Osvaldo Vaz e o MLSTP apostam no seu manifesto eleitoral para convencer o eleitorado

BENQ DIGITAL CAMERAA cidade de Guadalupe onde há 45 anos nasceu Osvaldo Vaz, candidato do MLSTP ao cargo de Primeiro-ministro, ficou congestionada no último sábado. Milhares de pessoas envergando camisolas do partido, invadiram rua estreita da capital do distrito de Lobata.

Osvaldo Vaz, o candidato do partido ao cargo de Primeiro-ministro começou a corrida para o Palácio do Governo no seu berço. Director Geral da ENCO(Empresa de Combustível e Óleos) e também Director Geral da SONANGOL em São Tomé e Príncipe, o Jovem economista apostou no debate do manifesto eleitoral do partido com os militantes e simpatizantes de Guadalupe. «Estou a minha terra, o meu primeiro discurso foi para o povo da minha terra. Acho que temos em primeiro lugar apelar o voto em casa, acredito que a vitória será do MLSTP. MLSTP no seu programa acredita na maioria absoluta», assegurou Osvaldo Vaz.

Uma campanha civilizada, virada para o conteúdo das propostas que o partido tem para conduzir São Tomé e Príncipe nos próximos 4 anos. Nada de ataques contra os adversários ou de declarações mesquinhas que marcam as campanhas eleitorais no país.

Na tribuna de Guadalupe, Osvaldo Vaz, anunciou que o manifesto eleitoral do MLSTP tem 6 pontos. Para mudar o rumo de São Tomé e Príncipe o partido, pretende consolidar as instituições públicas, melhorar a justiça e responsabilizar os titulares dos cargos públicos.

Neste capítulo Osvaldo Vaz, realçou a reforma do aparelho judicial, elemento fundamental para combater a corrupção, tráfico de drogas e de pessoas, contrabando, assim como outros crimes e violência crescentes no país. «A reforma da Justiça é possível, envolvendo o Estado», frisou o candidato ao cargo de Primeiro-ministro.

O MLSTP, destaca como segundo ponto a necessidade de promover o desenvolvimento sustentado, e garantir a melhor distribuição de rendimento. Para conseguir tal objectivo, Osvaldo Vaz, apontou o incentivo as pequenas e médias empresas, como factor de dinamização da economia formal e informal, para criação de emprego, baseado na criatividade e no conhecimento das tecnologias de informação e comunicação.

Promoção de investimentos na agricultura, turismo e pescas, são outras prioridades que o MLSTP apresentou ao eleitorado do distrito de Lobata. «São exequíveis. É certo que há pontos que num mandato não será possível. Mas a execução deve começar e os primeiros frutos começarão a aparecer os frutos. Fomos a base elaborar um manifesto em função da realidade nacional», explicou, Osvaldo Vaz.

O povo reunido na cidade de Guadalupe, ficou a saber que os sectores da saúde e da educação, são prioridades assumidas pelo MLSTP como política social, assim como o fomento d u programa intensivo de habitação, emprego, formação e auto-emprego para os jovens.

A nível da política externa, se for governo após as eleições de 12 de Outubro, Osvaldo Vaz e o MLSTP, dá destaque a política de segurança e defesa nacional, em função dos desafios a nível sub-regional, através da prontidão de todas as forças de segurança. A guarda costeira é sublinhada pelo MLSTP como sendo o ramo da força armada que deverá ser melhor preparada para lidar com as ameaças a segurança do espaço marítimo nacional.

Coesão e solidariedade sociais, constituem o sexto ponto do manifesto eleitoral, que junta a igualdade e equidade do género.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    já fostes Responder

    no meio dos canidatos ao cargo do 1ºMinistro tu e o António dias reunem os requisitos para assumir as redias da governação de momento o vosso nome ainda não consta nos registos da corrupsão no pais e continuem assim podes contar com o meu voto gostei do teu progeto forsaaaaaa!!!!!!!!!!!

  2. img
    ONOFRE DIST DE LEMBA Responder

    Força MLSTP. Força Osvaldo.

  3. img
    justo Responder

    da minha parte tenho toda a confiança em ti, espero que todos do partido lutam firmimente para tua vitória

  4. img
    justo Responder

    força MLSTP SEREMOS VICTORIOSOS

  5. img
    Tito Responder

    Caro Osvaldo, não queremos um primeiro Ministro “pau mandado”. Não queremos um PM que vai ser uma sombra de não sei lá quem.

    Também ainda precisas amadurecer mais. Ainda não estás pronto para conduzir o destino deste país. Falta-te experiencia, capacidade de liderança e de convencer as pessoas com palavras e não ameaças.
    Falta-te também PALAVRAS e capacidade ORAL.

    Não vês que seras um pau mandado dessas “Raposas” do MLSTP?

    Cuidado meu caro para não terminares como Orelho Martins.

  6. img
    eu sou daqui Responder

    Força Osvaldo Vaz.
    Nós os jovens estamos contigo.
    HOMEM LIMPO!!!!!!!

  7. img
    Amoroso de STP Responder

    Estou a estranhar muito o MLSTP!!!

    Eles que sempre chamam os outros de incompetentes, vem propor um candidato deste a nação, tão fraco? Minha gente! Estamos a falar do possível PM de STP, isso não é nenhuma brincadeira. Um candidato a PM que não é capaz de discursar sem uma cábula. Governar um país não é mesma xoisa que dirigir uma empresa pequena como ENCO ou Sonangol STP, onde tudo é ditado desde de Angola!

    Esse candidato é uma farsa!!!!!! Se o MLSTP ganhar, quem vai ser o verdadeiro PM? O Jorge Amado? Maria das Neves (melhor seria ela a candidata)? Eu não estou a vos reconhecer, os Sócias Democratas! Pensam que no mundo só existe um país, que é ANGOLA? Como querem governar o nosso STP, virando frente só para Angola e escolher um candidato a PM só pensando em dinheiro que ele poderá subtrair deste país irmão (e este calculo está muito errado)? Hoje estamos num mundo globalizado, gente!!!!! Como esse Osvaldo vai representar o povo santomense, por exemplo nas Nações Unidades, ou União Aricana, na CPLP ou perante os franceses, Americanos, Ingleses, Espanhol, Arica de Sul, Arabia Saudita, Brasil, Portugal??? perante outros chefes do governo e chefe de Estados!Como? Querem mesmo nos taxar como burros, incompetentes, palhaços?!

    Não, brincadeira tem hora!!!! Respeitam-nos gente. Respeita os vossos militantes e o povo santomense. Não escolhem o candidato a PM só porque acham que ele será o vosso pau mandado, ou porque ele poderá conseguir dinheiro de Angola para serem esbanjar em faras, viagem, catorzinha e outros.

  8. img
    Bons discursos improvisados para as massas Responder

    Osvaldo Vaz é urgente começar a fazer discursos sem leituras de papeis: em campanhas eleitorais improvisa-se !!! O MLSTP tem de vencer!!!

  9. img
    Bons discursos improvisados para as massas Responder

    MLSTP,é conveniente ter em atenção os subsídios em atrasos em muitos Ministérios que todos sabemos estarem em falta os respectivos pagamentos aos traballhadores, porque todos sabemos também, que isso irá prejudicar muito em votos o MLSTP que é maior partido do actual do Governo nestas Eleições.

  10. img
    Bons discursos improvisados para as massas Responder

    Aula 1 : Gestão dos banhos
    SUMARIO:
    Consequências do banho e alfabetização financeira.
    Diferença entre resultados da aplicação do banho.

    1- Se o banho for aplicado numa despesa poderá transformar-se num passivo.

    2- Se o banho for aplicado num activo poderá dar-lhe a oportunidade de ter vida própria.

    3- Conclusão: aplique bem o banho porque activos geram receitas, e não se esqueça e aprenda que quem trabalha para ganhar banho, não aprende, e quem trabalha para aprender fará o banho trabalhar para si, ou seja a inteligência resolve problemas e gera banhos. O banho sem inteligência financeira é dinheiro, ou melhor banho que desaparece depressa…

    Está aula 1 de gestão dos banhos, continua na aula 2, no meu próximo comentário…

  11. img
    bom sinal Responder

    Dar oportunidade a caras novas é renovar a nação . Força Osvaldo. CONTA COM MEU VOTO E TODO OPOIO.

  12. img
    abeb Responder

    Muito bem, Osvaldo Vaz, estás a sair-te muito bem!!! Viva o MLSTP.

  13. img
    celio Responder

    Força e determinação Osvaldo Vaz.
    O Sr não tem NÓDOA.

  14. img
    Vicente Andrade Responder

    Caro Vává
    Cresça e depois apareça
    Não consegues arranhar algumas palavras sem ter um papel a frente, como é que pensas negociar com os parceiros, quando 90% do orçamento vem do exterior
    O pior, é que nem sequer sabes ler no papel, ou será que alguém escreveu para si
    Por isso só te aconselho o seguinte.
    Cresça depois apareça. Ainda tens o tempo para crescer, ler um pouco mais, passar mais tempo na leitura e deixar de comer água nos tempos livres, talvez num futuro longínquo poderá ser submetido ao novo exame.
    Mas por enquanto estás chumbado
    Força

  15. img
    Artilharia Pesada.. Responder

    Deixem de criticar Patrice Trovoada, será que em 39 anos da nossa independencia Patrice trovoada que só governou S.T.P, aproximadamente 2 anos é que é o responsável por todo o mal sucedido neste país e pelo atual estado do mesmo.
    Apoio-o a fugir a justiça sim, quem importou produtos do brasil deteriorado, importou arroz podre, graves atentados contra a saúde pública não foi preso, escondeu-se atraz da imunidade parlamentar até que o caso foi arquivado, entre muitos outros casos que nem vale a pena citar.
    Os que criticam Patrice seguramente são filhos, parentes e amigos daqueles parasitas que sempre viveram a custa do estado santomense com todo tipo de regalias e privilégios, e como sabem que Patrice se ganhar vai acabar com tudo isso estão aflitos.
    Deus todo poderoso, S.Tomé e Santo António do Príncipe dêm ao partido ADI maioria absoluta.
    Força Patrice…

  16. img
    malebobo Responder

    não estou aqui neste fórum para denigrir a imagem de ninguém, mas com toda verdade, este senhor ainda não tem carisma suficiente para candidato a cargo de pm, para um partido histórico da independência como é o caso de mlstp/psd, convenhamos mesmo

  17. img
    António Daio Responder

    Vicente Andrade que es para falar da leitura do Dr.Osvaldo Vaz?
    Inveja mata gostarias de estar no lugar dele não tens como quem sabe se não eras um dos aluno dele mais burro da turma.Força Dr Osvaldo Vaz viva MLSTP unidos venceremos chora quem quiser como no caso do Vicente Andrade.

Deixe um comentario

*