ADI fechou campanha num show

O largo do Estádio 12 de Julho, encheu de gente que foi ouvir as últimas declarações de Patrice Trovoada na campanha eleitoral, mas também para assistir a exibição de grandes nomes da música nacional e internacional.

No comício, Patrice Trovoada, voltou a alertar os seus apoiantes para a necessidade de assegurar a maioria absoluta nas eleições de domingo. No entanto o candidato da ADI, reconheceu que só com o voto dos militantes do seu partido não conseguirá garantir a maioria absoluta. É preciso segundo Patrice Trovoada que os militantes do MLSTP e outros partidos políticos, apostem na ADI como factor de mudança.

Depois do comício Patrice Trovoada participou no debate organizado pela TVS, com os 3 outros candidatos, nomeadamente Fradique de Menezes do MDFM, António Dias do PCD e Osvaldo Vaz do MLSTP. Um debate morno, sem picardias. Unidade para desencravar São Tomé e Príncipe, foi a mensagem dominante nas intervenções.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Barão de Água Izé Responder

    Talvez a melhor solução para STP seria um governo ADI e MDFM. Falam abertamente em empresariado, investimento estrangeiro e controlo apertado do da despesa e ações do Estado.
    Patrice e Menezes falam em criar riqueza para distribuir.
    Os outros falam em distribuir aquilo que não há, não têm.
    Para quando o Presidencialismo que respeite o pluripartidarismo e a privatização das terras?

  2. img
    patrice Responder

    no debate Patrece ñ esclarece sobre sua profição onde ele fica quando perde eleição, 3 portuguese e 2 cigano , nen origen de tirorista como seguransa pessoal porque não poderia ser um cidadao nacional para ser seguransa pessoal de PT, muito suspeito preciso de esclarecemento

    • img
      Abel Veiga Responder

      Concordo contigo, mas acho que antes de tentares saber da vida dos outros deverias investir ao menos nos estudos nem que seja o mínimo possível

  3. img
    Maria silva Responder

    Bom dia Abel Viegas!!
    Quero agradecer pela oportunidade de nos manter informados ” com os assuntos la da grota ” !!
    Abel nao Sei se ha possibilide de nos brindar com video destes debates ! Aguardo a resposta
    Obrigada

  4. img
    Bem de S.Tomé e Príncipe Responder

    Neste debate o PT não me pareceu estar à vontade. Ele só está habituado com as entrevistas preparadas. O seu aspecto parecia alguém que não queria estar nesse debate. Um homem que sorri sempre, mas na Cartas na Mesa, o seu rosto estava cerrado. Apanhou algumas picardias dos outros três canditados, sobretudo do MDFM e do PCD.

  5. img
    luisó Responder

    Mas que raio de debate foi esse e onde está a democracia em STP?
    Então o PND e a UDD e o PEPS?
    Não fazem parte do boletim de voto?
    E se por um acaso um destes partidos ganhasse, com que cara ficaria a TVS?
    E já agora respondam-me uma coisa, se o PND ganhasse as eleições o António Quintas seria o 1º ministro ou era o Vitor Monteiro?
    É que nunca ouvi este senhor a falar ou a dizer algo, é sempre o senhor Vitor Monteiro que fala ou se apresenta e afinal quem é o presidente do partido?
    Quanto aos outros já deram a cara…

    • img
      patrice Responder

      perguta a Patrice trovoada sobre esto

  6. img
    Bastonário Responder

    Cartas na Mesa do dia 10 de Outubro de 2014
    São de Deus Lima – Desde do início impediu que o debate caminhasse para acusações pessoas, soube estar mas deixou de perguntar temas imprescindível como o da justiça e educação, limitou-se na economia e na defesa, por diversas vezes inicia a pergunta colectiva terminando-a com o Patrice Trovoada, deixando a entender que este tinha privilégios de acordo com a ordem alfabética, cortou palavra a uma pergunta que o Osvaldo Vaz queria fazer e ficamos sem saber qual era a pergunta – para uma jornalista de prestigio exigia-se mais dela neste sentido nota 5
    Fradique de Menezes – Igual a si próprio teve cuidado no seu discurso, não fez acusações pessoais cingiu o seu debate na área que bem domina negócio, aproveitou do facto de já ter sido PR para questionar as actitudes de do PM em não dar satisfação ao PR e reforçou a ideia que é este o grande problema de instabilidade dizendo que os PM querem sempre medir força com PR, deixou claro que é a pessoa ideal para o cargo por já ter tido a experiência de ser PR – nota 8
    António Dias – Muito cedo quis atacar o Patrice Trovoada e notou-se algum nervo a flor da pele, devido ao facto da São Lima lhe ter cortado o raciocínio e também do Patrice Trovoado não lhe ter respondido a uma questão devera importante, desvendou o mistério do arroz a 13.000,00 DBS dizendo que o seu governo também vendeu arroz de Japão a este preço, deixando claro que era uma medida populista porque o Patrice Trovoada nunca dizia aos eleitores que o arroz que ele quer que seje 13.000,00 DBS era o de Japão que nem sempre há no País, na recta final soube vender o seu peixe deixou claro que se for PM ira declarar todos os seus bens e que é o homem certo no lugar certo, soube no final apelar os eleitores a votar em si, deixou claro que tem bom entendimento com todos – nota 7
    Patrice Trovoada – Com ar de pouco amigos e visivelmente cansado, deu a sensação de ter cochilado durante o debate, não respondeu a perguntas feitas pelos seus adversários, disse que não tinha um programa para as mulheres no âmbito do programa eleitoral do ADI, foi confrontado com a medida de arroz a Dbs 13.000,00, assumiu que essa medida abarcava somente ao arroz donativo do Japão, não garantiu bom entendimento com PR caso seje eleito, deixando a entender que o problema é pessoal entre ele e o PR, disponibilizou em chamar as outras forças política, somente caso o ADI não tenha a maioria absoluta e assumiu ir a oposição caso não consiga a sustentabilidade parlamentar em caso de maioria relativa, muito embora ter tido a chance de ser o último a responder as questões colectivas não soube vender o seu peixe mesmo na recta final quando o perguntaram o porquê que os eleitores devem votar no ADI – nota 4
    Osvaldo Vaz- Tendo ficado na boca dos eleitores por ter feito o discurso no comício em lobata com papel, rapidamente mostrou ser economista de profissão e bom gestor de empresas, focou o seu discurso mais nessa área, rejeitou a medida populista de arroz a 13.000,00 e perguntou indirectamente para os que prometem arroz a 13.000,00 sendo este arroz donativo de Japão caso o Japão não der este donativo como ira cumprir as tais promessas eleitorais, no final soube convencer os eleitores a votar em si, dizendo ser um homem humilde sem manchas e que não está comprometido com ninguém – notar 9

    • img
      bintoudjalo Responder

      A dita jornalista São Lima, nunca foi uma boa jornalista, porque ela é parcial, não conhece ou não respeita a nenhuma deontologia da profissão. Pergunto, aonde é que ela se formou no domínio? Ela já fez saber porque razao foi expulsa da Inglaterra? Enfim…na Terra onde há cegos , o zarolho é REI !
      A São Lima, já recebeu um envelope de certos candidatos. Eis a resposta sobre a condução do debate. Alias, porque razao é q ela ñ convidou todos os candidatos de todos os partidos? Quanto ao “petit” Trovoada, se ele perder vai-se embora, e regressara para as próximas eleicoes, se ganhar a presenca dele no país STP, será pontual, porque vai passar + tempo fora, nas viagens, tratando dos assuntos pessoais dos bens à colocar nas contas dos Trovoada.
      Votem bem, gente!

  7. img
    STP think tank Responder

    STP think tank:

    Portugal esta empenhado em impor um governo marionete em STP para defender os seus interesses e lhe prestar vassalagen.
    A intervencao portuguesa no processo eleitoral Santomense esta cristalmente claro.
    Portugal ja nao consegue esconder da sua estrategia obsecada na nova forma de neocolonialismo, quer ter um controlo remoto sobre as suas ex-colonias Africanas. Nao funcinou com Angola por este exigir respeito e reciprocidade quer nas relacoes diplomaticas e comerciais.
    Como um analista atento as eleicoes de 12 de Outubro corrente representam um desafio antigo que nunca se resolveu logo apos a independencia deste Pais.
    Os Pro-colonialistas na pessoa dos Trovoadas e Pro independentistas do Pinto da Costa. Verifica-se de que a historia tende-se a repetir-se. Esta luta ha de ficar plasmada em varias geracoes de Santomenses. A luta de duas dinastias dos pintistas e trovoadistas. Os pintistas patrioticos e genuinamente santomenses “Blue blood” e os trovoadistas representando interresses externos, outrora da Franca, hoje de Portugal e outros nao declarados, em detrimento da soberania e liberdade do seu povo. Este e um problema que nao se resolveu mas sim sofreu mutacoes como alguns viros.
    O poder habita no conhecimento, na unidade e na diversidade. Diz o nosso Criador “ O meu Povo perece por falta de conhecimento”. So indo a casa do poder podemo-nos libertar da opressao e da humiliacao.
    Espero que os verdadeiramente intelectuais se apercebam disso.
    Voten nos Santomenses e nao nos estrangeiros.

    • img
      luisó Responder

      Caro amigo até agora não vi e não vou ver de certeza alguém do governo português a meter.se nisto. Agora os partidos e as pessoas individualmente podem dizer e manifestar-se como quiserem.
      Não meta o governo português nisto porque não é para aqui chamado.
      Não se trata de neo colonialismo nem nada, trata-se, e o senhor não consegue ver isso, trata-se de interesses não visíveis e direi internacionais comuns a estes senhores, com forças monetárias muito poderosas e ligadas a grupos internacionais de negócios e de filiação comuns.
      É assim que eu vejo as coisas.

    • img
      bintoudjalo Responder

      Think Thanks, faço minhas as suas palavras. À sua análise é justa a 200% sobre os Trovoada. É escandaloso, como esta familia quer utilizar STP,para os seus interesses pessoais, sem nenhum sentimento patriótico….e ainda há são-tomenses q apostam nela.
      Os Trovoada não têm lugar em STP, não é o espaço deles, não é a preocupação deles…. Mas é sim, a galinha de ovos de ouro.

  8. img
    patrice Responder

    tenho uma duvida Patrice Trovoada se vc perde amanha vc vai em STP sim ou não , q pais vc vai fica gabao ou sumalia quem sabe maisd pode diser

    • img
      Abel Veiga Responder

      Vai para escola meu caro

  9. img
    Joana P Responder

    Olá. Alguém saber onde poderei encontrar mais fotografias de comícios/ações de campanha? Estou a escrever um pequeno working paper sobre as eleições e gostaria de adicionar fotografias (obviamente creditando a autoria). Agradeço qualquer indicação. Obrigada.

Deixe um comentario

*