Destaques

Debandada prossegue no MDFM até o líder criador estará de saída

A sobrevivência do MDFM/PL poderá ter sido sentenciada pelo povo nas eleições do último domingo. O Téla Nón foi contactado por um dos militantes do partido dando conta que o seu colega Pires Neto, que foi deputado pelo partido na última legislatura, bateu com a porta.

Tudo aconteceu numa reunião na última terça – feira. Pires Neto que não tomou parte na campanha do MDFM para as eleições de 12 de Outubro, alegadamente por causa de tensões com o líder Fradique de Menezes, acabou por explodir na referida reunião, marcada para analisar o descalabro a que o povo sentenciou o partido nas eleições do último domingo.

Pires Neto, despediu-se de Fradique de Menezes e do MDFM, e estará prestes a entrincheirar-se num outro partido político. Aliás o Téla Nón apurou que no dia das eleições, muitos militantes do MDFM do distrito de Me-zochi, ligados a Pires Neto, acabaram por votar no quadradinho número 2, por indicação do mesmo. O quadradinho número 2 , é o que recebeu o voto da maioria absoluta.

Segundo a fonte do Téla Nón na reunião em que Pires Neto anunciou o abandono do MDFM, Fradique de Menezes, marcou a realização do congresso extraordinário do partido, e terá anunciado que não será mais candidato a liderança do seu MDFM.

Abel Veiga

 

 

    30 comentários

30 comentários

  1. João Soares

    15 de Outubro de 2014 as 21:46

    É para saber. Para deixar de beber, deixar de ser traiçoeiro, deixar de bandidagem.
    Com a Troika no poder, o senhor Pires Neto, transformou-se numa espécie de carrasco perante os seus antigos companheiros de ADI
    Maltratou, denegriu, ameaçou, e fez mil e uma apenas para garantir um tachinho junto do Governo.
    Então, se a Troika perdeu, qual seria a melhor estratégia. Alinhar-se ao vencedor, para tentar garantir de novo o tacho.
    Se o Vencedor perder na próxima, não custa nada voltar a maltratar e alinhar ao novo vencedor.
    Daqui a bocado teremos também o senhor Nelson ex presidente da Camara de Mé zoxi, a entrar em conflito com o Plataforma, para buscar de novo um cantinho no ADI
    Assim são os ditos politicos santomenses
    Abaixo os Bandidos
    J Soares

  2. luisó

    15 de Outubro de 2014 as 22:01

    Tava na cara que ia acontecer isto depois do descalabro nas eleições.
    O MLSTP e Jorge Amado também deveria tirar daí ilações.
    Vamos a ver.

    • Miguel Bailotte

      16 de Outubro de 2014 as 8:13

      Quem conhece o ex deputado Pires Neto sabe que isso ia acontecer.
      Ficamos esperando que a ADI não queira tal pessoa nas suas fileiras.
      Vamos ver o que vai acontecer.
      Vamos ver.

  3. Alberto Dines

    15 de Outubro de 2014 as 23:28

    O Victor Monteiro, individuo muito ambicioso, que como diz, desde pequeno que sonha em ser presidente de STP, na campanha auto-intitulou-se de “animal de campanha“ e `peso pesado“. No final das contas não passou de um pintainho de aviário, sim pintainho tb é animal, só que muito leve. A diferença é que pela sua leveza o pintainho voa para o alto e o Vitor Monteiro pelo seu egoismo voa para baixo, afundando os partidos onde se mete.

    Victor, mesmo com esta declaração ainda pensas em perambular no tribunal para repetir as eleições na comunidade onde deste banho?

  4. Santudubaiense

    15 de Outubro de 2014 as 23:49

    Agora é o ADI que esta a dar….O PT logo que acorda de manha e assediado por milhares de mortos de fome a pedirem para entrarem no partido, ou melhor querem partir o bolo.
    Pessoas sem convicção politica que estão apenas preocupados com a bariga deles…..enfim.

    Verdade seja dita, podem não gostar do PT mas o homem é um grande estratega….Bom não vou escrever mais porque nesta terra a internet é muito cara. Estou ansiosa para chegar o dia em que terei facebook de borla, comer meu arroz bem limpo e branquinho e a chamar o PT de Sheik Patrice..Também, com estas caras faca faca que apareceram eu em votar neles… bobo..agora é só chamar deus

  5. arroz podre

    16 de Outubro de 2014 as 7:47

    Esta cena irá continuar a acontecer, não só no MDFM como no MLSTP, PCD e PND.
    O MDFM irá desaparecer, os seus militantes irão ficar a solta.
    Recomendo a todos os militantes do MDFM para não ficarem atrapalhados, porque vocês são da mudança, então devem regressar ao ADI o partido vencedor( a porta está aberta).
    O Fradique de Menezes é o maior culpado desta derrota, porque ele deveria apresentar outra figura ou apoiar outro candidato. Já Governou 10 anos e teve um Chefe de Governo do seu partido e não consegiu fazer nada para o povo.
    O ADI está a somar e seguir até o ano 2022.

  6. PITEU

    16 de Outubro de 2014 as 7:56

    Aqui se faz e aqui se paga!

    Juntaram para assaltar o poder e maltratar as pessoas que tudo deram de si durante dois anos para governar este país insolado pelo egoismo e incompetência desses políticos da troika durante décadas.

    Agora o povo como só manda nas urnas, pôs um ponto final nesse assalto, exercendo o seu dever de mando.

    E esses indivíduos o que tentam fazer?

    Procurar o tacho ao lado dos ganhadores.

    É a triste realidade de São Tomé e Príncipe.

    O Pires Neto que vá criar um novo partido!
    Já que está na moda criar novos partidos.

    • Ernesto Franklin

      16 de Outubro de 2014 as 12:46

      Ja que a profissao dele é vianteiro, ele pode continuar a faze-lo. É uma profissao digna. Ototo precisa dele e dos seus vinhos.

  7. Ze Cangolo

    16 de Outubro de 2014 as 8:03

    Não creio que seja debandada.
    Senhor Abel Veiga, por favor se contenha e não esteja já a bajular para o outro lado só porque o outro ganhou e uns tantos perderam, como de facto é o caso do MDFM.
    É normal, e isto acontece nas grandes democracias, logo a seguir a ujm pleito eleitoral, se os resultados forem maus, é normnal que que os partidos organizem a sua casa.
    Fradique de menezes, assume passar a categoria de presidente honoradio, deixando porta aberta para novos pensamentos e novas oportunidades.
    Se a realização de um congresso é sinal de debandada, o que dirá o Tele Nom para o caso contrario onde as liderenças petruificam apesar dos maus resultados.
    Aliás, há informações segundo as quais, pese embora o MDFM não tenha eleito nenhum deputado, teve desta vez mais votos comparativamente com 2010 e manteve o seu lugar de quarta força mais votada.
    UDD consegue um lugar porque a concentração de votos foi num unico distrito – Lembá.

    • Téla Nón

      16 de Outubro de 2014 as 11:34

      Não há falta de contenção, por parte do Téla Nón nem por parte do seu director. Apenas relato de factos. Pires Neto, Orlando Fernandes, João Cavalo, Hélio Nazaré-Debú, Olinto da DTT, etc são membros da direcção do MDFM que nos últimos meses abandonaram o partido. Isto é ou não uma debandada? Por isso o artigo diz «Prossegue a debandada no MDFM». O Diector do Téla Nón não bajula nem para direita nem para esquerda, porque é livre, e assim continuará a ser sempre.

      • filho bicho

        16 de Outubro de 2014 as 12:59

        Meus senhores do telanon,tanto o Olinto Neves,DebU,Carlos Simiao, e muitos outros deixaram o MDFM a mais de um século não participaram nestas eleições no Mdfm,O sr Joao Cavalo ainda ‘e do MDFM ele so não apoio o partido nestas eleições.
        Somente o sr Pires Neto Saiu agora do partido por isso não podemos chamar a isso demandada ok

  8. Felisberto Bandeira

    16 de Outubro de 2014 as 8:20

    Essas dicisoes e atitudes em nada dignifica o Homem nem tao pouco o politico Santomense,em tempos de vaca gorda , ha satisfações ,sorriso comemorações etc,mas nada de pensar abandonar o barco
    Porque que em tempo de vaca magra pensam em abandonar o barco, ao invés de buscarem o entendimento para solução do problema,que alguma coisa esta mal esta bem claro, acredito eu que faltou trabalho serio no terreno, mas tudo passa por dialogo ,.
    No meu sentimento esta eleição houve algo sobre Natural não foi uma eleição normal Natural, quem viver vera ,mas Homens do MDFM ,busquem a Deus organizem a vossa casa que dai a 4 Anos haverá nova eleição..

  9. Trovoão

    16 de Outubro de 2014 as 8:25

    ADI que tenha muito cuidado com os traidores e oportunistas,porque concerteza quererão voltar.Eles que vão à uma parte que eu cá sei!!

  10. Jorge Alberto

    16 de Outubro de 2014 as 9:01

    Chegou a hora da verdade. Assim, vamos conhecer, melhor, os verdadeiros liberais. Acabou o Carnaval: as máscaras vão caindo.
    Fazendo bem o trabalho de casa, o MDFM vai ressurgir.

    • Mé Zemé

      16 de Outubro de 2014 as 14:47

      A onde está o comandante das tropas? Esse Fradique pensa que o povo não está atento! Vai vender o teu cimento e deixa o pessoal em paz. Se não fosse a Miguel Trovoada, o sr. nunca teria chegado a presidente. MDFM já era, vai desaparecer.

  11. João Mandinga

    16 de Outubro de 2014 as 10:17

    Nelson Carvalho quer da 500 milhões de dobras para comprar 5 autarcas do ADI. Ele quer o poder a todo o custo. Porquê? Quer esconder-se de quê? Ganha juizo, homem. O Pinto devia te dar um tapo por ter-lhe iludido de grande político em Mezochi

  12. filho bicho

    16 de Outubro de 2014 as 11:25

    Caro Abel Veiga,sou militante e simpatizante da politica idealista do MDFM/PL -O LIBERALISMO- também apreciador dos trabalhos do telanon, mas as informação concernentes a retirada do sr Pires Neto do Partido MDFM/PL e a demandada no seio deste partido como referido, faz me crer que as informações expostas por telanon não são credíveis ou carecem de informações.
    Dizer lhe que no que tange a DEMANDADA venho lhe afirmar que não existe demandada nenhuma no seio do MDFM/PL, so se o telanon considerar demandada a saída de uma ou duas pessoas que não conseguiram manter o BIBERÃO na boca e preferiram trair desenvergonhadamente o partido em busca do BIBERÃO em casa dos seus maiores rivais;
    chamamos a isso de demandada (dois afastamentos)
    e em relação ao sr Pires Neto esta claro a razão que o leva a fazer isso o seu taxo de armazenista esta em risco.
    Este SR ja foi de um outro partido onde nunca foi dignificado, vem ao MDFM onde fez lhe ser deputado, o que o mesmo nunca teria sonhado ser, e com todo mérito chegou a ser um homem de coragem pelas intervenções que teve na Assembleia Nacional, sentindo que as portas estão se fechando foi logo a procura de uma abertura, demonstrando não ser um politico de convicção mas sim politiqueiro de taxo; podem crer que posteriormente quando sentir que as coisas já não vão bem deste lado ira a procura do outro.

    NAO VAMOS CHAMAR A ISSO DEMANDADA

    Força MADFM/PL

  13. MÉ SOLO

    16 de Outubro de 2014 as 11:57

    Dembandada!

    O Tela Nón devia antes de falar da dembandada, procurar conhecer as causas, se não sabe ai vai as algumas causas:

    1. Sabiam que o MDFM/PL em 2014 já não teria a mesma força financeira para lhes alimentar como foi em 2010.
    2. Estavam habituados a alimentarem se de carne e não estavam dispostos a comerem ossos em 2104.
    3. Preveram que os resultados não seriam favoráveis ao MDFM/PL, saltaram como autênticos PULGAS para asseguraem os seus TAXOS e outros conseguirem os TAXOS q perderam.

    Quanto ao Pires Neto, este já se devia ter saído a mto tempo estava a mais do MDFM/PL, como deputado apenas passou o tempo a fazer cómedias nas plenárias, O Fradique de Menezes carregou lhe no colo durante todos estes anos, tudo que tem deve ao MDFM/PL, agora vai voltar as suas palmeiras.

    Outros que foram rostos do MDFM/PL só foram atrás do dinheiro do Patrice, deixaram de ser POLÍTICOS e passaram a ser PULGAS NEGOCIANTES, vão saltando de partido a partido, isto só aocntece em STP.

    O VERDADEIRO POLITICO é aquele que defende uma IDIOLOGIA.

  14. Sousa Sintra

    16 de Outubro de 2014 as 12:34

    E não falam do João Costa Alegre? Do Orlando Fernandes?
    Olha que estes dois é que estão bem feitos na vida porque desde 2010, quando induziram o MDFM em mandar votar no ADI que eles começaram a ter suas contas bem gordinhas quer aqui no país como em Portugal.
    Investiguem isso e vocês verão.
    Bom….coitado foi o Frasdique que acreditou cegamente nos dois e em outros tantos que de poleito em puleiro foram saltitando.
    O mundo continuará e de certeza que estas pessoas não vão morrer agora. Pelo menos nunca antes de publicamente virem a ser vexados.

  15. filho bicho

    16 de Outubro de 2014 as 12:44

    Força MDFM/PL

  16. Reiza

    16 de Outubro de 2014 as 13:42

    Saída de João Costa Alegre foi fatal para o colapso interno.

  17. armedio rosa

    16 de Outubro de 2014 as 14:42

    senhor Pires Neto, acabaram-se as brincadeiras…” nguê cu mata cu Fêlo, Motxe de ca bi ni fêlo… Agora o senhor tera que procurar a sua velha profissao ….As Palmeiras

  18. Paula Borges

    16 de Outubro de 2014 as 15:20

    O Sr. Fradique de Menezes é originário de todos os descontentamentos dentro do seu partido MDFM, politico sem noção, fala tudo que lhe vem a mente sem reflexão. Para dizer, onde encontram-se o Tomé Vera Cruz, João Paulo Simão. A grande parte das pessoas que inicialmente estavão com o Fradique na criação do partido deixou-o, para trás porque esse mulato não merece, só sabe fazer negociatas em beneficio próprio esquecendo sempre do povo.

  19. Kwatela

    16 de Outubro de 2014 as 15:45

    Isto serve de alerta para ADI
    Quando um partido depende só de uma pessoa e criado pela motivação pessoal está sujeito a este tipo de coisas.
    Ou Patrice Trovoada esteja desde já a preparar seu filho para assumir liderança do partido como seu pai fez ou ADI acabará no dia que PT deixar de la colocar o seu jabacule.
    Bem haja a todos

  20. Ospibinho

    17 de Outubro de 2014 as 0:04

    Acredito que MDFM como partido que eh, e o lider fizeram bem. melhor eh fazer esses bandos de saguessugas/parasitas que sao components deste partido. Acredito que o PCD tb deveria seguir o mesmo caminho.

  21. cesaltino

    17 de Outubro de 2014 as 12:13

    Meus caros guerreiro,
    O que não se entendo é quando reclamam a transparência, verdade, responsabilidades, boa gestão de bens e serviços público e nos comentários usam nomes falsos como: verdadeverdaeiro, S.tome, Deus perdoa, mundo é de Deus, voz do povo, etc. esconde e têm medo de quem. Entende-se que os falsos, aldrabões, corruptos, mentirosos são todos que usam esses nomes para desfalcar a realidade.
    Cmp
    Cesaltino Cravid

  22. pascoal de carvalho

    17 de Outubro de 2014 as 22:12

    e assim tudo acontece aos derrotados.

  23. Andralino Fortes

    17 de Outubro de 2014 as 22:19

    Fradique Meneses não tem vergonha!

  24. Calu Cu Angu

    18 de Outubro de 2014 as 17:07

    VIVA O ADI

  25. Espirito santo

    22 de Outubro de 2014 as 9:24

    Os Sr. Orlando Fernandes, João Paulo, Hélio Nazaré, Frederico, Simião,Olinto Neves, Ilídio, Victor Monteiro,e muitos outros e mais recente João Costa Alegre, Manuela, Pires Neto e outros, abandonaram o MDFM-Pl, pelo facto do Lider Fradique de Menezes pensar só em si e não pensar no partido. Lamento, é uma pena que quem criou o Partido ainda destruiu o partido.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo