Destaques

Movimento “Por Amor o Príncipe” entra na campanha para as eleição regional

O Movimento “Por Amor ao Príncipe” liderado por Danilo Salvaterra, entrou em peso na campanha para as eleições regionais de 12 de Outubro. O líder do movimento que estava ausente do país chegou esta semana. Danilo Salvaterra, elegeu 5 razões para os eleitores votarem no seu movimento.

DANILO GERALNa primeira razão Danilo defende amor e respeitos por todos os residentes no Príncipe. Considera que tudo deve ser pensado e feito em função dos mesmos, porque sem pessoas nada existe e nada acontece. «Portanto tudo deve ser feito a favor de todos e não só
para algumas pessoas
» precisou.

A segunda razão tem a ver com o ambiente. «Podemos ser um território mais rico do mundo; mas se não tivermos o ar para respirar, campos para cultivar e água limpa para pescar, de nada nos serve a riqueza, visto que o futuro passa pela preservação do ambiente e pela sua sustentabilidade», frisou.

Na terceira razão, defende intransigentemente o direito a saúde, como fundamental a ser trabalhado para que toda a população possa aceder aos cuidados básicos e que se possa implementar um programa com objetivo de uma maior prevenção de doenças.

Com a quarta razão, Danilo Salvaterra pretende promover a educação. «A educação assegura o
desenvolvimento das pessoas e dos lugares. Assim quem tem amor as pessoas, tem, obrigatoriamente, amor pela educação
», afirmou numa entrevista exclusiva ao Téla Nón.

Na última razão o líder Danilo Salvaterra, que conhece bem a região do Príncipe e que nunca teve papa na língua tanto dentro como fora de São Tomé e Príncipe, aposta na liberdade total e completa desde a cidade de Santo António até todas as localidades. «Mas nada acontecerá se não existir liberdade regional sem exceção para todos. Eu tenho amor pela liberdade e ao meu próximo e amar-lhe como eu mesmo. Só a liberdade pode permitir a verdadeira união regional para acontecer o desenvolvimento e os seus respetivos benefícios, para todos e viva a liberdade», concluiu.

Danilo Salvaterra quer ser alternativa ao actual Presidente do Governo da Região Autónoma do Príncipe o engenheiro José Cassandra. Reconhece que entra na campanha eleitoral com importante atraso, mas prometeu uma campanha limpa.

Inter Mamata

    17 comentários

17 comentários

  1. Tony

    3 de Outubro de 2014 as 7:48

    Vai catar água, amor ao Príncipe são aqueles que lá estão na ilha irmã lutando juntos e unidos como fecho de vassoura pela autonomia total e desenvolvimento.

    • Wê Son Son

      3 de Outubro de 2014 as 12:08

      Tu falas assim, talvez porque comes à custa do UMPP. Mas lembre-se quem nem todos comem a custa de UMPP. Há que pensar nessas pessoas.

      • zona sul

        3 de Outubro de 2014 as 23:08

        O senhor .. do bolso tas a dizer isto porque es un chulo d danilo ne quem é esse danilo eu se abrir a minha boca danilo vai tirar a sua candidatura ja porque eu conheco bem a sua personalidade… é zero chau

        • QUE PENA

          5 de Outubro de 2014 as 11:13

          Zona Sul, melhor era ficares calado. Se keres bem do povo e sabes de algum mal do candidato, pk não falas? Tu não sabes nada, e deixa de falar atoa. FALA!

  2. FAMILIA UNIDA SALVATERRA

    3 de Outubro de 2014 as 8:16

    Caro DANILO e primo,
    Sinceramente não te entendo, tu que muitas vezes falavas em Portugal que não precisas de STP para viver e do Príncipe muito menos, tu que vias o Príncipe como uma cadeia de portas abertas, tendo chegado a dizer que as pessoas que vivem no Príncipe são corajosas, estão perdidas, hoje vens com POR AMOR AO PRINCIPE ?
    DANILO, tu que não conseguiste arrumar a ASSOCIAÇÃO DOS NATURAIS DO PRINCIPE EM PORTUGAL, só instalaste divergência entre os naturais do Príncipe com aquela tua forma de não concordares com ninguém, que tudo está mal que só tu é sabes das coisas, resolveste hoje tirar a máscara, para dizeres que amas o Príncipe, DIABO LEVA VC PARA 7 FUNDURA DE INFRENO, bandido, depois de engares tantos Portugueses, Angolanos e Líbios, hoje STP já é bom para vc.
    Olha, se brincares, estarei disposto a largar o véu da tua vida em Portugal.
    Fui

  3. Graça

    3 de Outubro de 2014 as 8:27

    É bom tentar mas existe Partidos que precisa ser mais real sem promessa. Muita atrapalhada dos 10 Candidatos contra Patrice Trovoada. E tudo começa hoje dia 3 de Outubro as 12:00h com a chegada do Líder do partido A.D.I sendo uma popularidade de 70% de Santomenses à sua espera no Aeroporto Internacional o que teme todos partidos concorrentes as eleições Legislativas, Autarquias e Regionais com maior destaque em 12 de Outubro de 2014.Numa totalidade de 12 partidos incluindo o A.D.I.

    • Wê Son Son

      3 de Outubro de 2014 as 17:01

      70% de popularidade ???? Quem foi que calculou essa percentagem ? Deve ser os matemáticos do MLSTP.

  4. Ramos Gamboa Roseira

    3 de Outubro de 2014 as 9:29

    Caro senhor Danilo Salvaterra.
    Sou do Principe, vivo no Principe, nunca abandonei o Principe e amo o Principe.
    Se queres o bem do Principe apareça com ideias e sugestões como fez o Presidente do MDFM Fradique de menezes que muito gentilmente e de forma democrática propôes ideias para o desenvolvimento desta pobre ilha.

  5. Agora é que Vai

    3 de Outubro de 2014 as 11:49

    Senhor Danilo Salvaterra. Desejo ardentemente que o senhor tenha sorte na sua tarefa. Só que eu não compreendo uma coisa. O senhor andou todo o tempo cá em Portugal a fazer a sua vida. Ainda vive aqui. Tem a sua família aqui, acho eu. Xiê!!!!! O que é que deu o senhor na cabeça para só agora ter o grande AMOR pelo Príncipe? Que raio de coisa é esta? Eu não percebo nada de política. Mas eu acho que uma pessoa que vai com bom espírito para fazer bem ao seu país tem que viver um bocado na sua terra, ver como é que as coisas estão lá, falar com o povo, ouvir o povo, discutir ideias com o povo e depois fazer um bom projeto para o desenvolvimento deste país ou região. Agora, que eu saiba, o senhor sempre viveu cá em Portugal, só raramente ia para o Príncipe, e de repente o senhor viu que tem um grande AMOR ao Príncipe. Isto parece brincadeira de criança. O senhor acha que as pessoas do Príncipe vão acreditar no senhor? Pode ser que sim. Eu tenho as minhas dúvidas. Desejo ao senhor muitas alegrias e sucessos.

  6. António Silva

    3 de Outubro de 2014 as 13:30

    Sinceramente, há pessoas que só têm ideias retrógradas e querem criar obstáculos a intervenção pública de outrem! Existe uma grande parte dos residentes que morre de inveja de quem está fora do país, principalmente daqueles que optaram por viver em Portugal. São opções de vida e do contexto. Mesmo estando fora, as pessoas não deixaram de ser santomense e poderá ser uma mais-valia para o desenvolvimento do país.
    Qual o problema destas pessoas pretenderem dar o seu contributo? As vezes podemos encontrar quem esteja fora e longe do país e que tenha mais ambição de fazer melhor por estas terras. O importante é a capacidade e a inteligência do ser humano.

  7. arelitex

    3 de Outubro de 2014 as 16:50

    senhor Danilo Salvaterra . eu conheço bem o significado de emigração , e também conheço muito bem , em que tipo de pessoas se tornam os emigrantes . tornam-se em vaidosos ignorantes , e quando voltam á nossa terra coitados ,coitadinhos ,saíram de STP da miséria com a água a sair do nariz , mas já nâo se conseguem habituar-se mais á miséria da nossa terra quando voltam e pensam que já sâo superiores aos que se mantiveram cá . mas quem nâo é no país de origem também nâo é fora . o príncipe neste momento está a ir muito bem com os residentes . Tó Zé está a ser pioneiro no desenvolvimento do principe . ele têm nas mâos um projecto de louvar a todo o nível . para si senhor Danilo a sua tarefa , só para alcançar a sombra do Tó Zé nâo vai ser fácil . na melhor das situações pode ver o rasto do Tó ZÉ a kilometros .

  8. Guadalupe

    3 de Outubro de 2014 as 18:57

    Isto até parece uma brincadeira. Cada um come, bebe e vem de fora para candidatar em cima das eleições. Eu mesmo vou dar meu voto a este senhor? Ninguém sabe o quê que ele pensa sobre o país e sobre a nossa ilha irmã do príncipe, ele não conhece os problemas lá do príncipe, não conhece a realidade lá do príncipe e chegou cá e já é candidato. Até parece que S.Tomé e Príncipe ficou uma autêntica brincadeira. Eu não vejo isto noutros países irmãos. Bom, de qualquer forma, se ele acha que tem apoios e projeto para desenvolver terra dele ele pode se candidatar. Eu pago para ver o resultado destas aventuras.

  9. Estou Mal

    3 de Outubro de 2014 as 21:19

    O senhor tem que começar a largar Euros que o senhor trouxe lá de Portugal se quiser ganhar alguns votos. Esta coisa de estar a falar, falar, falar e voltar a falar não chega. Estive na reunião que o senhor fez e não compreendi nada que o senhor disse. O senhor fez reunião na porto real distribuiu camisolas para meia dúzia de pessoas, fez fotografias e pronto já acha que isto dá para ganhar. Eu quero ferro, dinheiro, bufunfa. Estou mal. Deixa esta coisa de caim senão o senhor não ganha nada aqui.

  10. fascista

    3 de Outubro de 2014 as 21:27

    Meus caros, no meu entende acho que o sr. Danilo tomou uma decisão que faz com que o Presidente e seus dirigentes pensem antes de tomar qualquer tipo de iniciate. Uma oposição supervisione o governo logo a mas responsabilidade…
    Vamos acredito que uma oposição sustentavel é sempre bom para qualquer um dos que ganhe sobre tudo para a população da RAP.
    Acho interessante o regresso do Danilo ao Principe, o Principe precisa de todos Santomenses sobretudo os que são da ilha do papagaio. São recursos muitos inteligentes e com uma outra forma de fazer politica.
    O Cassandra quando foi ao Princepe foi quando ouve aquela instabilidade entre o governo e a população, acreditou e abraçou um projecto sutentavel e exigente, pois sabemos que o Principe não tem recursos suficiente para o desenvolvimento, mas juntos podemos fazer diferente sem maguas porque somos todos irmão.
    Danilo, vai conhecer melhor os problemas da RAP e acompanhar os problema das população.
    No meu entender, penso que juntos os dois podem lutar para um Principe de pessoas.
    Eu acredito que, para desenvolvimento do Principe não podemos excluir os santomenses, juntos podemos fazer melhor.
    Viva RAP e Força “Toze e Danilo”

  11. zona sul

    3 de Outubro de 2014 as 23:15

    Olha so pra seu sorizo so 2 dente que a
    Aparece atencao

  12. Nilo Cruz

    5 de Outubro de 2014 as 23:13

    Caros compatriotas,irmãos do Príncipe, tenham todos atenção que a diferença só se faz tentando.
    O nosso concidadão Danilo Salvaterra,tem os seus direitos como um cidadão qualquer.
    Vivendo ou não no País, não lhe tira o privilegio de se candidatar a cargo ao mais alto nível do País, desde que reúne todas as condições exigível e legal.
    Mas afinal o que é que se pode encontrar num homem ou numa pessoa, é o seu carácter a sua personalidade, a coragem de se assumir como um líder.
    Não julgamos nem subestimamos a pessoa pelo que é e pelo que fez, mas sim as razões que estão por traz dessas intenções.
    É mais um candidato as eleições regionais de 12 de Outubro. O actual Presidente não se dá ao luxo de ser o único que pode governar a Ilha, e desde já conta com uma forte oposição.
    Quem ganha com tudo isso é a democracia e a Ilha.

  13. Combocone

    6 de Outubro de 2014 as 18:11

    Danilo esta sem cumbo, europa esta mal, agora e o momento de ir com amor ao Príncipe selar massa na ilha, fui

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo