Destaques

Presidente Obiang decretou amnistia geral para os condenados por delitos políticos

A decisão histórica do Presidente da Guiné Equatorial, foi publicada em decreto na última terça – feira. Segundo a imprensa equato-guiniense, Obiang Nguema Mbasogo, assinou o decreto número 127 concede amnistia geral para todos os condenados por delitos políticos, assim como todos os processos judiciais em curso para o mesmo tipo de delito.

Guiné Equatorial é o nono país membro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. São Tomé e Príncipe, é o seu vizinho mais próximo no contexto da família lusófona.
Abel Veiga

    5 comentários

5 comentários

  1. PITEU

    23 de Outubro de 2014 as 9:52

    Pois é. A CPLP está a apertar o calo ao Obiang.

    O direito humano tem de ser respeitado em qualquer país membro dessa comunidade. No nosso país STP também.

  2. Barão de Água Izé

    23 de Outubro de 2014 as 14:13

    Para quando a abolição da pena de morte?

  3. luisó

    23 de Outubro de 2014 as 18:06

    Bôbô, ditador é sempre ditador até à morte ou até ser morto.
    Engana-me que eu gosto!!!!!!

    • Atento

      24 de Outubro de 2014 as 9:16

      O facto de ter entrado na comunidade dos países de língua portuguesa, obriga a determinadas condições políticas e uma dessas é a abolição das penas de cariz político.
      Assim, eu acredito que as coisas vão mudar na Guiné Equatorial.
      Sobre os ditadores serão sempre ditadores até á morte, bom eu, já não sou tão crente nessa máxima, pois vejam o caso do Pinto da Costa, que mandou matar inúmeros opositores e contudo regressou de novo á presidência do nosso pais como o “Pai Grande”.
      Como podem ver ditador tem sempre seguidores e no nosso caso até custa a acreditar, como um ditador regressa de novo, pela porta grande e vejam o mal que de novo está a fazer ao nosso querido país.

  4. Felisberto Bandeira

    24 de Outubro de 2014 as 12:07

    Nas política tem seus pros e contra e jogos ,aos pouco a Guine Equatorial vão dando Sinais do acordos da exigência feita pelos portugueses, ou se não mesmo pelos membros da CPLP ,isto e uma demostracao do cumprimento da promessa da Guine Equatorial ou seja do Presidente Obiang M.,Quanto mais aderência de Países mais fortalecida será a CPLP e
    mais Credibilidade e respeito terá a nível Internacional,so me Felicitar a CPLP pelo demosntracao da maturidade e consenso alcançado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo