida, e pela capacidade de liderança, António Dias, disse aos milhares de apoiantes que se concentraram na Praça Yon Gato na capital São Tomé, que pretende transferir para a chefia do Governo, a mesma capacidade de liderança que fez os agricultores e pescadores acreditarem em si mesmos e no país. «Enquanto ministro da agricultura, trabalhamos de forma abnegada e não foi um trabalho apenas do Ministro António Dias. Foi um trabalho de equipa. Um trabalho de todos os funcionários do Ministério da Agricultura, militantes do PCD, da ADI, do MLSTP e também do MDFM. Formamos uma equipa de trabalho e hoje muita gente fala do Ministério da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento Rural. É isso que pretendemos levar a nível do Governo», afirmou António Dias.

O candidato do PCD ao cargo de Primeiro-ministro, promete um governo de trabalho, dinâmico e inclusivo. «Nós não vamos afastar ninguém. Por essa razão é que tudo aponta que no dia 12 de Outubro, o PCD tenha maioria absoluta», reforçou.

PCD deu o ponta pé de saída da campanha banhada por um mar de gente na Praça Yon Gato. António Dias, é o comandante do barco Pcdista. Um nome, um rosto jovem que nos últimos 2 anos, devolveu confiança e crença a milhares de São-tomenses, que vivem da agricultura e da pesca. Dois sectores fundamentais da economia nacional.

Abel Veiga

    11 comentários

11 comentários

  1. SOMBRA

    29 de Setembro de 2014 as 8:18

    Este é o Primeiro Ministro que eu quero, e desejo a todos os Sãotomenses…..

  2. Tito

    29 de Setembro de 2014 as 9:37

    António Dias! Infelizmente estás cercado de maiores corruptos e ladrões deste país.
    Que pena!!!!!
    Ainda bem que não tens nenhuma chance, para o bem de STP e o teu bem profissional e pessoal. Pensa em mudar de partido, deixa esses gatunos que só vão manchar o teu currículo que estás a construir a base de muito esforço e trabalho.

  3. Fédé ká Dóxi

    29 de Setembro de 2014 as 11:27

    Força PCD. Gente certa no lugar certo. Vamos incutir um novo sangue.Vamos ver o que o jovem pode fazer a frente do destino de STP: Viva o PCD Viva António Dias.

  4. jonas

    29 de Setembro de 2014 as 12:58

    Ja começas as promessas falsas.
    Se nao vao tirar ninguem? estoa a falar agora. Claro, que esta la agora no aparelho de estado são os mesmos da Troika. ja tiram todos do ADI.
    O Pais esta devidido em 2 blocos Politicos. o ADI e voces da Troikas, que tb esta incluido o Pinto da Costa.
    O PCD, pode explicar me como que na Gestao do Hospital Central, Voltam a Colocar os mesmo que ja estavam la e que foram tirados pelo ADI?
    E outra o ADI, lhe deixou trabalhar quase 2 anos, e nao deram prova, por isso fizeram a remodelação da equipa da gestao.
    Conta outra PCD,
    o Povo de ontem nao é o povo de Hoje.
    o povo de hoje Cresceu.

  5. José Miranda

    29 de Setembro de 2014 as 20:43

    Ao ponto que chegou o PCD. Um partido que estava recheado de quadros médios e superiores, de político credenciados e militantes de base convictos, lutadores de defensores do partido, bateu tão ao fundo que foi buscar um indivíduo para candidato ao cargo de primeiro-ministro que não tem nível nenhum, não possuiu cultural geral, não sabe o que é a Constituição da República, o Regimento da Assembleia Nacional, não lê as leis da Nação, não sabe falar, enfim um homem que só sabe berrar e dizer asneiras. Ao ponto que o PCD chegou. E tudo isto sabem porquê? Porque o PCD caiu nas mãos de uma liderança de candongueiros, bandidos, aldrabões, corruptos, vendedores da Pátria. O que é feito dos políticos, homens e mulheres que criaram o GR (Grupo de Reflexão), nos anos 80 do século passado, que depois progrediu para o actual PCD? O que é feito destes homens e mulheres dignos, sérios, defensores da Pátra, patriotas e lutador pela independência do nosso país. Porquê que os verdadeiros políticos que criaram o GR já não estão no PCD? A continuar assim o PCD vai desaparecer da cena política são-tomense. Aliás, só pode continuar na política se for bengala do MLSTP, do MDFM ou mesmo do ADI. E a prova disto é que o PCD nunca mais ganhou eleições e só tem estado no governo à boleia do MLSTP, MDFM e ADI. O PCD tornou-se numa prostituta que vai para a cama com todos. Tristeza. Quem te viu e que te vê PCD.

    • Estudante

      30 de Setembro de 2014 as 8:23

      Olha apesar do A.D não ter lido as leis, não ter o que tu dizes que não tem, ele mostrou a te ou seja a STP tudo que voce não falou.
      Mostrou o caminho para o dezenvolvimento, o renascimento da esperança na agricultura, e é sem duvida o ministro que não existia em STP desde que vi esse país. Não venha com conversas barratas porque esse homem não é de prometer ele é de provar e tem provado em todo canto onde anda.
      Antes de tentar falar algo contra este homem acho que devias olhar pra tras e pra frente ao nivel dos agricultores e das palaies.
      E no final ver o que ele fez em pouco menos de 2 anos, imagina em 4 anos.
      Seria um STP do topo.

      • Maria não dá!!!!

        6 de Outubro de 2014 as 11:23

        De facto, ele soube implementar os planos traçados pelo governo de ADI liderado por Patrício Trovoada.

        Agostinho Fernandes es um grande Homem.

        Obrigada por teres deixados linhas orientadoras no Ministério de Agricultura. O Xavier Mendes do PCD qwue lá este não deixou nada.
        Obrigada António Dias por ter sabido implementar os planos do Ministro Agostinho Fernandes do ADI.

        Fizeste um bom trabalho neste Ministério. Infelizmente estás a demostrar que és um grande oportunista. Nunca reconheceste o legado do Agostinho Fernandes para este Ministério. Que pena.

    • João Honesto

      4 de Outubro de 2014 as 16:14

      Eu pessoalmente não partilho a ideia de que o candidato a PM do PCD, António Dias seja um ignorante como nas tuas palavras, cito, “que não tem nível nenhum, não possuiu cultural geral, não sabe o que é a Constituição da República, o Regimento da Assembleia Nacional, não lê as leis da Nação, não sabe falar, enfim um homem que só sabe berrar e dizer asneiras”. Considero estas acusações gratuitas e despropositadas, porque conheço António Dias pessoalmente e sei que todos os que o conhecem acharão anedóticas e deveras hilariantes as tuas caricatas palavras. Acredito que ele possa não ser a melhor o opção, e não tenha um grande gabarito, que julgo não tenha nascido com ninguém, mas é completamente despedida de fundamentos tais acusações que só tem o propósito de fazer campanha desonesta. Aliás fico convencido que as tuas palavras só são lançadas com o objectivo de fazer campanha contra o PCD a favor de interesses que embora não confessas, todos sabemos.
      Eu até posso estar de acordo contigo que o PCD ganhou um rumo infeliz, não tendo estado a se atinar com o caminho certo nos últimos tempos e partilho a ideia de que é preciso mudar, renovar e recuperar os alcances perdidos. Aliás como todos os partidos neste País, com políticos cansados, mesmo que inventem novos partidos. Nisto, não há dúvida.
      Mas também não duvido nada de que este é o rumo de que muitos almejavam que o gigante PCD tomasse. E para isso tudo fizeram e infelizmente, como em qualquer competição há equipas que conseguem ser apanhadas em contramão, sofrer rasteiras e cair ruidosamente na tabela. E também não se pode duvidar que discursos como estes, com um sabor que mistura triunfalismo e golpes de misericórdia, aliás golpes baixos a que estamos habituados, denunciam autores que estiveram no caminho da construção da queda do PCD, e são feitos a medida com contrapartidas inconfessáveis.
      Meu caro, neste país é arriscado falar-se de, cito, “bandidos, aldrabões, corruptos, vendedores da Pátria”, porque já não sabemos quem é quem, no meio de tanta miscelânea de substantivos e adjectivos. Pois, eu te convido a indicar-me neste país quantos políticos estão insentos destes adjectivos. Duvido que ultrapassem os dedos da tua mão. Mas eu te garanto que António Dias é um deles.
      E mais, é um trabalhador do tipo que também não encontrarás em numero mais do os teus dedos.
      E é por isso que vocês estão com medo, e estão inventando motivos. mas deixo-te dois ditados: um de Mao Tse Tug. “Quando o inimigo nos ataca é porque estamos no caminho certo” e o 2º, bem português “A mentira tem pernas curtas”.
      Seja um pouco mais criativo para ver se consegues atingir António Dias.

  6. abeb

    30 de Setembro de 2014 as 10:53

    este antonios andam a brincar. O povo conhece bem o PCD, e saberá dar-lhes uns votinhos de kilinhos de arroz made in delfim neves para que conheçam o seu verdadeiro adversário.

  7. Original

    1 de Outubro de 2014 as 8:58

    O homem até merece tendo em conta o seu desempenho mas o lobi à sua volta daria-lhe volta à cabeça e passaria a agir de acordo com os seus interesses.Conhecendo o historial deste e outros Partidos….

  8. Pega Leve

    1 de Outubro de 2014 as 11:26

    Chamo-me Pega Leve, meu vulgo. Na realidade sou um homem de visão. Por isso mesmo quero chamar atenção aqui ao ainda jovem Antonio Dias, para se puder, ainda é tempo de pular fora. É que os chamados barrões do PCD estão a lhe preparar uma grande armadinha para por fim a sua vida politica e também profissional que ainda agora começou. O Delfim já não convence ninguem, pois é o homem do arroz. o Xavier Mendes é vaca que não toca nem muge. Bidão já está cheio de ramatismo e pragas de cada um. Jorge Correia é o homem que comercializa o arroz podre que se mandou deitar fora. Mas como querem se livrar de Antonio Dias que ainda parece ser integro, lançaram-lhe a casca de banana madura e coitadinho dele, está a cair.
    Abraços e faça atenção porque a sua vida vai ficar muito mal no futuro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo