Resultados definitivos 69510 votantes / 23280 eleitores abstiveram

O Presidente do Tribunal Constitucional José Bandeira que divulgou os resultados definitivos das eleições de 12 de Outubro, agradeceu o trabalho da Comissão Eleitoral Nacional, a prestação dos partidos políticos,  o desempenho da comunicação social, e o civismo do povo são-tomense, que deram sucesso a mais uma acto eleitoral, considerado, livre, justo e transparente.

Segundo o Tribunal Constitucional dos 92790 eleitores inscritos nos cadernos eleitorais, 69510 exerceram o direito de voto correspondentes a  74,4%,  A abstenção foi de 25,9%, abrangendo 23.280 eleitores.

 

Os resultados definitivos confirmam os dados preliminares publicados pela Comissão Eleitoral Nacional em termos de apuramento dos mandatos.

UDD – 1252 votos 1,35%

ADI -35267 votos – 38.01%

MLSTP – 16573 votos – 17.86%

MDFM – PL 2217 votos – 2.39%

PTS – 138 votos – 0,15%

MS – 68 votos -0.07%

CODO – 98 votos – 0.11%

FDC – 95 votos -0.10%

PND – 2207 votos – 2.38%

PCD 7342 votos – 7.91%

PEPS – 1655 votos – 1.78%

UNDP – 163 votos 0.18%

 

Votos brancos 783

Votos nulos 1651

 

O parlamento são-tomense passa ter a seguinte estrutura :

ADI – 33 mandatos

MLSTP – 16 mandatos

PCD 5 mandatos

UDD – 1 mandato

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Bintoudjallo Responder

    Juristas, as vossas carochas fazem medo…. Pertenco ao meio professional, mas não creio que é nécessario pôr uma cara de Rambo para se fazer respeitar.

    • img
      Nem burro e nem fraco Responder

      Não é cara de rambô não é… É mesmo dor de cotuvelo.

  2. img
    Homem do campo Responder

    Curioso é que a somatoria entre a abstencão e os votos dos partidos derrotados ultrapassam os votos obtidos pelo partido vencedor.
    Não seria caso para que o partido vencedor refletisse um pouco mais?!!!

  3. img
    Justino Matos Responder

    Bintoudjallou deixa de ser idiota. Mais respeito com os nossos Magistrados seu imbecil. Ja tou sabendo quem é você. Só falta a confirmação. Já já terás uma surpresa.

Deixe um comentario

*